Página 1 dos resultados de 4390 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Identidade e desejo feminino no contexto de urbanização em A Hora da Estrela, Miaomiao e Breakfast at Tiffany’s

Ma, Ziran
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Este estudo dá atenção ao problema da identidade e do desejo feminino das mulheres campestres que se ligam as grandes cidades em termo passivo ou activo, no contexto histórico de urbanização. Baseado nos textos de três novelas dos diversos países: A Hora da Estrela, Miaomiao e Breakfast at Tiffany’s, tira as suas matérias comuns sobre o problema da identidade e do desejo feminino, analisa-as e procura os motivos profundos atrás dos fenómenos. As metodologias que se utilizam no estudo são a comparação dos textos, a sua explicação com teorias do feminismo, os estudos culturais, a sociologia de espaço e a economia. Ao estudar a identidade e o desejo feminino deste grupo de feminilidade, elabora-se a argumentação de que a identidade é o corpo do desejo, e o desejo é a reflexão de certa identidade.; Dissertação de Mestrado em Estudos Literários e Culturais, apresentada ao Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

O desejo de inconsciência em poemas de Fernando Pessoa: ortônimo e heterônimos Alberto Caeiro e Alvaro de Campos; The unconsciousness desire in poems of Fernando Pessoa: orthonymous and heteronymous Alberto Caeiro and Álvaro de Campos

Rodrigues, Hélio Valdeci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Este trabalho registra a trajetória da leitura que fizemos dos poemas do corpus em busca de resolução das questões problematizadas em torno do desejo de inconsciência. Procuramos identificar e estabelecer relações intertextuais entre os poemas Mãe..., de Antero de Quental, O sono do João, de António Nobre e alguns poemas de Fernando Pessoa ortônimo e heterônimos Alberto Caeiro e Álvaro de Campos. Buscamos perceber desdobramentos e representações do estado de inconsciência desejado e recomendado pelos sujeitos poéticos do corpus como rota de fuga às angústias íntimas oriundas do desconcerto entre as disposições anímicas do sujeito consigo mesmo e com o mundo, oriundas do doloroso sentir como fonte, para os sujeitos poéticos, de males: o pensamento reflexivo, a racionalidade, a ciência. Visamos, com a identificação e o estabelecimento de relações intertextuais entre poemas do corpus, perceber Fernando Pessoa inserido numa tradição literária de poetas intimistas portugueses do final do século XIX e início do XX, em cujos poemas reverbera o desejo de inconsciência. Procuramos expor, no capítulo O desejo de inconsciência, através do traço nostálgico e melancólico do homem da modernidade, o que poderia corroborar para uma compreensão mais aprofundada do problema do desejo de inconsciência como busca de paraísos mitológicos...

Movimentos do desejo materno antes e após o nascimento do filho: um estudo longitudinal; Movements of maternal desire before and after the birth of the child: a longitudinal study

Barros, Izabella Paiva Monteiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
O desejo materno é o responsável pelo funcionamento da função materna e já existe em um tempo anterior ao próprio surgimento do Eu da criança, ou seja, em um tempo em que o funcionamento psíquico desse sujeito recém-nascido está se esboçando. Diante disso, a função do desejo materno na constituição do sujeito é exercida pela nomeação, a qual oferece as bordas do que virá a ser o sujeito do desejo. Pode-se, então, dizer que o desejo materno e a maternagem são fatores estruturantes da vida psíquica de um bebê. Ao se acompanhar o desenvolvimento inicial da relação entre mãe e filho, há a possibilidade de planejar intervenções em caráter preventivo e, portanto, trabalhar com a saúde mental. O objetivo geral da pesquisa foi identificar, em três mães de filhos primogênitos e quatro mães de segundo filho, modificações nas expectativas, nos desejos e nos temores que tinham em relação a si e ao filho durante a gravidez e algum tempo depois de o mesmo ter nascido. Para tanto, por meio de múltiplos estudos de casos longitudinais, incluindo o reteste dos procedimentos de um trabalho anterior, este estudo exploratório utilizou-se da entrevista clínica e de aplicações do Desenho da Figura Humana, segundo a técnica de Machover...

Prazer e desejo em Aristóteles; Pleasure and desire in Aristotle

Aggio, Juliana Ortegosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Esta tese pretende tratar do problema da constituição do fim da ação, objeto de nosso desejo. Visto que a apreensão correta do fim depende da aquisição da virtude moral, é preciso não apenas verificar a possibilidade da virtude ser adquirida, mas também como tal possibilidade se realiza através da educação moral dos desejos. Em primeiro lugar, devemos compreender o que significa educar o desejo. Com efeito, se educar o desejo significa se habituar a ter prazer com o que se deve, então devemos antes examinar em que sentido a concepção aristotélica de prazer permite que o desejo possa ser educado. Em segundo lugar, investigaremos por que tal educação é necessária para o projeto aristotélico da aquisição da virtude moral, pois, se ela não for necessária, ou bem o desejo teria de ser naturalmente bom, ou ele deveria estar submetido de modo incondicional à razão. Contudo, em oposição às posições intelectualista e naturalista, a ética aristotélica não pressupõe que a razão seja autônoma o suficiente para determinar o fim da ação segundo o conhecimento do bem e do mal, nem que ele seja dado por uma natureza inata boa ou má, porém pressupõe que apenas a razão seja capaz de apreender o que é verdadeiramente bom. Sendo assim...

Publicidade, Desejo e Gozo: uma leitura psicanalítica da Enunciação Publicitária no consumo de moda; Advertising, Desire and Pleasure: a psychoanalytic reading of Enunciation Advertising in fashion consumption

Silva, Midierson Sebastião Maia da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
Entender as nuances que permeiam a formação do desejo na publicidade de moda é o objetivo primordial desta pesquisa. Para tanto, a proposta busca, por meio de uma levantamento bibliográfico, integrar dois importantes campos do conhecimento, comunicação e psicanálise. Dado o nível de abrangência de cada campo mencionado, uma delimitação dos mesmos em Enunciação Publicitária e Psicanálise Lacaniana foi necessária. Ambas as teorias se configuram como suportes promissores para uma pesquisa envolvendo a produção de sentido na publicidade. Este fenômeno, caracterizado como produção de sentido, carrega consigo as ventosas responsáveis pela colagem do desejo ao significante, estudado em Psicanálise Lacaniana como conceito central. Mas, por outro lado, a psicanálise mostra que o significante, sozinho, não oferece os subsídios necessários à boa compreensão das relações de consumo atreladas à comunicação publicitária. É necessário pensar o significante de forma integrada, como parte do processo de subjetivação, como é o caso do funcionamento das leis da linguagem no inconsciente, intituladas por Lacan como metáfora e da metonímia. Este é um domínio da psicanálise que, associada à Enunciação Publicitária...

Desejo e percurso na construção do conhecimento: aspectos pedagógicos na obra de Nicolau de Cusa; Will and course in the construction of knowledge: pedagogical aspects in the work of Nicholas of Cusa

Guendelman, Constanza Kaliks
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
Partindo do questionamento sobre a articulação entre desejo e conhecimento este trabalho é uma investigação teórica sobre a implicação intrínseca entre esses dois elementos centrais do aprendizado sob a perspectiva do filósofo Nicolau de Cusa. Em sua obra ele aborda a importância do desejo e do anseio para o percurso cognitivo e descreve esse percurso a partir de uma concepção de ser humano como ser em permanente transformação, em que os saberes adquiridos modificam a relação que ele estabelece com o mundo e consigo, entendendo que o saber é elemento constitutivo do homem e vai sendo construído a partir da consciência que o ser humano tem de seu próprio não-­ saber. Assim como a volição é determinante para a aquisição de saberes, também a condução é necessária para o aprendizado: Nicolau de Cusa desenvolve o conceito de manuductio condução pela mão e o caracteriza como um gesto de acompanhamento, em que aquele que conduz e o que é conduzido se relacionam de maneira dialógica e onde essa condução é oferecida na passagem entre o conhecido e o desconhecido. Desejo e manuductio são aspectos mobilizadores frente a um conhecimento que se sabe sempre provisório, ciente de sua incompletude e disposto a permanecer em constante movimento de procura e ampliação dos próprios horizontes. No discurso filosófico de Nicolau de Cusa encontramos elementos que contribuem de forma precisa e enriquecedora para questionamentos atuais do fazer educativo: o conceito de douta ignorância...

Desejo e pulsão nos processos de sublimação; El deseo y el instinto en los procesos de sublimación

Santos, Andréia Tenorio dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
Esta pesquisa de mestrado se insere na interface psicanálise e educação e tem por objetivo estudar e analisar a problemática dos processos de sublimação entre os quais se inclui a atividade intelectual ou de pesquisa, com vistas a circunscrever o conceito de sublimação como um processo de criação que, para articular-se, não pode prescindir do desejo, da pulsão e da sexualidade. Para tanto, procedeu-se a uma investigação na obra de Freud de uma rede conceitual capaz de formular tal concepção. Assim, como esta dissertação se trata de uma pesquisa teórica e reflexiva, a metodologia empregada foi a leitura e a análise dos textos freudianos que iluminassem a temática em questão. Desejo e pulsão são os dois conceitos norteadores para um entendimento da sublimação enquanto um processo de simbolização que resulta na possibilidade de criação de novos objetos de satisfação pulsional para o sujeito, ao mesmo tempo em que compartilhados social e culturalmente. Dessa forma, o capítulo 1 é dedicado ao estudo e análise do desejo, responsável, na teoria psicanálitica, pela fundação do psiquismo humano; o capítulo 2, à pulsão e à sexualidade, propulsores, juntamente com o desejo, da configuracão do circuito pulsional. O que está em pauta nesses dois capítulos iniciais é a constituição da alteridade. O Outro é constitutivo da alteridade do sujeito. Este constitui sua subjetividade a partir daquele. E por fim...

O desejo de saber e suas vicissitudes : da escola à universidade : um enfoque psicanalítico

Scorsato, Teresinha Bastos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Esta tese apresenta uma pesquisa a partir da vivência de aprendizagens da autora, desde a escola até a universidade, juntamente com a escuta de duas professoras universitárias que relatam suas histórias de ensinantes apoiadas nas lembranças das aprendizagens universitárias presentes e atualizadas na relação com seus alunos, sob efeitos transferenciais. O tema apóia-se nos referenciais teóricos de Freud, Lacan e seus seguidores, situando-se o Sujeito como realidade da psicanálise, o Inconsciente como seu campo e o Objeto que falta, o objeto “a”. Investiga a questão do desejo de saber e suas vicissitudes no contexto das aprendizagens, onde a transferência é condição, fazendo a transposição: do amor ao saber ao desejo de saber e ressignificando o lugar do professor da figura à função, como prestigioso lugar do suposto saber, lugar que o autoriza a dirigir o processo das aprendizagens e que o coloca como sujeito aprendente, marcas de seu desejo. Esse desejo movimenta o ato pedagógico e busca ancoragem como demanda de reconhecimento. Propor um espaço simbólico sem desarticular-se do real e do imaginário é nossa prioridade para que o desejo de “desejar o desejo do Outro” recoloque as aprendizagens no lugar de-vida. Ressituamos...

Reprodução artificial : os impasses do desejo

Lanius, Manuela
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
A infertilidade é para muitas mulheres geradora de sofrimento psíquico, visto que a reprodução humana condiz com a perpetuação do ser. Tendo como método de estudo a psicanálise, podemos pensar o desejo de filho como sintoma do laço conjugal e, ainda na cultura contemporânea, inscrição de feminilidade para algumas mulheres. Casais inférteis, atualmente, têm a chance de recorrer às Novas Tecnologias de Reprodução Assistida, ao invés de buscar a adoção ou de permanecer sem filhos. Esta pesquisa faz uma discussão acerca das chamadas Novas Tecnologias Reprodutivas e estuda os efeitos que a infertilidade tem no psiquismo e na condição subjetiva dos sujeitos de desejo. Busca dissociar a demanda consciente de ter um filho do desejo inconsciente que opera na produção subjetiva, fazendo sintoma. Também, faz questão quanto à diferenciação do desejo de ter um filho ao desejo de maternidade e suas implicações na articulação das pulsões.; To most women, infertility is a generator of psychic suffering, considering that human reproduction aims the perpetuation of the living being. Having Psychoanalysis as a study method, we may see the will of having a child as a conjugal symptom and, still in contemporaneity, femininity enrollment to some females. Nowadays...

“Rútilo nada” de Hilda Hilst : conflitos do desejo “ex-cêntrico”

Santos, Rosivan Gonçalves dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.97%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literaria e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2012.; Esta dissertação tem como objeto de estudo o conto “Rútilo NADA”, de Hilda Hilst, publicado em 2003 na obra Rútilos. Trataremos da identidade, gênero e a construção da sexualidade na sociedade contemporânea e a questão do conflito do sujeito “ex-cêntrico” com esta sociedade. Além de analisarmos a repressão às minorias sociais das quais esses sujeitos participam, focalizaremos também a problemática dos gêneros literários na literatura contemporânea, com seus hibridismos, dialogismos e conceituação. Também a escrita e linguagem fragmentada que rompe com o estabelecido. E por fim o desejo desse sujeito contemporâneo que tenta desmascarar a sociedade hipócrita burguesa que delimita e padroniza o amor e o desejo sem considerar a pluralidade do ser humano. A história do conto que narra o amor excêntrico entre os protagonistas Lucius e Lucas, do primeiro a descoberta aparentemente tardia do desejo homossexual e o conflito direto que se instala com o pai-banqueiro de Lucius, reflete a riqueza e a intensidade do tratamento dado por Hilst ao conto. Sua escrita subversiva e aparentemente caótica nos dá pistas de que o desejo representado aqui também subverte padrões e morais estabelecidos. _______________________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This dissertation is to study the short story "Rútilo NADA...

O desejo perfumado

Pais, Dulce Paula Branquinho
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2000 POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Dissertação de Mestrado em Psicopatologia e Psicologia Clínica; Presumindo uma relação directa entre mensagens publicitárias e consumidor, e postulando que as mensagens actuam na existência do consumidor, pretendeu-se com este estudo, entender a dinâmica psicológica do objecto perfume à luz do conceito totalizante que é o desejo. Partindo da noção do desejo, como uma força elementar que existe em cada um de nós, procurou-se compreender o desejo, quer na sua dimensão individual, quer na sua dimensão relacional. Este estudo exploratório, incidiu sobre os slogans de uma amostra de 145 anúncios, editados em diferentes revistas nacionais, de perfumes para o sexo masculino, feminino e unissexo. Tendo como terreno de eleição o código linguístico, a técnica de análise de mensagens publicitárias — Análise de Conteúdo —, procurou-se aceder ao simbólico, por detrás da aparente incoerência do slogan. Da associação estabelecida deparamo-nos com resultados confirmativos de uma correlação positiva entre a dimensão Próprio, definida pela presença do indivíduo que lê, e a dimensão Outrem, consagrada à presença de outro que não o leitor. Concluindo-se, então que na criação de anúncios de perfume...

Oscilações do desejo sexual no período gestacional

Lech,Marilise Brockstedt; Martins,Paulo César Ribeiro
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
O trabalho visa estudar a existência ou não de alterações do desejo sexual no período gestacional. Os sujeitos da pesquisa são quatro mulheres gestantes, todas psicólogas, participantes de um curso de atualização em sexualidade, e seus respectivos maridos. Para a coleta dos dados optou-se por um depoimento escrito, com duas perguntas orientadoras que questionaram sobre a ocorrência de oscilações do desejo. A análise dos dados foi feita através de metodologia fenomenológica e evidenciou dois aspectos comuns nos relatos: 1. O desejo sexual não se alterou na maioria dos sujeitos. 2. Os sujeitos dissociam alteração do desejo de outras alterações do comportamento sexual. As variantes nas descrições são apresentadas em seis temas: 1. Motivo da não-alteração do desejo. 2. Motivo da alteração do desejo. 3. Alterações na vida sexual descritas pelas mulheres. 4. Alterações na vida sexual descritas pelos homens. 5. O que não se alterou na vida sexual. 6. Vivências durante a gestação.

Reprodução assistida: os impasses do desejo

Lanius,Manuela; Souza,Edson Luis André de
Fonte: Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental Publicador: Associação Universitária de Pesquisa em Psicopatologia Fundamental
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
A infertilidade é, para muitas mulheres, geradora de sofrimento psíquico, visto que a reprodução humana busca a perpetuação do ser. Este artigo faz uma discussão acerca das chamadas Novas Tecnologias Reprodutivas e estuda os efeitos que a infertilidade tem no psiquismo e na condição subjetiva dos sujeitos de desejo. Busca dissociar a demanda consciente de ter um filho do desejo inconsciente que opera na produção subjetiva, fazendo sintoma. Aponta a diferença entre o desejo de ter um filho e o desejo de maternidade e suas implicações na articulação das pulsões.

Subvertendo o desejo no teatro das organizações: problematizações contemporâneas sobre o desejo e a expansão da vida nas relações de trabalho

Souza,Eloisio Moulin de; Bianco,Mônica de Fátima
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.11%
Este artigo pretende problematizar a concepção de desejo contida nas abordagens estruturalistas e pós-estruturalistas, colocando o desejo como objeto fundamental da análise contemporânea das relações de poder no local de trabalho, enfatizando a incapacidade do conceito estruturalista de desejo no processo de construção e catalisação de espaços laborais que promovam a expansão da vida. . Para tanto se realizou uma pesquisa qualitativa fundamentada na análise bibliográfica sobre o desejo, focando-se em Freud e no estruturalismo de Lacan, bem como no pós-estruturalismo de Deleuze, Rolnik e Foucault, salientando-se que este artigo adota uma concepção pós-estruturalista de desejo. Conclui-se que as teorias psicanalíticas modernas (Freud), estruturalistas (Lacan), bem como os trabalhos organizacionais de Chanlat e Dejours que utilizam a psicanálise em suas análises, ao definirem o que é desejo acabam criando fatores inibidores e despotencializadores do processo ético-político-estético de expansão da vida no local de trabalho. Diferentemente, o pós-estruturalismo, ao definir o desejo como social, capaz de construir e desconstruir realidades, consegue potencializar e problematizar a complexidade que envolve a expansão da vida no trabalho e na sociedade contemporânea.

É tudo psicológico/dinheiro/pruuu e fica logo duro! : desejo, excitação e prazer entre boys de programa com práticas homossexuais em Recife

José Queiroz Viana, Normando; Felipe Rios do Nascimento, Luis (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.97%
No presente estudo, propõe-se analisar os sentidos e práticas relacionadas às categorias desejo, excitação e prazer nas vivências da prostituição masculina no centro urbano do Recife. A partir da pesquisa etnográfica, ferramentas para a coleta de dados tais como a observação participante, além de conversas informais e entrevistas semiestruturadas de caráter biográfico com os boys de programa , denominação local que utilizo para me referir aos homens que prestam serviços sexuais comerciais a outros homens, foram utilizadas. Fundamentado no campo teórico construcionista de apreensão da sexualidade, há um enfoque no aporte foucaulteano sobre a construção do eu nas sociedades contemporâneas para descrever e analisar os cenários públicos (ruas) e privados (estabelecimentos comerciais), onde as transações sexuais comerciais se iniciam, e que servirão como pano de fundo para a discussão sobre as técnicas de si utilizadas pelos boys na modelagem de seus corpos e almas quando de suas inserções e práticas na prostituição viril. Salienta-se que a maioria dos boys diz se reconhecer como heterossexual, ainda que situacionalmente transem com outros homens. Não obstante, para aqueles que se dizem hetero tais transações serão sempre mediadas pelo dinheiro. Um aparente paradoxo se revela...

Rastros do desejo do analista em Freud

Bez, Monique Moreira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; A presente dissertação objetiva mostrar, sob a perspectiva de Lacan, os fundamentos do conceito Desejo do Analista na obra de Freud, percorrendo seus textos, na tentativa de compreender a questão do desejo em Freud. Argumenta que o desejo de Freud o levou à invenção da psicanálise por meio de seu trabalho na clínica com as histéricas, em que desenvolveu as concepções de sexualidade, inconsciente, transferência e resistência, que lhe concederam o lugar do analista. Este lugar sofreu uma transformação no ensino de Lacan, fato decorrente do Desejo do Analista, situado no registro do Outro, Autre, conforme a definição de desejo. Desejo do Analista caracteriza-se como uma função, a de objeto causa de desejo, que ao analista cabe sustentar. Desse modo, possui implicações éticas para a direção da análise - uma ética própria -, designada por Lacan de Ética do Desejo. É a partir deste conceito e passando pela construção da teoria, da técnica, do método, e da direção da análise - pontos que indicam o lugar do analista - que procuro verificar qual o tratamento dado por Freud à ética da psicanálise.
; Abstract: This paper presents the grounds of the concept of Desire of the Analyst under Lacan's perspective in Freud's work...

O discurso do desejo na psicanálise freudiana

Beserra, Adriano Pereira
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Este trabalho tem por objetivo reunir, a partir das produções bibliográficas de Sigmund Freud na área da Psicanálise, um conjunto de citações que estão relacionados à dinâmica do desejo, desejo este que nos é comum seja nos discursos do dia a dia, nas relações sociais e afetivas e nas discussões científicas. Foi desenvolvido de modo a contemplar três dimensões em que o desejo se apresenta: a dimensão social, tratando da questão do desejo em relação às leis e as proibições que regulam o convívio em sociedade; a dimensão do aparelho psíquico, apresentando a origem e a dinâmica do desejo nessa dimensão mais específica; e a dimensão do sujeito versando sobre a influência do desejo em nossos dias, na maneira como procuramos nos constituir enquanto sujeitos de nosso próprio desejo.; This paper aims to bring together, from literature productions of Sigmund Freud in the field of psychoanalysis, a set of quotes that are related to the dynamics of desire, this desire we have in common is the discourse of everyday life, social relationships and affective and in scientific discussions. Was developed in order to address three dimensions in which the desire presents itself: the social dimension, addressing the issue of desire in relation to the laws and prohibitions that govern life in society...

AMOR OU DESEJO MIMÉTICO: A NARRATIVA CAMILIANA SOB UMA NOVA PERSPECTIVA; AMOR OU DESEJO MIMÉTICO: A NARRATIVA CAMILIANA SOB UMA NOVA PERSPECTIVA

Oliveira, Ana Luisa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Ao falarmos de Camilo Castelo Branco, uma das primeiras imagens que fazemos é a de romancista passional cujas histórias versam, em geral, sobre o amor, um sentimento puro e profundo, idealizado à moda romântica. Tal conceito acerca da ficção camiliana muito se deve em função da essencialidade passional atribuída pela crítica tradicional à obra do escritor de São Miguel de Seide. Entretanto, ao operarmos uma leitura despojada dos correntes estereótipos, notamos a presença indubitável de outros agentes, talvez mais indissociáveis à narrativa camiliana do que aqueles tradicionalmente abordados, tais como o desejo. Vale ressaltar que, no presente estudo, tomamos o desejo segundo a perspectiva de René Girard, em "Mensonge Romantique et Vérité Romannesque". Para Girard, na literatura romanesca sobretudo, o desejo estrutura-se em uma relação triangular, na qual entre o sujeito e o objeto almejado está, sempre, um terceiro elemento, seja ele um modelo adquirido ou um mediador externo. Assim posto, nesta apreciação,buscar-se-á elaborar uma nova perspectiva acerca da narrativa camiliana, um discurso no qual o desejo mimético aflora como mote fulcral. Para tanto, valer-nos-emos de dois romances centrais para a discussão: "Onde está a Felicidade?" e "Um Homem de Brios"...

Os destinos do desejo e as novas formas de subjetivação

Rossito, Alessandra Roberta; Ferrazza, Daniele de Andrade; Faculdade de Ciências e Letras UNESP/Assis da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus Assis-SP.
Fonte: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade Publicador: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade
Tipo: ; Ensaio crítico Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
O presente trabalho tem como objetivo estudar as relações entre o desejo e as novas formas de subjetivação da atualidade, com o intuito de circunscrever os destinos do desejo no âmbito do mal-estar social e das estratégias de psicopatologização e medicalização do social no contemporâneo. A contemporaneidade, caracterizada pelas culturas do “narcisismo” e “espetáculo”, consti-tuiria um modelo de subjetividade em que seriam silenciadas as possibilidades de reinvenção do sujeito, de valorização das singularidades e de reconhecimento do próprio desejo. Estratégias que vinculadas ao processo de psicopatologização da existência humana, de medicalização e de banalização da prescrição de psicofármacos seriam determinantes para todos aqueles que se mostrassem insatisfeitos com sua condição subjetiva. O homem contemporâneo submetido às estratégias medicalizantes, enclausurado pelos mecanismos da psicofarmacologia que promete curá-lo da própria condição humana e anestesiado pelos efeitos dos psicofármacos estaria cada vez mais sujeito ao processo de mitigação de seu próprio desejo.

O desejo como essência da educação

Merçon, Juliana
Fonte: Filosofia e Educação Publicador: Filosofia e Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; estudo de texto; criação conceitual Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
A filosofia de Espinosa nos permite repensar a educação de várias maneiras. Minha proposta, neste artigo, é a de que a pensemos como um movimento do desejo, que pode tanto ser marcado pelo pensamento ativo como por passividades. Exploraremos, assim, em que consistiria o desejar passivo e também a ativação do desejo, construindo pontes com situações de aprendizagem e ensino. Veremos, ao final, como o desejar ou educar ativo enlaça o entendimento do desejo, o desejo de entender e o desejo de compartilhar com outros aquilo que entendemos.