Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Controlo transcricional de PIGM:mecanismo de expressão diferencial em células sanguíneas na insuficiência hereditária de GPI

Nolasco, Madalena Tavares Festas de Sousa
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
136.47%
Tese de mestrado, Biologia (Biologia Molecular e Genética), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências; Inherited glycosylphosphatidylinositol (GPI) deficiency (IGD), characterized by thrombosis and epilepsy, but not hemolysis, is caused by a mutation that disrupts binding of the transcription factor (TF) Sp1 to the core promoter of the mannosyltransferaseencoding gene PIGM. The level of GPI expression in affected children varies between cells of the same and different tissues. While GPI expression in erythrocytes is close to normal, granulocytes are severely deficient, suggesting erythroid-specific regulation of PIGM. To investigate whether this difference could be due to transcriptional control of this housekeeping gene by the tissue-specific TF GATA-1, bioinformatic analysis of the PIGM promoter was carried out and revealed 3 putative GATA binding sites. Electromobility shift assays with nuclear extracts from K562, and anti-GATA-1 antibody confirmed that GATA-1 binds to those sequences. In chromatin immune-precipitation assays, precipitation of nuclear extract of K562 cells with anti-GATA-1 antibody resulted in enrichment of DNA sequences containing the binding sites, indicating that GATA-1 binding to the PIGM promoter occurs in vivo. The functional effect of GATA-1 was tested by means of reporter assays using HeLa cells. Constructs...

Transcriptional regulation of the mannosyltransferase-encoding gene pigm in inherited glycosylphosphatidylinositol (GPI) deficiency

Costa, Joana Rodrigues Simões da
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
56.55%
RESUMO:O glicosilfosfatidilinositol (GPI) é um complexo glicolipídico utlizado por dezenas de proteínas, o qual medeia a sua ancoragem à superfície da célula. Proteínas de superfície celular ancoradas a GPI apresentam várias funções essenciais para a manutenção celular. A deficiência na síntese de GPI é o que caracteriza principalmente a deficiência hereditária em GPI, um grupo de doenças autossómicas raras que resultam de mutações nos genes PIGA, PIGL, PIGM, PIGV, PIGN, PIGO e PIGT, os quais sao indispensáveis para a biossíntese do GPI. Uma mutação pontual no motivo rico em GC -270 no promotor de PIGM impede a ligação do factor de transcrição (FT) Sp1 à sua sequência de reconhecimento, impondo a compactação da cromatina, associada à hipoacetilação de histonas, e consequentemente, impedindo a transcrição de PIGM. Desta forma, a adição da primeira manose ao GPI é comprometida, a síntese de GPI diminui assim como as proteínas ligadas a GPI à superficie das células. Pacientes com Deficiência Hereditária em GPI-associada a PIGM apresentam trombose e epilesia, e ausência de hemólise intravascular e anemia, sendo que estas duas últimas características definem a Hemoglobinúria Paroxística Nocturna (HPN)...