Página 1 dos resultados de 538 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

Sistema de informa????es hospitalares do Sistema ??nico de Sa??de: documenta????o do sistema para auxiliar o uso das suas informa????es

Santos, Andr??ia Cristina dos
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.17%
As informa????es do Sistema de Informa????es Hospitalares do Sistema ??nico de Sa??de (SIH-SUS) sempre foram muito utilizadas por usu??rios de diversas ??reas do setor sa??de. Este trabalho pretende elaborar uma documenta????o abrangente, reunindo informa????es sobre o SIH-SUS, incluindo o hist??rico, a base legal, a evolu????o, a conceitua????o de suas vari??veis e a sua utiliza????o pela comunidade cient??fica. Trata-se de um trabalho de revis??o documental da literatura existente, que se encontra na forma de produ????o cient??fica (livros, artigos, teses e disserta????es), documentos governamentais (Leis, Decretos, Normas e Portarias) e manuais do sistema j?? consolidados e disponibilizados. O hist??rico do SIH-SUS foi contemplado destacando as principais mudan??as no sistema, o Sistema Nacional de Controle de Pagamento de Contas Hospitalares (SNCPCH), a cria????o do Sistema de Assist??ncia M??dico-Hospitalar da Previd??ncia Social (SAMHPS), a mudan??a para SIH-SUS com a implanta????o do SUS, a descentraliza????o do sistema com o SIHD-SUS at?? os dias vigentes com a implanta????o da Tabela de Procedimentos Unificada. O formul??rio de registro dos dados do sistema, a Autoriza????o de Interna????o Hospitalar (AIH), foi descrita minuciosamente...

Centro de documenta????o hist??rica da FURG: pr??ticas para a dinamiza????o do ensino de hist??ria

Schiavon, Carmem Gessilda Burgert; Claro, Lisiane Costa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.15%
O Centro de Documenta????o Hist??rica da FURG possui mais de dez acervos que s??o utilizados para pesquisa pelos estudantes da Universidade. No entanto, al??m desta possibilidade, estes acervos tamb??m podem ser utilizados como uma ferramenta ao ensino de Hist??ria nos n??veis Fundamental e M??dio,tendo em vista que o acesso a esses documentos pode proporcionar um maior entendimento do conte??do trabalhado em sala de aula. Nesta dire????o, alguns exemplos de documentos que podem ser utilizados nessas atividades s??o: jornais; fotogra??? as;transcri????o de entrevistas, revistas e documentos de Hist??ria Demogr????? ca; desse modo, estes acervos e outros encontrados no CDH-FURG, podem auxiliar os alunos a terem um melhor entendimento acerca dos conte??dos desenvolvidos nas Escolas. Assim, o CDH-FURG est?? digitalizando parte de seu acervo para melhor dinamizar a utiliza????o desses acervos por parte dos professores e pesquisadores; essa pr??tica j?? est?? sendo realizada pelo Programa de Educa????o Patrimonial da FURG com as Escolas Municipais integrantes do referido Programa.Os estudantes visitam o local e, neste ambiente, entram em contato direto com fotos e jornais, despertando para a hist??ria da cidade e, ainda, recebem no????es b??sicas acerca dos cuidados necess??rios para o manuseio de documentos.; The Center for Historical Documentation of FURG h??s more than ten collections that are used for research by students of the University. However...

Fotogrametria digital e risco de inc?ndio em s?tios hist?ricos: Possibilidades de aplica??o

?lvares, Patricia Maria Fialho
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.52%
A presente pesquisa apresenta um estudo te?rico sobre as diversas t?cnicas de cadastramento de formas arquitet?nicas de monumentos com valor hist?rico, com suas respectivas potencialidades e limita??es, com ?nfase na documenta??o digital atrav?s da fotogrametria digital utilizando como principal instrumento o software PhotoModeler. A fotogrametria digital prova ser uma ferramenta eficaz para obten??o de variados produtos relacionados a documenta??o arquitet?nica, al?m de outros benef?cios como baixo custo e redu??o do tempo de trabalho, por?m, n?o se deve descartar as demais formas de cadastramento arquitet?nico visto que a utiliza??o simult?nea de mais de um processo ? o adequado para um levantamento mais completo. A documenta??o pormenorizada de bens im?veis, no caso os tombados, ? uma etapa necess?ria do processo de preserva??o patrimonial, uma vez que o risco de danos, por causas naturais ou humanas ? consider?vel e as perdas imensur?veis. Dentro deste contexto, encontram-se os inc?ndios, que, at? a ?poca atual, destru?ram mais do patrim?nio hist?rico mundial que qualquer outra causa natural. Como eventos de origem aleat?ria e grande poder destrutivo, os inc?ndios enfatizam duplamente a necessidade de uma documenta??o rigorosa das edifica??es tombadas: primeiro...

Gerenciamento ambiental em esta??es de tratamento de ?gua de m?dio porte: elabora??o de um instrumento para an?lise ambiental e operacional com base na ISO 14.001:2004.

Hassegawa, Bruno Kenzo de Freitas
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Ambiental. PRO?GUA, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Ambiental. PRO?GUA, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.92%
O funcionamento das esta??es de tratamento de ?gua (ETA) pode ser comparado ao de verdadeiras ind?strias, pois, como em qualquer processo de fabrica??o, tamb?m se utiliza de mat?ria-prima que ? a ?gua bruta e insumos visando transform?-la num produto final de qualidade que ? a ?gua tratada. Nesse processo s?o gerados res?duos que s?o o lodo de decantador e a ?gua de lavagem de filtros, cujos estudos de caracteriza??o sobre suas composi??es f?sico-qu?micas, realizados por diversos autores, apresentaram resultados com altas concentra??es de metais como alum?nio, c?dmio, chumbo e cromo, dentre outros. Observando esses aspectos, o presente trabalho buscou desenvolver uma metodologia, com base na NBR ISO 14001:2004 e em refer?ncias bibliogr?ficas sobre o tratamento de ?gua, para identificar quais caracter?sticas das etapas do tratamento de ?gua podem causar danos ao meio ambiente e verificar se os sistemas de gest?o adotados em duas empresas de saneamento de Minas Gerais, com esta??es de tratamento de ?gua (ETA) de m?dio porte, permitem o controle dessas caracter?sticas no processo buscando-se evitar impactos ambientais. O modelo de an?lise ambiental elaborado no presente estudo foi testado em duas ETAs de m?dio porte, em que se acompanharam as rotinas operacionais e gerenciais de cada uma delas. Em ambos os casos...

Agenda social registro civil de nascimento e documenta????o b??sica: comit??s gestores da agenda social

Brasil. Secretaria de Direitos Humanos da Presid??ncia da Rep??blica (SDH). Diretoria de Promo????o dos Direitos Humanos. Coordena????o de Promo????o do Registro Civil de Nascimento
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.37%
Esta ?? uma iniciativa de gest??o para implementa????o da Agenda Social Registro Civil de Nascimento e Documenta????o B??sica, envolvendo uma rede de ??rg??os e institui????es de diversos poderes da Rep??blica nos tr??s n??veis administrativos do estado brasileiro, bem como institui????es da sociedade civil e organismos internacionais, a partir da atua????o de comit??s gestores em n??vel central e descentralizados. A agenda possibilitou intervir na forma????o de uma cultura de inclus??o a partir da documenta????o civil, com base na realiza????o das campanhas em n??vel nacional. Um dos resultados da implementa????o da agenda ?? a queda do ??ndice de sub-registro de nascidos vivos, que era de 20,9% em 2002, e passou para 12,2% em 2007; N??mero de p??ginas: 10 p.; Inova????o; Iniciativa premiada no 15?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Beatriz Merguiso Garrido, Coordenadora-Geral de Promo????o do Registro Civil de Nascimento. A????es premiadas no 15?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal ??? 2010; ??reas tem??ticas: Arranjos institucionais para coordena????o e/ou implementa????o de pol??ticas p??blicas; Arranjos institucionais e articula????o de parcerias; Arranjos institucionais para coordena????o e implementa????o de pol??ticas p??blicas; Articula????o de Parcerias; Articula????o de parcerias e Gest??o Participativa; Sociedade e Cidadania

Programa de documenta????o da trabalhadora rural

Brasil. Minist??rio do Desenvolvimento Agr??rio (MDA). Assessoria Especial de G??nero, Ra??a e Etnia
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
66.29%
No Brasil, h?? uma escassez de informa????es estat??sticas sobre a aus??ncia de documenta????o civil e trabalhista, al??m de outros problemas relacionados a esse tema, como dispers??o de ??rg??os emissores, aus??ncia de recursos da popula????o pobre para custear a emiss??o dos documentos,desinforma????o sobre os pr??-requisitos para a sua obten????o, falta de reconhecimento da cidadania plena das mulheres. Por reivindica????o dos movimentos sociais, o governo federal, por meio do Minist??rio do Desenvolvimento Agr??rio (MDA) e do Instituto Nacional de Coloniza????o e Reforma Agr??ria (Incra), implantou, em 2004, o Programa Nacional de Documenta????o da Trabalhadora Rural (PNDTR). O programa j?? atendeu mais de 275 mil mulheres com a emiss??o de 561 mil documentos e incrementou a participa????o delas nas pol??ticas de desenvolvimento rural. A iniciativa envolve diversos ??rg??os governamentais e a representa????o da sociedade civil, por meio de comit??s gestores; N??mero de p??ginas: 09 p.; Pol??ticas Setoriais. Pol??ticas Intersetoriais; Inova????o; Iniciativa premiada no 13?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Andrea Lorena Butto Zarzar. A????es premiadas no 13?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal ??? 2008; ??reas tem??ticas: Arranjos institucionais para coordena????o e/ou implementa????o de pol??ticas p??blicas; Arranjos institucionais e articula????o de parcerias; Arranjos institucionais para coordena????o e implementa????o de parcerias; Articula????o de Parcerias; Articula????o de parcerias e Gest??o Participativa; Sociedade e Cidadania

Cart??o do cidad??o

Brasil. Minist??rio da Fazenda (MF). Caixa Econ??mica Federal (CAIXA)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
55.92%
O pagamento dos benef??cios sociais, efetuado no guich?? de caixa das ag??ncias, era um processo lento e oneroso ao cidad??o e ?? CAIXA. Envolvia elevado quantitativo de atendentes e significativo tempo para a execu????o de rotinas inerentes, principalmente no que diz respeito ?? qualifica????o e ?? identifica????o do trabalhador, ao tratamento da documenta????o e ?? coleta de assinatura no documento de pagamento, gerando elevado custo operacional. Em 1995, a CAIXA lan??ou o Cart??o do Trabalhador, que permitia o acompanhamento de lan??amentos do Fundo de Garantia do Tempo de Servi??o (FGTS) e acesso ao saldo de cotas de sua participa????o no Programa de Integra????o Social (PIS), mas n??o tinha a funcionalidade de saque de benef??cios e n??o atendia os benefici??rios do Abono Salarial e do Seguro- Desemprego. A necessidade de aperfei??oar e integrar os processos de atendimento e pagamento desses produtos sociais levou ?? cria????o do Cart??o do Cidad??o, que proporcionou melhoria significativa na qualidade do atendimento ao cidad??o e minimizou os custos operacionais; N??mero de p??ginas: 08 p.; Inova????o; Iniciativa premiada no 12?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Ana Lucia Amorim de Brito. A????es premiadas no 12?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal ??? 2007

A????es premiadas no 5?? Concurso de Inova????es na Gest??o P??blica Federal

Lemos, Ch??len Fischer de (Organizador)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
55.92%
Projetos premiados no 5?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal. As iniciativas representam contribui????es para a melhoria da gest??o p??blica; N??mero de p??ginas: 197 p.; Inova????o; ISBN 85-256-0044-x; Apresenta????o / Biografia de Helio Beltr??o 13 / A????es premiadas em 2000 / Sistema Nacional de Apoio ao Gerenciamento do Atendimento ??? SAGA 17 Minist??rio da Fazenda Secretaria da Receita Federal / Terceiriza????o: o valor da parceria. Redu????o dos custos de postagem utilizando-se franquias de correios 29 Minist??rio da Educa????o Subsecretaria de Assuntos Administrativos Coordena????o de Documenta????o e Informa????o / Centro de Inform??tica, Cidadania e Produ????o Cultural para Minorias ??? CIPRO 37 Minist??rio do Trabalho e Emprego Delegacia Regional do Trabalho no Estado do Rio de Janeiro / Recebimento de solicita????es de 2?? via de documentos 49 Minist??rio das Comunica????es Empresa Brasileira de Correios e Tel??grafos / Diretoria Regional de S??o Paulo ??? Metropolitana / Condom??nio de empregadores rurais ??? um novo modelo de contrata????o no meio rural 55 Minist??rio do Trabalho e Emprego Secretaria de Inspe????o do Trabalho / Modernizando a gest??o para a cidadania 65 Minist??rio da Sa??de N??cleo Estadual do Rio de Janeiro / Projeto Movimenta????o 79 Minist??rio da Previd??ncia e Assist??ncia Social Instituto Nacional do Seguro Social Ger??ncia-Executiva/AM / Banco Federativo 91 Minist??rio do Desenvolvimento...

A????es premiadas no 13?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal 2008

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
Nesta publica????o, referente ao 13?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal, o leitor encontrar?? iniciativas inovadoras nas seguintes ??reas: Arranjos institucionais para coordena????o e/ou implementa????o de pol??ticas p??blicas; atendimento ao cidad??o; melhoria dos processos de trabalho; planejamento, gest??o e desempenho institucional; N??mero de p??ginas: 178 p.; Inova????o; ISBN 978-85-256-0061-5; Sum??rio: Apresenta????o 5 / Introdu????o 7 / Arranjos institucionais para coordena????o e/ou implementa????o de pol??ticas p??blicas / Ecopostal ??? Um programa socioambiental com gera????o de emprego e renda 21 / Programa Caminho da Escola 35 / Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Novas Empresas de Base Tecnol??gica Agropecu??ria e ?? Transfer??ncia de Tecnologia (Proeta) 53 / Programa de Documenta????o da Trabalhadora Rual 67 / Atendimento ao cidad??o / Atendimento programado do Instituto Nacional do Seguro Social 85 / Grupo de Acompanhamento ao Acidentado do Trabalho (Graat) 101 / Sisbio ??? Sistema de Autoriza????o e Informa????o em Biodiversidade 115

A????es premiadas no 15?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal 2010

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
Nesta publica????o, referente ao 15?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal, o leitor encontrar?? iniciativas inovadoras nas seguintes ??reas: Arranjos institucionais para coordena????o e/ou implementa????o de pol??ticas p??blicas (intra e inter-governamental); atendimento ao cidad??o; gest??o da informa????o; melhoria dos processos de trabalho; N??mero de p??ginas: 200 p.; Inova????o; ISBN 978-85-256-0055-4; Sum??rio: Apresenta????o 5 Introdu????o 7 Arranjos institucionais para coordena????o e/ou implementa????o de pol??ticas p??blicas 19 A Estrat??gia de Sa??de da Fam??lia 21 Agenda Social Registro Civil de Nascimento e Documenta????o B??sica: Comit??s Gestores da Agenda Social 39 Gest??o de Condicionalidades e Acompanhamento das Fam??lias do Programa Bolsa Fam??lia 59 Projeto Pensando o Direito 81 Atendimento ao cidad??o 97 Aposentadoria em at?? 30 minutos 99 Programa Banda Larga nas Escolas 115 Gest??o da informa????o 129 Portal de Peri??dicos da Capes 131 Sistema de Coleta on-line do Censo Escolar da Educa????o B??sica ??? Educacenso 145 Melhoria dos processos de trabalho 161 Agroamigo 163 Sistema de Controle Log??stico de Medicamentos Antirretrovirais (Siclom) 187

Sistema de Informa????o de Legisla????o (SILAB)

Brasil. Minist??rio do Planejamento, Or??amento e Gest??o (MP)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
O Sistema de Informa????o de Legisla????o (Silab) ?? destinado a processar e disponibilizar os atos legislativos produzidos pelo Minist??rio do Planejamento, Or??amento e Gest??o (MP), visando ?? agiliza????o na recupera????o da informa????o. Inicialmente atendia ??s unidades de biblioteca, mas, devido a um elevado n??mero de pesquisas, sua atua????o passou a ser descentralizada, estendendo tamb??m os benef??cios aos servidores do minist??rio, via Intranet, e, posteriormente, ao p??blico em geral, via Internet. O resultado obtido foi a aprova????o e o crescimento vertiginoso das consultas. O Silab encontra-se ?? disposi????o do p??blico em geral, no seguinte endere??o eletr??nico: http://silab.planejamento.gov.br; N??mero de p??ginas: 4 p.; Classifica????o::Administra????o P??blica. Teoria Geral da Administra????o::Desenvolvimento Gerencial::Inova????o; Iniciativa premiada no 8?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Maria Isabel Diniz de Carvalho, Bibliotec??ria Gerente do Silab. A????es premiadas no 8?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal ??? 2003; ??reas tem??ticas: gerenciamento de informa????es; gest??o da informa????o

Texto para discuss??o 2: a quest??o da estabilidade do servidor p??blico no Brasil: perspectivas de flexibiliza????o

Machado, ??rica M??ssimo; Umbelino, L??cia Maria
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Texto para Discuss??o
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
55.92%
A discuss??o em torno da estabilidade do servidor p??blico emerge a partir de um contexto marcado pela necessidade de transforma????es s??cio-pol??ticas e econ??micas. Essas tranforma????es implicam a reestrutura????o do Estado brasileiro, bem como da administra????o p??blica, tendo em vista a moderniza????o da burocracia, buscando garantir efici??ncia e efic??cia no atendimento do interesse p??blico; N??mero de p??ginas: 21 p.; Gest??o de Pessoas; ??rica M??ssimo Machado foi t??cnica da Diretoria de Estudos e Pesquisas da ENAP. Atualmente, ?? coordenadora-geral de Tratamento da Informa????o e Documenta????o do INEP/MEC. L??cia Maria Umbelino foi coordenadora do Concurso de Inova????es na Gest??o P??blica Federal ??? Pr??mio Helio Beltr??o da Diretoria de Informa????o e Conhecimento em Gest??o no per??odo de 1997 a 2000 e, atualmente, ?? professora de L??ngua Francesa; A s??rie Texto para discuss??o divulga artigos em fase de pr??-publica????o, com o objetivo de fomentar o debate direto entre o leitor e o autor

Terceiriza????o: o valor da parceria: redu????o dos custos de postagem utilizando-se franquias de correios

Brasil. Minist??rio da Educa????o (MEC). Coordena????o de Documenta????o e Informa????o
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
Importantes programas de governo desenvolvidos pelo Minist??rio da Educa????o (MEC) demandam servi??os da Empresa Brasileira de Correios e Tel??grafos (ECT) que implicam manuseio de grande volume de objetos postais. Essa situa????o gerava ao MEC diversos problemas com a postagem do material did??tico. Com a vincula????o de uma Ag??ncia dos Correios Franqueada (ACF) ao contrato MEC/ECT j?? em vigor, estruturou-se o fluxo racional dos servi??os de postagem: os gestores dos ??rg??os do MEC reviram processos e implantaram melhor controle gerencial. A despesa estimada com o material postado foi reduzida no per??odo de julho/1999 a maio/2000, com economia de R$ 157.502,03. Al??m da redu????o de custo, a iniciativa proporcionou o adequado gerenciamento de todo o processo, maior velocidade na presta????o dos servi??os e o cumprimento dos prazos de entrega. Hoje, as escolas de todo o pa??s recebem seus livros na data prevista, com tempo inclusive para planejarem a utiliza????o do material did??tico. No programa "TV Escola", o MEC entrega o material com uma semana de anteced??ncia em qualquer ponto do pa??s. A parceria MEC/ACF, al??m de implantar o uso mais racional de envio de objetos postais, perseguiu o pr??-requisito b??sico: o bin??mio custo/benef??cio. Resultado: rapidez e satisfa????o das comunidades que recebem educa????o e cultura com precis??o e no momento exato; N??mero de p??ginas: 4 p.; Classifica????o::Administra????o P??blica. Teoria Geral da Administra????o::Desenvolvimento Gerencial::Inova????o; Iniciativa premiada no 5?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Jo??o Carlos Teixeira Schettini; A????es premiadas no 5?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal - Pr??mio H??lio Beltr??o - 2000; ??rea tem??tica:planejamento...

Curso gest??o do conhecimento: teoria e boas pr??ticas

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil); Batista, F??bio Ferreira
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Apresenta????o/Slides; Curso Completo; Programa de Curso
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
65.93%
M??dulo 1: O que ?? gest??o do conhecimento na administra????o p??blica? Dado. Informa????o. Conhecimento. Economia do Conhecimento. Administra????o p??blica. GC na administra????o p??blica. Componentes do Modelo de Gest??o do Conhecimento para a Administra????o P??blica Brasileira. Rela????o entre GC e gest??o estrat??gica. Viabilizadores da GC. Processo de GC. Ciclo KDCA. M??dulo 2: Por que gest??o do conhecimento na administra????o p??blica? A import??ncia da GC. Raz??es para implementar GC na administra????o p??blica. Benef??cios da GC para o indiv??duo, equipes, organiza????o e sociedade. M??dulo 3: Pr??ticas de gest??o do conhecimento. Pr??ticas de relacionadas principalmente aos aspectos de gest??o de recursos humanos que facilitam a transfer??ncia, a dissemina????o e o compartilhamento de informa????es e conhecimento. Pr??ticas ligadas primariamente ?? estrutura????o dos processos organizacionais que funcionam como facilitadores da gera????o, reten????o, organiza????o e dissemina????o do conhecimento organizacional. Pr??ticas cujo foco central ?? a base tecnol??gica e funcional que serve de suporte ?? gest??o do conhecimento organizacional, incluindo automa????o da gest??o da informa????o, aplicativos e ferramentas de Tecnologia da Informa????o (TI) para captura...

Centro de documenta????o e informa????o (CDI)

Funda????o Centro de Forma????o do Servidor P??blico (FUNCEP)
Fonte: Funda????o Centro de Forma????o do Servido P??blico (FUNCEP) Publicador: Funda????o Centro de Forma????o do Servido P??blico (FUNCEP)
Tipo: Folders/Cartilhas
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.42%
Apresenta????o do Centro de Documenta????o e Informa????o (CDI) da Funda????o Centro de Forma????o do Servidor P??blico (FUNCEP); N??mero de p??ginas: 3 p.; Biblioteconomia; Os usu??rios cadastrados contam com os seguintes servi??os: ??? Informa????es personalizadas; ??? boletim bibliogr??fico mensal, contendo o sum??rio de peri??dicos e a rela????o de novas publica????es adquiridas no m??s; ??? empr??stimo domiciliar de material bibliogr??fico; ??? empr??stimo inter-bibliotec??rio; ??? participa????o na rede de comuta????o bibliogr??fica COMUT

Cat??logo de cursos ENAP - 1994; Programa????o ENAP 1994

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Folders/Cartilhas
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
Este documento apresenta, detalhadamente, todas as atividades - seja capacita????o de recursos humanos para o setor p??blico, estudos e pesquisas, documenta????o e difus??o, coopera????o t??cnica e programas culturais - previstas para 1994 pela Funda????o Escola Nacional de Administra????o P??blica - ENAP. O planejamento dessas a????es, por ser baseado em avalia????o dos eventos realizados em 1993, pretende aprimorar ainda mais o trabalho a ser desenvolvido. Por isso, todo o corpo t??cnico da institui????o, clientes e parceiros foram ouvidos. As a????es previstas foram elaboradas em conjunto com a Secretaria da Administra????o Federal, tendo em vista as necessidades identificadas junto aos departamentos que coordenam os sistemas de administra????o (servi??os gerais, moderniza????o administrativa, informa????o e inform??tica e de pessoal) e de demandas dos demais ??rg??os da administra????o p??blica federal, podendo, ainda, atender a necessidades de outras institui????es a partir de programas espec??ficos de desenvolvimento dos ??rg??o p??blicos. A ENAP, hoje mais do que nunca tem papel estrat??gico no processo de valoriza????o e profissionaliza????o dos servidores p??blicos. Tem cumprido ainda importantes fun????es na consolida????o de padr??es de efici??ncia e produtividade e na valoriza????o do m??rito para ingresso e ascens??o no servi??o p??blico...

Funda????o Escola Nacional de Administra????o P??blica: escola de governo

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil). Centro de documenta????o, informa????o e difus??o Graciliano Ramos
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Folders/Cartilhas
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
76.17%
A Funda????o Escola Nacional de Administra????o P??blica - ENAP, ??rg??o vinculado a esta Secretaria da Administra????o Federal - SAF, apresenta ?? comunidade de recursos humanos, dirigentes, e servidores p??blicos e demais segmentos da sociedade as diretrizes e linhas program??ticas que orientam as suas atividades. As linhas de atua????o da Escola mostram a amplitude de sua capacidade de atendimento ??s necessidades de profissionaliza????o do servidor p??blico, ?? sua valoriza????o como indiv??duo e ?? moderniza????o do Estado brasileiro, consolidando a ENAP como centro de refer??ncia e f??rum de discuss??es dos temas afetos ao setor p??blico, ao servidor e ao cidad??o. A divulga????o deste documento que define a miss??o institucional da ENAP objetiva sinalizar o potencial de a????es que esta Escola coloca ?? disposi????o do setor p??blico e ainda, atuar como geradora de demandas.; N??mero de p??ginas: 52 p.; Escola de Governo; SUM??RIO APRESENTA????O SIGLAS UTILIZADAS 1 O CONTEXTO DE ATUA????O DA ENAP 1.1 A crise do Estado e a crise das reformas 1.2 A crise dos recursos humanos 1.3 ENAP: escola de governo 2 LINHAS DE A????O 3 DIRETRIZES OU ESTRAT??GIAS GERAIS 4 LINHAS PROGRAM??TICAS 4.1 Forma????o para carreiras ou quadros espec??ficos 4.2 Desenvolvimento em administra????o e gest??o de pol??ticas p??blicas 4.3 Capacita????o t??cnica e administrativa 4.4 Atendimento espec??fico a iniciativas de melhoria de desempenho organizacional 4.5 Apoio ao processo de descentraliza????o administrativa 4.6 Subs??dios a quest??es de organiza????o do Estado e de administra????o p??blica 4.7 Difus??o de inova????es tecnol??gicas na administra????o p??blica federal 4.8 Documenta????o e informa????o 4.9 Editora????o e difus??o t??cnica 4.10 Difus??o cultural 35 5 PROGRAMA NACIONAL DE TREINAMENTO DO SERVIDOR P??BLICO (PNTS) 6 FORMAS DE ATUA????O 7 INFORMA????ES GERAIS 7.1 Organograma 7.2 Planta de localiza????o 7.3 Planta de situa????o

O estado da reforma: balan??o da literatura em gest??o p??blica (1994/2002); Estado de la reforma: balance de la literatura em gesti??n p??blica (1994/ 2002); State of reform: review of Public Administration literature (1994/2002)

Souza, Antonio Ricardo de; Ara??jo, Vin??cius de Carvalho
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
55.92%
O objetivo deste paper ?? demonstrar a todos aqueles que trabalham com a disciplina Administra????o P??blica quais s??o os principais autores e obras da literatura nacional/internacional recente, articulando-os sob os aspectos anal??tico, metodol??gico e te??rico-conceitual, no sentido de contribuir para a cumulatividade da gera????o do conhecimento e forma????o de panorama nessa ??rea, no per??odo selecionado (1994/2002). Para tanto, foi adotada metodologia espec??fica para esse objetivo, apresentada por KEINERT (2000) em fun????o das caracter??sticas estruturais da disciplina. A literatura foi agrupada em cinco loci contemplando a vertente p??s-burocr??tica da gest??o p??blica, os impactos da globaliza????o no aparelho do Estado, as condicionantes do ordenamento pol??tico e econ??mico nacional e internacional, as novas tend??ncias no ciclo de pol??ticas p??blicas e a gest??o de pol??ticas sociais.As principais conclus??es da pesquisa apontam para a adequa????o do instrumental anal??tico adotado para compreens??o da literatura em Administra????o P??blica e tamb??m para a baixa verticalidade e cumulatividade da pesquisa nesse campo, com pouca sistematiza????o e densidade anal??tica no que se refere a determinados temas.; El objetivo de este paper es demostrar para todos aquellos que trabajan con la disciplina de Administraci??n P??blica cuales son los principales autores y obras de la literatura nacional/internacional reciente...

Semin??rio gest??o do conhecimento no setor p??blico

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Palestra
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
66.16%
Semin??rio gest??o do conhecimento no setor p??blico sob o tema "caminhos e perspectivas para gest??o do conhecimento em organiza????es p??blicas" .; N??mero de palestras: 6; Gest??o do Conhecimento; Slide Gest??o do conhecimento na C??mara dos Deputados: caminhos e perspectivas para a gest??o do conhecimento em organiza????es p??blicas. Autor: C??ssia Botelho; Slide Gest??o do conhecimento:uma estrat??gia empresarial. Autor: Isamir M. de Carvalho; Slide: Caminhos e perspectivas para gest??o do conhecimento em organiza????es p??blicas: ensinando o governo de S??o Paulo a inovar. Autor: Jos?? Ant??nio Carlos; Slide Gest??o do conhecimento em organiza????es contempor??neas. Autor: Paulo S??rgio Fresneda; Slide: Gest??o do conhecimento em organiza????es de governo: a experi??ncia do governo eletr??nico. Autor: Rog??rio Santanna; Slide Programa gest??o de conhecimento caixa. Autor: S??nia Goulart

Alinhando o modelo, o m??todo de implementa????o e a pr??tica de gest??o do conhecimento (GC): o caso do Reposit??rio do Conhecimento do Instituto de Pesquisa Econ??mica Aplicada (RCIpea)

Batista, F??bio Ferreira; Costa, Veruska da Silva
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
55.92%
Entre as decis??es mais importantes para o ??xito da implementa????o da gest??o do conhecimento (GC) nas organiza????es, encontram-se as escolhas do modelo, do m??todo de implementa????o e das pr??ticas mais adequadas para alcan??ar os resultados esperados com a iniciativa. Organiza????es p??blicas brasileiras v??m adotando modelos distintos no momento de implementar GC (BARBOSA, 2011 e ALVARENGA NETO e VIEIRA, 2011). O objetivo deste artigo ?? analisar como o Instituto de Pesquisa Econ??mica Aplicada (Ipea) implementou de forma alinhada um modelo, um m??todo e uma pr??tica de gest??o do conhecimento (GC). O referencial te??rico utilizado ?? o Modelo de Gest??o do Conhecimento para a Administra????o P??blica Brasileira, constru??do por um dos autores deste trabalho ap??s a realiza????o de uma revis??o sistem??tica da literatura sobre modelos de GC na administra????o p??blica (BATISTA, 2012); Revista do Servi??o P??blico - RSP, v. 64, n. 1, p. 59-76; Acesso ?? Informa????o; Documenta????o; Gest??o do Conhecimento; Tecnologia da Informa????o. Inform??tica; Transpar??ncia Governamental; ISSN impresso: 0034-9240; ISSN eletr??nico: 2357-8017