Página 1 dos resultados de 10863 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Genetic analysis of axon guidance mechanisms during ambryonic development of Drosophila melanogaster using DNA microarrays

Magalhães, Luís Tiago Ferreira Romero
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
66.57%
O cruzamento axonal da linha média durante o desenvolvimento do Sistema Nervoso Central do embrião da Drosophila melanogaster envolve a participação de diversos receptores e ligandos. Muitas moléculas chave no direccionamento axonal foram identificadas em invertebrados e vertebrados, mas o papel da transcrição no controlo dos mecanismos de direccionamento axonal tem sido pouco estudado. Nesta dissertação efectuámos uma análise genómica global da regulação da transcrição em embriões de Drosophila, através da tecnologia de microarrays. Para o efeito usámos mutantes e transgénicos de direccionamento axonal, que se encontram bem caracterizados. Na tecnologia de microarrays da Affymetrix, algoritmos de Medidas de Expressão (ME) combinam os valores de várias sondas – correspondentes ao mesmo gene – num único valor. Neste trabalho avaliámos o desempenho de cinco MEs – MAS.5.0, dChip, RMA, PDNN e GCRMA – combinando análise estatística global com informação biol ógica conhecida. O uso de um estudo biológico – por oposição a um estudo de spike-in – permitiu avaliar as MEs em condições reais de preparação laboratorial. Os nossos resultados indicaram que RMA e PDNN são as ME mais equilibradas. MAS.5.0 é a ME menos fiável. dChip revela lacunas em algumas tarefas...

Estudo cinético de células de Drosophila melanogaster  transfectadas para a produção da glicoproteína da raiva em biorreator; Kinetic study of Drosophila melanogaster cells transfected to produce the rabies vírus glycoprotein in bioreactor

Aguiar, Marcelo Antonio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.6%
O interesse em células de inseto para a produção de proteínas complexas se deve a sua maior facilidade de cultivo e ao padrão equivalente de glicosilação quando comparado aos sistemas com células de mamíferos. O objetivo deste trabalho foi identificar fatores que limitam ou inibem a produção da glicoproteína do vírus rábico (GPV) expressa na membrana citoplasmática de células de Drosophila melanogaster transfectadas, quando cultivadas em biorreator de bancada agitado e bubble-free, operado em modo descontínuo. Avaliaram-se as influências de oxigênio dissolvido (5 < pO2 <80%), da glicose (1 < GLC0 < 15g/L) e da glutamina (0.6 < GLN0 < 7g/L). Essas variáveis afetaram de forma diferenciada o crescimento celular (produção de células e velocidades específicas-µX), o metabolismo celular (fatores de conversão - YX/GLC, YX/GLN, YLAC/GLC, YALA/GLC, YNH4/GLN, YALA/GLN), assim como a expressão da proteína recombinante (concentração, teor celular e produtividade). O aumento do pO2 reduziu em 9 vezes o crescimento celular mas aumentou o teor celular de GPV em 1,4 vezes. Baixos valores de GLC0 e GLN0, claramente, limitaram o crescimento, de modo que incrementos na concentração desses substratos...

Modelagem metabólica e matemática do comportamento cinético de células S2 de Drosophila melanogaster adequada à sua flexibilidade metabólica.; Metabolic and mathematical modelling of kinetic behavior of Drosophila melanogaster S2 cells appropriate to their metabolic flexibility.

Pamboukian, Marilena Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.67%
O metabolismo das células S2 (Schneider 2) de Drosophila melanogaster ainda não é totalmente conhecido. Existem poucos estudos específicos sobre o metabolismo de células S2, sejam elas selvagens ou recombinantes (rS2), como por exemplo aquelas transfectadas para a expressão da glicoproteína do vírus da raiva (GPV). Como o genoma da Drosophila melanogaster já foi mapeado, as principais enzimas que atuam nos processos metabólicos em geral já foram identificadas e estão à disposição no KEGG (Kyoto Encyclopedia of Genes and Genomes). Assim, o KEGG apresenta todas as possíveis vias metabólicas com as enzimas que podem ser codificadas. Diante deste quadro, foi proposto um modelo metabólico baseado em um conjunto de vias de assimilação de glicose e glutamina e foram encontrados os modos elementares característicos do sistema através do programa Metatool. Em seguida, foi definido o modelo matemático mediante o equacionamento desses modos elementares. Esse processo se repetiu até se encontrar um conjunto de vias metabólicas que, através da modelagem matemática, respondesse coerentemente a um conjunto de dez ensaios em diferentes condições de concentrações iniciais de glicose, glutamina e oxigênio dissolvido. Chegou-se então...

Detection of P element transcripts in embryos of Drosophila melanogaster and D. willistoni

Blauth, Monica Laner; Bruno, Rafaela Vieira; Abdelhay, Eliana Saul Furkim Werneck; Loreto, Élgion Lúcio da Silva; Gaiesky, Vera Lucia da Silva Valente
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
66.66%
The P element is one of the most thoroughly studied transposable elements (TE). Its mobilization causes the hybrid dysgenesis that was first described in Drosophila melanogaster. While studies of the P element have mainly been done in D. melanogaster, it is believed that Drosophila willistoni was the original host species of this TE and that P was transposed to the D. melanogaster genome by horizontal transfer. Our study sought to compare the transcriptional behavior of the P element in embryos of D. melanogaster, which is a recent host, with embryos of two strains of D. willistoni, a species that has contained the P element for a longer time. In both species, potential transcripts of transposase, the enzyme responsible for the TE mobilization, were detected, as were transcripts of the 66-kDa repressor, truncated and antisense sequences, which can have the ability to prevent TEs mobilization. The truncated transcripts reveal the truncated P elements present in the genome strains and whose number seems to be related to the invasion time of the genome by the TE. No qualitative differences in antisense transcripts were observed among the strains, even in the D. willistoni strain with the highest frequency of heterochromatic P elements.; O elemento P é um dos elementos transponíveis (TE) mais amplamente estudado. Sua mobilização causa a disgenesia do híbrido que foi primeiramente descrita em D. melanogaster. Apesar dos estudos sobre o elemento P terem sido realizados principalmente com D. melanogaster...

Distribution of the Bari-I transposable element in stable hybrid strains between Drosophila melanogaster and Drosophila simulans and in Brazilian populations of these species

Lucca Jr., Marcos de; Carareto, Claudia Marcia Aparecida; Ceron, Carlos Roberto
Fonte: Sociedade Brasileira de Genética Publicador: Sociedade Brasileira de Genética
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 676-680
ENG
Relevância na Pesquisa
66.6%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); We analyzed the distribution of the Bari-I transposable element in Drosophila melanogaster (IN(1)AB), its sibling species Drosophila simulans (C167.4) and in eight hybrid strains derived from initial crosses involving D. simulans females and D. melanogaster males of the above cited strains as well as in Brazilian populations of these species. Polymerase chain reaction (PCR) data showed the presence of the Bari-I element among species populations and hybrid strains. Hybridization with a 703 bp probe homologous to the Bari-I sequence showed that the number of Bari-I copies in D. melanogaster IN(1)AB was higher than in D. simulans C167.4 strains. Hybrid strains presented Bari-I sequences related to both parental species. In addition some strains displayed a Bari-I sequence that came from D. melanogaster, suggesting introgression of D. melanogaster genetic material in the background of D. simulans. In contrast, some hybrids showed deletions of D. simulans Bari-I sequences.

Cultivo de celulas de Drosophila melanogaster em diferentes formulações de meios de cultura livres de soro visando a produção da glicoproteina do virus da raiva; Culture of Drosophila melanogaster cells in different serumfree media formulations aiming rabies virus glycoprotein production

Adriana Lages Lima Galesi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.67%
Células de inseto têm sido freqüentemente empregadas na obtenção de proteínas recombinantes devido a algumas vantagens em relação às células de mamíferos, e a linhagem Drosophila melanogaster Schneider 2 é um dos sistemas de expressão utilizados para este propósito. Entretanto, a literatura é escassa em relação ao metabolismo e ao cultivo destas células, o que motivou o desenvolvimento deste trabalho. O objetivo deste estudo foi determinar, através da técnica estatística de planejamento fatorial de experimentos, um meio de cultura adequado ao crescimento da linhagem Drosophila melanogaster Schneider 2 transfectada para expressão da glicoproteína do vírus da raiva (GPV) e avaliar seu comportamento nos diferentes meios formulados. Para tal, no meio basal TC100, foram estudados os efeitos dos suplementos glicose, glutamina, concentrado protéico de soro de leite, yeastolate (extrato de levedura), hidrolisado de soja, lactoalbumina hidrolisada, emulsão lipídica e Pluronic F68 sobre o crescimento e a viabilidade celular, na tentativa de reduzir o percentual de soro fetal bovino do meio de cultura. A combinação de diferentes suplementos permitiu que o soro fetal bovino fosse eliminado do meio de cultura, principalmente em decorrência da adição de yeastolate...

Variação morfologica em populações brasileiras de Drosophila melanogaster : variação latitudinal e temporal, herdabilidade e associação com inversões cromossomicas; Morphological variation in Brazilian populations of Drosophila melanogaster: latitudinal and temporal variation, heritability and association with chromossomal inversions

Laura Helena Hafner da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.64%
O presente trabalho tem como objetivo caracterizar a variação do tamanho e forma das asas de populações de Drosophila melanogaster em três pontos ao longo de uma grande amplitude latitudinal na costa brasileira. O trabalho foi feito a partir de coletas realizadas no Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre, e os seguintes aspectos foram abordados: 1) variação geográfica; 2) variação temporal; 3) herdabilidade; e 4) a influência de inversões cromossômicas. Para este fim, o método da elipse foi aplicado a imagens digitalizadas das asas, e foram analisados: o tamanho das asas, sua forma e as posições dos pontos de junção e das extremidades das veias (caracterizadas por suas coordenadas angulares é radiais, essas padronizadas pelo tamanho da asa). Os resultados obtidos mostraram que a variação de tamanho em D. melanogaster no Brasil segue a tendência mundial de formação de clines latitudinais, com indiv.íduos maiores sendo encontrados a latitudes também maiores. No entanto, a herdabilidade e a variação temporal entre múltiplas coletas realizadas no Recife e no Rio de Janeiro não apresentou um padrão regular nítido. O único efeito consistente e significativo de inversões cromossômicas que pudemos observar foi o de In(3R)Payne sobre o tamanho corporal...

Caracterização molecular de domínios funcionais de miosinas de drosophila melanogaster; Molecular characterization of drosophia melanogaster myosins functional domains

Carla Cristina Polo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.58%
As miosinas pertencem a uma família de proteínas motoras que através da hidrólise de ATP são capazes de se movimentarem pelas fibras de actina. Sua estrutura é dividida em três domínios principais: motor, responsável pela hidrólise do ATP; regulador, envolvido na ligação de cadeias leves de calmodulina e a cauda, que tem papel essencial na mediação de interações com cargas celulares, como organelas, ácidos nucleicos e outras proteínas. O organismo modelo para insetos, Drosophila melanogaster, possui 11 miosinas pertencentes a 8 classes sendo que informações funcionais e bioquímicas são escassas, e estruturais, inexistentes. Apesar dos grandes avanços obtidos nos estudos de miosinas humanas, as miosinas de inseto ainda são pouco caracterizadas não havendo estudos comparativos, como por exemplo, para a determinação de conservação de parceiros moleculares entre os diferentes filos da classificação de Lineu. Neste contexto, foram selecionados os seguintes domínios de inseto para caracterização molecular: quinase da miosina III, cauda globular da miosina V e FERM da miosina XV. A partir do cDNA da pupa e adulto do inseto foram amplificados os fragmentos de genes de interesse e clonados em vetor de clonagem...

The role of CEP164 in ciliogenesis in Drosophila melanogaster; A função da proteína CEP164 na ciliogenese em Drosophila melanogaster

Rocha, Jaqueline Maria Matias da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
66.63%
Cilia/flagella are microtubule (MT)-based oraganelle emanating from the surface of many eukaryotic cells. They are involved in a variety of processes including cell motility, fluid flow, and sensing processes. The skeleton of cilium, called axoneme, is templated from the basal body, a modified mature centriole required for centrosome formation. Mutations in human genes disrupting the function or structure of these organelles cause several human disorders, including infertility, ciliopathies, and cancer. In Drosophila melanogaster, cilia are present in the neurons and in the sperm. Defects in these structures and/or in its functions lead to clear phenotypes, such as delayed development, uncoordination and sterility. CEP164, a centrosomal protein, localizes at the distal appendages of the mature centriole. Mutations in CEP164 gene, in humans, cause Nephronophthisis, a ciliopathy that causes organ degeneration. The aim of this work consists of studying the CEP164 role in ciliogenesis and cilia function in sensory neurons and sperm in D. melanogaster. For that, we used two strategies: one involving knock down of CEP164 in neurons and sperm using the Gal4/UAS system, and other the generation of new excition alleles of CEP164 to study the effect of CEP164 in the fruit fly. In D. melanogaster olfactory neurons...

Via de saída de mitose em Drosophila melanogaster: análise de mutantes nos genes tipo Mob

Samora, Catarina Pacheco, 1984-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Tese de mestrado em Biologia Molecular e Genética apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Ciências, 2007; Mitotic exit and cytokinesis are essential processes that need to be tightly regulated in order to ensure cell viability and genomic stability. In Sacharomyces cerevisiae, mitotic exit is achieved through a signaling pathway called MEN (mitotic exit network). One of the proteins that participates in MEN and is essential for mitotic exit is MOB1.On the other hand, the fission yeast MOB1 orthologue, is required for the initiation of septation but not for mitotic exit. The starting point of this work was try to better understand the cell division mechanisms in higher eukaryotes, and specifically try to address whether there is a conservation of the mechanisms leading to mitotic exit and cytokinesis in Drosophila melanogaster. In order to address this issue, and because Mob proteins are evolutionarily conserved, we decided to study the Mob-1 like family of proteins in Drosophila, specially focusing on the role of DMob1 and Dmob2. Phenotypic characterisation of the Dmob mutant fly lines generated, suggests that the Drosophila MOB proteins may not be involved in mitotic exit or cytokinesis. Dmob1 null mutants are semi-lethal at the embryo stage and the few escapers show male sterility. Dmob1 embryos show defects in microtubule nucleation at the centrosomes and spermatogenesis is abnormal (few mitotic divisions). Dmob2 null mutants are lethal at larval to pupal transition and mutant brains have a low mitotic index...

Cultural transmission of sexual preferences in Drosophila melanogaster: testing for the durability of socially learnt preferences

Clemente, Salomé Gomes Loureiro Hipólito, 1988-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
66.69%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Evolutiva e do Desenvolvimento). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012; Non-genetic information has been classically overlooked in the light of evolutionary processes. It was shown, however, that non-genetic information can also be transmitted inter generationally, thus being a potential source of evolutionary change. Social information, a form of non-genetic information, can lead, through social learning, to cultural inheritance. Culture can be defined as the socially inherited fraction of the phenotypic variance. Four criteria were proposed to test cultural inheritance of a trait: social learning, inter-generational transmission, durability and generalization. The first and fourth criteria were already verified for mate-choice copying in Drosophila melanogaster. Mate-choice copying occurs when observer females change their initial mating preferences for those of other females. The main goal of this work was to test the fulfillment of the third criterion in this context: socially acquired information must last long enough to be transmitted to other individuals. It was thus attempted to verify if female copied preferences are maintained for at least 5 hours. Furthermore, an alternative to classic testing of female mate-choice copying was investigated. The aim was to find a positive correlation between affiliative and mating behaviors...

Distribution of the Bari-I transposable element in stable hybrid strains between Drosophila melanogaster and Drosophila simulans and in Brazilian populations of these species

Lucca Jr.,Marcos de; Carareto,Claudia Marcia Aparecida; Ceron,Carlos Roberto
Fonte: Sociedade Brasileira de Genética Publicador: Sociedade Brasileira de Genética
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 EN
Relevância na Pesquisa
66.6%
We analyzed the distribution of the Bari-I transposable element in Drosophila melanogaster (IN(1)AB), its sibling species Drosophila simulans (C167.4) and in eight hybrid strains derived from initial crosses involving D. simulans females and D. melanogaster males of the above cited strains as well as in Brazilian populations of these species. Polymerase chain reaction (PCR) data showed the presence of the Bari-I element among species populations and hybrid strains. Hybridization with a 703 bp probe homologous to the Bari-I sequence showed that the number of Bari-I copies in D. melanogaster IN(1)AB was higher than in D. simulans C167.4 strains. Hybrid strains presented Bari-I sequences related to both parental species. In addition some strains displayed a Bari-I sequence that came from D. melanogaster, suggesting introgression of D. melanogaster genetic material in the background of D. simulans. In contrast, some hybrids showed deletions of D. simulans Bari-I sequences.

Ausência de mutagenicidade de Solanum paniculatum L. em células somáticas de Drosophila melanogaster: SMART/asa; Lack of mutagenicity of Solanum paniculatum L. in somatic cells of Drosophila melanogaster: SMART/wing

Ribeiro, Vivian; Vieira, Iara Lúcia Barbosa Fernandes; Passos, Débora Cristina Silva dos; Silva, Elayne Miguel da; Vale, Camila Regina do; Felício, Leandro Prado; Ferreira, Heleno Dias; Vieira, Pabline Marinho; Carvalho, Salvador de
Fonte: Vera Lúcia Gomes Klein Publicador: Vera Lúcia Gomes Klein
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.59%
v. 6, n. 2, p. 27-33, 2009.; The lyophilized aqueous extract of Solanum paniculatum L. (jurubeba) leaves, a medicinal plant widely used by people as diuretic, in liver and spleen treatments, against fever and inflammation, underwent the SMART/wing test in somatic cells of Drosophila melanogaster for the evaluation of its mutagenic potential. We used three different concentrations of the leaf extract (2.5 mg.mL-1, 6.25 mg.mL-1, and 10 mg.mL-1), doxorubicin (DXR) as positive control, and distilled water with 5% sucrose as negative control. We employed three lineages of Drosophila in this experiment, flr³, ORR, and mwh. The larvae derived from the standard cross (ST: flr³ females x mwh males) and the high bioactivation cross (HB: ORR females x mwh males) were chronically treated and the wings of the emerging adults were analyzed. Our results showed no mutagenic activity of S. paniculatum L. ST or HB crosses.; O extrato aquoso liofilizado de folhas de Solanum paniculatum L. (jurubeba), planta medicinal muito utilizada pela população como diurético, em tratamentos de fígado e baço e para combater febre e inflamações, foi submetido ao teste SMART/asa em células somáticas de Drosophila melanogaster, para a avaliação de seu potencial mutagênico. Foram usadas três diferentes concentrações do extrato de folhas (2...

Investigação do potencial mutagênico e recombinogênico dos combinados gemcitabina+doxorrubicina e gemcitabina+cisplatina em células somáticas de Drosophila melanogaster; Investigation of mutagenic and recombinogenic combination of gemcitabine + cisplatin and gemcitabine + doxorubicin in somatic cells of Drosophila melanogaster

Oliveira, Igor Gomes de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Biologia (ICB); Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Biologia (ICB); Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.6%
Clinical studies have shown that the combinations of chemotherapeutic drugs gemcitabine (GEM) plus cisplatin (CIS) and gemcitabine (GEM) plus doxorubicin (DXR) exert important cytotoxic activity against several types of cancer in advanced stages as well as metastatic cancer. CIS, DXR and GEM have different mechanisms of action. GEM is a pro-drug that must be phosphorylated by deoxycytidine kinase to evolve into its active form. Both gemcitabine diphosphate and gemcitabine triphosphate inhibit processes required for DNA synthesis. CIS induces a variety of DNA structural changes, mainly intra- and interstrand cross-links between adjacent purine bases. DXR acts as a topoisomerase II inhibitor. This study compares the genetic toxicity effects induced by GEM+CIS and GEM+DXR co-treatments with the single drug treatments. We used the Somatic Mutation And Recombination Test (SMART), which simultaneously detects and quantifies mutagenic and recombinogenic toxicological endpoints through loss of heterozygosity of two genetic markers involved in the metabolic pathways of the Drosophila melanogaster wing hairs formation. Using the standard cross, the third-stage larvae were chronically treated with different concentrations of GEM (0.008, 0.010...

Genotoxicidade dos corantes artificiais amarelo tartazina e vermelho 40, pelo teste SMART de asa, em Drosophila melanogaster

Locatelli, Karyna Maria de Mello
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
Os aditivos alimentares são utilizados pela indústria alimentícia com o intuito de melhorar o aroma, o sabor e a textura dos alimentos. De todos os aditivos utilizados os corantes são os mais genotóxicos. Os corantes azóicos, derivados do petróleo, utilizados pelas indústrias, são o tartrazina e vermelho 40. O teste SMART de asa foi utilizado para verificar os possíveis efeitos genotóxicos destes corantes em células somáticas de Drosophila melanogaster. Para esta avaliação foram utilizadas larvas de 48 horas, descendentes do cruzamento padrão (ST) e alta bioativação (HB) que foram tratadas com tartrazina nas concentrações 1,5, 2,5 e 3,0 mg/mL e 5, 10 e 20 mg/mL para o vermelho 40. Os resultados mostraram aumento significativo de manchas nos descendentes ST para tartrazina e HB para o vermelho 40. Concluímos que os corantes artificiais tartrazina e vermelho 40 são genotóxicos nas doses utilizadas para o estudo. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; Food additives are used by the food industry in order to enhance the aroma, flavor and texture of foods. Of all the additives used colors are the most genotoxic. The azo dyes, derived from oil, used by industries, are the tartrazine and red #40. The SMART wing test was used to verify the possible genotoxic effects of colors in somatic cells of Drosophila melanogaster. For this evaluation were used larvae of 48 hours...

Efeito modulador do ômega-3 sobre a mutagenicidade e carcinogenicidade da Doxorrubicina em células somáticas de Drosophila melanogaster

Silva, Rosiane Gomes da
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.64%
CAPITULO 2: O ômega-3 (ω-3) é conhecido por atuar na prevenção e tratamento de vários tipos de câncer, tais como cólon, próstata, mama e ovário. O ω-3 pode ser encontrado em peixes gordurosos com alto teor de óleo como salmão, sardinha, bacalhau e sábalo, mas também pode ser encontrado em óleos vegetais como o de linhaça, canola, soja e nozes. O objetivo deste trabalho foi avaliar as propriedades antimutagênicas e antitumorais de diferentes concentrações de ω-3 (50, 100 e 200 mg/ml) contra o efeito do quimioterápico doxorrubicina (DXR a 0,125 mg/ml) por meio do testes SMART (Somatic Mutation and Recombination Test), e Wts (Teste para detecção de tumor epitelial em Drosophila melanogaster), ambos em células somáticas de Drosophila melanogaster. No teste SMART não foram verificados aumentos significativos nas frequências de manchas mutantes, quando tratados apenas com ω-3. No entanto, foi observada uma redução significativa nas frequências de manchas em todas as concentrações em que o ω-3 foi associado com o quimioterápico DXR 0,125 mg/ml. No teste Wts os resultados mostram que não houve aumento significativo das frequências de tumores nos indivíduos tratados isoladamente com ω-3, quando comparados com o controle negativo. Contudo...

Efeito protetor do betacaroteno contra a ação genotóxica da doxorrubicina, em células somáticas de Drosophila melanogaster

Dias, Cristina das Dores
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
O betacaroteno (BC), pró-vitamina A, é um eficiente antioxidante, efetivo na neutralização de espécies reativas de oxigênio, que estão relacionadas a sérios danos causados ao DNA, lipídios e proteínas. Por isso, observa-se a progressão nos estudos referentes à ação do BC na quimioprevenção de câncer e doenças do coração. Esses avanços promovem um melhor entendimento das possibilidades e limitações da influência do BC na saúde humana. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos protetores do BC em três diferentes doses (1, 2 e 4mg/mL) contra a ação genotóxica da doxorrubicina, DXR (0,125 mg/mL), pelo teste para detecção de manchas na asa de Drosophila melanogaster (Somatic Mutation And Recombination Test – SMART). Os resultados obtidos nos indivíduos, descendentes do cruzamento padrão, tratados com as diferentes doses de BC, demonstraram que não houve aumento, estatisticamente significativo, nas freqüências de manchas mutantes. No entanto, houve uma redução estatisticamente significativa, no número total de manchas, quando o BC foi associado a DXR. Dessa forma, conclui-se que, nestas condições experimentais, o BC não é genotóxico e possui efeito protetor contra a ação recombinogênica do quimioterápico DXR. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The pro-vitamin A β-carotene (BC) is an efficient antioxidant...

Métodos para segmentação nuclear e avaliação da expressão gênica em imagens sagitais de embriões de Drosophila melanogaster

Sousa, Daniela Justiniano de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
Nos últimos anos, as técnicas de processamento digital de imagens têm sido largamente utilizadas em conjunto com outras áreas da ciência, incluindo a biologia. Estas técnicas geralmente visam otimizar o tempo, aumentar a precisão e eliminar a subjetividade do processo da simples análise visual. Esse crescimento motivou-se, principalmente, por avanços importantes na Biologia Computacional e pelo aumento considerável dos bancos de imagens biológicas. O presente trabalho propõe métodos para segmentação nuclear e avaliação da expressão gênica em imagens da Drosophila melanogaster. O método de segmentação proposto aborda diferentes técnicas de processamento digital de imagens, e consiste em realizar a segmentação automática dos núcleos celulares contidos em imagens sagitais de embriões desse modelo biológico. O método baseia-se na estimativa de curvatura do contorno dos objetos, e consiste em separar núcleos agregados por meio de segmentos traçados entre pontos côncavos correspondentes. A abordagem apresentada é nova para esse cenário, e contribui para a solução do problema de componentes agregados, característica recorrente em aplicações voltadas à segmentação de núcleos. Os métodos de avaliação incluem abordagens para quanti cação e visualização da intensidade média de proteína e RNA nas regiões intranuclear e citoplasmática dos embriões de Drosophila. O método de quanti cação...

Resistencia al linezolid en bacterias Gram-positivas : efecto in vivo en el modelo de infección en Drosophila melanogaster y caracterización de la transferibilidad

Díaz Ortiz, Sandra Lorena
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Formato: PDF
Relevância na Pesquisa
66.72%
Linezolid es un antibiótico bacteriostático que inhibe la síntesis proteica y representa una importante opción terapéutica para el manejo de infecciones por bacterias Gram positivas. La resistencia se debe a: i) mutaciones en el RNA ribosomal 23S, ii) cambios en las proteínas ribosomales L3 y L4 y iii) metilación del nucleótido A2305 mediado por la enzima Cfr. En este trabajo se estudió el impacto de la resistencia al linezolid en S. aureus evaluando su efecto in vivo en el modelo de infección en Drosophila melanogaster y caracterizando la transferibilidad de esta resistencia a una cepa de Enterococcus faecalis de origen humano. Se realizó la adaptación del modelo de infección en D. melanogaster empleando cepas de S. aureus resistentes y susceptibles al linezolid y administrando linezolid en el alimento (15 a 500μg/ml). Los resultados fueron comparados con el modelo murino de peritonitis (administración oral del linezolid 80 y 120 mg/Kg cada 12 horas). Adicionalmente, se realizó la caracterización de la primera cepa de E. faecalis resistente al linezolid portadora del gen cfr. Los experimentos de infección animal en D. melanogaster evidenciaron el efecto in vivo de los mecanismos de resistencia al linezolid (mutacional y mediado por cfr)...

Resistencia a la inanición en Drosophila melanogaster: variación genética natural y su relación con la longevidad y las reservas energéticas; Starvation resistance in Drosophila melanogaster: natural genetic variation and its relation with longevity and energy reserves

Goenaga, Julieta
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2010 SPA
Relevância na Pesquisa
66.64%
En la naturaleza los organismos están expuestos a un ambiente continuamente cambiante que los fuerza a desarrollar adaptaciones que alivian las consecuencias del estrés ambiental. La escasez de alimentos es un factor de estrés que afecta a todos los organismos en su hábitat natural, de modo que es esperable que desarrollen adaptaciones que maximicen la resistencia a la inanición (RI). El potencial evolutivo de cualquier carácter está determinado por su arquitectura genética. En el presente trabajo estudiamos la arquitectura genética de la RI en poblaciones naturales de Drosophila melanogaster. En primer lugar analizamos la variación genética a diferentes escalas geográficas en isolíneas derivadas de poblaciones naturales. A continuación, examinamos la contribución del cromosoma 2 (que representa cerca del 40% total del genoma) a la variación fenotípica de la RI, con el fin de establecer qué proporción de la variación está regulada por esta región del genoma. Posteriormente, mediante pruebas de complementación genética identificamos variación alélica natural en genes implicados en la RI. Además, estudiamos las asociaciones entre la RI y otros caracteres, la longevidad (L) y el contenido de lípidos (CL). Los principales resultados muestran que las poblaciones naturales de D. melanogaster cuentan con variación genética para la RI y que la variación interpoblacional es menor que la intrapoblacional. Asimismo...