Página 1 dos resultados de 1097 itens digitais encontrados em 0.099 segundos

Domínios de investigação, orientações metodológicas e autores nas revistas portuguesas de psicologia: Tendências de publicação nas últimas quatro décadas do século XX

Alferes, Valentim R.; Bidarra, Maria G.; Lopes, Cláudia A.; Mónico, Lisete S.
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.02%
Classificam-se os domínios de investigação, os métodos e os autores de 2070 artigos publicados durante as últimas quatro décadas do séc. XX em oito revistas portuguesas de psicologia (Análise Psicológica; Cadernos de Consulta Psicológica; Psicologia; Psicologia, Educação e Cultura; Psicologia: Teoria, Investigação e Prática; Psychologica; Revista de Psicologia e de Ciências da Educação e Revista Portuguesa de Psicologia) e confrontam-se os dados obtidos com as orientações temáticas e metodológicas dos artigos indexados na PsycINFO. Conclui-se que a investigação publicada negligenciou o estudo dos conteúdos nucleares (processos psicológicos básicos), centrando-se predominantemente na psicologia geral/psicometria e nas áreas de aplicação. De modo paralelo, foram privilegiados os trabalhos de revisão e síntese da literatura, em detrimento das investigações de natureza empírica. Estas tendências constituem as principais marcas distintivas em relação à produção internacional, tal como esta se encontra documentada nos registos da PsycINFO. Os 2070 artigos foram assinados por 3193 autores, sendo o contributo dos homens superior ao das mulheres, ainda que na década de 90 se tenha verificado uma quasi-paridade. Predominaram as estratégias de “publicação interna”...

Entre monárquicos e republicanos numa "Cidade de Deus" : história política e social de Braga no contexto nacional : 1890-1933

Sousa, Amadeu José Campos de
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
75.83%
“Almejar mais e melhor”. Este poderá bem ser o lema que impulsionou a longa caminhada, iniciada anos atrás, direccionada para a compreensão da história política e social de Braga desde o declinar da Monarquia até aos primórdios do Estado Novo. Anteriormente, havíamos já desenvolvido uma investigação centrada na história política de Braga confinada ao período compreendido entre 1890 e 1926. Não obstante termos descortinado nesse trabalho uma realidade até então, no essencial, desconhecida, afigurou-se-nos pertinente, entretanto, analisar mais profunda e alargadamente a temática em causa. A aproximação do centenário da proclamação da República, impõe-se confessá-lo, constituiu-se num estímulo adicional para procurarmos compreender melhor uma realidade já esboçada, mas a nossa condição de minhoto residente em Braga desde há muitos anos não deixou de pesar no árduo projecto de investigação em que nos envolvemos. Conhecer o pulsar político da cidade de Braga e do seu espaço envolvente no percurso do republicanismo, manifesto nos últimos anos da Monarquia, até à clausura da República – na sequência da revolução de 28 de Maio de 1926, desencadeada justamente em Braga – e aferir das características da sociedade bracarense neste período estatui-se...

Amnésia pós-traumática e qualidade de vida pós-trauma; Post-traumatic amnesia and post-trauma quality of life; Amnesia post-traumática y calidad de vida post-trauma

Silva, Silvia Cristina Fürbringer e; Settervall, Cristina Helena Constanti; Sousa, Regina Marcia Cardoso de
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
75.77%
Este estudo compara a qualidade de vida das vítimas que apresentaram amnésia pós-traumática de longa duração com as demais e analisa a relação entre qualidade de vida e duração da amnésia pós-traumática, computando ou não o período de coma. Estudo de coorte prospectivo, com coleta de dados durante a internação hospitalar e avaliação da qualidade de vida no período de estabilidade da recuperação pós-traumática. Participaram desta investigação vítimas de trauma crânio-encefálico contuso, maiores de 14 anos, sem antecedentes de demência ou trauma crânio-encefálico, internadas em hospital de referência para atendimento de trauma nas primeiras 12 horas pós-evento. Os resultados referentes à qualidade de vida foram mais desfavoráveis em três domínios do grupo com amnésia de longa duração. Correlações entre duração da amnésia e domínios de qualidade de vida foram mais expressivas quando excluído o período de coma, indicando que este tempo não deve ser computado na duração da amnésia pós-traumática.

Educação a distância: um estudo de caso sobre formação contínua de professores via Internet

Gomes, Maria João
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação. Publicador: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação.
Tipo: Livro
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
75.74%
Esta dissertação parte de uma revisão de literatura e de uma reflexão sobre a educação a distância: conceitos, teorias e tecnologias de suporte; para a partir daí estudar a viabilidade da implementação de iniciativas de formação contínua de professores, em modalidade de formação a distância suportada por serviços disponíveis através da Internet. Adotando uma metodologia de estudo de caso, a componente empírica desta dissertação apresenta e analisa o "caso" do Curso EASIC - Ensinar e Aprender na Sociedade da Informação e Comunicação, uma iniciativa de formação contínua de professores englobando uma componente presencial e uma outra componente a distância, recorrendo à Internet. O curso é apresentado nas suas múltiplas vertentes: enquadramento institucional, área temática, estrutura da componente a distância e da componente presencial, princípios pedagógicos subjacentes; quer em termos de conceção quer em termos de implementação do mesmo. Parte-se de uma diversidade de fontes de recolha de informação: documentos de natureza diversas, entrevistas, notas de campo, registos automáticos de dados, documentos eletrónicos, auscultação de opiniões e entrevistas aos participantes para, cruzando a informação proveniente de diferentes fontes e recolhida com diferentes instrumentos...

Qualidade de vida e espiritualidade em pessoas idosas: a UCCC do HJLC

Figueira, Antero Rodrigues
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.65%
O envelhecimento populacional tem feito emergir um conjunto de novos domínios de investigação (como a qualidade de vida) e conduzido à reorganização dos cuidados de saúde. Este estudo centrou‐se na Unidade de Convalescença do Hospital José Luciano de Castro Anadia, enquadrada na Rede Nacional de Cuidados Continuados, uma resposta em Portugal para as necessidades de reabilitação. Este estudo analisa a qualidade de vida percepcionada e a espiritualidade de pessoas idosas (75 anos ou mais), comparando o momento da admissão com o da alta. Além disso, relaciona a qualidade de vida e a espiritualidade. A amostra compreende 25 pessoas idosas, procurando identificar os ganhos de pessoas muito idosas decorrentes do internamento numa unidade desta natureza. Os instrumentos de recolha de dados foram: o Easycare (Elderly Assessment System, Sousa et al., 2009) e a Escala de Avaliação da Espiritualidade (Pinto e Pais Ribeiro, 2007). Comparando o momento de admissão e alta, os resultados sugerem: i) ganhos em qualidade de vida mais evidentes nas dimensões cuidar de si, mobilidade, pontuação de independência; ii) fortalecimento da espiritualidade. O investimento das instituições e seus profissionais nas diferentes dimensões da qualidade de vida é um caminho para a capacitação da pessoa idosa com vista à sua reintegração familiar...

Implicações dos Locative media nos comportamentos infocomunicacionais : proposta de modelo sistémico interacinal para análise e design

Reis, Paulo Jorge Dias Estima dos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
65.9%
A prática infocomunicacional dos indivíduos é, hoje, marcada pela simultaneidade das interações imediatas e mediadas. As nossas vidas desenlaçam-se nos domínios físico e digital e, não obstante conseguirmos habitualmente distingui-los, a tendência é integrá-los – na maioria das vezes, não estamos necessariamente cientes da natureza física, digital ou híbrida da informação com que lidamos. As mesmas noções aplicam-se particularmente ao sentido de espaço e lugar, enquanto construções sociais, provenientes da experiência. O objetivo da investigação aqui descrita é apresentar uma perspetiva sistémica, não-dicotómica e integrativa da interação, numa lógica espacial híbrida, onde o digital e o físico emergem como um só na experiência. Explorase neste trabalho bibliografia sobre a temática, desde as noções tecnologicamente determinísticas da diluição do espaço e do tempo nas sociedades marcadas pela mediação, até conceções mais recentes que apontam para a reconfiguração dos domínios físico e digital pela prática humana. A nossa perspetiva é ilustrada na proposta de um modelo sistémico interacional para contextos híbridos. Metodologicamente, foram utilizados dois métodos de cariz qualitativo: diários e focus group. A escolha da abordagem qualitativa justifica-se pela necessidade de captar o fenómeno infocomunicacional e interacional com a riqueza contextual associada – a utilização de diários permite o acesso a relatos de experiências autênticas (e não despoletadas pela investigação)...

Os domínios de atuação da Universidade - investigação, ensino e prestação de serviços à comunidade - devem ser pensados globalmente como ações complementares e articuladas? O estudo caso do curso intensivo landscape embassador.

Freire, Maria; Ramos, Isabel
Fonte: FORGES Fórum de Gestão do Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa Publicador: FORGES Fórum de Gestão do Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
Da Declaração mundial sobre educação superior para o século vinte e um: visão e ação, ressalta que a missão do ensino superior é educar, formar e fomentar a investigação, missões e valores que visam contribuir para o desenvolvimento sustentável e o melhoramento da sociedade como um todo. O ensino superior envolve assim competências, responsabilidades individuais e sociais e conteúdos humanistas e técnicos, articulados com a formação de indivíduos altamente qualificados, a investigação e a prestação de serviços à comunidade. Em Portugal, o ‘Estatuto da Carreira Docente Universitária’ confirma-o, pelos domínios de avaliação dos docentes. A investigação desenvolvida por vários autores atesta que os professores investigadores têm mais capacidades de integração dos vários âmbitos ligados à área disciplinar, maior consciência da perspectiva internacional daquela área e facilidade em atualizar o que ensinam; inversamente, o ensino contribui para a investigação, porque força os professores a clarificarem o enquadramento da investigação e porque enriquece a interação necessária entre ensino e investigação. A prestação de serviços à comunidade e a investigação, observadas em articulação com o ensino na perspectiva da fundamental interdisciplinaridade...

Investigação no ensino de engenharia biomédica: dois casos de estudo

Seabra, José C. R.; Pedro, Luís A. C. Mendes; Sanches, João M. R.; Viola, Filipa A. C.; Dinis, António C.; Dias, João A. C. Mendanha; Brogueira, Pedro M. F.; de la Peña, Maria Teresa H.
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /05/2008 POR
Relevância na Pesquisa
65.86%
Desde os anos oitenta que os avanços das ciências básicas e das ciências da engenharia têm dado um impulso sem precedentes à investigação médica, o que criou as condições para a afirmação da Engenharia Biomédica como ramo autónomo da Engenharia. Este novo ramo da Engenharia impôs-se em domínios que incluem a imagiologia biomédica, a bioinformática, a biotecnologia, a biomecânica, os biomateriais, a engenharia de tecidos, próteses e orgãos artificiais, a análise e modelação de sinais fisiológicos e a gestão de sistemas de saúde. Já no século XXI, o volume de saber acumulado e a motivação para acelerar desenvolvimentos científicos e tecnológicos, levou à criação e organização nas universidades de uma oferta de cursos de graduação e pós-graduação em Engenharia Biomédica. Apesar do espectro muito largo da Engenharia Biomédica e dos cursos criados, é possível, mesmo ao nível de Mestrado pós-Bologna (licenciatura pré-Bologna), dar uma formação avançada que permita aos alunos realizar trabalhos de investigação complexos e com impacto clínico. Neste artigo apresentamos dois destes casos de sucesso, representativos do papel da investigação ao longo do ensino bem actual da Engenharia Biomédica. No primeiro...

"A vida de Carolina": criação de música teatral no 1º ciclo do ensino básico

Rosa, Ana Sofia de Sousa da Fonseca
Fonte: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
75.83%
Mestrado em Ensino da Educação Musical no Ensino Básico; A criatividade tem sido um tema largamente debatido na área da educação musical, refletindo problemáticas que se relacionam com o contexto, a ação pedagógica do professor, os processos de aprendizagem dos estudantes e a avaliação dos produtos criativos. O presente trabalho descreve e analisa o projeto educativo e o projeto de investigação no campo da criatividade em contexto educativo, evidenciando conceitos emergentes como: ensino para a criatividade e aprendizagem criativa. O objetivo da investigação visa compreender como a criatividade se incorpora à microcultura da sala de aula através das relações estabelecidas entre a criação artístico-musical, o professor e a comunidade de sala de aula, defendendo-se a estratégia de ensino para a criatividade e o trabalho colaborativo como fatores que potenciam o desenvolvimento de aprendizagens nas crianças. A investigação é de natureza qualitativa e socorreu-se da estratégia de investigação-ação, decorrendo da implementação de um projeto educativo. O projeto educativo teve como finalidade a criação e apresentação de um espetáculo músico-teatral partindo de uma rima infantil. Os processos de trabalho envolveram a composição musical de canções e outras criações nos domínios da poesia...

As práticas de investigação com alunos de 10º ano de escolaridade : um contributo para a aprendizagem em Biologia

Carvalho, Alice Mariete Inglés Fernandes de Oliveira, 1958-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
Tese de mestrado, Educação (Didáctica das Ciências), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2010; O actual enquadramento legal curricular que está na base dos novos programas para o ensino da Ciência dá relevância à componente prático - experimental tornando-a parte integrante e fundamental do processo de ensino e aprendizagem, numa perspectiva construtivista da aprendizagem. A utilização de práticas de investigação, com base em situações problema, proporciona aos alunos uma compreensão dos procedimentos e estratégias de investigação científica, bem como uma compreensão dos conceitos científicos. Este estudo envolveu 23 alunos do 10.º ano de escolaridade na realização de actividades de investigação em Biologia e pretendeu responder às seguintes questões de investigação: Qual a influência das práticas de investigação para a aprendizagem em Ciência? Qual a relação das práticas de investigação e a motivação dos alunos para a aprendizagem de Biologia? Como é que as práticas de investigação promovem o desenvolvimento das competências preconizadas no currículo? e Quais as potencialidades das práticas de investigação no desenvolvimento do pensamento científico? A metodologia seguida neste estudo teve por base o paradigma de métodos mistos...

Temáticas recentes dos Centros de Investigação Sociológica em Portugal: contributos breves a partir de uma pesquisa exploratória

Gonçalves, Alda
Fonte: CET - Centro de Estudos Territoriais Publicador: CET - Centro de Estudos Territoriais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
75.98%
Este ensaio permite relembrar alguns dos aspectos relevantes da história da Sociologia para a compreensão dos seus desenvolvimentos mais recentes. Foi possível traçar uma panorâmica sobre os principais centros de investigação produtores de conhecimento sociológico, analisando algumas dimensões que permitem contribuir para uma sociografia disciplinar que se baseou em dimensões como a territorialização, com um centramento muito forte em Lisboa, nas principais temáticas de investigação, assim como numa breve análise das Revistas de difusão do conhecimento e da cultura científica, analisando a sua evolução e expansão no tempo, bem como a regularidade da sua publicação. Estas constituem apenas duas das faces institucionais da investigação sociológica em Portugal. No caso dos Centros de Investigação, observa-se uma expansão, que contribui quer para a visibilidade pública, quer para a institucionalização disciplinar, mais acentuada no decurso dos anos 80 e 90, enquanto as Revistas registaram maior expansão em anos mais recentes. Constituíram ainda objecto de análise os principais domínios de produção sociológica dos Centros de Investigação, categorizando-se as linhas de pesquisa actuais, de acordo com alguns domínios de produção sociológica tendo-se tornado perceptível que cada Centro possui mais do que uma linha de pesquisa (uma média de 4...

Meio século de investigação sociológica em Portugal – uma interpretação empiricamente ilustrada

Machado, Fernando Luís
Fonte: FLUP Publicador: FLUP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
65.94%
Os quase cinquenta anos de investigação sociológica em Portugal, iniciados em 1962 com a criação, por Adérito Sedas Nunes, do Gabinete de Investigações Sociais, hoje Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, são aqui tomados como um objecto sociológico como outro qualquer, fazendo-se deles uma interpretação empiricamente ilustrada. O texto divide-se em três partes. A primeira, sem repetir as reconstituições do percurso histórico da disciplina que outros já fizeram, acrescenta nova informação e sublinha aspectos fundamentais da institucionalização avançada da sociologia em Portugal. Na segunda, identificam-se pormenorizadamente os domínios de investigação que têm sido explorados pelos sociólogos portugueses, apontam-se vazios e declínios e analisam-se as questões fronteiriças que, em alguns desses domínios, se colocam na relação com outras ciências sociais. Na terceira, caracterizam-se e comparam-se os dois geradores de investigação sociológica dominantes: o gerador sócio-cultural e o gerador político-social. Faz-se também o inventário de algumas controvérsias sobre o percurso, a situação e as capacidades da sociologia portuguesa.

Domínios de investigação, orientações metodológicas e autores nas revistas portuguesas de psicologia: Tendências de publicação nas últimas quatro décadas do século XX

Rodrigues Alferes, Valentim; Núcleo de Investigação e Intervenção em Psicologia Social, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Universidade de Coimbra; Bidarra, Maria da Graça; Núcleo de Investigação e Intervenção em Psicologia S
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
116.04%
Classificam-se os domínios de investigação, os métodos e os autores de 2070 artigos publicados durante as últimas quatro décadas do séc. XX em oito revistas portuguesas de psicologia (Análise Psicológica; Cadernos de Consulta Psicológica; Psicologia; Psicologia, Educação e Cultura; Psicologia: Teoria,Investigação e Prática; Psychologica; Revista de Psicologia e de Ciências da Educação e Revista Portuguesa de Psicologia) e confrontam-se os dados obtidos com as orientações temáticas e metodológicas dos artigos indexados na PsycINFO.Conclui-se que a investigação publicada negligenciou o estudo dos conteúdos nucleares (processos psicológicos básicos), centrando-se predominantemente na psicologia geral/psicometria e nas áreas de aplicação. De modo paralelo, foram privilegiados os trabalhos de revisão e síntese da literatura, em detrimento das investigações de natureza empírica. Estas tendências constituem as principais marcas distintivas em relação à produção internacional, tal como esta se encontra documentada nos registos da PsycINFO. Os 2070 artigos foram assinados por 3193 autores, sendo o contributo dos homens superior ao das mulheres, ainda que na década de 90 se tenha verificado uma quasi-paridade. Predominaram as estratégias de “publicação interna”...

Desenhos de investigação de sujeito único em educação especial

Aguiar, Cecília; UIPCDE, ISPA – Instituto Universitário; Moiteiro, Ana Rita; UIPCDE, ISPA – Instituto Universitário; Correia, Nadine; UIPCDE, ISPA – Instituto Universitário; Pimentel, Júlia Serpa; UIPCDE, ISPA – Instituto Universitário
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
De carácter quantitativo e experimental, os desenhos de investigação de sujeito único constituem um conjunto de métodos científicos rigorosos, reconhecidos internacionalmente como fonte de evidências empíricas que permitem estabelecer a eficácia de práticas em educação especial. Este trabalho tem como objectivos descrever as principais características e critérios de qualidade deste tipo de desenhos de investigação, discutir a sua utilidade em educação especial e em intervenção precoce na infância e determinar a sua incidência no contexto da investigação nacional nestes domínios. Com base numa pesquisa bibliográfica sistemática nas publicações nacionais nos domínios da educação especial, educação e psicologia e em motores de busca online de carácter científico e generalista, foram identificadas apenas cinco teses de mestrado que recorreram a este tipo de métodos, sugerindo que, apesar do seu potencial, os desenhos de investigação de sujeito único não têm ainda expressão na investigação realizada em Portugal nos domínios da educação especial e da intervenção precoce na infância.

Pacificação e tutela militar na gestão de populações e territórios

Oliveira,João Pacheco de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - PPGAS-Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - PPGAS-Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.73%
Este artigo pretende focalizar distintas modalidades de gestão tutelar sobre territórios e populações postas em prática pelos governantes em diferentes momentos da história do Brasil. Pondo em conexão dados procedentes de domínios de investigação da antropologia e das ciências humanas que muito raramente dialogam entre si (como é o caso dos estudos sobre indígenas e aqueles sobre favelas e periferias), o artigo objetiva promover comparações etnográficas que destaquem aspectos pouco considerados do processo de construção nacional (nation building), estabelecendo uma ponte analítica que possibilite aprofundar a compreensão sobre os diferentes usos de uma mesma categoria em distintos contextos e explicitar hipóteses para a pesquisa e a investigação sistemática.

Estruturas conceituais e estratégias de investigação: modelos representacionais e instanciais, analogias e correspondência

Bezerra,Valter Alnis
Fonte: Universidade de São Paulo, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade de São Paulo, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
75.78%
São discutidas, neste artigo, determinadas estratégias de investigação científica que têm em comum as características de estar fundadas sobre as noções de modelo e de depender de um contraponto entre duas ou mais estruturas. São focalizadas três dessas estratégias científicas. Analisa-se, primeiramente, a modelagem, tal como entendida usualmente na ciência. Para isso, distinguem-se duas noções de modelo: a noção lógica ou instancial e a noção prototeórica ou representacional. Ao mesmo tempo em que são assinaladas as diferenças entre as duas acepções do termo, procura-se também compreender de que maneira elas estão relacionadas. Em particular, para investigar a relação (entre estruturas e realidade) de modelagem representacional é preciso invocar a relação (entre estruturas e estruturas) de modelagem lógica. A análise dos modelos também contribui para elucidar a relação de adequação empírica entre as teorias científicas e os dados, por meio da noção de subestrutura empírica ou modelo de dados. São consideradas, em segundo lugar, as analogias. O seu funcionamento é aqui analisado em termos de modelos e isomorfismos parciais, o que permite capturar a ideia de uma tradução dos problemas e de suas soluções em domínios de investigação diferentes. Destaca-se o papel importante desempenhado pelas analogias no pensamento científico de Maxwell (que também atribuía lugar de destaque aos modelos). Em terceiro lugar...

Análise de requisitos para aprovação de projectos de investigação na área de sistemas de informação

Araújo, Ricardo Miguel Lavado
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
65.88%
Mestrado em Gestão de Sistemas de Informação; Os projectos de investigação são um dos principais veículos de investigação em todo o mundo. Em Portugal é da competência da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) a abertura periódica de concursos públicos para financiamento de projectos de investigação nas diversas áreas do domínio científico. Os projectos da área de Sistemas de Informação (SI) estão enquadrados dentro do domínio da gestão e apresentam uma taxa de aprovação abaixo da média. A presente investigação procura analisar como é que os projectos de investigação da área de SI a concurso na FCT, contemplam os diversos critérios de avaliação. Desta forma, o objectivo principal da investigação passa por uma análise dos projectos de investigação da área de SI a concurso na FCT, segundo um conjunto de dezassete critérios de avaliação para projectos de investigação, criado a partir da análise da literatura. A abordagem metodológica usada nesta investigação é qualitativa, pois "implica uma ênfase nos processos e significados" (Garcia e Quek, 1997, p.451). Desta forma é efectuado um estudo de caso exploratório, tendo como base os projectos de investigação de SI que se candidataram ao apoio da FCT...

Estruturas conceituais e estratégias de investigação: modelos representacionais e instanciais, analogias e correspondência

Bezerra, Valter Alnis
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.78%
São discutidas, neste artigo, determinadas estratégias de investigação científica que têm em comum as características de estar fundadas sobre as noções de modelo e de depender de um contraponto entre duas ou mais estruturas. São focalizadas três dessas estratégias científicas. Analisa-se, primeiramente, a modelagem, tal como entendida usualmente na ciência. Para isso, distinguem-se duas noções de modelo: a noção lógica ou instancial e a noção prototeórica ou representacional. Ao mesmo tempo em que são assinaladas as diferenças entre as duas acepções do termo, procura-se também compreender de que maneira elas estão relacionadas. Em particular, para investigar a relação (entre estruturas e realidade) de modelagem representacional é preciso invocar a relação (entre estruturas e estruturas) de modelagem lógica. A análise dos modelos também contribui para elucidar a relação de adequação empírica entre as teorias científicas e os dados, por meio da noção de subestrutura empírica ou modelo de dados. São consideradas, em segundo lugar, as analogias. O seu funcionamento é aqui analisado em termos de modelos e isomorfismos parciais, o que permite capturar a ideia de uma tradução dos problemas e de suas soluções em domínios de investigação diferentes. Destaca-se o papel importante desempenhado pelas analogias no pensamento científico de Maxwell (que também atribuía lugar de destaque aos modelos). Em terceiro lugar...

Desenhos de investigação de sujeito único em educação especial

Aguiar,Cecília; Moiteiro,Ana Rita; Correia,Nadine; Pimentel,Júlia Serpa
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.04%
De carácter quantitativo e experimental, os desenhos de investigação de sujeito único constituem um conjunto de métodos científicos rigorosos, reconhecidos internacionalmente como fonte de evidências empíricas que permitem estabelecer a eficácia de práticas em educação especial. Este trabalho tem como objectivos descrever as principais características e critérios de qualidade deste tipo de desenhos de investigação, discutir a sua utilidade em educação especial e em intervenção precoce na infância e determinar a sua incidência no contexto da investigação nacional nestes domínios. Com base numa pesquisa bibliográfica sistemática nas publicações nacionais nos domínios da educação especial, educação e psicologia e em motores de busca online de carácter científico e generalista, foram identificadas apenas cinco teses de mestrado que recorreram a este tipo de métodos, sugerindo que, apesar do seu potencial, os desenhos de investigação de sujeito único não têm ainda expressão na investigação realizada em Portugal nos domínios da educação especial e da intervenção precoce na infância.

Domínios de investigação, orientações metodológicas e autores nas revistas portuguesas de psicologia

Alferes,Valentim Rodrigues; Bidarra,Maria Da Graça; Lopes,Cláudia Abreu; Mónico,Lisete Dos Santos
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
106.02%
Classificam-se os domínios de investigação, os métodos e os autores de 2070 artigos publicados durante as últimas quatro décadas do séc. XX em oito revistas portuguesas de psicologia (Análise Psicológica; Cadernos de Consulta Psicológica; Psicologia; Psicologia, Educação e Cultura; Psicologia: Teoria, Investigação e Prática; Psychologica; Revista de Psicologia e de Ciências da Educação e Revista Portuguesa de Psicologia) e confrontam-se os dados obtidos com as orientações temáticas e metodológicas dos artigos indexados na PsycINFO. Conclui-se que a investigação publicada negligenciou o estudo dos conteúdos nucleares (processos psicológicos básicos), centrando-se predominantemente na psicologia geral/psicometria e nas áreas de aplicação. De modo paralelo, foram privilegiados os trabalhos de revisão e síntese da literatura, em detrimento das investigações de natureza empírica. Estas tendências constituem as principais marcas distintivas em relação à produção internacional, tal como esta se encontra documentada nos registos da PsycINFO. Os 2070 artigos foram assinados por 3193 autores, sendo o contributo dos homens superior ao das mulheres, ainda que na década de 90 se tenha verificado uma quasi-paridade. Predominaram as estratégias de “publicação interna”...