Página 1 dos resultados de 6165 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Gêneros da divulgação científica na Internet; Scientific divulgation genres at the internet

Ferraz, Flavia Silvia Machado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
O objetivo principal desta pesquisa é analisar gêneros da divulgação científica na internet. Para isso, a pergunta de pesquisa que se coloca é: de que forma o discurso de divulgação científica é constituído na internet, especificamente nos gêneros artigo e reportagem, por meio das relações dialógicas hipertextuais estabelecidas pela utilização dos links eletrônicos. Sob a luz da teoria do círculo de Bakhtin, foram utilizadas como categorias conceituais as noções de interação verbal, enunciado, esfera, dialogismo e gêneros do discurso. Entendendo a DC como parte do complexo processo da esfera da ciência, ao lado de outros tipos de divulgação, tal como o jornalismo científico, no âmbito da linguagem, ela se constitui como prática discursiva que transita entre diferentes esferas, como a científica, jornalística e escolar. Partindo do pressuposto de que a internet configurase como conjunto de esferas, bem como da noção de hipertexto como uma das formas de relações dialógicas estabelecidas entre enunciados por meio dos links eletrônicos, buscou-se verificar o papel destes na constituição dos gêneros digitais artigo e reportagem de divulgação científica. A partir da análise dos diferentes tipos de remissões hipertextuais encontradas...

Divulgação científica como literatura e o ensino de ciências.; Scientific spreading as literature and the science teaching.

Pinto, Gisnaldo Amorim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.5%
Esta tese versa sobre as potencialidades da divulgação científica como literatura para o ensino de ciências. Fundamenta-se em autores que contribuem para problematizar a divulgação científica, como Ana Maria Sanchéz Mora, José Reis, João Zanetic, Mônica Teixeira e Ângelo Machado. Fundamenta-se, também, nos pressupostos de uma educação humanizadora e ancora-se, quanto a esse aspecto, nas contribuições de Paulo Freire. Para reflexão sobre o resgate do sentido do trabalho escolar, foram fundamentais as contribuições de Bernard Charlot. A partir das reflexões geradas pelo diálogo com a bibliografia consultada, a discussão prioriza obras que têm como centralidade uma concepção de ciência pautada pela presença de contradições e conflitos, uma ciência inserida no plano da cultura e compreendida como processo vivenciado por cientistas - sujeitos também inseridos em contextos - uma ciência, portanto, marcada por dilemas humanos. Diferenciando a divulgação científica canônica da divulgação científica não canônica, este trabalho realiza uma análise de narrativas presentes em obras não canônicas de literatura, a saber, 2001- odisséia no espaço, de Arthur Clarke, O dilema do bicho-pau, de Ângelo Machado...

Discurso de divulgação científica e efeito-leitor: o apagamento de si e de leituras possíveis; Popular Science Discourse and Reading-Effect: withdrawing itself and possible readings

Marangoni, Elaine
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
O Discurso de Divulgação Científica sobre a saúde pública que circula em revistas como a Scientific American atinge um público amplo, que inclui leitores especialistas (cientistas, profissionais de saúde) e não especialistas (que denominamos como leigos). Em detrimento do Discurso Científico, um novo discurso desliza para produzir sentidos que se incorporam e se regulam através de um olhar de autoridade, que é o dos meios de comunicação. Para esta pesquisa, selecionamos um tema sobre a saúde, que afeta a população mundial, a obesidade, discursivizada pela revista Scientific American. A revista pretende, de forma didática, transmitir uma informação, criando para o leitor a ilusão de democratização dos saberes produzidos no meio científico. A simplificação de termos, a repetição de palavras, o silêncio, a heterogeneidade são marcas linguísti cas que buscamos analisar no discurso de divulgação científica, entendido, aqui, como jornalismo científico. Como resultado, podemos dizer que a responsabilidade educacional nos aspectos que tangem à ciência tem dividido espaço com outra esfera, a mídia, que recorta o que lhe interessa de um contexto maior, a ciência, e enxerta em páginas diagramadas e repletas de figuras coloridas que chamam a atenção de crianças...

O discurso de divulgação científica : um espaço discursivo intervalar

Grigoletto, Evandra
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
O presente trabalho investiga o funcionamento do discurso de Divulgação Científica, tomando como corpus de análise as revistas Superinteressante e Ciência Hoje. Partindo da concepção de ciência enquanto prática social e ideológica e tendo como referencial teórico a Análise de Discurso de linha francesa, a preocupação central dessa investigação está pautada no modo como os diferentes sujeitos - o cientista, o jornalista e o leitor - se movimentam, isto é, se constituem no discurso de Divulgação Científica, sendo interpelados tanto pelo poder/verdade da ciência quanto pelo poder/verdade da mídia. Para investigar, então, o funcionamento de tal discurso, a tese está dividida em seis capítulos. O primeiro capítulo aborda a concepção de ciência, de forma a marcar os limites entre a ciência e a não-ciência, bem como trata dos deslocamentos sociais produzidos a partir do conhecimento científico. Entre esses deslocamentos, está o Jornalismo Científico e, por sua vez, o discurso de Divulgação Científica, que também é caracterizado nesse primeiro capítulo. No segundo capítulo, trava-se um diálogo entre três autores: Mikail Bakhtin, Michel Foucault e Michel Pêcheux, havendo um destaque para Pêcheux...

Aplicações audiovisuais interativas sobre a divulgação científica: uma experiência para TV com o programa Física na prática

Lopez, Rene Rodriguez
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 69 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
Pós-graduação em Televisão Digital: Informação e Conhecimento - FAAC; Inaugurada oficialmente em 2007, mas ainda em implementação em muitas cidades, a TV Digital brasileira surge como uma nova forma de se pensar e se produzir para esta nova TV. Indo além das transmissões em alta definição de imagens e som, faz-se necessária uma discussão do uso dos recursos disponíveis através desta tecnologia, como a interatividade. Uma vez que a TV passa a ser uma grande central de dados passíveis de processamento, abre-se um leque de possibilidades na construção de conteúdos audiovisuais interativos. No que tange a esta pesquisa, buscase um estudo para aplicação de recursos em narrativas para TV. Como produto de experimento foi escolhido o formato divulgação científica para aplicação destes recursos interativos audiovisuais. Por divulgação científica podemos entender a comunicação da Ciência em seu sentido amplo para um público não especializado. Assim, através dos recursos interativos em uma obra audiovisual de divulgação científica têm-se opções para o tratamento da informação de modo a facilitar a cognição, que por sua vez é desafio primordial do formato, elucidando o desconhecimento e permitindo que o público faça as conexões pertinentes para o entendimento. Desta maneira...

Divulgação Científica em Assessorias de Comunicação : o caso da Fapesp; Scientific Outreach in Communications offices : the case of Fapesp

Leila Cristina Bonfietti Lima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
As instituições de pesquisa e agências de fomento estão cada vez mais conscientes sobre a importância da divulgação da produção científica brasileira para a formação de uma cultura científica no país. A formação de jornalistas especializados na cobertura de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) e a profissionalização das assessorias de comunicação têm sido fundamentais para a ampliação e a melhoria da qualidade da divulgação científica nos meios de comunicação. Este é o caso do setor de comunicação científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), criado em 1995, e que desde então vem aprimorando suas atividades de divulgação e influenciando outras agências de fomento do país, pautadas pela sua experiência. Examinar o trabalho de comunicação integrada da Fapesp, cuja atuação tem contribuído na consolidação da imagem da Fundação é o objetivo principal deste trabalho. Trata-se de um Estudo de Caso, que utiliza a técnica da Análise de Conteúdo, com apoio da pesquisa bibliográfica, documental e entrevistas semi-estruturadas. A pesquisa é de natureza qualitativa, combinada com o método quantitativo para ilustrar algumas das informações. Os resultados da pesquisa indicam que a divulgação científica realizada pelo setor de comunicação da Fapesp está em processo contínuo de aperfeiçoamento e tem sido fundamental para a consolidação da imagem institucional. Os diferentes veículos e abordagens (revista Pesquisa Fapesp...

Modelos em divulgação científica e internet no Brasil : que caminhos?; Science communication models and internet in Brazil : what ways?

Meghie de Sousa Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
O intuito que motivou esta pesquisa foi, em um escopo mais alargado, perceber em que medida a divulgação científica está mudando com o uso da Internet no Brasil. Mais especificamente, perceber como os modelos de comunicação pública da ciência se confluem no espaço digital e, perceber se, com o advento das tecnologias em rede, estaria surgindo um novo modelo para além das noções de déficit, diálogo e participação em divulgação científica (TRENCH, 2008) como se conhece hoje. Os caminhos apontados pelo estudo, no entanto, fizeram com que se chegasse a outras avaliações, mais interessantes do que o que o plano inicial poderia prever. Ao invés de fazer uma correspondência entre teoria e prática, modelo e aplicação através de uma análise discursiva dos manuais de divulgação científica (para observar como materializam a ideia de "modelo de comunicação pública de ciência") e da análise de páginas na Internet para saber como déficit, diálogo e participação se manifestam na prática, foi possível revisitar e colocar alguns questionamentos sobre a própria noção de "modelo" e tomar o mapeamento de campo também como problema. A partir daí, foi possível sugerir que o conceito de modulação, de Gilles Deleuze (2000) pode ser um caminho interessante para ajudar a pensar estes modelos...

Ações de divulgação científica na Universidade Federal de Santa Catarina

Valério, Marcelo
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica; Neste estudo reforço a necessidade da educação científica e tecnológica de toda a população, acentuando como as complexas relações entre ciência, tecnologia e sociedade sugerem hoje um esgotamento da instância formal de educação. Exponho e construo argumentos buscando destacar a premência da divulgação científica como recurso educativo, e indico as universidades públicas como espaços privilegiados para o empreendimento dessas ações. Na pesquisa empírica, ofereço um estudo exploratório qualitativo sobre o cenário da divulgação científica na Universidade Federal de Santa Catarina. Estudo os documentos oficiais da instituição vinculando tais iniciativas às atividades desenvolvidas principalmente na forma de extensão universitária e, adicionalmente, pela estrutura de comunicação. A partir de um banco de dados institucional sobre atividades de extensão, mapeio, seleciono e descrevo as iniciativas passíveis de caracterização como ações de divulgação científica, vigentes e/ou realizadas na universidade no biênio 2004-2005. E através de entrevistas semi-estruturadas com sete profissionais da instituição...

Leituras de divulgação científica na formação inicial de professores de ciências

Nacimento, Tatiana Galieta
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: T Formato: xiii, 232 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.59%
Tese (doutorado] - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-graduação em Educação Científica e Tecnológica; Esta pesquisa de doutorado tem como objetivo central investigar as leituras feitas por licenciandos de textos de divulgação científica no contexto de suas pré-regências e regências desenvolvidas na disciplina Prática de Ensino das Ciências Biológicas. A tese aqui defendida está relacionada à idéia de que textos de divulgação científica podem propiciar leituras críticas das relações entre ciência, tecnologia e sociedade em sala de aula desde que o professor esteja alinhado a uma concepção educacional progressista crítica. Sendo assim, a pesquisa conta com o referencial teórico metodológico da Análise do Discurso de linha francesa e a filosofia de Paulo Freire para analisar aspectos como: as condições de produção das aulas, os modos de leitura e os gestos de interpretação, as re-elaborações discursivas (tanto as escritas como as orais), imagens, usos e funções dos textos de divulgação científica. Foram analisadas um total de sete aulas nas quais foram observados aspectos relacionados aos processos de re-elaboração discursiva textuais ou orais que destacam a relevância do licenciando como mediador do texto de divulgação científica em sua introdução em sala de aula. Além disso...

A divulgação científica em Portugal: do lado da produção

Machado, Fernando Luís; Conde, Idalina
Fonte: CIES-ISCTE / CELTA Publicador: CIES-ISCTE / CELTA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /10/1988 POR
Relevância na Pesquisa
66.49%
Neste artigo faz-se uma análise sociológica da divulgação científica em Portugal, de 1974 a 1986. Para isso, utiliza-se um modelo de análise que considera a divulgação científica como um campo especifico de práticas sociais configurado por três tipos principais de lugares - a comunidade científica, os media e os editores. A análise faz-se em três momentos: no primeiro, referem-se os trajectos e as disposições de que são portadores os vários protagonistas do campo; o segundo momento diz respeito às relações que entre eles se estabelecem no interior e entre os vários lugares do campo e às linhas de clivagem que caracterizam essas relações; finalmente, analisam-se alguns indicadores empíricos de concepções e práticas de divulgação desenvolvidas a partir desses diferentes lugares.; In this article we find a sociologic analysis of the production of scientific popularization in Portugal, from 1974 to 1986. For this purpose, a model of analysis is used which considers scientific popularization as a specific area of social practices configured by three main types of position - the scientific community, the media and the publishers. This analysis goes through three moments: the first one refers to the trajectories and dispositions of the different protagonists; the second one is about the relations established among them inside and between the different positions of the area and the clivages characterizing those relations; finally there is an analysis of some indicators of popularization conception and practices.; Dans cet article on fait une analyse sociologique de la production de vulgarisation scientifique au Portugal...

Legibilidade de revistas eletrônicas de divulgação científica

Macedo-Rouet,Mônica
Fonte: IBICT Publicador: IBICT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
Examina a utilização que fazem revistas de divulgação científica das tecnologias hipermídia. Em uma série de dois estudos, analisamos a argumentação e as condições de legibilidade de um conjunto de textos e hipertextos de seis revistas internacionais e avaliamos a compreensão de um hipertexto de divulgação científica através de um estudo experimental de leitura. Os resultados mostram que as revistas não levam em conta recomendações da pesquisa em ergonomia da hipermídia e que os hipertextos podem induzir mudanças de argumentação. Nosso estudo experimental mostrou efeitos significativos de redução da compreensão e de aumento da percepção carga cognitiva na condição de leitura do hipertexto. Concluimos que a legibilidade das revistas eletrônicas de divulgação científica é, no estado atual da arte, insatisfatória, mas pode ser melhorada, caso as revistas sigam critérios oriundos da pesquisa experimental sobre o tema. Os resultados desta pesquisa podem orientar conceptores de revistas de divulgação científica em suas decisões sobre a elaboração de versões on-line.

A divulgação científica no Rio de Janeiro: algumas reflexões sobre a década de 1920

Moreira,Ildeu de Castro; Massarani,Luisa
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2001 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
Neste artigo, fazemos um levantamento das atividades de divulgação científica desenvolvidas no Rio de Janeiro, na década de 1920, e discutimos as principais características das mesmas. No período, houve engajamento significativo de cientistas e acadêmicos nessas atividades. Como fio condutor, buscamos responder algumas questões básicas: Quais as principais características da divulgação científica feita na época? Quais os principais atores desse processo de divulgação científica? Como eles se organizaram? Quais os meios e instrumentos que utilizaram? Fizemos também uma análise geral das motivações, dos interesses e das perspectivas filosóficas e políticas da ciência naquela época, que se refletiram no tipo de divulgação científica produzida.

A revista Ciência Hoje das Crianças no letramento escolar: a retextualização de artigos de divulgação científica

Almeida,Sheila Alves de; Giordan,Marcelo
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
Este trabalho trata da compreensão de como o discurso das crianças (re)produz artigos da revista Ciência Hoje das Crianças na sala de aula. Para tanto, foi analisado um episódio em que as crianças relatam textos lidos. A perspectiva teórico-metodológica de análise inspira-se nas concepções de Bakhtin acerca da interação verbal e na análise microgenética. Foram registradas cenas de trabalho em aulas de ciências com crianças na faixa etária entre 9 e 10 anos (4º ano do Ensino Fundamental) de uma escola pública da rede municipal da cidade de Belo Horizonte. Observou-se que os discursos das crianças contêm aspectos da linguagem de divulgação científica e da oralidade. A forma de organização da aula em torno de uma revista de divulgação científica, em suporte original, resultou em retextualizações com evidências sobre a compreensão dos textos de divulgação científica, seja por suas características informativas, seja por sua natureza narrativa. Além disso, a análise da interação entre oralidade e escrita na atividade de relato de leitura evidenciou que as crianças utilizam os textos de divulgação científica ora como prática discursiva, ora como objeto, o que foi relacionado ao desenvolvimento da competência de metalinguagem. Nessa perspectiva...

O letramento escolar e os textos da divulgação científica - a apropriação dos gêneros de discurso na escola

Rojo,Roxane
Fonte: Universidade do Sul de Santa Catarina Publicador: Universidade do Sul de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
Neste ensaio, define-se letramento escolar na perspectiva dos letramentos múltiplos e situados e, a partir de uma discussão sobre os textos da divulgação científica, caracterizam-se brevemente, na perspectiva bakhtiniana, alguns dos gêneros discursivos da divulgação científica didatizados na escola (verbetes, artigos, reportagens). Entendendo o processo de apropriação de gêneros discursivos como um aspecto importante das práticas e dos processos de letramento escolar, o ensaio, em sua segunda parte, traz uma análise de como este processo de apropriação dos gêneros da divulgação científica se dá nas salas de aula, a partir de seminários realizados por alunos do Ensino Fundamental II (EFII). Os resultados indicam que, embora muito presentes nos livros e práticas discursivas escolares, os textos da divulgação científica não são efetivamente abordados no ensino, e sua apropriação se faz por imersão, colocando especialmente problemas em relação às linguagens especializadas.

A divulgação científica nas universidades do Grande ABC: inovações ou repetição de formatos?

CARMO, Vanessa Aparecida do
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Tese ou dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Dissertação apresentada ao Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Municipal de São Caetano do Sul para a obtenção do título de Mestre em Comunicação; A divulgação científica é tão antiga quanto a própria ciência e, ao longo da História, os formatos de divulgação foram evoluindo, acompanhando o progresso das ciências e da tecnologia. Hoje existem variadas formas de levar conhecimentos científicos à população para que esta possa utilizá-los em sua realidade, atividades cotidianas e tomadas de decisão que envolvam a família, a comunidade ou a sociedade como um todo. As Universidades, geradoras de conhecimento e propulsoras de pesquisa, têm importante papel na divulgação científica e fortalecimento desta cultura. O presente trabalho buscou investigar a atuação das Universidades do Grande ABC (Universidade Metodista de São Paulo, Universidade Municipal de São Caetano do Sul e Universidade Federal do ABC) no cenário da divulgação científica. O problema da pesquisa está em encontrar as ações de comunicação realizadas pelas universidades para essa atividade. Por meio de pesquisa exploratória, de natureza qualitativa, com utilização da análise documental e entrevistas com Pró-Reitores de Pesquisa...

Fauna brasileira retratada na literatura infantil : instrumento para a divulgação científica; Brazilian fauna portrayed in children's literature : instrument for scientific communication

Graziele Aparecida de Moraes Scalfi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.57%
O objetivo principal deste estudo é analisar os livros infantis como instrumento para divulgação científica, em especial os livros com potencial para divulgar a fauna brasileira, e contrapor-se ao livro Mami o quê? - um título infantil e interativo sobre os mamíferos brasileiros, por meio de um estudo de recepção com crianças de 3 a 6 anos do Centro de Convivência Infantil (CECI) da Unicamp. Acredita-se que, quando bem estruturados, os livros infantis podem ser excelentes aliados na divulgação da ciência e que eles podem sensibilizar, desde cedo, o público em relação ao tema, favorecendo a popularização científica e a consolidação de uma cultura científica na sociedade. A leitura é um convite para a criança pensar e fazer novas perguntas, logo, um livro de divulgação científica para crianças não deve ser um tratado sobre um tema científico nem um livro de estudo. A criança não deve se sentir obrigada a ler, mas sim cativada. Adicionalmente, o Brasil é um dos países com maior diversidade biológica do planeta e, ainda assim, a fauna e a flora nativas são pouco conhecidas pela população brasileira. Um dos fatores que contribuem para este cenário é a influência que a mídia exerce pela veiculação de desenhos animados...

A dinâmica da divulgação científica em blogs de jornalistas e cientistas brasileiros

Sandrini, Rafaela
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 456 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Jornalismo, Florianópolis, 2014.; A internet e as novas tecnologias de comunicação vêm provocando mudanças significativas na difusão da ciência. Uma das grandes características desse novo cenário é a comunicação no modelo todos-todos que permite a qualquer pessoa produzir e publicar conteúdo na rede. É a chamada liberação do polo emissor. Todos nós podemos ser emissores e receptores de informação. Assim, no novo meio, os jornalistas não estão sozinhos na atividade de levar informações de ciência ao público. Eles dividem espaço e a atenção do público com diversos outros atores que também difundem informação sobre o âmbito científico, entre eles os próprios cientistas e pesquisadores. Se até então os jornalistas detinham o poder de determinar a forma como as informações científicas chegariam ao público, agora as próprias fontes de informação têm a possibilidade de fazer isso. E dentre as várias iniciativas de difusão científica disponíveis na internet, os blogs têm sido bastante usados tanto por jornalistas, quanto por cientistas, na busca por novos modelos de divulgação científica. Diante desse contexto...

Divulgação científica e tecnológica: interação entre agentes do processo

Manso, Bruno Lara de Castro
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; BR; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; BR; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.51%
The interaction between the professional dissemination of science and technology (TSD) and the scientist is one of the key aspects of the process involved in the public communication of science. The importance of this theme stimulated the development of this dissertation, which focuses on the study of the relationship between these two professional groups, considering the different configurations of both contexts. The intention here is to contribute to a better understanding of the subject, thus minimizing the friction between such characters, as repeatedly pointed out in the literature, and thus allowing the TSD enjoy a solid and satisfactory development. Initially, to clarify the boundaries of the activities performed by the actors involved, one addresses here the conceptualization of terms associated with the TSD and with scientific research. The paper goes deeper into the main topic when it analyzes theoretical discussions which point to some obstacles to the development of science dissemination. In summary, arguments about barriers to TSD may be divided into two main types: a) a sizable portion of scientists believes disclosure as practical without importance for the S & T system, because the social function of this area is still not adequately appreciated...

Writing practices: scientific diffusion texts in a portuguese course book; Práticas de escrita: texto de divulgação científica em livro didático de português

Rocha, Regina Braz da Silva Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.5%
The objective of this article is to show how the production of scientific diffusion texts from a Portuguese textbook used in high schools is taught. The research questions are: (1) how is the scientific diffusion sphere presented to the student? (2) Which is the linguistic-discursive treatment that the authors offer to lead the student to the production of scientific diffusion texts? (3) How do these procedures help improve writing in the most varied genres in the scientific sphere? A didactic activity involving written production of a text for scientific diffusion from the textbook series Português: contexto, interlocução e sentido was chosen. The analysis is based on the concept of text as postulated by Bakhtin and the Circle, for whom the text is a real unit of discursive communication. The result shows that the activity does not materialize the Bakhtinian theoretical bases adopted in the teacher’s manual. In the dialogic perspective, in order to insert the student in the writing practices of scientific texts, it is necessary to make him/her take on the role of reader of journals and specialized magazines, as well as the role of scientist/researcher.; O objetivo deste artigo é mostrar como se ensina a produzir textos de divulgação científica em um livro didático de português do ensino médio. As questões orientadoras são: (1) como a esfera de divulgação científica é apresentada para o aluno? (2) Qual é o encaminhamento linguístico-discursivo oferecido pelos autores para levar o aluno à produção de textos de divulgação científica? (3) Como tais procedimentos auxiliam o aprimoramento da escrita nos mais diferentes gêneros da esfera científica? Selecionou-se uma atividade didática de produção escrita de texto de divulgação científica da coleção Português: contexto...

A divulgação científica produzida por cientistas: contribuições para o capital cultural; The scientific popularization produced by scientists: contributions to the cultural

Watanabe, Graciella
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.51%
Ao se deparar com a temática divulgação científica, observa-se um multifacetado olhar sobre seus sentidos. No desenvolvimento do presente trabalho, identificou-se que tal aspecto pode estar relacionado com a diversidade de atividades que cercam as ações de divulgar. Optou-se, então, por um olhar particular, focado na divulgação científica desenvolvida por cientistas, em seus espaços próprios de produção, buscando compreender os anseios desses atores sociais ao tratarem de temáticas contemporâneas da física para o público geral. Tal processo de reflexão se deu na dimensão sociológica dos estudos de Pierre Bourdieu, com a preocupação do desvelamento das percepções simbólicas e objetivas que permeiam os discursos e as ações práticas desses profissionais no campo científico. Para além dessa dimensão, acrescentaram-se, também, as dimensões educacionais que são negociadas nessas interações e que se relacionam a novas abordagens da ciência no espaço escolar. Desenvolveu-se uma prática reflexiva de pesquisa, cuja ação metodológica pautou-se na condução de ação direta no campo estudado, de modo, a fazer dialogar ou confrontar os dados empíricos com a teoria. Nesse sentido, foi analisado um Masterclasses...