Página 1 dos resultados de 534 itens digitais encontrados em 0.039 segundos

Estresse e distúrbios do sono no desempenho de professores: saúde mental no trabalho

Valle, Luiza Elena Leite Ribeiro do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.34%
O trabalho é um recurso de integração social que favorece o desenvolvimento pessoal e traz benefícios importantes, mas diante de fortes tensões pode gerar transtornos mentais, somáticos, sociais e estresse. O estresse interfere no desempenho, nas relações sociais e no sono. O equilíbrio entre as atividades diárias de trabalho e o sono é essencial para a saúde mental, merecendo cuidados especiais quando o trabalhador exerce influência na educação de pessoas, como ocorre com o professor. O objetivo desta pesquisa é investigar a presença de sintomas de estresse e a qualidade do sono de professores da rede pública de Poços de Caldas, buscando correlação com o padrão ocupacional. A pesquisa estudou uma população de 165 professores de Poços de Caldas, através do ISS-LIPP, do PSQI-BR e do QFEP, para avaliar o impacto do estresse na saúde do professor e na qualidade do sono. Os dados revelaram que 59% dos professores apresentaram estresse, a maioria na fase de resistência (39%) e com prevalência do estresse psicológico. Além disso, indicaram que 46,7% dos professores são maus dormidores, evidenciando associação entre os sintomas físicos e psicológicos de estresse e o sono. As mulheres, parcela predominante da população estudada (88...

Avaliação do tabagismo e distúrbios de sono após transplante alogênico de células tronco hematopoiéticas

Faulhaber, Gustavo Adolpho Moreira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.5%
O transplante de células tronco hematopoiéticas (TCTH) é uma terapia bem estabelecida para o tratamento de diversas doenças hematológicas benignas e malignas, sendo amplamente realizado em vários países, inclusive no Brasil. Com a sobrevivência dos pacientes transplantados por tempo longo, verifica-se o desenvolvimento de complicações tardias, geralmente causadas pelo uso prévio de quimioterapia, radioterapia, imunossupressores, ou ainda por distúrbios imunológicos específicos desta população. Estudos prévios estabeleceram quais os principais fatores determinantes de tais complicações, bem como os principais órgãos acometidos e rotinas especiais para o acompanhamento desses pacientes. Estudos nacionais envolvendo complicações tardias do TCTH, bem como seu impacto na qualidade de vida e no auto-cuidado dos pacientes são escassos.Com objetivo de estudar a associação do TCTH com alguns aspectos de qualidade de vida, foi realizado estudo transversal e de coorte retrospectiva com pacientes submetidos ao TCTH no Hospital de Clínicas de Porto Alegre há mais de um ano. Distúrbios do sono e tabagismo pós-transplante foram avaliados nesta população, além de possíveis fatores associados. Foram entrevistados 61 pacientes...

Dimensões da sonolência e suas correlações com os transtornos respiratórios do sono na apneia do sono leve; Dimensions of sleepiness and their correlations with sleep-disordered breathing in mild sleep apnea

Martinez, Denis; Lumertz, Magali Santos; Lenz, Maria do Carmo Sfreddo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.36%
ResumoObjetivo: Há muitas formas de avaliação da sonolência, a qual possui diversas dimensões. Em pacientes com um índice de apneia-hipopneia (IAH, expresso em eventos/hora de sono) limítrofe, os mecanismos da sonolência excessiva diurna (SED) permanecem apenas parcialmente esclarecidos. Nos estágios iniciais do transtorno respiratório do sono, o IAH pode estar relacionado a outras dimensões da SED ainda não exploradas. Métodos: Revisamos os resultados de polissonografia de 331 pacientes (52% do sexo masculino). A idade média foi de 40  ±   13 anos e o IAH médio de 4 ± 2 (variação, 0-9). Avaliamos dez dimensões potenciais de sonolência com base nos resultados da polissonografia e da história médica. Resultados: O IAH em sono non-rapid eye movement (NREM) estágio  1  (IAH‑-N1), em sono NREM estágio 2 (IAH-N2), e em sono REM (IAH-REM) foram, respectivamente, 6 ± 7, 3 ± 3 e 10 ± 4. O IAH-N2 se correlacionou significantemente com o maior número de dimensões de SED (5/10), incluindo o escore da escala de sonolência de Epworth (r = 0,216, p < 0,001). Análise de fatores, utilizando-se o alfa de Cronbach, reduziu as variáveis a três fatores relevantes: QUESTIONÁRIO (α = 0,7); POLISSONOGRAFIA (α = 0...

Correlação entre 6-sulfatoximelatonina, distúrbios do sono e citocinas inflamatórias em Transtornos do Espectro do Autismo (TEA)

Fadini, Cintia Cristina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 91 f.
POR
Relevância na Pesquisa
96.47%
Pós-graduação em Fonoaudiologia - FFC; O Transtorno do espectro do autismo (TEA) é um conjunto de afecções do neurodesenvolvimento que comprometem principalmente a interação social, a comunicação e o comportamento. Na sintomatologia do TEA destaca-se a alta prevalência de distúrbios severos no ritmo sono-vigília. Uma das possíveis causas de problemas na qualidade do sono em crianças seria o padrão anormal da produção de melatonina, hormônio produzido pela glândula pineal, capaz de modular a qualidade do sono, graças à sua função como transdutora da informação fotoperiódica ambiental, além disso, esta molécula é controlada por moléculas que sinalizam inflamação. O presente estudo correlaciona o conteúdo do metabólito da melatonina, 6-Sulfatoximelatonina (aMT6s) à distúrbios do sono e às citocinas TNF e IL-6 em TEA. Participaram do estudo 36 indivíduos, de ambos os gêneros, idade entre 4-18 anos (média de 9,7 +/- 4,1), divididos em Grupo pesquisa (GP): 18 indivíduos com TEA e Grupo controle (GC): 18 indivíduos controles. Dentre os indivíduos do GP, quanto ao diagnóstico, 56% apresentaram autismo, 17% PDD-NOS (Transtorno Invasivo do Desenvolvimento Sem Outra Especificação) e 28% síndrome de Asperger. Para a caracterização dos distúrbios do sono e comportamento foi utilizada a Escala de Distúrbios...; The autism spectrum disorder (ASD) is a group of neurodevelopmental disorders that involve mainly social interaction...

Disturbios do sono no transtorno de panico

Carla Renata Aparecida Vieira Stella
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.52%
OBJETIVO: O objetivo do presente estudo é avaliar os distúrbios do sono encontrados em uma amostra de pacientes com transtornos do pânico (segundo critério diagnóstico do DSM-IV). O transtorno do pânico (TP) ocorre em cerca de 3% da população. Os transtornos do sono (TS) podem ocorrer em até 70% dos pacientes com TP. Com freqüência, há dificuldade em iniciar e manter o sono. INTRODUÇÃO: O NATA ? Núcleo de Atendimento dos Transtornos de Ansiedade, foi constituído com o objetivo de atender pacientes ambulatoriais com distúrbios ansiosos. O paciente com TP queixa-se de sono não reparador, apresenta aumento no tempo de movimentação e um maior número de movimentos corporais no estágio 2. Podem ocorrer também ataques de pânicos noturnos. Estes se caracterizam por despertar abrupto com manifestações típicas de pânico.Os ataques podem ocorrer em 40% a 69% dos portadores de TP, o que corresponde a 8% ou 18% dos ataques espontâneos de pânico . Os pacientes que apresentam ataques noturnos com freqüência igual ou superior aos ataques diurnos são de 4%. A maior parte dos ataques de pânico noturnos sobrevêm 2 à 3 horas após o início do sono, no fim do estágio 2 ou início do estágio 3 . Podem também ocorrer no estágio 1...

Transtorno do deficit de atenção e hiperatividade : caracteristicas clinicas e alterações do sono; Attention deficit hiperactivity disorders symptoms and sleep disorders

Sergio Nolasco Hora das Neves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
86.56%
Esse estudo avalia a associação entre Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e distúrbios do sono para caracterizar fatores clínicos e problemas associados. No primeiro artigo nós revisamos diversas pesquisas sobre alterações do sono em crianças com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) com ou sem o tratamento com psicoestimulantes. No segundo artigo fizemos revisão de prontuários de 50 crianças e adolescentes com idade de 4 a 17 anos e consecutivo diagnóstico de TDAH sem diagnóstico de retardo mental ou transtornos invasivos do desenvolvimento. Resultados: estudos do sono têm sido realizados e anormalidades durante o sono como Síndrome das Pernas Inquietas (SPI), Movimentos Periódicos dos Membros Durante o Sono (MPMS), Distúrbios Respiratórios do Sono (DRS) podem ser responsáveis por muitos sintomas de TDAH. Crianças com distúrbios de sono nos primeiros meses de vida foram associados com desenvolvimento de sintomas de TDAH ainda na infância. Foram encontradas associações significativas entre alterações do sono e farmacoterapia (p<0,01), comorbidade (p<0,01) e maior aderência ao tratamento prescrito para sintomas de TDAH (p<0,05). Conclusões: avaliação de distúrbios do sono deve ser considerada antes de iniciar tratamento farmacológico para TDAH porque os critérios diagnósticos baseados no DSM-IV ou CID-10 não diferenciam entre crianças com ou sem distúrbios do sono. O conhecimento sobre os distúrbios do sono pode trazer uma nova oportunidade de tratamento para algumas crianças com TDAH. Serão necessárias novas pesquisas para clarear a relação entre distúrbios do sono e TDAH...

Depressão, compulsão alimentar e disturbios do sono em estudantes do terceiro ano do ensino medio e de cursos pre-vestibulares; Depression, alimentary compulsion and sleep disturbances in third-year intermediate students and students enrolled in courses for university entrance examination

Celia Regina da Silva Rocha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.54%
A adolescência é tida como um período de transição, marcado por significativas transformações nos aspectos bioquímicos, fisiológico e psicossocial, acarretando ansiedade e muita angústia, configurando-se como fatores de risco para o surgimento de algum tipo de distúrbio. Neste estudo, verificamos a ocorrência de sintomas de depressão, compulsão alimentar e distúrbios do sono em estudantes do terceiro ano do ensino médio e de curso pré-vestibular. Foi realizado um estudo transversal, descritivo. A amostra de 529 estudantes (M=241; F=288) de sete escolas públicas e privadas e dois cursos pré-vestibulares, de um bairro de classe média, da cidade de São Paulo, na faixa etária entre 16 e 19 anos. Os instrumentos utilizados foram: Inventário Beck de Depressão (BDI), Questionário sobre Padrões Alimentares e Peso - Revisado (QEWP-R) e o Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (IQSP). A análise dos dados indica maior percentual de sintomatologia depressiva no grupo feminino e entre estudantes dos cursinhos. Verificou-se a presença de indícios de compulsão alimentar com maior percentual nos estudantes das escolas particulares. Em relação aos distúrbios do sono mostram diferenças significativas no período de estudo...

Disturbios do sono em funcionarios de um hospital universitario

Montanha, Eleonora Vieira dos Santos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 286f.| il, anexo
POR
Relevância na Pesquisa
96.39%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias da Saude; Estudo transversal com objetivo de determinar as características do sono e a prevalência de distúrbios do sono entre funcionários de um hospital universitário, utilizando questionário aplicado por entrevista interpessoal em amostra probabilística, aleatória e estratificada segundo as variáveis turno de trabalho, sexo, idade e profissão. Os resultados demonstraram que a prevalência da insônia é de 27%, predominando no sexo feminino, entre plantonistas noturnos e tendendo a aumentar com a idade. Sonolência excessiva ocorre em 14,6% da amostra, associando-se significativamente apenas com o trabalho noturno. Discute sinais sugestivos de privação do sono entre plantonistas noturnos, como a maior tendência a cochilar em serviço. Sugere estratégias para minimizar os distúrbios do sono entre trabalhadores noturnos.

Distúrbios do sono : possível causa de déficit de atenção em crianças e adolescentes com Malformação de Chiari Tipo II

Henriques Filho, Paulo Sérgio Azeredo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
96.52%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2009.; Introdução: Transtornos do desempenho cognitivo podem estar relacionados a distúrbios do sono em indivíduos com malformação de Chiari tipo II (CMII). A CMII se caracteriza por baixa inserção do tentorium, herniação do conteúdo da fossa posterior, afunilamento do tectum mesencefálico e espinha bífida. Entretanto, apesar de a CMII incluir o cérebro em suas anormalidades, há um percentual de indivíduos com CMII cuja cognição e inserção social são suficientes para viverem independentemente. Nosso principal objetivo neste estudo é identificar causas, não relacionadas à malformação de Chiari tipo II, para déficit de atenção em indivíduos-casos através de comparação entre crianças com CMII e sem CMII. Métodos: Em um universo de 67 pacientes com CMII, foram selecionadas 24 crianças e adolescentes entre sete e 16 anos de idade. Após seleção dos indivíduos com CMII, foram selecionadas 24 crianças e adolescentes sem CMII que estudavam na mesma escola dos CMII, por pareamento em número, faixa etária e gênero. Todos os selecionados se submeteram a avaliação neuropsicológica, englobando inteligência, atenção, socialização positiva e negativa...

Incidência de distúrbios do sono em pacientes com doença de Alzheimer; Incidence of sleep disorders in patients with Alzheimer disease

Camargos, Einstein Francisco de; Pandolf, Marcela Basso; Freitas, Marco Polo Dias; Quinta, Juliana Lima; Guimarães, Renato Maia; Nóbrega, Otávio de Tolêdo
Fonte: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein Publicador: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.5%
Objetivo: Determinar a incidência de distúrbios do sono em seguimento de 1 a 4 anos em pacientes com demência diagnosticada na primeira consulta, além de analisar características demográfcas e comorbidades associadas. Métodos: Cento e vinte e dois idosos com 60 anos ou mais e com o diagnóstico de demência (Alzheimer e outras) foram seguidos em um centro de referência geriátrico para demência. O protocolo clínico incluiu entrevista com o paciente e o cuidador, exame físico, laboratorial e de imagem. Os critérios para diagnóstico dos distúrbios do sono incluíram queixa de insônia pelo paciente ou cuidador utilizando o item sobre comportamentos noturnos do Inventário Neuropsiquiátrico. Resultados: A densidade de incidência de distúrbios do sono foi de 18,7/100 pessoas/ano. O risco de desenvolver distúrbios do sono no primeiro e quarto anos de seguimento foi de 9,8% e 50,9%, respectivamente. Análise multivariada de Cox revelou que o nível educacional menor que 8 anos e a presença de agressividade na primeira consulta foram fatores preditores independentes para desenvolver distúrbios do sono no seguimento, aumentando o risco em 3...

Trazodone for the treatment of sleep disorders in dementia : an open-label, observational and review study; Trazodona para o tratamento de distúrbios do sono em demência: um estudo aberto, observacional e de revisão

Camargos, Einstein Francisco de; Pandolfi, Marcela Basso; Freitas, Marco Polo Dias; Quintas, Juliana Lima; Lima, Juliana de Oliveira; Miranda, Leandra Camapum; Pimentel, Luciano Wanderley; Souza, Patrícia Medeiros de
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
96.24%
Sleep disorders (SD) in patients with dementia are very common in clinical practice. The use of antidepressants with hypnotic actions, such as trazodone, plays an important role in these cases. The aim of this study is to present a profile of the use of trazodone in demented patients with SD, as well as a review of trazodone hydrochloride in SD. We evaluated 178 elderly patients with Alzheimer’s disease and other dementias, clinically presenting SD and treated with hypnosedative medications. In the one-year period comprising the study, 68 (38.2%) of the 178 had sleep disorders. Most patients (114; 64%) had a diagnosis of Alzheimer’s disease. Approximately 85% of patients with SD used hypnosedative drugs. Trazodone was the most commonly used drug among patients (N = 35), with an effectiveness of 65.7%. Trazodone has been shown to be a good option for treatment of the elderly with dementia and associated SD. _________________________________________________________________________________________________________________ RESUMO; Distúrbios do sono (DS) em pacientes com demência são muito comuns na prática clínica. O uso de antidepressivos com ação hipnótica, como a trazodona, tem um papel importante nesses casos. O objetivo desse estudo é apresentar um perfil do uso da trazodona em pacientes com demência e com DS...

Distúrbios do sono

Nunes,Magda Lahorgue
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
96.47%
Objetivo: o objetivo deste artigo é realizar uma atualização sobre o tema distúrbios do sono na infância. Fontes dos dados: foram revisados aspectos normais da ontogênese do sono e o manejo dos distúrbios do sono mais prevalentes na infância. O texto foi baseado em artigos e livros clássicos da literatura e em pesquisa na Medline (publicações dos anos 2000 e 2001), utilizando os termos distúrbios do sono e infância. Síntese dos dados: o artigo foi estruturado em tópicos, apresentados de forma descritiva, contendo a definição do distúrbio do sono, idade de risco, características clínicas e manejo terapêutico. Conclusões: os distúrbios do sono são queixas bastante freqüentes no consultório pediátrico, e o seu diagnóstico preciso é fundamental para o estabelecimento da terapêutica adequada. Na maioria dos casos, uma boa anamnese é suficiente para o diagnóstico e para assegurar aos pais a benignidade do problema, e o melhor tratamento.

Prevalência de distúrbios do sono na pós-menopausa

Campos,Helena Hachul de; Bittencourt,Lia Rita Azeredo; Haidar,Mauro Abi; Tufik,Sérgio; Baracat,Edmund Chada
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.43%
OBJETIVO: avaliar a prevalência das queixas de distúrbios do sono pela polissonografia em amostra de mulheres na pós-menopausa. MÉTODOS: foram selecionadas 33 mulheres na pós-menopausa com média de idade de 56 anos, índice de massa corporal médio de 27, tempo de pós-menopausa de 7,7 anos e índice de Kupperman de 17. Adotaram-se os seguintes critérios de inclusão: idade entre 50 e 65anos, no mínimo um ano de amenorréia e FSH plasmático superior ou igual a 30 mU/mL, sem uso de terapia hormonal prévia e exames laboratoriais normais. Foram excluídas as pacientes com doenças clínicas graves e/ou descompensadas, suspeita de câncer de endométrio e/ou mama; índice de massa corporal maior ou igual a 30 e uso de hipnóticos. As pacientes responderam a questionário específico contendo perguntas sobre as características do sono e foram submetidas a polissonografia completa durante uma noite inteira. Foram calculadas separadamente as freqüências em porcentagens das queixas de sono e dos diagnósticos polissonográficos. RESULTADOS: a prevalência de insônia subjetiva foi 61%, sendo que na polissonografia foi de 83%. A queixa de apnéia foi registrada em 23% e, na polissonografia, em 27%. A prevalência subjetiva de movimentos periódicos de pernas foi de 45% e a objetiva foi de 27%. CONCLUSÃO: houve alta prevalência de distúrbios do sono na pós-menopausa...

Estudo da sonolência diurna em pacientes com doença de Parkinson utilizando o teste das múltiplas latências do sono

Lima, Marcelo Ataide de; Lins, Otávio Gomes (Orientador); Franco, Clelia Maria Ribeiro (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
86.5%
Os distúrbios do sono são uma das principais manifestações não motoras dos pacientes com Doença de Parkinson (DP) expressando-se clinicamente de forma variada, desde a fragmentação do sono até quadros complexos como os Distúrbios Comportamentais do Sono REM. Estudos têm descrito alterações neurofisiológicas do sono noturno, em grande parte havendo desorganização em sua arquitetura, porém pouco se sabe sobre as características do sono diurno. O objetivo dessa dissertação é estudar as características do sono durante o cochilo diurno em pacientes com DP, analisando como é seu início, as características de sua estrutura e a forma em que se apresenta a sincronização da atividade motora e eletrencefalográfica (EEG), através da análise dos parâmetros do Teste das Múltiplas Latências do Sono e de possíveis fatores influenciadores. Amostra foi constituída de 22 pacientes com DP, ambos os sexos, idade acima de 40 anos. Foi utilizado um aparelho digital com quatro canais ativados de EEG para registro da atividade elétrica cerebral, além de canais para os movimentos oculares e para o tônus muscular mentual durante o sono diurno. Feita a leitura dos registros dos cochilos, estagiando a presença de vigília ou sono...

Distúrbios do sono e uso de mamadeira

Raichert, Caroline
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
106.34%
Resumo: Sono é um estado de consciência que influencia todas as funções cerebrais e orgânicas. Durante a infância, apresenta características distintas daquelas do adulto, as quais vão se modificando ao longo dos anos. Problemas relativos ao sono não são raros em crianças, podendo estar ligados, entre outros fatores, à alimentação associada ao sono. O objetivo da presente pesquisa foi avaliar os hábitos de alimentação durante o sono em crianças, especificamente o uso de mamadeira, e sua relação com problemas de sono na infância. Foram avaliadas 160 crianças entre 0 e 71 meses de idade, matriculadas em dois Centros Municipais de Educação Infantil da cidade de Curitiba. As mães destas crianças responderam a 2 questionários: o primeiro, com questões relativas às condições socioeconômicas e aos hábitos de higiene e dieta das famílias; o segundo, um inventário de hábitos do sono para crianças de até 6 anos de idade, já validado para a língua portuguesa. Os testes estatísticos de qui-quadrado de Pearson e exato de Fisher foram utilizados para se identificar as associações entre o uso de mamadeira e as variáveis socioeconômicas e relativas a problemas com o sono. O risco de tais associações foi calculado através da razão de prevalências...

Distúrbios do sono em pacientes com transtorno depressivo; Evaluation of sleep disorders complaints in outpatients with depressive disorder

Chellappa, Sarah Laxhmi
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.24%
To evaluate sleep disorder complaints in outpatients with depressive disorder from a general hospital. Methods: An observational, cross-sectional study was carried out with a study sample composed of 70 patients (44 women and 26 men) with diagnosis of depressive disorder, according to the DSM-IV criteria. The patients were interviewed and evaluated by the Identification Questionnaire, the Sleep Habits Questionnaire and the Beck Depression Inventory (BDI). Results: In this study, 50 (71.3%) patients had recurrence of sleep disorder complaints. Mean BDI score was 35.83+8.85, with significant differences between patients with (38.50+8.70) and without (29.60+7.80) recurrence (p<0.05) and among patients with 1, 2, 3 and >3 episodes (p<0.05). In this study, 49 (70%) patients had insomnia and 21 (30%) had subjective excessive sleepiness. Significant differences were observed between the mean duration in months of the sleep disorders (7.16+2.10) and the depressive disorder (6.12+1.90) (p<0.05). Discussion: In the study sample, recurrence of sleep disorder complaints was high and significantly associated with severe depression. Insomnia was prevalent and the mean duration of sleep disorders was higher in relation to depressive disorder; Identificar e avaliar os transtornos do sono presentes em pacientes ambulatoriais com transtorno depressivo do Hospital Universitário Onofre Lopes...

Qualidade subjetiva do sono e queixa de insônia em pacientes com Acidente Vascular Cerebral

Rocha, Patrícia Cavalcanti da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.49%
Brain injury can be associated with changes in the sleep-wake cycle. However, studies about sleep disturbances and their relationship with quality of sleep are scarce. Besides, it remains to be known how stroke affects the mechanisms of sleep. The aim of this study was to investigate quality of sleep, complaints of sleep disturbances and associated factors in stroke patients from the Physical Therapy services in Natal -RN. This was a cross-sectional descriptive study involving 70 individuals (aged 45-65 years), 40 patients (57 ± 7 years), 11 ± 9 months after injury, and 30 healthy individua ls (52 ± 6 years), evaluated with the Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI) and Sleep Habits Questionnaire. The data were analyzed by Chi-square test, t Student test and logistic regression. Poor quality sleep was found in 57,5% of the patients (6,3 ± 3,5) and was significantly higher than in the control population (3,9 ± 2,2) (t Student test, p=0,002). The patients showed significantly higher value of PSQI than controls: sleep latency (p=0,019), length of sleep (p=0,039) and dysfunction during the day (p=0,001). Regarding complaints of sleep disturbances (dyssomnias and parasomnias) analyzed by Chi-square test...

Tradução e adaptação cultural para a língua portuguesa dos Domínios Distúrbios do Sono e Distúrbios da Vigília do “Patient-reported Outcomes Measurement Information System (PROMIS®)”

Costa, Zilma Maria Severino Silva e
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
96.48%
Alterações no sono e na vigília repercutem negativamente no estado de humor, na memória e no desempenho psicomotor do indivíduo. Instrumentos de avaliação da qualidade desses fatores devem estar disponíveis para a avaliação clínica. O objetivo deste trabalho foi traduzir e adaptar culturalmente os domínios „Distúrbios do Sono‟ e „Distúrbios da Vigília‟ do Patient-Reported Outcomes Measurement Information System (PROMIS®) para a língua portuguesa. O processo de tradução e adaptação transcultural seguiu as orientações da organização Functional Assessment of Chronic Illness Therapy (FACIT). Essa metodologia visa: tradução; reconciliação; retro tradução; revisão pelos administradores do PROMIS® e pelos revisores independentes; versão pré-teste; pré-teste; incorporação dos resultados do pré-teste ao processo de tradução. O pré-teste verifica a compreensão da versão traduzida do instrumento, já, a entrevista retrospectiva analisa a versão pré-teste dos itens do instrumento, por meio da entrevista cognitiva, ou seja, os participantes são questionados sobre a compreensão e a existência de itens irrelevantes no instrumento. No processo de tradução dos bancos de itens „Distúrbios do Sono‟ e „Distúrbios da Vigília‟...

OUTROS DISTÚRBIOS DO SONO NA SÍNDROME DA APNÉIA DO SONO; SLEEP DISORDERS ASSOCIATED WITH SLEEP APNEA SYNDROME

Sander, Heidi H.; Pachito, Daniela V.; Vianna, Letícia S.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2006 POR
Relevância na Pesquisa
86.52%
Vários distúrbios do sono podem acompanhar a Síndrome da Apnéia do Sono pela concomitância das síndromes ou pela existência de mecanismos fisiopatológicos comuns. Destacamos a insônia, o bruxismo do sono e o sonambulismo. A insônia pode ser uma das queixas dos pacientes portadores de distúrbios respiratórios do sono, pela fragmentação do sono decorrente. Além disso, ambos podem trazer sérias repercussões na saúde como o aumento da morbidade cardiovascular e maior risco de acidentes automobilísticos e laborativos, como tem sido demonstrado nas duas ultimas décadas. O correto diagnóstico de insônia em pacientes com apnéia do sono, bem como de apnéia em pacientes com insônia define a metodologia propedêutica empregada e também o tratamento, como por exemplo, a abordagem farmacológica quando necessária e o tratamento do distúrbio respiratório concomitantemente. O bruxismo do sono pode estar presente em 3,5-14% dos pacientes com apnéia do sono. Na sua investigação clínica devemos sempre avaliar a possível presença da apnéia do sono já que para o seu tratamento muitas vezes é necessária a sua abordagem em primeiro lugar para então utilizarmos tratamentos farmacológicos e dispositivos que diminuam os danos às estruturas orofaciais.Dentre as parassonias que frequentemente acompanham a apnéia do sono temos o sonambulismo.Ele representa a presença de atividade motora típica da vigília durante estado do sono.Esse fenômeno torna-se mais freqüente quando ocorre fragmentação do sono...

THE INFLUENCE OF SLEEP DISORDERS ON CHILD DEVELOPMENT; LA INFLUENCIA DE LOS DISTURBIOS DEL SUEÑO EN EL DESARROLLO INFANTIL; A INFLUÊNCIA DOS DISTÚRBIOS DO SONO NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL

Cardoso, Maria Vera Lúcia Moreira Leitão; Departamento de Enfermagem Universidade Federal do Ceará -UFC; Lélis, Ana Luíza Paula de Aguiar; Departamento de Enfermagem; Oliveira, Natália Rodrigues; Departamento de Enfermagem Universidade Federal do Ce
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 30/06/2014 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
106.42%
Objetivou-se averiguar em publicações científicas a influência dos distúrbios do sono no desenvolvimento infantil. Revisão integrativa da literatura, realizada no mês de dezembro de 2012 e março de 2014 nas bases de dados: LILACS, Pubmed, CINAHL, Scopus e Cochrane, abrangendo o periodo de publicação de 2003 a março de 2014, com os descritores desenvolvimento infantil e distúrbios do sono. Como amostra da pesquisa, foram selecionados oito artigos constantes na base de dados SCOPUS e três na PubMed. Sendo dois desses artigos indexados repetidamente nas duas bases supracitadas. Dessa forma, resultou em uma amostra final de nove artigos publicados entre 2007 e 2013; três são do tipo longitudinal e seis são revisões de literatura. A síntese dos resultados aponta evidências do distúrbio de sono como possível influenciador em alterações no desenvolvimento, principalmente, no aspecto cognitivo e comportamental.; El propósito del estudio fue analizar la influencia de los disturbios del sueño en el desarrollo infantil en publicaciones científicas. Revisión integrativa de la literatura, realizada en diciembre de 2012 y marzo de 2014 en las bases de datos: LILACS, Pubmed, CINAHL, Scopus y Cochrane, abarcando el periodo de publicación de 2003 a marzo de 2014...