Página 1 dos resultados de 349 itens digitais encontrados em 0.128 segundos

An??lise de custo-efetividade de procedimentos para o adiamento dafase terminal da doen??a renal cr??nica associada ao diabetes mellitus e ?? hipertens??o arterial sob a perspectiva do Sistema ??nico de Sa??de

Ferreira, Karla de Araujo
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.22%
O objetivo deste estudo foi realizar uma an??lise de custo-efetividade de propostas para o adiamento da fase terminal da doen??a renal cr??nica (ADRC) associada ?? hipertens??o arterial e ao diabetes mellitus no contexto nacional, sob a perspectiva do Sistema ??nico de Sa??de. Dentre as possibilidades de manejo da doen??a analisadas constam a experi??ncia do ambulat??rio de DRC da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e aabordagem cl??nica tradicional, representada pela aten????o fornecida hoje pelo SUS. As alternativas estudadas foram: Tratamento Tradicional do SUS com o uso de Inibidor da enzima conversora de angiotensina (IECA) para o controle da press??o arterial; ADRC 1, representado pelo Programa de ADRC da UERJ; ADRC 2, como uma proposta de programa de ADRC de acordo com as diretrizes cl??nicas incluindo o uso do ARA II; ADRC 3, como uma proposta de programa de ADRC de acordo com as diretrizes cl??nicas incluindo com o uso de estatina; ADRC 4 como uma proposta de ADRC completa incluindo o uso de ARA II e estatina . O ADRC UERJ foi uma alternativa avaliada como um referencial para o SUS de um programa que oferece cuidado integral ao paciente portador de DRC com abordagem multiciplinar. Os resultados mostraram que pacientes com nefropatia diab??tica no SUS...

Cuidando de quem cuida: estudo das situa????es vivenciadas pelos profissionais de sa??de, no lidar com doen??a cr??nica e imin??ncia de morte, em um hospital pedi??trico terci??rio

Abranches, Cecy Dunshee de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.04%
Tem por objeto de estudo, as situa????es vivenciadas pelos profissionais de sa??de, no lidar com doen??a cr??nica e imin??ncia de morte, em um hospital pedi??trico terci??rio. Procura-se compreender melhor estas situa????es, para que se tornasse poss??vel buscar instrumentos que diminu??ssem os efeitos negativos dessa natureza de trabalho, resultando assim, em melhoria da pr??tica no campo assistencial. Na obten????o e leitura do material de an??lise foram utilizados princ??pios da metodologia qualitativa. As t??cnicas do trabalho de campo realizadas foram: a observa????o participante e a entrevista semi-estruturada com representantes da equipe que atende a doen??a Fibrose C??stica, no Instituto Fernandes Figueira. Deste estudo, conclu??-se que cuidando de quem cuida, poder-se-?? ter uma melhoria nos processos terap??uticos pois, uma clientela submetida a uma equipe que possa usar mais espont??nea e criativamente seus conhecimentos espec??ficos, tender?? a apresentar uma atitude mais colaborativa e participante em seu pr??prio tratamento, com aumento de sua capacidade de autocuidados e crescimento em qualidade de vida.

Gerontotecnologias para o ensino educativo direcionadas ao idoso: cuidado de enfermagem complexo

Hammerschmidt, Karina Silveira de Almeida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
86.4%
Tese(doutorado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2011.; A proposta de pesquisa teve como alicerce o cuidado de enfermagem complexo e a interdisciplinaridade, sendo o eixo central o ser humano idoso. Focalizando-se na gerontotecnologia educativa como instrumental para o repensar o ensino educativo no cuidado de enfermagem ao idoso. A tese ?? apresentada pelas assertivas: os docentes do curso de enfermagem apresentam-se potencializados para o ensino do cuidado de enfermagem com a co-constru????o do cuidado mediante utiliza????o de gerontotecnologias educativas. Os enfermeiros formados com o ensino da gradua????o potencializado pela utiliza????o de gerontotecnologias educativas apresentam diferencial no cuidado de enfermagem ao idoso com doen??a cr??nica n??o-transmiss??veis. O objetivo do estudo foi co-construir com os docentes do curso de enfermagem da Universidade do Pampa potencializa????o do cuidado de enfermagem ao idoso com doen??a cr??nica n??o-transmiss??vel. Trata-se de pesquisa fundamentada na epistemologia da complexidade, referenciando-se no pensamento de Edgar Morin. A orienta????o metodol??gica aproximou-se da pesquisa-intera????o, baseada na pesquisa-a????o sistematizada por Ren?? Barbier. A pesquisa foi realizada na cidade de Uruguaiana...

Aspectos epidemiol?gicos, cl?nicos e laboratoriais de pacientes com infec??o ou doen?a de chagas do munic?pio de Berilo, Vale do Jequitinhonha ? MG, ap?s nove anos do tratamento espec?fico com benzonidazol

Lopes, Leonardo de Ara?jo
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Ci?ncias Biol?gicas. N?cleo de Pesquisas em Ci?ncias Biol?gicas, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Ci?ncias Biol?gicas. N?cleo de Pesquisas em Ci?ncias Biol?gicas, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.37%
A cura parasitol?gica e cl?nica da doen?a de Chagas em pacientes tratados na fase cr?nica ? de avalia??o complexa e quando observada, ocorre tardiamente especialmente nos tratados na fase cr?nica. A defini??o da cura envolve o emprego de v?rios exames cl?nicos e laboratoriais que necessitam ser repetidos por um per?odo longo de observa??o. O objetivo deste trabalho foi realizar uma avalia??o epidemiol?gica, cl?nica e laboratorial, antes e nove anos depois do tratamento etiol?gico com benzonidazol, de pacientes com infec??o chag?sica cr?nica e apresentando diferentes formas cl?nicas da doen?a. Trinta e um pacientes tratados em 1997 foram avaliados, epidemiol?gica, cl?nica (anamnesis, exame f?sico, ECG, RX de t?rax) e laboratorialmente [hemocultura, PCR, sorologia convencional (ELISA, HAI) e n?o convencional (pesquisa de anticorpos anti-tripomastigota vivo (AATV)]. Foi constatada melhoria das condi??es de moradia de 51,7% dos pacientes. Do total de pacientes, 77,4% reconheceram os triatom?neos vetores da doen?a de Chagas e 70,9% deles possuem algum parente vivo com doen?a de Chagas ou que tenha tido esta doen?a como causa ?mortis?. Dos pacientes tratados na forma indeterminada da doen?a, 95,5% (21/22) se mantiveram na forma indeterminada e somente 4...

Monitoramento por entrevistas telef?nicas de fatores de risco para doen?as cr?nicas: experi?ncia de Goi?nia, Goi?s, Brasil

PEIXOTO, Maria do Ros?rio Gondim; MONEGO, Estelamaris Tronco; ALEXANDRE, Veruska Prado; SOUZA, R?vila Graziany Machado de; MOURA, Erly Catarina de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.12%
Este estudo descreve alguns resultados do sistema de monitoramento de fatores de risco para doen?as cr?nicas por entrevistas telef?nicas no Munic?pio de Goi?nia, Goi?s, Brasil, 2005. Foi estudada amostra probabil?stica (n = 2.002) da popula??o adulta servida por linhas telef?nicas residenciais fixas. Foram analisadas vari?veis comportamentais (consumo alimentar, atividade f?sica, tabagismo e consumo de bebida alco?lica), peso e altura referidos e refer?ncia a diagn?stico m?dico de doen?as cr?nicas. Foram calculadas estimativas de preval?ncia e valores de qui-quadrado. Observou-se baixo consumo de frutas e hortali?as (47,1%), alta freq??ncia de inatividade f?sica ocupacional (86,6%), no deslocamento para o trabalho (92,6%) e lazer (61,9%), consumo excessivo de bebidas alco?licas (23,2%), excesso de peso (36,5%), obesidade (10,6%), hipertens?o arterial (22,4%), dislipidemias (18,4%) e diabetes (4,4%). A maioria dos fatores de risco apresentou associa??o inversa com escolaridade e direta com idade, com diferen?as significativas entre sexos (p < 0,05). Observou-se alta preval?ncia dos fatores de risco de doen?as cr?nicas n?o transmiss?veis e de auto-referidas. Aspectos positivos do sistema: baixo custo operacional, possibilidade de monitorar a carga e a tend?ncia das doen?as cr?nicas n?o transmiss?veis no n?vel local.; ABSTRACT: This study describes results from a surveillance system for risk factors for chronic non-communicable diseases in 2005 in the city of Goi?nia...

Vigil?ncia de fatores de risco para doen?as cr?nicas por inqu?rito telef?nico nas capitais dos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal (2006)

MOURA, Erly Catarina de; MORAIS NETO, Otaliba Lib?nio de; MALTA, Deborah Carvalho; MOURA, Lenildo de; SILVA, Nilza Nunes da; BERNAL, Regina Tomie Ivata; CLARO, Rafael Moreira; MONTEIRO, Carlos Augusto
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.05%
OBJETIVO: Descrever m?todos e resultados iniciais do Sistema de Vigil?ncia de Fatores de Risco e Prote??o para Doen?as Cr?nicas n?o Transmiss?veis por Inqu?rito Telef?nico ? VIGITEL implantado no Brasil em 2006. M?TODOS: O VIGITEL estudou amostras probabil?sticas da popula??o com 18 ou mais anos de idade residente em domic?lios conectados ? rede de telefonia fixa de cada uma das capitais dos 26 Estados brasileiros e do Distrito Federal (54.369 indiv?duos no total, sendo pelo menos 2.000 por cidade). A amostragem foi realizada a partir de cadastros eletr?nicos completos das linhas residenciais fixas de cada cidade, envolvendo sorteio de linhas (domic?lios) e sorteio de um morador por linha para ser entrevistado. O question?rio aplicado investigou caracter?sticas demogr?ficas e socioecon?micas, padr?o de alimenta??o e de atividade f?sica, consumo de cigarros e de bebidas alco?licas, e peso e altura recordados, entre outros quesitos. Estimativas sobre a freq??ncia de fatores de risco selecionados, estratificadas por sexo e acompanhadas de Intervalo de Confian?a de 95%, foram calculadas para a popula??o adulta de cada cidade empregando-se fatores de pondera??o que igualam a composi??o sociodemogr?fica da amostra em cada cidade ?quela observada no Censo Demogr?fico de 2000. Estimativas para o conjunto das cidades empregam fator de pondera??o adicional que leva em conta a popula??o de adultos de cada cidade. RESULTADOS: Os cinco fatores de risco selecionados (tabagismo...

Aumento do ?ndice de massa corporal ap?s os 20 anos de idade e associa??o com indicadores de risco ou de prote??o para doen?as cr?nicas n?o transmiss?veis

COELHO, Mara S?rgia Pacheco Hon?rio; ASSIS, Maria Alice Altenburg de; MOURA, Erly Catarina de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.99%
RESUMO: OBJETIVO: Investigar fatores sociodemogr?ficos, de risco ou de prote??o para doen?as cr?nicas n?o transmiss?veis (DCNT) que se associem ao aumento do ?ndice de massa corporal (IMC) ap?s os 20 anos de idade. M?TODOS: Estudo transversal com 769 mulheres e 572 homens do Sistema Municipal de Monitoramento de Fatores de Risco para DCNT, 2005, Florian?polis, SC. O aumento do IMC foi definido em percentagem, pela diferen?a entre o IMC em 2005 e aos 20 anos. RESULTADOS: Desde os 20 anos, o aumento do IMC foi superior a 10% para a maioria dos indiv?duos. Nas an?lises m?ltiplas, o aumento do IMC foi associado a aumento da idade, baixo n?vel educacional (mulheres), ser casado (homens), n?o trabalhar, baixo n?vel de percep??o de sa?de, press?o alta, colesterol/triglicer?deos elevados (homens), realiza??o de dieta, sedentarismo e ex-tabagismo (mulheres). CONCLUS?ES: Estrat?gias de sa?de para prevenir o ganho de peso em n?vel populacional devem considerar principalmente os fatores sociodemogr?ficos.; ABSTRACT: OBJECTIVE: To examine sociodemographic risk or protection factors for chronic non-communicable diseases (CNCDs) that may be associated with increase in body mass index (BMI) after the age of 20. METHODS: Cross-sectional analysis based on data from 769 women and 572 men who participated in the 2005 Surveillance System for Risk factors for CNCDs...

Correla??o dos n?veis s?ricos e dos polimorfismos nos genes de citocinas (TNF-?, INF-?, TGF-?1 e IL-10) com a apresenta??o cl?nica da hepatite B cr?nica

CONDE, Simone Regina Souza da Silva
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
A hepatite B cr?nica apresenta amplo espectro de manifesta??es cl?nicas, resultante de diversos fatores, tais como o padr?o de secre??o e polimorfismo nos genes de citocinas. Este trabalho objetiva correlacionar os polimorfismos TNF-? -308G/A, INF-? +874A/T, TGF-?1 -509C/T e IL-10 -1081A/G e os n?veis s?ricos destas citocinas com a apresenta??o cl?nica da hepatite B. Foram selecionados 53 casos consecutivos de hepatite B, sendo divididos em grupo A (portador inativo= 30) e B (hepatite cr?nica/cirrose= 23). Como grupo controle, selecionaram-se 100 indiv?duos com anti-HBc e anti-HBs positivos. Os n?veis s?ricos das citocinas foram determinados por ensaios imunoenzim?ticos, tipo ELISA (eBiosceince, Inc. Calif?rnia, San Diego, USA). A amplifica??o g?nica das citocinas se realizou pela PCR e a an?lise histopatol?gica obedeceu ? classifica??o METAVIR. Identificou-se maior preval?ncia do gen?tipo TNF-? -308AG (43,3% vs. 14,4%) no grupo B do que nos controles e a presen?a do alelo A se correlacionou com risco de infec??o cr?nica pelo VHB (OR= 2,6). Os n?veis s?ricos de INF-? e de IL-10 foram maiores (p< 0,001) nos controles do que os demais grupos e, inversamente, as concentra??es plasm?ticas de TGF-?1 foram menores no grupo controle (p< 0...

Preval?ncia da infec??o pelos Polyomavirus JC e BK em pacientes com Doen?a Renal Cr?nica e transplantados

PIRES, Elizabete Pereira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.13%
O presente estudo teve como objetivo realizar a investiga??o molecular da infec??o pelos Poliomav?rus JC e BK em pacientes com Doen?a Renal Cr?nica (DRC) terminal, transplantados e em indiv?duos sem DRC. Foram testadas 295 amostras de urina, que ap?s a extra??o de DNA, foram submetidas ? amplifica??o de um fragmento de 173 pb do gene do ant?geno-T de Polyomavirus por meio da PCR seguida pela an?lise de RFLP, utilizando a endonuclease de restri??o BamHI, na qual foi detectado 17,6% (52/295) de infec??o por Polyomavirus, sendo 3,9% (4/102) nos pacientes com DRC, 30,5% (18/59) nos pacientes transplantados e 22,4% (30/134) nos assintom?ticos. A preval?ncia da infec??o pelo BKV foi de 88,9% (16/18) nos transplantados e de 10,0% (3/30) nos assintom?ticos, n?o sendo detectada a infec??o pelo BKV em pacientes com DRC. A preval?ncia de infec??o pelo JCV foi de 3,9% (4/102) nos pacientes com DRC, de 11,1% (2/16) no transplantados e de 90,0% (27/30) nos assintom?ticos. O risco de infec??o por BKV foi determinada ser 72 vezes maior em pacientes transplantados do que em assintom?ticos. A baixa frequ?ncia de infec??o encontrada entre os pacientes com DRC pode estar relacionada ao fato de que esses pacientes apresentam uma elevada taxa de excre??o de ur?ia na urina...

Investiga??o do v?rus Epstein-Barr em pacientes com Periodontite Cr?nica

FARIAS, Cleysiane Gon?alves; PONTE, Nicole Patr?cia de Lima Vinagre da; AMANAJ?S, Thalita de Almeida; LAURENTINO, Rog?rio Valois; MACHADO, Luiz Fernando Almeida; ALVES, Ana Claudia Braga Amoras
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
INTRODU??O: Nos ?ltimos anos, um n?mero crescente de estudos sugere a participa??o dos herpesv?rus na doen?a periodontal. OBJETIVO: Este trabalho investiga a rela??o entre a presen?a do herpesv?rus Epstein-Barr (EBV) e a infec??o periodontal em pacientes com periodontite cr?nica. METODOLOGIA: Foram coletadas amostras de biofilme subgengival de s?tios com profundidades de sondagem de 4 a 6 mm e > 7 mm, de 28 pacientes com periodontite cr?nica. Como controles, foram inclu?dos 16 indiv?duos, sistemicamente saud?veis e sem doen?a periodontal. Adicionalmente, par?metros cl?nicos de profundidade de sondagem (PS), n?vel cl?nico de inser??o (NCI) e ?ndice de sangramento ? sondagem (SS) foram registrados. RESULTADO: Os resultados demonstraram m?dias de 2,7 mm PS, 1,7 mm NCI e 0,3% dos s?tios apresentaram SS. A investiga??o do EBV no biofilme subgengival dos grupos foi realizada por meio da rea??o em cadeia da polimerase com primer esp?cie-espec?fico. Os resultados da an?lise viral indicaram aus?ncia de EBV em todas as amostras subgengivais analisadas. CONCLUS?O: A partir destes resultados, n?o foi encontrada rela??o entre a presen?a do herpesv?rus Epstein-Barr e a periodontite cr?nica.; ABSTRACT: INTRODUCTION: In recent years, a growing number of studies have suggested the participation of the herpes virus in periodontal disease. OBJECTIVE: this study investigates the relationship between the presence of the Epstein-Barr herpes virus and periodontal infection in patients with chronic periodontitis. METHODOLOGY: subgingival biofilm samples were collected of subgingival sites with probing depths of 4 mm to 6 mm...

Programa de hepatopatias do Hospital da Funda??o Santa Casa de Miseric?rdia do Par?: infra-estrutura e epidemiologia cl?nica em 10 anos de atendimento

M?IA, Lizomar de Jesus Mau?s Pereira; AMARAL, Ivanete do Socorro Abra?ado; CONDE, Simone Regina Souza da Silva; BARBOSA, Maria Silvia de Brito; MIRANDA, Esther Castello Branco Mello; MACEDO, Zilvana Pinheiro de; ARA?JO, Marialva Tereza Ferreira de; DEMACH
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.18%
O Programa de Hepatopatias do Hospital da Funda??o Santa Casa de Miseric?rdia do Par? surgiu pela necessidade de prestar assist?ncia a hepatopatas na regi?o amaz?nica priorizando assist?ncia qualificada, identifica??o das etiologias, seguimento cl?nico, e tratamento direcionado. Este trabalho visa descrever dados relativos ? epidemiologia cl?nica, fatores etiol?gicos e an?lise histopatol?gica. Dos 1469 pacientes avaliados, atrav?s de exames cl?nicos, laboratoriais, endosc?picos e de imagem e/ou histopatol?gico, foram considerados hepatopatas cr?nicos 935 (63,6%). Nesta casu?stica, a m?dia de idade foi 50 anos, 666 (71,2%) do sexo masculino e maior proced?ncia de Bel?m. Os agentes etiol?gicos mais prevalentes foram alcoolismo (53,7%) e hepatites virais (39,1%). Bi?psia hep?tica realizada em 403/935 (43,1%), demonstrou hepatite cr?nica (34%) e cirrose (34%) na maioria das amostras. Conclui-se, portanto, que a doen?a hep?tica cr?nica na regi?o ? mais prevalente no sexo masculino, sendo o alcoolismo a principal etiologia e mais da metade dos casos se encontravam em fase avan?ada no momento do diagn?stico.; ABSTRACT: The Liver Diseases Program of the Hospital Santa Casa de Misericordia do Par? was create because of the need to attend patients with liver diseases of the Amaz?nia area...

Express?o dos ant?genos ABH e Lewis na gastrite cr?nica e altera??es pr?- neopl?sica da mucosa g?strica

AGUIAR, D?lia Cristina Figueira; CORVELO, Tereza Cristina de Oliveira; ARA?JO, Marialva Tereza Ferreira de; CRUZ, Ermelinda do Ros?rio Moutinho da; DAIBES, Samiry; ASSUMP??O, M?nica Bara?na
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.08%
RACIONAL: A ader?ncia do Helicobacter pylori ? mucosa g?strica humana ? pr?-requisito para sua coloniza??o e o desenvolvimento da gastrite cr?nica. Os ant?genos de grupos sang??neos, presentes no muco g?strico, s?o descritos como prov?veis receptores da bact?ria neste epit?lio. A express?o alterada destes ant?genos est? associada ao desenvolvimento do c?ncer g?strico. OBJETIVOS: Verificar a ocorr?ncia do Helicobacter pylori e a distribui??o da express?o dos ant?genos ABH e Lewis correlacionada com as altera??es histopatol?gicas de pacientes com gastrite cr?nica. PACIENTES E M?TODOS: Analisaram-se 63 amostras de sangue, saliva e biopsias g?stricas de pacientes com gastrite cr?nica atrav?s das t?cnicas dot-blot-ELISA, imunoperoxidase indireta e colora??es do Gram modificado e hematoxilina-eosina. RESULTADOS: N?o foram encontradas associa??es significativas entre a presen?a da bact?ria e os fen?tipos de grupos sang??neos ABH, Lewis e Secretor. Na maioria dos pacientes, a express?o dos ant?genos ABH e Lewis, estava restrita principalmente ao epit?lio foveolar da mucosa g?strica, concordando com a express?o ao n?vel salivar. A express?o inapropriada desses ant?genos ocorria sempre na infec??o pelo Helicobacter pylori e/ou altera??es pr?-neopl?sicas da mucosa g?strica. Em ?reas com metaplasia intestinal foi observada a redu??o da reatividade para os ant?genos H e Leb...

Cuidado ao paciente com Doen?a Renal Cr?nica no n?vel prim?rio: pensando a integralidade e o matriciamento

PENA, Paulo F?lix de Almeida; SILVA J?NIOR, Alu?sio Gomes da; OLIVEIRA, Paulo de Tarso Ribeiro de; MOREIRA, Gracyelle Alves Remigio; LIB?RIO, Alexandre Braga
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.29%
A Doen?a Renal Cr?nica ? um problema de sa?de p?blica crescente no mundo. A detec??o e o tratamento precoces reduziriam as altas taxas de morbimortalidade e os custos associados. Este trabalho buscou identificar o panorama do acesso ao cuidado a partir da conduta dos m?dicos da Aten??o Prim?ria ? Sa?de na linha de cuidado da doen?a. Aplicaram-se question?rios para 62 m?dicos de fam?lia dos Centros de Sa?de da Fam?lia do munic?pio de Fortaleza. Os achados apontam que a Taxa de Filtra??o Glomerular foi mensurada por apenas 8.1% dos m?dicos para pacientes diab?ticos e 4.8% para pacientes hipertensos. Mais da metade dos m?dicos (51.2%) referenciariam o paciente apresentando redu??o leve/moderada da Taxa de Filtra??o Glomerular ao n?vel secund?rio. Por outro lado, 25.8% dos m?dicos n?o referenciariam o paciente com Doen?a Renal Cr?nica avan?ada ao especialista. A lacuna entre esses dois n?veis da aten??o implica em barreira de acesso ao usu?rio, podendo comprometer avan?os no plano da integralidade. A cria??o de novos dispositivos no processo de trabalho torna-se urgente e o apoio matricial apresenta-se como proposta vi?vel para a articula??o das a??es entre os n?veis da aten??o no cuidado do portador da Doen?a Renal Cr?nica ou seus fatores de risco.; ABSTRACT: Chronic kidney disease is a public health problem throughout the world. Early detection and treatment can reduce morbidity...

Simultaneidade de fatores de risco para doen??as cr??nicas em adolescentes escolares da cidade de Santa Maria - RS.; Clustering of risk factors of chronic disease among adolescents students from Santa Maria RS

CUREAU, Felipe Vogt
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o F??sica; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o F??sica; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o F??sica; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o F??sica; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.09%
: Chronic diseases are responsible for two to three deaths in the world. However, to date, few studies investigated the cluster and correlates of risk factorsfor chronic diseases in adolescents. Purpose: To evaluate the clustering of the following risk factors: unhealthy diets, physical inactivity, smoking, excessive alcohol consumption, overweight and high blood pressure. The association between clusterof risk factors and sociodemographic variables was further explored. Methods: Cross-sectional, school-based, study. We used a multistage sampling, stratified bytype of school, city region and grade, comprising 1,142 students (14-19 years old). For data collection a questionnaire was used, as well as anthropometric and bloodpressure measurements. The cluster index was created as the sum of the studied risk factors. The observed/expected ratio was calculated in the analysis of differentcombinations explored. For the correlates analysis, a multinomial logistic regression was used. Results: Prevalence of individual risk factors studied was as follows: 85.8% unhealthy diets, 53.5% physical inactivity, 31.3% high blood pressure, 23.9%overweight, 22.3% excessive drinking alcohol and 8.6% smoking. Only 2.8% of the adolescents did not presented any risk factor...

Conhecimento sobre atividade f??sica dos estudantes de ensino m??dio da zona urbana da cidade de Pelotas; Knowledge about physical activity among high school students in the urban area of Pelotas

SILVEIRA, Eder da Fontoura
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o F??sica; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o F??sica; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o F??sica; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o F??sica; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.09%
This study evaluated the knowledge about physical activity and its relation to the prevention of chronic disease and physiological effect on the human body in adolescents who attend classes in high school in the urban area of Pelotas. It was conducted a cross-sectional, school-based approach with 1233 individuals aged 13 to 19 years. The questionnaire originated a score (range 0-22 points). Mean score for the sample was 14.1 (SD = 3.0). More than 60% of adolescents correctly associated physical activity to prevent chronic diseases like high blood pressure, high cholesterol, osteoporosis and depression. Higher level of knowledge was positively associated to higher social strata, white color and higher age and grade. Among women, those who had a self-perceived health between good and excellent also had the highest knowledge. Education programs for health must be desenvolved to infor young people about the influence of the risk behavior in an attempt to minimize the sendentary behavior and possibly the number of obese in adolescence and adulthood.; O presente estudo avaliou o conhecimento dos adolescentes que frequentam aulas no ensino m??dio na zona urbana da cidade de Pelotas, sobre atividade f??sica e sua rela????o com preven????o de doen??a cr??nica e do efeito fisiol??gico sobre o organismo humano. Foi realizado um estudo transversal de base escolar...

Enriquecimento ambiental reduz as altera??es astrocit?rias e a progress?o da doen?a prion em modelo murino: ensaios morfom?tricos, estereol?gicos e comportamentais

TORRES NETO, Jo?o Bento
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
J? est? bem estabelecido que um estilo de vida sedent?rio ? fator de risco para uma s?rie de doen?as cr?nicas, dentre elas a doen?a de Alzheimer. A neuropatologia da doen?a de Alzheimer ? caracterizada por dep?sitos amil?ides, perda neuronal, gliose reativa e vacuoliza??o da neur?pila. A doen?a pr?on tem sido amplamente utilizada como modelo experimental para estudar aspectos celulares e moleculares da neurodegenera??o cr?nica em muito semelhante ?quela descrita na doen?a de Alzheimer. O ambiente empobrecido das gaiolas padr?o de laborat?rio tem sido usado para mimetizar um estilo de vida sedent?rio enquanto que o ambiente enriquecido tem sido empregado para mimetizar um estilo de vida ativo. Para testar a hip?tese de que o ambiente enriquecido pode contribuir para desacelerar o curso temporal da neurodegenera??o cr?nica associada ? doen?a pr?on em modelo murino induzimos a doen?a pr?on em vinte camundongos f?meas da variedade su??a albina que tinham sido alojadas aos seis meses de idade em ambiente enriquecido (EE) ou em ambiente padr?o (SE) durante cinco meses. Ap?s esse per?do foram realizadas cirurgias para inje??o estereot?xica intracerebral bilateral de homogendao de c?rebro de camundongo normal (NBH, n=10) ou de camundongo com sinais cl?nicos de doen?a pr?on terminal (ME7...

Imunomarca??o tecidual para o fator XIIIa+ em dendr?citos d?rmicos de les?es cut?neas com doen?a de Jorge Lobo

CARNEIRO, Clivia Maria Moraes de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
A doen?a de Jorge Lobo (DJL) ? uma infec??o f?ngica profunda, causada pelo Lacazia loboi, que acomete preferencialmente homens agricultores, com forma cl?nica queloidiana e localiza??o nos membros inferiores. A maior incid?ncia ? encontrada na Amaz?nia brasileira. H? poucos relatos sobre a resposta imune tecidual nas les?es dos pacientes. Este estudo objetiva avaliar uma poss?vel participa??o na patogenia da doen?a, dos dendr?citos d?rmicos fator XIIIa (DD FXIIIa) em les?es cut?neas, atrav?s da t?cnica da imuno-histoqu?mica. Foram analisados 33 biopsias cut?neas de pacientes com DJL. O grupo controle foi representado por 10 biopsias de pele normal procedente de pacientes sem doen?as dermatol?gicas e por 61 biopsias de pacientes com paracoccidioidomicose (PCM). Os resultados obtidos com a an?lise dos prontu?rios revelaram que a DJL acomete principalmente homens (84,8%), agricultores (72,7%), com 46-65 anos (51,5%), procedentes da regi?o nordeste do estado do Par? (51,5%), com forma cl?nica queloidiana (81,8%) e localiza??o preponderante das les?es nos membros inferiores (45,5). Os valores da contagem de DD FXIIIa nas les?es cut?neas de DJL n?o foram influenciados pelas variantes de g?nero, idade, profiss?o, proced?ncia, forma cl?nica e localiza??o das les?es. A quantidade de DD FXIIIa nos pacientes com DJL foi maior do que a encontrada no grupo controle de pacientes com pele s? e no grupo de pacientes com PCM...

The Strengths of Chronically Ill Patients; La fortaleza de los pacientes con enfermedad crónica; A fortaleza dos pacientes com doença crônica

Zavala Rodríguez, María del Refugio; Facultad de Enfermería, Universidad Autónoma de Tamaulipas; Whetsell, Martha; Lehman Collage of Nursing
Fonte: Aquichan Publicador: Aquichan
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
96.31%
The study was intended to determine the degree of correlation between levels of strength for health and state-trait anxiety in a sample of 200 patients created through non-probabilistic sampling. The following were the inclusion criteria: adults of both genders who have been diagnosed with a chronic illness and have a basic and occupationally-oriented education. The Roy Adaptation Model was used as the theoretical framework for the study. The design was descriptive, transverse and correlational. S. Pollock's strength questionnaire was used, along with Spielberger's self-assessment scale for state-trait anxiety. The instruments showed an acceptable internal consistency with a Cronbach alpha of .852 and.813 respectively. The data were collected from four health-care institutions in the towns of Tampico and Ciudad Madero, Tamaulipas, Mexico, and analyzed by means of a descriptive and inferential statistical study. SPSS, Version 13, was the statistical package used. The predominant age range was 45 to 64 years (54%); 55% of the sample is female, 48% has a primary education, and nearly 90% has a metabolic illness. The Spearman correlation coefficient between strength for health and state-trait anxiety was significant (-.570, value -p .000). Most of the participating population showed a moderate level of strength (83%) and anxiety (73%). According to the multiple regression analysis...

Network of Researchers on Caring for Chronic Patient Caregivers; Red de investigadores en: cuidado a cuidadores de pacientes crónicos; Rede de pesquisadores em cuidado a cuidadores de pacientes crônicos

Barrera, Lucy; Universidad Nacional de Colombia; Pinto, Natividad; Universidad Nacional de Colombia. Ciudad Universitaria - Bogotá D.C., Colombia; Sánchez, Beatriz; Universidad Nacional de Colombia. Ciudad Universitaria - Bogotá D.C., Colombia
Fonte: Aquichan Publicador: Aquichan
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
96.03%
This article shows how a network of researchers was constructed in the area of caring for chronic patient caregivers. It presents the principles and concepts of such networks, examining the process in question, its application and articulation, based on experiences developed by the "Caring for Chronic Patient Caregivers" Academic Group at the Universidad Nacional de Colombia School of Nursing, which is involved in a multi-centric research study.; El presente artículo muestra cómo se ha construido una red de investigadores en el campo del cuidado a cuidadores de pacientes con enfermedad crónica. Presenta los principios y conceptos de las redes reconociendo el proceso, la aplicación y articulación a partir de las experiencias realizadas por el grupo académico "Cuidado al paciente crónico" de la Facultad de Enfermería de la Universidad Nacional, que genera un estudio multicéntrico de investigación.; Este artigo mostra como é construída uma rede de pesquisadores no campo do cuidado a cuidadores de pacientes com doen�a cr�nica. Também apresenta os princípios e conceitos das redes reconhecendo o processo, a aplica��o e articula��o partindo das experi�ncias do grupo acad�mico Cuidado ao paciente cr�nico...

Subjetividade em pacientes cr??nicos renais: uma perspectiva hist??rico-cultural

Albano, Daniel Portela de Deus
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.15%
Desde o surgimento da ci??ncia psicol??gica houve severas discuss??es a respeito da aproxima????o das ci??ncias exatas e do afastamento das ci??ncias sociais durante o positivismo. Em meados do s??culo XX, uma nova corrente de pensadores trouxe cr??ticas a este modelo, j?? que o sujeito n??o poderia ser estudado em partes, mas sim como um todo inserido em sua cultura e hist??ria, al??m de aspectos biol??gicos envolvidos. Com o passar do tempo, novos autores viram a necessidade de um atendimento mais singular aos pacientes, uma vez que havia disparidades entre sintomas de pacientes com mesmo diagn??stico. A partir destes pontos, come??amos a pesquisa com pacientes portadores de Insufici??ncia Renal Cr??nica (IRC), uma doen??a silenciosa que consiste na perda lenta, progressiva e irrevers??vel das fun????es renais e registra elevada mortalidade e morbidade. As principais causas podem ser por isquemia renal, decorrente de enfermidades como glomerulopatias, hipertens??o arterial, diabetes, etc. Apenas no Distrito Federal, estima-se que existam 100 novos pacientes renais cr??nicos por ano e o n??mero de transplantes feitos, at?? 2007, era de 50, criando um super??vit de novos pacientes dependentes de algum tipo de di??lise (peritoneal ou hemodi??lise). Nesta pesquisa...