Página 1 dos resultados de 12669 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Modelação de diálogos com o Midiki: um gestor de diálogo do tipo Information State Update

Quintal, Lúcio Marino Miranda
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
Nesta dissertação investigamos a problemática da criação de sistemas e interfaces que permitam a interacção entre pessoas e máquinas através de linguagem natural(LN), recorrendo a Gestores de Diálogo (GD). Esse tipo de interacção concretiza-se através do estabelecimento de diálogos entre uma pessoa (cliente ou utilizador de um serviço) e a máquina, por exemplo, e em particular, através da fala. Quando disponibilizado da forma tradicional, o acesso ao serviço exige um intermediário Humano ou a adaptação da Pessoa a interfaces menos naturais, tais como linhas de comandos num computador, digitadas através de teclado ou o recurso (usual) a janelas, cliques de rato e preenchimento de formulários. Os sistemas que possibilitam a intermediação com esses serviços através de LN chamam-se Sistemas de Diálogo (SD), no núcleo dos quais se encontram os chamados Gestores de Diálogo. A implementação de SDs robustos ainda constitui um desafio, dada a complexidade, problemas e dificuldades que apresenta. Um SD, e em particular um GD, tem de ser configurado para levar a cabo um diálogo em linguagem natural com um Humano, por mais restrito ou mais genérico que seja o domínio (ou tarefa) considerado. Infelizmente...

Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática; Dialog and Interativity in Vídeo Classrooms of mathematics

Porto, Joao Fábio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.87%
O objetivo do presente trabalho é discutir a importância do diálogo para a educação matemática a distância. Parte-se da própria definição do termo, indo para a importância que os diálogos tiveram na história da matemática e chegando por fim ao diálogo em cursos de formação de professores a distância. A primeira parte do trabalho é constituída da análise de algumas definições do termo diálogo principalmente quando pensado para a educação e para a educação matemática. Em seguida, iremos discutir três obras literárias em forma de diálogo, são elas O Menon de Platão (1945), Diálogo sobre os dois máximos sistemas do mundo ptolomaico e copernicano de Galileo Galilei (1632/2004) e por último A lógica do descobrimento matemático: Provas e refutações de Imre Lakatos (1974), todas com importância para a educação matemática, para a história da ciência e que contribuíram para novas pesquisas, ampliando a discussão sobre o que é matemática ou mesmo como fazer matemática. A segunda parte deste trabalho visa analisar o diálogo na educação inserido no contexto da utilização de tecnologias de comunicação. Partimos do questionamento se era possível a ocorrência de diálogo em cursos de formação de professores a distância. Para isso começaremos definindo o que entendemos por educação a distância...

Águas do Cantareira: Governança e Diálogo de Saberes; Cantareira waters, governance and dialogue of knowledge

Machado, Micheli Kowalczuk
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.76%
O presente trabalho tem como área de estudo o Sistema Cantareira de abastecimento de água. Considerando a importância da gestão ambiental para este sistema e a discussão sobre a problemática relacionada aos recursos hídricos, diversas alternativas foram criadas visando incentivar e orientar o gerenciamento participativo nesta área. Tais inciativas contam com instrumentos governamentais estabelecidos pela política nacional para a proteção ambiental e gestão os recursos hídricos. Como exemplos, pode-se se citar a Política Nacional de Recursos Hídricos, que instaurou os Comitês de Bacias Hidrográficas, e o Sistema Nacional das Unidades de Conservação, que fomentou a criação dos conselhos. Em especial no Sistema Cantareira foram identificados nesta pesquisa três Comitês de Bacias Hidrográficas e 5 Conselhos de Unidades de Conservação. Existe uma sobreposição destes Organismos Consultivos/Gestores na área de estudo deste trabalho. Diante desta realidade apresenta-se a governança e o diálogo de saberes como meios para a gestão no Sistema Cantareira possa ser mais articulada. A governança propõe que novos caminhos teóricos e práticos sejam apresentados e adotados visando estabelecer uma relação alternativa entre o nível governamental e a sociedade civil...

Aplicações da tecnologia adaptativa no gerenciamento de diálogo falado em sistemas computacionais.; Applications of adaptive technology in dialog management in spoken dialog systems.

Alfenas, Daniel Assis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.76%
Este trabalho apresenta um estudo sobre como a tecnologia adaptativa pode ser utilizada para aprimorar métodos existentes de gerenciamento de diálogo. O gerenciamento de diálogo é a atividade central em um sistema computacional de diálogo falado, sendo a responsável por decidir as ações comunicativas que devem ser enviadas ao usuário. Para evidenciar pontos que pudessem ser melhorados através do uso da tecnologia adaptativa, faz-se uma revisão literária ampla do gerenciamento do diálogo. Esta revisão também permite elencar critérios existentes e criar outros novos para avaliar gerenciadores de diálogos. Um modelo de gerenciamento adaptativo baseado em máquinas de estados, denominado Adaptalker, é então proposto e utilizado para criar um framework de desenvolvimento de gerenciadores de diálogo, o qual foi exercitado pelo desenvolvimento ilustrativo de uma aplicação simples de venda de pizzas. A análise desse exemplo permite observar como a adaptatividade é utilizada para aperfeiçoar o modelo, tornando-o capaz, por exemplo, de lidar de forma mais eficiente tanto com o reparo do diálogo quanto com a iniciativa do usuário. As regras de gerenciamento do Adaptalker são organizadas em submáquinas, que trabalham de forma concorrente para decidir qual a próxima ação comunicativa.; This work presents a study on how to apply adaptive technologies to improve existing dialog management methodologies. Dialog management is the central activity of a spoken dialog system...

O World Café e o aprendizado pelo diálogo: limites e possibilidades de um território de sentidos no processo de formação: "diagnóstico socioambiental na APA Embu Verde: educação ambiental para a sustentabilidade na bacia do Rio Cotia", Embu das Artes, SP; The World Café and the learning process through dialogue: limits and possibilities of a territory of meanings at the educational project: APA Embu Verde social and environmental diagnosis: environmental education to sustainability at Cotia river watershed, Embu das Artes, SP, Brazil

Fernandes, Maria Eugênia Seixas de Arruda Camargo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.73%
A pesquisa em questão pretendeu compreender o processo de construção de um território dos sentidos através do diálogo, no âmbito de um projeto de Educação Ambiental. Buscou-se investigar as relações de pertencimento e vínculo que se estabelecem entre os sujeitos e o ambiente da APA Embu-Verde através de um processo de diálogo e criação coletiva para uma leitura de mundo (FREIRE, 1996). Situada na região metropolitana de São Paulo, no município de Embu das Artes, a APA (Área de Proteção Ambiental) Embu-Verde é uma unidade de conservação criada pela Lei municipal n. 108/ 2008 (EMBU DAS ARTES, 2008). A pesquisa está inserida num projeto mais amplo de Diagnóstico Socioambiental da APA Embu- Verde, aprovado com recursos do FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) que envolve uma série de atores e instituições incluindo poder público, sociedade civil e Universidade de São Paulo. Neste contexto utilizou-se uma metodologia inovadora para a prática do diálogo The World Café (BROWN, 2001) que faz parte de um conjunto de metodologias intitulada Art of Hosting (Arte de anfitriar conversas significativas). Buscamos através do presente estudo responder a seguinte pergunta: Em que medida o World Café, entendido como método de diálogo pode contribuir nos processos de Educação Ambiental? Com a possibilidade de um estágio de doutorado-sanduíche nos EUA com apoio da Capes/Fulbright foi possível aprofundar o estudo sobre o World Café como método de diálogo e da abordagem do Art of Hosting no tratamento de questões complexas. Neste sentido foram realizadas 12 entrevistas com lideranças que vem utilizando tal abordagem na cidade de Columbus...

Ágora digital : o cuidado de si no caminho do diálogo entre tutor e aluno em um ambiente virtual de aprendizagem

Santos, Vanice dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
A presente Tese de Doutorado investiga as relações entre a filosofia, a partir dos conceitos de cuidado de si e de diálogo e os processos de educação a distância. Incide sobre as relações estabelecidas entre tutor e aluno, na perspectiva pragmática de um renovado agente pedagógico no ambiente virtual: o diálogo orientado pelo cuidado de si. Normativamente a pesquisa percorreu a tradição filosófica, dos diálogos platônicos até a hermenêutica do sujeito, passando pelas contribuições da fenomenologia hermenêutica e pelos estudos de equipes de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. A partir daí reflete metodologicamente sobre a possibilidade do estabelecimento de um diálogo orientado pelo cuidado de si, na relação entre tutor e aluno, em ambientes virtuais de aprendizagem. Busca assim, compreender esse fenômeno, cujo epicentro encontra-se no digital, no circuito das interações entre tutor e aluno, revisitando as características da relação entre o mestre Sócrates e o discípulo Alcibíades, a partir de uma pragmática hermenêutica do sujeito. Examina pois a posição do mestre, ocupado com o cuidado de si, quando trabalhando com seu discípulo. Objetiva então a análise da relação dialógica entre tutor e aluno em um ambiente virtual de aprendizagem...

Dialogo e conscientização : alternativas pedagogicas nas politicas publicas de educação de jovens e adultos

Teresa Cristina Loureiro Peluso
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.81%
Esta tese tem por objetivo principal discutir a telessala como uma alternativa de política pública proposta para a educação de jovens e adultos - EJA, tendo em vista averiguar em que medida tal proposta pode ser considerada efetivadora de um processo educativo que implica o conceito de diálogo interpretado como um instrumento de conscientização. As alternativas pedagógicas propostas para a EJA no Brasil, nos anos 90, parecem estar fundamentadas numa concepção do processo educativo que não leva em consideração as peculiaridades de educandos jovens e adultos. Os documentos legais que estabelecem as diretrizes para essa modalidade de ensino determinam que a implementação do processo educativo em EJA se faça de tal forma que seja adequada às necessidades que são próprias dessa modalidade de educandos. Aqui se pretende ainda argumentar que essa modalidade de ensino tem certas especificidades próprias. Assim, educandos jovens e adultos têm necessidade de freqüentar espaços coletivos, de tal forma que lhes seja possível reconhecerem-se nos outros, compartilharem experiências pessoais e dialogarem com interlocutores que sejam capazes de fazê-los avançar na direção de conceitos mais esclarecedores. Utilizou-se a concepção de diálogo como instrumento de conscientização...

O diálogo ecuménico enquanto diálogo com o «outro»

Soares, Fernando da Luz
Fonte: Bond Publicador: Bond
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
Nos dois primeiros pontos deste artigo, explicita-se a tensão sentida, desde o início do Movimento Ecuménico, no entendimento da unidade cristã como, por um lado, uma mera condição prática para fazer a missão, a conquista de prosélitos, e, por outro, o diálogo entre as Igrejas, atitude de descoberta para chegar a uma Igreja unida. Para isso, analisam-se numa sucinta memória histórica alguns acontecimentos que marcaram o percurso do ecumenismo, desde a Conferência Missionária Mundial, realizada em 1910 em Edimburgo, considerada hoje o início do Movimento, até ao Vaticano II e ao seu decreto «O Ecumenismo». Referem-se também as posições de alguns ilustres teólogos, católicos e protestantes, relativamente ao exercício do ecumenismo como diálogo que leve a conhecer a realidade das diversas Igrejas e o valor da diferença. No terceiro ponto deste artigo, aborda-se a questão do «outro» e da alteridade. No quarto, liga-se esta questão às alterações sociológicas que se têm verificado na Europa Ocidental, nos últimos setenta anos, com os consequentes problemas para o diálogo ecuménico num contexto de pluralismo religioso. Apresentam-se em seguida duas histórias bíblicas de convivência em diversidade cultural: o caso de Abraão...

O diálogo em processos de políticas públicas de educação ambiental no Brasil

Andrade,Daniel Fonseca de; Luca,Andréa Quirino de; Sorrentino,Marcos
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.73%
Políticas públicas de educação ambiental no Brasil estimulam o envolvimento de educadores em processos de políticas públicas mediados pelo diálogo. Isso demanda o desvelamento do conceito de diálogo, objetivo deste trabalho. Os resultados do levantamento bibliográfico estabelecem a relação entre o diálogo, as políticas públicas de educação ambiental e seus pressupostos epistemológicos, trazem a fundamentação filosófica e abordam a teoria operacional para o diálogo. Por fim, indicam obstáculos a sua ocorrência e sugerem a formação de espaços de diálogo para contorná-los.

Diálogo Didático Matemático na EAD: Uma perspectiva para o ensino e aprendizagem em fóruns no Moodle

de Fátima Castro de Assis, Cibelle; Gitirana Gomes Ferreira, Verônica (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.73%
A presente pesquisa investigou a dinâmica da comunicação matemática entre estudantes e tutores em fóruns de discussão e o envolvimento dos estudantes nos diálogos didáticos voltados para a aprendizagem da Matemática na Educação a Distância. Realizamos um estudo caracterizado pela observação da disciplina Cálculo Vetorial e Geometria Analítica oferecida por uma universidade federal do Nordeste, tendo o Moodle como suporte das atividades acadêmicas. A investigação considerou, a partir da revisão teórica, as categorias Monólogo, Monólogo Matemático, Diálogo, Diálogo Matemático e Diálogo Didático Matemático para a análise das mensagens nos tópicos de discussão. Analisamos as mensagens da categoria Diálogo Didático Matemático a partir dos elementos intenção da mensagem posta; duração do debate; comportamento dos alunos de acordo com o Modelo de Investigação Cooperativa - CI; natureza e articulação dos registros matemáticos de representação e a escrita matemática através dos recursos e ferramentas disponíveis no Moodle. As concepções dos estudantes sobre seus modos de aprender em grupo, avaliação e expectativas referentes à disciplina cursada, foram identificadas a partir dos resultados dos questionários COLLES e ATTLS. Eles apontam contradições entre a preferência pela colaboração como estratégia de aprendizagem dos alunos e as suas atitudes. A análise dos dados nos permite afirmar que os diálogos didáticos matemáticos em fóruns...

Diálogo e educação : o pensamento pedagógico em Martin Buber

Betânia do Nascimento Santiago, Maria; Rörh, Ferndinand (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Diálogo e Educação: O Pensamento Pedagógico em Martin Buber parte do reconhecimento do caráter essencialmente pedagógico das idéias de Martin Buber, condensadas na filosofia do diálogo desse autor. A educação encontra-se vinculada a seu projeto teórico e social, sem a qual ele não se compreende ao mesmo tempo em que tal projeto é expressão de proposta educativa. Tal perspectiva parte de uma íntima relação entre as visões de humano, de sociedade e a dimensão de transcendência. O que ele chama educação significa a seleção do mundo efetivo pelo ser humano, recolhida e demonstrada no educador. Buber compreende o educativo como relação, como mútuo envolvimento. O educador realiza, assim, uma compreensão abrangente do outro, e, tal como indivíduo engajado no encontro dialógico, experiencia o duplo sentido da consciência de si, ao mesmo tempo em que percebe o outro na sua condição singular. Esse encontro é a própria vivência do inter-humano, a essencial alteridade que marca a relação. A relação educacional é uma relação puramente dialógica (UE, 33). O sentido que esse autor atribui à educação pode ser apreendido a partir das categorias com as quais ele define o humano, assim como nas suas análises e propostas para a sociedade. O humano...

Diálogo e educação : estudo comparativo sobre o conceito de diálogo no pensamento filosófico e pedagógico de Paulo Freire e de Martin Buber

Cortez Moraes Querette, Suzana; Rörh, Ferndinand (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.91%
O diálogo é um instrumento de comunicação que necessita de maiores investigações educacionais, uma vez que interfere na relação educador-educando e na própria maneira de se conceber a educação. Paulo Freire e Martin Buber consideram o diálogo como base do pensamento tanto filosófico quanto pedagógico. O diálogo apresenta-se como ponto de contato entre estes dois autores, que o abordam de maneira central em suas teorias, na perspectiva educacional. Este estudo buscou compreender o desenvolvimento do conceito de diálogo , do ponto de vista filosófico e educacional, contido nas principais obras e momentos de vida de Paulo Freire e Martin Buber, no propósito de desenvolver um estudo comparativo entre eles, levando em consideração os aspectos de permanência e mudanças, de forma a sintetizar suas contribuições à teoria educacional. Por ser um trabalho de caráter exclusivamente teórico, os procedimentos metodológicos limitam-se à busca bibliográfica em bibliotecas, centros de documentação e pela internet, leitura, fichamento e discussões de textos previamente selecionados, o que caracteriza de fato uma pesquisa bibliográfica. Do ponto de vista teórico, o procedimento metodológico utilizado foi o método hermenêutico de interpretação textual...

Educação, ética e diálogo desde Levinas e Gadamer

Carbonara, Vanderlei
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.85%
O texto Educação, ética e diálogo desde Levinas e Gadamer, apresentado como tese doutoral junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da PUC-RS, propõe-se a investigar as relações entre educação e diálogo, a fim de perscrutar uma concepção de educação aqui concebida como inseparável de sua condição ética. Admitindo a inexistência de quaisquer fundamentos universais que sustentem a educação, e quaisquer finalidades predeterminadas que orientem a ação educativa, o texto toma a direção teórica em favor de uma discursividade ética como via de legitimidade do discurso educacional. E este percurso teórico tem uma opção clara nas concepções de diálogo trazidas por dois filósofos: Emmanuel Levinas e Hans-Georg Gadamer. Portanto, ao longo do texto encontra-se a elaboração de bases teóricas que possibilitem a compreensão do fenômeno educacional, assumindo o diálogo como movimento primeiro de seu acontecimento. Feitas essas considerações, cabe dizer que o presente trabalho orienta-se em torno da seguinte questão: considerando-se a impossibilidade de fundamentos universais para a educação e a consequente exigência de construção de legitimidade via discursividade, que implicações as concepções de diálogo apresentadas nas teorias filosóficas de Levinas e Gadamer podem trazer para a compreensão do fenômeno educacional? A fim de responder adequadamente à questão apontada...

O outro diálogo: uma compreensão do diálogo interno; The other dialogue: understanding internal dialogue

Dias, Aline de Pinho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.76%
This thesis aims to enable a wider comprehension on thought operation as well as suggest alternatives for the formation of reflexive, critical, autonomous and creative individuals. The research defends the idea that it is possible for an individual to develop vigilant attention that makes thought flexibilization and change in the course of action, possible. This operation is called Internal Dialogue and is essentially characterized by a continuous openness towards novelty and learning. This makes it possible to minimize the usual way thought operates, in a automatic fashion (automatism). The research was based on theoretical references and ideas of David Bohm (1989;1994;2005) and Michael Polanyi (1983). The main emphasis was the understanding that a crisis situation enables awareness and state of alert that favors a more flexible thought pattern (Aragão Gomes, 1994, 1997). The methodology used was presentation and analysis of these moments through autobibliographical records with indication of crisis on behalf of the subjects. Other criteria were also used that enabled the composition of the analyzed material such as the fact that: the subjects were public and real, the data was available through accessible material; the subjects identified themselves as in crisis; these crisis were of varied kinds; they had different social...

Outro diálogo: uma compreensão do diálogo interno; The other dialogue: understanding internal dialogue.

Dias, Aline de Pinho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.76%
This thesis aims to enable a wider comprehension on thought operation as well as suggest alternatives for the formation of reflexive, critical, autonomous and creative individuals. The research defends the idea that it is possible for an individual to develop vigilant attention that makes thought flexibilization and change in the course of action, possible. This operation is called Internal Dialogue and is essentially characterized by a continuous openness towards novelty and learning. This makes it possible to minimize the usual way thought operates, in a automatic fashion (automatism). The research was based on theoretical references and ideas of David Bohm (1989;1994;2005) and Michael Polanyi (1983). The main emphasis was the understanding that a crisis situation enables awareness and state of alert that favors a more flexible thought pattern (Aragão Gomes, 1994, 1997). The methodology used was presentation and analysis of these moments through autobibliographical records with indication of crisis on behalf of the subjects. Other criteria were also used that enabled the composition of the analyzed material such as the fact that: the subjects were public and real, the data was available through accessible material; the subjects identified themselves as in crisis; these crisis were of varied kinds; they had different social...

O diálogo em processos de políticas públicas de educação ambiental no Brasil; Dialogue in processes of environmental education of public politics in Brazil; Le dialogue sur les processus de politiques publiques de l'éducation environnementale au Brésil

Andrade, Daniel Fonseca de; Luca, Andréa Quirino de; Sorrentino, Marcos
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
Políticas públicas de educação ambiental no Brasil estimulam o envolvimento de educadores em processos de políticas públicas mediados pelo diálogo. Isso demanda o desvelamento do conceito de diálogo, objetivo deste trabalho. Os resultados do levantamento bibliográfico estabelecem a relação entre o diálogo, as políticas públicas de educação ambiental e seus pressupostos epistemológicos, trazem a fundamentação filosófica e abordam a teoria operacional para o diálogo. Por fim, indicam obstáculos a sua ocorrência e sugerem a formação de espaços de diálogo para contorná-los.

O "diálogo dos mortos" de d'Ablancourt a Voltaire

Domingues, João da Costa
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.73%
O estudo do “diálogo dos mortos” nos séculos XVII e XVIII em França – articulando uma poliédrica informação, de ordem histórico-cultural e literária, exigida pela índole mesma dos textos, bem como a sua necessária integração na abundante produção do “diálogo”, nessa mesma época – implicou uma atenção preliminar a ao diálogo enquanto forma escrita, frequentemente erigida em forma literária, observando qual a sua génese, em que domínios vigorou, enfim que finalidades presidiram à prática dessa forma, utilizada nos mais diferentes campos teóricos e ideológicos e integrada em circuitos de comunicação variados, efectivamente favorecida por um ambiente social em que era valorizada e praticada a conversação, “le plaisir le plus doux de la vie raisonnable et le plus grand livre du monde”. Multiforme e de nível muito desigual, o “diálogo dos mortos”, mais ou menos fiel à matriz lucianesca original, desenvolveu conteúdos que aduzem esclarecimentos relevantes sobre o pensamento, a sensibilidade, as práticas sociais, culturais e literárias, e até sobre os acontecimentos daquela época. Verdadeiro monumentum do tempo que considerámos, este veículo cultural foi também um excelente campo de debate de ideias e um poderoso motor de divulgação de conhecimentos; manifestando-se frequentemente em textos de publicação anónima e clandestina...

Cultura y deportes: el posible diálogo; Culture and sports: the possible dialogue; CULTURA E ESPORTE: O POSSÍVEL DIÁLOGO

Rossetto, Adriano José; Instituto Esporte e Educação e Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
This article proposes an examination of the dialogue between sport and culture, social phenomena, universals and complexes. According to Bauman’s (2012) studies, to understand culture, it is indispensable the analysis of coexistence of three ambivalent concepts: hierarchic culture highlights the opposition between ‘refined’ and ‘coarse’ culture, taking education as a way between them. Culture’s differential, which is the producer and the product of endless oppositions between life’s ways; Culture’s generic, structured by the dichotomy of world-human and natural-world at the same that time it congregates and distinguishes human’s race from the others. Reflect about sports under   Bauman’s (2012) concepts such as ‘good intention’ of dialogue between cultures, explored by Jullien (2003), pointing out that the attempts to dialogue seem universalism manifestations and are far from happening and discussing the categories of universal culture, uniform and common, enabling critical analysis and a less puerile understanding of the sport. Thus, infers on culture and sports: 1) Culture standardization way as a factor of universalisation, improving health and education; 2) Media product such as globalised culture, uniform practices...

LOS MODELOS DE DIÁLOGO Y SUS APLICACIONES EN SISTEMAS DE DIÁLOGO HOMBRE-MÁQUINA: REVISIÓN DE LA LITERATURA

ZAPATA,CARLOS M.; MESA,JHON E.
Fonte: DYNA Publicador: DYNA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 ES
Relevância na Pesquisa
36.79%
Un proceso de diálogo entre humanos involucra una serie de actos del habla, cuya finalidad es transmitir los deseos, intenciones y creencias entre las partes involucradas en el mismo. El reconocimiento y clasificación de los actos del habla, la construcción de modelos basados en estos actos del habla y la evaluación de los modelos construidos, es el objetivo de los modelos de diálogo. Además, estos modelos, incorporados en un sistema informático, permiten la interacción hombre-máquina usando el habla para la solución de diversos problemas cotidianos como: comprar un tiquete de tren, reservar un vuelo, etc. En este artículo se recogen las diferentes técnicas para la construcción de modelos de diálogo y algunos de los diversos sistemas informáticos que surgieron a partir de ellos, con el fin de determinar la aplicabilidad de los modelos de diálogo en el proceso de captura de requisitos durante la fase de definición del ciclo de vida de una aplicación de software.

Un marco sistémico para orientar el diseño de artefactos del diálogo

Leiva-Lobos,Edmundo; Antillanca,Héctor; Ponce,Héctor
Fonte: Universidad Autónoma del Estado de México, Facultad de Ciencias Políticas y Administración Publicador: Universidad Autónoma del Estado de México, Facultad de Ciencias Políticas y Administración
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 ES
Relevância na Pesquisa
36.79%
En este artículo proponemos un marco conceptual, basado en un enfoque sistémico, que orienta el diseño de artefactos para apoyar el diálogo entre personas. Se destaca el concepto de diálogo como una práctica comunicativa que facilita la creación, el examen y la circulación de significados. Argumentamos que la tecnología actual de apoyo a la comunicación resulta insuficiente para facilitar el diálogo, ya que permite sólo el manejo de mensajes simples y difíciles de relacionar. El marco conceptual propuesto introduce varias nociones, entre ellas, plataforma, reglas, movidas, momentos y rupturas del diálogo. A partir de esta ontología, se muestra una taxonomía donde se distinguen artefactos tangibles, como el correo electrónico y artefactos simbólicos, como las metodologías de resolución de problemas. Dos casos de artefactos del diálogo son analizados: un acta dialógica y un foro electrónico. El trabajo termina reflexionando sobre los alcances de esta propuesta para el diseño de artefactos del diálogo.