Página 1 dos resultados de 1 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Professores pensam - e fazem - a diferença; Profesores piensan – y hacen – la diferencia; Teachers think about – and make – a difference

Urt, Sônia; Motta, Maria Alice
Fonte: Linhas Críticas; Critical Lines Publicador: Linhas Críticas; Critical Lines
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
76.44%
Este artigo é um relato de pesquisa cujo objetivo é evidenciar as concepções de professores sobre a diferença, como percebem a relação entre as diferenças e a escola, assim como a forma como lidam com as diferenças. Os professores responderam à questão:O que você pensa acerca das diferenças e como lida com elas? Para o estudo das respostas foi utilizada a análise de conteúdo. O referencial teórico adotado para pensar a diferença foi a abordagem histórico-cultural da Psicologia, cuja concepção de sujeito se configura pela apropriação da cultura no processo educativo. Para esses professores, a diferença está relacionada a questões raciais, físicas, econômicas, sociais, culturais e diferenças em ritmos de aprendizagem. A categoria “Respeito” foi a atitude mais citada como forma de lidar com as diferenças. A presença de respostas contraditórias parece indicar uma  visão cristalizada acerca da diferença ou um nível incipiente de reflexão sobre o assunto. ; Este artículo es un relato de pesquisa cuyo objectivo es evidenciar las concepciones de profesores acerca de la diferencia, como perciben la relación entre las diferencias y la escuela, bien como la forma con que lidan con las diferencias. Los profesores responderon a la cuestión: ¿qué piensas acerca de las diferencias y cómo lidas con ellas? Para el estúdio de las respuestas fue utilizado el análisis de contenido. El referencial teórico adoptado para pensar la diferencia fue el abordaje histórico-cultural de la psicología...