Página 1 dos resultados de 1264 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Análise comparativa da estrutura populacional do ermitão endêmico do Atlântico Ocidental Loxopagurus loxochelis (Decapoda, Anomura) em duas regiões do estado de São Paulo, Brasil; Comparative analysis of population structure of endemic Western Atlantic hermit crab Loxopagurus loxochelis (Decapoda, Anomura) in two regions of state of São Paulo, Brazil

AYRES-PERES, Luciane; MANTELATTO, Fernando L.
Fonte: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul Publicador: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.96%
A estrutura populacional do ermitão Loxopagurus loxochelis (Moreira, 1901) foi analisada por meio da distribuição de freqüência dos animais em classes de tamanho e da razão sexual. Espécimes foram coletados mensalmente no período de um ano (julho de 2002 a junho de 2003), em sete transectos (5 aos 35 m de profundidade), usando barco equipado com duas redes do tipo double-rig, nas enseadas de Caraguatatuba e de Ubatuba (Estado de São Paulo, Brasil). Em Caraguatatuba foram coletados 366 animais, sendo 222 machos (60,65%), 114 fêmeas não-ovígeras (31,15%) e 30 fêmeas ovígeras (8,20%) e, em Ubatuba, 126 ermitões, dos quais 81 machos (64,28%), 38 fêmeas não-ovígeras (30,16%) e sete fêmeas ovígeras (5,56%). Em Caraguatatuba, a alta incidência de fêmeas ovígeras ocorreu durante o inverno (julho de 2002), enquanto em Ubatuba, o número foi incipiente. O comprimento do escudo cefalotorácico variou de 2,0 a 7,9mm (5,29 ± 0,96mm) em Caraguatatuba, e em Ubatuba, de 2,7 a 7,5 mm (5,32 ± 0,95mm). A média de tamanho dos machos foi significativamente maior do que das fêmeas em ambas as áreas. A razão sexual total foi favorável aos machos (1,54:1 em Caraguatatuba e 1,9:1 em Ubatuba). Houve maior freqüência de machos nas últimas classes de tamanho...

Descrição da morfologia externa dos jovens recém-eclodidos de Aegla paulensis Schmitt, 1942 e de Aegla perobae Hebling & Rodrigues, 1977 (Crustacea, Decapoda, Aeglidae); Description of the external morphology of the newly-hatched juveniles of Aegla paulensis Schmitt, 1942 and Aegla perobae Hebling & Rodrigues, 1977 (Crustacea, Decapoda, Aeglidae)

Moraes, Juliana Cristina Bertacini de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.12%
O gênero Aegla Leach, 1820 representa o único táxon dentro de Decapoda Anomura com representantes adaptados exclusivamente a ambientes de água doce. As eglas são endêmicas da América do Sul e vivem em ambientes lóticos com alto nível de oxigenação. Estudos comparativos da morfologia de jovens recém-eclodidos podem contribuir para estabelecer relações de afinidade entre as cerca de 70 espécies já descritas que compõem a família Aeglidae. Porém, o número de trabalhos que descrevem a morfologia em detalhe nesta fase de vida é ainda escasso. O objetivo do presente estudo foi descrever detalhadamente a morfologia externa dos jovens recém-eclodidos das espécies Aegla paulensis e Aegla perobae, com base em Microscopia Óptica e em Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Fêmeas ovígeras foram coletadas e transferidas para o laboratório a fim de se obter os jovens recém-eclodidos dos ovos. A descrição detalhada da morfologia do jovem recém-eclodido incluiu a carapaça, o abdome, os apêndices cefalotorácicos (antênula, antena, mandíbula, maxílula, maxila, maxilípedes, pereópodes) e a região do télson juntamente com os urópodes. As cerdas foram analisadas em detalhe quanto ao número, localização e tipo morfológico com o auxílio da MEV. Os resultados obtidos foram analisados e comparados com os das espécies que já tiveram seus jovens recém-eclodidos descritos e também com os adultos. As principais descobertas do estudo foram: as lineae aeglicae...

Status taxonômico de Callichirus major (Say, 1818) sensu lato (Crustacea, Decapoda, Axiidea, Callianassidae) da costa brasileira: taxonomia, sistemática molecular, biologia populacional e reprodutiva; Taxonomic status of Callichirus major (Say, 1818) sensu lato (Crustacea, Decapoda, Axiidea, Callianassidae) from the Brazilian coast: taxonomy, molecular systematics, population biology and reproductive biology

Peiró, Douglas Fernando
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.12%
Esta tese trata, primariamente, da definição do status taxonômico do amplamente conhecido corrupto de praia ou ghost shrimp Callichirus major (Say, 1818) sensu lato (Decapoda, Axiidea, Callianassidae) ocorrente na costa brasileira (Capítulo I). A definição deste táxon era um tanto incerta até o momento, levando-se em conta a grande similaridade morfológica entre as espécies que compõem o complexo C. major. Alguns estudos morfológicos, moleculares e larvais foram realizados anteriormente de forma isolada, e sem uma abrangência ao longo de toda sua área de distribuição. Entretanto, nenhum destes estudos foi conclusivo quanto à validade ou não do nome C. major ser aplicado à espécie brasileira. De forma complementar, esta tese objetivou o estudo sobre o investimento reprodutivo e sobre a ecologia populacional de uma de suas populações do litoral norte do Estado de São Paulo (Capítulos II e III, respectivamente). Os resultados desta tese são apresentados em capítulos separados, devido ao fato deles tratarem de assuntos distintos envolvendo a taxonomia/sistemática molecular, biologia reprodutiva e a ecologia populacional da espécie. Cada capítulo contém suas próprias sessões: Resumo, Introdução, Material & Métodos...

Estudo da morfologia funcional reprodutiva e desenvolvimento larval em laboratório de Stenopus hispidus(Olivier, 1811) (Crustacea, Decapoda, Stenopodidea)

Gregati, Rafael Augusto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 127 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; A hipótese de que a deposição espermática e a fecundação no camarão Stenopus hispidus ocorrem externamente ao corpo foram testadas, baseando-se no comportamento reprodutivo em laboratório e na anatomia reprodutiva. Para isso, 12 casais adultos foram mantidos em aquários interligados, em salinidade 35%o, temperatura 26°C, fotoperíodo 12 horas e alimentados com ração industrializada para peixes. 0 comportamento reprodutivo foi filmado e fêmeas recém-copuladas tiveram os esternos analisados. Posteriormente, os casais foram anestesiados e dissecados para a descrição da forma e localização das gônadas e pleópodos. O aparelho reprodutivo (AR) de ambos os sexos, esternos, genitálias e primeiro pleópodo também foram preparados e fotografados em microscopia eletrônica de varredura. A cópula ocorre quando a fêmea está em pós-muda, e espermatozóides puderam ser observados em seus esternos somente fazendo-se um esfregaço em lâmina. Apenas o primeiro pleópodo e masculino parece estar envolvido na cópula, já que é diferenciado dos demais. 0 AR masculino é reduzido e restrito à carapaça...

Variação espaço-temporal das larvas de Decapoda do Arquipélago de São Pedro e São Paulo

Brandão, Manoela Costa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 p.| il., grafs., tabs., mapas
POR
Relevância na Pesquisa
27.12%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, Florianópolis, 2010; Larvas de Decapoda estão entre os principais componentes do zooplâncton marinho, podendo representar até mais de 50% da biomassa planctônica total. O presente trabalho visa avaliar o efeito do Arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) na distribuição da comunidade de larvas de Decapoda. As amostras foram coletadas em oito expedições, entre abril de 2003 e julho de 2005, na enseada e em quatro distâncias em relação ao arquipélago, de dia e à noite, através de arrastos horizontais na superfície, com rede de 200 µm. Nas quatro últimas expedições foram identificados 46 táxons da ordem Decapoda e 6 da ordem Stomatopoda. A enseada e as águas ao redor do arquipélago caracterizaram duas comunidades de larvas distintas, a primeira representada por larvas iniciais de espécies bentônicas (e.g. Grapsus grapsus, Plagusia depressa e Platypodiella spectabilis) e a segunda representada principalmente por larvas de Sergestidae. Larvas de G. grapsus foram amostradas em todas as expedições, apresentando valores de abundância de até 8.000 larvas · 100 m-3...

Ecologia das larvas de Decapoda e Ictioplâncton das ilhas de Santa Catarina.

Aguiar, Mariana Martinhago
Fonte: Florianópolis, SC. Publicador: Florianópolis, SC.
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 48
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.22%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.; Este trabalho tem como objetivos: estudar a ecologia das larvas de Decapoda e o ictioplâncton nas ilhas costeiras de Santa Catarina, quantificar o plâncton (biovolume ml• 100m-3) e as larvas de Decapoda e o ictioplâncton (no. ind.• 100m-3) analisar a composição do plâncton estudar a eficiência da amostragem do meroplâncton com diferentes redes e com mergulho autônomo. O arquipélago do Arvoredo está localizada a aproximadamente 11 km ao norte de Florianópolis, Santa Catarina e é composta pelas ilhas do Arvoredo, ilha Deserta, ilha da Galé e calhau de São Pedro. Com a exceção da face sul da ilha do Arvoredo, estas ilhas compõe a REBio Marinha do Arvoredo. A Ilha do Campeche fica a 1,7km de Florianópolis e funciona como ancoradouro de barcos de pesca. O arquipélago de Moleques do Sul está situado a 12 km da praia da Armação (Florianópolis) e sua porção emersa pertence ao Parque Estadual da Serra do Tabuleiro. Impactos antrópicos nas áreas costeiras podem causar uma deficiência no recrutamento larval, resultando em uma baixa densidade de organismos. Foram coletadas amostras de plâncton em 7 locais com 2 redes de superfície com malhas distintas e submersos...

Systematic and Evolutionary Insights Derived from mtDNA COI Barcode Diversity in the Decapoda (Crustacea: Malacostraca)

Matzen da Silva, J; Creer, S; dos Santos, A; Costa, AC; Cunha, MR; Costa, FO; Carvalho, GR
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.96%
Background: Decapods are the most recognizable of all crustaceans and comprise a dominant group of benthic invertebrates of the continental shelf and slope, including many species of economic importance. Of the 17635 morphologically described Decapoda species, only 5.4% are represented by COI barcode region sequences. It therefore remains a challenge to compile regional databases that identify and analyse the extent and patterns of decapod diversity throughout the world. Methodology/Principal Findings: We contributed 101 decapod species from the North East Atlantic, the Gulf of Cadiz and the Mediterranean Sea, of which 81 species represent novel COI records. Within the newly-generated dataset, 3.6% of the species barcodes conflicted with the assigned morphological taxonomic identification, highlighting both the apparent taxonomic ambiguity among certain groups, and the need for an accelerated and independent taxonomic approach. Using the combined COI barcode projects from the Barcode of Life Database, we provide the most comprehensive COI data set so far examined for the Order (1572 sequences of 528 species, 213 genera, and 67 families). Patterns within families show a general predicted molecular hierarchy, but the scale of divergence at each taxonomic level appears to vary extensively between families. The range values of mean K2P distance observed were: within species 0.285% to 1.375%...

Padrões dinâmicos de transporte e migração do zooplâncton, com ênfase nos Decapoda planctônicos, da Barra de Catuama, Pernambuco - Brasil

de Melo Júnior, Mauro; Nogueira Paranaguá, Maryse (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Estudos sobre o fluxo de zooplâncton entre o Canal de Santa Cruz (CSC) a partir da Barra de Catuama e a plataforma costeira adjacente (PCA) foram feitos com o objetivo de quantificar essa troca e definir os mecanismos de transporte e migração dos Decapoda planctônicos. As coletas foram realizadas durante as marés de sizígia (05 e 06/08/2001) e de quadratura (11 e 12/08/2001), em intervalos de 3 horas, num período de 15 horas para a maré de sizígia (n = 32 amostras) e de 24 horas para a maré de quadratura (n = 56 amostras). As amostras foram coletadas em três estações fixas (Estações Meio ou Convergência, Continente e Ilha) e em três níveis de profundidades (superfície, meio e fundo). Com o auxílio de uma bomba de sucção, a água foi filtrada com rede de plâncton (300 μm), durante 3 a 5 minutos. Logo após a filtragem, o material foi fixado com formol a 4%, neutralizado com bórax. Simultaneamente às coletas biológicas, foram feitas medições de velocidade e direção de corrente, através de um perfilador acústico de corrente (ADCP), além de temperatura, salinidade e oxigênio dissolvido. Em laboratório, as amostras foram pesadas, em balança de precisão, para determinação da biomassa sestônica através do peso úmido. Para a análise dos organismos...

Efeito de variáveis ambientais sobre a estrutura de comunidade dos Crustacea Decapoda na plataforma continental sul do Rio Grande do Sul (Brasil)

Souza, José Afonso Feijó de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.96%
A compreensão quantitativa dos fatores que definem a distribuição dos organismos é essencial para uma previsão de pesca e uma gestão eficiente dos estoques. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos potenciais das principais variáveis abióticas nos crustáceos decápodos epibentônicos na plataforma ao sul do Brasil. Foi possível testar estatisticamente (MDS, ANOSIM e SIMPER), pela primeira vez, o efeito da temperatura, salinidade, massas d água, profundidade, sedimentos, sazonalidade e interanualidade na estrutura de comunidade de crustáceos decapodos epibentônicos da plataforma continental (8-200 m) sul do Rio Grande do Sul. Totalizaram-se 298 estações de coleta em 9 cruzeiros (NOc."Atlântico Sul": Projeto Crustáceos Decápodos da Costa Rio-grandina; 1982-1984). Em cada estação tomaram-se os dados de temperatura, salinidade e profundidade, efetuando-se um arrasto com rede camaroneira de portas (malha: 13 mm) para a coleta biológica. Realizou-se análises multivariadas basedas nas 21 espécies mais frequentes. O peneídeo Artemesia longinaris (abundância: 90,8%) foi dominante, seguido por Pleoticus muelleri (4,6%), Portunus spinicarpus (1,4%) e Parapenaeus americanus (0,8%). A temperatura de fundo...

Distribuição e composição do Zoonêuston em ambientes insulares do Oceano Atlântico Tropical, com ênfase em Decapoda

Lira, Simone Maria de Albuquerque; Schwamborn, Ralf (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
27.12%
Ambientes insulares são responsáveis por modificar a hidrodinâmica das correntes oceânicas e causar turbulências. Essas fazem com que águas ricas em nutrientes da camada inferior sejam elevadas à região superior da coluna d’ água aumentando a biomassa e diversidade do plâncton desses ambientes. Amostragens quantitativas de neuston foram desenvolvidas no Arquipélago de São Pedro e São Paulo, Atol das Rocas e Arquipélago de Fernando de Noronha no período entre julho e agosto de 2010. O objetivo da pesquisa foi verificar a biomassa, densidade e diversidade do zoonêuston desses ambientes em relação às interfaces superior e inferior do nêuston, a variação nictimeral, ao fluxo de corrente dos arquipélagos e atol, e a distância em relação à ilha, focando a variabilidade da distribuição espacial planctônica dos locais. Dois transectos foram aplicados em cada local. Utilizou-se uma rede de nêuston de 500 μm de abertura de malha com boca retangular (duas redes com boca de 29,3 x 15,2 cm), acopladas um catamarã David Hempel de alumínio (Hydro-Bios) à Bordo do Navio Oceanográfico da marinha H38. Foram registrados 22 táxons para o zoonêuston geral. Os táxons mais abundantes quanto a abundancia relativa foram Copepoda...

Efeito de Variáveis Ambientais Sobre a Estrutura de Comunidade dos Crustacea Decapoda Na Plataforma Continental Sul do Rio Grande do Sul (Brasil)

Souza, José Afonso Feijó de; Schwamborn, Ralf (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
36.96%
A compreensão quantitativa dos fatores que definem a distribuição dos organismos é essencial para uma previsão de pesca e uma gestão eficiente dos estoques. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos potenciais das principais variáveis abióticas nos crustáceos decápodos epibentônicos na plataforma ao sul do Brasil. Foi possível testar estatisticamente (MDS, ANOSIM e SIMPER), pela primeira vez, o efeito da temperatura, salinidade, massas d’água, profundidade, sedimentos, sazonalidade e interanualidade na estrutura de comunidade de crustáceos decapodos epibentônicos da plataforma continental (8-200 m) sul do Rio Grande do Sul. Totalizaram-se 298 estações de coleta em 9 cruzeiros (NOc."Atlântico Sul": Projeto Crustáceos Decápodos da Costa Rio-grandina; 1982-1984). Em cada estação tomaram-se os dados de temperatura, salinidade e profundidade, efetuando-se um arrasto com rede camaroneira de portas (malha: 13 mm) para a coleta biológica. Realizou-se análises multivariadas basedas nas 21 espécies mais frequentes. O peneídeo Artemesia longinaris (abundância: 90,8%) foi dominante, seguido por Pleoticus muelleri (4,6%), Portunus spinicarpus (1,4%) e Parapenaeus americanus (0,8%). A temperatura de fundo, no período de primavera e verão...

Biologia reprodutiva do Camarão Macrobrachium brasiliense (Heller, 1862) (Crustacea: Decapoda: Palaemonidae) em Igarapés de terra firme da Amazônia Peruana

GARCÍA-DÁVILA,Carmen Rosa; ALCANTÁRA Β.,Fernando; VASQUEZ R.,Elvis; CHUJANDAMA S.,Miquel
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.96%
Foi estudada a biologia reprodutiva de Macrobrachium brasiliense (Decapoda: Palaemonidae) com base em 2604 indivíduos coletados entre outubro de 1994 e agosto de 1995, em dois igarapés de terra firme da estrada Iquitos-Nauta, Loreto (Amazônia peruana). A proporção sexual fêmea: macho foi de 1,7:1 sendo que as fêmeas foram um pouco mais abundantes que os machos durante todo o período de coleta. M. brasiliense apresentou dimorfismo sexual no comprimento cefalotorácico, sendo as fêmeas ligeiramente menores que os machos. A reprodução foi contínua, com o pico reprodutivo entre abril e julho. A fecundidade variou de 15 a 168 ovos por fêmea, observando-se uma relação significativa entre a fecundidade e o comprimento cefalotorácico e o peso. O volume do ovo não apresentou relação significativa com o comprimento cefalotorácico e a fecundidade.

Composição e distribuição dos Crustacea (Decapoda) na Lagoa do Peixe, Rio Grande do Sul, Brasil.

Santos, Sandro; Rieger, Paulo Juarez; Vieira, Rony Roberto Ramos; Barutot, Roberta Araujo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
The Lagoa do Peixe ("Peixe's Lagoon") is located between Atlantic Ocean and Lagoa dos Patos and is 30 Km long and 0,5-2,0 Km wide (31 °13 ' S, 50055'W -3 10 26'S, 51009' ). For one year, the composition and distribution of Crustacea Decapoda were analyzed monthly (fTOm Julyl1 994 to June/1995), in seven subareas (terrestrial border and aquatic areal and physical and chemical parameters (depth, salinity, sediment texture, oxygen in water, organic material of sediment and water temperature) were registered. Decapoda fTOm the families Grapsidae, Ocypodidae, Portunidae (Brachyura), Diogenidae (Anomura) and Penaeidae (Penaeidea) were captured. Chasmagnathus granulata Dana 1851 was found ali months near the canal connecting A tlantic Ocean and Lagoa do Peixe, but inside the lagoon it was collected only in October/94 and June/95, and in extreme subareas it was sampled in February/95 when the salinity was 31 %0 at these sites. Callinectes sapidus Rathbun, 1896 and Cyrtograpsus angulatus Dana, 1851 were captured throughout the year, except October/94 and April/95, respectively. Both species were found in ali areas of sample, indicating a high plasticity in relation to the factors analyzed in this study. Another species captured probably come in the lagoon in specific months...

Composição e distribuição dos Crustácea (Decapoda) na Lagoa do Peixe, Rio Grande do Sul, Brasil

Santos,Sandro; Rieger,Paulo Juarez; Vieira,Roni Roberto Ramos; Barutot,Roberta Araújo
Fonte: Sociedade Brasileira de Zoologia Publicador: Sociedade Brasileira de Zoologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
The Lagoa do Peixe ("Peixe's Lagoon") is located between Atlantic Ocean and Lagoa dos Patos and is 30 Km long and 0,5-2,0 Km wide (31º13'S, 50º55'W -31º26'S, 51º09'). For one year, the composition and distribution of Crustácea Decapoda were analyzed monthly (from July/1994 to June/1995), in seven subareas (terrestrial border and aquatic area) and physical and chemical parameters (depth, salinity, sediment texture, oxygen in water, organic material of sediment and water temperature) were registered. Decapoda from the families Grapsidae, Ocypodidae, Portunidae (Brachyura), Diogenidae (Anomura) and Penaeidae (Penaeidea) were captured. Chasmagnathus granulata Dana 1851 was found ali months near the canal connecting Atlantic Ocean and Lagoa do Peixe, but inside the lagoon it was collected only in October/94 and June/95, and in extreme subareas it was sampled in February/95 when the salinity was 31 ‰ at these sites. Callinectes sapidus Rathbun, 1896 and Cyrtograpsus angulatus Dana, 1851 were captured throughout the year, except October/94 and April/95, respectively. Both species were found in ali áreas of sample, indicating a high plasticity in relation to the factors analyzed in this study. Another species captured probably come in the lagoon in specific months...

Upogebia paraffinis Williams (Decapoda, Upogebiidae): biologia e nova ocorrência para o litoral do Estado do Paraná (Brasil)

MELO, SONIA GRAÇA; E SILVA, JAYME DE LOYOLA; BROSSI-GARCIA, ANA LUIZA
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 06/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
27.12%
Upogebia paraffinis Williams, 1993 (Decapoda: Thalassinidea: Upogebiidae) capturada em praia próxima a desembocadura do rio Boguaçu, localizada no município de Pontal do Paraná, Estado do Paraná, Brasil (25° 33’ 00’’ S 48° 23’ 46’’W). Com o presente trabalho, sua distribuição latitudinal fica ampliada desde o Estado do Ceará até o Estado do Paraná, Brasil. Esta espécie habita galerias construídas em praias areno-lodosas, próximo a regiões de mangue, com profundidades de até 30cm, cerca de 3 m acima da linha da maré baixa. ABSTRACT Upogebia paraffinis Williams, 1993 (Decapoda: Thalassinidea: Upogebiidae) was captured at a beach near Boguaçu river, at Pontal do Paraná, Paraná State, Brazil (25° 33’ 00’’ S 48° 23’ 46’’W). With the present register its latitudinal distribution is amplified from Ceará to Paraná State coastline Brazil. This species live in galleries constructed on muddy beaches near the mangrove regions. The burrows were about 30cm deep with openings until 3m above low tide mark. RÉSUMÉ Nouveau régistre de Upogebia paraffinis Williams, 1993 (Decapoda: Thalassinidea: Upogebiidae) dans le littoral du Paraná, Brésil (25° 33’ 00’’ S 48° 23’ 46’’W). La distribution latitudinale actuellement est sur le littoral de le Ceará jusqu’au Paraná. Upogebia paraffinis a été prélevée en galleries construites en plages bourbeux proches à des mangroves. Les tubes de la gallerie sont construits à profundeur d’environ 30cm...

Macrobrachium rosenbergii (Decapoda: Palaemonidae): possible introduction in a costal river of Paraná (Brazil); Macrobrachium rosenbergii (Decapoda: Palaemonidae): possível introdução em um rio da planície litorânea paranaense (PR, Brasil)

Gazola-Silva, F. F.; UFPR; Melo, S. G.; Vitule, J. R S.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 26/10/2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.12%
<htm> <i>Macrobrachium rosenbergii </i>(Decapoda: Palaemonidae): possible introduction in a costal river of Paraná (Brazil)</htm>; htm> <i>Macrobrachium rosenbergii </i>(Decapoda: Palaemonidae): possível introdução em um rio da planície litorânea paranaense (PR, Brasil)</htm>

A FAMÍLIA OCYPODIDAE RAFINESQUE, 1815 (CRUSTACEA: DECAPODA: BRACHYURA) NA COSTA SERGIPANA; A FAMÍLIA OCYPODIDAE RAFINESQUE, 1815 (CRUSTACEA: DECAPODA: BRACHYURA) NA COSTA SERGIPANA

Mendes, Vilma Maria Torres; Couto, Erminda da Conceição Guerreiro
Fonte: Revista Nordestina de Biologia Publicador: Revista Nordestina de Biologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2009 POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
The family Ocypodidae Rafinesque, 1815 (Crustacea: Decapoda: Brachyura) in Sergipe coast. This work presents data about fiddler –crabs of the family Ocypodidae (Crustacea: Decapoda: Brachyura) found in estuaries and beaches of Sergipe coast. The material cames from field samplings and revision of specimens of collection of the Deparatamento de Biologia da Universidade Federal de Sergipe (DBI/UFS). For each species collected there are data about zonation, behavior, habitat, feeding and economic aspects. Ten species were identified: Ucides Cordatus, Ocypode quadrata, Uca maracoani, U. Thayeri, U. cumulanta, U. leptodactyla, U. vocator, U. mordax, U. burgersi and U.  rapax. The specimens examined are deposited in the collection of the second author (codes of vouchers are provided under the item “provid~encia”).   Keywords: Fiddler-crabs, zoogeography, Brachyura, Ocypodidae, distribution pattern, northeastern Brazil. Descritores: Caranguejos, zoogeografia, Brachyura, Ocypodidae, padrão de distribuição, Nordeste do Brasil.; The family Ocypodidae Rafinesque, 1815 (Crustacea: Decapoda: Brachyura) in Sergipe coast. This work presents data about fiddler –crabs of the family Ocypodidae (Crustacea: Decapoda: Brachyura) found in estuaries and beaches of Sergipe coast. The material cames from field samplings and revision of specimens of collection of the Deparatamento de Biologia da Universidade Federal de Sergipe (DBI/UFS). For each species collected there are data about zonation...

NOTA PRELIMINAR SOBRE OS CAMARÕES DE ÁGUA DOCE (CRUSTACEA, DECAPODA, NATANTIA) NA PARAÍBA. - MUNICÍPIO DE CABEDELO.; NOTA PRELIMINAR SOBRE OS CAMARÕES DE ÁGUA DOCE (CRUSTACEA, DECAPODA, NATANTIA) NA PARAÍBA. - MUNICÍPIO DE CABEDELO.

Farias, Maria da Conceição Quintino
Fonte: Revista Nordestina de Biologia Publicador: Revista Nordestina de Biologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1978 POR
Relevância na Pesquisa
27.12%
This is a paper contributing to the knowlegde of the Paraíba State (Brazil) fresh water shrimps (Crustacea, Decapoda, Natantia). Thirty eight specimens were collected from the jaguaribe river (which divides the municipalities of João Pessoa and Cabedelo) during the months of may and June 1977. All the specimens collected belong to Palaemonidae family. We found these followings species: 15 specimens of Macrobrachium acanthus (Wiegmann, 1836); 22 of Macrobrachium jelskii (Miers, 1877); and, one of Macrobrachium> sp.; This is a paper contributing to the knowlegde of the Paraíba State (Brazil) fresh water shrimps (Crustacea, Decapoda, Natantia). Thirty eight specimens were collected from the jaguaribe river (which divides the municipalities of João Pessoa and Cabedelo) during the months of may and June 1977. All the specimens collected belong to Palaemonidae family. We found these followings species: 15 specimens of Macrobrachium acanthus (Wiegmann, 1836); 22 of Macrobrachium jelskii (Miers, 1877); and, one of Macrobrachium> sp.

Ponotus shirahamensis, a new genus and species of raninid crab (Decapoda, Brachyura) from the Miocene Tanabe Group of Japan

Karasawa,Hiroaki; Ohara,Masaaki
Fonte: Sociedad Geológica Mexicana, A.C. Publicador: Sociedad Geológica Mexicana, A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 EN
Relevância na Pesquisa
36.96%
Ponotus shirahamensis, a new genus and species of the crab family Raninidae (Decapoda: Brachyura) is described from the lowermost middle Miocene Tanabe Group in Wakayama Prefecture of central Japan. Ponotus shirahamensis represents the second record for the family Raninidae from the Miocene deposits of Japan. Ponotus is most similar to Notopus, an extant monotypic genus of the Notopodinae, but is characterized by the absence of a spinose transverse ridge between the hepatic spines on the dorsal carapace.

A new member of the Family Prosopidae (Crustacea: Decapoda: Brachyura) from the Lower Cretaceous of Japan

Karasawa,Hiroaki; Kato,Hisayoshi; Terabe,Kazunobu
Fonte: Instituto de Geología, UNAM Publicador: Instituto de Geología, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 EN
Relevância na Pesquisa
37.12%
A new genus and species (Decapoda: Brachyura: Prosopidae) is described from the lower Cretaceous Sebayashi Formation ofGunma Prefecture, Japan. It represents the second and oldest record of the Family Prosopidae from the North Pacific realm. A checklist of all known species of the Mesozoic Decapoda from Japan is included.