Página 1 dos resultados de 21533 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

Adaptação cultural e validação do instrumento diabetes - 39 (D-39): versão para brasileiros com diabetes mellitus tipo 2 - fase 1; Cultural adaptation and validation of the instrument "Diabetes - 39 (D- 39)": version for brazilian with diabetes mellitus type 2 - step 1

Queiroz, Flávia Alline de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
Diabetes mellitus é considerado um importante problema de saúde pública, que, pelas conseqüências decorrentes de suas complicações e tratamento, poderá afetar a qualidade de vida das pessoas acometidas. Os conceitos trazidos pela literatura sobre Qualidade de Vida têm enfocado a percepção das pessoas sobre suas experiências e satisfação em relação a determinadas áreas que compõem a natureza humana. Nas últimas décadas tem crescido o interesse de obter indicadores para avaliar os resultados de intervenções clínicas, de modo a garantir maior resolutividade dos problemas de saúde. Neste contexto surgem os estudos de Qualidade de Vida Relacionada à Saúde, que se constituem em um modelo multidimensional para incluir os vários aspectos da vida humana, no qual a pessoa é fonte primária de informação, para expressar as conseqüências da enfermidade e do tratamento, na sua vida diária. A literatura traz instrumentos gerais e específicos para avaliar a qualidade de vida em relação à saúde. Entendemos que os instrumentos específicos poderão trazer informações direcionadas a realidade que se pretende atuar. Entre os instrumentos específicos de qualidade de vida das pessoas com diabetes, identificou-se o instrumento D-39 para avaliar a qualidade de vida das pessoas com diabetes mellitus. Desta forma...

Estimativa do tamanho da porção alimentar de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 utilizando o álbum fotográfico; Estimating the size of food portions of individuals with diabetes mellitus type 2 using a photo album.

Barbieri, Anelise Faloni Siman
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
Trata-se de um estudo transversal, realizado em uma instituição de saúde, em uma cidade do interior de São Paulo, em 2009. Objetivo Geral: avaliar a estimativa da porção alimentar auto-referida do indivíduo com diabetes mellitus tipo 2. Objetivos específicos: caracterizar as pessoas com diabetes mellitus tipo 2 segundo as variáveis sócio-demográficas e clínicas; quantificar e avaliar o consumo alimentar de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2; analisar a estimativa da porção de alimento auto-referida utilizando o álbum fotográfico; e relacionar a estimativa da porção de alimento autoreferida segundo algumas variáveis sócio-demográficas e clínicas. A amostra foi constituída por 48 indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 que atenderam aos critérios de inclusão e exclusão. Para a coleta de dados foram utilizados três instrumentos: um questionário para a obtenção das variáveis sócio-demográficas e clínicas; um questionário de frequência de consumo alimentar QFCA e um álbum fotográfico. Os dados foram obtidos mediante entrevista no domicílio. Para a análise utilizou-se estatística descritiva e análise de correspondência simples. Os resultados mostraram que houve predomínio de indivíduos do sexo feminino...

Representações sociais dos alimentos para pessoas com diabetes mellitus tipo 2; Social representations of food for type 2 diabetes mellitus patients.

Ribas, Camila Rezende Pimentel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.59%
Este estudo teve como objetivo identificar as representações sociais dos alimentos sob a ótica de pessoas com diabetes mellitus tipo 2. Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, de abordagem qualitativa, cujo referencial teórico adotado foi a teoria das representações sociais. Optou-se por esse referencial teórico, em virtude de ser o mais adequado para investigar como as representações sociais dos alimentos são percebidas pelas pessoas com diabetes mellitus tipo 2. O enfoque teórico fundamenta-se na psicologia social, na vertente de Moscovici, aprofundada por Denise Jodelet. Os participantes foram selecionados a partir da lista de espera do Centro de Pesquisa e Extensão Universitária do interior paulista, em 2008. A amostra foi constituída por 14 participantes com diabetes mellitus tipo 2, de ambos os sexos, cuja idade variou de 43 a 83 anos, sendo atendidos os critérios de seleção. Para a coleta de dados, utilizou-se um roteiro de entrevista estruturada e um roteiro de entrevista semi-estruturada construído a partir da literatura, com a seguinte questão norteadora: Gostaria que falasse a respeito do que os alimentos significam para o(a) Sr(a) em seu dia-a-dia. Para a finalização das entrevistas, utilizou-se o critério de saturação dos dados. Os dados foram submetidos à técnica de análise de conteúdo...

Direitos dos usuários com Diabetes Mellitus: do conhecimento à utilização dos benefícios na saúde; Rights of users with diabetes mellitus: the use of the knowledge on health benefits.

Santos, Ellen Cristina Barbosa dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
Trata-se de um estudo exploratório-descritivo de abordagem qualitativa, com o objetivo de analisar o conhecimento do usuário com diabetes mellitus acerca dos direitos e benefícios em saúde advindos da legislação vigente. O estudo foi realizado no Centro de Pesquisa e Extensão Universitária do interior paulista com 12 usuários com diabetes mellitus, vinculados ao Grupo de Educação em Diabetes. A coleta de dados ocorreu no período de setembro a dezembro de 2008, através de entrevista semi-estruturada, norteada pela questão relacionada ao conhecimento do usuário com diabetes mellitus e percepção dos benefícios em saúde advindos da legislação vigente. Utilizou-se também, um questionário contendo variáveis sóciodemográficas, variáveis clínicas e variáveis relacionadas ao monitorização da glicemia capilar para caracterização dos participantes da pesquisa. A análise dos temas foi fundamentada nos documentos oficiais identificados através do levantamento acerca dos direitos do usuário em diabetes e dos princípios da Bioética. Os dados obtidos foram agrupados em três temas: a não-consciência dos usuários com diabetes mellitus acerca dos seus direitos; a co-responsabilidade em saúde no que diz respeito ao fornecimento de informações e à efetivação dos direitos dos usuários e...

Avaliação da atenção em diabetes mellitus em uma unidade básica distrital de saúde de Ribeirão Preto-SP; Evaluation of diabetes mellitus care service at a District Basic Health Unit in Ribeirão Preto-SP,

Silva, Adriana Serafim Bispo e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.6%
Este estudo de caso teve como objetivo avaliar a estrutura, o processo e o resultado da atenção em diabetes mellitus em uma Unidade Básica Distrital de Saúde, do município de Ribeirão Preto-SP. Foram analisados 138 prontuários de saúde de usuários com diabetes mellitus, de janeiro de 2007 a julho de 2008. Para a coleta de dados, foram utilizados o prontuário de saúde dos usuários, a observação participante e a Relação Municipal de Medicamentos. Para análise, utilizou-se a Avaliação de Cuidados em Saúde proposta por Donabedian (1980). Quanto ao componente estrutura: a organização dos espaços que tiveram relação com o atendimento prejudicou a ambiência na atenção em saúde ao usuário com diabetes mellitus. Os profissionais envolvidos no atendimento do usuário com diabetes mellitus foram os médicos e auxiliares de enfermagem. Os registros de enfermeiros corresponderam a 9,4% dos atendimentos e dos farmacêuticos, 8,6%. Registros de atendimentos dos profissionais, assistente social, nutricionista e cirurgião-dentista, não foram identificados nos prontuários de saúde. Havia disponível, na Unidade de recursos materiais, medicamentos e insumos para o tratamento e seguimento do usuário com diabetes mellitus. Quanto ao componente processo: a análise das atividades técnicas mostrou que o peso corporal foi verificado em 98...

Prevalência de diabetes mellitus em mães de crianças com fissuras labiopalatinas; Prevalence of diabetes mellitus in mothers of children with cleft lip and palate

Kostrisch, Lilia Maria von
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
Introdução: Não foram encontrados na literatura dados sobre a prevalência de diabetes mellitus em mães de crianças com fissura labiopalatina. Dada a relevância do tema esse foi o principal objetivo da presente investigação. Método: Após aprovação do comitê de ética e pesquisa e obtenção do consentimento livre e esclarecido, foram entrevistadas 325 mulheres, mães biológicas de crianças com fissuras labiopalatinas com idades de 0 a 3 anos matriculadas no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo, HRAC-USP. Foi aplicado questionário com 24 questões onde obteve-se a identificação das mães, o tipo de diabetes, os principais sinais clínicos, as comorbidades associadas, hipertensão, obesidade, medicamentos e drogas lícitas e ilícitas usadas durante a gravidez. Também foram aferidos a pressão arterial e o perímetro abdominal das mães e anotados os valores da glicemia de jejum na primeira consulta pré-natal. Resultados: Os resultados obtidos mostraram que 88 mulheres apresentavam diabetes mellitus, sendo 78 com diabetes mellitus gestacional, 05 com diabetes mellitus tipo 1 e 05 com diabetes mellitus tipo 2. A prevalência de diabetes mellitus em mães de crianças com fissuras labiopalatinas foi de 27...

Associação do polimorfismo INS-VNTR com a susceptibilidade ao diabetes mellitus tipo 1, tipo 2 e gestacional na população urbana brasileira; Association of the INS-VNTR polymorphism with susceptibility to type 1, type 2 and gestational diabetes mellitus in the urban brazilian population

Pelá, Flávia Porto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
O diabetes mellitus (DM) é definido como doença metabólica, caracterizado pela hiperglicemia, causada pela disfunção da secreção de insulina, atividade da insulina ou ambas. É classificado em quatro classes clínicas i) diabetes mellitus tipo 1 (DM1), ii) diabetes mellitus tipo 2 (DM2), iii) diabetes mellitus gestacional (DMG), iv) outros tipos específicos. Dentre os genes conhecidos por influenciarem o mecanismo de produção e liberação de insulina no organismo humano, o gene da insulina (INS) é o mais bem caracterizado nas classes clínicas do DM. A região promotora do gene INS tem sido alvo de estudo em diversas amostras populacionais do mundo, devido a sua capacidade de modular os níveis de expressão de insulina no timo e no pâncreas, de acordo, com a classe alélica que compõe o genótipo do indivíduo. Localizada a 596pb acima do sítio de transcrição do gene da insulina, é estruturada em alelos minissatélites distribuídos in tandem (ACAGGGGTGTGGGG). O alelo classe I (30 - 60 repetições) tem sido associado com predisposição ao DM1, enquanto o alelo classe III (120 - 170 repetições) tem efeito de proteção ao DM1, no entanto, esse alelo tem apresentado correlação ao DM2, à obesidade em crianças e jovens e...

Rastreamento de Diabetes Mellitus tipo 2 por agentes comunitários de saúde: desenvolvimento de um método em atenção primária; Diabetes Mellitus type 2 Screening by community health workers: development of a primary care method

Sollitari, Lilian Halcsik
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
INTRODUÇÃO: Diabetes Mellitus tipo 2 é uma doença caracterizada por um conjunto de desordens causadas pelo estado de hiperglicemia. Apresenta uma fase assintomática que pode durar anos e, muitas vezes, o diagnóstico só é feito na presença de complicações crônicas. É causa de grande preocupação para os responsáveis pela saúde pública mundial, devido à alta taxa de prevalência, que aumenta progressivamente, e à grande proporção de casos não diagnosticados. É importante identificar esses indivíduos para reduzir a morbimortalidade, assim como os gastos dispendidos, por meio de medidas de prevenção. No Brasil, o Sistema Único de Saúde dispõe de agentes comunitários de saúde, profissionais constituintes da Estratégia de Saúde da Família, considerados uma grande inovação do sistema de saúde pelo vínculo que criam com a população, favorecido pelas visitas domiciliares periódicas. Este trabalho teve como objetivo construir um instrumento de rastreamento de pacientes em risco de desenvolver Diabetes Mellitus tipo 2 ou casos ainda não diagnosticados da doença, utilizando o trabalho dos agentes comunitários de saúde. MÉTODOS: Os participantes foram selecionados a partir da lista de cadastros da Unidade de Saúde da Família Dr. Carlos Alberto Amorim...

Os cuidados primários à saúde da criança com diabetes mellitus tipo 1 em serviços públicos de saúde: percepção de mães e cuidadores; Primary health care of children with type 1 diabetes mellitus in public health services: perception of mothers and caregivers

Wolkers, Paula Carolina Bejo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.58%
O cuidado integral à saúde da criança com diabetes mellitus tipo 1, considerando a renovação da Atenção Primária à Saúde (APS) e as diretrizes das Redes de Atenção à Saúde, é de extrema importância no contexto da avaliação dos serviços de saúde, foco do presente estudo. O objetivo geral foi avaliar a atenção à saúde de crianças com diabetes mellitus tipo 1, a partir das percepções de mães/cuidadores, fornecendo subsídios para a organização da atenção à saúde em condições crônicas na infância. Os objetivos específicos foram: caracterizar o perfil das mães/cuidadores e das crianças com diabetes mellitus tipo 1, de acordo com variáveis sociais, epidemiológicas, demográficas, clínicas, situação vacinal das crianças e os motivos de atraso nas vacinas ou da não vacinação; descrever a presença e a extensão dos atributos da APS nos serviços de saúde de atendimento às crianças com diabetes mellitus tipo 1, por meio do questionário PCATool (Primary Care Assessment Tool); analisar a utilização dos serviços de saúde e o grau de afiliação a determinados serviços de saúde; e identificar as experiências e expectativas de mães/cuidadores de crianças com diabetes mellitus tipo 1...

Análise econômica de programa para rastreamento do diabetes mellitus no Brasil; Economic analysis of a screening program for diabetes mellitus in Brazil

Georg, Alvaro Ernani; Duncan, Bruce Bartholow; Toscano, Cristiana M.; Schmidt, Maria Inês; Mengue, Sotero Serrate; Duarte, Cláudio; Polanczyk, Carisi Anne
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Objetivo Diabetes mellitus é um problema de saúde pública com elevado ônus social e econômico, cujo diagnóstico é desconhecido em metade dos indivíduos portadores. Em 2001, o Ministério da Saúde realizou a Campanha Nacional para a Detecção do Diabetes Mellitus. Assim, o objetivo do estudo foi estimar o impacto econômico e o rendimento desse rastreamento populacional. Métodos Baseado no número de rastreados com resultados positivos (glicemia capilar em jejum 100 mg/dl ou fora do jejum 140 mg/dl), foram estimados os prováveis casos novos de diabetes mellitus e construído modelo de decisão analítico. Dados primários e secundários foram utilizados para estimar os custos (em Reais) e o rendimento (casos novos de diabetes mellitus detectados) do rastreamento com o pressuposto de pagador único. Análises de sensibilidade foram conduzidas para avaliar o efeito de alguns parâmetros nessas estimativas. Resultados Considerando-se a prevalência de diabetes mellitus não diagnosticado na população- alvo de 4,8%, o número provável de novos casos de diabetes mellitus diagnosticados foi de 518.579. Isso, pressupondo que um terço dos participantes com teste positivo procurou a conf irmação (23 casos por 1.000 rastreados). O custo por novo caso de diabetes mellitus diagnosticado a partir desses pressupostos seria de R$89. Em análises de sensibilidade...

Resiliência e adesão ao tratamento do diabetes mellitus em mulheres

Reckziegel, Juliana Cristina Lessmann
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 200 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.58%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2014.; Introdução: O Diabetes Mellitus é uma doença crônica caracterizada por alterações metabólicas e endócrinas, que acometem grande número de mulheres em todo o mundo. Traz necessidades de adaptação no estilo de vida, incluindo: a realização de atividade física, do controle da glicemia, o uso de medicamentos, o seguimento de um plano alimentar e a inclusão de novas práticas em saúde, que, nem sempre são incorporadas com facilidade ao cotidiano das mulheres. Porém, vivenciar situações difíceis também pode conduzir ao surgimento do desejo de superação de problemas, passando a reconhecer as potencialidades e os fatores de proteção em seus contextos sócio-histórico-culturais e ambientais. Assim, toma-se a resiliência, reconhecida como a capacidade de suportar, de adaptar-se e conviver de forma harmônica desenvolvida frente às situações de adversidade e/ou estresse, como uma possibilidade para o viver melhor de mulheres com diabetes mellitus. Objetivo: O estudo teve como objetivo geral: Compreender a resiliência como constructo teórico para a qualificação do cuidado em enfermagem e saúde e para a ampliação da adesão ao tratamento do diabetes mellitus em mulheres atendidas na atenção básica de Florianópolis. Método: Trata-se de um estudo elaborado utilizando método misto de investigação...

Percepções das pessoas com diabetes mellitus acerca da doença e das complicações crônicas

Campos, Thais Silva Pereira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 144 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.59%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2014.; O diabetes mellitus traz mudanças importantes na vida das pessoas, pois requer cuidados, tratamentos e modificações permanentes no estilo de vida. No entanto, as pessoas com diabetes mellitus têm dificuldade para realizar o autocuidado aderindo ao tratamento. Essa situação favorece a evolução da doença podendo levar ao desenvolvimento de sérias complicações agudas e/ou crônicas, como a nefropatia diabética. Com a intenção de contribuir para a maior compreensão sobre como as pessoas percebem sua condição, foi realizado o estudo que objetivou conhecer a percepção de pessoas com diabetes mellitus tipo 2, atendidas na atenção básica em centros de saúde de Florianópolis/SC, acerca da doença e das complicações crônicas decorrentes da mesma. Para elucidar o objetivo desta pesquisa, realizou-se um estudo descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa dos dados. A coleta de dados foi realizada nos meses de junho a setembro de 2014. Para tanto, entrevistas com roteiro semiestruturado foram aplicadas nos domicílios e em quatro centros de saúde de Florianópolis/SC. Participaram do estudo vinte pessoas com diabetes mellitus tipo 2 acompanhadas em centros de saúde do município. Para a organização e codificação dos dados utilizou-se o software Ethnograph 6.0. Além disso...

Conhecimentos dos profissionais da comunidade educativa sobre a diabetes mellitus tipo 1 na criança

Bernardo, Bruno José Varandas Ramos
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Enquadramento: A falta de capacitação que existe em muitas comunidades escolares para lidar com a criança com diabetes mellitus, enquanto esta se encontra sob a sua responsabilidade no ambiente escolar, gera dificuldades e insegurança. São necessários instrumentos válidos que permitam obter informação sobre os conhecimentos dos educadores sobre a criança com diabetes mellitus tipo 1 na escola, no sentido de planear intervenções educativas mais dirigidas. Objetivos: Avaliar os conhecimentos da comunidade educativa sobre a diabetes mellitus tipo 1 na criança e validar um questionário de avaliação de conhecimentos da comunidade educativa sobre a diabetes mellitus tipo 1. Métodos: O estudo delineado insere-se no tipo de investigação não experimental e descritiva, desenvolvido numa amostra não probabilística por conveniência, constituída por 382 indivíduos, com uma média de idades de 43,05 anos (± 8,675), pertencentes a uma comunidade educativa de Escolas Básicas e Secundárias da região centro do país. Foi aplicada a Escala de Conhecimentos Sobre Diabetes Mellitus Tipo 1 na Criança (Francisco, Silva, Bernardo & Martins, 2007), a qual foi ainda sujeita a um estudo psicométrico, que englobou dois a consistência interna e a análise fatorial. Resultados: dos participantes...

Os distúrbios alimentares na diabetes mellitus tipo 1

Pereira, Inês Sofia Soares
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Introdução: A diabetes mellitus tipo 1 e os distúrbios alimentares são doenças frequentes na adolescência. Em ambas as condições, os pacientes dão uma grande importância ao peso corporal e à dieta. Assim, estima-se que os pacientes com diabetes mellitus tipo 1 tenham uma grande vulnerabilidade para o desenvolvimento de distúrbios alimentares (incluindo a diabulimia, um comportamento compensatório particular), que podem ter repercussões significativas na sua qualidade de vida. Os objectivos deste trabalho são: determinar os sinais e os sintomas de alerta, a prevalência e as repercussões clínicas dos distúrbios alimentares na diabetes mellitus tipo 1; determinar a prevalência e as repercussões clínicas da diabulimia na diabetes mellitus tipo 1; e avaliar a eficácia do tratamento e da prevenção dos distúrbios alimentares na diabetes mellitus tipo 1. Metodologia: Pesquisa de artigos científicos com estudos nesta área e selecção da bibliografia mais relevante, utilizando a base de dados electrónica PubMed. Resultados: Existem vários sinais e sintomas que podem alertar para o desenvolvimento de distúrbios alimentares em pacientes com diabetes mellitus tipo 1. Em 30 estudos, envolvendo um total de 3832 pacientes...

Preval??ncia e fatores associados ao anticorpo contra o v??rus da hepatite ???C??? em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 atendidos no Hospital Universit??rio Dr. Miguel Riet Corr??a Jr. ??? Rio Grande, RS

Sparvoli, Juc??li M??rcia Hendges
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2004.; A hepatite C e o diabetes mellitus tipo 2 apresentam substancial morbidade, complica????es devastadoras e mortalidade significativa. A preval??ncia do diabetes mellitus tipo 2 est?? aumentando exponencialmente, adquirindo caracter??sticas epid??micas. A preval??ncia global da hepatite C cr??nica ?? estimada em 3%. No Brasil, a preval??ncia da infec????o varia de 0,9 a 2,8%. O v??rus da hepatite C pode ser transmitido parenteralmente e, raramente, por rela????o sexual. O anti-VHC ?? o marcador utilizado para seu rastreamento. Esta infec????o causa primariamente doen??a hep??tica. A epidemia da hepatite C ampliou sua dimens??o quando foram constatadas diversas manifesta????es extra-hep??ticas. Recentemente, a possibilidade da associa????o da hepatite C com o diabetes mellitus tipo 2 tem despertado muito interesse. Contudo, a exist??ncia desta associa????o ainda desperta pol??mica. Disso surgiu a necessidade de estudos experimentais, epidemiol??gicos e cl??nicos. Realizamos um estudo prospectivo observacional em 454 pacientes com diabetes mellitus tipo 2, atendidos no Centro Integrado de Diabetes do Hospital Universit??rio Dr. Miguel Riet Corr??a Jr....

Heart rate variability in children with type 1 diabetes mellitus

Gardim, Camila Balsamo; Oliveira, Bruno Affonso Parenti de; Bernardo, Aline Fernanda Barbosa; Gomes, Rayana Loch; Pacagnelli, Francis Lopes; Lorençoni, Roselene Modolo Regueiro; Vanderlei, Luiz Carlos Marques
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 279-285
ENG
Relevância na Pesquisa
66.57%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); OBJECTIVE: To gather current information about the effects of type 1 diabetes mellitus on children's cardiac autonomic behavior.DATA SOURCES:The search of articles was conducted on PubMed, Ibecs, Medline, Cochrane, Lilacs, SciELO and PEDro databases using the MeSH terms: autonomic nervous system, diabetes mellitus, child, type 1 diabetes mellitus, sympathetic nervous system and parasympathetic nervous system, and their respective versions in Portuguese (DeCS). Articles published from January 2003 to February 2013 that enrolled children with 9-12 years old with type 1 diabetes mellitus were included in the review.DATA SYNTHESIS:The electronic search resulted in four articles that approached the heart rate variability in children with type 1 diabetes mellitus, showing that, in general, these children present decreased global heart rate variability and vagal activity. The practice of physical activity promoted benefits for these individuals.CONCLUSIONS:Children with type 1 diabetes mellitus present changes on autonomic modulation...

Os distúrbios alimentares na diabetes mellitus tipo 1

Pereira, Inês Sofia Soares
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Introdução: A diabetes mellitus tipo 1 e os distúrbios alimentares são doenças frequentes na adolescência. Em ambas as condições, os pacientes dão uma grande importância ao peso corporal e à dieta. Assim, estima-se que os pacientes com diabetes mellitus tipo 1 tenham uma grande vulnerabilidade para o desenvolvimento de distúrbios alimentares (incluindo a diabulimia, um comportamento compensatório particular), que podem ter repercussões significativas na sua qualidade de vida. Os objectivos deste trabalho são: determinar os sinais e os sintomas de alerta, a prevalência e as repercussões clínicas dos distúrbios alimentares na diabetes mellitus tipo 1; determinar a prevalência e as repercussões clínicas da diabulimia na diabetes mellitus tipo 1; e avaliar a eficácia do tratamento e da prevenção dos distúrbios alimentares na diabetes mellitus tipo 1. Metodologia: Pesquisa de artigos científicos com estudos nesta área e selecção da bibliografia mais relevante, utilizando a base de dados electrónica PubMed. Resultados: Existem vários sinais e sintomas que podem alertar para o desenvolvimento de distúrbios alimentares em pacientes com diabetes mellitus tipo 1. Em 30 estudos, envolvendo um total de 3832 pacientes...

Cartografias do cuidado de indivíduos com Diabetes Mellitus em situações de pobreza; Cartographie des soins a l'individu porteur de diabete mellitus en situation de pauvrete; Cartographies of care to indiviuals with diabetes mellitus in poverty; Cartografías de atención a personas con diabetes mellitus em la pobreza

Souza, Aline Corrêa de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Neste estudo abordam-se as práticas de cuidado de indivíduos com Diabetes Mellitus (DM) tipo 2 e seus familiares, em situação de pobreza, centrado na interlocução dos aspectos consensuais (culturas individual, de gênero e familiar) com o conhecimento científico sobre o Diabetes Mellitus tipo 2, “transmitido” e “apreendido” nas orientações e prescrições dos profissionais de saúde da Atenção Básica. Os objetivos foram: construir cartografias do cuidado no DM na perspectiva dos itinerários terapêuticos em contextos de pobreza; analisar as interinfluências deste cuidado; discutir relações e mediações estabelecidas entre os saberes de senso comum e os saberes “científicos” implicados nos serviços e nas ações profissionais de cuidados de saúde na direção das limitações e da sua eficiência prática. Nesta perspectiva, utilizou-se a noção de “situação de pobreza” para definir indivíduos que vivem em “condições” desfavoráveis, incluindo questões de ocupação e trabalho, escolaridade, habitação, grau de oportunidades e projeção no futuro. O estudo é qualitativo, utilizando-se diferentes ferramentas de geração de dados. Foram realizadas entrevistas com indivíduos com diabetes...

Nuevas perspectivas en la genética de la Diabetes Mellitus tipo 2 y sus complicaciones crónicas

Lobos, S.; Durruty, Pilar; Seelenfreund, H.
Fonte: Sociedad Chilena de Endocrinología y Diabetes Publicador: Sociedad Chilena de Endocrinología y Diabetes
Tipo: Artículo de revista
ES
Relevância na Pesquisa
76.33%
This review describes the advances in the knowledge about the genetic aspects of common chronic complications of diabetes with prognostic significance, such as diabetic nephropathy and cardiovascular diseases. It is well known that the genetic factors responsible for chronic complications are different from those that cause Diabetes Mellitus. Until recently, the studies were limited to the analysis of individual genes associated or related to multifactorial diseases. However at the present time the "genome wide associated studies" lead to agreat advance in knowledge. The analysis of genetic variations or polymorphisms allows the understanding of human individuality and the predisposition towards certain diseases. A new research field appeared in 2004, when small messenger RNAs, called microRNA related to Diabetes mellitus and its chronic complications, were identified. The function of these RNAs is to regulate several target genes. These affect insulin secretion and action and genes related to microangiopathic and specific macroangiopahic complications. This new knowledge will identify new genes related to the disease and will allow the development of therapeutic strategies devised according to individual susceptibility towards specific chronic complication.

Análise econômica de programa para rastreamento do diabetes mellitus no Brasil; Economic analysis of a screening program for diabetes mellitus in Brazil

Georg, Alvaro E; Duncan, Bruce B; Toscano, Cristiana M; Schmidt, Maria Inês; Mengue, Sotero; Duarte, Cláudio; Polanczyk, Carísi A
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.58%
OBJETIVO: Diabetes mellitus é um problema de saúde pública com elevado ônus social e econômico, cujo diagnóstico é desconhecido em metade dos indivíduos portadores. Em 2001, o Ministério da Saúde realizou a Campanha Nacional para a Detecção do Diabetes Mellitus. Assim, o objetivo do estudo foi estimar o impacto econômico e o rendimento desse rastreamento populacional. MÉTODOS: Baseado no número de rastreados com resultados positivos (glicemia capilar em jejum >;100 mg/dl ou fora do jejum >;140 mg/dl), foram estimados os prováveis casos novos de diabetes mellitus e construído modelo de decisão analítico. Dados primários e secundários foram utilizados para estimar os custos (em Reais) e o rendimento (casos novos de diabetes mellitus detectados) do rastreamento com o pressuposto de pagador único. Análises de sensibilidade foram conduzidas para avaliar o efeito de alguns parâmetros nessas estimativas. RESULTADOS: Considerando-se a prevalência de diabetes mellitus não diagnosticado na população-alvo de 4,8%, o número provável de novos casos de diabetes mellitus diagnosticados foi de 518.579. Isso, pressupondo que um terço dos participantes com teste positivo procurou a confirmação (23 casos por 1.000 rastreados). O custo por novo caso de diabetes mellitus diagnosticado a partir desses pressupostos seria de R$89. Em análises de sensibilidade...