Página 1 dos resultados de 6812 itens digitais encontrados em 0.076 segundos

Percepção do clima organizacional para desenvolvimento de competências negociais dos servidores da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Amapá

Araújo, Nelma do Socorro Pereira Góes de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.95%
Em um cenário globalizado e competitivo há a necessidade constante de desenvolvimento gerencial como uma forma de buscar mudanças e diferencial de mercado. A gestão por competências tem sido valorizada como um modelo de gestão de pessoas que favorece o desenvolvimento contínuo, a formação de equipes motivadas, voltadas para resultados e alto desempenho, tendo em vista as necessidades da gestão. Uma das competências que se tornou fundamental no setor público é a de negociação coletiva. Desta forma, o presente estudo buscou analisar a percepção dos gestores e servidores administrativos da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Amapá, sobre o clima desta Instituição para o desenvolvimento de competências, o que inclui a de negociação coletiva e teve como objetivo identificar conhecer o processo atual de capacitação dos servidores da SRTE/AP, inclusive quanto à competência de negociação coletiva; como também identificar a satisfação dos servidores da SRTE/AP quanto às atividades de capacitação e desenvolvimento de competências. Para a concretização do estudo foram utilizadas como fontes de estudos as pesquisas bibliográficas de Antonello (2005), Cartone (2006), Coda (1993), Dutra (2004)...

Programa de desenvolvimento de competências pessoais e sociais : estudo para a promoção do sucesso académico

Jardim, Jacinto
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
116%
Esta investigação teve como objectivo principal construir, aplicar e avaliar um programa de desenvolvimento de competências pessoais e sociais com vista à promoção do sucesso académico. Uma vez que na revisão da literatura constatamos a inexistência de qualquer intervenção do género, conhecida no meio científico, optámos por identificar essas competências, construir um instrumento de avaliação que nos permitisse estudar o nível de desenvolvimento das mesmas e desenhar um programa segundo um modelo integrativo e eclético, adaptado à população portuguesa. Para isso, percorremos três etapas, que se concretizam em três estudos sucessivos. Iniciamos por realizar um estudo preliminar exploratório, de tipo qualitativo, para identificarmos as competências de que os alunos necessitam para serem bem sucedidos no processo de transição e de adaptação. As entrevistas semidirectivas e o focus group realizados com professores e alunos permitiram-nos reconhecer as competências transversais de âmbito pessoal, social e profissional. Num segundo estudo, e com base nos resultados recolhidos, foi por nós construído o Questionário de Competências Intrapessoais, Interpessoais e Profissionais (QCIIP), com o objectivo de avaliar as competências necessárias para obter sucesso no ensino superior. Verificada a adequabilidade deste instrumento (com o pré-teste e o método da reflexão falada)...

TIC e desenvolvimento de competências de resolução de problemas : um estudo de caso em educação em ciências no 1º ciclo do ensino básico

Lima, Ana Paula dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.98%
A evolução das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) verificada ao longo dos últimos anos implica medidas e acções no sentido de enfrentar os novos desafios que se colocam à Educação. Hoje em dia é necessário preparar os cidadãos para o desenvolvimento de competências na Sociedade da Informação e combater o fenómeno da info-exclusão. As orientações curriculares definem o currículo como um conjunto de competências a desenvolver. A alfabetização científica e tecnológica dos indivíduos revela-se fundamental, desde os anos iniciais de escolaridade, para o exercício de uma cidadania activa, consciente e responsável, principalmente numa época em que estudos internacionais divulgam um baixo nível de literacia científica dos alunos. Neste contexto, a presente dissertação de Mestrado resulta de um estudo desenvolvido entre Fevereiro e Junho do ano lectivo de 2005/ 2006, o qual envolveu treze alunos do 3º e 4º anos de escolaridade do 1º Ciclo do Ensino Básico, de uma turma em que a professora era a própria investigadora. Estes alunos foram inseridos num grupo que englobou três outros investigadores e turmas dos mesmos anos de escolaridade de Escolas portuguesas. Utilizando as TIC, estes desenvolveram um projecto num contexto de Educação em Ciência e baseado na perspectiva de ensino por pesquisa...

Educação em ciências no 1º CEB : desenvolvimento de competências em contextos CTSA

Silva, Ana Margarida Afreixo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.95%
Assiste-se hoje a uma rápida evolução científico – tecnológica e todos os dias somos confrontados com novas descobertas. É preciso estarmos preparados para as compreender e saber viver num mundo tão complexo e cheio de incertezas relativamente ao dia de amanhã. Desta forma, é imprescindível que todos os cidadãos sejam portadores de um conjunto de competências que os ajudem a integrar-se na sociedade democrática em que vivem, tomando decisões de um modo consciente, fundamentado e interventivo. Ao mesmo tempo, também têm de ser capazes de fazer frente a um mundo de trabalho cada vez mais exigente, em que a adaptação, a flexibilidade, a aprendizagem ao longo da vida são uma constante. A escola deverá preparar os alunos para que sejam, no futuro, cidadãos informados, esclarecidos e participativos, proporcionando-lhes uma formação para a literacia científica, sendo a orientação CTS (Ciência – Tecnologia – Sociedade) uma via adequada a adoptar. Assim sendo, torna-se essencial clarificar a importância de um currículo orientado para o desenvolvimento de competências nos alunos. O presente trabalho, de natureza qualitativa, teve como objectivo analisar os documentos oficiais (Programa de Estudo do Meio e Currículo Nacional do Ensino Básico – Competências Essenciais...

Impacte da Internet no desenvolvimento de competências gerais : um estudo no contexto de educação em ciências no 1º ciclo do ensino básico

Baptista, Margarida Maria Barros
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.92%
As orientações curriculares para o Ensino Básico no âmbito da recente reorganização curricular em Portugal, perspectivando o currículo como um conjunto de aprendizagens e de competências a desenvolver, veio colocar aos professores novos desafios, nomeadamente no que se refere à construção de ambientes que se adeqúem aos fins propostos e às formas como a avaliação deve ser encarada. Na Sociedade da Informação, que se pretende que seja do Conhecimento, urge combater o fenómeno da info-exclusão. Cabe à escola um papel importante no acesso às tecnologias de informação e comunicação (TIC), por parte dos seus alunos. Daí que venham a ser colocadas questões em relação à forma como as TIC poderão contribuir de forma eficaz para o processo de ensino e de aprendizagem, nomeadamente qual o papel da Internet como fonte de acesso ao conhecimento. Numa época em que se assiste a um crescente afastamento dos jovens dos cursos de áreas científicas e em que os estudos internacionais revelam o baixo nível de conhecimentos científicos da nossa população escolar, urge repensar o ensino das ciências, nomeadamente ao nível do Ensino Básico. É neste contexto que surge o estudo que apresentamos na presente dissertação de Mestrado. Realizado entre Março e Junho do ano lectivo de 2003/2004...

Supervisão em enfermagem neonatal: pais e enfermeiros como parceiros no desenvolvimento de competências

Rodrigues, Sandra Patrícia Faustino
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.94%
Os cuidados de enfermagem neonatais baseiam-se no Modelo de Parceria de Cuidados, em que os pais progressivamente desenvolvem competências cuidativas. Cabe aos enfermeiros a supervisão deste complexo processo, paralelo a uma prática reflexiva que permita o desenvolvimento de competências profissionais. Realizámos um estudo de natureza exploratória e correlacional, com metodologia predominantemente quantitativa e com uma parte qualitativa. O objectivo geral é: correlacionar a auto-avaliação das competências parentais nos cuidados ao recém-nascido de risco com a satisfação dos pais e com a avaliação dos enfermeiros, no âmbito da prática de enfermagem familiar. Foi aplicado um questionário a 101 pais de recém-nascidos internados numa Unidade de Cuidados Intermédios de Neonatologia, próximo do momento da alta, para que realizassem a auto-avaliação de competências nos cuidados ao recém-nascido e avaliassem a satisfação com os cuidados de enfermagem. Incluiu uma escala que desenvolvemos para os pais se auto-avaliarem e uma escala de satisfação que foi por nós traduzida. Os enfermeiros realizaram um questionário para avaliarem as competências parentais e um questionário acerca da prática de enfermagem familiar...

Impacte de um programa de desenvolvimento de competências básicas em TIC no 1º ciclo do ensino básico: estudo de caso

Coutinho, Vânia Cristina Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.84%
Actualmente, a maior parte das crianças que frequenta o 1.º Ciclo do Ensino Básico nasceu num mundo tecnológico e não se vê a (sobre)viver sem as tecnologias da informação e comunicação (TIC). A sociedade apresenta uma evolução que parece caminhar, em grande escala, no sentido da tecnologia e se para alguns dos mais velhos esta constitui uma mudança catastrófica, para a maioria dos mais novos não existe caminho que não intersecte as TIC. Neste sentido, as escolas sentem a necessidade, ou até mesmo a obrigatoriedade, de se adaptaram à nova realidade, por forma a darem uma resposta assertiva às exigências dos seus alunos, que constituirão a sociedade do futuro, preparando-os, do modo mais completo e integral possível, para a integração como cidadãos responsáveis, autónomos, conscientes e participativos na aldeia global que se tem vindo a criar. Também as Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) surgiram, em grande parte, como um grito de salvamento às famílias que constituem a sociedade moderna – mais tempo dedicado aos empregos e a outros afazeres significa menos tempo disponível para a família, para os filhos, para as crianças que frequentam as escolas e que aí permanecem cada vez mais horas. Tornou-se...

Desenvolvimento de competências na área de estudo acompanhado por recurso ao Didaktosonline

Nobre, Rui Manuel Figueiredo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.91%
As novas exigências surgidas com a passagem à sociedade pós-industrial e a massificação do ensino a que se assistiu, quase em paralelo, a partir da segunda metade do século XX catapultaram para o seio da escola uma série de problemas até aí desconhecidos - abandono escolar precoce, insucesso, violência -, fruto de uma nova realidade económica, social e frequentemente multicultural. De modo a enfrentar esta nova sociedade, a escola interiorizou a necessidade de alterar o seu posicionamento face aos métodos e técnicas de ensino e aprendizagem até então vigentes. O construtivismo substitui gradualmente as velhas teorias comportamentalistas e cognitivistas e os currículos baseados em objectivos cederam lugar aos baseados em competências. As tecnologias, por sua vez, procuram dar o seu contributo para um ensino que se procura, cada vez mais, actual e assertivo. O estudo de caso apresentado pretende contribuir para a resolução de alguns desses problemas, nomeadamente, o do insucesso e abandono escolar, recorrendo para isso ao desenvolvimento de competências a partir do Hipertexto de Flexibilidade Cognitiva DidaktosOnLine. A presente investigação envolveu um conjunto de alunos de uma turma do oitavo ano de escolaridade e dois professores (Estudo Acompanhado e História)...

As TIC e o desenvolvimento de competências para aprender a aprender : um estudo de caso de avaliação do impacte das TIC na adopção de métodos de trabalho efectivos no 1º ciclo do ensino básico

Santos, Anabela Cristina dos Santos Patrício Tristão
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.98%
O presente estudo insere-se no âmbito de um conjunto de estudos relacionados com a avaliação do impacte da integração das tecnologias da informação e comunicação (TIC) no desenvolvimento de competências gerais e transversais no 1º Ciclo do Ensino Básico. O principal objectivo da investigação aqui apresentada é avaliar o impacte da integração das TIC no desenvolvimento de competências relacionadas com a competência para aprender a aprender, mais especificamente no que concerne à aquisição de métodos de trabalho efectivos e às dimensões que constituem esta competência transversal metodológica: analisar a tarefa a realizar, iniciar o processo, realizar a tarefa e analisar o procedimento. No enquadramento teórico procurou-se construir um quadro de referência que permitisse clarificar o campo de estudo da investigação realizada e aprofundar e compreender os conceitos envolvidos. Também foram abordados os conceitos de competência, de estratégias de aprendizagem, de métodos de estudo e de metacognição, assim como noções relacionadas com a avaliação de competências e com a integração das TIC em contextos educativos. Para a realização deste estudo, e para garantir uma integração efectiva das TIC em contexto escolar...

De aluno a enfermeiro: desenvolvimento de competências em contexto de ensino clínico

Rua, Marília dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
105.98%
A formação em enfermagem tem acompanhado a evolução sociocultural e científico-tecnológica procurando dar resposta às exigências dos utentes e, sobretudo, à complexidade e à imprevisibilidade dos contextos de prestação de cuidados. Segundo os novos paradigmas de formação, pretende-se que os alunos desenvolvam competências que lhes permitam “agir em situação”. Neste estudo procurámos compreender de que forma os alunos desenvolvem as suas competências em contextos de ensino clínico e quais os factores que, à luz da perspectiva bioecológica de desenvolvimento humano (Bronfenbrenner e Morris, 1998) e do seu modelo PPCT (Pessoa, Processo, Contexto e Tempo), se constituem como facilitadores ou inibidores desse desenvolvimento. Optámos por uma metodologia predominantemente qualitativa, através de um estudo de caso, referente ao 2º Curso de Licenciatura em Enfermagem da Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro (2002-2003 a 2005- 2006). Para além da análise documental para contextualização do ensino clínico no currículo do curso, foram recolhidas narrativas dos alunos e supervisores relativas às suas vivências em ensino clínico durante todo o percurso formativo. Os resultados da análise de conteúdo das narrativas...

Percepção de apoio ao desenvolvimento de competências : um estudo de caso

Melício, Suely Isabel Soares
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
105.91%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011; As pessoas são consideradas os motores de funcionamento e sucesso de uma organização. O investimento no seu desenvolvimento consiste numa prioridade para as organizações que procuram alcançar uma vantagem competitiva no mercado. Deste modo, a presente investigação incide sobre o estudo da relação entre as condições oferecidas pela organização com o objectivo de desenvolver as competências dos seus colaboradores, mais especificamente através da implementação de um novo modelo de avaliação de desempenho, e o reconhecimento deste apoio por parte dos colaboradores. Para tal, procedeu-se à construção do Questionário sobre Percepção de Apoio ao Desenvolvimento de Competências, que foi aplicado a uma amostra de 30 colaboradores de uma Empresa de Distribuição. Os resultados obtidos tendem a indicar uma percepção positiva por parte destes quanto ao apoio disponibilizado pela organização relativamente ao desenvolvimento de competências. No final são apresentados os contributos deste estudo a nível empírico e teórico, assim como as suas limitações...

Participação e desenvolvimento de competências TIC, em práticas profissionais numa escola de 1º ciclo

Falcão, Célia Maria Cardoso, 1976-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
105.95%
Tese de mestrado, Educação (Supervisão e Orientação da Prática Profissional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011; Compreender como é que os professores desenvolvem competências TIC no quadro de participação em actividades da escola é o principal propósito deste estudo. Com este objectivo pretende-se responder às seguintes questões: (a) Como é que as relações desenvolvidas pelos professores influenciam a apropriação de competências TIC? (b) Porquê e como participam os professores em actividades escolares que envolvem a utilização das TIC? (c) Como é que a participação promove o desenvolvimento de competências TIC? (d) Que recursos e conhecimentos são partilhados entre os professores que potencializam o desenvolvimento de competências? O presente estudo segue uma metodologia de natureza qualitativa seguindo um paradigma interpretativo. É feito um estudo de caso ao corpo docente de uma escola portuguesa, em que as TIC fazem parte das suas práticas profissionais. Os dados foram recolhidos utilizando as seguintes estratégias: (i) entrevistas, (ii) observação participante. Os resultados do estudo apontam para a possibilidade de desenvolver competências TIC, na prática profissional de uma comunidade de professores. Os professores revelaram ser capazes de efectuar novas aprendizagens para poderem participar com competência na prática daquela que consideram ser a sua comunidade. As actividades levadas a cabo por esta comunidade potenciam diversos tipos de relações que por sua vez promovem novas aprendizagens. Esta comunidade possui também um património de recursos e conhecimentos que lhes permite negociar novos significados. Assim...

As tecnologias de informação e comunicação (TIC) na qualificação da população activa: o papel dos canais formais e informais de aquisição e desenvolvimento de competências em TIC na qualificação da população activa

Ferreira, André Filipe de Sousa da Trindade
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2007 POR
Relevância na Pesquisa
105.87%
Mestrado em Economia e Gestão da Ciência e Tecnologia e Inovação; Como pode a utilização quotidiana das TIC, principalmente o computador e a Internet, em casa e no emprego, contribuir para a qualificação da população activa? Podem as TIC criar gosto e reconhecimento pela aprendizagem numa população cujos baixos níveis médios de qualificação condicionam o reconhecimento da necessidade de aprender? Estas são as questões geradoras do trabalho que aqui se apresenta. Com um carácter exploratório procurou-se respostas fazendo uma reflexão sobre as relações e articulações entre o desenvolvimento das competências em TIC e a necessidade de melhoria do nível de qualificações da população activa, através da integração desta população em processos inclusivos e sustentados de ALV, de âmbito mais alargado. Tendo como objecto central a população activa portuguesa, tentou-se compreender como esta constrói e reconstrói o seu portfólio de competências e qualificações, atendendo às suas experiências nos sistemas de ensino e formação e no meio social e institucional em que está inserida. A análise inclui duas metodologias complementares: a primeira, quantitativa, compreendeu a concepção e administração de um inquérito por questionário...

A articulação entre estratégia e o desenvolvimento de competências gerenciais

Moura,Maria Cristina Canovas de; Bitencourt,Claudia Cristina
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
115.93%
No desafio de articular estratégias e competências gerenciais, a dinâmica interna da empresa institui processos formais e informais de aprendizagem. Este estudo se propõe a analisar as articulações entre as estratégias e o desenvolvimento de competências gerenciais, verificando como ocorre a aprendizagem organizacional. O método utilizado foi estudo de caso único, de caráter exploratório, de uma empresa de serviços, em que, mapeadas as estratégias adotadas pela empresa, identificam-se as demandas de desenvolvimento gerencial para cada período. Os resultados obtidos sinalizam como a aplicação de estratégias organizacionais pode gerar necessidades de desenvolvimento de novas competências gerenciais, tendo em vista as atribuições e responsabilidades que passam a ser assumidas pelos gestores.

Análise do desenvolvimento de competências gerenciais na construção civil através do modelo da Aprendizagem Baseada em Problemas adaptado ao contexto organizacional

Martins,Vitor William Batista; Neves,Renato Martins das; Macêdo,Alcebíades Negrão
Fonte: Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído - ANTAC Publicador: Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído - ANTAC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
105.91%
As mudanças no cenário da engenharia civil e consequentemente da gestão da produção das obras exigem um engenheiro com perfil diferente, resultando na necessidade novas competências, relacionadas a inovação, foco no cliente, planejamento e controle, sistemas de gestão da qualidade, sustentabilidade e uma visão humanista. O objetivo principal deste artigo é identificar as competências desenvolvidas em uma empresa construtora com o processo de implantação da Aprendizagem Baseada em Problemas adaptado ao contexto organizacional. A estratégia de pesquisa adotada foi a pesquisa-ação, na qual a equipe de pesquisa atua com profissionais para melhorar a forma como estes entendem e resolvem problemas. Os resultados alcançados envolveram o desenvolvimento de competências relacionadas ao contexto organizacional, à aprendizagem individual, coletiva e organizacional, apontando problemas e possíveis soluções de gestão na empresa. Através do desenvolvimento de competências gerenciais, foi estimulada uma visão humanística, sustentável, com foco no cliente, além de um melhor sistema de gestão da qualidade. Identificaram-se problemas no sistema de gestão organizacional, ficando evidente a necessidade da criação de um ambiente propício para troca de informações entre diferentes setores da empresa.

Aprendizagem e desenvolvimento de competências: articulando teoria e prática em programas de pós-graduação em formação gerencial

Ruas,Roberto; Comini,Graziella Maria
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
105.85%
Uma análise desenvolvida em programas de pós-graduação em formação gerencial revela que o currículo e os métodos pedagógicos empregados nesses cursos não estão adequadamente relacionados com as condições do ambiente de trabalho profissional dos alunos, condições nas quais as competências gerenciais poderiam ser mobilizadas e desenvolvidas. Sustentado em surveys e entrevistas com cerca de 300 alunos participantes de 14 cursos de pós-graduação em formação gerencial, este artigo recupera contribuições associadas a diferentes abordagens da aprendizagem, tais como sistemas de aprendizagem social, aprendizagem pela experiência, aprendizagem experiencial, aprendizagem situada e comunidades de aprendizagem. O objetivo é construir referências para o desenvolvimento de competências em ambiente de programas de pós-graduação em formação gerencial.

Desenvolvimento de competências relacionais de ajuda: fatores facilitadores.

Melo, Rosa Cândida de Carvalho Pereira de
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 08/05/2014 POR
Relevância na Pesquisa
115.97%
Introdução: O estabelecimento da relação de ajuda, enquanto intervenção autónoma e inquestionável no cuidar em enfermagem, desempenha um papel central na resposta às necessidades individuais de cada pessoa, concorrendo de forma positiva para a prestação de cuidados mais eficazes e mais humanizados, proporcionando ganhos em saúde aos seus utentes (1). Mas para isso é fundamental intervir no processo de desenvolvimento destas competências para que haja uma melhoria efetiva na qualidade de cuidados prestados às populações. Objetivos: Este estudo teve como objetivos identificar o nível de competências relacionais de ajuda em uma unidade de cuidados e identificar os fatores facilitadores do seu desenvolvimento. Materiais e Métodos: Estudo realizado em duas fases: Na 1ª fase foi realizado um estudo descritivo e transversal, numa amostra de 690 enfermeiros que exerciam funções em 56 unidades de saúde, tendo-se utilizado o Inventário de Competências relacionais (ICRA) (2). Na 2ª fase foi realizado um estudo de caso realizado na unidade de saúde com maior nível de competências relacionais de ajuda. Foram utilizadas abordagens quantitativas e qualitativas. Resultados: No estudo de caso os valores obtidos nas dimensões do ICRA foram superiores aos valores médios obtidos na 1ª fase. Quanto aos fatores facilitadores do desenvolvimento de competências relacionais de ajuda nos enfermeiros emergiram as seguintes categorias: as características pessoais do individuo...

Desenvolvimento de competências relacionais e desempenho académico.

Melo, Rosa Cândida de Carvalho Pereira de
Fonte: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem (UICISA: E) / Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC). Publicador: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem (UICISA: E) / Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC).
Tipo: Livro
Publicado em 31/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
115.99%
Uma das muitas preocupações que marca a atualidade do ensino em enfermagem prende-se, entre outros aspetos, com um ensino que promova o desenvolvimento dos estudantes, não só em áreas específicas do saber mas, igualmente, ao nível do desenvolvimento pessoal e interpessoal enquanto elementos fundamentais na formação dos enfermeiros, capazes de desempenharem funções de forma adequada em contextos de grande imprevisibilidade. O reconhecimento da importância de um relacionamento interpessoal adequado leva a uma ação intencional das instituições de ensino no âmbito do desenvolvimento de competências relacionais, tendo o professor um papel importante enquanto agente, competindo-lhe assumir a responsabilidade de contribuir para que o estudante atinja o seu pleno desenvolvimento. Apesar de, no ensino superior de enfermagem, a filosofia ser humanista, constatase, com algum desencanto, que alguns enfermeiros, nomeadamente os recémformados, no desempenho das suas funções, apresentam défice de competências, especialmente nas de caráter relacional, levando a queixas de desumanização dos cuidados de enfermagem. As queixas dos doentes, normalmente, centram-se nos seguintes aspetos: pouca atenção que lhes é concedida...

Educar (para) o pensar : desenvolvimento de competências reflexíveis em professores e alunos do 1º CEB : contributos da "Filosofia para Crianças"

Machado, Celeste Maria Marçal Vieira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
105.96%
O presente estudo inscreve-se na área científica da Formação de Professores, incidindo, particularmente, na compreensão do processo de desenvolvimento das competências reflexivas percebidas como factor de promoção do seu próprio desenvolvimento profissional e pessoal, do desenvolvimento da capacidade de pensar dos seus alunos, da revalorização dos processos curriculares de ensino-aprendizagem e de inovação dos contextos educacionais. Num contexto de complexidade, incerteza e mudança, importa repensar estratégias de formação de professores e de alunos para que possam constituir-se como fatores potenciadores do desenvolvimento da competência reflexiva. Estratégias que convocam, quer o professor, quer o aluno, para um tipo de questionamento de maior exigência reflexiva e consideradas potenciadoras do pensamento crítico, criativo e de cuidado com o outro, numa perspetiva educativa centrada no cuidar, que valoriza a dimensão humana, a atuação responsável, ética e solidária, em todos os planos da vida. Neste estudo propomo-nos retomar algumas das estratégias de formação já configuradas no movimento Filosofia para Crianças e que se constituíram como um programa de formação em contexto, no qual se procurou aprofundar e compreender as múltiplas dimensões e modos como interatuam os diferentes participantes da relação educativa em práticas curriculares reconfiguradas à luz dos pressupostos que sustentam este estudo. Do ponto de vista metodológico...

Desenvolvimento de competências num centro hospitalar E.P.E. - estudo de caso

Sousa, Pedro Manuel Aires de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.93%
Pretendemos com este estudo, num Centro Hospitalar do sector empresarial do Estado, dar um contributo para a compreensão dos procedimentos adoptados para a tomada de decisão sobre os processos de desenvolvimento de competências e acções adoptadas para os implementar. A metodologia seguida é de Estudo de Caso com abordagem qualitativa (não-experimental) procedendo-se à análise de documentos e de entrevistas a responsáveis por desenvolvimento de competências. Os resultados mostram que o quadro teórico e conceptual inferido da análise do processo de desenvolvimento de competências no Centro Hospitalar tem como constituinte fundamental a identificação de dois modos distintos de funcionamento e que a diferença depende do nível da estrutura organizacional considerado. Propomos uma intervenção na Organização, no âmbito dos processos de desenvolvimento profissional e pessoal, baseada na introdução de informação manipulada; Abstract: Training and development on a State Public Company Hospital Center - Case study With this study we intend, on a Hospital Center of the State enterprise sector, to give a contribute to the understanding of the adopted procedures to the decision about the process in development of competences and adopted actions to implement. Case Study is the methodology followed with a qualitative approach (non-experimental) by analyzing documents and the interviews to people in charge for the competences development. The theoretical and conceptual framework that we inferred from the analysis of the process on development of competences in the Hospital Center...