Página 1 dos resultados de 3837 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Parâmetros de qualidade de ensino superior : análise institucional em IES privadas do estado de São Paulo

Crubellate, João Marcelo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Relevância na Pesquisa
56.18%
RESUMO O objetivo deste estudo foi analisar a institucionalização dos parâmetros de qualidade de ensino superior prescritos pela legislação educacional brasileira entre organizações de ensino superior do Estado de São Paulo, considerando a relação entre padrões ambientais-institucionais, padrões interpretativos e respostas estratégicas daquelas organizações. O método que caracteriza a pesquisa aqui retratada é o estudo comparativo de casos, com uso de múltiplas fontes de evidência. Os dados foram obtidos mediante consulta à legislação brasileira relativa à educação superior, consulta a publicações disponibilizadas pelas organizações estudadas, questionário e entrevistas semi-estruturadas. O questionário, enviado a todas as IES privadas do Estado de São Paulo (com exceção de Universidades), permitiu classificar 44 IES em três grupos (posteriormente reagrupados em apenas 2), conforme suas respostas estratégicas aos parâmetros oficiais de qualidade e utilizando procedimentos estatísticos de análise. A partir de escolha proposital, selecionou-se 9 casos, que foram então estudados por meio de procedimentos qualitativos: análise documental, análise de conteúdo e elaboração e análise de mapas cognitivos. Os resultados apontam para a relação entre respostas estratégicas declaradas...

Desenvolvimento institucional do INEP : conjuntura crítica e trajetória

Damasio, Leandro
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.18%
Tratando-se de uma burocracia governamental criada em 1938, o Inep e sua história institucional são acompanhados pela trajetória da agenda educacional brasileira. Esta dissertação teve por objetivo examinar o desenvolvimento institucional do Inep, verificando a reforma ocorrida em meados da década de 90, que implantou um amplo sistema de avaliação de desempenho à política educacional do País. A dissertação está divida em duas partes. A primeira, analisando a conjuntura crítica, destaca o peso de processos históricos para explicar a mudança ocorrida no Inep, enquanto a segunda, analisando a trajetória dependente, destaca o peso da mudança para explicar tendências de continuidade. Resumidamente, os principais fatores que possibilitaram a conjuntura crítica foram: financiamento e consultoria internacional, interrupção do Censo Escolar, emergência da metodologia da Teoria de Resposta aos Itens, construção de rede entre as Secretarias Estaduais de Educação e a emergência de determinadas lideranças políticas. Criados Saeb, Enem, Provão entre outras avaliações, o Inep passou a mensurar o desempenho do ensino. A ascensão de um governo oposicionista não desviou essa trajetória, mas a acentuou. Assim, inovações incrementais foram promovidas...

A gestão participativa e o desenvolvimento institucional na União de Tecnologia e Escolas de Santa Catarina - ITESC

Beltrão, João Alceu Ramos
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 115 f.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.37%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração.; O presente estudo teve como objetivo conhecer a utilização da gestão participativa como contribuição para o desenvolvimento institucional na União de Tecnologia e Escolas de Santa Catarina - UTESC. Trata-se de um estudo de caso que apresenta uma abordagem predominantemente qualitativa. A população envolvida integra as quatro instituições mantidas pela UTESC, sediada na cidade de Joinville, norte de Santa Catarina. Os dados para a realização do estudo foram coletados por meio de fontes secundárias (estatuto, regimento interno, plano de desenvolvimento institucional, resultados de avaliações institucionais, sitio na internet e informativos institucionais) e primárias (entrevistas semi-estruturadas aplicadas junto aos gestores da área acadêmica, técnica e administrativa, intencionalmente selecionados). O estudo demonstrou o modo como a gestão participativa foi implantada e está sendo utilizada para promover o desenvolvimento institucional, além de apontar percepções diferenciadas de cada dimensão estudada. Foram analisados temas relacionados à gestão participativa com base nos indicadores do plano de desenvolvimento institucional...

O desenvolvimento institucional demonstrado na gestão e institucionalização de organizações locais da sociedade civil

Souza, Erik Persson
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 120 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.24%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Administração.; Este estudo volta-se para o exame do Desenvolvimento Institucional (DI) na gestão e institucionalização de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) da Região da Grande Florianópolis. A temática acerca do desenvolvimento de modelos e formas de gestão no campo das OSCs ou Terceiro Setor tem sido alvo de várias pesquisas no âmbito acadêmico e no mundo profissional. Apesar da vasta produção acadêmica e das iniciativas das próprias organizações, o universo da gestão de OSCs permanece obscuro para muitos dos que se dedicam ao seu conteúdo. Nesse contexto desafiador, a perspectiva do Desenvolvimento Institucional tem surgido com uma série de programas, iniciativas e ações para o fortalecimento e sustentabilidade das OSCs. Tal perspectiva transcende à noção de profissionalização ao presumir a integralidade do fortalecimento institucional subjacente aos enfoques de eficiência e eficácia nas práticas e processos organizacionais, bem como ao de legitimação das organizações no campo. Os procedimentos metodológicos para a consecução dos objetivos desta pesquisa envolvem a concepção de pesquisa de natureza exploratória e descritiva...

IDENTIDADE INSTITUCIONAL E GESTÃO PARTICIPATIVA NOS INSTITUTOS FEDERAIS: POSSIBILIDADES DE FORTALECIMENTO E RESSIGNIFICAÇÃO A PARTIR DO PDI

Lope, Jesusa Rita Fidalgo Sanchez; Costa, Patricia Lessa Santos
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.13%
Este artigo aborda conceitos sobre PDI, identidade institucional e gestão participativa nas IES, com vistas a contribuir para a discussão e compreensão da relação existente entre eles. São apresentados resultados de uma pesquisa exploratória realizada junto aos institutos federais com foco no planejamento e na gestão dessas instituições. Procura-se com isto demonstrar que existem possibilidades de fortalecimento da identidade e da gestão dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia a partir dos processos de construção e de execução do PDI. Entretanto, alguns aspectos necessitarão ser aprofundados em novas etapas de investigação, por isso conclui-se o estudo apontando questionamentos a serem pesquisados, numa percepção de desenvolvimento institucional integrado, participativo e sustentável nos institutos federais.

Formação contínua e desenvolvimento institucional: desafios e respostas

Loureiro, Cristina; Gama, Ana; Silva, Encarnação; Rodrigues, Margarida
Fonte: EDUCA/Secção Portuguesa da AFIRSE Publicador: EDUCA/Secção Portuguesa da AFIRSE
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.13%
A Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx) tem um largo historial ao serviço da formação contínua de professores. Neste artigo, pretende-se dar conta do trabalho desenvolvido e a desenvolver nesse âmbito. Apresentase, primeiro, o percurso seguido, equacionando os momentos mais significativos e que se constituíram como pontos de viragem ao longo do tempo, nomeadamente, a adesão ao Programa Foco, a constituição da ESELx como Centro de Formação e a colaboração da ESELx na implementação dos Programas Nacionais de Formação Contínua nas áreas da Matemática, Português e Ensino Experimental das Ciências. Seguidamente, analisam-se as implicações que a formação contínua tem tido na vida da instituição e perspetiva-se a estratégia a seguir no futuro, entendendo a formação contínua como um fator de desenvolvimento institucional.; Résumé: L’ École Supérieur d’Éducation de Lisbonne a une longue histoire au service de la formation continue de professeurs. Dans cet article, nous prétendons montrer le travail developpé et à developper à ce propos. On présente d’abord le parcours suivi, en mettant en évidence les moments les plus significatifs qui ont constitué des points de virage, notamment...

Democratização e reforma do Estado: o desenvolvimento institucional dos tribunais de contas no Brasil recente

Loureiro,Maria Rita; Teixeira,Marco Antonio Carvalho; Moraes,Tiago Cacique
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.15%
Este artigo analisa as transformações das últimas décadas nos tribunais de contas no Brasil, à luz da discussão da temática do desenvolvimento institucional. Essa perspectiva analítica permite olhar os processos de mudanças nas arenas políticas, no longo prazo, enfatizando não só a resistência dos atores institucionais ou sociais com poder de veto e os mecanismos de path dependence, mas igualmente as conjunturas críticas que permitem levar adiante as transformações, mesmo que de forma incremental. No caso em estudo, a conjuntura crítica da democratização e da Constituição de 1988 trouxe mudanças, mas estas foram neutralizadas pela capacidade de veto da elite dirigente especialmente em alguns tribunais. Por outro lado, a nova conjuntura crítica representada pela Lei de Responsabilidade Fiscal, de 2000, alterou a dinâmica política e institucional, permitindo que, até muito recentemente, as mudanças que permaneciam bloqueadas começassem, a partir de então, a ser efetivadas diante da menor capacidade de exercício de tais vetos.

Testando a cultura de clube dos BRICS: a evolução de um novo banco de desenvolvimento

Cooper,Andrew F.; Farooq,Asif B.
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.17%
O dinamismo social e econômico nos países BRICS, combinado com sua ascensão diplomática e política, tem sustentado a mudança na balança global de poder. Embora a transformação dos BRICS, do conceito para a prática, precise ser tratada com seriedade, com o processo de cúpula estendida, ilustrativo de um novo status encontrado para os países emergentes no sistema internacional, devemos reconhecer que os membros dos BRICS (China, Índia, Brasil, Rússia e África do Sul) têm tantas diferenças quanto pontos em comum em termos de suas perspectivas nacionais. Com tais contradições no pano de fundo, explicamos o desenvolvimento institucional informal dos BRICS. Este artigo argumenta que a chave para o sucesso institucional dos BRICS tem sido seu desenvolvimento de uma diplomacia "de clube". Tal abordagem é testada, entretanto, quando o foco da atenção é deslocado das demandas exteriorizadas para a ação coletiva enquanto grupo. Desenvolvemos um arcabouço conceitual da dinâmica de clube observada nos BRICS, com base em três elementos-chave: status internacional, alianças fracas e tamanho do quadro de membros. Utilizamos a criação recente do Novo Banco de Desenvolvimento para testar ainda mais nosso arcabouço. Em termos de conclusão...

Avaliação, desenvolvimento institucional e qualidade do trabalho acadêmico

Oliveira,João Ferreira de; Fonseca,Marília; Amaral,Nelson Cardoso
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
56.09%
O artigo busca problematizar as políticas, concepções e práticas de avaliação da educação superior que vêm sendo implementadas no Brasil, sobretudo a partir da década de 1990. As diferentes modalidades e mecanismos de avaliação implicam em mudanças significativas na cultura acadêmica, no trabalho docente, na gestão das instituições, nas definições curriculares e, sobretudo, na estruturação do campo da educação superior. O estudo avalia, ainda, o sentido político e ético que ancora as diretrizes teórico-conceituais da avaliação que vem sendo implementada no país. Parte do pressuposto de que a proposta avaliativa, numa perspectiva realmente qualitativa, deve deixar clara a resposta à questão nuclear: para que se quer avaliar. Nesta direção, argumenta que a avaliação deva servir ao propósito de contribuir para a formulação de juízos equilibrados e para a tomada de decisões que incidirão diretamente sobre o aperfeiçoamento do processo de desenvolvimento das IES, o que significa adotar um caminho metodológico que permita a geração de mudanças no processo de suas construções e ainda na própria sistemática de avaliação institucional, tendo em vista a qualidade do trabalho acadêmico e da gestão das IES.

Desenvolvimento institucional e capital social : um estudo do programa de mobilização de recursos da Oxfam Grã-Bretanha no Brasil

Cristina Teixeira Rondon, Helena; Rodrigues Oliveira, Rezilda (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.24%
Analisa-se o Programa de Mobilização de Recursos (PMR) desenvolvido pela Oxfam Grã-Bretanha, de forma pioneira e inédita no Brasil, desde 1999. Para tanto, investigou-se como o PMR contribui para que haja fortalecimento institucional e geração de capital social entre as Organizações da Sociedade Civil (OSC s) do País. O estudo mostra que a Oxfam elaborou um programa de cooperação internacional, cuja linha temática e programática de parceria focaliza a mobilização de recursos, o desenvolvimento institucional e a sustentabilidade dessas organizações. O público alvo da Oxfam é constituído tanto por indivíduos como por organizações do setor privado, para quem é direcionada sua ação, visando a promover: (a) conhecimento das causas e conseqüências dos problemas sociais; (b) engajamento de todos no apoio das causas e missões das OSC s; e (c) mobilização de recursos no nível local. Como levantar recursos públicos e gerar recursos próprios veio em um segundo momento a fazer parte deste programa. No trabalho, foram estudadas as organizações parceiras integrantes do núcleo central do PMR, a saber: ASSEMA; AQCC; IBASE; Escola Pernambucana de Circo; e Ação Educativa. Outras três organizações foram também estudadas...

Escolas de governo do cone sul: estudo institucional do INAP (Argentina) e da ENAP (Brasil)

Souza, Eda Castro Lucas de
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Tese/Disserta????o
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
56.15%
Este estudo analisa o desenvolvimento institucional das experi??ncias de duas escolas de governo - o Instituto Nacional de Administra????o P??blica (INAP), da Argentina, e a Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP), do Brasil -, que implantaram nos anos oitenta, respectivamente, Programas de Forma????o de Administradores Governamentais e de Especialistas em Pol??ticas P??blicas e Gest??o Governamental. Para tal, ?? utilizado o marco te??rico que se baseia na teoria de institution building e, especialmente, o modelo conceituai de Esman, acrescido de fatores peculiares aos pa??ses estudados. A Ecole Nationale d'Administration (ENA), da Fran??a, modelo de cria????o dessas escolas, ?? analisada como paradigma. Com base no marco te??rico e no modelo franc??s, a an??lise comparativa propicia inferir que tanto o INAP como a ENAP, nos contextos em que foram criados, n??o se institucionalizaram. Al??m do mais, o estudo possibilita identificar e priorizar, como respons??veis por esse insucesso, alguns fatores internos e externos ??s escolas, como a car??ncia de lideran??a, de doutrina, de programa, de recursos e de v??nculos com outras organiza????es e fatores de natureza pol??tico-administrativa e cultural, como clientelismo, corporativismo e descontinuidade administrativa; This study aims to analyse the institution building experiences of two governmental schools - the National Institute of Public Administration (INAP)...

SUFRAMA : um estudo de desenvolvimento institucional

Almeida, Raimundo Claudio Graça d'
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.2%
O processo de institucionalização da SUFRAMA e. nesta monografia. analisado com a utilização do modelo de Desenvolvimento Institucional elaborado por Esman e Blaise. A luz desse modelo. aquela entidade é examinada ante as veis doutrina. programa. recursos. estrutura interna e variá \ lide rança. com ênfase nesta última. para cujo enriquecimento in formativo o autor procedeu a um survey indicativo da natureza da interveniência daquela variável sobre as outras. Também à luz do modelo. é examinado o comportamento dos elos institu cionais - capacitadores. normativos. funcionais. competit2:. vos. emulativos e difusos - em reflexão sobre a forma com que a entidade transaciona com o seu meio-ambiente. Da análise. resulta a indicação de que a SUFRAMA surEiu da decisão do Governo Federal de reestruturar a Zona Franca de Manaus. em face do insucesso que esta vinha experimentando no alcance de seus objetivos. como decorrên cia. entre outras causas. do mal funcionamento da entidade gestora. A mudança de conceituação da prática de concessão aI fandegária adotada e a alteração administrativa introduzida trouxeram resultados positivos. posto que. a partir de então. desencadeou-se o processo de desenvolvimento institucional da quela entidade. Ao final de sua análise. conclui o autor que a SUFRAMA poderá levar o seu processo de institucionalização a irreversibilidade. Para tanto. porém. deve superar algumas di ficuldades. entre as quais a perda de autonomia financeira re gistrada nos últimos anos. e obter maior participação na nor matização das ações desencadeadas na sua área de influencia. A partir daí. nenhuma força opositora poderá levá-la ao destino de tantas outras instituições que já existiram na região: a extinção. Somado a isso. o aprimoramento de certos procedime~ tos administrativos dará a SUFRAMA a pretendida posição de grande e exclusiva agência de desenvolvimento regional para a Amazônia Ocidental. que é seu principal objetivo latente.

A Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC): um caso de desenvolvimento institucional

Santos, Geraldo Borges
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.29%
Esta monografia é um estudo de desenvolvimento institucional que proporciona conhecer como uma organização da administração pública brasileira, criada com um fim especifico e transitório, sobreviveu, se transformou, criou raizes, expandiu sua área de influência e tornou-se uma instituição relativamente bem sucedida. Trata-se da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira - CEPLAC, órgão autônomo vinculado ao Ministério da Agricultura, criado na década de cinqüenta pelo Governo Federal, como solução de emergência para o apoio financeiro aos produtores de cacau do sul da Bahia, numa das maiores crises da economia cacaueira. O autor valeu-se, para sua dissertação, do quadro conceitual formulado por Milton J. Esman e Hans C. Blaise, da Inter-University Research Program in Institution Building. Este é um modelo que parte da premissa de que as instituições são sistema abertos e, como tal, mantêm padrões de relações e intercâmbio com o meio-ambiente em que operam. Importam energia do ambiente (inputs on entradas) e processam tais energias, transformando-as em produtos (outputs ou saldas) desejados e valorizados pelo ambiente. Dentro deste quadro, têm-se três elementos básicos: a organização; as transações; e o meio-ambiente. O trabalho foi dividido em cinco capítulos. No primeiro o autor discorreu sobre o tema e sua importância...

Desenvolvimento institucional: estratégia para elevação da competência do órgão oficial de turismo;

Provinciali, Vera Lucia Novaes
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 05/05/1998 POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
This work proposes a reflection about essential characteristics of public tourism organization and a basic framework for implementation of an Institutional Development Model adequate to both, functional and structural organization. It takes into consideration administrative functions of public organizations, whose objectives are coordination and management of tourismactivities.; Trata de uma reflexão acerca das características essenciais do órgão oficial de turismo, sugerindo um roteiro básico para implementação de um Modelo de Desenvolvimento Institucional, com vistas à organização estrutural e funcional face o diagnóstico avaliativo das funções administrativas peculiares às organizações públicas, que têm por finalidade a coordenação e o gerenciamento das atividades turísticas.

Evaluation, institutional development and quality at the academic work; Avaliação, desenvolvimento institucional e qualidade do trabalho acadêmico

Oliveira, João Ferreira de; Fonseca, Marília; Amaral, Nelson Cardoso
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/03/2007 POR
Relevância na Pesquisa
56.09%
The article tries to render policies, concept and practices problematic, as well as evaluation of high education that have been introduced in Brazil, especially from 1990 decades on. The different modalities and evaluation mechanisms mean significant changes in academic culture, in teaching, in institutions administration, in curricular definitions, and mainly in thestructure of high education. The study has evaluated the policy and ethical meaning that support theorical-conceptual guidelines of evaluation that has been introduced in the country. It presumes that the appraised estimate proposal, in real qualitative outlook should make clear the answer to the nuclear question: “What is evaluation good for?” In this sense, it is argued that evaluation should perform the proposal for contributing to conceivewell-turned judgement and to make decisions that will fall upon improvement of development process of the IES, that is, to follow a methodological way to allow changes in its construction process and even in the systematic institutional evolution itself, considering the quality of academic work and IES administration.; O artigo busca problematizar as políticas, concepções e práticas de avaliação da educação superior que vêm sendo implementadas no Brasil...

Avaliação do plano de desenvolvimento institucional das universidades federais do consórcio sul-sudeste de Minas Gerais

Mizael, Glener Alvarenga; Pereira, José Roberto; Boas, Ana Alice Vilas; Ferreira, Maria Fátima de Almeida
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2012v5n4p21 A ação dos gestores públicos diante do contexto do REUNI, tem o desafio de realizar uma gestão que garanta a eficácia e eficiência organizacional, pautando-se pelo instrumento de planejamento estratégico, representado pelo Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI, criado pelo Decreto 5.773/06. Logo, o objetivo desse artigo é avaliar os limites e as possibilidades do PDI como um instrumento gerencial mediante a visão dos docentes e técnico-administrativos das Ifes do Consórcio Sul-Sudeste. Esse artigo é parte dos resultados de uma pesquisa realizada com o consórcio de universidades públicas federais de Minas Gerais, Brasil. Nessa pesquisa adotou-se um questionário semi-estruturado para coleta dos dados e, como instrumento de análise, utilizou-se o Software estatístico SPSS. Os resultados mostram alguns desafios para os gestores como: aperfeiçoar os mecanismos de divulgação e transparência, motivar a comunidade acadêmica para o envolvimento no plano; integrar os novos servidores no processo de planejamento; associar o plano a gestão; romper com os limites burocráticos definidos no PDI e; interesse e apoio político da Administração das Universidades pela utilização do plano como uma ferramenta de apoio a gestão.

Análise do Plano de Desenvolvimento Institucional de instituições de ensino superior participantes da Associação de Universidades Grupo Montevideo – AUGM

Mello, Junior de; Universidade Federal de Santa Maria - UFSM; Madruga, Lúcia Rejane da Rosa Gama; Universidade Federal de Santa Maria - UFSM; Ávila, Lucas Veiga; Universidade Federal de Santa Maria - UFSM; Beuron, Thiago Antônio; Universidade Federal d
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n4p1 O presente estudo tem como objetivo descrever o processo de planejamento, denominado de Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI e o contexto de três universidades participantes da Associação de Universidades Grupo Montevideo - AUGM, localizadas em países da América Latina - Argentina, Brasil e Chile. Quanto ao método, o presente estudo classifica-se como multicaso e caracteriza-se como qualitativo, descritivo e exploratório, utilizando-se fonte de dados primários e secundários, coletadas na reunião do Núcleo Disciplinar de Avaliação Institucional, Planejamento Estratégico e Gestão Universitária da AUGM, realizada em agosto de 2012 na cidade de Assunção, Paraguai. Os resultados evidenciaram que as universidades consideram o processo de planejamento fundamental para orientar o seu processo de gestão e desenvolveram processos participativos utilizando-se de pesquisas, reuniões, seminários e consultas à comunidade universitária. As Instituições procuram desenvolver mecanismos para acompanhamento do PDI de modo a torná-lo ferramenta efetiva de gestão. O Núcleo de Planejamento da AUGM mantém discussões importantes sobre o tema. Destacou-se também que existe disparidades na forma de implementação e execução do planejamento entre as universidades participantes...

ANALYZES OF IMPLEMENTATION OF THE INSTITUTIONAL DEVELOPMENT PLAN GOALS OF UFSC THROUGH THE MANAGEMENT REPORTS 2010-2014; Análise da execução das metas do Plano de Desenvolvimento Institucional da UFSC por meio dos Relatórios de Gestão 2010-2014

Pereira, Jéssica Rocha de Souza; Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC; Silva, Gabriela Tavares da; Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC; Teodoro, Fernanda Silva; Universidade Federal de Santa Catarina; Silva, Julio Eduardo Ornelas; Univ
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
This article aims to analyze the financial implementation of the goals set out in the Institutional Development Plan of UFSC 2010 to 2014, by the information provided in the Institutional Management Reports. Initially it presents a literature review, by authors from discussions of strategic planning, as well as the Institutional Development Plan, covering the laws on the subject. The methodology used can be defined as descriptive and documentary, in which analyzed documents provided by the institution. The results indicated that there is no direct relationship between the goals presented in the IDP with the programs and objectives presented in the Management Reports, focusing the research only on actions that are repeated in the documents. The analysis focused on PNAES, REUNI and Capacity Workers, concluding that the resources allocated have increased over the years, despite the financial executions have not been fully utilized.; http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n3p137O presente artigo objetiva analisar a execução financeira das metas previstas no Plano de Desenvolvimento Institucional da UFSC 2010 a 2014, a partir das informações disponibilizadas pelos Relatórios de Gestão da Instituição. Inicialmente é apresentada uma revisão de literatura...

The presence of innovation in the institutional development plans of public universities in Paraná – Brazil; A presença da inovação nos Planos de Desenvolvimento Institucional das universidades públicas paranaenses

Silva, Elizandra da; Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste; Segatto, Andréa Paula; Universidade Federal do Paraná
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
This research aims to analyze the presence of innovation in the Institutional Development Plans of public universities in Paraná, Brazil, analyzing how it happens and which work area focuses. It is an exploratory study and applied the qualitative research method of Content Analysis, which analyzed the original texts of Institutional Development Plans from all of the seven public universities (federal and state levels), collected from July to August/2010. The results identified the presence of innovation in six of the seven analyzed plans, with a large difference between federal and state universities. The federal universities present a bigger concern with innovation, while in the state ones, this subject was almost inexistent. The innovation appears mostly related with the areas of teaching and research, while in the university extension and internal process management it is less mentioned. One concludes that the innovation is not yet a widely present subject in the Paraná’s public universities planning.; http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n1p193Este estudo teve por objetivo analisar a presença da inovação nos Planos de Desenvolvimento Institucional (PDI´s) das universidades públicas paranaenses, investigando como ocorre esta inserção e quais áreas de atuação da universidade enfoca. Trata-se de um estudo exploratório utilizando o método qualitativo de Análise de Conteúdo...

O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL (PDI): UM ESTUDO DE CASO

Guedes, Eleanara Pereira; Scherer, Flávia Luciane
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares"; Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.13%
Este artigo tem como objetivo descrever e analisar o processo de elaboração do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) no contexto da Instituição Federal de Ensino Superior Universidade Federal do Paraná (UFPR). A pesquisa utilizou uma abordagem qualitativa, por meio de pesquisa documental, é classificada como descritiva, utilizado o estudo de caso. Os resultados mostraram que a UFPR é comprometida em atividades de integração com a comunidade universitária, uma vez que forneceu os documentos do PDI no site da instituição. Constatou-se que na preparação de PDI da UFPR, seus gestores desenvolveram ações que possibilitaram a integração da instituição e da comunidade universitária, o que demonstra que a instituição está preocupada com a gestão do conhecimento, com decisões coletivas, as mais amplas possíveis, visando a participação da comunidade universitária no processo do PDI, com ações de transparência e valorização da boa comunicação. Conclui que o desenvolvimento do PDI na instituição em questão utilizou as estratégias deliberadas, flexíveis, participativas e dinâmicas. Este estudo permitiu atingir os objetivos definidos, o que tornou possível descrever e analisar o processo de PDI na UFPR.