Página 1 dos resultados de 15 itens digitais encontrados em 0.087 segundos

Estilo de liderança da líder do conselho executivo numa escola básica dos 2º e 3º ciclos pública da Região Autónoma da Madeira

Alves, Armando Sérgio Vaz
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
45.9%
O conceito de liderança é um tema que sempre despertou interesse, desde as primeiras civilizações até aos nossos dias. No entanto, só no século passado é que começou a ser mais desenvolvido e estudado pelos especialistas em comportamentos organizacionais. Como vivemos numa época marcada pela globalização e pela mundialização dos problemas, onde a tecnologia e o conhecimento experimentam um grande desenvolvimento, de dia para dia, as lideranças são chamadas a acompanhar todas estas mudanças. É nestas circunstâncias que os líderes desempenham um papel de destaque nas organizações, onde têm de tomar decisões estratégicas e, ao mesmo tempo, ter a capacidade de motivar todos os agentes que colaboram com a organização. Nesta perspectiva, realizámos o trabalho de investigação empírica que aqui apresentamos, com o propósito de verificar qual o estilo de liderança da líder de uma Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos do ensino público da Região Autónoma da Madeira. Também pretendemos verificar se existem na instituição outras lideranças e que relações estabelecem com a liderança formal. Na recolha dos dados, utilizámos uma abordagem qualitativa e quantitativa, através de um estudo de caso...

Gestão dos fatores motivacionais intervenientes na satisfação-motivação dos profissionais da equipa multidisciplinar do Centro de Saúde de Bragança

Martins, Anabela Paula Seixas Gonçalves
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
55.69%
Orientada por Ana Maria Galvão; A satisfação dos profissionais, é uma área complexa e de difícil avaliação mas, ao mesmo tempo, incontornável. Como enfermeira, a exercer funções de gestão numa equipa multidisciplinar, desenvolvemos o interesse por este tema. O estudo, exploratório, descritivo e transversal, de natureza quantitativa tem como objectivos, avaliar a satisfação profissional dos profissionais num centro de saúde da Unidade Local de saúde do Nordeste e propor medidas que possam contribuir para a melhoria progressiva dos profissionais de saúde. A variável dependente é a satisfação profissional, tendo esta sido operacionalizada em sete dimensões: remuneração; condições de trabalho e saúde; segurança no emprego; relacionamento profissional/utente e equipa; autonomia/poder; status e prestígio; realização profissional, pessoal e desempenho organizacional O instrumento de colheita de dados foi um questionário, de Graça (1999), adaptado para a cultura portuguesa, nomeadamente para profissionais de saúde. Dos resultados, destaca-se que os inquiridos têm expectativas elevadas em relação a todas as dimensões do trabalho e que globalmente, estão bastante satisfeitos. As dimensões onde revelam maior satisfação pertencem às dimensões: Status e Prestígio...

Motivação dos profissionais numa equipa de cuidados de saúde primários

Olívia, Costa; Martins, Anabela; Galvão, Ana Maria
Fonte: Escola Superior de Enfermagem do Porto Publicador: Escola Superior de Enfermagem do Porto
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
45.68%
A satisfação dos profissionais, é uma área complexa e de difícil avaliação mas, ao mesmo tempo, incontornável. Esta afeta um grande número de comportamentos na organização e contribui para os níveis de bem-estar dos trabalhadores e no caso de colaboradores organizacionais pode bem influenciar o seu desempenho e produtividade (George& Jones, 2004, citados por Pereira, 2010). Avaliar a satisfação e motivação profissional dos profissionais num centro de saúde da Unidade Local de saúde do Nordeste e propor medidas que possam contribuir para a melhoria progressiva dos profissionais de saúde. Exploratório, descritivo e transversal, de natureza quantitativa. A variável dependente é a satisfação profissional, tendo esta sido operacionalizada em sete dimensões. O instrumento de colheita de dados foi um questionário, adaptado aos profissionais de saúde. Os inquiridos têm expectativas elevadas em relação a todas as dimensões dotrabalho, estando globalmente bastante satisfeitos. As dimensões onde revelam maior satisfação pertencem às dimensões: Status e Prestígio, Relacionamento Profissional/Utente e Equipa e nas Condições de Trabalho e Saúde. Por grupos profissionais os mais satisfeitos são os técnicos de saúde e os menos satisfeitos os enfermeiros. Concluímos que os factores que mais contribuem para a satisfação são factores intrínsecos e os factores que provocam mais insatisfação são Segurança no Emprego e a Remuneração. Assim propomos como estilo de gestão...

Liderança e relação treinador-atleta em contextos desportivos; Leadership and coach-athlete relationship in sports contexts

Gomes, António Rui
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
35.93%
Tese de doutoramento em Psicologia, área de especialização em Psicologia do Desporto.; Este trabalho procura compreender o exercício da liderança no desporto de acordo com as abordagens carismática e transformacional (Bass, 1985, 1998; Bass & Avoio, 1993; Conger & Kanungo, 1998) e os contributos dados no âmbito dos modelos multidimensional (Chelladurai, 1978, 1984a) e das acções do treinador (Côté, 1998; Côté et al., 1995c). Para tal são realizados três estudos, sendo o primeiro direccionado para o desenvolvimento de um novo instrumento de avaliação (Escala Multidimensional de Liderança no Desporto - EMLD) que propõe a inclusão das dimensões mais recentes desta área. No segundo estudo utilizam-se os dados da adaptação da EMLD (N = 1714) para analisar os estilos de liderança de acordo com a perspectiva dos atletas, verificando-se diferenças significativas nos cinco grupos determinados (género, tipo de modalidade praticada, escalão competitivo, tempo de trabalho com o actual treinador e resultados obtidos). Mais concretamente, os resultados dos “t-testes” para amostras independentes e das MANOVA`s indicaram o facto das dimensões “positivas” (motivação/inspiração, “feedback” positivo, comportamento democrático e apoio social) e “negativas” (“feedback” negativo e “laissez-faire”) diferenciarem os grupos...

Estilos de liderança e escola democrática

Torres, Leonor Lima; Palhares, José Augusto
Fonte: Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa. Secção da Sociologia da Educação da Associação Portuguesa de Sociologia Publicador: Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa. Secção da Sociologia da Educação da Associação Portuguesa de Sociologia
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /11/2009 POR
Relevância na Pesquisa
35.89%
O sistema educativo português tem assistido, nas últimas duas décadas, ao aparecimento de medidas de política educativa cuja agenda reformista tem dado importância crescente às dimensões da gestão e da liderança escolares. O sentido das mudanças ao nível da direcção e gestão das escolas tem caminhado para a implementação de uma estrutura de governação que seja capaz de “reforçar a eficácia da execução das medidas de política educativa e da prestação do serviço público de educação” (Decreto-Lei nº 75/2008, de 22 de Abril), o que se traduz no abandono de modelos mais colegiais e democráticos e a adopção de modelos mais unipessoais e profissionalizados. Ao longo deste percurso marcado por ensaios e reajustamentos morfológicos nos órgãos de gestão, denota-se uma valorização crescente do papel das lideranças no desenvolvimento da autonomia das escolas. Percepcionada politicamente como uma solução óptima para a resolução dos problemas da indisciplina, do abandono e do insucesso, a liderança emerge paulatinamente como uma variável de controlo da excelência escolar, ao arrepio de uma cultura de gestão colegial historicamente enraizada nas escolas portuguesas. Apesar de serem claras as influências de inspiração neoliberal na forma como se reduz a realidade educativa a indicadores de natureza gerencialista...

A Direcção

Marques, Carlos; Jorge, Maria de Fátima
Fonte: Departamento de Gestão, Escola de ciências Sociais, Universidade de Évora Publicador: Departamento de Gestão, Escola de ciências Sociais, Universidade de Évora
Tipo: Outros
POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Neste capítulo estudámos as três componentes fundamentais da eficácia e eficiência da direcção de uma organização, a liderança, a motivação e a comunicação, que se traduzem em levar a cabo as acções planeadas e organizadas nas anteriores etapas de ciclo da Gestão. Antes de nos concentrarmos na liderança, começámos por numa introdução definir o que se entende por direcção e por quem dirige, os dirigentes, e realçar a importância da liderança nesse processo. É através desta componente que se exerce a influência sobre o indivíduo para o levar a ter um comportamento em benefício dos objectivos de outro ou de um grupo, no caso os colaboradores e os objectivos de uma organização. Passámos então para a liderança e para os seus factores determinantes que foram, em seguida, abordados de forma conjunta e numa perspectiva global, antes de apresentar em mais detalhe cada dos grupos de factores relativos ao perfil e às características ou traços de personalidade do líder, dos estilos de liderança e das suas principais preocupações e, finalmente, da situação e contingências em que se aplica. Quanto ao perfil apontámos os grupos de características psicológicas, mentais, físicas e socias em que se podem agrupar as treze sugeridas por Ghiselli e os traços carismáticos do líder que House propõe como fundamentais de dominância...

Competências e características dos dirigentes da administração pública

Faria, Jorge
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2002 POR
Relevância na Pesquisa
45.84%
A necessidade de uma Administração Pública capacitada para enfrentar o novo marco económico e social tem vindo a ser evidenciada como um dos grandes desafios que as sociedades desenvolvidas têm de enfrentar nas próximas décadas (OCDE, 1995). Em Portugal, esta questão é apresentada como uma das questões cruciais para o desenvolvimento do país (MEPAT, 1998). Ainda que as capacidades de direcção e em especial de liderança, sejam hoje claramente percepcionadas como fundamentais para a prossecução dos objectivos de qualquer organização, as qualificações necessárias e mesmo as características podem variar conforme os contextos nacionais. Neste artigo procuramos apresentar as principais tendências internacionais sobre esta temática.

A Liderança na Gestão Actual do Desporto - Elogio de uma Atitude Hermenêutica e de Fomento da Criatividade Estratégica no Desporto Federado

Figueiredo, Abel
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //1999 POR
Relevância na Pesquisa
45.8%
O desporto não é um fenómeno cultural neutral. É a intencionalidade humana que medeia a dimensão de gestão do desporto e assim, direcciona o sentido do desenvolvimento: pode ser bom factor de desenvolvimento, ou não. Motivados pelo apelo da Direcção da Associação Portuguesa de Gestão do Desporto (APOGESD), vamos apresentar de forma sintética alguns contributos para a reflexão generalizada da liderança actual no Desporto, tendo fundamentalmente (mas não exclusivamente) como referência dois dos seus principais agentes: Dirigentes e Treinadores no Desporto Federado. Iniciaremos introdutoriamente por elogiar o papel das Federações no sistema desportivo e por identificar o movimento de crise para indiciar, como propostas de saída dessa crise (para outras, naturalmente), uma nova metodologia de reflexão (a reflexão hermenêutica) e uma necessidade organizacional: a da criatividade estratégica.

A Equitação: Um Exponencial de Desenvolvimento de Competências de Liderança

Borges, António
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/05/2009 POR
Relevância na Pesquisa
65.97%
O trabalho de investigação aplicada (TIA), seguidamente apresentado e subordinado ao tema “A equitação: Um exponencial de desenvolvimento de Competências de Liderança”, incide na forma como a formação e a prática de equitação contribui para o desenvolvimento de competências de liderança, elemento essencial para os futuros Oficiais do Exército Português e da Guarda Nacional Republicana. Para o nosso trabalho de investigação a amostra constituiu-se de 212 indivíduos praticantes e não praticantes de equitação de diferentes Instituições, níveis de formação e experiências. Através desta investigação procurou-se caracterizar e relacionar as competências de liderança dos indivíduos praticantes e não praticantes de equitação. Para avaliar as competências de liderança auto-percepcionados pelos praticantes e não praticantes de equitação foi elaborado um inquérito com 9 dimensões de liderança: desenvolvimento do espiríto de equipa; tomada de decisão; resolução de problemas; comando e direcção; equilibrio e estabilidade emocional; auto-controlo; auto-confiança e auto-avaliação. Do estudo concluiu-se que a prática de Equitação é um exponencial de desenvolvimento de competências de liderança e contribui significativamente para capacitar os indivíduos de equilíbrio...

A tomada de decisão em Administração e Gestão Escolar

Nascimento, Maria Emília Gomes
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
55.76%
Dissertação de Mestrado em Administração Pública; Resumo O presente Relatório Profissional incide sobre a minha experiência de trabalho como diretora de agrupamentos de escolas, no período de vigência do Decreto-Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril. Centra-se sobretudo na reflexão da minha história de vida a partir da auto narrativa, nos momentos marcantes da tomada de decisão em assumir cargos de gestão escolar e ainda nas ações/decisões guardadas na memória, traduzidas por um conjunto de narrativas do quotidiano da vida da gestão e administração escolar, da implementação de ações e projetos e da interação com diferentes atores (docentes, não docentes, discentes, pais e encarregados de educação e entidades locais). Como experiência, ao longo da minha vida profissional, representa um período de aprendizagem excecional, com recurso a formação complementar e consequentemente com reflexo no desenvolvimento de variadas competências, no âmbito da liderança, na gestão dos recursos humanos e materiais, da comunicação, do trabalho em equipa e em parceria e ainda na implementação da mudança e da inovação.; Abstract The present Professional Report focuses on my work experience as group of schools director...

Liderança e gestão: Desenvolvimento de competências relacionais

Melo, Rosa Cândida de Carvalho Pereira de
Fonte: Lusodidacta Publicador: Lusodidacta
Tipo: Parte de Livro
Publicado em 24/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
55.99%
A presente investigação, realizada em contexto hospitalar, teve como principal objectivo compreender o contributo dos dirigentes no desenvolvimento de competências relacionais de ajuda nos enfermeiros, tendo decorrido em duas fases. Na primeira, foi efectuado um estudo quantitativo, descritivo e transversal com uma amostra constituída por 690 enfermeiros, tendo sido realizado o estudo psicométrico dos instrumentos utilizados na investigação (Inventário de Competências Relacionais de Ajuda, Kolb Learning Style Inventory e Escala de Liderança), identificado o nível de competências relacionais de ajuda e analisadas as variáveis que as influenciam. Na segunda fase, foi realizado um estudo de caso que pretendeu compreender o contributo das estratégias de gestão no desenvolvimento das competências relacionais de ajuda, o desempenho dos papéis de liderança e o modo preferencial de aprendizagem, tendo sido realizado na unidade que apresentou o nível de competências mais elevado. O estudo de adaptação e validação dos instrumentos evidenciou propriedades psicométricas adequadas sendo considerados instrumentos válidos para a prossecução do estudo. Os resultados indiciam uma percepção elevada nas competências relacionais de ajuda verificando-se um maior nível nas competências genéricas e menor nas competências de contacto. O estudo de caso evidenciou valores mais elevados nas competências de contacto...

Estratégias promotoras do desenvolvimento de competências relacionais de ajuda : o contributo dos dirigentes

Melo, Rosa Cândida Carvalho Pereira de
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 25/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
55.99%
A presente investigação, realizada em contexto hospitalar, teve como principal objectivo compreender o contributo dos dirigentes no desenvolvimento de competências relacionais de ajuda nos enfermeiros, tendo decorrido em duas fases. Na primeira, foi efectuado um estudo quantitativo, descritivo e transversal com uma amostra constituída por 690 enfermeiros, tendo sido realizado o estudo psicométrico dos instrumentos utilizados na investigação (Inventário de Competências Relacionais de Ajuda, Kolb Learning Style Inventory e Escala de Liderança, identificado o nível de competências relacionais de ajuda e analisadas as variáveis que as influenciam. Na segunda fase, foi realizado um estudo de caso que pretendeu compreender o contributo das estratégias de gestão no desenvolvimento das competências relacionais de ajuda, o desempenho dos papéis de liderança e o modo preferencial de aprendizagem, tendo sido realizado na unidade que apresentou o nível de competências mais elevado. O estudo de adaptação e validação dos instrumentos evidenciou propriedades psicométricas adequadas sendo considerados instrumentos válidos para a prossecução do estudo. Os resultados indiciam uma percepção elevada nas competências relacionais de ajuda verificando-se um maior nível nas competências genéricas e menor nas competências de contacto. O estudo de caso evidenciou valores mais elevados nas competências de contacto...

O método de cálculo de custos baseado nas actividades

Coelho, Maria Hélder Martins
Fonte: Revista de Contabilidade e Comércio Publicador: Revista de Contabilidade e Comércio
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 POR
Relevância na Pesquisa
65.73%
O século XX, sobretudo na segunda metade, trouxe para os sistemas de informação empresariais (estes são o suporte de múltiplos modelos ligados à planificação, ao controlo e à tomada de decisões em geral) alterações espectaculares, cujo difícil domínio é o motor de novas propostas e achegas multidisciplinares. Como parte essencial dos referidos sistemas, a Contabilidade de Custos tem perseguido determinar valores unitários de bens ou serviços, de funções ou outros portadores de custos, com diferentes propósitos segundo objectivos, épocas e áreas geográficas concretas. Durante os últimos anos do século passado e no primeiro quartel deste, os cálculos ligaram-se essencialmente ao produto como forma de actuar sobre a eficiência laboral. Os engenheiros industriais (em empresas multinacionais americanas), preocupados em conseguir uma maior racionalidade na utilização dos recursos, estudaram profundamente a normalização e standardização dos materiais e equipamentos, o preestabelecimento de métodos e a medida dos tempos de trabalho. A sua investigação estendeu-se também à forma de organização mais adequada para o desenvolvimento da actividade empresarial; de tal forma que, sob a “batuta” de homens como F. W. Taylor (e o seu método de trabalho para definir tarefas e ferramentas mais adequadas a cada actividade)...

A gestão de talento na Portugal Telecom

Luís, Gustavo Miguel González
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
135.96%
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos; Com o fito de consolidar o conhecimento académico e teórico apreendido no mestrado de GRH, optei pela elaboração de um estágio. Assim, surgiu a oportunidade de estagiar, durante cerca de três meses,na Portugal Telecom. Integrei a Direcção de Desenvolvimento e Liderança e o estágio teve um enfoque substancial nas actividades inerentes à gestão de talento. Conceptualmente, esta locução tem que ver com o processo de atrair, desenvolver, gerir e avaliar os colaboradores de elevado valor para uma organização, o que traz muitos benefícios ao indivíduo e à organização. No contexto da PT, verificou-se que as actividades de gestão de talento são instrumentalizadas numa lógica estratégica e cumprem, na generalidade, os requisitos de sucesso elencados pelos autores. Entre estes destacam-se as condições críticas afectas às várias fases ? diagnóstico (alinhamento corporativo), assessment (de potencial e de desempenho), design do programa (definição de objectivos e expectativas e concessão de reais oportunidades de desenvolvimento), implementação, apoio on-the-job (da gestão de topo, gestão de linha e departamento de Gestão de Recursos Humanos) e avaliação. Porém...

O director desportivo nas organizações do futebol em Portugal: caracterização da actividade dos gestores de desporto nos clubes de futebol profissional e não profissional

Maçãs, Victor Manuel de Oliveira
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
65.73%
Tese de Doutoramento em Educação Física e Desporto; Actualmente, o futebol implica jogo e negócio. O director desportivo (DD) deve estar apto a equacionar e gerir a complexidade destes dois universos nas organizações do futebol (OF) profissional e não profissional. Daí a importância estratégica deste activo na direcção executiva: o seu capital humano será fulcral na competitividade e desenvolvimento sustentável das OF, no futuro. Assim, o objectivo principal deste estudo foi a caracterização da actividade dos DD nas OF profissional e não profissional, em Portugal, nomeadamente através da caracterização das OF, da identificação do perfil e da natureza das actividades de gestão, desenvolvidas pelos DD, numa visão dinâmica e prospectiva da sua intervenção profissional na era do conhecimento. Concebemos um modelo de análise para responder aos problemas e objectivos do estudo. A amostra utilizada incidiu em 69 OF em Portugal (21 da I Liga; 18 da Liga de Honra; 30 da 2ª Divisão B), sendo possível retirar informação relativa a 124 DD (68 do futebol profissional e 56 do futebol não profissional; 63 DD de topo e 61 DD intermédios). A recolha dos dados foi realizada através da aplicação das técnicas: análise documental...