Página 1 dos resultados de 162 itens digitais encontrados em 0.052 segundos

Bone Marrow Donation from the Perspective of Sibling Donors; Doação de medula óssea na perspectiva de irmãos doadores; Donación de médula ósea en la perspectiva de hermanos donadores

OLIVEIRA-CARDOSO, Érika Arantes de; SANTOS, Manoel Antônio dos; MASTROPIETRO, Ana Paula; VOLTARELLI, Júlio César
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
96.15%
This study aimed to characterize the sociodemographic profile of sibling bone marrow donors and to describe how they perceive the donation. This was a descriptive, exploratory and longitudinal study. Participants were 20 related bone marrow donors, between 18 and 42 years of age (mean=30.5 years, sd=7.47). Interviews were held before and immediately after the donation. Sociodemographic data were subject to descriptive statistical analysis and qualitative data to categorical content analysis. In the interviews held before the donation, stressor events were the sibling’s disease and treatment and the responsibility of being the donors. During the interviews after the donation, the following were mentioned: anxiety on the day before and on the day of the donation, pain the following day, and acknowledgement of the health team’s support as a facilitator of the donation process. In view of the findings, it is important for the team to outline intervention strategies to meet to the donors’ specific needs.; Este estudo objetivou caracterizar o perfil sociodemográfico e descrever a percepção de irmãos doadores de medula óssea acerca da doação. Trata-se de estudo descritivo, exploratório e com recorte longitudinal. Participaram 20 doadores relacionados de medula óssea...

Estudo dos efeitos da radiação ionizante em cartilagem costal humana por meio de Termogravimetria e Tomografia por Coerência Óptica; Study of ionizing radiation effects in human costal cartilage by Termogravimetry and Optical Coherence Tomography

Martinho Junior, Antonio Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.23%
Bancos de Tecidos de diversas regiões do mundo têm estocado cartilagens humanas obtidas de doadores post mortem para uso em diversos tipos de cirurgias reconstrutivas. Para garantir que tais tecidos não estejam contaminados, estes têm sido esterilizados com radiação ionizante. Entretanto, altas doses de radiação gama podem causar efeitos indesejáveis nos tecidos. No presente trabalho, avaliamos a viabilidade de utilizar duas técnicas, Tomografia por Coerência Óptica (OCT) e Termogravimetria (TGA), para identificar possíveis modificações estruturais causadas na cartilagem costal humana em decorrência dos métodos de preservação e doses de radiação ionizante utilizadas. As cartilagens obtidas de doadores cadavéricos foram congeladas a -70 ºC ou preservadas em glicerol. A seguir, as amostras foram irradiadas por fontes de 60Co com doses de 15, 25 e 50 kGy. Nos resultados de TGA verificamos que as cartilagens preservadas em glicerol e irradiadas com diferentes doses de radiação não apresentaram diferenças estatisticamente significantes quando comparadas ao grupo controle, no que tange a taxa de desidratação do tecido, sendo que o mesmo não ocorre com cartilagens congeladas a -70 ºC e irradiadas com doses de 15 kGy. Em relação ao uso da técnica de OCT...

Complexos organometálicos de Tc(I)/Re(I) para imagiologia molecular de tecidos neoplásicos

Moura, Carolina Maria Candeias de, 1983-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.23%
Tese de doutoramento, Química (Química Inorgânica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012; O trabalho apresentado nesta tese envolveu o estudo químico/radioquímico e a avaliação biológica de complexos de Re(I)/99mTc(I) funcionalizados com pequenas moléculas, derivados de benzamidas e sais de trifenilfosfónio, com o objectivo de verificar se tinham interesse para conceber sondas radioactivas para detecção in vivo de tecidos neoplásicos. A primeira parte incidiu sobre complexos funcionalizados com derivados de benzamidas, dirigidos à melanina depositada intracelularmente em células do melanoma melanótico. Inicialmente pretendiam-se explorar complexos com ligandos doadores (Npz,H,S), (Npz,N,N) e (Npz,N,O), contendo grupos pirazolilo como função coordenante comum. No entanto, o complexo modelo de 99mTc com o doador (Npz,H,S), fac-[99mTc{κ3-H(μ-H)B(timMe)(3,5-Me2pz)}(CO)3](Tc1), apresentou um perfil de biodistribuição em ratinho pouco favorável e a funcionalização foi efectuada unicamente para as outras classes de ligandos. Os complexos obtidos (Tc2-Tc9), identificados quimicamente por comparação em HPLC com os congéneres de Re (Re2-Re9), revelaram uma elevada afinidade para a melanina, mas uma baixa captação em células melanóticas do melanoma murino. Este comportamento reflecte a incapacidade dos complexos atravessarem a membrana celular...

Microbiota bacteriana da conjuntiva de doadores de córnea

Araújo,Maria Emília Xavier dos Santos; Scarpi,Marinho Jorge
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
86.17%
OBJETIVOS: Quantificar e qualificar a microbiota aeróbia da conjuntiva de doadores de córnea segundo a interferência do intervalo de tempo entre o óbito e a colheita do espécime conjuntival, a causa do óbito e a idade do doador e avaliar a atividade biocida de determinados antibióticos aos microrganismos isolados. MÉTODOS: Entre janeiro e março de 1994 foram colhidos espécimes da conjuntiva de 242 olhos de doadores de córnea. O material transportado em meio de Stuart foi semeado em ágares sangue, chocolate, sangue azida, MacConkey e caldo tioglicolato. Foi registrada a idade do doador, hora e causa do óbito. A atividade biocida dos antibióticos foi avaliada pela metodologia de Kirby e Bauer. A análise estatística utilizou os testes do qui-quadrado, exato de Fisher e Mann-Whitney. RESULTADOS: A freqüência de cultura positiva da conjuntiva de doadores de córnea foi de 91,7%. A mediana da idade dos doadores foi de 62 anos e do intervalo de tempo entre o óbito e a colheita do espécime foi de 4,2 horas. A causa mais freqüente de óbito foi doença cardiovascular (26,4%). Não houve diferença significante entre a cultura positiva e as variáveis estudadas. A vancomicina inibiu 100% das cepas de bactérias Gram-positivas e a sensibilidade dos bacilos Gram-negativos à gentamicina variou de 36...

Microbiota bacteriana aeróbia da conjuntiva de doadores de córnea

Lorenzini,Paula Fontana; Picoli,Simone Ulrich
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.18%
OBJETIVOS: Determinar a microbiota bacteriana aeróbia da conjuntiva de doadores de córnea e seu padrão de suscetibilidade a antibióticos; verificar o número de córneas utilizadas para transplante e a média de tempo de preservação em solução preservante com gentamicina e estreptomicina; traçar o perfil dos doadores e receptores de córnea. MÉTODOS: Espécimes clínicos foram colhidos de saco inferior da conjuntiva de ambos os olhos, de 40 doadores de córnea. As amostras foram inoculadas em ágar sangue azida, ágar chocolate e ágar MacConkey e o antibiograma foi realizado pelo método de Kirby-Bauer. RESULTADOS: A freqüência de cultura positiva da conjuntiva de doadores de córnea foi de 72,5%, sendo que Gram-positivos totalizaram 81,6% e apenas 18,4% das amostras foram identificadas como Gram-negativos. Vancomicina inibiu 100% dos Gram-positivos, ao passo que a sensibilidade dos Gram-negativos à gentamicina foi de 53,8% e à estreptomicina foi de 30%. O sexo masculino predominou entre os doadores e receptores, a média de tempo entre o óbito e a enucleação foi de 2h e a de preservação em solução preservante com gentamicina e estreptomicina foi de 7 dias. Neoplasia e mais de uma causa associada foram as causas de óbito mais freqüentes. O ceratocone foi a principal indicação para transplante (51...

Impacto do marketing dos processos de divulgação nas doações de córneas a um banco de tecidos oculares humanos e avaliação do perfil socioeconômico de seus doadores

Farias,Roberta Jansen de Mello; Sousa,Luciene Barbosa de
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96.35%
A ceratoplastia penetrante tem-se tornado a forma de transplante de maior emprego e sucesso nos Estados Unidos. No Brasil, ela teve início em 1964. OBJETIVOS: Avaliar o impacto no número de doações de córneas ao Banco de Olhos de Sorocaba a partir da implementação de um sistema de captação de córneas e traçar o perfil socioeconômico dos doadores de córneas no Banco de Olhos de Sorocaba (BOS). MÉTODOS: Foi realizado um estudo retrospectivo do volume de doações ao BOS do início de sua criação (1971) após a realização de uma intensa política de marketing interno e externo. A análise do perfil socioeconômico dos doadores de córneas foi avaliada, prospectivamente, por meio de cartas com questionário, enviadas às referidas famílias em um dado mês. RESULTADOS: O BOS iniciou o trabalho em 1971 com a divulgação da necessidade de doação de órgãos sendo feita com a utilização de palestras em igrejas, shoppings e reuniões de comunidade, programas de rádio, programas de televisão, etc. Na década de 1970 e no início da década de 1980, o número de córneas captadas oscilava entre 1 a 2/mês. Entre 1984 e 1989, houve formação de uma equipe de abordagem com treinamento de 60 horas anuais atuante em funerárias...

Dez anos de doação de córneas no Banco de Olhos do Hospital São Paulo: perfil dos doadores de 1996 a 2005

Adán,Consuelo Bueno Diniz; Diniz,Amanda Rocha; Perlatto,Débora; Hirai,Flávio Eduardo; Sato,Elcio Hideo
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
86.49%
HISTÓRICO: Apesar dos esforços que vêm sendo realizados mais recentemente, a falta de córneas para transplantes ainda é uma realidade no Brasil, principalmente em algumas regiões. O Banco de Olhos do Hospital São Paulo tem como objetivo garantir a qualidade e conservação dos tecidos oculares humanos para disponibilizá-los para transplantes. A qualidade do tecido encontra-se diretamente ligada a todos os processos realizados pela equipe do banco de olhos, a partir da seleção dos doadores. OBJETIVO: Conhecer o perfil dos doadores de córneas do Banco de Olhos do Hospital São Paulo num período de dez anos. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de fichas de doadores, no período de janeiro de 1996 a dezembro de 2005. RESULTADOS: Chegaram ao Banco de Olhos do Hospital São Paulo 3.624 córneas. A idade média dos doadores foi de 56,8 anos. A faixa etária com maior doação foi de 70-79 anos. A causa mortis mais freqüente foi doença cardiovascular, seguida por neoplasias, doenças respiratórias e trauma. O tempo "enucleação" foi em média de 3,8 horas e o tempo "preservação" foi em média de 3,6 horas. A maioria dos tecidos foi preservada em meios Optisol GS®. Os doadores jovens tiveram maior proporção de córneas consideradas de qualidade "Excelente" ou "Boa". CONCLUSÃO: Ao longo do período estudado de 10 anos...

Principais variáveis envolvidas na não-doação de córneas de potenciais doadores em um hospital universitário de Curitiba

Issaho,Dayane Cristine; Tenório,Marília Barreto; Moreira,Hamilton
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.21%
OBJETIVO: Determinar as principais variáveis envolvidas na não-doação de córneas de potenciais doadores em um hospital universitário de Curitiba. MÉTODOS: Selecionaram-se os potenciais doadores de córnea que foram a óbito nas UTIs Geral e Cardiológica e no Pronto-socorro do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (HUEC) entre os meses de novembro de 2007 e fevereiro de 2008. Um questionário padronizado foi aplicado por telefone às pessoas com estreito grau de parentesco com o falecido. RESULTADOS: O resultado mais relevante foi que dentre 64 familiares entrevistados, 60 (93,75%) afirmaram não terem sido abordados em relação à doação de órgãos no momento do óbito. Destes, 32 (53,33%) teriam permitido a doação de córneas se tivessem sido abordados. CONCLUSÃO: A carência de abordagem dos familiares por parte dos profissionais da área da saúde no momento do óbito mostra-se como principal obstáculo no processo de permissão de doação de córneas.

Características dos doadores de córneas do Banco de Olhos de Cascavel: impacto do exame anti-HBc para hepatite B

Shiratori,Cesar Nobuo; Hirai,Flávio Eduardo; Sato,Elcio Hideo
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.49%
OBJETIVOS: Traçar o perfil dos doadores de tecidos oculares humanos na região de atuação do Banco de Olhos de Cascavel - Paraná (PR) e verificar o impacto da positividade da sorologia positiva para hepatite B (anti-HBc) no descartes dos tecidos oculares. MÉTODOS: Estudo do tipo transversal de dados do Banco de Olhos de Cascavel do período de março de 2006 a abril de 2007. Informações como idade, sexo, causa de óbito, tempo entre óbito e enucleação e resultados sorológicos de doadores foram coletadas. Dados foram agrupados para caracterização da população de estudo e distribuídos segundo positividade da sorologia para hepatite B (anti-HBc). RESULTADOS: A média de idade dos doadores foi de 54,2 ± 20,6 anos e a maioria era do sexo masculino (64,7%). Tempo médio entre óbito e enucleação foi de 3,8 ± 2,4 horas, a principal causa de óbito foram doenças cardiovasculares (34,5%). Positividade para os marcadores anti-HBc e HBsAg foi de 47,4% e 1,5%, respectivamente, sendo os exames sorológicos para hepatite B a maior causa de descarte dos tecidos oculares doados. Doadores com sorologia positiva para anti-HBc apresentaram maior média de idade comparados com doadores com sorologia negativa (p<0,001). Somente 0,8% das doações apresentaram sorologia positiva para hepatite C. Não houve doações com sorologia para HIV positiva no período do estudo. CONCLUSÕES: Implementação do Banco de Olhos de Cascavel aumentou significativamente a disponibilização de córneas para transplante no Estado do Paraná. A principal contraindicação para disponibilização de tecidos oculares foi a positividade na sorologia para anti-HBc. Estudos de biosegurança devem ser realizados a fim de investigar o potencial de transmissão da hepatite B de doadores positivos para esse marcador. A inclusão desses doadores como doações efetivas acarretaria maior disponibilização de tecidos para transplantes.

Estudo de potenciais doadores de córnea no Hospital de Clínicas da UFPR

Mello,Glauco Henrique Reggiani; Massanares,Thais Martini; Guedes,Guilherme Barroso; Wasilewski,Daniel; Moreira,Hamilton
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
86.09%
OBJETIVO: Quantificar os potenciais doadores de córnea nas diferentes unidades hospitalares do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná - UFPR. MÉTODOS: Foram analisados 369 prontuários de pacientes que foram a óbito nos meses de abril a julho de 2005 no HC-UFPR. No prontuário de cada paciente foram avaliados: evolução clínica, CID-10 e unidade hospitalar do óbito. Para ser considerado potencial doador (PD) utilizou-se como critérios de exclusão os tópicos citados no Manual de Transplantes (2ª edição - 2004) da Secretaria Estadual da Saúde do Estado do Paraná. Os PD foram agrupados em: data do óbito, tipo de internamento e unidade hospitalar. Analisamos a quantidade de PD e total de óbitos. RESULTADOS: Dos 369 prontuários analisados, foram considerados potenciais doadores (PD) 70 pacientes (18,97% do total de prontuários analisados) As unidades: Centro de Terapia Intensiva, Centro de Terapia Semi e Pronto Atendimento Adulto foram responsáveis por 62,8% dos PD. Já a Neurocirurgia, Emergência Cárdio e UTI Cirurgia Cardíaca apresentaram uma relação de PD por óbito superior a 60%. CONCLUSÃO: Nesse estudo constatou-se que tanto as unidades com grande número de PD como aquelas com uma grande relação PD por óbito são locais de escolha para uma intervenção com o intuito de aumentar o número de doações em nosso meio.

Características das doações de córnea no estado do Piauí

Santos,Namir Clementino; Bezerra,Virgínia Lúcia; Melo,Eduardo Carvalho de
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
86.25%
Objetivo: Traçar o perfil das doações de córnea obtidas pelo Banco de Tecidos Oculares do Hospital Getúlio Vargas (BTOC-HGV), avaliar a qualidade do tecido captado e enumerar as indicações do transplante de córnea. Métodos: Estudo retrospectivo de ficha de doadores cadastrados no BTOC-HGV no período de 2008 a 2011. Foram coletados dados de idade, gênero e causa do óbito do doador, tempo de enucleação, tempo de preservação, qualidade da córnea doada, causas de descartes e indicações de transplante de córnea no BTOC. Resultados: Foram analisadas 311 fichas de doadores de córnea do BTOC-HGV. O número de doações aumentou de 9 em 2008 para 80 em 2009, 109 em 2010 e 113 em 2011. A maioria dos doadores era do gênero masculino. A média da idade dos doadores foi de 43,00 ± 16,01 anos. A maioria das córneas transplantadas (78,6%) foi óptica. Foram descartadas 7,16% das córneas ópticas, sendo a maioria por nova classificação em tectônica e detecção de sorologia positiva. O tempo de enucleação foi de 3,77 ± 2,18 horas e o de preservação foi de 6...

Recusa de doação de órgãos e tecidos para transplante relatados por familiares de potenciais doadores

Moraes,Edvaldo Leal de; Massarollo,Maria Cristina Komatsu Braga
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.31%
OBJETIVO: Conhecer a percepção de familiares de potenciais doadores sobre os motivos de recusa para doação de órgãos e tecidos para transplante. MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, na vertente fenomenológica, modalidade "estrutura do fenômeno situado". Participaram do estudo oito familiares que recusaram a doação dos órgãos e tecidos. RESULTADOS: Após análise das entrevistas, foram revelados dez motivos de recusa, considerados pelos familiares. CONSIDERAÇÕES FINAIS: As proposições que emergiram revelaram que os motivos de recusa familiar para doação de órgãos e tecidos estão relacionados à crença, valores e inadequações no processo de doação e transplante.

Protocolo gerenciado de tratamento do potencial doador falecido reduz incidência de parada cardíaca antes do explante dos órgãos

Westphal,Glauco Adrieno; Zaclikevis,Viviane Renata; Vieira,Kalinca Daberkow; Cordeiro,Rodrigo de Brito; Horner,Marina Borges W.; Oliveira,Thamy Pellizzaro de; Duarte,Robson; Sperotto,Geonice; Silveira,Georgiana da; Caldeira Filho,Milton; Coll,Elisabeth; Y
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.18%
OBJETIVO: Avaliar o efeito da aplicação de um protocolo gerenciado de manutenção de potenciais doadores falecidos de múltiplos órgãos em duas unidades hospitalares. MÉTODOS: Estudo antes (Fase 1)/depois (Fase 2) realizado em dois hospitais gerais que incluiu, consecutivamente, os potenciais doadores ingressados em duas unidades de terapia intensiva. Na Fase 1 (16 meses), os dados foram coletados retrospectivamente e as medidas de manutenção do potencial doador foram instituídas a critério do intensivista. Na Fase 2 (12 meses), a coleta de dados foi prospectiva e a manutenção foi guiada por um protocolo gerenciado. As duas fases foram comparadas entre si de acordo com variáveis demográficas, variáveis fisiológicas no diagnóstico da morte encefálica e ao final do processo, tempo necessário para realização do exame confirmatório de morte encefálica e final do processo, aderência aos conjuntos de medidas essenciais de manutenção (pacotes), perdas por parada cardíaca, perdas por negativa familiar, perdas por contraindicação e taxa de conversão de potenciais doadores em doadores reais. Foram aplicados os testes de t-Student e do qui-quadrado, e o valor de p<0,05 foi considerado significativo. RESULTADOS: Identificaram-se 42 potenciais doadores (18 na Fase 1 e 24 na Fase 2). Houve diminuição do tempo entre a primeira exploração clínica e o explante (Fase 1: 35...

Perfil de doadores efetivos do serviço de procura de órgãos e tecidos

Rodrigues,Simey de Lima Lopes; Ferraz Neto,Jose Ben-Hur de Escobar; Sardinha,Luiz Antonio da Costa; Araujo,Sebastião; Zambelli,Helder Jose Lessa; Boin,Ilka de Fátima Santana Ferreira; Athayde,Maria Valeria de Omena; Montone,Eliete Bombarda Bachega; Panu
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.4%
Objetivo: Caracterizar o perfil dos doadores efetivos de órgãos e tecidos além de conhecer quais órgãos e tecidos foram doados para transplantes. Métodos: Estudo quantitativo, descritivo, exploratório e retrospectivo, analisando-se os dados de prontuários de 305 doadores, entre janeiro de 2006 a dezembro de 2010, os quais foram submetidos à análise descritiva com confecção de tabelas de frequência, medidas de posição (média, mínimo e máximo) e dispersão (desvio-padrão) para os dados de caráter social e clínico. Resultados: Houve predomínio de indivíduos brancos (72%), do gênero masculino (55%), idade entre 41 e 60 anos (44%), sendo a principal causa de morte encefálica o acidente vascular encefálico (55%). Quanto aos antecedentes, 31% foram classificados na categoria de sobrepeso, seguidos de hipertensão arterial sistêmica (27%) e o diabetes mellitus encontrado em apenas 4,3% dos doadores. O uso de drogas vasoativas esteve presente em 92,7% dos doadores, e a principal droga utilizada foi a noradrenalina (81,6%). A hiperglicemia e a hipernatremia foram encontradas em 78% e em 71% dos doadores...

Aspectos da distribuição de tecidos músculo-esqueléticos de um banco de tecidos

Granjeiro,Roney Campos; Souza,Bruno Gonçalves Schröder e; Antebi,Uri; Honda,Emerson Kiyoshi; Guimarães,Rodrigo Pereira; Ono,Nelson Keiske; Polesello,Giancarlo Cavalli; Ricioli Junior,Walter
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.28%
OBJETIVO: Avaliar as características da distribuição desses por um Banco de Tecidos no Brasil. MÉTODOS: Base de dados do Banco de Tecidos entre setembro de 2006 e junho de 2008. Características dos receptores foram tabuladas. Os tipos de tecidos processados foram: cabeças femorais, osso metafisio-epifisário, osso cortical, ossos curtos ou chatos e tendões. O destino dos enxertos foi analisado. Frequências das distribuições foram obtidas e analisadas. RESULTADOS: Foram distribuídas 734 unidades tecidos fresco-congelados, transplantadas em 683 receptores. Doadores de múltiplos órgãos originaram 97,9% dos tecidos e doadores vivos os demais. Foram transplantados 489 unidades de osso córtico-esponjoso, 137 de osso metafisio-epifisário, 44 de osso chato ou curto, 3 de tendão, 29 de osso particulado e 32 de cabeças femorais. A média de idade dos receptores foi 50,3 anos, sendo 59,5% do sexo feminino e 40,5% do masculino. Os tecidos foram destinados para uso ortopédico em 21,1% dos casos e buco-maxilo-facial, em 78,9%. CONCLUSÃO: O Banco de Tecidos aumentou o número de distribuições em resposta à demanda crescente de tecidos, principalmente para uso em cirurgia buco-maxilo-facial.

Alterações fisiológicas da morte encefálica em potenciais doadores de órgãos e tecidos para transplantes

Freire,Sarah Gabriel; Freire,Izaura Luzia Silvério; Pinto,Juliana Teixeira Jales Menescal; Vasconcelos,Quinidia Lúcia Duarte de Almeida Quithé de; Torres,Gilson De Vasconcelos
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86.26%
Objetivou-se descrever as alterações fisiológicas da morte encefálica em potenciais doadores de órgãos e tecidos para transplantes. Estudo exploratório descritivo com dados prospectivos e abordagem quantitativa realizado nas unidades de emergência e terapia intensiva adulto de um hospital de Pernambuco no período de abril a outubro de 2011. A população constou de 32 potenciais doadores de órgãos e tecidos para transplantes. Após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, os dados foram coletados, tabulados e analisados pela estatística descritiva pelo software SPSS 15.0 e apresentados em forma de tabelas. As alterações fisiológicas foram: hipotensão arterial (100%), hipotermia (75,0%), hipernatremia (62,5%), diabetes insipidus (37,5%), hiperglicemia (32,3%), infecção (25,0%), hipertensão arterial (9,4%) e úlcera de córnea (3,1%). Acredita-se que o conhecimento dessas alterações possibilita à equipe de saúde direcionar o cuidado ao potencial doador segundo as suas necessidades e, assim, manter o órgão/tecido viável para transplante.

Atuação e o conhecimento dos profissionais de enfermagem quanto a morte encefálica e manutenção do potencial doador de órgãos e tecidos para transplantes

Vasconcelos, Quinidia Lúcia Duarte de Almeida Quithé de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.41%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Ao longo dos anos, o transplante de órgãos e tecidos tornou-se uma importante alternativa para o tratamento de algumas doenças consideradas em estágio terminal. Assim, para a efetivação do processo de transplante, torna-se necessário fornecer um tratamento adequado ao potencial doador de órgãos e tecidos com o intuito de prevenir disfunções orgânicas e manter o padrão hemodinâmico durante o processo de doação de órgãos. Nesse sentido, o estudo tem como objetivo geral analisar a atuação e o conhecimento dos profissionais de enfermagem quanto à morte encefálica e manutenção do potencial doador de órgãos e tecidos para transplante. Trata-se de um estudo exploratório descritivo, com abordagem quantitativa, desenvolvido entre agosto e setembro de 2010, sendo parte integrante do projeto Fatores determinantes da qualidade da assistência do processo de doação de órgãos sólidos para transplante no Estado do Rio Grande do Norte . Realizou-se o estudo nas unidades de emergência e terapia intensiva de um hospital da rede pública de saúde, credenciado pelo Sistema Nacional de Transplante. A amostra foi composta por dois públicos-alvos: 55 profissionais de enfermagem e 65 potenciais doadores. O estudo obteve parecer favorável do CEP/HUOL (CAAE 007.0.294.000-10). A coleta de dados foi realizada mediante dois instrumentos de pesquisa: com os profissionais de enfermagem...

Recusa de doação de órgãos e tecidos para transplante relatados por familiares de potenciais doadores; Negación de donación de órganos y tejidos para transplante relatados por familiares de potenciales donadores; Reasons for the family members' refusal to donate organ and tissue for transplant

MORAES, Edvaldo Leal de; MASSAROLLO, Maria Cristina Komatsu Braga
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.31%
OBJETIVO: Conhecer a percepção de familiares de potenciais doadores sobre os motivos de recusa para doação de órgãos e tecidos para transplante. MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, na vertente fenomenológica, modalidade "estrutura do fenômeno situado". Participaram do estudo oito familiares que recusaram a doação dos órgãos e tecidos. RESULTADOS: Após análise das entrevistas, foram revelados dez motivos de recusa, considerados pelos familiares. CONSIDERAÇÕES FINAIS: As proposições que emergiram revelaram que os motivos de recusa familiar para doação de órgãos e tecidos estão relacionados à crença, valores e inadequações no processo de doação e transplante.; OBJETIVO: Conocer la percepción de familiares de potenciales donadores sobre los motivos de su negación para la donación de órganos y tejidos para transplante. MÉTODOS: Se trata de una investigación cualitativa, en la vertiente fenomenológica, modalidad "estructura del fenómeno situado". Participaron del estudio ocho familiares que se negaron a la donación de órganos y tejidos. RESULTADOS: Después del análisis de las entrevistas se revelaron diez motivos de negación expuestos por los familiares. CONSIDERACIONES FINALES: Las proposiciones que emergieron revelaron que los motivos de la negativa familiar para la donación de órganos y tejidos están relacionados a la creencia...

Doação de medula óssea na perspectiva de irmãos doadores; Donación de médula ósea en la perspectiva de hermanos donadores; Bone Marrow Donation from the Perspective of Sibling Donors

Oliveira-Cardoso, Érika Arantes de; Santos, Manoel Antônio dos; Mastropietro, Ana Paula; Voltarelli, Júlio César
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
86.15%
This study aimed to characterize the sociodemographic profile of sibling bone marrow donors and to describe how they perceive the donation. This was a descriptive, exploratory and longitudinal study. Participants were 20 related bone marrow donors, between 18 and 42 years of age (mean=30.5 years, sd=7.47). Interviews were held before and immediately after the donation. Sociodemographic data were subject to descriptive statistical analysis and qualitative data to categorical content analysis. In the interviews held before the donation, stressor events were the sibling’s disease and treatment and the responsibility of being the donors. During the interviews after the donation, the following were mentioned: anxiety on the day before and on the day of the donation, pain the following day, and acknowledgement of the health team’s support as a facilitator of the donation process. In view of the findings, it is important for the team to outline intervention strategies to meet to the donors’ specific needs.; Este estudo objetivou caracterizar o perfil sociodemográfico e descrever a percepção de irmãos doadores de medula óssea acerca da doação. Trata-se de estudo descritivo, exploratório e com recorte longitudinal. Participaram 20 doadores relacionados de medula óssea...

Anencephalic children and organ donation: ethical and legal issues in Brazil; Crianças anencefálicas e doações de órgãos: questões legais e éticas no Brasil

Carvalho, Fabiana Iglesias de; Miziara, Carmen Silvia Molleis Galego
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ART. Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.08%
O objetivo dessa monografia é avaliar o desafio médico, jurídico e ético conferido pela anencefalia ao debate sobre a utilização de órgãos provenientes de neonatos anencéfalos para fins de transplante sob o ponto de vista bioético no Brasil. Os métodos utilizados para a realização deste estudo foram o método descritivo e exploratório; e a técnica bibliográfi ca foi realizada a partir de livros, revistas, artigos científicos e periódicos. A anencefalia, um grave defeito embrionário do sistema nervoso central, tem sido alvo de incitados debates em diversos setores da sociedade brasileira surgindo destes, diversas questões: i) Recém-nascidos com anencefalia podem ser considerados como pessoas?; ii) eles são potenciais doadores de órgãos?; iii) em caso afirmativo, em que circunstâncias?; iv) a definição de morte ou de morte encefálica pode ser alterada?; v) se deve ser praticado o suporte intensivo de vida para recém-nascidos com anencefalia? Deve ser apoiada a prática intensiva para a manutenção da vida de recém-nascidos com anencefalia? vi. Como devem ser determinadas prioridades neonatais em unidades com recursos limitados? Com isso o presente trabalho tem como finalidade debater acerca do anencéfalo enquanto doador de órgãos...