Página 1 dos resultados de 2157 itens digitais encontrados em 0.052 segundos

Cross-cultural adaptation and validation of the instrument Diabetes - 39 (D-39): brazilian version for type 2 diabetes mellitus patients - stage 1; Adaptación cultural y validación del instrumento Diabetes - 39 (D-39): versión para brasileños con diabetes mellitus tipo 2-fase 1; Adaptação cultural e validação do instrumento Diabetes - 39 (D-39): versão para brasileiros com diabetes mellitus tipo 2 - fase 1

QUEIROZ, Flávia Alline de; PACE, Ana Emilia; SANTOS, Claudia Benedita dos
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
126.12%
The study aimed to accomplish a cross-cultural adaptation of the "Diabetes - 39 - D-39" instrument for Brazil, to test the validity of the adapted version in a sample of type 2 diabetes mellitus patients and to describe the participants of the study, according to the scores obtained on the Likert-type scale. The instrument adaptation process followed several steps: instrument translation; achievement of the consensus in Portuguese; evaluation by an expert committee; back-translation; achievement of the consensus in English; comparison of the original and consensus versions in English; semantic analysis and pre-test of the Portuguese version. Results showed that the instrument items, in the first stage of cultural adaptation to Portuguese, presented high internal consistency levels.; Este estudio tuvo como objetivos adaptar, culturalmente, para el Brasil el "Diabetes - 39 - D-39", comprobar la validez de la versión adaptada, en una muestra de personas con diabetes mellitus tipo 2, y describir los participantes del estudio, según los puntajes obtenidos por medio de la aplicación de la escala tipo Likert. El proceso de adaptación del instrumento siguió las siguientes etapas: traducción del instrumento, obtención del consenso en portugués...

Adaptação cultural e validação do instrumento diabetes - 39 (D-39): versão para brasileiros com diabetes mellitus tipo 2 - fase 1; Cultural adaptation and validation of the instrument "Diabetes - 39 (D- 39)": version for brazilian with diabetes mellitus type 2 - step 1

Queiroz, Flávia Alline de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
126.13%
Diabetes mellitus é considerado um importante problema de saúde pública, que, pelas conseqüências decorrentes de suas complicações e tratamento, poderá afetar a qualidade de vida das pessoas acometidas. Os conceitos trazidos pela literatura sobre Qualidade de Vida têm enfocado a percepção das pessoas sobre suas experiências e satisfação em relação a determinadas áreas que compõem a natureza humana. Nas últimas décadas tem crescido o interesse de obter indicadores para avaliar os resultados de intervenções clínicas, de modo a garantir maior resolutividade dos problemas de saúde. Neste contexto surgem os estudos de Qualidade de Vida Relacionada à Saúde, que se constituem em um modelo multidimensional para incluir os vários aspectos da vida humana, no qual a pessoa é fonte primária de informação, para expressar as conseqüências da enfermidade e do tratamento, na sua vida diária. A literatura traz instrumentos gerais e específicos para avaliar a qualidade de vida em relação à saúde. Entendemos que os instrumentos específicos poderão trazer informações direcionadas a realidade que se pretende atuar. Entre os instrumentos específicos de qualidade de vida das pessoas com diabetes, identificou-se o instrumento D-39 para avaliar a qualidade de vida das pessoas com diabetes mellitus. Desta forma...

Nível de atividade física em pessoas com diabetes mellitus tipo 2; Physical activity's level in people with diabetes mellitus type 2

Gonela, Jefferson Thiago
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
126.13%
A atividade física é considerada um dos pilares no tratamento do diabetes mellitus. Nesta direção, para a prescrição da atividade física recomenda-se conhecer o nível de atividade física do usuário com diabetes mellitus, com vistas aos benefícios à saúde. Estudo transversal, realizado em uma Unidade Básica Distrital de Saúde, em uma cidade do interior do estado de São Paulo, em 2009. O objetivo foi analisar o nível de atividade física dos usuários com diabetes mellitus tipo 2, segundo o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). A amostra foi constituída por 134 usuários com diabetes mellitus tipo 2, no período de maio a agosto de 2009. Para a coleta de dados, foram utilizados um formulário contendo as variáveis demográficas e clínicas e o questionário referente ao IPAQ. Para a análise, utilizaram-se a estatística descritiva e os testes de ANOVA e Qui-quadrado. Para calculo do nível de atividade física foi utilizado o Guidelines for Data Processing and Analysis of the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ)- Short and Long Forms (2005). Os resultados mostraram que a média de idade dos sujeitos foi de 63,5 (±10,3) anos, tempo de diagnóstico de 11,7 (±7,9) anos. Quanto ao nível de atividade física 11...

Estudo comparativo de redes gênicas de expressão de genes associados à diabetes mellitus tipo 2 (DM2) e genótipos de risco da doença; Comparative study of gene networks of genes associated with type 2 diabetes mellitus (DM2) and the risk genotypes for the disease

Vaquero, André Ramos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
126.15%
INTRODUÇÃO: O polimorfismo dentro do gene TCF7L2, rs7903146, é, até o momento, o marcador genético mais significantemente associado ao risco de diabetes mellitus tipo 2, sendo também associado à doença arterial coronariana. Contudo, pouco ainda se conhece sobre o papel funcional desse polimorfismo na patologia dessas doenças. O objetivo desse projeto foi investigar esse papel funcional, no fenótipo de células vasculares de músculo liso de 92 indivíduos, usando abordagens de comparação de níveis de expressão gênica e de comparação de correlações de expressão gênica, de modo que tais comparações fossem representadas visualmente como redes de interação gênica. MÉTODOS: Inicialmente, foram comparados os níveis de expressão de 41 genes (genes que possuem ou estão perto de variantes genéticas associadas ao diabetes mellitus tipo 2 e outros genes relacionados às vias de sinalização de diabetes mellitus tipo 2 ou às vias de proliferação celular) entre indivíduos com o alelo associado ao risco de diabetes mellitus tipo 2 (CT e TT) e indivíduos sem o alelo de risco (CC) do rs7903146. Com a finalidade de se observar se os genes estavam se relacionando de modo diferente entre os grupos genotípicos, foram comparados os padrões de correlação de expressão dos 41 genes. RESULTADOS: Quanto às comparações de níveis de expressão entre os grupos...

Rastreamento de Diabetes Mellitus tipo 2 por agentes comunitários de saúde: desenvolvimento de um método em atenção primária; Diabetes Mellitus type 2 Screening by community health workers: development of a primary care method

Sollitari, Lilian Halcsik
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
126.16%
INTRODUÇÃO: Diabetes Mellitus tipo 2 é uma doença caracterizada por um conjunto de desordens causadas pelo estado de hiperglicemia. Apresenta uma fase assintomática que pode durar anos e, muitas vezes, o diagnóstico só é feito na presença de complicações crônicas. É causa de grande preocupação para os responsáveis pela saúde pública mundial, devido à alta taxa de prevalência, que aumenta progressivamente, e à grande proporção de casos não diagnosticados. É importante identificar esses indivíduos para reduzir a morbimortalidade, assim como os gastos dispendidos, por meio de medidas de prevenção. No Brasil, o Sistema Único de Saúde dispõe de agentes comunitários de saúde, profissionais constituintes da Estratégia de Saúde da Família, considerados uma grande inovação do sistema de saúde pelo vínculo que criam com a população, favorecido pelas visitas domiciliares periódicas. Este trabalho teve como objetivo construir um instrumento de rastreamento de pacientes em risco de desenvolver Diabetes Mellitus tipo 2 ou casos ainda não diagnosticados da doença, utilizando o trabalho dos agentes comunitários de saúde. MÉTODOS: Os participantes foram selecionados a partir da lista de cadastros da Unidade de Saúde da Família Dr. Carlos Alberto Amorim...

Treinamento aeróbio de alta intensidade melhora a vasodilatação dependente do endotélio em pacientes com síndrome metabólica ou diabetes mellitus tipo 2

Silva, Carlos Alberto da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.14%
Introdução: A doença cardiovascular é a principal causa de morbidade e mortalidade em pacientes com síndrome metabólica ou diabetes mellitus tipo 2. Como a disfunção endotelial precede o desenvolvimento da doença cardiovascular, seria desejável identificar e tratar a disfunção endotelial antes que a aterosclerose se desenvolva. Hoje, existe evidência clara para sustentar o efeito protetor do exercício físico regular em pacientes com síndrome metabólica ou diabetes mellitus. O que está menos claro é a relação da intensidade de treinamento e melhora na função endotelial. Objetivo: Avaliar o efeito de um programa de exercício físico, de alta e baixa intensidade, na função endotelial de pacientes com Síndrome Metabólica ou Diabetes Mellitus Tipo 2. Métodos: Foram estudados 31 pacientes com diabetes melittus tipo 2 ou síndrome metabólica, de idade média (±DP) de 58±6 anos, randomizados para treinamento aeróbio de alta intensidade (AI: 75 a 85% freqüência cardíaca máxima, n = 10), treinamento aeróbio de baixa intensidade (BI: 50 a 60% freqüência cardíaca máxima, n = 10) e controle (n = 11). O treinamento foi realizado por 50 minutos, 4 vezes por semana. Antes e após 6 semanas de treinamento, os sujeitos realizaram teste de esforço e estudo da função endotelial...

Efeitos metabólicos do Café na Diabetes Mellitus Tipo 2 : Monografia : Metabolic Effects of Coffee in Type 2 Diabetes Mellitus

Ambrósio, Elsa Maria da Costa Cordeiro
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese + relatório); 30 cm
POR
Relevância na Pesquisa
126.12%
Resumo da tese: A Diabetes Mellitus é uma doença crónica que tem vindo a atrair maior atenção nas últimas décadas. Este facto deve-se à sua crescente incidência, muito em parte pelos actuais estilos de vida adoptados. O café assume-se nos dias de hoje como uma das bebidas mais consumidas mundialmente e o interesse pelo seu estudo é agora reforçado pelos permanentes achados que associam o seu consumo à Diabetes Mellitus tipo 2. O presente trabalho reúne conclusões de vários estudos, tentando clarificar se existe ou não associação entre consumo de café e Diabetes Mellitus tipo 2, bem como os compostos presentes no café que influenciam esta associação. O café é uma mistura de vários componentes e, apesar de a cafeína ser o mais conhecido, muitos mais influenciam a sua acção no organismo, tais como o ácido clorogénico, trigonelina, magnésio e certas vitaminas. Concluiu-se com este trabalho que existe uma associação inversa entre a Diabetes Mellitus tipo 2 e o consumo de café. No entanto são ainda necessários mais estudos para clarificar quais os mecanismos exactos por detrás desta associação.; Thesis abstract: Diabetes Mellitus is a chronic disease that has raised awareness in our society in recent decades. This is due to its increasing incidence...

Variabilidade genética das glicoproteínas plaquetárias GPIba e GPIIIa e a sua possível associação com o risco trombótico em doentes com Diabetes mellitus tipo 2

Carvalhais, Virgínia Maria Dinis
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 28/01/2010 POR
Relevância na Pesquisa
126.16%
Dissertação de mestrado em Genética Molecular; As patologias vasculares são a principal causa de mortalidade e morbilidade na Diabetes mellitus tipo 2. Uma vez que um endotélio vascular íntegro é fundamental para a homeostasia, eventos isquémicos são frequentes nos indivíduos com Diabetes mellitus tipo 2. Na isquemia arterial, a exposição do conteúdo da placa de ateroma leva à activação das plaquetas por intermédio das glicoproteínas existentes na superfície das mesmas. O objectivo principal deste estudo é verificar se a presença de polimorfismos nas glicoproteínas plaquetárias poderão estar associados com o aparecimento de isquemia arterial do membro inferior nos indivíduos com DM tipo 2. Para isso, estudou-se por PCRRFLP os SNPs HPA-2 e KOZAK na GPIbα, o PlA1/A2 na GPIIIa, e um VNTR na GPIbα. Verificou-se que existem diferenças estatisticamente significativas para o polimorfismo VNTR entre o grupo controlo e o grupo com DM tipo 2. O polimorfismo KOZAK parece estar associado ao aparecimento de isquemia arterial do membro inferior em indivíduos com DM tipo 2. Estes resultados sugerem que o polimorfismo KOZAK poderá contribuir para um aumento da probabilidade de desenvolver isquemia arterial do membro inferior em indivíduos com DM tipo 2. Os nossos resultados também evidenciam a importância do estudo dos polimorfismos plaquetários uma vez que podem contribuir para estabelecer um perfil genético de risco em indivíduos com DM tipo 2.; Vascular diseases are the most important cause of mortality and morbidity in patients with type 2 diabetes mellitus. Once a functional endothelium is important for homeostasis...

EVALUATION OF RISK FOR DIABETES MELLITUS TYPE 2; AVALIAÇÃO DO RISCO DE DIABETES MELLITUS TIPO 2; EVALUACIÓN DEL RIESGO PARA LA DIABETES MELLITUS DE TIPO 2

Bettencourt, Hildeberto; Casas-Novas, Maria Vitória
Fonte: REUOL Rev enferm UFPE on line. Publicador: REUOL Rev enferm UFPE on line.
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.18%
ABSTRACT Objective: to identify the risk of developing Diabetes Mellitus Type 2 within 10 years on patients of the National Health System (NHS) from Lajes do Pico, Azores, Portugal. Method: simple descriptive study, explanatory and tranversal, with a quantitative approach and a randomized controlled trial stratified with proportional disaggregation by gender based on the background question: What is the risk of developing DM Type 2 within ten years for the patients of the HNS, with more than 18 years old, who have a family doctor at the Unidade de Saúde of Ilha do Pico – Centro de Saúde Lajes do Pico (USIP-CSLP). The data collection took place between 1st July and 31st December 2010, through the administration of one Form to 419 individuals, in which all ethical norms regarding research on Human Beings were observed. Results: the individuals observed reveal increased risk factors of developing the disease and suffer of a very high risk of developing DM Type 2 within 10 years. About two thirds reveal changes on the BVI (73,2%) and on the waist size (71,4%), low percentage of individuals who exercise regularly (71,4%), more than half eat vegetables and/or fruit every day ( 64,9%), more than one third takes or have already taken medicine for HTN (30...

Treino de força, na insulino-resistência e no controlo glicémico na diabetes mellitus tipo 2 : uma revisão sistemática

Silva, João Duarte Magalhães Costa e
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
126.14%
Introdução: As fortes evidências dos benefícios da actividade física e da prática regular de exercício tem levado várias organizações internacionais a recomendarem a actividade física de uma forma geral e o exercício em particular, como uma estratégia de intervenção não farmacológica e de modificação do estilo de vida. Mais recentemente, o treino de força tem sido alvo de estudo e foi sugerido na melhora do controlo glicémico e na insulino-resistência. Objectivo: Este estudo revê de forma sistemática os efeitos do treino de força no controlo glicémico e na insulino-resistência em adultos com diabetes mellitus tipo 2. Metodologia: Foram analisados artigos indexados na base de dados Pubmed até Fevereiro de 2011. A pesquisa foi restrita aos últimos 10 anos (2001-2010) e a estudos realizados em humanos. Para a realização da pesquisa utilizaram-se os seguintes termos no título: (diabetes OR “diabetes mellitus” OR “type 2 diabetes” OR NIDDM) AND (“resistance training” OR “resistance exercise” OR “strength training” OR “weight lifting” OR “weight training” OR “circuit training”). Resultados: Na pesquisa inicial foram encontrados 53 artigos. Foram apenas seleccionados os estudos que utilizaram o controlo glicémico ou a IR como forma de controlo dos efeitos do TF na DMT2. Apenas foi possível obter em texto integral 16 estudos. Conclusões: A revisão dos artigos científicos apresentados fornece dados que permitem concluir que o treino de força pode contribuir de forma efectiva para um melhor controlo glicémico e para uma diminuição na insulino-resistência em indivíduos com diabetes tipo 2.

Intervenção clínica e nutricional em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 não controlada e com excesso ponderal ou obesidade

Costa, Vera Juliana Oliveira Soares da
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
126.12%
Objetivos: O presente estudo teve como objetivo avaliar em que medida o aconselhamento nutricional e a intensificação do acompanhamento clínico permitem melhorar o controlo metabólico de uma amostra de pacientes com diabetes mellitus tipo 2 não controlada e com excesso de peso/obesidade. Material e Métodos: Ensaio clínico controlado randomizado com três meses de duração realizado no Hospital de Sousa Martins da Unidade Local de Saúde da Guarda entre julho de 2011 e março de 2012. Quarenta e nove pacientes com diabetes mellitus tipo 2, valores de hemoglobina glicada superior a 7% e com sobrepeso/obesidade foram randomizados para o grupo experimental ou para o grupo controlo. Quarenta e cinco (91,8%) completaram o estudo. O grupo experimental recebeu recomendações nutricionais individualizadas e acompanhamento clínico mensais durante os três meses da intervenção. O grupo controlo continuou o seu acompanhamento clínico habitual. As principais medidas de resultado foram medidas antropométricas, parâmetros laboratoriais e valores de tensão arterial. Resultados: Aos três meses, obteve-se uma redução significativa do peso (p=0,010 e p=0,011) e do índice de massa corporal (p=0,012 e p=0,014), no grupo experimental e no grupo controlo...

Señales neurohormonales tras gastrectomía tubular y by-pass gástrico: implicación en la pérdida de peso y resolución de la diabetes mellitus tipo 2

Navarro García, María Inmaculada
Fonte: Universidade de Múrcia Publicador: Universidade de Múrcia
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
126.14%
PALABRAS CLAVE: Cirugía bariatrica.Gastrectomía tubular laparoscópica.Bypass gástrico laparoscópico. Pérdida de exceso de peso.Diabetes Mellitus. Hormonas gastrointestinales.Ghrelina.GLP-1.PYY. SEÑALES NEUROHORMONALES TRAS GASTRECTOMÍA TUBULAR Y BY-PASS GÁSTRICO.IMPLICACIÓN EN LA PÉRDIDA DE PESO Y RESOLUCIÓN DE LA DIABETES MELLITUS TIPO 2. OBJETIVO Nuestro objetivo fue comparar la técnica gastrectomía tubular (GT) con el by-pass gástrico (BP),en cuanto a la pérdida ponderal y resolución de comorbilidades. Analizando los marcadores del síndrome metabólico y las modificaciones hormonales en ayunas con ambos procedimientos. MATERIAL Y MÉTODO El estudio se realizó en el Servicio de Cirugía General del Complejo Hospitalario de Cartagena,entre 2011-2013 y un seguimiento de 24 meses.Estudio observacional de cohortes analíticas prospectivo consecutivo,donde se diseñaron dos grupos de estudio distribuidos de forma no aleatoria: grupo A (100 pacientes BP),y grupo B (100 pacientes GT).Los criterios de inclusión fueron los utilizados por la Sociedad Española de Cirugía de la Obesidad (SECO).La asignación de los pacientes a un determinado grupo se realizó siempre en el mismo orden y según fecha de inclusión en lista de espera quirúrgica. En el protocolo de estudio de incluyeron:datos demográficos (edad y sexo); variables clínicas preoperatorias (peso...

Treino de força, na insulino-resistência e no controlo glicémico na diabetes mellitus tipo 2 : uma revisão sistemática

Silva, João Duarte Magalhães Costa e
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
126.14%
Introdução: As fortes evidências dos benefícios da actividade física e da prática regular de exercício tem levado várias organizações internacionais a recomendarem a actividade física de uma forma geral e o exercício em particular, como uma estratégia de intervenção não farmacológica e de modificação do estilo de vida. Mais recentemente, o treino de força tem sido alvo de estudo e foi sugerido na melhora do controlo glicémico e na insulino-resistência. Objectivo: Este estudo revê de forma sistemática os efeitos do treino de força no controlo glicémico e na insulino-resistência em adultos com diabetes mellitus tipo 2. Metodologia: Foram analisados artigos indexados na base de dados Pubmed até Fevereiro de 2011. A pesquisa foi restrita aos últimos 10 anos (2001-2010) e a estudos realizados em humanos. Para a realização da pesquisa utilizaram-se os seguintes termos no título: (diabetes OR “diabetes mellitus” OR “type 2 diabetes” OR NIDDM) AND (“resistance training” OR “resistance exercise” OR “strength training” OR “weight lifting” OR “weight training” OR “circuit training”). Resultados: Na pesquisa inicial foram encontrados 53 artigos. Foram apenas seleccionados os estudos que utilizaram o controlo glicémico ou a IR como forma de controlo dos efeitos do TF na DMT2. Apenas foi possível obter em texto integral 16 estudos. Conclusões: A revisão dos artigos científicos apresentados fornece dados que permitem concluir que o treino de força pode contribuir de forma efectiva para um melhor controlo glicémico e para uma diminuição na insulino-resistência em indivíduos com diabetes tipo 2.

Intervenção clínica e nutricional em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 não controlada e com excesso ponderal ou obesidade

Costa, Vera Juliana Oliveira Soares da
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2012 POR
Relevância na Pesquisa
126.12%
Objetivos: O presente estudo teve como objetivo avaliar em que medida o aconselhamento nutricional e a intensificação do acompanhamento clínico permitem melhorar o controlo metabólico de uma amostra de pacientes com diabetes mellitus tipo 2 não controlada e com excesso de peso/obesidade. Material e Métodos: Ensaio clínico controlado randomizado com três meses de duração realizado no Hospital de Sousa Martins da Unidade Local de Saúde da Guarda entre julho de 2011 e março de 2012. Quarenta e nove pacientes com diabetes mellitus tipo 2, valores de hemoglobina glicada superior a 7% e com sobrepeso/obesidade foram randomizados para o grupo experimental ou para o grupo controlo. Quarenta e cinco (91,8%) completaram o estudo. O grupo experimental recebeu recomendações nutricionais individualizadas e acompanhamento clínico mensais durante os três meses da intervenção. O grupo controlo continuou o seu acompanhamento clínico habitual. As principais medidas de resultado foram medidas antropométricas, parâmetros laboratoriais e valores de tensão arterial. Resultados: Aos três meses, obteve-se uma redução significativa do peso (p=0,010 e p=0,011) e do índice de massa corporal (p=0,012 e p=0,014), no grupo experimental e no grupo controlo...

Perceived Stress and Adaptation in Patients with Type 2 Diabetes mellitus; Estrés percibido y adaptación en pacientes con diabetes mellitus tipo 2; Estresse Percibido e adaptação em pacientes com diabetes mellitus tipo 2

Lozano Ortiz, Margarita; Universidad Autónoma del Estado de Hidalgo; Salazar González, Bertha Cecilia; Universidad Autónoma de Nuevo León
Fonte: Aquichan Publicador: Aquichan
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
126.12%
Introduction : Diabetes mellitus type 2 constitute (DMT2) a problem of public health in Mexico ; occupies the first places in general mortality. The person with diabetes should accept her/his chronic condition to face it and to respond the best possible to the demands of the illness, it implies to adapt. Purpose : To explore the influence of a half range theory derived of the Model of Roy, in the understanding of to know the influences of the perceived stress, coping strategies, physiologic adaptation and psicosocial in patients with DMT2. Material and methods : The design was correlacional descriptive. The sample was of 200 and it was determined for a meaning level of .05 and 95% of trust, with a power of test of 90%. The patients were included of 30 to 65 years of age, starting from one year of diagnostic; pregnant women and patients with cancer were excluded. Three instruments were applied (perceived stress, coping and psycho-social adaptation). The physiologic adaptation was integrated for HbAlc, total cholesterol and triglycerides and weight and height. Results : The age average was of 52.26 years (DE = 7.57). The models of lineal regression showed that the perceived stress influenced negatively in the coping and psycho-social adaptation (both p; Introducción : la diabetes mellitus tipo 2 (DMT2) constituye un problema de salud pública...

Identificação de biomarcadores salivares de doença periodontal em pacientes com diabetes mellitus tipo 2

Hortênsio, Andreia Soraia Pinto
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
126.13%
Introdução: A periodontite (doença inflamatória induzida por microrganismos que afeta as estruturas de suporte do dente) e a Diabetes Mellitus tipo 2 (patologia endócrina associada à hiperglicemia) são doenças crónicas com elevada prevalência na sociedade moderna. As alterações de expressão das proteínas associadas à fisiopatologia das doenças são passíveis de ser avaliadas na saliva, tornando possível o diagnóstico não invasivo. Objetivos: Quantificar em saliva de pacientes portadores de doença periodontal e diabetes tipo 2, potenciais biomarcadores propostos por estudos in silico realizados a partir de informação relativa do perfil de expressão dos marcadores em pacientes só com uma das doenças, periodontite crónica ou diabetes tipo 2. Materiais e métodos: Recolha e processamento de saliva em pacientes com periodontite crónica, com e sem Diabetes Mellitus tipo 2, segundo o protocolo do SalivaTec da Universidade Católica Portuguesa. Armazenamento das amostras segundo as indicações do Biobanco do Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa. Avaliação da chemokine (c-c motif) ligand 13 (CCL13) (Q99616) e chemokine (c-c motif) ligand 3 (CCL3) (P10147), 2 quimiocinas indicadoras das sub-populações de macrófagos e de linfócitos Th...

Depressão, cortisol urinário e perfil sócio-demográfico de portadores de diabetes mellitus tipo 2; Depresion, el cortisol urinario y perfil sociodemografico em portadores de diabetes mellitus tipo 2; Depression, urinary cortisol and social demographics characteristics in subjects with type 2 diabetes mellitus

Nascimento, Alexandra Bulgarelli do; Chaves, Eliane Corrêa; Grossi, Sonia Aurora Alves
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
126.12%
O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre indicadores de depressão e perfil sócio-demográfico de portadores de Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2).A avaliação sócio-demográfica foi conduzida em amostra composta por 40 pacientes na Liga de Diabetes (HC-FMUSP).Os indicadores de depressão foram investigados a partir do Inventário de Depressão de Beck (IBD) em associação com cortisol urinário (CORT).Os resultados mostraram que indivíduos portadores de DM2 com alta escolaridade, baixo poder aquisitivo individual e familiar e com história de rompimento de relação conjugal estável estão mais propensos a sintomas de depressão.; Lo objective deste estudo fue investigar la relación entre la depresión y los indicadores de perfil socio-demográfico de los pacientes con diabetes mellitus tipo 2 (DM2). Evaluación socio-demográficos se llevó a cabo en una muestra de 40 pacientes en la Liga de la Diabetes (HC-FMUSP). Indicadores de la depresión se han investigado en el Beck Depression Inventory (BDI),en asociación con el cortisol urinario (CORT).Resultados muestraron que los pacientes con DM2 con alto nivel de educación,las personas de bajos ingresos y familias con historia de interrupción de los matrimonios estables son más propensos a tener síntomas de la depresión.; The objective this study was investigate the relationship between depression indicators and social-demographics characteristics in subjects with Type 2 Diabetes Mellitus (DM2). The socio-demographic evaluation was conducted in a sample composed of 40 patients with DM2 from Diabetes League (HCFM-USP).Depression indicators were evaluated through the Beck Depression Inventory (BDI) in addition to urinary cortisol (CORT).The results showed that individuals with high education level...

Levantamento dos fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 em uma instituição de ensino superior; Levantamiento de los factores de riesgo para la diabetes mellitus tipo 2 en una institución universitaria; Survey on risk factors for type-2 diabetes mellitus in an undergraduation school

Ortiz, Maria Carolina Alves; Zanetti, Maria Lúcia
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/05/2001 POR
Relevância na Pesquisa
126.14%
O aumento da expectativa de vida da população, diminuição da atividade física e aumento da ingesta calórica exercem importante papel no aparecimento do diabetes na população. Assim, o objetivo deste estudo é identificar os fatores de risco para o diabetes mellitus tipo 2, em 99 sujeitos de instituição de ensino, em uma cidade do interior paulista. Os resultados permitiram-nos concluir que: 51,5% dos sujeitos estão com sobrepeso ou obesos; 51,5% tem antecedentes hereditários, 70% não realizam atividades físicas regularmente, 68% sentem-se estressados no trabalho e 6% apresentam níveis pressóricos alterados. Os resultados indicam a necessidade de programa educativo junto às instituições, visando despertar nos sujeitos a necessidade de buscar estilos de vida saudáveis a fim de prevenir os fatores de risco para o diabetes tipo 2.; El aumento de expectativa de vida de la población, la reducción de la actividad física y EL aumento de la ingestión de calorías ejercen un importante papel en el aumento del número de personas con diabetes. De ésta manera, el objetivo del estudio es identificar los factores de riesgo para la diabetes mellitus de tipo 2, en 99 sujetos de una institución de enseñanza, en una ciudad del interior del estado de São Paulo. Los resultados nos permitieron concluir que: 51...

Fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 em crianças; Factores de riesgo para diabetes mellitus tipo 2 en niños; Risk Factors for Type 2 Diabetes Mellitus in Children

Macêdo, Suyanne Freire de; Araújo, Márcio Flávio Moura de; Marinho, Niciane Pessoa Bandeira; Lima, Adman Câmara Soares; Freitas, Roberto Wagner Freire de; Damasceno, Marta Maria Coelho
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
126.15%
O estudo teve como objetivo identificar fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 numa população de crianças de escolas públicas de Fortaleza, CE, Brasil. Foram avaliadas 727 crianças de 6 a 11 anos de 12 escolas, nos meses de março a junho de 2008. Foi aplicado formulário abordando aspectos sociodemográficos, índice de massa corporal, pressão arterial, glicemia capilar e circunferência da cintura. Dos sujeitos, 54,1% eram do sexo feminino, 21,7% tinham excesso de peso, 27% obesidade central, 6,2% alterações glicêmicas e 17,9% pressão arterial elevada. Em relação aos fatores de risco, 53,4% não apresentavam, 24,3% tinham pelo menos um fator e 18,8%, dois. A enfermagem pode atuar nas escolas por meio de ações de educação em saúde, incentivando a adoção de hábitos de vida saudáveis e na identificação de crianças com risco para diabetes mellitus tipo 2.; El estudio tuvo como objetivo identificar factores de riesgo para diabetes mellitus tipo 2 en una población de niños de escuelas públicas de Fortaleza, Brasil. Fueron evaluadas 727 niños de 6 a 11 años, de 12 escuelas, en los meses de marzo a junio de 2008. Fue aplicado un formulario abordando aspectos sociodemográficos, índice de masa corporal...

Cross-cultural adaptation and validation of the instrument Diabetes - 39 (D-39): brazilian version for type 2 diabetes mellitus patients - stage 1; Adaptación cultural y validación del instrumento Diabetes - 39 (D-39): versión para brasileños con diabetes mellitus tipo 2-fase 1; Adaptação cultural e validação do instrumento Diabetes - 39 (D-39): versão para brasileiros com diabetes mellitus tipo 2 - fase 1

Queiroz, Flávia Alline de; Pace, Ana Emilia; Santos, Claudia Benedita dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2009 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
126.14%
The study aimed to accomplish a cross-cultural adaptation of the "Diabetes - 39 - D-39" instrument for Brazil, to test the validity of the adapted version in a sample of type 2 diabetes mellitus patients and to describe the participants of the study, according to the scores obtained on the Likert-type scale. The instrument adaptation process followed several steps: instrument translation; achievement of the consensus in Portuguese; evaluation by an expert committee; back-translation; achievement of the consensus in English; comparison of the original and consensus versions in English; semantic analysis and pre-test of the Portuguese version. Results showed that the instrument items, in the first stage of cultural adaptation to Portuguese, presented high internal consistency levels.; Este estudio tuvo como objetivos adaptar, culturalmente, para el Brasil el "Diabetes - 39 - D-39", comprobar la validez de la versión adaptada, en una muestra de personas con diabetes mellitus tipo 2, y describir los participantes del estudio, según los puntajes obtenidos por medio de la aplicación de la escala tipo Likert. El proceso de adaptación del instrumento siguió las siguientes etapas: traducción del instrumento, obtención del consenso en portugués...