Página 1 dos resultados de 1607 itens digitais encontrados em 0.017 segundos

Georgescu-Roegen e o desenvolvimento sustentável: diálogo ou anátema?; Georgescu-Roegen and sustainable development: dialog or excision?

Cechin, Andrei Domingues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.29%
Introdução - É fundamental conhecer a visão de Georgescu sobre o que hoje se chama "desenvolvimento sustentável". Um economista que contribuiu muito para o mainstream durante grande parte de sua vida, e acabou propondo, a partir dos anos 1970, uma nova visão de sistema econômico, centrada na Termodinâmica. É visto como um dos seus principais inspiradores, senão o principal, pela corrente da "Economia Ecológica", que tem como propósito analisar o funcionamento do sistema econômico tendo em vista as condições do mundo biofísico sobre o qual este se realiza. Se ele antecipou questões que hoje preocupam a sociedade, no que diz respeito à sustentabilidade ambiental do desenvolvimento, por que suas idéias científicas não foram levadas a sério? Objetivo - A pesquisa tem por objeto resgatar as idéias de Georgescu, um pensador revolucionário, cuja obra é fonte valiosa para entender relações entre sociedade e meio ambiente. Fonte bibliográfica - O estudo se baseou na obra de Georgescu, nos autores que representam a visão por ele criticada, em artigos de economistas ecológicos, e em publicações de Agências internacionais relacionadas principalmente aos temas energia e aquecimento global. Aspectos Abordados - Abordou-se as rupturas de Georgescu com o pensamento econômico convencional...

Investimento direto estrangeiro e desenvolvimento sustentável: uma proposta multivariada de correlação e comparação nos setores nacionais brasileiros; Foreign direct investment and sustainable development: a multivariate correlation and comparison approach in Brazilian sectors

Rodrigues, Jonny Mateus
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
96.19%
A presente proposta correlaciona como o investimento direto estrangeiro pode, e deve, promover o desenvolvimento sustentável no país que o acolhe. O investimento direto estrangeiro é capaz de promover uma série de vantagens competitivas quando aplicado de forma coerente como: ganhos de tecnologia, geração de empregos, capacitação de mão de obra e outros benefícios que vão além do econômico. No entanto, há a necessidade de uma mensuração para que a promoção do desenvolvimento gerado se dê de forma sustentável, para que os benefícios obtidos para a nação sejam maiores do que a degradação ambiental, emissão de poluentes e os impactos sociais causados. Utilizando um referencial sobre o investimento direto estrangeiro e desenvolvimento sustentável, o trabalho consiste em verificar se o investimento direto estrangeiro promove o desenvolvimento sustentável. Para isso, uma construção foi feita a partir de dados secundários que pudessem verificar a latência dos constructos de sustentabilidade e assim relacioná-los com o investimento direto estrangeiro com a divisão em setor primário, secundário e terciário. Com essas correlações foi possível verificar como o investimento tem impactado não apenas na economia nacional mas também qual impacto ambiental e social ele trouxe. Posteriormente...

Infraestrutura energética e desenvolvimento sustentável : situação atual e alternativas para o estado de Roraima

Marques, Antonio de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.12%
Este trabalho objetiva analisar a situação atual da estrutura energética disponível do Estado de Roraima, bem como as alternativas viáveis para ampliar a base dessa estrutura e minimizar o impacto ao meio ambiente, fornecendo assim o suporte necessário ao desenvolvimento sustentável do Estado. No referencial teórico, procurou-se apresentar as principais relações entre os recursos naturais, economia e meio ambiente, bem como entre infraestrutura e desenvolvimento econômico, em que está inserida a infraestrutura energética. Foi analisada a capacidade de geração de energia elétrica em Roraima e as limitações existentes da atual estrutura disponível. Verificaram-se as opções de produção de energia a partir de fonte renovável no Estado, analisando suas potencialidades e viabilidades. Foram propostas ainda estratégias para um planejamento energético com o objetivo de fornecer o alicerce fundamental para o desenvolvimento sustentável de Roraima. Como resultado da pesquisa é destacado que a fonte de energia com maior potencial no Estado é a hidráulica. A biomassa e a energia solar podem ser alternativas para atender comunidades isoladas. O estudo verificou também que a atual estrutura energética de Roraima não fornece o suporte necessário e confiável para um processo de desenvolvimento sustentável.; This study aims to analyze the current situation of energy structure available of Roraima state...

A concessão florestal como política pública para o desenvolvimento sustentável do setor florestal na Amazônia

Remor, Adriano Ramos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.26%
O momento histórico atual requer uma reflexão sobre alternativas para o desenvolvimento sustentável do setor florestal na Amazônia. É nesta perspectiva que se insere esta pesquisa, ao tratar do desenvolvimento sustentável por meio da concessão de florestas públicas. O estabelecimento de estratégias de desenvolvimento sustentável envolve uma mudança conceitual na acepção dos empreendimentos, isto é, promover a eficiência da exploração dos recursos naturais, no caso, a da madeira, impedindo a degradação e devastação da floresta pela ocupação desordenada de atividades e, ao mesmo tempo, aumentando o crescimento econômico por meio de uma gestão sustentável, resultando assim na redução dos impactos ambientais, no aumento da renda e na melhoria da qualidade de vida das populações locais. O modelo de pesquisa bibliográfico, de caráter descritivo e método qualitativo apresentou-se como a melhor opção, ainda que o número de publicações e pesquisas sobre o assunto tem se apresentado restrito. Foram desenvolvidas algumas considerações acerca desse cenário econômico da Amazônia, seguida de uma reflexão sobre o setor madeireiro, abordando sua importância para a região e seus pólos de desenvolvimento. Por fim...

Desenvolvimento sustentável: uma análise a partir do Relatório Brundtland

Aurélio Sobrinho, Carlos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 197 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
Pós-graduação em Ciências Sociais - FFC; As discussões acerca do desenvolvimento econômico das nações, da degradação e preservação ambiental já não são novas. Desde 1972 na Conferência de Estocolmo a relação desenvolvimento/meio ambiente está na pauta da Organização das Nações Unidas, bem como de seus países membros. Dentro desse contexto, o conceito de Desenvolvimento Sustentável aparece em 1987 a bordo do Relatório Brundtland, como a proposta que teria o papel de sanar todos os efeitos colaterais do desenvolvimento econômico ao meio ambiente. As discussões acerca do desenvolvimento sustentável, presentes em nosso trabalho, tenta desmistificar um pouco da aura que tal conceito possui, já que vários setores da sociedade (mídia, empresários, governos, cientistas) abraçaram a causa da proteção ambiental visando o Desenvolvimento Sustentável, mas não elaboraram as devidas críticas sobre os reais atores da degradação ambiental. A partir da definição do conceito, utilizamos idéias-chave como progresso e desenvolvimento bem como de necessidades humanas para estabelecermos uma conexão lógica entre o sistema econômico no qual nossa sociedade está inserida, e a degradação ambiental, tendo em vista que a sociedade de caráter industrial na qual vivemos criou uma lógica de geração de necessidades e consumo no qual somente estas podem fazer com que haja desenvolvimento econômico perpétuo no atual modelo.; The discussions about the nation’s economic development...

Mineração e desenvolvimento: uma análise da maldição dos recursos naturais para os estados brasileiros

Lopes, Rafael Tadeu Rodrigues
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 78 f. : il., gráf., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
76.05%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Economia - FCLAR; Economias orientadas pela exploração de recursos naturais nem sempre são bem sucedidas e muitas vezes acabam apresentando performances decepcionantes. Abundância em recursos naturais não implica necessariamente crescimento e desenvolvimento, podendo representar uma maldição para países que os explora. Partindo da literatura sobre o tema e concentrando o foco no setor de mineração, o objetivo do presente trabalho foi verificar os efeitos desta atividade sobre o desempenho econômico dos estados brasileiros durante o período 1998-2008. Os resultados encontrados são distintos daqueles alcançados pela literatura, pois, segundo o modelo econométrico utilizado, o setor minerador contribui positivamente para o desempenho e crescimento econômico dos estados produtores. Complementarmente, buscou-se analisar se há relações entre a atividade mineradora e as dimensões social e ambiental do desenvolvimento sustentável, conceito ignorado pelos autores que estudam o tema maldição dos recursos. Ao contrário dos resultados para a dimensão econômica, parece não haver um padrão entre abundância mineral e melhoras nas dimensões social e ambiental. Palavras–chave: Recursos Naturais...

Do desenvolvimento sustentável às exceções não comerciais do Tratato de Marraqueche: o meio ambiente e a OMC

Raucci, Regina Maciel
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 114 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Direito - FCHS; O presente trabalho visa compreender e analisar a interação entre os temas comércio e meio ambiente, desde a criação do princípio do desenvolvimento sustentável no início dos anos de 1970, até a adoção do Tratado de Marraqueche em 1994, que cria a Organização Mundial do Comércio (OMC). O trabalho faz um histórico do debate sobre comércio e meio ambiente – a partir da Conferência de Estocolmo, em 1972, considerada por este trabalho como marco do Direito Ambiental Internacional – e também analisa como esta temática foi inserida no sistema Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio (GATT/OMC). Além disso, discorre sobre a emergência e posterior consolidação do princípio do desenvolvimento sustentável, de conceito multifacetado, que visa conciliar as várias formas de desenvolvimento, como o econômico e o social, com a proteção e preservação do meio ambiente. A preocupação com a preservação do meio ambiente e com os problemas ambientais ganhou relevância, principalmente, a partir dos anos 90, com o estabelecimento de grandes conferências internacionais no âmbito da Organização das Nações Unidas...

A internalização de práticas do desenvolvimento sustentável nas empresas: estudo de caso de setores selecionados da Grande Florianópolis

d’Albertas, Sylvia Marie
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 129 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.23%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; Este trabalho evidencia que, apesar de o comércio e o mercado financeiro serem globalizados, as informações serem instantâneas e a riqueza gerada cada vez maior, muitas áreas do planeta não têm acesso a esses mercados e apresentam extrema pobreza. O modo de desenvolvimento predominante tem desencadeado um aumento na desigualdade social e econômica e agravado a degradação do meio ambiente através do uso excessivo dos recursos naturais e dos mais diversos tipos de poluição. A evidência dessas questões, desde a metade do século passado, trouxe à tona a discussão sobre outras formas de desenvolvimento que levassem em consideração, além do crescimento econômico, o desenvolvimento humano e a preservação do meio ambiente. Uma das alternativas apresentadas é o desenvolvimento sustentável, o qual tem se tornado parte do cotidiano das empresas, pois há uma crescente cobrança do mercado consumidor para que os produtos e serviços sejam produzidos e oferecidos levando em consideração aspectos sociais e ambientais. Uma empresa socialmente responsável e preocupada com a gestão ambiental pode encontrar na adoção de práticas do desenvolvimento sustentável uma fonte de oportunidades e vantagens competitivas que lhe permitam manter ou aumentar sua participação no mercado. Nesse contexto...

Indicadores de desempenho sustentável no sector da construção

Palma, Cristina Morais da
Fonte: Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.24%
Dissertação de Mestrado em Contabilidade e Finanças; O desenvolvimento sustentável integra o desenvolvimento económico, pelo que é importante encará-lo como uma estratégia organizacional relevante. O conceito de Sustentabilidade, tem ganho dinâmica, quer pela integração de atitudes e acções, socialmente, responsáveis no seio das organizações, quer pela crescente necessidade em comunicar o que de sustentável foi desenvolvido. Assim, se tem contribuído para o aumento do número de Relatórios de Sustentabilidade publicados pelas organizações. O sector da Construção tem-se retraído nos últimos anos, em virtude da crise económica sentida um pouco por todo o mundo. As características do sector fazem emergir uma nova estratégia delineada nos pilares da tripla sustentabilidade, sendo impreterível fomentar o desenvolvimento económico, ambiental e social das organizações. A diferenciação pode ser feita, também, ao nível do produto, neste caso das construções. Os materiais incorporados nas obras podem conferir elevados padrões de sustentabilidade aos próprios edifícios, tornando-os mais atractivos e conferindo-lhes características distintas para os compradores. O relato sustentável no sector da Construção está a prosperar anualmente...

Ambigüidades e deficiências do conceito de desenvolvimento sustentável

Baroni,Margaret
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1992 PT
Relevância na Pesquisa
96.12%
Mais do que nunca, o termo desenvolvimento sustentável está na moda, e isso faz com que no Brasil diversos segmentos sociais manifestem suas posições a respeito das idéias que têm sobre ele. Vários autores têm buscado conceituar o termo, enquanto organizações mundiais de meio ambiente adotaram uma definição que apresenta ambigüidades, inconsistências e contradições. A revisão crítica de parte da literatura atual sobre o tema aponta para algumas questões básicas a serem melhor debatidas no sentido de superar essas ambigüidades e deficiências e dar um conteúdo mais preciso ao termo. Essas questões dizem respeito à discussão sobre as causas da pobreza e da degradação ambiental; à insuficiência das estratégias do desenvolvimento econômico para resolvêlas; à pertinência das perguntas acerca do que deve ser sustentado, porque e para quem; às conseqüências da imprecisão do termo para o consenso; e à falta de discussão ampla na sociedade sobre o que é desenvolvimento sustentável.

Certificações socioambientais: desenvolvimento sustentável e competitividade da indústria mineira na Amazônia

Silva,Maria Amélia Rodrigues da; Drummond,José Augusto
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.26%
Este estudo trata do crescimento econômico de um setor que consome recursos naturais não-renováveis, o setor minerometálico, e do processo de desenvolvimento sustentável na Amazônia oriental, no estado do Pará. Desde os anos 1980, o segmento minerometálico do Pará vem crescendo de forma acelerada. As empresas ali instaladas - Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), Mineração Rio do Norte (MRN) e Alumínio Brasileiro S.A. (Albras) - são líderes globais nas suas respectivas áreas de atuação e necessitam estar ajustadas às normas socioambientais; por isso, quase todas são certificadas social e ambientalmente. A conquista dessas certificações é um forte indício de que essas empresas compartilham dos preceitos da sustentabilidade. Dessa forma, o objetivo deste estudo é verificar a relação entre essas certificações e o processo de desenvolvimento sustentável das áreas onde essas empresas estão instaladas, considerando-se que são regiões carentes. A partir dos fundamentos conceituais do desenvolvimento sustentável e de uma perspectiva espacial e setorial, a pesquisa apresenta os principais indicadores do segmento minerometálico do Pará, além do perfil socioambiental de suas mais importantes empresas. É feito ainda um breve histórico da recente evolução do processo de certificações socioambientais no Brasil. A partir de uma série de indicadores...

Desenvolvimento sustentável e pobreza: o farol do desenvolvimento Banco do Nordeste em São Gonçalo do Marante-CE

do Carmo Marques Freire, Maria; Cristina Brito Arcoverde, Ana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.08%
O presente estudo trata da relação entre desenvolvimento e pobreza no Nordeste a partir da inserção do Brasil no processo de globalização. Objetiva compreender as mudanças atuais ocorridas no Nordeste, destacando a pobreza e a desigualdade social; avaliar as ações do Farol do Desenvolvimento Banco do Nordeste e seu papel de indutor do desenvolvimento sustentável, em São Gonçalo do Amarante Ceará; avaliar os efeitos produzidos pelo Programa CrediAmigo sobre a condição de vida dos feirantes ambulantes do município. O foco de análise é o Programa CrediAmigo do Farol do Desenvolvimento. Trata-se de pesquisa qualitativa e quantitativa. Na coleta de dados e informações realizamos a observação participante, entrevistas semi-estruturadas e abertas com feirantes e lideranças comunitárias, bem como a pesquisa documental em fontes oficiais do Estado do Ceará, do município de São Gonçalo e do Banco do Nordeste. A análise dos dados nos permitiu compreender não serem as ações do Farol do Desenvolvimento, em São Gonçalo, suficientes para potencializar nem mesmo o desenvolvimento econômico do município. Permanecem as condições de pobreza, as quais não são percebidas pelos feirantes pesquisados...

A responsabilidade socioeconômica e ambiental no processo de sustentabilidade e desenvolvimento local: estudo de caso das associações de catadores RESOL e AREPI

Oliveira, Elgson Decarle de
Fonte: Curitiba Publicador: Curitiba
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76%
During the past five decades a large number of unemployed people has found in the activity of collecting recyclable waste a way to survive. Despite the low appreciation of the “Catadores” work by society, they have been organizing themselves into cooperatives and associations to obtain better conditions of life and work. In such organizations they have been taking part of several recycling projects together with local administrations. This work identifies and analyzes two associations of “Catadores” of recyclable waste, the Associação dos Recicladores de Pinhais – AREPI and the Associação dos Trabalhadores de Reciclagem de Resíduos de Colombo – RESOL, located in the metropolitan region of Curitiba - PR. The objective is to analyze the administrative management related to the development of the socioeconomic and environmental sustainability of these enterprises. The qualitative research was adopted as the methodology of this study and included semi-structured interviews with the presidents of the associations, questionnaires to all members, two years and a half of observations and notes. The data obtained from the interviews and questionnaires produced information that enabled the analysis of their administrative managements. It was possible to conclude that the enterprises present some similar features characterized by: social inclusion; creation of jobs; environmental preservation due to solid waste recycling; defense of the “Catadores” rights by laws; Forum Lixo e Cidadania and public policies to support the “Catadores”...

“O gigante dos pés de barro”: capitalismo e desenvolvimento sustentável; “The feet of clay giant”: Capitalism and Sustainable Development

Fonseca, Valter Machado da
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
Este estudo é resultado de vários anos de reflexão acerca das grandes problemáticas socioambientais que ganharam notoriedade a partir da década de 1960 do século XX e que, agora, ocupam a centralidade dos debates nos círculos acadêmicos, científicos e na sociedade de forma geral. A investigação tem por problema central, averiguar as contradições, incongruências, conflitos e fragilidades que permeiam tanto o conceito, como também as práticas que envolvem a proposta de desenvolvimento sustentável em níveis global e de Brasil. A metodologia utilizada neste estudo foi de cunho bibliográfico e análise documental acerca de entrevistas e depoimentos sobre as principais temáticas envolvidas no conceito e nas práticas relativas à temática em estudo. O método de análise utilizado tem por base o materialismo histórico ancorado num campo teórico contra-hegemônico composto por estudiosos que fazem o contraponto à lógica do atual modelo econômico de produção, o capitalismo. Essas temáticas tornam-se cada vez mais relevantes, diante dos sérios problemas socioambientais que marcam a sociedade moderna. Sua solução e/ou minimização esbarram, sempre, nos mecanismos que mantém a lógica da reprodução e expansão do capital...

O desenvolvimento sustentável e as implicações da produção mais limpa sobre o planejamento da produção

Philippi, Daniela Althoff
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.23%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração.; Este trabalho partiu de um estudo exploratório para a formulação da hipótese de pesquisa: 'de que implicações da aplicação da Produção mais Limpa sobre o Planejamento da Produção não contribuem para a harmonia entre as dimensões do Desenvolvimento Sustentável'. Trata-se de um estudo teórico-empírico e exploratório-descritivo, de natureza qualitativa, aplicado numa empresa do setor metal-mecânico que adotou ações de Produção mais Limpa. Os instrumentos de coleta de dados foram as entrevistas semi-dirigidas, a observação não-participante, com o auxílio de um diário de campo, e a análise documental. A análise dos dados foi realizada com a análise de conteúdo apoiada em leituras verticais e horizontais para os documentos e os relatos. Inicialmente, procurou-se identificar as ações de Produção mais Limpa adotadas pela Alfa, para então descrever as implicações sobre o Planejamento da Produção e relacioná-las às dimensões do Desenvolvimento Sustentável. As conclusões, bem como as evidências de desarmonia entre as dimensões social, econômica e ecológica nas implicações da Produção mais Limpa sobre o Planejamento da Produção...

Maldição ou dádiva? os dilemas do desenvolvimento sustentável a partir de uma base mineira

Enríquez, Maria Amélia Rodrigues da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2007.; A atividade extrativa mineral de larga escala é maldição ou dádiva para o processo de desenvolvimento sustentável de municípios de base mineira no Brasil? Que efeito tem o uso dos royalties minerais (Contribuição Financeira pela Exploração Mineral - CFEM)? Para responder a essas questões foram estudados os 15 maiores municípios mineradores do Brasil, além de quatro municípios canadenses, com o propósito de fundamentar as análises comparativas. A partir de uma série de indicadores ambientais, econômicos, sociais e de governança, comparou-se a trajetória dos municípios mineradores brasileiros nas últimas duas décadas com a dos seus entornos não-mineradores. Os resultados demonstram que a pressão do mercado internacional e os marcos regulatórios ambientais têm contribuído para o surgimento de uma atividade mineradora mais responsável com a dimensão ambiental do desenvolvimento. Foi constatado ainda que a mineração é um importante fator de crescimento econômico e de estímulo ao desenvolvimento do capital humano dos municípios de base mineira, achado que contraria vários estudos sobre o tema que enfocam os países mineradores...

Proposição de indicadores de desenvolvimento sustentável para assentamentos rurais.; Proposition of indicators of sustainable development of agricultural nestings

Neiva, José da Luz
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Desenvolvimento sustentável Regional; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Desenvolvimento sustentável Regional; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.21%
The Subject evidences the importance of the proposition of indicators of sustainable development for Agricultural Nestings, with the objective to support of the decisions of the governmental bodies and managers of a general form, in the implantation, accompaniment, support and evaluation to the implanted projects and to be implanted. Through the historical analysis of the brazilian agrarian question and the chosen theorical landmarks: the indicators of sustainable development; and family agriculture, was possible to know the theoretical structure witch involves the subject. Regarding the indicators of sustainable development it was proceeded a research concerning it s evolution, identifying the main studies about: the work of construction indicators of sustainable development led by the Commission for Sustainable Development CDS, of the United Nations; indicators of sustainable development Brazil 2004, of the IBGE; of the Balaton Group (Donella Meadows and others), in the Triângulo de Daly ; of the Bossel project; of the Monet model of Switzerland; and, the total socio-ecologial system, of the CEPAL. The boarding of the theorical landmark Familiar Agriculture included the analysis of some definitions and it s categories and identified the types...

Saúde e economia verde: desafios para o desenvolvimento sustentável e erradicação da pobreza

Gallo,Edmundo; Setti,Andréia Faraoni Freitas; Magalhães,Danielly de Paiva; Machado,Jorge Mesquita Huet; Buss,Daniel Forsin; Franco Netto,Francisco de Abreu; Buss,Paulo Marchiori
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.1%
Em um cenário onde os serviços ecossistêmicos vão sendo perdidos e há graves iniquidades sociais é necessário um novo modelo de crescimento capaz de promover o desenvolvimento social com a redução da pegada ecológica. A 'economia verde' é um dos modelos propostos. Este trabalho analisa os impactos ambientais, sociais e individuais da economia marrom na saúde humana e aborda as contribuições da economia verde para a promoção da equidade e saúde. Assume que o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade ambiental não são incompatíveis e contribuem para o combate à pobreza. A transição para uma economia sustentável depende de decisões políticas e vai além do desenvolvimento de tecnologias, devendo implantar um novo modo de produção, consumo e organização social que promova a justiça socioambiental, incentivando a participação social e as formas democráticas de governança para definir uma agenda concreta de implementação de objetivos para o desenvolvimento sustentável e de mecanismos capazes de implementá-los em todos os níveis.

Proposição de indicadores de desenvolvimento sustentável para assentamentos rurais.; Proposition of indicators of sustainable development of agricultural nestings

Neiva, José da Luz
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Desenvolvimento sustentável Regional; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Desenvolvimento sustentável Regional; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.21%
The Subject evidences the importance of the proposition of indicators of sustainable development for Agricultural Nestings, with the objective to support of the decisions of the governmental bodies and managers of a general form, in the implantation, accompaniment, support and evaluation to the implanted projects and to be implanted. Through the historical analysis of the brazilian agrarian question and the chosen theorical landmarks: the indicators of sustainable development; and family agriculture, was possible to know the theoretical structure witch involves the subject. Regarding the indicators of sustainable development it was proceeded a research concerning it s evolution, identifying the main studies about: the work of construction indicators of sustainable development led by the Commission for Sustainable Development CDS, of the United Nations; indicators of sustainable development Brazil 2004, of the IBGE; of the Balaton Group (Donella Meadows and others), in the Triângulo de Daly ; of the Bossel project; of the Monet model of Switzerland; and, the total socio-ecologial system, of the CEPAL. The boarding of the theorical landmark Familiar Agriculture included the analysis of some definitions and it s categories and identified the types...

Saúde e economia verde: desafios para o desenvolvimento sustentável e erradicação da pobreza

Gallo,Edmundo; Setti,Andréia Faraoni Freitas; Magalhães,Danielly de Paiva; Machado,Jorge Mesquita Huet; Buss,Daniel Forsin; Franco Netto,Francisco de Abreu; Buss,Paulo Marchiori
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.1%
Em um cenário onde os serviços ecossistêmicos vão sendo perdidos e há graves iniquidades sociais é necessário um novo modelo de crescimento capaz de promover o desenvolvimento social com a redução da pegada ecológica. A 'economia verde' é um dos modelos propostos. Este trabalho analisa os impactos ambientais, sociais e individuais da economia marrom na saúde humana e aborda as contribuições da economia verde para a promoção da equidade e saúde. Assume que o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade ambiental não são incompatíveis e contribuem para o combate à pobreza. A transição para uma economia sustentável depende de decisões políticas e vai além do desenvolvimento de tecnologias, devendo implantar um novo modo de produção, consumo e organização social que promova a justiça socioambiental, incentivando a participação social e as formas democráticas de governança para definir uma agenda concreta de implementação de objetivos para o desenvolvimento sustentável e de mecanismos capazes de implementá-los em todos os níveis.