Página 1 dos resultados de 322 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Dialogismo e a investigação de processos desenvolvimentais humanos; Dialogism and the investigation on human developmental processes; Dialogismo y la investigación de procesos del desarrollo humano

AMORIM, Katia de Souza; ROSSETTI-FERREIRA, Maria Clotilde
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.45%
Na elaboração de instrumental para compreender e investigar processos desenvolvimentais humanos, relacionais e situados, aproximamo-nos da noção de dialogismo. Procurando explicitar esta noção, realizou-se revisão bibliográfica, além de leituras de Bakhtin, aqui apresentadas. A análise levanta implicações teórico-metodológicas que, tanto apontam ao lugar da alteridade no ser e desenvolver-se humano, como indicam questões do fazer do pesquisador. Finalmente, apresenta-se um episódio de interação mãe-bebê, utilizando-se a concepção de dialogismo. A análise do caso aponta a necessidade de considerar o lugar do corpo nos processos de investigação, remete também à busca por noção de linguagem além do verbal e (re)conceituação da cultura enquanto prática discursiva.; In the construction of a theoretical-methodological instrument, aimed to understand and investigate relational and situated human developmental processes, the notion of dialogism was reached. Seeking to make this notion more explicit, a bibliographical review and reading of bakhtinian propositions were carried out and presented in this study. Theoretical-methodological issues and practical implications were raised during the analysis, which appoint to issues like the place of the otherness in the self and human development. A series of issues concerning the research process is discussed. Finally...

Vozes da terapia: fragmentos de um discurso familiar (amoroso?); The discursive practices in systemic family therapy sessions

Stoeber, Isa Maria Aparecida Spanghero
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.99%
Este trabalho investiga as práticas discursivas de sessões de terapia de família de abordagem sistêmica. Enfoca a (re)construção dos sentidos desse discurso terapêutico, voltando-se para o que se convenciona chamar, dentro da área terapêutica, por re-significação e procurando olhar criticamente o pedido de ajuda do paciente e o ato de dar ajuda do terapeuta. Investigam-se também os lugares sociais/familiares dos sujeitos - aí incluída uma certa representação do terapeuta - quando em interação terapêutica. Partindo da noção de dialogismo proposta por Bakhtin e revisitada pelos estudos sobre a(s) heterogeneidade(s) enunciativa(s) de Authier-Revuz, são observadas, em diálogos extraídos de três sessões de terapia de família realizadas em institutos de ensino e pesquisa (duas instituições autônomas e uma autarquia federal), as fronteiras da alteridade, evidenciadas no gênero discursivo "sessão de terapia". Tal gênero discursivo, que, em sua superfície pode ser entendido como encontro com fins terapêuticos para discutir temas de conflitos humanos em situação relacional, evidencia-se, no entanto, como um confronto entre vozes que disputam papéis/lugares sociais e familiares. As análises revelam que as fronteiras...

"O Plantador de Naus a Haver" sob a óptica da intertextualidade; "The planter of ships-yet-to-be" under an intertextual approach

Machado, Alleid Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.99%
A presente dissertação propõe o estudo da vida e obra da autora portuguesa Júlia Nery, mais especificamente, a análise de uma de suas peças de maior cunho intertextual: O plantador de naus a haver. Para tanto, é feito inicialmente um relato de como se deu o processo de pesquisa de sua produção literária, desde o primeiro contato com a peça no curso de Pós-Graduação intitulado "A literatura portuguesa em cena" (FFLCH-USP), até a localização da Autora, que resultou na reunião de um material bibliográfico que serviu de base para a elaboração deste trabalho. Em seguida, é realizado um apanhado teórico em torno da intertextualidade, a partir dos estudos sobre a linguagem empreendidos por Mikail Bakhtin, e das contribuições teóricas de Julia Kristeva, além de outros pesquisadores e lingüistas contemporâneos, que têm, ao longo do tempo, pesquisado e ampliado as diretrizes bakhtinianas em torno do dialogismo e da polifonia, além dos estudos acerca dos mecanismos que promovem a intertextualidade. Posteriormente, são analisados os textos paradigmas com os quais a Autora travou diálogo para criação de sua peça. Segue-se a análise do texto dramático, utilizando-se como instrumentos intertextuais, a paráfrase e a estilização...

Narração, dialogismo e carnavalização: uma leitura de 'A hora da estrela', de Clarice Lispector; Narration, dialogism and carnivalization: a reading of ' The Hour of The Star', by Clarice Lispector

Teixeira, César Mota
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Esta tese é um estudo analítico-interpretativo do romance A Hora da Estrela, de Clarice Lispector. Com base nas teorias de Mikhail Bakhtin, explicitam-se os elementos dialógicos que estariam na base da composição do romance final de Lispector. Por dialogismo, entendem-se as várias interações crítico-paródicas que o narrador Rodrigo S.M, persona masculina criada pela autora, estabelece com outros discursos no processo metaliterário que embasa a construção da narrativa. Entre estes discursos, a análise dá especial atenção à paródia que o narrador faz de diferentes formas narrativas e dramáticas, entre as quais se destacam o romance de folhetim, o melodrama, o romance regional, o romance social e o romance psicológico. O tom dialógico-paródico dominante na obra permite detectar traços de carnavalização usados como arma de crítica e denúncia social. No âmbito desta carnavalização, destaca-se a presença de máscaras ancestrais da arcaica romanesca retomadas e atualizadas por Lispector, em especial as máscaras do tolo, do bufão e do trapaceiro, personagens arquetípicos que, oriundos do solo da cultura popular, teriam importante papel na consolidação do romance como gênero fundamentalmente voltado para a representação/encenação crítica de discursos (ainda segundo Bakhtin). Analisam-se também algumas crônicas de Lispector consideradas importantes para a compreensão da figuração do "personagem tolo" sem sua obra. Trata-se de crônicas que tematizam o longo contato da escritora com empregadas domésticas...

Miguel Rovisco: o teatro da história; Miguel Rovisco: The theatre of History

Jesus, Virginia Maria Antunes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.99%
Miguel Rovisco é um poeta e dramaturgo português nascido em Lisboa em 1959, onde faleceu em 1987, atirando-se sob um vagão de trem. Apareceu no cenário artístico em 1984, recebeu vários prêmios de teatro como melhor autor de textos dramáticos em 1987 e, postumamente, em 1988. Dramaturgo com uma linguagem inovadora e vigorosa já foi comparado, na época das premiações, a Bernardo Santareno e é, indubitavelmente, um nome a ser analisado, encenado e inserido definitivamente no mundo das letras. Este estudo tem como objetivo, portanto, apresentar sua obra, cuja temática dialoga, essencialmente, com episódios e personagens marcantes da História de Portugal. Por meio da análise de O Bicho, peça que retrata o período e a figura do marquês de Pombal (1755 1777), buscamos examinar a gênese de seu procedimento criativo: a partir do conceito intertextualidade (procedimentos intertextuais, dialogismo e polifonia) examinamos como são articulados os mecanismos intertextuais que estabelecem relações e conexões entre História e Ficção para a criação do que denominamos Teatro da História; Miguel Rovisco is a Portuguese poet and playwright. He was born in Lisbon in 1959, and died in 1987, throwing himself under a train wagon. He made his artistic debut in 1984...

A arte  dos "quadrinhos" e o literário: a contribuição do diálogo entre o verbal e o visual para a reprodução e inovação dos modelos clássicos da cultura; The art of "comics" and the literary: the contribution of the dialog between the verbal and visual for reproduction and innovation of classic models of culture

Oliveira, Maria Cristina Xavier de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.99%
A interação entre diferentes linguagens e meios artísticos é uma das marcas presente no processo de comunicação humana, sobretudo hoje em dia. Um dos aspectos que se destaca nessa interação é a constante revisitação de obras que são re-elaboradas em diferentes suportes comunicativos. É o que ocorre quando temos o diálogo entre os quadrinhos e a literatura, artes que trabalham com a narratividade e que trazem em si peculiaridades que as definem como importantes meios de veiculação e propagação de idéias, valores e ideologias. Nesse estudo procuramos abordar a relação entre os dois meios artísticos destacando se tal diálogo propicia uma reprodução ou questionamento das tradições culturais, atualizando-as (ou não) a partir de sua transposição de uma arte para outra. A partir de teorias que versam sobre quadrinhos, intertextualidade, dialogismo, história da arte e da literatura e outras, traçamos um painel das diversas relações que se estabelecem entre obras criadas nos quadrinhos a partir do material literário, e que se revelam por meio de uma gradação em que temos desde obras que remetem diretamente ao texto clássico literário até aquelas que procuram fazer dos elementos oriundos da literatura um mote para o desenvolvimento de novas produções em quadrinhos. Também num movimento contrário...

Relações dialógicas entre O Barão, de Sttau Monteiro e o conto homônimo, de Branquinho da Fonseca; Dialogical relations between The Baron, of Sttau Monteiro and the homonym tale, of Branquinho of Fonseca

Freire, Rogeria Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.99%
Esta dissertação visa a demonstrar como o conto O Barão, de Branquinho da Fonseca, publicado em 1942, foi estilizado por Sttau Monteiro. Para tanto, examina alguns mecanismos intertextuais presentes na peça homônima adaptada para o teatro em 1964. Inicialmente, discutimos o conceito de intertextualidade, a partir dos estudos sobre a linguagem empreendidos por Mikhail Bakhtin, e das contribuições teóricas de Julia Kristeva, além de outros pesquisadores, que têm, ao longo do tempo, pesquisado e ampliado as diretrizes bakhtinianas em torno do dialogismo. Dentro de tais princípios também serão investigadas as mensagens sugeridas pelas rubricas. Finalmente, a análise dos mecanismos intertextuais e da visão sócio-política estilizada visa a confirmar que Sttau estilizou a obra de Fonseca.; This lecture intend to demonstrate how the short-story O Barão, by Branquinho da Fonseca, published in 1942, was stylished by Sttau Monteiro. Thus, we describe some intertextual mechanisms constant in the homonymous play adapted for the theater in 1964. To start, we will discuss the concepto if intertextuality, from the Mikhail Bakhtin studies about language, and the Julia Kristevas theoric contributions, besides other Researcher, that have enlarged the bakhtian directions on dialogism. Within those principles we are also investigating the messages suggested by the directions. Finally...

Auto-retrato coletivo: poéticas de abertura ao espectador na (des) construção de uma identidade coletiva; Auto-retrato coletivo: poéticas de abertura ao espectador na (des) construção de uma identidade coletiva

Silva, Arnaldo Valente Germano da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.27%
O objeto desta dissertação de Mestrado é composto pela série Auto-Retrato Coletivo de Nardo Germano. Organizada artisticamente como repositório crítico de uma identidade coletiva seu tema central , a série constitui-se de auto-retratos híbridos entre o Indivíduo e o Coletivo, questionando a construção identitária marcada por estigmas sociais. As obras que compõem a série são: 1)Auto-Objeto; 2)Sujeitos; 3)Auto-Retrato por Metro Quadrado; 4)Cabeça Defronte; 5)Auto-Retr_Ato_Coletivo; 6)Especulares #7; 7)Corpo Coletivo; 8)AlterEgo; 9)ANDROMAQUIA on-line; e 10)Doe Seu Rosto/Give Me Your Face. A atual pesquisa artística dá continuidade a Auto-Objeto(1987), uma obra composta por painéis de auto-retratos sem negativo obtidos em cabine Fotomática, e articula-se a partir da digitalização de um conjunto imanente da obra Sujeitos(1987), colagens realizadas com auto-retratos acéfalos, recortes de textos, imagens e manchetes de jornal. Com o objetivo de, nesta fase, estabelecer novos contrapontos ao discurso monológico identitário oficial bem como ao conceito de uma autoridade do artista como autor que controla os sentidos da obra, a criação partiu da hipótese de que o investimento nos graus de abertura à recepção podem promover o dialogismo e polifonia almejados...

O fiel e a pedra e as epopéias clássicas: diálogos e tessituras; The faithful and the rock and classical epics: dialogues and forms

Marquart, Rosa Walda Abreu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.99%
Em O fiel e a pedra, Osman Lins compõe seu romance sob a égide do romance regionalista brasileiro produzido por volta de 1930: latifúndio, exploração de classes, jagunços e coronéis e outros males. Todavia, mesmo ficcionalizando esses fatos sociais, o autor pernambucano se distancia de uma possível rotulagem normativa inconteste ao aliar seu romance às epopéias clássicas, bem como à poética sacro-hebraica e também às cantigas populares nacionais, encetando um grande diálogo entre seu romance e Ilíada, Odisséia, Geórgicas, Eneida, Os lusíadas, Sermão do Mandato, salmo bíblico e canções populares. Cruzam-se, desse modo, diferentes vozes poéticas advindas de variados espaços e trazidas de eras díspares entre si por considerável gama de citações em epígrafe, as quais, por si só, já despertam instigantes inquirições e expõem, mesmo que subliminarmente, o ideário do autor pernambucano. O dialogismo e a polifonia pressupostos por Bakhtin acham-se contemplados nesse portentoso intercâmbio de textos que tem o mérito de, dentre outros aspectos, nos auxiliar a melhor entender o romance osmaniano de 1961. Através das citações, percebemos a incorporação de conceitos epopéicos greco-romanos de caráter e destino sendo tomados de empréstimo à trajetória do protagonista nordestino...

Questões de linguagem na obra Robinson Crusoé: a dialogia da palavra na vida solitária; Questions of language in Robinson Crusoe: the dialogics of words in a lonely life

Battaglia, Stela Maris Fazio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.99%
Esta tese apresenta um estudo sobre a criação literária de Daniel Defoe, Robinson Crusoé, escrita em 1719. Seu estatuto de obra clássica com inúmeras adaptações inserea numa cadeia discursiva de porte extraordinário, na qual o personagem revela-se um mito. O presente estudo, alicerçado no conceito de compreensão criadora de Mikhail Bakhtin, buscou uma ampliação de sentidos na análise do objeto empírico, com os seguintes objetivos: questionar um possível uso de obras clássicas como fetiches, o esvaziamento de seus sentidos e averiguar a hipótese de Robinson Crusoé ser um protótipo do homem como ser de linguagem, metalinguístico. O levantamento de tal hipótese foi possível pela concepção da dialogia da linguagem, entendida no conceito do Círculo de Bakhtin. A metodologia utilizada constou de sucessivas leituras da obra em questão, seleção de atos de linguagem expressos pelo personagem e sua categorização. A partir daí foram buscadas as representações do Outro nos enunciados de Robinson durante o período de seu total isolamento na ilha em que naufragou; a procura foi norteada pelo conceito da constituição dialógica da palavra, dado que no contexto de enunciação não havia presença real de interlocutores. Como forma de enfatizar o caráter dialógico da linguagem...

Dialogismo e responsividade no discurso da SBPC: análise de editoriais da revista Ciência Hoje na década de 1980; Dialogism and Answerability in SBPCs Speech: Study of Editorials of Ciência Hoje Magazine in the 1980s

Costa, Luiz Rosalvo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
A presente pesquisa busca identificar, a partir de noções formuladas pelo Círculo de Bakhtin (como dialogismo, responsividade, esfera, gênero, enunciado etc), mecanismos e processos pelos quais o discurso da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência) materializado nos editoriais da revista Ciência Hoje se constitui (dialógica e responsivamente) pela interação com outros discursos em circulação no contexto em que ela é criada e produzida. Focalizando os editoriais na qualidade de enunciados e, portanto, como unidades da comunicação discursiva em que se dá o encontro entre a língua e a realidade históricosocial, o trabalho explora a hipótese de que a revista, criada no início dos anos 80 em um contexto discursivo marcado por intensa politização, corresponde a um ato responsivo por meio do qual a SBPC procura afirmar sua posição diante das questões em pauta no grande diálogo travado na sociedade brasileira. Nessas condições, os editoriais refletem e refratam as mais importantes posições ideológico-discursivas em interação e disputa no panorama discursivo do país, as quais, sob diferentes acentos apreciativos, vão se incorporar aos elementos que compõem a arquitetura desses editoriais. Entre as principais posições refletidas e refratadas no território desses editoriais estão aquelas que se manifestam nos discursos da democratização e da cidadania.; This research intends to identify...

Gêneros do discurso e memória: o dialogismo intergenérico no discurso publicitário; Genres of discourse and memory: intergeneric dialogism in advertising discourse

Chaves, Aline Saddi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Esta pesquisa tem por objeto de estudo peças publicitárias parcial ou totalmente textualizadas e enunciadas sob a forma e/ou função prototípicas de gêneros discursivos alheios à publicidade, como telegrama, cartão de votos, artigos jornalísticos, capas de revista/jornal, entre outros. A partir da observação empírica desse tipo de publicidade, intimamente relacionado às tendências pós-modernas e à multiplicação dos suportes na era da internet, levanta-se a hipótese de que, para além da visada lúdica ou da tentativa de camuflar a finalidade pragmática inerente a essa prática, o empréstimo de regimes genéricos não coincidentes está relacionado ao fraco regime de genericidade do discurso publicitário e, por extensão, ao status desse discurso na sociedade. Com efeito, ainda que institucionalizada enquanto prática profissional, a publicidade revela uma instabilidade constitutiva no tocante a seus dispositivos de fala, o que se explica pela necessidade de (se) (re)(i)novar constantemente para seduzir e captar o público consumidor. Mas, para além dessa função reconhecida e legitimadora, a publicidade ocupa, na cultura de massa, uma função antropológica, constituindo um verdadeiro elo entre o homem, a cultura e o passado. Nas publicidades analisadas...

Enunciados verbovisuais na Ciência Hoje das Crianças: uma abordagem dialógica; Verbal-visual utterances on Ciência Hoje das Crianças: a dialogical approach

Oliveira, Ana Paula Fabro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.27%
A presente pesquisa busca identificar procedimentos e mecanismos, verbais e visuais, pelos quais o discurso de divulgação científica para crianças, de autoria da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência) e materializado em reportagens de capa da Ciência Hoje das Crianças, se direciona e se orienta por seu destinatário presumido, assim como visa identificar como e para quais fins estabelecem-se relações dialógicas entre formas composicionais verbais e visuais. Centrando-se em reportagens de capa enquanto concretização do projeto e vontades discursivas de um sujeito histórica e socialmente situado, à luz de noções formuladas pelo Círculo de Bakhtin, tais como dialogismo, acabamento, esfera e endereçamento do enunciado, o trabalho explora duas hipóteses. Primeira, em se tratando de divulgação de conhecimentos científicos ao público infantil, mais do que a seleção temática de assuntos de cunho científico que poderiam interessar ao público infantil, a linguagem é a ponte que alinhava vínculos entre o autor, a ciência e o cientista e o destinatário-criança, segunda, no discurso científico endereçado aos pequenos, a reincidência de recursos lexicais típicos da ideologia do cotidiano é movida pelo objetivo de fazer entender. A análise detida do corpus iluminou dois tipos principais de relações dialógicas...

Entrelaçando on-line e off-line : práticas de escrita e reescrita em comunidades da rede social Orkut; Interlacing on-line and off-line : a study of the writing, rewriting and their practices on the communities of network Orkut

Flávia Danielle Sordi Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.27%
Neste trabalho, analiso enunciados publicados em fóruns on-line de quatro comunidades virtuais da rede social Orkut, a fim de investigar práticas letradas no meio digital e suas relações com/para contextos off-line, em especial, formados pelas instituições escolares. Para tanto, faço uso de metodologia qualitativa, de cunho etnográfico em que os registros foram gerados em navegações na Internet e abarcam o período de janeiro a dezembro de 2010, compondo um total de 499 enunciados selecionados. Com base nas concepções enunciativas sócio-históricas, de dialogismo e sobre os gêneros discursivos de Bakhtin, assumo que todo enunciado é elo de uma cadeia complexa formada por outros enunciados com os quais dialoga em uma atitude responsiva. Logo, não adoto posição taxativa que considere on-line e off-line como "mundos" separados e incomunicáveis. Pelo contrário, acredito em sua interconexão e continuidade, sendo essencial conjugar, portanto, alguns pressupostos ligados ao(s) letramento(s) e aos gêneros digitais, visto que o corpus foi formado por meio da web. Na busca por compreender os processos de produção escrita que se davam nos fóruns examinados, percebi que a publicação, correção e composição de textos no ambiente Orkut eram feitas como forma de treinamento para exames vestibulares...

Dialogismo e a investigação de processos desenvolvimentais humanos; Dialogismo y la investigación de procesos del desarrollo humano; Dialogism and the investigation on human developmental processes

Amorim, Katia de Souza; Rossetti-Ferreira, Maria Clotilde
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.45%
Na elaboração de instrumental para compreender e investigar processos desenvolvimentais humanos, relacionais e situados, aproximamo-nos da noção de dialogismo. Procurando explicitar esta noção, realizou-se revisão bibliográfica, além de leituras de Bakhtin, aqui apresentadas. A análise levanta implicações teórico-metodológicas que, tanto apontam ao lugar da alteridade no ser e desenvolver-se humano, como indicam questões do fazer do pesquisador. Finalmente, apresenta-se um episódio de interação mãe-bebê, utilizando-se a concepção de dialogismo. A análise do caso aponta a necessidade de considerar o lugar do corpo nos processos de investigação, remete também à busca por noção de linguagem além do verbal e (re)conceituação da cultura enquanto prática discursiva.; La elaboración de instrumentos para comprender e investigar los procesos de desarrollo humano, relacionales y situados, nos acercamos de la noción de "dialogismo". En la búsqueda de una explanación para eso concepto, se realizó una revisión bibliográfica general, además de considerar en detalle la obra de Bakhtin. El análisis llevó a implicaciones teóricas y metodológicas que, además de mostrar el lugar de la alteridad en el ser y en el desarrollo humano...

Dialogism and tensivity; Dialogismo e tensividade

Mendes, Conrado Moreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
In this paper, we articulate the idea of dialogism, which comes from theories of Bakhtin Circle, with the concept of tensivity, developed in the field of tensive semiotics. In our view, in the case of fait divers (feature story), dialogic relations, that constitute any discourse, overdetermine the enunciatee’s want-to-know (expectation), making it more intense, tonic. To verify our proposal, we relate the Isabella Nardoni case, broadcasted by the Brazilian TV news, Jornal Nacional, with two tales of Brothers Grimm (2012) and also with the typology of detective fiction, proposed by Todorov (2006). From what we can demonstrate through the analysis, dialogical relations – belonging to the scope of interdiscourse – reverberate in intradiscourse with respect to tensivity, that is, by gradations of intensity and extensity.; Neste artigo, articula-se a noção de dialogismo, advinda das teorias do Círculo de Bakhtin, com o conceito de tensividade, desenvolvido no âmbito da semiótica de vertente tensiva. Propõe-se que, em se tratando do fait divers, relações dialógicas, que constituem qualquer dizer, sobredeterminam a expectativa, o querer-saber, do enunciatário desse gênero do discurso, tornando-a mais intensa, tônica. Para verificar talproposta...

Rasuras orais em madrasta e as duas irmãs: processo de escritura de uma díade recém-alfabetizada

Calil, Eduardo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.27%
Inserido no campo de estudos sobre processos de criação textual na escola (genética textual) e processos enunciativos (linguística da enunciação), o presente artigo apresenta uma discussão sobre as rasuras orais que emergem durante a escritura de uma história inventada, quando duas alunas recém-alfabetizadas (7 anos de idade) combinam e escrevem juntas um mesmo manuscrito escolar. A partir de considerações em torno do acaso da emergência dessas rasuras no fluxo do dizer e do dialogismo interlocutivo e interdiscursivo que constitui o dizer dessas alunas, descrevem-se algumas de suas formas de manifestação, acompanhadas por comentários que impedem ou justificam a entrada de um elemento na posição de outro. Respeitando as características etnolinguísticas, o processo de criação textual foi filmado em uma sala de aula da cidade de São Paulo e transcrito por meio do programa Eudico Linguistic Annotator (ELAN). A transcrição efetivada, ao associar e sincronizar a simultaneidade dos vários elementos (linguísticos, entoacionais, discursivos e gestuais) que emergiram no fluxo do dizer, permitiu a identificação de diferentes tipos de comentários, caracterizados como pragmáticos, textuais e semânticos. A análise enfatiza...

CREATING KNOWLEDGE WITH AND FROM THE DIFFERENCES: THE REQUIRED DIALOGICALITY AND DIALOGICAL COMPETENCES

Souto, Patrícia Cristina do Nascimento
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2015 ENG
Relevância na Pesquisa
27.27%
The main purpose of the current conceptual article is to contribute to theorizing tacit knowledge creation (tacit knowing or knowing), by investigating its primary, foundational, and underlying condition: dialogicality. Drawing from dialogism – an epistemological and ontological framework – and the epistemology of practice, key concepts and approaches were intersected to explain dialogicality in knowing and the competences for crafting and refining it. As the emphasis on knowledge creation in organizational settings has often been on the need of interacting with other individuals to create knowledge – the more the better – the current study centres on a qualitative aspect of such knowing. There has been a de-skilling in creating knowledge with different experts and from their different experiences, and dialogicality is critical to help harnessing the generative and transformative power of such differences in knowing. Moreover, theorizing ‘dialogic’ or ‘dialogical’ knowing has been mostly based on cognitive and structural approaches and transmission models of knowledge communication, and such phenomenon has been limitedly understood in concrete and empirical sense, as knowing by means of face-to-face interactions through talk...

Cirandas da vida: dialogismo e arte na gestão em saúde; Cirandas da vida: dialogism and art within health management

Dantas, Vera Lúcia de Azevedo; Linhares, Ângela Maria Bessa; Silva, Elias José da; Lima, Raimundo Félix de; Silva, Maria Rocineide Ferreira da; Andrade, Luiz Odorico Monteiro de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Este estudo tem como objeto as ações das Cirandas da Vida, em seu dialogismo entre o princípio da comunidade e a esfera institucional na formulação e implementação de políticas de saúde e tenta apreender como a perspectiva popular se expressa com arte na gestão em saúde. Busca capturar como as comunidades exprimem sua história de luta, mediante as linguagens da arte como fertilizadora do princípio de comunidade; analisar como os atores populares se inserem na formulação e implementação dessas políticas; compreender como os diferentes grupos geracionais expressam suas leituras da realidade, no dialogismo vivido na gestão em saúde e analisar como as linguagens da arte contribuem para a construção de atos limite como estratégias de superação das situações-limite apontadas nas rodas das Cirandas. Trabalhamos com a pesquisa ação, constituindo uma comunidade ampliada de pesquisa que procedeu à análise coletiva da experiência. A violência aponta como uma das situações limite, revelando o seu impacto na juventude em situação de conflito com a lei e as linguagens da artes surgem como potências, espaços de expressão, problematização e transgressão da realidade e do envolvimento desses jovens na construção de políticas. Revela ainda o enfoque de gênero e as estratégias de sócio-economia-solidária...

Dialogismo: a ordem do enunciado; Dialogism: the statement order

Oliveira, Maria Angélica de
Fonte: Revista Graphos Publicador: Revista Graphos
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.45%
O dialogismo é a ordem do enunciado, sua natureza, sua regra. Seja na instância do discurso, como interdiscursividade ou como heterogeneidade constitutiva, seja na instância da realização concreta, como intertextualidade, transtextualidade ou heterogeneidade mostrada, todo enunciado reclama dizeres outros, vindos de outras cenas enunciativas. Todo enunciado nasce do preceito dialógico. A partir dessa perspectiva, nosso artigo discute acerca do diálogo existente entre o conceito de dialogismo bakhtiniano e os conceitos de: transtextualidade (Genette, 1982), intertextualidade (Kristeva, 1968) e heterogeneidade enunciativa (Authier-Revuz, 1982), buscando ratificar a filiação constitutiva entre os dizeres, entre os enunciados.PALAVRAS-CHAVE: Dialogismo. Interdiscursividade. Transtextualidade. Intertextualidade.; Dialogism is the order , the nature, the rule, of enunciation. Not only in the realm of discourse, with its interdiscursivity or constitutivity heterogeneity, but also in the realm of concrete realization, with its intertextuality, transtextuality or revealed heterogeneity, every enunciation calls for diverse utterances, stemming from other enunciative scenes. Every enunciation originates from the dialogic precept. Starting from this perspective...