Página 1 dos resultados de 8396 itens digitais encontrados em 0.047 segundos

Formando o cidadão desde o jardim-de-infância : o contributo das práticas de avaliação das aprendizagens dos educadores de infância em colaboração com a família

Leal, Rita Alexandra Bettencourt
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
Tese de Doutoramento apresentada à Universidade de Aveiro para otenção do grau de Doutor em Didáctica e Formação.; A presente investigação procura compreender o fenómeno complexo e dinâmico que é a avaliação das aprendizagens das crianças em colaboração com a família na Educação Pré-Escolar (EPE) como forma de potenciar o desenvolvimento de competências pelas crianças. Assim, e recorrendo a um estudo de caso com uma componente de investigação-acção, pretende-se (i) compreender as concepções e práticas de avaliação de aprendizagens na EPE desenvolvidas por um grupo de educadores de uma Instituição Privada de Solidariedade Social da região centro do país e (ii) potenciar, através de formação em contexto que contemple o desenvolvimento de estratégias inerentes a uma avaliação das aprendizagens em colaboração com a família das crianças, o desenvolvimento profissional dos educadores de infância neste âmbito, proporcionando experiências educativas que levem as crianças a desenvolver um conjunto de competências inerentes à nova natureza dos saberes básicos de todos os cidadãos do séc. XXI. Tomando como ideias base da investigação a concepção (i) da criança enquanto cidadão (Prout...

Vigilância do desenvolvimento em Progama de Saúde da Família: triagem para detecção de riscos para problemas de desenvolvimento em crianças.; Development Surveillance in the Family Health Program: screening to identify risks for child development problems.

Mengel, Margaret Rose Santa Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.02%
O Programa de Saúde da Família (PSF) no Brasil deve manter ações preventivas orientadas para a detecção de riscos ao desenvolvimento e à saúde da criança, assim como a identificação de recursos para aliviar e neutralizar o efeito de adversidades. O presente estudo teve por objetivo geral sistematizar, aplicar e avaliar um procedimento de "Vigilância do Desenvolvimento", que consistiu na triagem para rastrear riscos para problemas de desenvolvimento e comportamento da criança e para identificar recursos protetores na criança e no ambiente familiar. Para tanto, os objetivos específicos foram: a) identificar os problemas de desenvolvimento e comportamento da criança; b) identificar os problemas no ambiente familiar; c) identificar os recursos da criança e do ambiente familiar; d) verificar as associações entre os indicadores globais de desenvolvimento, de linguagem e de comportamento das crianças e as variáveis da própria criança e do seu ambiente psicossocial; e) identificar o melhor modelo de predição dos problemas de desenvolvimento e comportamento da criança e da inserção na educação infantil; f) avaliar a validade preditiva dos procedimentos de avaliação de Vigilância do Desenvolvimento. A amostra foi constituída por 120 crianças não-clínicas...

A cidadania infantil: uma conquista das crianças no espaço escolar

Simões, Rita dos Anjos Gomes Martins
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.95%
A globalização provocou a alteração dos espaços de decisão e, actualmente, são algumas das entidades supranacionais, como por exemplo, a União Europeia, as Nações Unidas e a OCDE que definem estratégias orientadoras nos assuntos mais urgentes da vida dos países e dos seus cidadãos. É nesta conjuntura que a luta pelos direitos das crianças, especialmente, pelo direito à participação se desenvolve. Se por um lado verificamos a disponibilidade do Estado para delegar e desenvolver políticas concertadas o que poderia beneficiar a visibilidade da infância, por outro lado, todas as entidades públicas estão mais centradas na obtenção dos resultados desejados pelo Estado. Assim, apercebemo-nos da continuada invisibilidade das crianças nas diversas esferas por onde se movem, especialmente, no que diz respeito à questão tão pertinente e premente do direito à participação. Por essa razão decidimos realizar este estudo de caso, procurando reflectir sobre um projecto desenvolvido numa Escola que procurou envolver as suas crianças e jovens, garantindo que as suas vozes e opiniões eram ouvidas e tidas em consideração, tornando-os actores de um projecto de mudança.; Globalization has caused the change of the decision of spaces and...

Impacte de um programa de desenvolvimento de competências básicas em TIC no 1º ciclo do ensino básico: estudo de caso

Coutinho, Vânia Cristina Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66%
Actualmente, a maior parte das crianças que frequenta o 1.º Ciclo do Ensino Básico nasceu num mundo tecnológico e não se vê a (sobre)viver sem as tecnologias da informação e comunicação (TIC). A sociedade apresenta uma evolução que parece caminhar, em grande escala, no sentido da tecnologia e se para alguns dos mais velhos esta constitui uma mudança catastrófica, para a maioria dos mais novos não existe caminho que não intersecte as TIC. Neste sentido, as escolas sentem a necessidade, ou até mesmo a obrigatoriedade, de se adaptaram à nova realidade, por forma a darem uma resposta assertiva às exigências dos seus alunos, que constituirão a sociedade do futuro, preparando-os, do modo mais completo e integral possível, para a integração como cidadãos responsáveis, autónomos, conscientes e participativos na aldeia global que se tem vindo a criar. Também as Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC) surgiram, em grande parte, como um grito de salvamento às famílias que constituem a sociedade moderna – mais tempo dedicado aos empregos e a outros afazeres significa menos tempo disponível para a família, para os filhos, para as crianças que frequentam as escolas e que aí permanecem cada vez mais horas. Tornou-se...

Psicomotricidade e resiliência em crianças brasileiras e portuguesas: um estudo comparativo para a melhoria no ensino-aprendizagem

Andreucci, Lívia Christina
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66%
O presente trabalho tem como objetivo avaliar a eficácia da aplicação de um programa que visa o desenvolvimento psicomotor e a resiliência em crianças brasileiras (de classes desfavorecidas) e portuguesas (meio rural). Foram implementados 3 estudos: no primeiro, exploratório, foi realizado um programa de intervenção na área da resiliência com 76 crianças portuguesas e 151 crianças brasileiras com idades entre os 3 e os 5 anos de idade, divididas em Grupo Experimental (submetido ao programa de intervenção Strong Start Pré- K, da Universidade do Oregon, adaptado às realidades portuguesa e brasileira) e Grupo Controlo (sem intervenção),avaliadas pelo questionário WeBeST (Well-Being Screening Tool) antes e depois da intervenção. O segundo estudo realizado numa ONG brasileira pretende avaliar o efeito da psicomotricidade e foi dividido em duas fases: fase A, que contou 32 crianças brasileiras de 5 anos de idade, que frequentam a Instituição em período integral e 28 crianças que frequentam em meio período. Na fase B foi aplicado um programa de intervenção (nas 28 crianças da fase A) para se avaliar o efeito dessa intervenção. O instrumento de avaliação utilizado na área foi o Inventário Portage, adaptado e operacionalizado para a população brasileira...

O jogo e a sensibilização ao mundo das culturas no pré-escolar

Rocha, Ana Rita Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Tendo em conta as mudanças políticas e sociais que se têm vindo a sentir nos últimos anos, torna-se importante perceber de que forma podemos desenvolver, junto das crianças em idade pré-escolar, uma educação intercultural assente na abordagem da sensibilização à diversidade linguística e cultural (SDLC) (Byram, 2008; Candelier, 2003a). Neste contexto, o jogo, sendo uma atividade de eleição das crianças e por incluir diversos benefícios ao nível do seu desenvolvimento pessoal e social (Rocha, 1993), apresenta-se como um meio com potencialidades para o desenvolvimento da competência intercultural das crianças, nomeadamente na promoção de atitudes positivas e da disponibilidade para interagir e compreender a pluralidade. Guiado pela questão de investigação “Qual o contributo da abordagem da Sensibilização à Diversidade Linguística e Cultural através do jogo para o desenvolvimento da competência intercultural de crianças em idade pré-escolar?”, este estudo teve como principais objetivos compreender o desenvolvimento da competência intercultural de crianças em idade pré-escolar através da abordagem da SDLC centrada no jogo e avaliar as potencialidades educativas do projeto didático desenvolvido à luz do objetivo anterior. Seguindo uma perspetiva de investigação-ação (Bogdan & Biklen...

Participação e desenvolvimento social em jardim de infância

Oliveira, Liliana Catarina Andias
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Neste trabalho apresenta-se o estudo realizado durante um estágio curricular do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, da Universidade de Aveiro, num contexto de Pré-escolar, numa sala constituída por 21 crianças, com idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos. Neste âmbito, assumindo a importância do direito de participação das crianças, procurámos promover competências sociais e capacidade de questionamento e reflexão crítica nas crianças, baseando-nos numa abordagem tipo “filosofia para crianças”. Em particular, pretendeu-se estimular nas crianças o desenvolvimento de atitudes positivas na relação entre pares, capacidade de resolução de conflitos, de entreajuda, bem como o estímulo à reflexão no sentido de desenvolver o seu sentido crítico, de escuta e respeito pela opinião do outro. A avaliação das sessões de filosofia baseou-se na análise dos níveis de implicação das crianças e no registo dos comentários e atividades realizadas pelas crianças, daí se inferindo acerca dos seus níveis de participação e interesse das crianças pelos temas de cariz social. Ainda, procurámos perceber até que ponto as sessões contribuíam para uma melhoria das relações entre pares no quotidiano. Concluímos que...

Os contos de fadas como promotores do desenvolvimento da comunicação e linguagem na primeira infância

Arvins, Ana Rita Nunes de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.06%
Com este trabalho, desenvolvido no âmbito de um estágio em contexto de creche com 12 crianças com idades compreendidas entre os 2 e os 3 anos, pretendíamos estudar a influência dos contos-de-fadas no desenvolvimento da comunicação e linguagem das crianças deste grupo. Realizou-se uma avaliação inicial, recorrendo à Schedule of Growing Sills II, onde se verificou que o desenvolvimento evidenciado por quatro crianças encontrava-se num intervalo abaixo da respetiva idade cronológica, relativamente à área de “Audição e linguagem”. Na área da “Fala e linguagem”, uma destas crianças apresentava também um desenvolvimento que se encontrava dois intervalos abaixo da respetiva idade cronológica. A intervenção consistiu na apresentação ao grupo de crianças de dois contos-de-fadas: “O Capuchinho Vermelho” e “Os Três Porquinhos”. Numa primeira abordagem, as histórias foram contadas oralmente. De seguida, foram utilizados diferentes recursos: o livro, o avental das histórias, fantoches, dramatização, apresentação em powerpoint, canções,… Na avaliação final, sete meses após a primeira avaliação, registou-se uma melhoria geral das competências linguísticas, não ficando nenhuma das crianças abaixo do esperado para as crianças da sua idade...

Desenvolvimento de competências sociais no jardim de infância

Resende, Ana Catarina Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
O presente trabalho descreve um projeto desenvolvido no âmbito das unidades curriculares de Prática Pedagógica Supervisionada (PPS) e Seminário de Investigação Educacional (SIE) do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, da Universidade de Aveiro. Tratou-se de um projeto de intervenção direcionado para a promoção do desenvolvimento social das crianças, em contexto de educação pré-escolar. Considerando a influência que a família tem no comportamento social e emocional da criança, já que é na família que a criança cresce e conhece as experiências mais influentes na sua vida, quer positivas quer negativas, e considerando, sobretudo, o papel que o educador pode ter no desenvolvimento social da criança, os objetivos do estudo foram: (1) identificar alguns comportamentos nas famílias destas crianças que ajudem a compreender o seu comportamento; (2) compreender de que forma o comportamento do adulto/educador pode favorecer o desenvolvimento social das crianças e o seu bem estar emocional; (3) perceber se as atividades propostas pelo adulto/educador às crianças pode facilitar o desenvolvimento da sua competência social e do seu bem estar emocional. No sentido de concretizar estes objetivos foi entregue às famílias das crianças do nosso estudo um questionário...

A importância do diagnóstico de necessidades diferenciadas de educação para a organização de uma pedagogia de ajuda na educação de infância: estudo da correspondência entre as necessidades educativas das crianças e as estratégias de intervenção desencadeadas pelos educadores

Gameiro, Maria Felícia Prudêncio Calado
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66%
Introdução - A educação de infância, inscreve-se no processo educativo que trata de possibilitar a construção de uma personalidade de acordo com a exigência e valores tidos como plausíveis no tempo e no contexto cultural em que se desenvolve a vida da criança. Assim, todas as funções são importantes e todas devem tender desde o eixo central básico que é prioritário: a construção humana. (Castillejo Brull, J.L. (1986, pág.38). Isto significa perspectivar a educação de infância como um projecto de vida da criança, no sentido de a encarar como um todo, centrada na inserção social do sujeito e centrada no desenvolvimento pessoal autónomo, permitindo o desenvolvimento dos interesses, das apetências, das necessidades intrínsecas e extrínsecas de cada criança (Zabalza, 1998,pág.63). É a ideia com que partimos para a elaboração deste estudo. Esta reflexão, que resulta da experiência profissional como educadora de infáncia, leva-nos a crer da existência de um fenómeno que é muito comum nos jardins de infância e também noutros níveis de ensino, que tem a ver com uma desadequação constatada entre as necessidades diferenciadas das crianças e as estratégias educativas utilizadas pelos educadores, que a maior parte das vezes...

As percepções e as práticas das famílias face às competências e ao desenvolvimento das crianças: um estudo na região dos Açores e do Continente

Silva, Ana Isabel Mateus da
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
75.93%
O desenvolvimento da criança, nos seus múltiplos aspectos – físico, psicológico, afectivo, relacional, cognitivo, linguístico, perceptivo e motor – bem como as necessidades e atitudes da criança, é basilar para todo o seu percurso como ser humano. Neste estudo, partimos do desenvolvimento da criança, e das percepções da família, para a representação social da educação e práticas de cuidados, a fim de melhor compreendermos o contexto envolvente da criança na actualidade ao nível sócio-educativo e desenvolvimental. Baseamo-nos na teoria das representações sociais por considerarmos que esta teoria é um instrumento da compreensão e transformação da vida social e por consequência de captação e compreensão dos seus significados. Realizámos um estudo comparativo, para o qual seleccionámos 100 participantes em três ilhas dos Açores – São Miguel, Pico e Terceira, e 100 participantes no Continente, em várias regiões – Lisboa, Almada, Santarém, Almeirim e Portalegre, através da aplicação de Inquérito por Entrevista. Um estudo etnográfico complementar realizado na ilha de São Miguel, com a finalidade de conhecer como eram e são prestados os cuidados aos bebés nesta ilha, a partir dos anos 50 e até aos dias de hoje...

Relatório final de estágio da prática de ensino supervisionada: Histórias e a sua importância no desenvolvimento das crianças no pré-escolar

Oliveira, Elsa Maria Martins de
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.02%
Este relatório, pretende ser um instrumento de reflexão sobre a qualidade das experiências e aprendizagens em contexto de estágio de intervenção e qualificação para a docência em educação pré-escolar, mais precisamente no Jardim-de-infância Centro de Acolhimento do Bairro Padre Cruz. Esta intervenção teve como objetivo criar várias situações de aprendizagem que fossem marcantes para o grupo, desenvolvendo assim uma prática pedagógica de qualidade. Deste modo, foi utilizada uma metodologia centrada na recolha e análise de dados para a caracterização do grupo, no sentido de se conhecer a realidade educativa e assim implementar uma prática pedagógica adequada, capaz de dar respostas às necessidades diagnosticadas nas crianças. Como nos define o Perfil Geral e Específico de Desempenho Profissional do educador de infância, segundo o Decreto – Lei nº 241/2001 de 30 de Agosto, (pág.5573, ponto 3) " Observa cada criança, bem como os pequenos grupos e o grande grupo, com vista a uma planificação de atividades e projetos adequados às necessidades da criança e do grupo e aos objetivos de desenvolvimento e da aprendizagem;” Pudemos constatar que algumas crianças apresentam dificuldades ao nível da linguagem...

Educação ambiental : as elaborações das crianças de sei anos; Environmental education : elaborations of children six years

Maria Helena de Barros Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.06%
A pesquisa teve como objetivo compreender e analisar como as crianças de seis anos elaboram e interpretam essas informações. As atividades aconteceram no ano de 2008, em dois momentos, no primeiro semestre quando foram coletados os dados relativos às concepções das crianças sobre o ambiente e no segundo semestre com o desenvolvimento de um projeto elaborado para explorar o ambiente escolar. O projeto de ensino foi desenvolvido com uma turma de vinte e seis crianças, de nível III da EMEI Rachel Balista Amatte, que já estavam inseridas na escola desde o nível I, portanto, adaptadas ao espaço escolar. Serão capazes de observá-lo e representá-lo? Poderão comparar o meio escolar com outros onde ela vive e onde visitamos em aulas- passeio? Observar as ações e analisar os relatos, as produções e interpretações das crianças é o ponto de partida para a compreensão de como elas constroem o conhecimento sobre a realidade. A pesquisadora é ao mesmo tempo observadora e orientadora da turma, buscando a modificação do comportamento das crianças em relação ao ambiente físico e social. O trabalho pedagógico ancorado na Pedagogia Freinet favorece as descobertas e insere a socialização das ideias e concepções das crianças. Os dados foram analisados quanto ao desenvolvimento das crianças...

Portal das crianças : do reconhecimento dos direitos ao protagonismo

Felgar, Sandra Cristina Rodrigues Pereira Lopes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.02%
O presente projeto, no âmbito do mestrado em Ciências da Educação na área de especialização em Educação Social e Intervenção Comunitária, tem como objetivos contribuir para a aquisição de conhecimento sobre a participação infantil e perceção dos direitos das crianças pelas próprias através das vozes das próprias. Tendo como localização geográfica uma cidade envolvida no processo de construção enquanto Cidade Amiga das Crianças, onde a promoção, divulgação e sensibilização para os direitos das crianças é um dos nove pilares em que assenta esta estrutura, consideramos importante dar início a este trabalho com uma análise do entendimento que as crianças deste município têm relativamente aos direitos das mesmas. Para melhor “quantificar” este impacto procedemos à adaptação do estudo de investigação realizado entre Molise (Itália) e Catalunha (Espanha), “Tres miradas a los derechos de la infancia”. Os resultados obtidos nesta fase da investigação identificaram que as crianças de Aveiro revelam desconhecer alguns dos artigos enunciados na Convenção dos Direitos das Crianças, levando-nos a definir como estratégia do projeto a promoção dos direitos das crianças junto das mesmas e dos adultos. A biblioteca escolar...

Educação para a diversidade e desenvolvimento fonológico na infância

Lourenço, Mónica Sofia Marques
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
O presente trabalho analisa o papel de uma abordagem plural de sensibilização à diversidade linguística na promoção da consciência fonológica de crianças em idade pré-escolar. Para o efeito, acompanha o percurso de desenvolvimento da consciência fonológica de um grupo de vinte e uma crianças, com idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos, que participaram num projeto de sensibilização à diversidade linguística, intitulado «Uma viagem pelo mundo das línguas e dos sons». Abraçando um paradigma misto de investigação, o estudo recorreu a procedimentos quantitativos e qualitativos de recolha e análise de dados: com o objetivo de avaliar o desenvolvimento fonológico das crianças, recolheram-se e analisaram-se estatisticamente dados provenientes de testes de consciência fonológica, que foram aplicados a um grupo experimental e a um grupo de controlo, antes e após a realização do projeto de intervenção; de forma a compreender como se processou o desenvolvimento da consciência fonológica das crianças, foram feitos registos áudio e vídeo das sete sessões do projeto que foram, posteriormente, transcritos e submetidos a uma análise de conteúdo. Os resultados da análise revelam que, ao contrário das crianças do grupo de controlo...

Formando o cidadão desde o jardim-de-infância: o contributo das práticas de avaliação das aprendizagens dos educadores de infância em colaboração com a família; Educating the citizen from kindergarten: the contribution of early childhood educators' assessment practices in collaboration with the family

Leal, Rita Alexandra Bettencourt
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
A presente investigação procura compreender o fenómeno complexo e dinâmico que é a avaliação das aprendizagens das crianças em colaboração com a família na Educação Pré-Escolar (EPE) como forma de potenciar o desenvolvimento de competências pelas crianças. Assim, e recorrendo a um estudo de caso com uma componente de investigação-acção, pretende-se (i) compreender as concepções e práticas de avaliação de aprendizagens na EPE desenvolvidas por um grupo de educadores de uma Instituição Privada de Solidariedade Social da região centro do país e (ii) potenciar, através de formação em contexto que contemple o desenvolvimento de estratégias inerentes a uma avaliação das aprendizagens em colaboração com a família das crianças, o desenvolvimento profissional dos educadores de infância neste âmbito, proporcionando experiências educativas que levem as crianças a desenvolver um conjunto de competências inerentes à nova natureza dos saberes básicos de todos os cidadãos do séc. XXI. Tomando como ideias base da investigação a concepção (i) da criança enquanto cidadão (Prout, 2005; Vasconcelos, 2009) e (ii) da família enquanto primeira e principal educadora das crianças (Steves, Hough & Nurs...

Conhecimento das letras e emergência da linguagem escrita

Santos, Ana Cláudia da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.01%
O presente trabalho tem como principal objetivo compreender de que forma é que o educador de infância pode despertar nas crianças o desenvolvimento da linguagem escrita. Este relatório aborda a aprendizagem e a aquisição da linguagem, através da interação entre a criança ainda muito pequena e a família. Ao mesmo tempo, antes da entrada no ensino formal, a criança começa a formar conceções precoces sobre a linguagem escrita manifestadas nas suas tentativas de escrita. Atualmente sabe-se que o conhecimento do nome das letras, assim como as escritas inventadas são cruciais para a aprendizagem da leitura e da escrita. Desta forma, a emergência da escrita, assume, no pré-escolar, um papel fundamental, na medida em que estimula o desenvolvimento, na criança, de competências de escrita e de leitura essenciais à aprendizagem da linguagem escrita. Assim, foi implementado um projeto de intervenção que teve por base as conceções precoces demonstradas por um pequeno grupo de cinco crianças, com idades compreendidas entre os quatro e os cinco anos, através de um teste inicial de avaliação das tentativas de escrita das crianças. Concluída a dinamização das atividades que constituíram o referido projeto de intervenção...

Descobrindo o lugar e potencialidades do brincar no jardim-de-infância

Pinto, Alexandra Machado Meda
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
Este relatório de estágio descreve um estudo de caso realizado no âmbito da Prática Pedagógica Supervisionada do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Foi sua principal finalidade perceber como é que o direito a brincar é assegurado no jardim-de-infância. Em particular, este projeto visou conhecer o lugar do brincar no dia-a-dia das crianças do grupo com quem estagiámos, observar momentos de brincar e perceber as suas potencialidades ao nível da promoção do bem-estar e do desenvolvimento das crianças. O estudo foi realizado recorrendo, principalmente, à observação direta e análise de gravações vídeo das crianças em momentos de atividade lúdica. Na análise do brincar das crianças considerámos os níveis de implicação evidenciados, os interesses e áreas de desenvolvimento/curriculares que se destacavam e estabelecemos relação com a prática pedagógica. Verificámos que, no dia-a-dia do jardim-de-infância, o brincar não é devidamente valorizado, não sendo dados nem espaços, nem materiais, nem tempo adequados para que aconteça um brincar rico, progressivamente mais complexo e envolvendo várias áreas do conhecimento. Tornou-se claro que o tempo de observação das crianças durante o seu brincar traz inúmeras mais-valias para o educador pois este ganha uma visão da individualidade e das necessidades e interesses das crianças que de outra forma dificilmente obteria...

A manifestação da sexualidade das crianças nas aulas de educação física

Salvaro, Crichele
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.04%
Trabalho de Conclusão do Curso, apresentado para obtenção do grau de Licenciatura no curso de Educação Física da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; O presente estudo realizado sob o título “As manifestações da sexualidade das crianças nas aulas de Educação Física” busca compreender como os professores de Educação Física lidam com manifestações de sexualidade de crianças em suas aulas, assim como verificar se a Educação Física pode contribuir no desenvolvimento da sexualidade das crianças. O tema sexualidade causa constrangimento no ambiente escolar e familiar devido à falta de diálogo sobre o assunto, por isso desenvolvemos esta pesquisa pensando na dificuldade de professores de Educação Física em lidar com situações em que crianças expressam sua sexualidade. Tendo em vista que as aulas de Educação Física estimulam a expressão corporal proporcionando as manifestações da sexualidade por meio de movimentos e interações, esta pesquisa tem como problemática compreender como a Educação Física pode contribuir no desenvolvimento da sexualidade das crianças. Portanto, o objetivo geral deste estudo é verificar se a Educação Física contribui no desenvolvimento da sexualidade das crianças e quais estas contribuições. Este estudo está baseado em uma pesquisa de campo com caráter descritivo e enfoque qualitativo...

As contribuições biopsicossocias da prática do karatê para o desenvolvimento das crianças de 06 a 12 anos do município de Cocal do Sul

Acácio, Cristina
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.97%
Trabalho de Conclusão do Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharelado no Curso de Educação Física da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; O modelo biopsicossocial visa ultrapassar o reducionismo dos que defendem que as pessoas são restritas aos fatores biológicos ou orgânicos, pois as dimensões psicológicas e sociais são igualmente relevantes. Para compreender o que significa esta dimensão biopsicossocial, este trabalho tem como tema: ―As contribuições Biopsicossociais da prática do karatê para o desenvolvimento das crianças de 6 a 12 anos do município de Cocal do Sul. O problema de pesquisa responderá sobre: Qual a contribuição que o karatê proporciona no desenvolvimento biopsicossocial da criança? O objetivo geral desta pesquisa é verificar a contribuição do karatê para o desenvolvimento biopsicossocial das crianças, na perspectiva dos pais. Esta pesquisa é de finalidade aplicada, com característica descritiva e de campo com procedimento de levantamento de dados através de questionário, sendo de natureza quanti/qualitativa. A partir de então verificamos que todas as respostas se deram de forma positiva, quando comparamos os resultantes considerando o antes e o depois das crianças praticarem o karatê atendendo aos objetivos propostos neste estudo...