Página 1 dos resultados de 5066 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

Desenvolvimento rural, biodiversidade e políticas públicas. Desafios e antagonismos, no Pontal do Paranapanema-SP; Rural Development,Biodiversity and Public Policy.Challengs and contradictions, in the Pontal do Parnapanema-SP

Santos, João Dagoberto dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
O entendimento atual sobre os diversos significados do termo e do conceito de sustentabilidade talvez seja um dos debates mais calorosos na sociedade contemporânea, tendo em vista que simplesmente discutir o que vem a ser sustentável requer um mínimo de revisões de princípios, práticas e crenças, pode ser trabalhoso e pode contrariar interesses imediatos, gerando disputas e conflitos. A sociedade evolui de maneira geral na constatação e percepção de que, se forem mantidos os atuais padrões de consumo e de replicação cultural e social, os recursos naturais, dos quais depende diretamente a viabilidade de nosso modo de vida, não serão mais capazes de suprir nossas demandas. Os pressupostos dessa relação insumo versus consumo, principalmente embasados por diversas teorias econômicas, cada dia mais se mostram insuficientes para encontrar equações que apontem soluções de equilíbrio e continuidade dentro do atual ritmo de crescimento e de desenvolvimento das sociedades contemporâneas. A busca por um ponto de estabilidade ou o que se denominou de sustentabilidade passou a incorporar praticamente todas as ações e setores da sociedade e, em especial, no que se refere ao meio rural. Nas últimas décadas, as políticas e dinâmicas relacionadas ao meio rural sofreram grandes transformações. Tanto a academia como a sociedade em geral passaram a enxergar e estudar o campo com novas significações e atribuições...

Desenvolvimento rural e o campo tecnocientífico : a construção de um discurso

Premebida, Adriano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
Esta pesquisa trata de uma tentativa de relação entre duas amplas e difíceis noções — desenvolvimento rural e biopolítica — a partir de algumas entrevistas realizadas com agentes do aqui denominado campo tecnocientífico vinculado às ciências agrárias no sul do Brasil: extensionistas, pesquisadores(as) e professores(as). Essas noções, desenvolvimento rural e biopolítica, articulam-se mais por inclusão que exclusão de um variado conjunto de conceitos e propostas de sociedade. Para apoiar esta relação tenta-se utilizar o referencial teórico da análise de discurso através de seu método mais simples: a constância de repetição de termos-chave pelos agentes em suas exposições sobre o debate atual do desenvolvimento rural. Este referencial ajuda a suspender a concepção de um indivíduo coerente e consciente de seu discurso, bem como a perceber a persistência ou modificação de certas crenças e mitos na formação de ideais societários para o rural no Brasil Por outro lado, o estudo a respeito do desenvolvimento rural não poderia dar-se apenas no nível discursivo. Sua formulação está composta também por esquemas de percepção, de apreciação e ação realizadas sob condições estruturais do campo tecnocientífico. A articulação...

Dinâmicas regionais do desenvolvimento rural e estilos de agricultura familiar : uma análise a partir do Rio Grande do Sul

Conterato, Marcelo Antonio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
Este trabalho de Tese tem como tema a problematização das interfaces, relações e determinações que podem vir a afetar as transformações da agricultura familiar e, em que medida, esse processo traz repercussões e/ou influenciam as dinâmicas de desenvolvimento rural e de formação de estilos de agricultura familiar. As regiões e os respectivos municípios representativos de cada uma delas objeto da investigação foram: Serra – Veranópolis; Alto Uruguai - Três Palmeiras e; Missões - Salvador das Missões. O objetivo consiste em investigar, comparativamente, as semelhanças e diferenças no que concerne aos processos de mercantilização da agricultura familiar e suas implicações, em termos de diversificação das estratégias produtivas e reprodutivas, dos padrões de autonomia e dependência e seus desdobramentos acerca das dinâmicas territoriais de desenvolvimento rural e de estilos de agricultura familiar. Quatro hipóteses norteiam o trabalho. A primeira aponta dois tipos de mercantilização da agricultura familiar que auxiliam na explicação do tipo de desenvolvimento: um mais endógeno e autônomo (gerando economias de escopo e diversificação) e outro mais dependente e especializado (gerando economias de escala e especialização). A segunda hipótese postula que...

Os conselhos municipais de desenvolvimento rural e o empoderamento dos atores sociais : um estudo de caso em Mato Leitão, Rio Grande do Sul

Reckziegel, Marco Antonio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
A participação dos atores na definição e no acesso às políticas públicas são questões que devem ser investigadas e aprofundadas conforme propõem alguns estudiosos destes temas. Também o papel desempenhado pelos espaços que têm o potencial de proporcionarem a participação efetiva dos atores sociais na busca do desenvolvimento rural, como é o caso dos Conselhos de Desenvolvimento Rural, devem ser mais bem compreendidos. O aprofundamento de tais questões deve levar em conta as diversas especificidades socioculturais e os diferentes estágios de desenvolvimento e participação coletiva. À luz desta discussão e de conceitos sobre Desenvolvimento Rural, Capital Social, Participação e Cidadania, este Trabalho de Conclusão de Curso visa compreender os limites e as potencialidades da atuação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural - COMDER no município de Mato Leitão, RS, em especial no que se refere ao empoderamento dos atores sociais rurais envolvidos. Com o propósito de operacionalizar este objetivo pretendeu-se identificar os atores sociais locais envolvidos com o desenvolvimento do COMDER; analisar os principais entraves socioeconômicos encontrados pelo COMDER na sua atuação no local; e ainda, compreender a relação entre a atuação deste Conselho e o acesso dos atores sociais locais às políticas públicas. Por meio de pesquisa documental às atas do COMDER e de entrevistas com roteiros semi estruturados aplicados a gestores e membros do conselho...

Quão local é o desenvolvimento rural? : o caso das aldeias do xisto

Oliveira, Sandra Cristina Calmeiro de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Esta tese tem como tema principal a mobilização dos recursos locais em áreas rurais enquanto elemento potenciador do seu desenvolvimento tomando como estudo de caso a Rede das Aldeias do Xisto. Desta forma, o trabalho apoia-se nos programas de Desenvolvimento Rural enquanto método eficiente de incentivar o desenvolvimento das comunidades rurais, potenciando-as e tornando-as competitivas pela valorização dos seus recursos endógenos. As últimas três décadas tiveram grande impacto no mundo rural, transformando-o e reestruturando-o, essencialmente ao nível do seu desenvolvimento. Sendo assim, antevê-se a necessidade de reconhecer e criar um rural que seja multifuncional e consequentemente mais competitivo, ou seja, capaz de sobreviver num mundo cada vez mais global. É necessário definir o conceito de rural e as suas implicações no que diz respeito à criação de políticas públicas que o legitimem assim como o papel dos agentes locais. A Rede das Aldeias do Xisto consiste num projeto regional que abrange diversas áreas rurais da Região Centro, e que retrata de forma clara alguns dos problemas que estas áreas enfrentam nos dias de hoje. Esta ideia vai de acordo com os processos atuais de desenvolvimento local, tendo como objetivo último melhorar as condições de vida das populações rurais e potencializar os recursos locais de cada aldeia (enquanto recursos endógenos) sendo possível...

Estratégias de Desenvolvimento Rural para a redução da pobreza - o caso dos municípios de Alto-Cauale, Ambaca e Negage, Norte de Angola

Mbomba, Miguel Gonçalves; Henriques, Pedro Damião; Rego, Maria da Conceição; Carvalho, Maria Leonor da Silva
Fonte: Comissão Executiva do 1º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural/Universidade de Évora Publicador: Comissão Executiva do 1º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural/Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.12%
Este trabalho tem como objectivo identificar os principais constrangimentos de três municípios rurais do norte de Angola – Alto-Cauale, Ambaca e Negage – e propor estratégias para a redução da pobreza, aumentar o desenvolvimento económico e o bem-estar das populações. Os municípios estudados apresentam limitações muito semelhantes nos domínios das infra-estruturas, saúde e educação. O mesmo se passa em relação à principal actividade económica, a agricultura, caracterizada fundamentalmente pela utilização de variedades de baixo rendimento, baixo nível de tecnologia, degradação dos recursos naturais e mercados rurais ineficientes. A melhoria das condições de vida das populações rurais passa por uma intervenção integrada de promoção do desenvolvimento rural, através da melhoria: 1) das infra-estruturas, das quais destacamos o abastecimento de água, de energia e as vias de comunicação; 2) dos níveis de saúde, educação e formação profissional; 3) das condições de produção agrícola; 4) da condição da mulher; e 5) do apoio institucional, público e privado, ao desenvolvimento.

Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural

Carvalho, Maria Leonor da Silva; Santos, Marcos Olímpio Gomes dos
Fonte: Comissão Executiva do 1º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural/Universidade de Évora Publicador: Comissão Executiva do 1º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural/Universidade de Évora
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
86.2%
Com este evento procurou-se por um lado, dinamizar acções de cooperação e parceria entre instituições públicas e empresas privadas, de Angola e de Portugal, no âmbito da Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural e, por outro lado, reunir técnicos dos dois países para que, em conjunto e de uma forma integrada, reflectissem e debatessem os problemas actuais e perspectivas a curto e longo prazo naquelas áreas, tendo em vista encontrar formas eficazes de cooperação entre os dois países, nos domínios referidos. Neste âmbito decorreu o I Encontro que se pretende venha a ter continuidade com alguma periodicidade, em locais de Angola ou de Portugal. Tendo como pano de fundo as linhas orientadoras referidas, a iniciativa foi estruturada através dos seguintes momentos: Sessões Plenárias, Mesas Redondas e Sessões Paralelas. As Mesas Redondas debateram o Ensino e Investigação, o Desenvolvimento Rural, e o Estado Actual da Cooperação e Perspectivas Futuras. No âmbito da visita técnica, os participantes do Encontro deslocaram-se à Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos e à Central Fotovoltaica da Amareleja, proporcionando-lhes o conhecimento de experiências relacionadas com cada um dos empreendimentos. Na sessão de encerramento foram sintetizadas as principais conclusões do Encontro: Dar continuidade ao Encontro através de uma nova iniciativa a decorrer em Angola dentro de dois 2 anos; Apostar nas culturas energéticas e no aproveitamento do biogás de origem pecuária; Fomentar iniciativas que promovam o desenvolvimento em geral e...

Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural – Actas do 2.º Encontro Luso-Angolano na Universidade Metodista de Angola

Carvalho, Maria Leonor da Silva; Santos, Marcos Olímpio Gomes dos; Caeiro, Joaquim
Fonte: Universidade de Évora / Comissão Executiva do 2.º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural / Universidade Metodista de Angola Publicador: Universidade de Évora / Comissão Executiva do 2.º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural / Universidade Metodista de Angola
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
86.16%
Na sequência do 1º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural, realizado na Universidade de Évora, em Évora, de 16 a 18 de Outubro de 2008, realizou-se em Luanda, na Universidade Metodista de Angola, o 2º Encontro Luso-Angolano naquelas temáticas, de 6 a 8 de Outubro de 2011 Tal como o 1º Encontro, este também foi muito participado, tendo contado com cerca de 100 participantes, sendo de salientar as presenças de 14 portugueses e 2 brasileiros. Contou ainda com uma ampla cobertura mediática, a nível de televisão - Televisão Pública de Angola, TV Zimbo e RTP África, de semanários - Sol-Angola e REGISTO-Évora, e ainda da Angola Press. OBJECTIVOS Com este evento procurou-se por um lado contribuir para fortalecer o relacionamento entre Angola e Portugal no interesse comum dos povos em relação ao desenvolvimento sustentável, no qual a agricultura desempenhará um papel determinante e, por outro lado, contribuir para a criação de iniciativas que promovam o desenvolvimento rural, bem como a troca de informação sobre experiências bem sucedidas ou boas práticas que conduzam a uma estratégia de desenvolvimento sustentável no eixo agro-industrial. Este 2º Encontro veio consolidar e ampliar as relações de parceria existentes entre as Universidades Metodista de Angola e a Universidade de Évora...

Índice de desenvolvimento rural dos municípios paranaenses: determinantes e hierarquização

Melo,Cármem Ozana de; Parré,José Luiz
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.21%
A implementação do modelo produtivista na agricultura brasileira provocou importantes alterações no espaço rural, afetando o seu desenvolvimento. O setor agrícola paranaense inseriu-se nesse processo, apresentando mudanças significativas na sua estrutura produtiva, com reflexos econômicos e sociais importantes no meio rural. Neste sentido, este trabalho objetivou mensurar o índice de desenvolvimento rural dos municípios paranaenses, identificando os fatores determinantes. Os resultados mostraram que, numa escala de zero a 100, o índice médio de desenvolvimento rural situou-se em 43,63, resultando num total de 179 municípios (44,86%) acima deste valor e 220 municípios (55,14%) abaixo deste índice. A ordenação de acordo com o grau de desenvolvimento evidenciou que mais da metade dos municípios se encontra nos níveis baixo, muito baixo e muitíssimo baixo de desenvolvimento rural sugerindo a necessidade de medidas no sentido de minimizar os efeitos gerados pelos aspectos que devem ser trabalhados de forma mais intensa, no sentido de melhorar a vida no campo e, por conseguinte, a situação dos municípios.

Agricultura familiar e programas de desenvolvimento rural no Alto Jequitinhonha

Ribeiro,Eduardo Magalhães; Galizoni,Flávia Maria; Silvestre,Luiz Henrique; Calixto,Juliana Sena; Assis,Thiago de Paula; Ayres,Eduardo Barbosa
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.08%
Os regimes agrários peculiares e os baixos níveis relativos dos indicadores sócio-econômicos fizeram com que a região do alto Jequitinhonha, nordeste de Minas Gerais, fosse considerada uma das mais complexas do Brasil. Por isso, vários governos orientaram para lá programas de desenvolvimento rural. Mas esses esforços não produziram bons resultados. Este artigo analisa as relações entre programas públicos e agricultura familiar, fazendo um balanço dos métodos e resultados das últimas três décadas. Conclui pela necessidade de incorporar as especificidades de história, ambientes e sociedade aos programas, que deveriam partir das experiências das organizações da região e se ajustar às ações e à cultura desses agricultores.

A descentralização das políticas de desenvolvimento rural: uma análise da experiência do Rio Grande do Norte

Matos Filho, João
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.29%
MATOS FILHO, João. A descentralização das Políticas de desenvolvimento rural - uma análise da experiência do Rio Grande do Norte. 2002. 259f. Tese (Doutorado em Ciências Econômicas)– Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.; Analisa as principais experiências de gestão descentralizada de programas de desenvolvimento rural no estado do Rio Grande do Norte e procura avaliar em que medida o Projeto de Combate à Pobreza Rural (PCPR) e o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) estão contribuindo para o fortalecimento econômico e social das organizações comunitárias e dos seus quadros de associados. Examina os distintos significados e a multiplicidade de usos do processo de descentralização nas organizações públicas e na gestão dos programas de desenvolvimento rural. Reconstitui as características das experiências de descentralização na trajetória dos principais programas de desenvolvimento rural no Rio Grande do Norte. Examina as especificidades do atual padrão de gestão descentralizada de políticas de desenvolvimento rural segundo o discurso de lideranças políticas, sindicais, religiosas e comunitárias e realiza uma análise comparada da gestão descentralizada do PCPR e do PRONAF no Rio Grande do Norte. Registra que a experiência com a implementação descentralizada de programas de desenvolvimento rural não é um fenômeno novo no Rio Grande do Norte; ao contrário...

Capital Social e Desenvolvimento Rural: acesso, uso e gestão da água nos Territórios Rurais do Sertão do São Francisco

Bispo, Rogério de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.16%
This study aimed to contribute to the discussion of social capital, seeking to relate that to the access, use and water resources management in the Sao Francisco Vale, specifically in rural areas of the wilderness of San Francisco situated in the State of Bahia and Pernambuco. As, stimulate action possibilities for individuals (family rural) apart by a patrimony public so precious that is water. Besides a theoretical discussion of social capital (networks, trust, participation) and rural development. We applied 387 questionnaires to farmers and some interviews with actors social of territorial forum and committee of the São Francisco basin where it was possible to correlate our variables in order to confirm our hypothesis: social capital is a key element to ensure access, use and management of water for rural families living in irrigated and rainfed areas; Este trabalho teve como objetivo contribuir com o debate do capital social, buscando relacionar este com o acesso uso e gestão dos recursos hídricos no Vale do São Francisco, mais precisamente nos territórios rurais do Sertão do São Francisco situados no Estado da Bahia e Pernambuco. Bem como, estimular possibilidades de ação por sujeitos (família rurais) apartados por um bem público tão precioso que é a água. Além de uma discussão teórica sobre o capital social (redes...

O turismo de base local como um possível indutor de desenvolvimento rural: uma análise da realidade e das potencialidades no distrito de dondo-moçambique

Chicico, Felicidade da Juliana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Turismo; Turismo e Desenvolvimento Regional e Gestão em Turismo Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Turismo; Turismo e Desenvolvimento Regional e Gestão em Turismo
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.27%
The current debate on rural development focuses on the territorial approach, recognizing the multifunctional character of rural areas. Emphasize the use of endogenous forces, the need of implement policies which valorize local specificities, the participation of social actors in revitalization of rural areas. In this context tourism enters as a means to induce a new dynamic to rural areas, since the activity is regarded as a channel for the upgrading of the natural and cultural resources and the rural way of life. This study focuses on local-based tourism as a promoter of rural development, giving an analysis of the social reality and potential for this tourism in the district of Dondo. In it, is proposed to analyze the potential for development of local-based tourism in the district of Dondo, assessing the extent to which local reality enables the inclusion of the community in the management of local tourism resources. For this, was showed the inclusion of local-based tourism in the current context of rural development, was identified and organized systematically the factors that influence the implementation of local-based tourism in the study area and was verified as far as possible the study area corresponds to the constraints identified...

Desenvolvimento rural sustentável e as condições de vida dos agricultores familiares na Zona da Mata mineira: os casos comparados de Tombos e Araponga; Sustainable rural development and the conditions of life of family farmers in the Zona da Mata mineira: cases compared to Tombos and Araponga

Oliveira, Brasilina Elisete Reis de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
This work presents the results of a study on the potential for rural development and the livelihoods of family farmers in Tombos and Araponga cities, both located in the Forest Zone of Minas Gerais – Brazil. For that, two synthetic indicators were used: Rural Development Index - IDR and Living Conditions Index - ICV. These indicators are based on the works of Kageyama (2004 and 2008), Rambo et al. (2012) and Sepúlveda (2008). To calculate the IDR were collected secondary data from the Population Censuses (2000 and 2010), Census of Agriculture (2006) from the Brazilian Institute for Geography and Statistics – IBGE, Rural Development Planes and others studies concerned to both cities mentioned. And to determine the ICV were collected primary data applying questionnaires to the family farmers and interviews were done with institutions´ agents and public agencies. This study promotes a discussion about rural development in the course of time showing the new rurality that has been debated by many researchers, government agencies and rural class´ representatives. The essential of this debate is to understand the reality of rural population and construct collectively programs and public policies that provide subsidies for the promotion of rural development in the economic...

Análise do desenvolvimento rural na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba: caracterização dos municípios com base em indicadores populacionais, econômicos, ambientais e de bem-estar social

Melo, Renata Faria de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
Este trabalho propõe uma análise do desenvolvimento rural do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba para mostrar que, mesmo em uma das regiões agrícolas mais desenvolvidas do País, constata-se que nem todos os seus municípios têm bom nível de desenvolvimento rural e que existe uma diferenciação populacional, social, econômica e ambiental. Para verificar e mostrar como ocorre essa diferenciação, foi elaborado o Índice de Desenvolvimento Rural (IDR), que permitiu classificar os municípios da região como de alto, médio e baixo nível de desenvolvimento. Além disso, foram empregadas técnicas de Análise Multivariada, sobretudo a Análise das Componentes Principais (ACP) e a Análise de Cluster. Com base na ACP, foram identificadas as direções principais do desenvolvimento rural da região; pela Análise de Cluster — conjugada com a ACP —, foram obtidos grupos de municípios com níveis semelhantes de desenvolvimento rural. Os dados usados provêm de publicações do IBGE, em especial o Censo Demográfico de 1991 e 2000 e o Censo Agropecuário 1995/96, com informações de âmbito municipal. Os resultados obtidos, pela construção do IDR e pelas técnicas de análise multivariada, servem para mostrar que, na explicação do desenvolvimento rural...

Degradação Ambiental nos Municípios do Rio Grande do Sul e Relação com os Fatores de Desenvolvimento Rural

Pinto,Nelson Guilherme Machado; Coronel,Daniel Arruda
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.16%
Resumo:O objetivo deste trabalho foi analisar o padrão de degradação ambiental agropecuário dos municípios gaúchos e verificar como esse padrão é impactado pelos fatores de desenvolvimento rural desses mesmos municípios em dois períodos distintos de tempo. Neste sentido, foi utilizada a metodologia do Índice de Degradação Ambiental Agropecuária (IDAA) como proxy para a degradação ambiental agropecuária e a técnica de análise fatorial para encontrar os fatores determinantes do desenvolvimento rural. A fim de estudar o impacto desses fatores na degradação ambiental agropecuária do Rio Grande do Sul, foi estimado um modelo de regressão com dados em painel por meio do método de Efeitos Fixos. Os valores de degradação ambiental agropecuária para as mesorregiões gaúchas mostraram-se elevados, e a mesorregião Centro Oriental apresentou as maiores médias de degradação. Nas relações entre o IDAA e os fatores, todos os coeficientes demonstraram significância estatística. Os fatores Condições de Moradia e Educação Rurais, Alavancagem e Corretivos da Produção Rural e Energia Elétrica Rural apresentaram relação positiva com a degradação, e os fatores Estrutura e Desempenho do Setor Agropecuário, Área de Produção Agropecuária e Econômico e Financeiro Rural apresentaram relação negativa. Isso demonstra efeitos divergentes entre os aspectos estudados.

Políticas públicas na perspectiva do desenvolvimento rural sustentável da Guiné-Bissau

Indjai, Mamadi Queluntã
Fonte: Pato Branco Publicador: Pato Branco
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
This dissertation was constructed from the problem research linked to the Master's Program in Regional Development, Federal Technological University of Paraná - UTFPR, Campus Pato Branco, about the context of rural development in Guinea-Bissau in the perspective of sustainability. The focus was to analyze public policies for sustainable rural development in Guinea-Bissau, containing the characterization of social, economic and environmental conditions of the country, the identification of public policies for its rural development, the mapping of social conflicts and relationship with the implementation of public policies for rural development and, finally, identification of opportunities for access of rural population to public policies. To implement the methodology used in this study was exploratory and descriptive study, based on literature review of books and articles of classic and contemporary authors and documental research from official documents available on websites of national public institutions, UN and other agencies official and non- governmental organizations that work in Guinea-Bissau. The survey revealed that over 60 % of the Guinean population lives in rural areas, facing a number of limitations by the lack of accessible public policies were farmers...

Desenvolvimento territorial : inovação ou imposição? : um olhar sobre as abordagens territoriais do desenvolvimento rural na América Latina

Schiavinatto, Mônica
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2013.; O objetivo central desta tese é entender o significado da abordagem territorial e os motivos da sua difusão nos países estudados da América Latina, bem como compreender o papel do Brasil nesse processo. O estudo partiu de três questões principais: Por que abordagem territorial do desenvolvimento rural? Por que surgiu com tanta força na América Latina? e Qual o papel do Brasil na difusão dessa abordagem pela América Latina? Para responder a essas questões, primeiro é importante compreender que o desenvolvimento rural deve ser discutido de forma vinculada ao debate tanto local, nacional como internacional. Outro ponto diz respeito à idéia do novo rural que ganhou peso nas últimas décadas a partir, principalmente, dos estudos acadêmicos que tratavam o tema, bem como dos documentos veiculados pelos organismos internacionais. Essa nova visão trouxe como estratégia a abordagem territorial, valorizando-se o mundo rural e reforçando-se a necessidade de políticas específicas para o desenvolvimento desse ambiente. Alguns aspectos fundamentais percebidos ao se trabalhar o contexto em que estas iniciativas foram implementadas...

O desenvolvimento territorial durável: uma nova abordagem sobre o desenvolvimento rural; Sustainable Territorial Development: a new Approach of Rural Development; Le développement territorial durable: une nouvelle approche de développement rural

Jean, Bruno
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2015 FRA
Relevância na Pesquisa
66.3%
A discussão sobre as bases teóricas do conceito de desenvolvimento territorial sustentável será o objetivo principal do presente artigo. Será necessário, primeiramente, recuperar a evolução e a atualidade das hipóteses de base sobre o desenvolvimento territorial enunciadas por Philipe Aydalot há mais de um quarto de século. A partir desta revisão, proporemos uma reconfiguração deste modelo de desenvolvimento, com a noção de desenvolvimento territorial solidário, incluindo implicitamente a noção de sustentabilidade. Veremos, então, como este modelo, centrado sobre o desenvolvimento solidário, pode embasar uma nova perspectiva de desenvolvimento rural, qual seja, a de desenvolvimento rural sustentável, uma perspectiva necessária para viabilizar o desenvolvimento dos territórios rurais. A noção de desenvolvimento territorial sustentável pode ser enriquecida pela experiência histórica comparada do desenvolvimento dos territórios rurais do Norte e do Sul, já que o precário desenvolvimento regional afeta tanto uns como outros. Não seria demais afirmar que esta perspectiva resulta de uma tomada de consciência da necessidade de pensar sistemas rurais mais sustentáveis do que aqueles formados a partir da modernização dessas economias rurais.; The main purpose of this paper is to fix the theoretical foundations of territorial development as an approach to understand the rural development. It was Phhilippe Aydalot...

Two worlds, two languages: processes of social mediation and knowledge diversity in the construction of projects for rural development; Dos mundos, dos lenguajes: los procesos de mediación social y la diversidad de conocimientos en la construcción de proyectos para el desarrollo rural; Dois mundos, duas linguagens: os processos de mediação social e a diversidade de conhecimentos na construção de projetos para o desenvolvimento rural

Medeiros, Monique; Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Rural; Marques, Flávia Charão; Doutora em Desenvolvimento Rural, professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de literatura; contribuição conceitual.; ; Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.25%
In face of construction of rural development patterns, intentional projects, plans and programs are put into practice by certain social actors responsible for mediating between the local and technical-scientific knowledge. The formation of these actors has been organized linked to a reallocation of political and moral principles, which make the term mediation miss the allusion to dialectical social processes; it highlights mechanistic aspects instead. Thus, there are efforts in thinking about social change among farmers and about proposals for an alternative agriculture, less subordinated to the market and less dependent on technological packages. This requires changes in way of thinking of the researchers, development agencies and farmers. In light of a recent theoretical debate, this article presents some consistencies and inconsistencies identified in social mediation process involving farmers and technicians, showing the possibility of analyzing interface situations as a way to avoid simplifications in understanding the process.; Ante la construcción de estándares para el desarrollo rural, proyectos intencionales o planes y programas son puestos en marcha por ciertos actores sociales responsables por la mediación entre el conocimiento local y el conocimiento técnico-científico. La formación de esos actores ha sido organizada en gran parte vinculada a un reemplazamiento de principios políticos y morales...