Página 1 dos resultados de 27 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

A bússola e os cinco pontos cardeais: no caminho da criatividade?

Fielas, Cláudia Cristina Henriques
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.8%
As investigações sobre acriatividade desempenham um deslumbramento sobre quem nelas se estreia, tal é o efeito de esplendor que fomenta logo após as primeiras tentativas de percepção, assim a criatividade trata-se de uma matéria que alguns cientistas e escritores como Vygotsky, Dostoievski, Damásio, Leo Szilard e Jonas Salk têm em consideração. O presente estudo visa analisar a relação entre a Criatividade, Personalidade e Motivação nos estudantes do curso de Psicologia e investigar as relações existentes entre as variáveis sócio demográficas e as respectivas variáveis do estudo. Foi utilizada uma amostra de conveniência de 176 alunos da ULHT,sendo39 do género masculino (22,2 %) e137 do género feminino (77,8 %), com idades compreendidas entre 18 e 52 anos (M = 25,05; DP = 6,81), que preencheu um protocolo de investigação constituído por um questionário de caracterização sócio-demográfica, um teste figurativo para avaliar a Criatividade (TCT-DP, Urban & Jellen, 1996),um questionário de Motivação de Prática Deliberada (Monteiro, Cruz, Almeida& Vasconcelos, 2010)eum teste para avaliar a Personalidade (NEO-FFI, Lima & Simões, 2000). Os resultados obtidos revelaram que a Criatividade se correlacionapositivamente com a Abertura à Experiência (r=.173; p ≤ .05)...

A beleza reveladora da cicatriz; The revealing beauty of the sear

Palma, Rodrigo Barbosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.47%
Dostoiévski, escritor russo do século XIX, compôs uma vasta obra, na qual procurou dar voz a todos os dilemas e contrastes presentes na alma humana; e conseguiu este feito sem procurar impor suas próprias verdades, sabendo que estas, em realidade, são sempre relativas. Um dos temas mais recorrentes em sua obra é a questão da loucura e do desequilíbrio, não só de seus personagens, mas também de fatos e acontecimentos, mostrando que, muitas vezes, na loucura do caos da vida, reside uma ordem e uma lógica superiores e, portanto, incompreensíveis para a mente humana, a qual acaba por considerar estes acontecimentos como fruto da insanidade. Isto despertou nosso interesse e resolvemos dedicar nosso estudo a este inquietante tema.; Dostoyevsky, Russian writer of the 19th century, accomplished a large literary output, in which he sought to give voice to all the dilemmas and contrasts existing in the human soul, and he perpetrated this deed without attempting to impose his own truths, knowing that these, in fact, are always relative. One of the most recurrent themes in his work is the issue of madness and instability, not only of his characters, but also of facts and events, showing that, oftentimes, in the madness existing in the chaos of life reside both a superior order and a superior logic and...

Vilões das 21 horas nas criações, na concepção e no estilo de três autores: Sílvio Abreu, Aguinaldo Silva e Gilberto Braga, para a ficção televisiva brasileira entre 2000 e 2010

Bernardino, José Claudino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.8%
A tese tem como objetivo o estudo da construção dos personagens-vilões e suas criações na concepção do tipo de vilania em telenovelas brasileiras do horário das 21 horas exibidas pela tevê Globo na década de 2000 a 2010. Concluímos que o processo de criação e de construção da vilania nos principais personagens-vilões depende do estilo de cada autor e pertence à estrutura de suas narrativas teledramatúrgicas, para representar, na ficção, os conflitos sociais da vida real cotidiana brasileira no período correspondente ao da criação de cada obra. Foram selecionados, como exemplo, três autores que construíram os vilões mais representativos da teledramaturgia deste período. Este percurso resultou na seleção das seguintes obras e autores de teledramaturgia brasileira: Passione, (2010/11), escrita por Silvio de Abreu, Senhora do destino, (2004/05), escrita por Aguinaldo Silva, e Celebridade, (2003/04), escrita por Gilberto Braga. Eles possibilitaram a elaboração de tipologias de vilanias presentes na vida urbana das principais metrópoles brasileiras no período delimitado. Para uma melhor compreensão destas proposições da tese apresentamos informações sobre os contextos correspondentes aos momentos históricos da sociedade brasileira e internacional...

Semiótica e polifonia na estética romanesca de Fiódor Dostoiévski; Semiotics and Polyphony in the Fyodor Dostoyevsky's novelistic aesthetics

Costa, Marcos Rogério Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
18.04%
Na teoria musical, a polifonia remete a um estilo, criado na Idade Média em oposição ao canto monódico da Igreja, no qual as vozes se distinguem rítmica e melodicamente, permitindo que melodias diversas convivam no mesmo campo musical. Mikhail Bakhtin (1895-1975), resgatando o sentido musical do termo e baseando-se nele, cria uma metáfora conceitual da polifonia para definir um gênero discursivo que demonstra a coexistência de vozes plenivalentes na obra literária, inclusive entre a instância do autor-criador e a da personagem. O filósofo russo investiga esse fenômeno na estética de Fiódor Dostoiévski (1821-1881), reconhecendo esse autor como o criador do romance polifônico. Desde a difusão das ideias de Bakhtin (2010a), o conceito de polifonia foi mal compreendido e mal interpretado. Diante disso, o objetivo geral desta pesquisa é o de operacionalizar o conceito bakhtiniano de polifonia por meio de um viés discursivo específico: o da semiótica francesa (GREIMAS; COURTÉS, 2008). Por operacionalização, entendemos o processo científico de tornar coerente um conceito dentro de determinadas premissas teóricas e de acordo com as unidades de análise. Nossas fontes são três diálogos entre dois personagens diferentes contidos em três romances dostoievskianos: três encontros de Raskólnikov e Porfiri...

Um subterrâneo sertanejo : o homem do subsolo e o homem da angústia em Graciliano Ramos

Ferreira, Gabriela Schwingel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.47%
Esse trabalho é uma tentativa de compreender os homens incompreensíveis de Graciliano Ramos, Paulo Honório e Luís da Silva, através de outro homem incompreensível: o Homem do Subsolo, de Dostoiévski. Embora à primeira vista, se tratem de personagens diferentes, há entre eles muitas semelhanças, em especial sua relação paradoxal com a vida, mas que isso não os faz necessariamente homens do subsolo, uma vez que a consciência não é uma característica de todos eles e que, portanto, faz-se necessário criar outro “lugar” para um deles. Para tal usaremos conceitos da psicologia e da filosofia, que servem como base teórica.; This work is an attempt to understand the incomprehensible men from Graciliano Ramos, Paulo Honório e Luís da Sílva, through other incomprehensible man: the Man of the underground, from Dostoyevsky. Although they seem different at first sight, there are some similarities, like their paradoxical relationship with life, but that does not make all of them men of the underground, because conscience is not a characteristic of all them and, for that, it is necessary to create a “place” to one of them. In this work, we will use some concepts from Psychology and from Philosophy.

A criação da voz autoral no processo de transcriação da literatura para o cinema : O homem da cela 1846, roteiro cinematográfico livremente inspirado nas novelas A senhoria e memórias do subsolo de Fiódor Dostoiévski; The creation of the authorial voice in the process transcreation literature to cinema : The man in the 1846 cell, screenplay freely inspired by the novels The landlady and motes from underground by Fyodor Dostoyevsky

Lílian Maria Fleury Dória
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.8%
Esta tese é o resultado de um processo de pesquisa e criação de um roteiro cinematográfico autoral a partir do diálogo com a literatura de Fiódor Mikháilovitch Dostoiévski (1821-1881) e na perspectiva da proposta de transcrição da literatura para o cinema. Reflexões estéticas e teóricas sobre o roteiro, as especificidades da dramaturgia audiovisual e a abordagem da literatura pelo roteirista no processo de transcrição são alguns dos temas pesquisados. O roteiro O Homem da Cela 1846 é livremente inspirado nas novelas A Senhoria (1846) e Memórias do Subsolo (1864) e transpõe os personagens dostoievskianos para o século XXI, numa grande metrópole. A narrativa ficcional foi construída numa estrutura de contrapontos, em que cenas realistas se misturam com sonhos, delírios e fragmentos caóticos de lembranças. O roteiro se estrutura num arco do tempo no qual vemos, simultaneamente, o escritor preso e o jovem sonhador em suas lembranças de juventude.; This thesis is the result of a research and creation process of a copyrighted screenplay from the dialogue with the works of Feodor Mikhailovich Dostoevsky (1821 - 1881) and within the proposed transcreation from literature to film. Aesthetic and theoretical reflections on the screenplay...

Vida literária e desencantos

Azevedo Neto, Joachin
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 341 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
16.8%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, Florianópolis, 2015.; O pensamento  conceito abordado aqui enquanto um processo vinculado à formação intelectual do sujeito  pode ser um fenômeno multifacetado e permanecer em aberto. Com base nessa premissa, os diagnósticos elaborados por Lima Barreto (1881-1922) sobre a modernidade serão mapeados a partir das mediações culturais que estabeleceram com ícones bastante representativos das letras modernas, como, por exemplo, Anatole France, Tolstói, Dostoievski, Thomas Carlyle e Jules Gaultier. É preciso esclarecer, de antemão, que esse trabalho constitui um ponto de vista, entre muitos possíveis, sobre as relações mantidas por Lima Barreto e a cultura escrita que circulou em seu tempo. Buscar compreender alguns nuances do processo de maturação intelectual desse escritor, a partir das influências que recebeu das literaturas estrangeiras, não significa crer no argumento de que a criatividade barretiana foi um tipo de reflexo das ideias europeias. A partir, principalmente, das impressões de leitura de Lima Barreto e do catálogo de sua biblioteca particular, pretendo comparar as ideias literárias desse escritor com as de outros homens de letras que fizeram parte de sua geração. Por meio desse procedimento...

Crime e castigo nos modos de "fazer justiça" : um estudo sobre representações sociais da criminalidade urbana, punição e justiça

Borges, Guilherme Almeida
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.8%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2009.; As percepções, valores e representações formuladas sobre a criminalidade urbana e a forma de combatê-la consistem no objeto central da pesquisa empreendida. A categoria central a partir da qual a pesquisa se estruturou é a que aqui se está denominando “Fazer Justiça”. Diz respeito a arranjos discursivos difusos encontrados na população civil que reivindica que, frente à criminalidade, a Justiça seja feita. Esses discursos demonstram a forma como a população interpreta determinados princípios de Justiça frente à realidade na qual vive. Foram pesquisadas pessoas que tiveram contato com o crime violento na condição de vítimas, parentes de vitimas ou testemunhas dos crimes. Por meio do contato com a instituição policial, foram realizadas observações nas delegacias de polícia do Distrito Federal, no intuito de buscar contato com vitimas de crimes violentos e analisar a forma como seus discursos eram gerados e estruturados após o crime ter acontecido. As localidades pesquisadas foram escolhidas a partir de uma categorização das diversas Regiões Administrativas do Distrito Federal de acordo com suas características socioeconômicas. Foram pesquisados o Lago Sul e o Plano Piloto como regiões cuja população possui perfil socioeconômico próximo e poder aquisitivo mais alto e a Ceilândia e o Paranoá foram pesquisadas como áreas representativas das localidades com poder aquisitivo mais baixo do DF. Para a análise dos discursos sobre “Fazer Justiça” foi utilizada a teoria das representações sociais no intuito de buscar o quadro cognitivo e as lógicas que davam subsidio a uma interpretação do crime e das formas de combatê-lo. A análise das Representações Sociais do Crime e do “Fazer Justiça” buscam evidenciar os moldes cognitivos que formam a experiência do crime como uma ordenação dos fatos vividos...

O Homem Extraordinário de Fiódor Dostoiévski e O Homem Revoltado de Albert Camus

Fonseca, Ludmilla Carvalho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.8%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2010.; Esta pesquisa tem como finalidade abordar a relação entre os romances Crime e Castigo (2001), de Fiódor Dostoiévski (1821 – 1881), A Morte Feliz (1997) e O Estrangeiro (1982), de Albert Camus (1913 – 1960). Pretende-se mostrar a influência do homem extraordinário sobre o homem revoltado. A pesquisa propõe investigar o comportamento das personagens protagonistas; associar as abordagens filosóficas que permeiam o discurso de Dostoiévski e de Camus; compreender o conceito de homem extraordinário e de homem revoltado. O método consiste em uma revisão bibliográfica apropriada ao tema e na análise dos romances em questão. Os resultados apontam para a semelhança entre o homem extraordinário em Dostoiévski e o homem revoltado em Camus. Pode-se concluir que a semelhança entre ambos se dá na temática do crime e, principalmente, pelas características das personagens protagonistas dos romances estudados. Raskólnikov, de Crime e Castigo; Patrice Mersault, de A Morte Feliz; e Meursault, de O Estrangeiro são indivíduos singulares. Eles buscam – cada um ao seu modo e ao seu tempo – exaurir a sua vontade em uma perspectiva de superação dos valores anteriormente consolidados pela estrutura social. Esse movimento de busca da transmutação dos valores encontra...

Édipo em Karamazov: Uma análise psicológica d’Os Irmãos Karamazov de F. Dostoievsky

Girbal, Eduardo Luís Ramos
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
16.8%
Pretende-se abordar o romance Os Irmãos Karamazov, de F. Dostoievsky, à luz da teoria do Complexo de Édipo, desenvolvida por S. Freud, e de que forma é sentido/vivido o legado do objecto paterno para os irmãos, nas diversas esferas em que este se encontra representado: a autoridade secular e não secular. Almeja-se ainda uma compreensão do sentido do sentimento de culpa, partilhado pelas personagens dos irmãos e os motivos que levaram cada irmão a partilhar o desejo do parricídio.; ABSTRACT: We intend to aproach the novel The Brothers Karamazov, by F. Dostoyevsky, in the light of the Oedipus Complex, developed by S. Freud, and by this, to understand in what way was felt/lived the legacy of the paternal object in the characters of the brothers, on the multiple spheres in wich it is represented: the secular and non secular authority. It is hoped that we shed some light in the understanding of the feeling of guilt shared by the characters of the brothers and the motifs wich took them into sharing the will of parricide.

From darkness into light : Fyodor Dostoyevsky

Tsanoff, Radoslav Andrea, 1887-
Fonte: Electronic version published by Fondren Library, Rice University, made possible with funding from the Rice Historical Society and Thomas R. Williams, Ph.D., class of 2000 Publicador: Electronic version published by Fondren Library, Rice University, made possible with funding from the Rice Historical Society and Thomas R. Williams, Ph.D., class of 2000
ENG
Relevância na Pesquisa
27.47%

SCHILLER'S INFLUENCE ON DOSTOEVSKY (FRIEDRICH SCHILLER, FYODOR DOSTOYEVSKY, RUSSIA)

SIMONS, JOHN DONALD
Fonte: Universidade Rice Publicador: Universidade Rice
Tipo: Thesis; Text Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
16.8%

L'adaptation cinematographique des oeuvres litteraires (l'exemple de Dostoievski)

Ershova-Darras, Eugenia Zoltanovna
Fonte: Universidade Rice Publicador: Universidade Rice
Tipo: Thesis; Text Formato: 423 p.; application/pdf
FRE
Relevância na Pesquisa
16.8%
This study examines different aspects of the screen adaptation of literary works through the close analysis of three films based on Dostoyevsky's novels: Pierre Chenal's Crime and Punishment, Robert Bresson's Pickpocket, Denys Arcand's Jesus of Montreal. Its originality lies in bringing to light the multifaceted nature of adaptation which is presented not only as a transfer, but also as a phenomenon having different degrees of occurrence, which can range from a simple borrowing to an elaboration of new artistic forms. The study is divided into three parts. It starts with the introduction which discusses adaptation in the light of the theory of Gerard Genette and establishes three major degrees of adaptation: formal, thematic and dialogic. The first part deals with the praxis of formal adaptation, specifically how Pierre Chenal adapted Crime and Punishment, i.e. what he borrowed from the original novel and how he created the atmosphere of nightmare by using expressionist elements such as a slightly deformed set, contrasting lights, projection of shadows. The second part focuses on the thematic adaptation by Robert Bresson who develops in his Pickpocket the themes of transgression, pride, the "will to power", and solitude, which were treated by Dostoyevsky in Crime and Punishment and The Gambler. It also highlights similarities between Bresson's and Dostoyevsky's aesthetic conceptions. The last part examines Denys Arcand's dialogic adaptation which contains a great variety of quotations and references...

Darstellung und Wirklichkeit in Der Idiot und Die Dämonen, zwei Dostojewski-Bearbeitungen von Frank Castorf für die Volkbühne Berlin

Boisvenue, Jean-François
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
DE
Relevância na Pesquisa
16.8%
Comme la représentation théâtrale est une forme d’art fugitive qui, en raison de son caractère performatif, possède son propre monde fictionnel, la question de l’oposition entre représentation et réalité occupe une place centrale dans les études théâtrales. Ainsi, les œuvres scèniques d’un metteur en scène comme Frank Castorf représentent des objets d’analyse particulièrement appropriés. Parce que Castorf met d’abord l’accent sur le moment présent et la réalité de la représentation théâtrale, il est légitime de se demander quelle est la part qu’occupe la représentation d’un monde fictionel dans ses spectacles. Ce travail vise précisément à identifier l’importance qu’accorde Castorf à la performativité dans deux adaptations théâtrales des romans de Dostoïevski Les démons et l’Idiot. Comme notre société donne une place grandissante aux médias reproductibles tels que la télévision et le cinéma, et que l’être humain tend toujours davantage à se méditiaser lui-même, le théâtre comme toutes les autres formes d’art s’en trouve transformé. C’est dans cette optique que ces deux adaptations théâtrales ont donné lieu à d’autres manifestations artistiques, soit deux films et deux livres. Cet ouvrage retrace également le processus de re-représentation...

O mito do duplo em retratos; The myth of the double in pictures

Cesaro, Patrícia Souza Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.8%
The myth of the double is part of a set of the most antique human myths which permeate man`s imaginary since his own existence. It has as its main manifestations the cases of persons resembling one another, identical twins, the fact that someone sees himself in another one, the duality. The term used to designate the double, coined by German writer Jean-Paul Richter, is doppelgänger, and it means the one who walks by the side or close by, the travelling companion or fellow traveler. It has to do with one‘s experience of him/her in alterity or otherness. Some examples of occurrences of the myth of the double in literatures can be, among other: Shakespeare‘s A Comedy of Errors, Plato`s The Banquet, Robert Louis Stevenson‘s Dr. Jekyll and Mr. Hyde, Mary Shelley‘s Frankenstein, Dostoyevsky‘s The Double. This thesis has as the object of its analysis the recurrence (and reoccurrence) of the myth of the double in literature and in order to do that it concentrates on the examination of four works which are similar through the manifestation of the double in portraits. Three of them are short stories and the last one is a novel: Nathaniel Hawthorne‘s ―The Prophetic Pictures,‖ Edgar Allan Poe‘s ―The Oval Portrait...

Relações dialógicas em narrativas; Dialogic relationships in narratives

Lucas Vinicio de Carvalho Maciel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.8%
As relações dialógicas, fenômeno constitutivo da linguagem, podem se apresentar dediversas maneiras, como pretendo mostrar ao analisar algumas redações confeccionadas no âmbito do vestibular Unicamp. Os textos examinados e empregados para exemplificação dos pontos debatidos provêm de um corpus de pesquisa constituído por 111 redações de tipologia textual predominantemente narrativa (MARCUSCHI, 2002). São redações eleitas pela Comissão Permanente para o Vestibular Unicamp como as que melhor atenderam à proposta de escrita da "narração". Na investigação empreendida, ancorei-me em reflexões do Círculo de Bakhtin, especialmente expressas nas obras Problemas da poética de Dostoiévski (BAKHTIN, 1929/1963) e Marxismo e filosofia da linguagem (BAKHTIN/VOLOCHÍNOV, 1929), a partir das quais proponho analisar as relações dialógicas considerando os seguintes aspectos: (i) as díspares amplitudes do diálogo (microdiálogo, diálogo composicionalmente expresso e grande diálogo); (ii) os diversos modos de orientação da palavra; (iii) as distintas unidades composicionais do discurso (autoenunciação do herói, discurso do narrador, diálogo entre as personagens); (iv) os diferentes tipos e variantes de discurso por meio dos quais se textualizam os vínculos dialógicos. Na apreciação desses aspectos...

Dostoyevsky and epilepsy: between science and mystique

Lima,Antenilson Franklyn Rodrigues; Gallian,Dante Marcello Claramonte
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 EN
Relevância na Pesquisa
27.47%
This article, the result of a research project presented as a Master's degree dissertation in the graduate program of "Teaching of Health Education" at UNIFESP, seeks to highlight the pertinence of analyzing epilepsy and especially, the paradoxical experience of the epileptic individual through literary narrative. Using as its object the novel, The Idiot, by Fyodor Dostoyevsky, it seeks to discuss the relationship between epilepsy and the mystic experience, bearing in mind the context of the scientific and humanistic perspectives of the 19th century and today.

Darwin and Dostoyevsky: twins

Kováč, Ladislav
Fonte: Nature Publishing Group Publicador: Nature Publishing Group
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2010 EN
Relevância na Pesquisa
27.47%
The Russian poet Fyodor Dostoyevsky published an insightful treatise on human nature in his novel ‘The Brothers Karamazov' in 1880. His account of humanity may offer as much insight into human nature for scientists as Darwin's The Descent of Man.

O herói da modernidade em Dostoiévski e Graciliano Ramos

Arteaga, Cristiane Guimarães
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.47%
Este trabalho é uma continuação de minha dissertação de mestrado, na qual analisei as possíveis relações de contato entre Crime e Castigo, de Dostoiévski, e Angústia, de Graciliano Ramos. Aqui, pretendo dar continuidade aos pontos de contato entre esses escritores, mas usando a questão da modernidade como ponto comum entre os dois autores. Levando em consideração que, apesar da distância temporal que os separa, as questões da modernidade, como fator de desenvolvimento tecnológico, ou seja, como sinônimo de modernização, e suas consequências para a sociedade estão presentes na literatura de ambos os escritores. No romance de Dostoiévski, por exemplo, teremos várias inovações: o romance dialógico ou polifônico, ao invés do tradicional monológico; a fragmentação da narrativa, “desrespeitando”, muitas vezes, o tempo cronológico; uma maior preocupação com o social; e, principalmente, como decorrência desses fatores, o surgimento de um novo tipo de herói, cujos valores - ou a ausência destes – indicam a existência de uma nova estrutura social gerada pela modernidade e pelo capitalismo. Em consequência disso, as narrativas romanescas passam a apresentar anti-heróis, que oscilam entre o bem e o mal...

"Y el resto se hace con gritos": Notas sobre literatura y teatro; "Y el resto se hace con gritos": Notas sobre literatura y teatro

Arpes, Marcela; Universidade Nacional de la Patagonia Austral
Fonte: Núcleo de Estudos Literários & Culturais (NELIC-UFSC) Publicador: Núcleo de Estudos Literários & Culturais (NELIC-UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; Formato: application/pdf
Publicado em 17/07/2009 POR
Relevância na Pesquisa
17.47%
Quisiera comenzar con un, más o menos extenso, listado de obras de teatro que aún permanecen en cartel o, en todo caso, algunas de ellas lo estuvieron hasta marzo, en salas oficiales y alternativas del circuito teatral porteño pero, también, del interior del país: Tres para el té sobre textos de Lewis Carroll; Galileo, sobre la mesa sobre el texto de Bertolt Brecht; Federico tuvo un sueño, inspirada en el cuento de Antonio Tabucchi y en textos poéticos de Federico García Lorca; Los siete locos, de Roberto Arlt; Crave de Sarah Kane; Cielo rojo, el sueño Bolchevique del poeta Vladimir Maiacovsky; La Manchada, sobre Cuentos de la selva de Horacio Quiroga; Doña Flor y sus dos maridos de Jorge Amado; Grande y Pequeño del escritor alemán contemporáneo Botho Strauss; El diario de Anna Frank; Esa que no eres sobre textos de Alejandra Pizarnik, obra que recibió este verano el premio Estrella de Mar en la categoría mejor espectáculo del teatro off; La revolución silenciada sobre la obra Tres jueces para un largo silencio de Andrés Lizarraga, aquel escritor y dramaturgo argentino, el primero en recibir el premio Casas de las Américas; El mundo ha vivido equivocado de Roberto Fontanarrosa; Una vida más cuerda mañana...