Página 1 dos resultados de 55 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Treinamento auditivo em idosos com comprometimento cognitivo leve; Auditory training in elderly with a mild cognitive impairment

Souza, Renata Rezende de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.66%
Introdução: Os efeitos da idade no sistema auditivo periférico e central interagem com mudanças na diminuição do suporte cognitivo, sendo que a perda da audição pode agravar os efeitos de um déficit cognitivo. Se na demência essa relação é bem estudada, no Comprometimento Cognitivo Leve (CCL) ainda não há estudos que avaliem suas relações com a perda auditiva. Objetivo: Avaliar pacientes idosos com Comprometimento Cognitivo Leve submetidos a um programa de treinamento auditivo formal e compará-los a dois grupos de idosos com Comprometimento Cognitivo Leve: um grupo submetido a um programa de treinamento placebo e um grupo de idosos que não sofreu intervenção e correlacionar os resultados obtidos nos testes de Processamento Auditivo (Central) (PA(C)) com os obtidos na avaliação cognitiva. Método: Participaram do estudo 25 indivíduos com Comprometimento Cognitivo Leve, divididos em três grupos: Grupo Estudo (dez sujeitos), Grupo Placebo (dez sujeitos) e Grupo Controle (cinco sujeitos) com idades entre 69 e 91 anos. Todos os indivíduos foram submetidos à avaliação cognitiva e à avaliação do processamento auditivo (central). O Grupo Estudo foi submetido a um programa de treinamento auditivo em cabina acústica durante oito sessões...

Avaliação neuropsicológica da tomada de decisão no comprometimento cognitivo leve; Neuropsychological assessment of decision-making in the mild cognitive impairment

Flaborea, Rodolfo Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.31%
Introdução: o aumento da população idosa traz uma demanda significativa sobre as ciências da saúde para lidar com os problemas característicos do envelhecimento. Neste contexto, as demências são as desordens neuropsiquiátricas de maior impacto atualmente. Poucas pesquisas acerca do CCL foram dedicadas a analisar a função neuropsicológica da tomada de decisão. Esta é definida como o processo de escolher uma ação específica, dentro de um rol de alternativas possíveis, que produza o resultado mais vantajoso para o sujeito. Logo, ela possui papel clínico fundamental, pois subsidia importante espectro da funcionalidade. Objetivo: avaliar se idosos com CCL amnéstico de múltiplos domínios ou de único domínio apresentam prejuízos na tomada de decisão sob risco, quando comparados a idosos saudáveis. Métodos: foram analisados os desempenhos de 20 sujeitos (9 CCL e 11 controles) no teste de tomada de decisão Cambridge Gambling Task (CGT). Utilizou-se modelo linear geral acompanhado de análise de covariância para idade, anos de escolaridade e escore do Mini Exame do Estado Mental. Resultados: Foi verificado efeito de grupo e da idade sobre a aversão ao atraso, proporção global de aposta e assunção de risco. Conclusão: pacientes com CCL demonstraram maior impulsividade nas escolhas das apostas...

Prevalência de sintomas depressivos e de déficit cognitivo na população de sessenta anos e mais em um município de médio porte do interior paulista

Gomes, José Evandro Marques
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 101 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.3%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Saúde Coletiva - FMB; A população mundial está envelhecendo e o Brasil segue essa tendência. A queda dos índices de fecundidade associada a outros fatores como a melhoria dos investimentos e do acesso a serviços públicos de saúde têm contribuído para explicar o aumento da expectativa de vida da população. Essa situação demanda organização da sociedade para o cuidado desses idosos, principalmente levando-se em conta a perda de autonomia como uma das características desta faixa etária e a associação dos graus de dependência com a qualidade de vida. Observa-se também a vinculação destas morbidades com outras doenças crônico-degenerativas relatadas na literatura. Neste estudo, objetivou-se estimar a prevalência de sintomas depressivos e de déficits cognitivos na população de 60 anos e mais do município de Botucatu e sua eventual relação com outras doenças crônico-degenerativas desta população. Foi um estudo epidemiológico, de corte transversal, onde foram avaliados 364 idosos. Os instrumentos utilizados foram: questionários sócio-demográficos e de morbidade, o Mini-Exame do Estado Mental, a Escala de Depressão Geriátrica de Yesavage...

Reabilitação neuropsicológica e terapia cognitivo-comportamental : direcionadas à indivíduos com comprometimento cognitivo leve amnésico e demência leve devido a doença de Alzheimer; Neuropsychological rehabilitation and behavioral-cognitive therapy : are directed to individual with mild cognitive impairment and mild Alzheimer disease

Elisangela Cordts Longo Dainez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.63%
O Comprometimento Cognitivo Leve amnésico (CCLa) é um déficit cognitivo de pequena intensidade enquadrado no estágio de transição entre o envelhecimento normal e fases iniciais da doença de Alzheimer (DA). Por sua ez, a DA leve caracteriza-se como uma morbidade neurodegenerativa progressiva, na qual há perda moderada da memória para eventos recentes, dificuldade nas orientações visuo-espaciais, comprometimento para resolução de problemas e no desempenho de atividades da vida diária (AVD¿s). Diante dessas morbidades, a intervenção clínica da pesquisa foi pautada na reabilitação neuropsicológica (RN) e na terapia cognitivo-comportamental (TCC). A finalidade da RN é reduzir do comprometimento cognitivo, como também capacitar o sujeito nas diversas áreas de sua vida. Por outro lado, o foco da TCC é direcionado para o tratamento de sintomas cognitivos, emocionais e comportamentais. O objetivo do projeto foi intervir cognitiva-afetiva-comportamentalmente em indivíduos que apresentam CCLa e Demência Leve devido a DA, de modo a aperfeiçoar a cognição do sujeito, ou reduzir, ou ainda estacionar as suas deficiências cognitivas, bem como melhorar seus estados emocionais e comportamentos. O estudo caracteriza-se como experimental (ensaio clínico) de abordagem quantitativa...

Desempenho cognitivo em pacientes operados de aneurisma cerebral

FOBE,JEAN-LUC; HADDAD,LUCIANO; SOUZA,ANGELA MARIA COSTA DE
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1999 PT
Relevância na Pesquisa
46.5%
Vinte e cinco pacientes operados de aneurisma cerebral foram submetidos a avaliação cognitiva pós operatória tardia para linguagem, praxia, orientação, lógica, compreensão, memória, depressão, demência e gnosia visual. Os resultados foram correlacionados com idade, escala de Hunt-Hess à admissão, lado, local e tamanho do aneurisma, sangue à TC (Fisher), vaso-espasmo angiográfico (George). Déficit cognitivo tardio estava ausente em 8 pacientes (32%), era leve em 5 (20%), moderado em 6 (24%) e grave em 6 (24%). A função cognitiva isoladamente mais alterada foi a da lógica com acometimento moderado e grave em 7 pacientes (28%), seguida de praxia em 6 (24%), orientação em 5 (20%), linguagem e memória em 4 (16%). A alteração gnósica visual, demência e depressão foram pouco frequentes. A compreensão estava levemente alterada em 3 pacientes. Na faixa etária 25-50 anos ocorreu melhor resultado cognitivo com sequela inexistente ou leve em 9 pacientes (75%). Os aneurismas da artéria comunicante posterior direita apresentaram déficit cognitivo tardio ausente ou leve em 5 pacientes (71,42%), os da artéria cerebral média direita apresentaram resultado equivalente em 2 (66,66%). Os aneurismas de artéria cerebral média esquerda apresentaram o pior resultado com sequela cognitiva moderada e grave em 5 pacientes (71...

Marcadores genéticos relacionados con el déficit cognitivo en el envejecimiento

Solé-Padullés, Cristina; Clemente, Imma C.; Bartrés Faz, David
Fonte: Murcia: Universidad de Murcia, Servicio de Publicaciones Publicador: Murcia: Universidad de Murcia, Servicio de Publicaciones
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.18%
En el presente trabajo se revisan estudios realizados en relación a los marcadores genéticos de vulnerabilidad al deterioro cognitivo en el envejecimiento. En concreto, se estudia el papel de varios polimorfismos genéticos en las entidades de Alteración de la Memoria Asociada a la Edad (AAMI, del inglés Age Associated Memory Impairment) y Alteración Cognitiva Leve (MCI, del inglés Mild Cognitive Impairment), por ser condiciones de alto riesgo para el desarrollo de demencia. Existen diversos genes candidatos cuyas variaciones parecen modular algún aspecto del funcionamiento cognitivo, estructura o actividad cerebral en el envejecimiento. Estas variaciones genéticas son, entre otras, las de los genes codificantes para: apolipoproteínas E y C1, enzima convertidor de angiotensina I (ACE), óxido nítrico sintetasa endotelial o tipo 3 (NOS3), receptores D2 de la dopamina (DRD2) y 2A de la serotonina (5HT2A). El campo de la genética de la conducta en el envejecimiento precisa beneficiarse de futuros avances metodológicos para investigar con mayor fiabilidad la asociación de variaciones genéticas con la función neuropsicológica.

Small vessel vascular cognitive impairment: natural history, neuropsychological profile and economic analysis; Deterioro cognitivo de origen vascular: historia natural, perfil neuropsicológico y análisis económico

Ramos Estébanez, Ciro
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
56.27%
RESUMEN: El deterioro cognitivo leve vascular (DCV) es una entidad prevalente con una historia natural mal definida. Analizamos las características epidemiológicas, la historia natural y el impacto económico del DCV y la demencia vascular (DaV). Se estudió una muestra de 314 pacientes ingresados en un hospital universitario durante un período de 13 años con diagnóstico de ictus, patología vascular radiológica, DCV, o DaV. El grupo prospectivo (n=226) recibió una evaluación neuropsicológica del DCV (n=141), y un análisis del gasto sanitario durante la hospitalización (n= 122). El diagnóstico no reconocido de DCV se correlacionó con un inicio con DCV no ictal, <85 años, y empleo de medicación preventiva del ictus. El inicio del DCV sin ictus sucedió en individuos con isquemia silente, enfermedad de Binswanger, y con DCV prolongados y sin eventos isquémicos. La disfunción ejecutiva caracterizó a la enfermedad de pequeño vaso. El DCV iniciado con un ictus resultó más costoso. El gasto fue mayor durante la fase de DaV, particularmente en los pacientes con enfermedad de Binswanger.; ABSTRACT: Vascular cognitive impairment (VCI) is a prevalent condition with an undefined natural history. We studied the epidemiological features...

Evaluación y seguimiento del estado cognitivo y afectivo de una muestra de personas mayores institucionalizadas

Balo García, Aránzazu
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
36.53%
[Resumen] Introducción. La alta incidencia de deterioro cognitivo en personas mayores hace aconsejable la valoración cognitiva mediante instrumentos de cribado de fácil aplicación. En la última década se ha duplicado el porcentaje de mayores atendidos en residencia, atención diurna o servicio de ayuda a domicilio. Objetivos. Evaluar las funciones cognitivas superiores y estado afectivo en una muestra de personas mayores, identificando modificaciones a nivel longitudinal y de acuerdo al nivel de institucionalización (centro de día vs residencia). Resultados. La mayoría de sujetos (centro de día y residencia) tenían deterioro cognitivo leve-moderado, incrementándose ligeramente en ambos grupos tras un año de seguimiento. Orientación temporal, memoria reciente y lenguaje escrito fueron las funciones cognitivas superiores más afectadas. En residencia se observó, relacionado con el nivel educativo, deterioro de lenguaje a nivel longitudinal. La edad influyó sobre la sintomatología depresiva, con diferencias significativas según el recurso utilizado, encontrándose mayor depresión en usuarios de residencia que de centro de día al inicio del estudio, no habiendo diferencias significativas un año después. Conclusiones. El acudir a centro de día o vivir en residencia no es indicativo de presencia de deterioro cognitivo...

Condições de saúde dos idosos com doença de Parkinson

Baptista, Rafaela
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 119 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.58%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2015.; Trata-se de uma pesquisa de abordagem quantitativa e de corte transversal, com análise descritiva e exploratória dos dados, que foi realizada com 50 pessoas idosas com doença de Parkinson integrantes da Associação Parkinson Santa Catarina. Teve como objetivo: conhecer as condições de saúde em relação ao grau de comprometimento causado pela doença, a capacidade funcional, ao estado cognitivo e ao risco de quedas em idosos com doença de Parkinson desse grupo. A coleta de dados foi realizada em agosto e setembro de 2014, sendo iniciada somente após aprovação do projeto no comitê de ética em pesquisa com seres humanos da Universidade Federal de Santa Catarina. Na coleta de dados foram realizados os seguintes passos: agendamento da visita para coleta de dados no domicílio por meio de contato telefônico; apresentação do pesquisador/coletador de dados; explicado os objetivos da pesquisa ao sujeito de pesquisa; explicado o TCLE para cada sujeito e para o familiar/cuidador presente no momento da visita para posteriormente ser assinado. Na seqüência foi aplicado o questionário sociodemográfico que continha variáveis que permitiram identificar: sexo...

Crianças com queixa de dificuldade escolar: avaliação das mães através da Escala Comportamental Infantil A2 de Rutter

Marturano,Edna Maria; Parreira,Vera Lúcia Casari; Benzoni,Selma Aparecida Geraldo
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Tendo em vista esclarecer a associação entre problemas emocionais / comportamentais e baixo rendimento escolar, foram conduzidos dois estudos empregando a Escala Comportamental Infantil A2 de Rutter (ECI). No Estudo I, a ECI foi aplicada a 200 mães de crianças referidas para atendimento psicológico em uma clínica-escola em razão de dificuldade no aprendizado escolar, verificando-se as diferenças entre sexos. No Estudo 2, foram avaliadas 75 crianças em três grupos: 1. com queixa de dificuldade de aprendizagem e suspeita de déficit cognitivo leve; 2. com queixa de dificuldade de aprendizagem, sem suspeita de déficit cognitivo; 3. com desempenho escolar satisfatório. Verificou-se uma alta porcentagem de crianças que, segundo o escore obtido na ECl, necessitariam de atendimento psicológico; as mães indicaram maior intensidade de problemas internalizados nas meninas, bem como de comportamentos imaturos nas crianças com suspeita de déficit cognitivo. A ECI confirmou tendências detectadas em estudos anteriores baseados em entrevistas.

Avaliação por ressonância magnética das conectividades funcional e estrutural das redes neurofuncionais na demência da doença de Alzheimer leve e comprometimento cognitivo leve amnéstico : Evaluation by magnetic resonance imaging of functional and structural connectivities of neurofunctional networks in mild Alzheimer's disease dementia and amnestic mild cognitive impairment subjects; Evaluation by magnetic resonance imaging of functional and structural connectivities of neurofunctional networks in mild Alzheimer's disease dementia and amnestic mild cognitive impairment subjects

Marina Weiler
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.63%
A demência por doença de Alzheimer (DA) é uma doença neurodegenerativa na qual ocorrem alterações cognitivas, neuropsiquiátricas e funcionais. Avanços recentes no estudo da neuroimagem na DA mostraram que as alterações presentes nesse grupo de pacientes não se restringem apenas às estruturas anatômicas particulares (tema abordado no ARTIGO 2), mas estendem-se também às redes neurofuncionais, as quais podem gerar problemas de memória e função executiva, entre outros. Devido às alterações estruturais apresentadas por atrofia, ao depósito de placas senis e emaranhados neurofibrilares, bem como à redução no metabolismo de glicose presente nas suas regiões, a Default Mode Network (DMN) tornou-se a rede neurofuncional de maior interesse no campo da DA. O principal objetivo desta Tese foi, dessa maneira, avaliar a conectividade de redes neurofuncionais na DA - enfatizando sobretudo na DMN, e suas relações com a cognição. Além disso, estudamos também outros aspectos anatômicos na DA - como alterações de substância branca e cinzenta no cérebro inteiro. No ARTIGO 1 mostramos que as alterações causadas pela doença afetam também áreas subcorticais como o tálamo e o corpo caloso, o que se relaciona com o déficit cognitivo dos pacientes. Em outro estudo com carácter mais exploratório (ARTIGO 6)...

Comparação do perfil cognitivo de crianças e adolescentes com Síndrome de Williams, Síndrome do X-Frágil e Síndrome de Prader-Willi; Comparison of cognitive profile of children and adolescents with Williams Syndrome, Fragile X Syndrome and Prader-Willi Syndrome

Luiz Fernando Longuim Pegoraro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
As síndromes genéticas de Williams (SW), do X-Frágil (SXF) e de Prader-Willi (SPW) apresentam déficit cognitivo geral que varia do grau leve ao moderado. Apesar de compartilharem rebaixamento da inteligência como um todo, prejuízos e potencialidades em habilidades cognitivas específicas dessas síndromes são amplamente descritos na literatura internacional, mas não tão enfaticamente no Brasil. Este estudo teve por objetivo investigar, descrever e comparar o perfil cognitivo de crianças e adolescentes com SW, SXF e SPW. Trinta e quatro crianças e adolescentes de seis a 16 anos, de ambos os sexos, com diagnóstico confirmado para a SW (n = 10), a SXF (n = 13) e a SPW (n = 11), pacientes dos ambulatórios de Psiquiatria da Criança ou Adolescente e/ou Genética Geral II do Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp participaram deste estudo. Os sujeitos foram avaliados em suas funções cognitivas por meio da Escala de Inteligência Wechsler para Crianças (WISC-III). Dados sócio-culturais, exames citogenéticos e os sintomas e diagnósticos psiquiátricos associados aos participantes foram coletados nos prontuários médicos e também por meio de entrevistas com os responsáveis por cada criança ou adolescente. O QI total (QIT)...

Análise de textura em imagens cerebrais : aplicações em acidente vascular cerebral isquêmico, epilepsia mioclônica juvenil, doença de Machado-Joseph, déficit cognitivo leve e doença de Alzheimer; Texture analysis in brain images : applications in ischemic brain stroke, juvenile myoclonic epilepsy, Machado-Joseph disease, mild cognitive impairment and Alzheimer¿s disease

Márcia Silva de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.49%
Análise de textura em imagens digitais é um termo que se refere a um grupo de técnicas de processamento de imagens que objetivam a extração de descritores da imagem ou de regiões de interesse (ROIs) de forma a simplificar a caracterização das mesmas. A textura pode ser entendida como características intrínsecas da imagem (por exemplo: brilho, cor e distribuição de formas) que remetem à ideia de regularidade, rugosidade, suavidade, entre outras, por isso o nome `textura'. Um tipo particular de análise de textura, bastante utilizado em imagens médicas, se baseia em medidas estatítsticas relativas à distribuição de níveis de cinza da imagem (matriz de coocorrência). Os descritores de textura, baseados na matriz de coocorrência, são conhecidos como descritores de Haralick. Este trabalho consistiu na aplicação de vídeo deste tipo de análise em imagens de Tomografia Computadorizada (TC) de vítimas de Acidente Vascular Cerebral Isquêmico e em imagens de Ressonância Magnetica (RM) de portadores de Epilepsia Mioclônica Juvenil, Doença de Machado-Joseph, Déficit Cognitivo Leve e Doença de Alzheimer, visando o desenvolvimento de uma ferramenta computacional que auxilie o neurologista na identificação de areas atingidas por estas doenças e que não sejam distinguíveis em uma análise visual. Neste trabalho foram selecionadas regiões de interesse (ROIs) e calculados os parâmetros de textura para cada grupo de imagens. Após o cálculo dos descritores de textura foi realizada uma análise estatística para verificar se havia diferenciação entre os vários tipos de tecidos. Os resultados obtidos mostraram que a análise de textura pode...

El uso de E-Blocks como herramienta para el mejoramiento de procesos lectores y escritores en población con déficit cognitivo leve

Ghitis Jaramillo, Tatiana; Ruiz Herrera, Leidy Carolina; Guzmán Rodriguez, Rosa Julia, dir.
Fonte: Universidade La Sabana Publicador: Universidade La Sabana
Tipo: Tese de Doutorado
ES
Relevância na Pesquisa
66.31%
La enseñanza y el aprendizaje de los procesos de lectura y escritura se convierten en una exigencia de la cultura y del entorno en el que cada uno de los estudiantes se desenvuelve. La falla en su desarrollo (ya sea por causas externas o internas), es causante de la repitencia, deserción y fracaso en los primeros grados escolares, evidenciados en altos índices de alfabetismo. E-blocks en español es un software educativo que se ha validado en un colegio distrital en población con déficit cognitivo leve, con el fin de evaluar como el programa de informática puede apoyar una propuesta pedagógica de alfabetización inicial. La informática educativa se convierte en una herramienta de motivación que facilita y mejora estos procesos.

Perfil neuropsicológico de personas adultas con VIH/SIDA

Gómez Carvajal, Ana María; Quiñones Tenorio, Keyla
Fonte: Escuela de Medicina y Ciencias de la Salud Publicador: Escuela de Medicina y Ciencias de la Salud
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/submittedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.24%
Los déficit neurológicos en el virus de inmunodeficiencia humana VIH, específicamente las alteraciones en el funcionamiento cognitivo, han estado presentes desde el inicio de su propagación y han sido una de las principales manifestaciones a lo largo de todas las etapas del virus. No obstante, gracias a los avances de la terapia antirretroviral se ha dado un aumento de la expectativa de vida de los pacientes, dándose de la misma manera un incremento en los déficits anteriormente mencionados. El objetivo del presente estudio es describir el perfil neuropsicológico de los pacientes con VIH y establecer si existen relaciones entre las funciones que se encuentren deterioradas, el tiempo de diagnóstico y la terapia antiretroviral. Para esto se llevo a cabo un estudio descriptivo de tipo exploratorio con el fin de medir las características de las funciones neuropsicológicas en un grupo de 24 pacientes pertenecientes al programa especial B24 del Hospital Universitario Mayor y Hospital de Barrios Unidos MÉDERI en Bogotá, Colombia. Para esto, se utilizó un protocolo de pruebas neuropsicológicas: Mini Mental StateExamination (MMSE), WAIS-III (sub-pruebas dígitos, letras y números, aritmética y semejanzas), Curva de aprendizaje auditivo verbal de Rey (RAVLT)...

A importância da percepção do professor na identificação do leve déficit cognitivo na criança de 3 a 4 anos

Rodrigues, Thais Faria
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.69%
Por meio de experiências vivenciadas na educação infantil, percebi que o leve déficit cognitivo afeta substancialmente inúmeras crianças de 3 a 4 anos de idade. Ciente que a psicomotricidade auxilia a criança a viver em grupo, bem como, desenvolve a criança no âmbito da motricidade, da mente e da afetividade, ou seja, como um todo, abordo também nesse estudo essa técnica com o intuito de auxiliar o professor na percepção do leve déficit cognitivo. No decorrer dos séculos, esse termo, que é um dos termos mais atuais, foi caracterizado como deficiência mental, deficiência intelectual, dificuldade de conteúdos, entre outros. Esse distúrbio cognitivo apresenta-se no nível leve, moderado e grave. Assim, os docentes que atuam com crianças dessas faixas etárias precisam conhecer esses termos e seus níveis, bem como, o desenvolvimento da inteligência infantil, o que requer uma busca além da teoria vista nos cursos que formam professores. Neste sentido, este artigo de caráter bibliográfico tem como objetivo auxiliar o docente a compreender o que venha a ser déficit cognitivo no atual contexto, e a partir dessa compreensão, fazer uma relação com o desenvolvimento da inteligência infantil para que a criança pequena não fique a margem de seu grupo. Entretanto...

Micronutrientes no crescimento e desenvolvimento infantil; Micronutrients in child growth and development

Pedraza, Dixis Figueroa; Queiroz, Daiane de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
OBJETIVO: abordar a importância dos micronutrientes zinco, ferro e vitamina A no crescimento linear e desenvolvimento infantil. MÉTODO: foram consultadas as bases de dados Medline e LILACS utilizando duas estratégias de busca: i) growth AND zinc AND iron AND vitamin A AND child, preschool OR infant, para o tema micronutrientes e crescimento; e ii) child development AND zinc AND iron AND vitamin A, para o tema micronutrientes e desenvolvimento. Os artigos foram classificados quanto ao tipo de manuscrito e principais resultados. RESULTADOS: foram incluídos 19 artigos referentes ao crescimento e 5 artigos referentes ao desenvolvimento. DISCUSSÃO: considerando as prevalências, sugere-se que as deficiências de ferro e zinco devem contribuir, concurrentemente, com o déficit de estatura. O papel do zinco no sistema hormonal primário justifica ser o nutriente de maior importância no crescimento, afetando a estatura das crianças tanto em estados de deficiência leve como moderada. Evidências fisiológicas e experimentais colocam a importância dos micronutrientes ferro e zinco no desenvolvimento e déficit cognitivo nos primeiros anos da vida. Apesar disso, os resultados ainda não são conclusivos. Pensa-se que o zinco pode limitar processos neuropsicológicos específicos...

Avaliação do ProDC como recurso na reabilitação cognitiva: estudo piloto; Evaluation of the ProDC as a resource in cognitive rehabilitation: pilot study

Meneses, Kátia Vanessa Pinto de; Santos, Lídia Isabel Barros dos; Calixto, Marcos Ferreira; Silva, João Paulo Lima da; Peron, Guilherme Caetano; Garcia, Patrícia Azevedo; Brasil, Lourdes Mattos; Silva, Rita de Cássia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.46%
O objetivo do presente trabalho foi verificar a infl uência do uso do sistema Promoção do Desempenho Cognitivo(ProDC) no desempenho cognitivo de idosos com Déficit Cognitivo Leve (DCL) ou em um estado de demência leve pormeio de um estudo piloto quase-experimental. Participaram idosos com 60 anos ou mais, de ambos os sexos, classifi cados com DCL ou demência leve, por meio do Clinical Demential Rating (CDR). Os idosos participaram de atividades para treinamento cognitivo utilizando o ProDC, realizado em três encontros semanais de uma hora de duração, totalizando 10 encontros. Para mensurar o efeito da intervenção foram utilizados os instrumentos: Mini-Exame do Estado Mental (MEEM), Teste do Relógio, Teste de reconhecimento de 10 Figuras e Teste Fluência Semântica (FAS). Foram realizadas análises descritivas e teste t-student para amostraspareadas. Participaram do estudo oito idosos, com idade média de 70,75 ± 8,45 anos (62-81anos) e escolaridade média de 10,12 ± 4,09 anos de estudo. A análise estatística revelou manutenção do desempenho cognitivo após a intervenção no Teste do Relógio (7,62 ± 2,20 vs 7,25 ±2,49; p=0,476), no Teste de Reconhecimento de 10 fi guras (9,62 ±0,52 vs 9,75 ±0,71; p=0...

Evaluación del estado cognitivo de los adultos mayores de 60 años, en un área de salud del Policlínico Docente Plaza de la Revolución

Monteagudo Torres,Marisol; Gómez Viera,Nelson; Martín Labrador,Miladys; Jiménez Fontao,Lilliam; Mc Cook,Ernesto; Ruiz García,Dania
Fonte: Revista Cubana de Medicina Publicador: Revista Cubana de Medicina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 ES
Relevância na Pesquisa
46.38%
Introducción. El envejecimiento poblacional es un fenómeno preocupante de la sociedad cubana actual, la esperanza de vida es de 77 años y el cuadro demográfico de la nación apunta a un sostenido crecimiento del número de personas con 60 años o más y del número de pacientes con enfermedades crónicas asociadas al envejecimiento, en particular trastornos cognitivos y demencias. Objetivos. Conocer el estado cognitivo de la población mayor de 60 años de edad en un área de salud del Políclínico Docente Plaza de la Revolución. Métodos. Se realizó un estudio poblacional "puerta a puerta", descriptivo y prospectivo en el área de salud del Consultorio No. 15 que pertenece al Policlínico Docente Plaza de la Revolución, en el período comprendido desde el 1ro de octubre de 2006 hasta el 31 de enero de 2007. Se aplicaron pruebas neuropsicológicas y, para el análisis de los datos, el cálculo de los porcentajes. Resultados. Se halló deterioro cognitivo leve en 19 personas (9,45 %); en 2 (1,0 %), demencia y en 180 (89,6 %) no se demostró afectación de las funciones cognitivas. El mayor porcentaje de pacientes con deterioro cognitivo correspondió al grupo de 70-79 años de edad, el 66,7 % fue del sexo femenino, el 71,4 % tuvo nivel de escolaridad bajo. La hipertensión arterial (71...

Validez de la Escala de Evaluación Cognitiva de Montreal (MoCA) para determinar deterioro cognitivo en pacientes con esquizofrenia

Rodríguez-Bores Ramírez,Lorena; Saracco-Álvarez,Ricardo; Escamilla-Orozco,Raúl; Fresán Orellana,Ana
Fonte: Instituto Mexicano de Psiquiatría Ramón de la Fuente Publicador: Instituto Mexicano de Psiquiatría Ramón de la Fuente
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 ES
Relevância na Pesquisa
56.35%
Introducción La esquizofrenia es un trastorno mental que posee múltiples dimensiones sintomáticas y las alteraciones cognitivas son características cardinales en la evolución del trastorno. El uso de clinimetría para evaluar dichas deficiencias puede aportar información en la investigación en este campo. Objetivo Determinar la validez y confiabilidad de la Escala de Evaluación Cognitiva Montreal (MoCA) para la evaluación del déficit cognitivo en pacientes con el diagnóstico de esquizofrenia. Material y métodos Se evaluaron cien pacientes con diagnóstico de esquizofrenia reclutados en la Clínica de Esquizofrenia del Instituto Nacional de Psiquiatría Ramón de la Fuente Muñiz. Se aplicaron las escalas de MoCA, MMSE y PANSS para la valoración de las funciones cognitivas. Se estableció la confiabilidad del MoCA con el Alfa de Cronbach y se estableció su validez concurrente con el MMSE y la subescala cognitiva de la PANSS. Resultados De acuerdo al MMSE (con ajuste de escolaridad) el 8% de los pacientes fueron clasificados con deterioro cognitivo en contraste con el puntaje total del MoCA que reporto 69% de la muestra con deterioro cognitivo. La escala MoCA obtuvo una confiabilidad (Alfa de Cronbach=0.71) similar a la observada por el MMSE (α=0.70) y adecuada validez concurrente. Conclusiones La MoCA es un instrumento confiable y válido para establecer la presencia de deterioro cognitivo leve en pacientes con esquizofrenia...