Página 1 dos resultados de 72 itens digitais encontrados em 0.082 segundos

O coordenador de departamento curricular: modelo de liderança e atuação política

Vilas-Boas, Noélia Carla de Jesus Silva
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76%
Pretendemos com este trabalho partilhar uma reflexão que emergiu de um estudo à escala micro numa escola secundária com terceiro ciclo no distrito de bragança, incidindo sobre a atuação de um coordenador de departamento curricular (CDC) e sobre as relações entre ele e os professores do departamento. Esta investigação enquadrou-se no paradigma qualitativo, tendo sido utilizado o estudo de caso como estratégia metodológica, baseado, essencialmente, na análise de inquérito por questionário aos 30 professores do departamento e de entrevista semiestruturada ao CDC. Esta pesquisa visou estudar o método de atuação política de um coordenador de departamento curricular, assim como os tipos de liderança que caraterizaram a sua ação. Pretendemos, também, definir o perfil profissional do coordenador de departamento, tendo em conta os diplomas legais que regulamentam o cargo, a opinião dos pares-coordenandos e o testemunho próprio. O enquadramento teórico desenvolve-se no âmbito de dois tópicos essenciais: liderança e gestão intermédia. No primeiro, procuramos definir os conceitos, em termos gerais, de liderança, gestão e administração, de modelos e tipos de lideranças, recorrendo à literatura da especialidade e ainda de lideranças intermédias nas escolas. No segundo...

A voz do Coordenador de Departamento Curricular: percepções e práticas no exercício da função

Canas, Maria de Fátima da Silva
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.79%
O presente estudo incide na percepção que os coordenadores de departamento curricular têm das suas práticas e funções no desempenho do cargo que ocupam. São estes actores, que viram acrescidas as suas funções e responsabilidades com as mais recentes alterações dos normativos legais, que terão que se constituir como um farol dos seus pares, contribuindo para a melhoria da qualidade do ensino e da própria escola. Demos ênfase às funções de coordenação, de liderança e supervisão que exercem, uma vez que lhes cabe o papel de mobilizarem e impulsionarem os seus pares para a prossecução dos objectivos definidos no projecto educativo, concorrendo para a assunção de uma escola mais participada, que se pensa e reconstrói, de acordo com os desafios que emergem das modificações da sociedade e das constantes alterações legislativas. O trabalho desenvolve-se em duas partes, a primeira dedicada à fundamentação teórica e a segunda ao estudo empírico. Assim, na primeira parte debruçámo-nos sobre a autonomia das escolas e as estruturas de gestão intermédia, com especial incidência nos departamentos curriculares e nos seus coordenadores, à luz dos normativos legais. Paralelamente, realizámos a revisão da literatura sobre esta temática articulando-a com a evolução do conceito de supervisão e de supervisor...

Relatório de Actividade Profissional: Gestão da Qualidade na Produção de Componentes Plásticos para a Indústria Automóvel

Silva, Ana Margarida Monteiro Guerra
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.89%
O presente relatório diz respeito à minha actividade profissional, associada à Key Plastics Portugal, indústria do sector automóvel, onde trabalho desde 1997. Para além de uma descrição detalhada de todas as funções desempenhadas, explicitam-se ainda competências de reflexão teórica, apresentando os princípios base subjacentes às práticas da actividade profissional, bem como as implicações do trabalho realizado através de uma análise crítica. Na caracterização deste percurso profissional de catorze anos, é visível o desenvolvimento de duas carreiras paralelas, associadas à Engenharia de Processo (especialista na pintura de peças plásticas para o interior dos veículos) e à Gestão Ambiental da Key Plastics Portugal. No âmbito das Operações da Key Plastic Portugal, o trabalho descreve a função de Responsável de Produção do Departamento de Acabamento de Superfícies, exercida durante dois anos, bem como a liderança do Departamento de Engenharia de Processo de Pintura, exercida durante os oito anos seguintes, realçando o suporte técnico dado à Produção, à Engenharia de Desenvolvimento e à Área Comercial. É pertinente esclarecer que para uma melhor compreensão das funções desempenhadas...

Avaliação dos indicadores de gestão numa indústria de processamento e comercialização de produtos cárneos

Cara-Linda, Ana Catarina Paulo
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.72%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar apresentada à ESTM - Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Instituto Politécnico de Leiria.; Com o decorrer dos anos aconteceram diversas mudanças relacionadas com o setor alimentar. Para atender a essas mudanças e por forma a garantir que os produtos produzidos fossem seguros e tivessem a qualidade pretendida pelo cliente, houve a necessidade de desenvolver regulamentos e mais tarde normas de certificação. Como tal, o número de empresas certificadas foi aumentando, uma vez que isso lhes atribuía a confiança dos consumidores, conduzindo-as à liderança no mercado. Surgem várias normas de certificação aplicáveis à área alimentar, sendo objeto deste estudo foca-se: a NP EN ISO 22000:2005, norma de certificação relativa à segurança alimentar, e a NP EN ISO 9001:2008, norma relativa à qualidade. Para que uma indústria alimentar tenha capacidade para ser certificada por estes dois sistemas normativos, é necessário que tenha um sistema de gestão de qualidade e segurança alimentar bem definido e estruturado. Neste sentido propõe-se desenvolver um estudo cujo objetivo principal é avaliar os indicadores de gestão de uma indústria alimentar. Pretende-se analisar em específico o cumprimento mensal dos indicadores de gestão estabelecidos no Plano Anual de Qualidade para o ano 2012...

A gestão da qualidade na administração pública : o estudo de caso do DAEB à luz do modelo de excelência em gestão pública do Programa Gespública

Badwan, José el Abd Mohamad
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.81%
Este trabalho objetivou analisar a gestão da qualidade na administração pública, a partir do Modelo de Excelência em Gestão Pública (MEGP), trazido pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização (GesPública), utilizando-se como objeto de estudo o Departamento de Água e Esgotos de Bagé (DAEB). Nesse sentido, se utilizou do referencial teórico realizado sobre gestão da qualidade, para análise e compreensão do tema em estudo, o que evidenciou o aspecto evolutivo do mesmo em diferentes contextos. O desenvolvimento de abordagens sobre qualidade, com a caracterização de diferentes períodos (eras da qualidade) e o aparecimento de teóricos de destaque sobre o tema representou um conjunto de fatores para a difusão e desenvolvimento de métodos e práticas pelo movimento da qualidade e excelência em organizações públicas e/ou privadas. O método utilizado, nessa pesquisa, foi o estudo de caso, tal procedimento ocorreu através de observação direta do pesquisador e de entrevistas realizadas com os diretores de departamento do DAEB, pois se entendeu que todo movimento pela qualidade, implícito ou explícito, formal ou informal, direcionado ou não por um modelo ou programa, depende de pessoas que ocupam funções gerenciais. Os resultados obtidos permitiram um diagnóstico da gestão da qualidade na organização pesquisada...

Maturidade em gestão do conhecimento

Sabino, Mileide Marlete Ferreira Leal
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 197 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
75.76%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária, Florianópolis, 2013.; O objetivo deste estudo é o de realizar um diagnóstico do grau de maturidade em gestão do conhecimento na Tutoria dos Cursos de Graduação na modalidade a distância do Departamento de Ciências da Administração da UFSC. Nas universidades a Gestão do Conhecimento (GC) permite que uma organização esteja ciente do conhecimento individual e coletivo que permeia toda sua estrutura, para que possa fazer uso mais eficaz do conhecimento que possui, afinal, são ativos intelectuais. Este estudo aborda o Modelo de Gestão do Conhecimento e sua maturidade, como sendo fundamentais para a evolução dos processos e para o alcance dos resultados na organização. Esta pesquisa buscou realizar uma auto-avaliação do grau de maturidade em Gestão do Conhecimento utilizando o Instrumento para Avaliação da GC na Administração Pública de Batista (2012) e com base nesta auto-avaliação, identificou-se os pontos fortes e oportunidades de melhoria em GC na Tutoria, elaborou-se um Business Case justificando a importância da GC para a Tutoria e por fim, foi proposto ações de gestão do conhecimento para a Tutoria. Este trabalho é decorrente de um estudo de caso com abordagem quantitativa e qualitativa...

Gestão do conhecimento estratégico : estudo dos subfatores sistêmicos aplicados à ECT

Fujihara, Ricardo Ken
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.75%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, 2008.; O principal objetivo dessa dissertação é avaliar o comportamento dos subfatores que influenciam a Gestão do Conhecimento Estratégico (GCE) na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), empresa que possui uma hierarquia organizacional bem estruturada, cujas ações no nível estratégico permitem avaliar a GCE sob o ponto de vista dos subfatores desse estudo. A metodologia aplicada é a da pesquisa de campo, do tipo quantitativo e descritiva que permite avaliar hipóteses vinculadas aos objetivos traçados. O referencial teórico e a aplicação de análise estatística descritiva e multivariada contribuíram para o alcance dos objetivos de: (1) estabelecer o detalhamento dos subfatores sistêmicos do modelo da Gestão do Conhecimento Estratégico, à luz da Ciência da Informação; (2) avaliar o agrupamento de subfatores sistêmicos nos fatores considerados no modelo integrado da GCE; e (3) avaliar o a inter-relação dos subfatores da Gestão do Conhecimento Estratégico quando analisados sob o ponto de vista de uma organização pública. Ficou caracterizada a existência de um inter-relacionamento dos subfatores da GCE...

Melhoria de processo de software e gestão do conhecimento em organizações de software

Furquim, Tatiana de Almeida
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
75.76%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2010.; Esta tese de doutorado teve por objetivo geral identificar e analisar a relação entre a aquisição, proteção, transferência e aplicação do conhecimento organizacional sobre engenharia de software, os mecanismos organizacionais facilitadores da gestão do conhecimento e as práticas de melhoria de processo de software em uma organização de software brasileira. Adotou-se a abordagem qualitativa e a pesquisa foi operacionalizada por meio de estudo de caso. Foram realizadas entrevistas, observações e análise documental. Foram entrevistados gerentes de software, coordenadores de programas corporativos, desenvolvedores de software e especialistas em gestão do conhecimento. As visitas de observação ocorreram na unidade de software do SERPRO de Brasília. Identificaram-se e descreveram-se práticas de melhoria de processo de software que facilitam a aquisição, proteção, transferência e aplicação do conhecimento organizacional sobre engenharia de software em organizações de software bem como mecanismos organizacionais facilitadores da gestão do conhecimento relacionados à liderança...

O impacto da liderança partilhada no desempenho organizacional percecionado

Lopes, Albino; Baioa, Pedro
Fonte: Universidade Católica Portuguesa. Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais Publicador: Universidade Católica Portuguesa. Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
85.84%
Atualmente, a complexidade do ambiente de negócios torna difícil que apenas um gestor possa desempenhar os vários papéis que lhe são exigidos, pelo que, surge a conceção de liderança partilhada. Este estudo visa estudar um modelo específico em que a relação entre a liderança – competências de gestão e liderança partilhada – e o desempenho organizacional percebido, é mediada através da cultura e da confiança. Foi utilizado o método quasi-experimental em amostra restrita, tendo sido recolhidos os dados relativos às variáveis em estudo numa mesma empresa em dois momentos distintos. As hipóteses formuladas, com o intuito de testarem o modelo, foram validadas pelos resultados obtidos. Currently, the business environment complexity makes difficult that only one manager could perform the several which roles demanding to him. Due to this a shared leadership is emerging. The present research has the objective to develop a specific model in which is established a relationship between leadership – management competencies and shared leadership – and the perceived organizational performance, measured through the culture and the trust. A quasi-experimental method was applied in a restricted sample in which the participants come from the same company. The data was collected in two different moments. The hypotheses were formulated in order to test the proposed model. The results suggest the model validation.

Supervisão e liderança na organização escolar : que papel na construção do clima de escola

Faria, Maria Paula Neves de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.83%
O presente trabalho insere-se no âmbito da investigação sobre as organizações escolares e focaliza-se em alguns aspectos da sua vida organizacional: a supervisão, a liderança e o clima de escola. O conhecimento acerca das organizações escolares e do seu funcionamento reveste-se de particular importância pois constitui um factor a ter em conta para a compreensão do comportamento dos docentes dentro da Escola que reciprocamente a influenciam, assim como ao respectivo funcionamento e desenvolvimento. A supervisão dentro da organização escolar é uma forma de comportamento organizacional desenvolvida para atingir determinados objectivos dentro da Escola. Dentro deste grande tema que é a supervisão na organização escolar, procura-se investigar a supervisão das práticas profissionais efectuadas pelos líderes de gestão intermédia. Em relação ao estilo de liderança que o Presidente do Conselho Executivo apresenta, o estudo propõe-se caracterizá-lo e observar se o estilo de liderança manifestado se enquadra dentro dos princípios orientadores da supervisão escolar. A investigação propõe-se ainda relacionar o estilo de liderança do Presidente do Conselho Executivo com o clima que se vivencia no Agrupamento. Como metodologia utilizou-se o estudo de caso e o inquérito por questionário que se aplicou a todos os docentes do Agrupamento. Da análise dos dados efectuada conclui-se que os coordenadores de Departamento e de Conselho de Docentes desempenham funções de supervisores; que o estilo de liderança do Presidente do Conselho Executivo se enquadrava nos princípios e orientações da supervisão escolar e que a liderança do Presidente do Conselho Executivo influenciava o clima de Escola. ABSTRACT: The scope of this work is to study the school’s organization area...

A Relevância e as Competências das Estruturas de Gestão Intermédia: os coordenadores de departamento

Sequeira, António Luis Rocha
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.96%
Dada a concentração e profusão das responsabilidades do director escolar, verificámos a tendência de relevar a importância das estruturas de gestão intermédia das escolas na acção a ter no prosseguimento dos ideais educativos. Dos órgãos de gestão intermédia da estrutura hierárquica da escola o que mereceu a nossa atenção foi o departamento curricular representado pelo respectivo coordenador, pelo facto do Decreto-Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril, o considerar a principal estrutura de coordenação e supervisão pedagógica. Por esta razão, o coordenador de departamento é considerado o impulsionador do trabalho que é realizado pelos outros dentro do mesmo grupo de acção, influindo na determinação de procedimentos com vista ao alcance dos objectivos organizacionais. Consequentemente e segundo o que está previsto na lei e na análise documental orientámos este estudo a partir das seguintes questões: será que os coordenadores de departamento conhecem, cumprem e obedecem com as competências e funções que lhe são atribuídas? Será que eles induzem competências de liderança e de mediação? Para podermos analisar e concluir relações no âmbito da investigação que nos propusemos efectuar, nomeadamente o papel e as funções do coordenador de departamento e a relação da sua função com os parâmetros afectos à liderança e mediação – que são os objectivos mais gerais deste estudo – efectuámos um trabalho de pesquisa descritiva conduzido por um inquérito...

A Direcção

Marques, Carlos; Jorge, Maria de Fátima
Fonte: Departamento de Gestão, Escola de ciências Sociais, Universidade de Évora Publicador: Departamento de Gestão, Escola de ciências Sociais, Universidade de Évora
Tipo: Outros
POR
Relevância na Pesquisa
75.95%
Neste capítulo estudámos as três componentes fundamentais da eficácia e eficiência da direcção de uma organização, a liderança, a motivação e a comunicação, que se traduzem em levar a cabo as acções planeadas e organizadas nas anteriores etapas de ciclo da Gestão. Antes de nos concentrarmos na liderança, começámos por numa introdução definir o que se entende por direcção e por quem dirige, os dirigentes, e realçar a importância da liderança nesse processo. É através desta componente que se exerce a influência sobre o indivíduo para o levar a ter um comportamento em benefício dos objectivos de outro ou de um grupo, no caso os colaboradores e os objectivos de uma organização. Passámos então para a liderança e para os seus factores determinantes que foram, em seguida, abordados de forma conjunta e numa perspectiva global, antes de apresentar em mais detalhe cada dos grupos de factores relativos ao perfil e às características ou traços de personalidade do líder, dos estilos de liderança e das suas principais preocupações e, finalmente, da situação e contingências em que se aplica. Quanto ao perfil apontámos os grupos de características psicológicas, mentais, físicas e socias em que se podem agrupar as treze sugeridas por Ghiselli e os traços carismáticos do líder que House propõe como fundamentais de dominância...

O Decreto-Lei N.º75/2008 Impacto ao nível da Eficácia, do Clima e da Cultura Organizacionais, na perspetiva dos atores.

Bento, Ana Paula Rodrigues Simões
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 14/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
O presente trabalho de investigação incide sobre a área de gestão escolar e tem como referência a implementação do atual regime jurídico de autonomia, administração e gestão das escolas do ensino básico e secundário, introduzido pelo Decreto-Lei n.º 75/2008 de 22 de abril. Este Decreto-Lei introduz alterações ao nível das estruturas organizativas da escola, nomeadamente da liderança e às respetivas competências que lhe são atribuídas. A implementação destas competências poderá ser geradora de alterações no clima e na cultura de cada instituição escolar. O trabalho está dividido em duas partes. Na primeira parte apresentamos a fundamentação teórica, com uma análise dos modelos de gestão, que se sucederam depois do 25 de abril de 1974 até à atualidade, seguida de uma breve revisão da literatura sobre o paradigma das “escolas eficazes”, da liderança, do clima e da cultura organizacionais. Na segunda parte apresentamos o estudo empírico, em cuja metodologia optámos por um estudo de caso realizado numa escola de 2.º e 3.º Ciclos. Aplicámos um inquérito, por questionário, aos docentes e realizámos entrevistas ao Diretor, ao Presidente do Conselho Geral e ao Coordenador de Departamento...

Dinâmicas de cidadania intercultural num Departamento Curricular: coordenação e liderança

Barriga, Helena da Conceição Piteira
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
75.78%
Tese de mestrado em Educação (Administração e Organização escolar), apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2008; A comunidade educativa assiste ao crescimento do fenómeno da diversidade cultural e linguística, acompanhando assim os efeitos da globalização. O foco de interesse do presente estudo é associar o exercício de liderança de uma estrutura intermédia com a eleição de uma cultura promotora de uma cidadania intercultural. Adquire nesta investigação uma especial relevância, a implementação do conceito de cidadania intercultural no ensino e nas práticas dos agentes educativos, enquanto estratégia para a efectivação do processo de integração das minorias culturais. O quadro conceptual foi organizado em torno das três grandes dimensões que sustentam o nosso estudo cultura organizacional, cidadania intercultural e liderança intermédia. O estudo incide numa abordagem descritiva e interpretativa, assumidamente situa-se no paradigma da investigação qualitativa. Desenvolveu-se numa escola urbana multicultural, em Lisboa. Alguns dos resultados remetem-nos para a percepção dos actores educativos sobre as práticas de liderança intermédia no fomento de uma cidadania intercultural partilhada por todos os actores educativos. Em turmas multiculturais...

O perfil do coordenador de departamento curricular para uma liderança persuasiva

Ramos, Liliana Maria Pires
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.92%
A investigação que agora apresentamos é o resultado de um estudo empírico, que tem como principal objetivo partilhar uma reflexão sobre o perfil que o coordenador de departamento curricular deve possuir para uma liderança persuasiva. Esta investigação enquadrou-se no paradigma qualitativo, tendo sido utilizado um estudo de caso como estratégia metodológica, baseado, principalmente, na análise de entrevistas efetuadas a coordenadores de departamento curricular, a docentes dos respetivos departamentos e à subdiretora de um agrupamento de escolas. Este estudo pretendeu analisar e estudar os principais atributos que o coordenador de departamento curricular deve possuir para que os docentes colaborem na direção dos objetivos planeados, num agrupamento de escolas. O enquadramento teórico desenvolve-se em torno de duas questões fundamentais: o perfil do coordenador de departamento curricular e a liderança intermédia. Numa primeira parte, fizemos uma síntese histórica do cargo do coordenador de departamento curricular, desde o início do século XX ao início do XXI, mais precisamente entre 1917 e 2012, acompanhado de uma súmula do perfil que este possui, ao longo destes anos, no desempenho de um cargo de gestão intermédio. Na segunda...

Uma proposta de desenvolvimento de competências em gestão de riscos utilizando Project Based Learning (PjBL) para o SISP

Escobar, Fernando
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
75.75%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Ciência da Computação, 2015.; Desenvolver competências é uma premissa da gestão contemporânea. A gestão eficaz do risco é crucial para o serviço público atingir seus objetivos. A capacidade de o governo gerenciar riscos depende das competências de seus servidores públicos. Fundamentado nessas premissas, este trabalho teve como objetivo propor um programa de capacitação visando o desenvolvimento de competências em gestão de riscos, utilizando a abordagem instrucional de Project Based Learning (PjBL), direcionado aos membros do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP). Identificou-se quantitativamente o público-alvo do SISP, totalizando 443 servidores públicos; com o apoio do Índice de Estilos de Aprendizagem de Felder-Soloman (ILS), aplicado ao público-alvo do SISP, obteve-se resposta de 229 servidores, com destaque para a identificação dos estilos preferenciais Ativo (52%), Sensorial (74%), Visual (80%) e Global (54%); complementarmente, identificou-se e analisou-se as competências em gestão de riscos para o SISP, priorizadas, com apoio de técnicas de análise multicritério AHP...

O perfil do coordenador de departamento curricular para uma liderança persuasiva

Ramos, Liliana Maria Pires
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.92%
A investigação que agora apresentamos é o resultado de um estudo empírico, que tem como principal objetivo partilhar uma reflexão sobre o perfil que o coordenador de departamento curricular deve possuir para uma liderança persuasiva. Esta investigação enquadrou-se no paradigma qualitativo, tendo sido utilizado um estudo de caso como estratégia metodológica, baseado, principalmente, na análise de entrevistas efetuadas a coordenadores de departamento curricular, a docentes dos respetivos departamentos e à subdiretora de um agrupamento de escolas. Este estudo pretendeu analisar e estudar os principais atributos que o coordenador de departamento curricular deve possuir para que os docentes colaborem na direção dos objetivos planeados, num agrupamento de escolas. O enquadramento teórico desenvolve-se em torno de duas questões fundamentais: o perfil do coordenador de departamento curricular e a liderança intermédia. Numa primeira parte, fizemos uma síntese histórica do cargo do coordenador de departamento curricular, desde o início do século XX ao início do XXI, mais precisamente entre 1917 e 2012, acompanhado de uma súmula do perfil que este possui, ao longo destes anos, no desempenho de um cargo de gestão intermédio. Na segunda...

A gestão de talento na Portugal Telecom

Luís, Gustavo Miguel González
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
105.94%
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos; Com o fito de consolidar o conhecimento académico e teórico apreendido no mestrado de GRH, optei pela elaboração de um estágio. Assim, surgiu a oportunidade de estagiar, durante cerca de três meses,na Portugal Telecom. Integrei a Direcção de Desenvolvimento e Liderança e o estágio teve um enfoque substancial nas actividades inerentes à gestão de talento. Conceptualmente, esta locução tem que ver com o processo de atrair, desenvolver, gerir e avaliar os colaboradores de elevado valor para uma organização, o que traz muitos benefícios ao indivíduo e à organização. No contexto da PT, verificou-se que as actividades de gestão de talento são instrumentalizadas numa lógica estratégica e cumprem, na generalidade, os requisitos de sucesso elencados pelos autores. Entre estes destacam-se as condições críticas afectas às várias fases ? diagnóstico (alinhamento corporativo), assessment (de potencial e de desempenho), design do programa (definição de objectivos e expectativas e concessão de reais oportunidades de desenvolvimento), implementação, apoio on-the-job (da gestão de topo, gestão de linha e departamento de Gestão de Recursos Humanos) e avaliação. Porém...

Desempenho do coordenador de departamento curricular e supervisão pedagógica

Abreu, Alice do Céu dos Santos
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2014 N/A
Relevância na Pesquisa
75.78%
O presente estudo debruça-se sobre a perceção dos professores acerca do desempenho do Coordenador de Departamento Curricular na atual organização escolar portuguesa e sobre alguns fatores que podem influenciar esse mesmo desempenho. A metodologia utilizada enquadra-se no contexto de uma investigação de caráter descritivo e transversal, com a aplicação de um inquérito por questionário. Atendendo às características desta investigação, selecionámos uma amostra de conveniência, relativamente à proximidade geográfica e à exequibilidade do estudo, procurando abranger todos os professores dos vários departamentos curriculares, de um agrupamento de escolas do concelho de Viseu. A informação recolhida foi sujeita a análise estatística descritiva e inferencial. Os resultados obtidos indicam que, relativamente ao desempenho do Coordenador de Departamento Curricular, os docentes valorizam a promoção da articulação entre os professores do próprio departamento curricular com outros departamentos, o incentivo à reflexão sobre as práticas docentes e à abertura à mudança e inovação. Consideram também que o Coordenador de Departamento Curricular deve promover o trabalho colaborativo, bem como gerar e partilhar conhecimentos. Os professores consideram ainda que os fatores que podem influenciar de forma negativa o desempenho do cargo são a elevada carga letiva atribuída ao coordenador e a consequente falta de tempo para responder a todas as solicitações que o cargo exige. Relativamente à formação especializada em supervisão pedagógica...

Consideration of the Cultural Element in the Design of Management Control Systems of Foreign Firms: Case Study; Consideração do Elemento Cultural no Desenho de Sistemas de Controle de Gestão das Empresas Estrangeiras: Estudo de Casos

Sacramento da Silva, Adriane Fagundes; Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Gomes, Josir Simeone; Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Estudo de Caso; Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
95.74%
In recent decades, researchers as Geert Hofstede (1997) and Fons Trompenaars (1994) began to study the role of national culture in the design of management control systems of organizations on the assumption that national culture appears as an important factor in managing the company. The so-called “divergent current” proposed to examine the impact of these differences on leadership styles, negotiation, people management, motivation and conflict management on the premise that the particular conditions require specific solutions, which can become inadequate when applied in other contexts. This study aims to identify if the cultural element is considered in the design of management control of foreign companies. It was examined the case of two organizations of foreign share control located in Rio de Janeiro that belong to dimensions: high hierarchical distance, collectivism, feminine, high uncertainty control, proposed by Hofstede. The results obtained suggest that some aspects of Brazilian Culture are preserved; but on the other hand, there is a transfer of management practices developed in countries of different cultures that consequently generate some conflicts in organizations.; Nas últimas décadas, pesquisadores como Geert Hofstede (1997) e Fons Trompenaars (1994) começaram a estudar o papel da cultura nacional no desenho dos sistemas de controle de gestão das organizações...