Página 1 dos resultados de 63 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Estrutura cromossômica e caracterização cariotípica no complexo de espécies Synbranchus marmoratus (Teleostei, Synbranchiformes, Synbranchidae)

Utsunomia, Ricardo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 66 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.27%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Genética) - IBB; Complexos de espécies crípticas são grupos de espécies estreitamente relacionadas, dificilmente distinguíveis por características morfológicas. Estes complexos são conhecidos em uma significativa variedade de organismos, principalmente plantas, insetos, fungos e peixes. Em peixes, complexos de espécies já foram identificados para representantes de diferentes ordens, como Characiformes, Gymnotiformes e Synbranchiformes. No presente estudo, foram analisadas amostras de S. marmoratus coletadas em oito localidades brasileiras distintas com o uso de técnicas citogenéticas clássicas (coloração convencional com Giemsa, localização das regiões organizadoras de nucléolo pela marcação com nitrato de Prata – AgNO3 e bandamento C) e moleculares (hibridação in situ fluorescente com sondas de DNAr 5S e 18S, DNAhis H3, elemento transponível Rex3 e sondas teloméricas). Além disso, análises moleculares foram realizadas utilizando dados de sequências de três genes mitocondriais (Citocromo B - CytB, Citocromo oxidase 1 - COI e DNAr 16S) de indivíduos com cariótipo conhecido. Considerando as amostras analisadas, números diploides distintos foram encontrados (42...

Mapeamento físico de genes ribosomais 18S e 5S nos cromossomos de espécies simpáticas do gênero Gymnotus (Teleostei, Gymnotiformes, Gymnotidae)

Scacchetti, Priscilla Cardim
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 78 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.37%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; Foram analisadas citogeneticamente quatro espécies de peixes do gênero Gymnotus, G. sylvius, G. pantherinus, G. inaequilabiatus e G. cf. carapo de componentes de diferentes bacias hidrográficas brasileiras, com o uso de técnicas citogenéticas básicas (coloração com Giemsa, localização das RONs pela marcação com nitrato de Prata e bandamento C) e citomoleculares (coloração com os fluorocromos base-específicos CMA3 e DAPI, hibridação in fluorescente situ (FISH) com sondas de DNAr 18S e 5S, sonda teloméricas (TTAGGG)n e sonda obtida do cromossomo portador das RONs de G. carapo da bacia Amazônica por Fluorescence Activated Cell Sorting (FACS) e caracterização e organização genômica do DNAr 5S). G. sylvius apresentou número diplóide de 40 cromossomos (22m+12sm+6st); G. pantherinus apresentou número diplóide de 52 cromossomos (32m+18sm+2st) e G. inaequilabiatus (42m+10sm+2a) e G. cf. carapo (38m+12sm+4st) apresentaram 54 cromossomos. O bandamento C evidenciou a marcação de pequenos blocos centroméricos em todos os cromossomos de todas as espécies, sendo, porém, detectadas algumas marcações intersticiais em G. sylvius e grandes blocos intersticiais nos cromossomos de G. inaequilabiatus...

Citogenética molecular e caracterização cromossômica no gênero Eigenmannia (Teleostei, Gymnotiformes, Sternopygidae)

Sene, Viviani França
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 52 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.53%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; Foram analisadas seis espécies/citótipos de peixes do gênero Eigenmannia, Eigenmannia sp1, Eigenmannia sp2, E. cf. trilineata, Eigenmannia sp e dois citótipos de E. virescens de diferentes bacias hidrográficas brasileiras, com o uso de técnicas citogenéticas básicas (coloração com Giemsa, localização das RONs pela marcação com nitrato de Prata e bandamento C) e moleculares (hibridação fluorescente in situ com sondas de DNAr 18S e 5S, com sondas teloméricas (TTAGGG)n, com sondas para elementos retrotransponíveis Rex 1 e Rex 3 e também por microdissecção, amplificação e hibridação in situ fluorescente com sonda produzida a partir do cromossomo sexual Y de Eigenmannia sp2). As espécies/citótipos analisados apresentaram intensa variação em seus números diploides, de 2n=28 cromossomos em Eigenmannia sp1, 2n=31/32 em Eigenmannia sp2, 2n=34 em E. cf. trilineata, 2n=36 em Eigenmannia sp e 2n=38 em E. virescens, além da ocorrência de sistema sexual XX-XY no citótipo de E. virescens do rio Ribeirão Claro (chamado de E. virescens-XY) e ausência desse sistema no citótipo do rio Mogi-Guaçu (chamado de E. virescens)...

Mapeamento gênico de sítios repetitivos de DNAr 5S e 18S em Astyanax scabripinnis (Characiformes, Characidae)

Santos, Natália Machado dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 124 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; A família Characidae de peixes actinopterígeos, pertencentes à ordem Characiformes, constitui o maior grupo de peixes de água doce da região Neotropical. São peixes pequenos, coloridos, geralmente providos de nadadeira adiposa, nadadeira caudal bifurcada e nadadeira anal desenvolvida, e vivem em diferentes ambientes. Os peixes da família Characidae apresentam uma grande diversidade morfológica e cariotípica, despertando, assim, grande interesse para pesquisa. Nos componentes deste grupo foi constatada a presença de cromossomos supranumerários, que têm sido registrados em um número relevante de espécies, principalmente em Astyanax scabripinnis. No presente trabalho foi realizada a análise citogenética em representantes de cinco populações de Astyanax scabripinnis que ocorrem em rios das bacias do Tietê e Paranapanema, região de Botucatu, SP. Para tanto, foram caracterizados seus cariótipos através de coloração convencional com Giemsa, a qual evidenciou um conjunto padrão de 2n=50 cromossomos; foram identificados os padrões de distribuição de heterocromatina constitutiva (Banda C)...

Citogenética de populações de Piabina argentea(Teleostei, Characiformes, Characidae) das bacias dos rios Paranapanema e Tietê

Pazian, Marlon Felix
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 53 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.46%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; Foi realizada a análise citogenética de duas espécies do Gênero Piabina, P. anhembi e P. argentea, utilzando-se técnicas de coloração cromossômica convencional com Giemsa, localização das Ag-RONs, coloração com CMA3, hibridação in situ com as sondas de DNAr 18S e 5S e bandamento C. Todas as quatro amostras de P. argentea apresentaram 2n=52 cromossomos e números fundamentais diferentes, com exceção de duas amostras populacionais coletadas na bacia do rio Paranapanema. Três apresentaram Ag-RONs múltiplas (Avaré, Botucatu e Bauru) e a amostra da população coletada na localidade Itatinga apresentou Ag- RONs simples e um polimorfismo de tamanho das mesmas. A hibridação in situ com o uso de sondas de DNAr 5S mostrou diferenças entre as amostras das populações. O bandamento C marcou em sua maioria as regiões terminais e centroméricas dos cromossomos. As análises evidenciaram a existência de diferenças citogenéticas entre as amostras de P. argentea coletadas, sugerindo a existência de diferenciação populacional. As diferenças citogenéticas encontradas podem ocorrer devido ao fato de que P. argentea habite apenas riachos...

Estudos citogenéticos no genêro Characidium (Teleostei, Characiformes, Chrenuchidae), com análise estrutural e molecular do sistema ZZ-ZW de cromossomos sexuais

Alves, Jose Carlos Pansonato
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 212 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.35%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; Foram analisadas onze espécies de peixes do gênero Characidium, Characidium cf. zebra, Characidium cf. gomesi, Characidium lauroi, Characidium oiticicai, Characidium lanei, Characidium pterostictum, Characidium schubarti, Characidium alipioi, Characidium sp1, Characidium sp2 e Characidium sp3 de diferentes bacias hidrográficas brasileiras, com o uso de técnicas citogenéticas básicas (coloração com Giemsa, localização das RONs pela marcação com nitrato de Prata e bandamento C) e moleculares (marcação por fluorocromos base-específicos, hibridação in situ fluorescente com sondas de DNAr 18S e 5S, com sondas teloméricas (TTAGGG)n e com sondas para histona H1 e também microdissecção, amplificação e hibridação in situ fluorescente com sondas produzidas a partir do cromossomo sexual W e dos cromossomos B). Todas as espécies apresentaram número diplóide de 2n=50 cromossomos, com predominância dos cromossomos dos tipos meta e submetacêntricos, além da ocorrência de cromossomos supranumerários em C. pterostictum, C. oiticicai, C. cf. gomesi e Characidium sp3. Foi observada também a ocorrência de um sistema ZZ-ZW de cromossomos sexuais representado pelo par heteromórfico número 2 em todas as espécies...

Mapeamento físico dos genes ribosomais 18S e 5S em peixes do gênero Trichomycterus (Teleostei, Trichomycteridae)

Oliveira, Maria Lígia Marques de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
37.51%
The present study aimed to cytogenetic analysis and structural and molecular level of four fish species of the genus Trichomycterus: T. diabolus, T. iheringi, T. zonatus and T. cf. mimonha collected in different river basins in Brazil. Techniques were used for classical cytogenetic (Giemsa, Silver nitrate impregnation, C-banding) and molecular with the chromosomal location of genes for 18S and 5S rDNA. All individuals examined had a diploid number 54 chromosomes and karyotype consisting of types of metacentric, submetacentric and subtelocentric. The constitutive heterochromatin identified by C-banding was observed in two small blocks in the karyotype of T. diabolus and large blocks of centromeric several pairs in chromosomal karyotypes of T. iheringi, T. zonatus and T. cf. mimonha. The Silver nitrate impregnation and hybridization with 18S rDNA probe revealed the existence of only a couple carryng nucleolar organizing regions (NORs) on the species T. diabolus, T. iheringi and T. cf mimonha, and two pairs carrying 18S rDNA in T. zonatus. The 5S rDNA was observed in interstitial position 6 of the pair in T. iheringi, the synteny with the two pair in 18S rDNA of T.diabolus in pericentromeric position of and two pairs submetacentric, one being also a case of synteny with the 18S rDNA in T. zonatus and T. cf. mimonha...

Mapeamento citogenético de sequências histônicas e ribossomais revelam conservação e divergência cromossômica em populações de peixes da espécie Astyanax bockmanni (Teleostei, Characidae)

Silva, Duílio Mazzoni Zerbinato de Andrade
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
27.35%
In the present work we performed molecular cytogenetic studies in two different populations of Astyanax bockmanni from streams of Botucatu, SP: one from Capivara river, on Tietê river basin and one from Água da Madalena river, on Paranapanema river basin. The results showed that the population of Astyanax bockmanni from Capivara river have a diploid number of 50 chromosomes, with karyotype consisting of 8 methacentric, 14 submethacentric, 12 subtelocentric and 16 acrocentric, while the individuals of the population from Água da Madalena river have 50 diploid chromosomes but with karyotype organized in 8 metacentric, 14 submetacentric, 16 subtelocentric and 12 acrocentric. Also, the rDNA 18s sequences are widely dispersed throughout the genome of two populations, with intra and interindividual variations. On the other hand, the sequences for rDNA 5S and Histone H1 remained chromosomally conserved in these two samples and sites located in pairs 2 and 19 (rDNA 5S) and the pairs 2 and 15 (Histone H1). The low dispersion of structural genes and a functional dynamic independence between sequences of rDNA 5S and rDNA 18S may be related to the process of karyotype maintenance and differentiation in these populations of Astyanax bockmanni; No presente trabalho foram realizados estudos citogenéticos moleculares em duas populações de peixes da espécie Astyanax bockmanni...

Isolamento e caracterização de DNA repetitivo de Physalaemus cuvieri e localização cromossômica em espécies do grupo "cuvieri" de Physalaemus (Amphibia, Anura, Leiuperidae); Isolation and characterization of repetitive DNA of Physalaemus cuvieri and chromosome location in species of the group of cuvieri Physalaemus (Amphibia, Anura, Leiuperidae)

Stenio Eder Vittorazzi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.39%
O gênero Physalaemus é atualmente constituído de 42 espécies, distribuídas em sete grupos. No grupo de Physalaemus cuvieri, além dessa, estão alocadas outras oito espécies. Estudos citogenéticos disponíveis até momento para algumas espécies do gênero nos mostram um número diplóide de 2n = 22, sendo a morfologia cromossômica similar entre elas. O objetivo desse trabalho foi desenvolver novos marcadores citogenéticos para o estudo do grupo de Physalaemus cuvieri. Foram estudadas três populações de P. cuvieri e duas outras espécies do grupo, P. albonotatus e P. centralis. Foram isoladas três sequências de DNA repetitivo, as quais foram denominadas PcP190EcoRI, PcP883EcoRI e PcP174PstI. A primeira sequência apresentou similaridade com os DNAr 5S disponíveis no GenBank e assim, adicionalmente, foi feito experimento para isolar o DNAr 5S de P. cuvieri. Foram obtidos dois fragmentos com cerca 201 e 690pb, localizados por double- FISH em cromossomos distintos. A sequência PcP190EcoRI mostrou similaridade de aproximadamente 70% com a região de transcrição de ambos os tipos de DNAr 5S, sugerindo a origem dessa sequência a partir do DNAr 5S. A hibridação in situ com sondas das três sequências de DNA repetitivo isoladas...

Estudo da organização do gene ribossomal 5S em populações de Engystomops da Amazônia (Anura, Leiuperidae); The study of the organization of the 5S ribosomal gene in populations of Amazonian Engystomops (Anura, Leiuperidae)

Débora Silva Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
47.73%
O gênero Engystomops apresenta ampla distribuição geográfica e constitui um interessante grupo de anuros para estudos cariotípicos. As populações de Engystomops encontradas na Amazônia têm sua identificação taxonômica ainda controversa. Análises genéticas e citogenéticas apoiam hipóteses que sugerem a existência de um complexo de espécies crípticas e especiação incipiente. Muitas vezes a variação citogenética observada entre diferentes populações estudadas dificultou o reconhecimento de homeologias cromossômicas entre os cariótipos. Uma caracterização cromossômica mais detalhada poderia auxiliar no possível reconhecimento de homeologias cromossômicas e, dessa forma, contribuir para o estudo dos processos envolvidos na divergência desses anuros. Já que o gene do DNAr 5S tem sido importante marcador genético e citogenético para estudos evolutivos e para a identificação e comparação de espécies em diversos grupos, no presente trabalho o DNAr 5S de Engystomops freibergi e de exemplares de Engystomops petersi de duas localidades Equatorianas (Puyo e Yasuní) foi estudado. Em todos os casos, dois tipos de DNAr 5S, facilmente diferenciados pelo tamanho e composição da sequência do seu espaçador não transcrito...

Estudo citogenético de espécies de Dendropsophus (Anura: Hylidae); Cytogenetic studies of species of Dendropsophus (Anura: Hylidae)

Lívia Sartoratto Rodrigues Teixeira Rocha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.34%
O gênero Dendropsophus (Anura: Hylidae) é composto por 94 espécies neotropicais, das quais somente 31 foram estudadas citogeneticamente. Embora as espécies desse gênero apresentem o mesmo número cromossômico (2n=30), diferem quanto ao número fundamental e em relação à localização de NORs. Entretanto, a escassez de marcadores citogenéticos e o alto número de espécies com cariótipos ainda não descritos impedem inferências acerca dos possíveis eventos envolvidos na diferenciação cariotípica nesse gênero. Com o intuito de fornecer novos dados para a análise evolutiva cariotípica em Dendropsophus, no presente trabalho foram descritos os cariótipos de duas espécies do grupo de D. marmoratus, D. seniculus e D. soaresi, ampliada a caracterização dos cariótipos de D. decipiens, D. meridianus e descrito o de D. werneri, três espécies do grupo de D. microcephalus. Para a localização cromossômica do gene ribossomal 5S foram utilizadas sequências isoladas de D. soaresi. Também foram utilizadas sondas para verificar a localização cromossômica de sequências teloméricas em todas as espécies estudadas. Por fim, na tentativa de gerar sondas cromossômicas para futuros estudos dos cromossomos telocêntricos encontrados em Dendropsophus...

Caracterização citogenética e molecular do DNAr 5S e sua forma variante de DNA satélite em espécies do grupo de Physalaemus cuvieri (Anura, Leptodactylidae) = : Cytogenetic and molecular analysis of the 5S rDNA and its variant form of satellite DNA in Physalaemus cuvieri species group (Anura, Leptodactylidae); Cytogenetic and molecular analysis of the 5S rDNA and its variant form of satellite DNA in Physalaemus cuvieri species group (Anura, Leptodactylidae)

Stenio Eder Vittorazzi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
47.61%
Os genomas dos eucariotos são ricos em sequências repetitivas, as quais compreendem sequências dispersas e em tandem. Entre as sequências em tandem, incluem-se os DNA satélites, os DNA ribossomais e cópias parálogas. Os DNA satélites são os principais constituintes da heterocromatina constitutiva e os genes ribossomais transcrevem os RNAr para compor os ribossomos, que dividem-se em duas famílias, DNAr 45S e 5S. Em um mesmo organismo, diferentes tipos de DNAr 5S já foram reconhecidos, mostrando a existência de uma diversidade quanto a esse tipo de sequência. No anuro Physalaemus cuvieri, uma forma de DNA satélite denominada PcP190 foi caracterizada e teve sua origem atribuída a uma derivação do DNAr 5S em uma espécie ancestral. Em diferentes populações de P. cuvieri estudadas previamente com as ferramentas da citogenética convencional, uma acentuada variação interpopulacional nos cromossomos portadores da NOR pôde ser observada, e nas demais espécies do grupo de P. cuvieri, peculiaridades interespecíficas foram evidenciadas, porém, os cariótipos entre essas espécies são muito semelhantes. O objetivo nessa tese foi ampliar o estudo citogenético de espécies do grupo de P. cuvieri que possuíam carência na descrição cromossômica...

Numero e distribuicao dos loci de DNAr 5S e 45S nos cromossomos de algumas especies de Passiflora L.

MELO, N.F. de; GUERRA, M.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE GENETICA, 47.,2001, Aguas de Lindoia. Resumos... Aguas de Lindoia: SBG, 2001. CD-ROM Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE GENETICA, 47.,2001, Aguas de Lindoia. Resumos... Aguas de Lindoia: SBG, 2001. CD-ROM
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.63%
2001

Distribuição cromossômica dos sítios de DNAr5S e 45S em espécies vegetais com cromossomos holocinéticos

Sousa dos Santos, Aretuza; dos Santos Guerra Filho, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
47.46%
A família Cyperaceae é o principal grupo de plantas que apresentam cromossomos holocinéticos sendo composta por aproximadamente 5.400 espécies distribuídas em 103 gêneros. Uma grande variação de número cromossômico tem sido registrada na família, estando associadas principalmente a eventos de agmatoploidia e simploidia, e tornam o grupo muito interessante para estudos citogenéticos. A maioria dos estudos citogenéticos para essas espécies estão restritos a análises convencionais e os poucos trabalhos com técnicas de citogenética molecular abrangem apenas dois gêneros: Rhynchospora e Eleocharis, principalmente em relação à distribuição dos sítios de DNAr 45S. No presente trabalho, onze espécies, pertencentes a cinco gêneros da família Cyperaceae, com distintos números cromossômicos foram selecionadas para o estudo da distribuição dos sítios de DNAr 5S e 45S localizados por FISH. Todas as espécies apresentaram sítios de DNAr 45S distribuídos terminalmente nos cromossomos enquanto os sítios de DNAr 5S mostraram uma distribuição mais variável. Em apenas duas espécies analisadas, os sítios de DNAr 5S e 45S estavam ligados entre si. Esses dados sugerem que a variação em número e posição dos sítios de DNAr em espécies com cromossomos holocinéticos é semelhante à encontrada em espécies com cromossomos monocêntricos. Portanto...

Análise da distribuição dos sítios de DNA ribossomal 5S e 45S em cariótipos de espécies vegetais

Roa Ovalle, Fernando; dos Santos Guerra Filho, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
57.64%
Os genes de RNA ribossomal apresentam várias peculiaridades, destacando-se o fato de serem bem conservados entre as espécies e ocorrerem em arranjos em tandem com centenas a milhares de cópias. Essas características permitiram que esses genes fossem localizados por meio da FISH nos cromossomos metafásicos de um grande número de espécies. Alguns estudos prévios sugeriram que esses sítios teriam localização preferencial no cromossomo. O presente trabalho teve por objetivo analisar a distribuição desses genes nos cromossomos de uma ampla amostra de cariótipos, verificar se existe alguma tendência à distribuição não - casual, e avaliar se determinadas características cromossômicas ou cariotípicas poderiam influenciar esses padrões. Para isso, foi construída uma base de dados a partir da literatura, contendo informações de 1002 cariótipos de 53 famílias de angiospermas e quatro de gimnospermas. Entre as características analisadas estão a posição e o número de sítios de DNAr 5S e 45S, e diversas características do cariótipo, tais como morfologia e tamanho cromossômico. Nos cariótipos de angiospermas o número mais frequente de sítios de DNAr 5S e 45S foi um por complemento haploide, sendo que o número médio foi maior para o DNAr 45S. A análise da posição desses sítios revelou uma frequência de sítios no braço curto maior que a esperada. Além disso...

Mapeamento físico e análise evolutiva em Phaseolus vulgaris L. e P. lunatus L., utilizando hibridação in situ fluorescente (FISH)

Carlos de Souza Almeida, Cicero; dos Santos Guerra Filho, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.34%
Neste trabalho foram analisadas a distribuição da heterocromatina, o número de sítios de DNAr 5S e 45S nas espécies P. lunatus e P. vulgaris e foi desenvolvido um mapa citogenético de P. lunatus utilizando dois fagos e 30 BACs (Bacterial Artificial Chromosomes) dos cromossomos 3, 4 e 7 de P. vulgaris. Os resultados mostraram que a heterocromatina em P. vulgaris e em P. lunatus está localizada preferencialmente na região pericentromérica da maioria dos cromossomos. Em P. vulgaris foi observada uma variação para o DNAr 45S, em que acessos Mesoamericanos apresentaram de três a quatro sítios e os Andinos de seis a nove sítios. O número de sítios de DNAr 5S em P. vulgaris foi constante com dois sítios em todos os acessos. Por outro lado, em P. lunatus o número de sítios de DNAr 45S não variou, revelando um sítio de DNAr. O DNAr 5S apresentou um sítio em alguns acessos e uma duplicação em apensa dois outros acessos. A hibridização in situ de 30 BACs e dois fagos de P. vulgaris em cromossomos de P. lunatus mostrou que sete BACs continham DNA repetitivo e não foram mapeados. Os demais BACs e fagos mostraram estar conservados, pelo fato de que as posições no mapa genético de P. vulgaris e no mapa citogenético de P. lunatus foram semelhantes. Os resultados corroboram a semelhança cariotípica das espécies...

Evolução do DNA satélite na subfamília aurantioideae (Rutaceae)

Emília Barros e Silva, Ana; dos Santos Guerra Filho, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.26%
A subfamília Aurantoideae (Rutaceae) está representada por cerca de 200 espécies, destacando-se àquelas pertencentes ao gênero Citrus, pela sua importância econômica. Do ponto de vista citogenético, o padrão de bandas heterocromáticas de Citrus e gêneros relacionados é o parâmetro mais importante para comparação entre espécies, por ser bastante variável. Embora essas bandas sejam ricas em GC, o que é demonstrado pela coloração com cromomicina A3 (CMA), a natureza dessas bandas ainda é desconhecida. Neste trabalho foi realizada uma análise comparada da distribuição das bandas CMA, dos sítios de DNAr 5S e 45S e de uma seqüência satélite isolada de Citrus sinensis nos cromossomos de representantes de alguns gêneros, através da hibridização in situ fluorescente (FISH), visando compreender a evolução da heterocromatina dentro da subfamília. Os resultados mostraram que os sítios de DNAr 5S ocorrem quase sempre muito proximamente ligados aos sítios de DNAr 45S, sugerindo que a conservação dessa ligação foi mantida por pressão de seleção. Um aspecto importante dessa associação é que a posição cromossômica dos sítios de DNAr 5S e 45S variou entre as espécies sem alterar a orientação cromossômica destes...

Citogenética evolutiva na família Asteraceae usando fluorocromos CMA/DAPI e FISH com sondas de DNAr 45S e 5S

Bernardes Correia e Silva, Ebenézer; Maria Benko Iseppon, Ana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.31%
A família Asteraceae contém a maior biodiversidade entre as angiospermas, sendo relativamente bem estudada citogeneticamente quanto ao número cromossômico; no entanto, pouco se conhece a respeito das características específicas da cromatina da maioria de seus representantes. Neste contexto, o número diploide, o tamanho cromossômico, o padrão de bandeamento CMA/DAPI e a distribuição de genes ribossomais por FISH foram utilizados em uma análise comparativa de 23 acessos pertencentes a 13 espécies, 11 gêneros, nove tribos e três subfamílias, no intuito de analisar suas relações evolutivas. As alterações cromossômicas encontradas evidenciaram alguns rearranjos cariotípicos. Os sítios de DNAr 45S e 5S variaram em número e localização. Oito padrões de bandeamento CMA/DAPI foram descritos para a heterocromatina: 1) CMA++/DAPI-, colocalizada com sítio de DNAr 45S; 2) CMA+/DAPI-, colocalizada com sítio de DNAr 5S; 3) bandas CMA+/DAPI- terminais; 4) bandas CMA-/DAPI+ terminais; 5) bandas CMA-/DAPI++ terminais; 6) bandas CMA-/DAPI+ pericentroméricas; 7) bandas CMA-/DAPI++ pericentroméricas, e 8) bandas dependentes do padrão de condensação. O gênero Cichorium destacou-se por apresentar variação interespecífica relacionada à diferença no número de sítios de DNAr entre C. endivia e C. intybus. Além disso...

Caracterização citogenética molecular e estudo da variabilidade genética por marcadores ISSR e COI na espécie Lonchorhina aurita (Chiroptera: Phyllostomidae)

Andrade, Izaquiel Santos de; Santos, Neide (Orientadora); Montes, Martin Alejandro (Coorientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Para investigar a organização cromossômica de sequências de DNA repetitivo e estimar a variabilidade em duas populações de Lonchorhina aurita do Estado de Pernambuco foi realizado o mapeamento físico das sequências de DNA repetitivo (5S e telomérico) e a análise da variabilidade genética através de marcadores ISSR e COI. A técnica de FISH com sonda de DNAr 5S revelou sítios na região pericentromérica do par 14 da espécie e com sonda da sequência (TTTAGGG)n revelou sítios na região terminal dos cromossomos. A presença de apenas um par de sítios de DNAr 5S representa o padrão mais comum em mamíferos e é consistente com resultados descritos em outros representantes da família Phyllostomidae, indicando uma conservação quanto ao número de sítios de DNAr 5S para a família. Os sinais de hibridização com a sequência (TTAGGG)n na região terminal dos cromossomos de L. aurita suportam a ideia da presença de caracteristicas plesiomórficas quando comparados com outras espécies de Phyllostomidae uma vez que a presença de ITS pode estar relacionada à evolução cariotípica das espécies. Os resultados dos marcadores moleculares mostraram atráves da filogenia que a população de Triunfo é monofilética e a de Toritama é parafilética e que as duas populações de L. aurita apresentaram alta estruturação genética...

Estudos cariotípicos em Griffinia Ker Gawl e espécies relacionadas (Amaryllidaceae); Karyotypic studies in Griffinia Ker Gawl and related species (Amaryllidaceae)

Thaíssa Brogliato Junqueira Engel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
O gênero Griffinia Ker Gawl pertence à subfamília Amaryllidoideae que, junto às subfamílias Agapanthoideae e Allioideae, compõem a família Amaryllidaceae, com cerca de 73 gêneros e 1605 espécies. As Amaryllidaceae, incluindo as Griffinia, são apreciadas pelas suas flores e cultivadas para a jardinagem e ornamentação. Endêmico do Brasil, esse importante gênero está ameaçado de extinção pela constante degradação de seu ambiente natural, sendo que muitas espécies não foram mais encontradas na natureza e nem em cultivo. A taxonomia de Griffinia é bastante dificultada pela morfologia floral e vegetativa bastante semelhante entre algumas espécies, e pela variação morfológica dentro de uma mesma espécie, ocasionada pelo isolamento entre populações e pela existência de diferentes citótipos. Os objetivos deste trabalho foram obter o cariótipo de diferentes espécies de Griffinia e de espécies proximamente relacionadas, e fornecer à sistemática informações que auxiliem na compreensão das relações filogenéticas e evolutivas das espécies desse gênero. Foram estudadas 10 espécies e duas morfoespécies não identificadas de Griffinia, bem como quatro espécies de gêneros próximos. Pontas de raízes coletadas dessas espécies foram pré-tratadas em colchicina e fixadas em solução Farmer para a produção de lâminas com metáfases mitóticas. Foram determinados número e morfologia cromossômicos e realizados bandamentos com os fluorocromos cromomicina3 (CMA3) e 4'...