Página 1 dos resultados de 3979 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Compreensão da gestão educacional: perspectivas sobre a ação do diretor na organização de uma escola pública da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais

Vilaça, André Luís Freitas
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
O presente trabalho teve como objeto de estudo a atuação do diretor de escola pública da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Seu objetivo foi surpreender essa atuação a partir do posicionamento deste profissional ante as demandas político-pedagógica e administrativa em seu contexto de trabalho, dado que nos últimos anos sua prática vem sendo alvo de críticas em relação ao fato de priorizar a execução de tarefas administrativas em detrimento da ação político-pedagógica. Contudo, o nosso estudo, procurou ver as apreciações que se fizeram à atuação do diretor, buscando explicitar os aspectos que determinam e condicionam o desempenho deste profissional numa escola também sujeita a condições e determinações internas e externas. O enquadramento teórico que deu suporte à investigação baseou-se em estudos e pesquisas sobre a administração escolar no Brasil, passando pelos seus precursores até chegar aos atuais teorizadores, destacando uma abordagem histórica que contempla as principais tendências que se destacaram neste domínio no Brasil, o sistema educativo brasileiro em suas três esferas – federal, estadual e municipal – e os parâmetros legais que estabelecem as principais exigências do perfil do diretor ideal e real em seu contexto de trabalho. O estudo em causa é de natureza qualitativa e incidiu sobre uma escola escolhida em função da conveniência...

O papel do diretor técnico na gestão da sua equipa : a liderança em contexto de creche

Roque, Joana Oliveira Clérigo.
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
As creches assumem, atualmente, um importante papel na sociedade no que diz respeito ao bem-estar e ao bom desenvolvimento das crianças dos 0 aos 3 anos. O presente trabalho aborda as funções assumidas pelo diretor técnico enquanto líder de uma equipa de trabalho e analisa a perceção que delas têm dirigentes e funcionários de um conjunto de creches. Teve-se em conta uma primeira análise teórica dos diferentes tipos de liderança considerados por vários autores, em primeiro lugar numa perspetiva mais vasta ligada às vertentes da gestão e administração empresarial, e posteriormente numa vertente pedagógica, mais ligada à escola e por conseguinte à creche. A investigação teve por base a aplicação de um questionário a auxiliares de ação educativa, educadores de infância e aos próprios diretores técnicos de 11 instituições de primeira infância para tentar perceber se a equipa considera o cargo de diretor técnico importante na coesão e motivação da equipa, bem como o modo como avalia as características e competências necessárias para um bom desempenho do cargo. Os resultados desta investigação sugerem que os diretores técnicos desempenham um papel importante na gestão da sua equipa, na medida em que a motiva...

Planejamento urbano nos tempos do SERFHAU: o processo de construção e implementação do plano diretor de desenvolvimento integrado de Franca; Urban planning in the times of SERFHAU: the process of elaboration and implementation of the master plan of integrated development - PDDI of Franca

Ferreira, Mauro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
Este trabalho reconstrói o processo de elaboração e implementação do plano diretor de Franca desde os anos 1960, a partir das propostas e práticas desenvolvidas na Prefeitura Municipal, destacando-se trabalhos influenciados pelo IBAM em 1963 para uma reforma administrativa e de empresa privada de consultoria, o GPI - Grupo de Planejamento Integrado, a partir de 1967, para elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado - PDDI. Desenvolvemos o trabalho a partir de dois eixos principais de análise: o primeiro se refere à elaboração do PDDI pela empresa GPI, e o segundo ao processo de elaboração e implantação do plano. As análises desenvolvidas levam em consideração as críticas presentes na literatura sobre o planejamento dos anos 60 e 70. Em relação ao GPI, desvendamos seu processo de constituição como empresa de consultoria no campo do planejamento urbano, associando empresas da área de administração pública, planejamento físico-territorial e análises econômicas, e a composição de sua equipe que reuniu técnicos de alta qualificação, em boa parte vinculados à oposição ao regime militar. Mostramos que o GPI, ao reunir militantes da esquerda, permitiu uma estratégia de sobrevivência a perseguidos políticos. Quanto ao processo de elaboração e implantação do PDDI...

O processo de formulação do 2. Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Porto Alegre : ruptura, reunião de fragmentos, inovação ou manutenção de uma tradição secular?

Albano, Maria Tereza Fortini
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
O presente estudo descreve o processo de formulação do 2º Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Porto Alegre, mostrando de que maneira, através de conteúdo e método, foram se consolidando as idéias que definem “a cidade do desejo mediada pela cidade do possível”, considerando os discursos e as atividades desenvolvidas, desde o lançamento, em 1993, do Projeto Porto Alegre Mais-Cidade Constituinte, até a entrega à Câmara Municipal, da proposta de plano diretor formalizada pelo Executivo Municipal, em 1997, como resultado de um amplo trabalho participativo, que teve como desafio a construção, de forma compartilhada, de um projeto para o futuro da cidade. As conclusões apresentam através de aspectos selecionados, uma comparação entre o 1º Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, aprovado em 1979 e o novo plano, mostrando as principais diferenças - enfoque e linguagem - entre os discursos de uma e de outra proposta, considerando-se a “Noção de Projeto de Cidade” e a de “Aspectos de Gestão”. Da mesma maneira, respondem, de acordo com o referencial conceitual adotado, se o novo plano faz rupturas, reúne fragmentos, traz inovações ou repete a tradição do último século.

O impacto da participação social no processo de elaboração política de planejamento urbano de Porto Alegre : uma análise comparativa entre o processo de formulação do plano diretor de desenvolvimento urbano - 1º PDDU (1979) e o plano diretor de desenvolvimento urbano ambiental - PDDUA (1999)

Cruz, Milton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Esta pesquisa avalia qual foi o impacto da participação social na elaboração da política de planejamento urbano de Porto Alegre no segundo e terceiro governos da “Frente Popular” (1993 – 2000). Para avaliar este impacto, faço uma análise comparativa entre o processo de elaboração do 1° Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano – 1° PPDU (1979) e o do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental - PDDUA (1999). Ela busca responder: Como a participação social ocorrida durante o governo Villela para formular o 1° PDDU se diferenciou da formulação do PDDUA, ocorrida nos governos Tarso e Raul? Qual dos dois processos pode ser considerado mais democrático? Os resultados obtidos introduzem novos mecanismos e espaços de participação social? Produziu-se um efeito democratizante no processo de elaboração da Política de Planejamento Urbano de Porto Alegre? Em que medida as mudanças ocorridas se devem à participação da sociedade civil? O estudo identifica os elementos que dominaram a política de planejamento urbano em termos do conteúdo da política (temas priorizados, instrumentos, conceitos), das características do processo de tomada de decisão (quem e como participa) e das instituições envolvidas. Caracteriza os ciclos do processo de planejamento urbano praticado em Porto Alegre dando ênfase para os ciclos de formulação do 1° PDDU e do PDDUA.; The present research evaluates the impact of the social participation at the development of the urban planning politics of Porto Alegre...

Análise do plano diretor participativo do município de Teutônia/RS

Bünecker, Simoni Dickel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.04%
Esta pesquisa se destina a mapear o processo de elaboração, implementação e monitoramento do Plano Diretor Participativo de Teutônia, criado pela Lei Municipal nº 2.582, datada de 10 de novembro de 2006, a fim de verificar se essas etapas observaram os requisitos exigidos pela Constituição Federal e pelo Estatuto da Cidade. A ideia de realizar a pesquisa surgiu a partir do estudo da disciplina Plano Diretor e Gestão Urbana, pertencente ao curso de especialização do qual este trabalho é parte integrante, associado ao interesse da pesquisadora em descobrir se a legislação referente à política urbana é adequadamente aplicada no município. Uma pesquisa bibliográfica foi conduzida para embasamento teórico, tratando de tópicos tais como Plano Diretor Participativo, Estatuto da Cidade, Planejamento Urbano e Gestão Democrática e Participativa. Além do embasamento teórico, dados foram coletados por meio de pesquisa documental realizada junto à prefeitura municipal. Os dados coletados na prefeitura de Teutônia foram confrontados com o que se exige de um plano diretor participativo, baseado na bibliografia utilizada. Os resultados sugerem a realização de medidas para a adequação da lei municipal aos padrões legais...

O principio democratico na atuação do diretor de escola : um estudo comparativo entre diretores eleitos e reeleitos da Rede Publica Municipal de Ensino de Ponta Grossa -PR

Marisa Schneckenberg
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
A gestão da educação brasileira vem apresentando nas últimas décadas, uma tendência pela atuação urgente no planejamento, implantação e implementação de ações voltadas ao desenvolvimento dos processos sócio-político-educacionais das instituições de ensino, especialmente aquelas ações direcionadas a promoção da aprendizagem dos alunos. Tal contexto aponta a gestão da escola e especialmente a atuação do seu diretor, enquanto espaço de posicionamento e ação frente aos objetivos educacionais, sociais e políticos propostos por determinado grupo social. É com este entendimento, que a presente pesquisa aborda o modo de atuação do diretor de escola eleito e reeleito, intencionando caracterizar os indicadores de democratização de suas ações junto às escolas públicas municipais de ensino fundamental ? séries iniciais de Ponta Grossa ? PR. Para tanto, investiga-se as formas de participação direta e indireta dos principais sujeitos da comunidade educativa pertencentes às escolas, apontando os caminhos experimentados por tal comunidade na busca de maior participação, considerando para tanto a atuação de diretores eleitos e reeleitos e seu comprometimento com a proposta pedagógica da escola. A partir de um recorte metodológico...

Formação do Diretor para orientar o Ensino, RJ.

Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Trata-se de um documento que norteia a formação do Diretor do ensino. Neste, existem alguns tópicos, como: Função do diretor; Função do Ensino; o Diretor como orientador; o Diretor como Administrador; Princípios de Orientação; Bases do preparo de Programa das escolas; dentre outros pontos. Há, ainda, um tabela com dados estatísticos da escola primária, um diagrama de hierarquização dos cargos no que diz respeito a escola.

O impacto do Plano Diretor no desenvolvimento de uma cidade: um estudo de caso em Curitiba

Souza, Gilberto Bianchini de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 133 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.99%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Civil.; A aprovação do Estatuto da Cidade trouxe avanços para a disciplina de planejamento urbano no Brasil. Para muitas cidades essa lei definiu como obrigatória a elaboração e implementação do Plano Diretor. No entanto, após mais de uma década da aprovação do Estatuto da Cidade, o panorama do Plano Diretor no Brasil mostra que cinquenta por cento dos municípios brasileiros não o possuem, ainda há municípios sob a obrigatoriedade dessa lei que não implementaram esse instrumento. Devido a esses fatos, tem-se como objetivo mostrar qual o impacto que um Plano Diretor pode promover no desenvolvimento de uma cidade. Para isso, este trabalho apresenta um estudo de caso sobre a cidade de Curitiba e seus Planos Diretores, com ênfase no Plano Diretor de 1966. São analisados dois temas desse plano, crescimento linear e desenvolvimento na direção Sudoeste-Nordeste, em função de variáveis tais como: densidade demográfica, densidade de domicílios e estabelecimentos comerciais. Conclui-se que os Planos Diretores impactaram no desenvolvimento de Curitiba.

A participação popular e sua importância no planejamento municipal: a experiência do plano diretor do município de Florianópolis,SC.

Gregório, Isaura Remus
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 81 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.99%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; Esta monografia tem como objetivo investigar os instrumentos garantidores da participação popular na política de desenvolvimento urbano, mais especificamente na elaboração e implementação do Plano Diretor de Florianópolis, SC. Além de compreender como tais instrumentos são utilizados e a importância destes mecanismos para a manutenção do sistema democrático. Para tanto, usa-se do método dedutivo, explorando os motivos que fomentaram a produção jurídica em relação à política de desenvolvimento urbano, como esta política se apresenta no âmbito federal, estadual e municipal e seu marco regulatório. A participação popular nas políticas públicas tornou-se vital para a perfectibilização de algumas ações da Administração Pública, como no caso do Plano Diretor. A partir dessa concepção, traçam-se comentários sobre a democracia que legitima a participação popular nas tomadas de decisão na esfera pública, através de instrumentos próprios. No caso do processo de elaboração do Plano Diretor de Florianópolis, observou-se que num primeiro momento houve a participação popular, por meio de mecanismos como Núcleo Gestor...

Papel do diretor de turma na gestão curricular dos cursos profissionais

Maia, Ana Margarida de Sá Osório Lopes Dias
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 28/09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Este Relatório Reflexivo apresenta uma descrição de um percurso profissional enquanto docente ao longo de dezoito anos, durante os quais foi exercida a função de Diretor de Turma. Esta função conduziu-nos a uma reflexão sobre o papel do Diretor de Turma no contexto do ensino profissional. Ao longo destes dezoito anos, o sistema de ensino português foi marcado por sucessivas reformas e mudanças profundas. Uma delas foi o ensino profissional, que, hoje em dia, afirma-se, cada vez mais, como um meio de qualificar e formar jovens que permitam inovar e desenvolver o país. A escola secundária pública abriu os braços a essa vertente formativa, principalmente após o aumento da escolaridade obrigatória para os dezoito anos. Numa segunda parte apresentamos uma reflexão teórica sobre um conjunto de conceitos indispensáveis a uma compreensão aprofundada da referida função de Diretor de Turma, bem como a perspetiva histórica do ensino profissional no nosso país. E concluímos que a forma como a organização escolar e a sua liderança interage com o Diretor de Turma vai permitir uma mais eficaz e concreta gestão curricular. Ao diversificar práticas e estratégias pedagógicas de sala de aula, ao concretizar e adaptar o desenho curricular elaborado pela tutela e ao estabelecer pontes com o mercado de trabalho...

O diretor de turma : contributos para a melhoria dos resultados escolares dos alunos

Craveiro, Ana Catarina Rocha
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 08/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
No desempenho de cargos diretivos, constatamos que o exercício das funções de diretor de turma é, no âmbito das lideranças intermédias, um dos mais abrangentes e que mais impacte tem nas dinâmicas da escola. Quem lidera uma escola, sabe que um “bom” diretor de turma é o motor para o sucesso escolar e para a melhoria da qualidade da organização. A sua ação move-se em várias direções e, nas relações que mantém com cada um dos interlocutores, reside o cerne da organização e gestão escolar. O diretor de turma acumula uma pluralidade de funções: burocráticas, que exigem conhecimentos técnicos e específicos; de coordenação, com uma liderança forte essencial na mediação de conflitos e ainda pedagógicas, particularmente centradas nos alunos, no trabalho realizado em contexto de sala de aula, pelos professores e nas relações com a família. As suas funções, naquilo que são as suas competências formais e não formais, nomeadamente de acompanhamento e orientação do percurso escolar de cada um dos alunos e as pontes de colaboração que estabelece entre os vários atores do processo são a marca que distingue o seu trabalho e é aí que estão centradas as expetativas das lideranças de topo, da comunidade escolar...

O diretor de turma : líder ou gestor?

Ribeiro, Ana Isabel Martins
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 26/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.04%
A minha interação profissional com diversos diretores de turma fez-me conviver com diferentes olhares sobre esta figura de gestão intermédia da escola e está na base da reflexão em torno do seu papel no seio do conselho de turma. Ao exercício do cargo de diretor de turma estão inerentes tarefas administrativas sendo, assim, considerado um gestor. Contudo, espera-se dele uma atitude de liderança. Ao longo desta reflexão socorro-me das diversas teorias de liderança para tentar perceber qual será a mais adequada ao caso do diretor de turma, nunca esquecendo as características específicas da organização escolar. Focando o olhar nos diversos papéis atribuídos ao diretor de turma no seio do conselho de turma, particularmente como coordenador de uma equipa de professores, interrogo-me acerca da importância que esta figura assume perante os seus pares e mesmo na estrutura hierárquica da organização escolar. Desde logo, quais são as bases de poder suscetíveis de serem convocadas pelo diretor de turma? Tem esta figura a mesma representatividade na organização escolar que outras de gestão intermédia? Tendo em conta que o diretor de turma assume um papel importante na ligação entre a escola e a família e que a sua ação é essencial para o sucesso educativo dos alunos...

O diretor escolar e a gestão de conflitos: um estudo com professores da Escola 7056 (Cazenga) Angola

Damião, Hermenegildo Sebastião
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
A presente dissertação tem como objetivo primordial analisar e compreeender o papel do Diretor escolar na gestão de conflitos numa Escola Secundária do Ensino Geral do primeiro ciclo (Nº 7056). Liderança, mediação, gestão e conflitos são aspetos desenvolvidos ao longo do estudo. Os entrevistados referem como fundamental, as competências pessoais que se traduzem na tendência do diretor para se afastar do conflito, deixando para mais tarde problemas pertinentes. Constatou-se que as condições de trabalho são consideradas razoáveis, assim como as relações humanas, a organização de trabalho e o salário. Quanto à metodologia usada para a concretização dos objetivos traçados e para a análise dos resultados, primou-se por uma investigação de natureza quantitativa e qualitativa recorrendo a entrevistas e questionários como instrumentos de recolha de dados para que pudessemos aceder ás representações dos vários participantes da investigação; ABSTRACT: THE ROLE OF SCHOOL DIRETOR IN CONFLICT MANAGEMENT: THE CASE WITH TEACHERS AND STUDENT AT SCHOOL 7056-LUANDA This work has as main objective to analyze and compreeender the role of the school Director in managing conflicts in the General Instruction of the first cycle (No. 7056) Secondary School. Leadership...

Plano Diretor Municipal: A governança no processo de revisão do Plano Diretor do Recife

Maciel Marinho Silva, Renata; Maria Ribeiro Leal, Suely (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.08%
O objetivo da dissertação é refletir sobre as implicações dos conflitos de interesses ocorridos no processo de governança democrática, durante a revisão do Plano Diretor do Recife (PDR). O Estatuto da Cidade obrigou diversos municípios do Brasil a elaborar o plano diretor, principal instrumento de planejamento e gestão urbana, de acordo com o preceito constitucional de gestão democrática, ou seja, com a participação de diversos segmentos da sociedade. Com isso, inaugurou um novo paradigma, no qual, o caráter político do planejamento é assumido de maneira explícita e o urbano é reconhecido como espaço onde se defrontam interesses divergentes. Em uma sociedade capitalista marcada por profunda desigualdade social e antagonismo de classe, quanto mais democráticas forem as experiências participativas mais evidentes ficarão os antagonismos entre interesses dos movimentos sociais e do mercado imobiliário. Diante destes antagonismos, a administração municipal sofre pressões para mediar em prol dos interesses de um ou outro. No modelo democrático, a governança definida como regime de ação pública caracterizado por diferentes padrões de interação entre Estado, sociedade civil e mercado, requer a pactuação de interesses divergentes...

A resistência à nova proposta de Plano Diretor apresentada pela Prefeitura Municipal de Florianópolis

Coelho, Kellen da Silva
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 358 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração.; Esta tese teve como objetivo geral analisar as práticas organizativas de resistência à proposta do Plano Diretor apresentada pela Prefeitura Municipal de Florianópolis, no período de 2001 a 2011, tomando como referência a Teoria Política do Discurso. Para isso, a análise se fundamentou, especificamente, na identificação dos elementos que compuseram os deslocamentos ocorridos durante o processo de resistência à proposta do Plano Diretor apresentada pela Prefeitura Municipal de Florianópolis; na análise da construção das lógicas de equivalência entre as organizações envolvidas neste processo e na investigação das práticas organizativas adotadas pelas organizações participantes da luta pela resistência. A pesquisa teve um enfoque ontológico construtivista e epistemológico interpretacionista, caracteriza-se como um estudo de caso e adota uma abordagem, fundamentalmente, qualitativa. A população estudada envolveu atores sociais participantes na construção do movimento de resistência ao Plano Diretor apresentado pela Prefeitura com o respaldo da Fundação CEPA. A amostra foi não probabilística...

As funções do diretor de turma no contexto organizacional de uma escola privada de Luanda - Angola

Camilo, Olímpia Adelino
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Neste trabalho de investigação abordámos o papel do Diretor de Turma no âmbito das suas funções. O principal objectivo foi o de compreender quais as percepções e representações que os Diretores de Turma, os alunos e os encarregados de educação têm, relativamente ao perfil, funções e influência no processo educativo do Diretor de Turma. A fundamentação teórica recaiu sobre diversos autores como Roldão (2007), Marques (2004), Verdasca (2008), Libâneo (1994), Rosa (2008) e Favinha (2007). Chiavenato (1987) foi utilizado nas áreas de Gestão e Administração. Atendendo aos objetivos da investigação optou-se por uma metodologia quantitativa, de natureza descritiva exploratória. Para ter acesso às opiniões dos professores, alunos e encarregados de educação acerca da função de Diretores de Turma, como técnicas e instrumentos de recolha de dados recorremos ao inquérito por questionário. Depois de concluída a analise dos resultados obtidos pode-se dizer que existe uma grande falta de formação específica de Diretores de Turma e que estes enfrentam diversas dificuldades no exercício de suas funções, sendo elas derivadas essencialmente do excesso de alunos por turma, da falta de participação dos pais/encarregados de educação na vida escolar e porque resistem à preparação de um projeto educativo e planos de melhoria. Este estudo revela ainda que o papel do Diretor de Turma é muito importante na gestão escolar...

Envolvimento parental nas classes populares e papel do diretor de turma

Santos, Cláudia Sofia Lourenço
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 26/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.04%
Mestrado em Educação, especialidade de Administração e Organização Escolar.; Atualmente, em algumas escolas públicas da Região Autónoma dos Açores, ainda é possível verificar que a classe docente culpabiliza os pais pelo fraco desempenho escolar dos filhos. A literatura tem mostrado que a classe social é indicador que os professores utilizam para formular expectativas em relação ao desempenho dos alunos, assim como em relação ao envolvimento das famílias. A presente pesquisa teve por objetivo perceber se os pais de alunos a frequentar o 6º ano, de classes populares, se envolvem na escolaridade dos filhos e identificar diferentes tipos de envolvimento parental. Pretendeu-se também, compreender até que o ponto o Diretor de Turma, como intermediário na relação escola-família, pode ou não ter um papel nesse envolvimento parental, sendo, para isso necessário, traçar um perfil do Diretor de Turma, com base nas suas práticas de atuação junto dos Encarregados de Educação em relação ao seu envolvimento na escolaridade dos educandos. A metodologia de investigação usada combinou a pesquisa quantitativa, através da aplicação de inquéritos por questionário aos Encarregados de Educação, e a pesquisa qualitativa...

MASTER PLAN AND ITS ARACAJU CONTRADICTIONS: A PRELIMINARY ANALYSIS; O PLANO DIRETOR DE ARACAJU E SUAS CONTRADIÇÕES: UMA ANÁLISE PRELIMINAR

Machado, Anselmo Belém
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Este artigo tem o objetivo inicial de fazer uma análise crítica ao Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Sustentável de Aracaju e descrever a problemática urbana na cidade nos últimos anos. Com o processo de crescimento urbano intenso, Aracaju vem revelando a necessidade urgente de que seja elaborado um plano diretor de maneira democrática, que vise uma melhor qualidade de vida de sua população e de uma efetiva proteção ao meio ambiente. Em relação ao atual Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Sustentável de Aracaju, podemos afirmar que este “plano não é plano nem tão pouco pleno”, uma vez que reflete os interesses de uma minoria privilegiada pois as decisões de alteração e interferência no espaço urbano foram definidas de maneira a favorecer os agentes produtores do espaço urbano e os grupos privilegiados que estão atrelados a estes agentes. Em suma, este plano diretor não é pleno, já que favorece a minoria da população privilegiada em detrimento da grande maioria excluída dos direitos fundamentais expressos na Constituição Federal do Brasil.; This article has as an initial objective to make a review to the Master Plan for Sustainable Urban Development in Aracaju. This paper also describes the issue of urban problems in the municipality of Aracaju in recent years. With the intense urban growth process...

O Diretor de Turma: perfil e competências

Boavista,Clara; Sousa,Óscar de
Fonte: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Publicador: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
Esta investigação visa estudar as conceções que os Alunos e os Diretores de Turma possuem relativamente ao perfil e às funções do Diretor de Turma, bem como analisar as competências que os Diretores de Escola privilegiam num docente para exercer o cargo de Diretor de Turma. Pretende-se saber se, apesar de existir um suporte legislativo que concede a este professor responsabilidades específicas no domínio da coordenação, há inconsistência entre esta atribuição de poderes e a respetiva operacionalização, assim como conhecer o perfil desejado para um Diretor de Turma. As principais inferências deste estudo reforçam a ideia de que, apesar de haver professores que não se encontram aptos para o exercício desta função, os Diretores de Turma são vistos como pessoas importantes na Escola. Porém, os alunos e os próprios Diretores de Turma não reconhecem, na prática, a autoridade destes docentes relativamente aos demais professores da turma. Quanto ao perfil desejado para um Diretor de Turma, são assinaladas, como as mais importantes, as características do foro psicológico. Das competências privilegiadas pelos Diretores de Escola, destacam-se a disponibilidade, a capacidade de diálogo e de liderança, a experiência...