Página 1 dos resultados de 6710 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Epidemiologia da dengue na cidade de Rio Branco - Acre, Brasil, no período de 2000 a 2007; Epidemiology of dengue in the city of Rio Branco- Acre, Brazil, from 2000 to 2007

Rocha, Ricardo da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Objetivo Caracterizar a ocorrência de dengue na cidade de Rio Brando, estado do Acre, no período de 2000 a 2007, no tempo, no espaço e segundo infestação pelo Aedes aegypti e vari- áveis demográficas, socioeconômicas, ambientais e climáticas. Métodos Foi realizada uma descrição da incidência de dengue (CI) e da infestação predial pelo Aedes aegypti (IIP) no período de 2000 a 2007 a partir de dados secundários. Descreveu-se a incidência da dengue em relação ao sexo, faixa etária e escolaridade. O Coeficiente de Incidência e o Índice de In- festação Predial foram testados para aferição de correlações com variáveis climáticas, demo- gráficas, ambientais e socioeconômicas. Foi aplicada a técnica de geoprocessamento com o uso da estatística espacial de Moran Global e Local (LISA) para avaliar a autocorrelação es- pacial dos coeficientes de incidência de dengue entre as localidades urbanas da cidade. Resul- tados - A epidemiologia da dengue na cidade é caracterizada por elevada incidência e intensa infestação predial pelo Aedes aegypti. Não existe diferença na incidência de dengue entre ho- mens e mulheres e a faixa etária mais acometida compreende jovens e adultos de 15 a 49 anos e escolares que não concluíram o ensino médio. A distribuição da doença mostra um padrão sazonal com elevação da incidência nos períodos chuvosos e regressão nos períodos secos. O aumento de casos de dengue e da infestação predial mostrou associação significante (p<0...

Condicionantes socioambientais urbanos associados à ocorrência de dengue no município de Araraquara; Urban socio-environmental factors associated with the incidence of dengue fever in Araraquara city.

Oliveira, Maria Aparecida de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Introdução: Estima-se que 2,5 bilhões de pessoas vivam em áreas de risco de dengue, em mais de 100 países endêmicos. Mais de 50 milhões de infecções ocorrem anualmente com 500.000 casos de dengue hemorrágica e 22.000 mortes, principalmente entre crianças. A cidade de Araraquara apesar de apresentar boas condições sociais e econômicas, tem apresentado graves epidemias de dengue na última década. Objetivo: Este estudo examinou os fatores socioambientais urbanos associados à incidência de dengue em Araraquara, que é uma cidade de médio porte localizada no interior do estado de São Paulo, na região sudeste do Brasil nos anos de 1998 a 2008. Métodos: Foi realizado um estudo ecológico longitudinal, no qual foram avaliados dados de incidência de Dengue notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) em todas as semanas epidemiológicas dos anos de 1998 a 2008, no município de Araraquara. As variáveis socioambientais urbanas investigadas foram extraídas do censo demográfico, de imagens de satélite e de planos de informações georreferenciados do ambiente construído. As variáveis meteorológicas investigadas foram obtidas a partir de uma estação automática com mediçoes diárias para todo o período analisado. Para investigar o padrão espaço temporal da distribuição da incidência de dengue no município...

Influência das variáveis climáticas em casos de dengue nas cidades da Baixada Santista (sudeste do Brasil) e Cingapura(sudeste asiático); Influence of climatic variables in dengue cases in the cities of Baixada Santista (southeastern Brazil) and Singapore (Southeast Asia)

Sousa, Edna Pinto Pereira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Neste estudo, baseado na análise de séries temporais para um período de 8 anos, correlacionou-se os casos de dengue com as variáveis climáticas das cidades da Baixada Santista (sudeste brasileiro) e de Cingapura (sudeste asiático). O estudo foi feito com o uso de um modelo de regressão de Poisson (MRP), que considera os casos de dengue como a variável dependente e as variáveis climáticas: precipitação, temperatura (máxima e mínima) e umidade relativa (máxima e mínima) como as variáveis independentes. Também foi utilizada a Análise de Componentes Principais (ACP) para escolher as variáveis que influenciam no aumento do número de casos de dengue nas cidades estudadas. A CP1 (componente principal 1) foi representada pelas temperaturas (máxima e mínima) e a precipitação e a CP2 (componente principal 2) pela umidade relativa (máxima e mínima). Calculou-se o acréscimo dos novos casos de dengue e o risco relativo de ocorrência da doença por influência de cada uma das variáveis climáticas. Na Baixada Santista, os maiores valores de precipitação e temperatura ocorrem nos meses de dezembro e janeiro (verão) e o aumento dos casos de dengue ocorre nos meses de março a maio (outono). Para Cingapura, a diminuição da precipitação e o aumento da temperatura ocorrem nos meses de março a maio (pré-monção de sudoeste)...

Investigação sorológica de anticorpos IgM e IgG anti-dengue em crianças atendidas no Centro de Saúde Escola Dr. Edgard Aché do município de Ribeirão Preto,São Paulo; Serological Investigation of IgM and IgG antibodies anti-dengue in children attended by Health Center Dr. Edgard Aché in Ribeirão Preto city, São Paulo, Brazil

Dornas, Fábio Pio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
A dengue é uma doença infecciosa viral transmitida pela picada de mosquitos do gênero Aedes e é um importante problema de saúde pública mundial. A infecção por qualquer um dos quatro sorotipos (DENV 1-4) pode apresentar diferentes quadros clínicos: pode ser assintomática, causar uma síndrome febril indiferenciada, ou a febre da dengue (DF), a evolução do quadro clínico pode levar a dengue hemorrágica com ou sem choque (DHF/DSS). Um número crescente de casos de infecção por dengue em crianças têm sido observados nos últimos anos. Estudos de prevalência da dengue em regiões endêmicas são importantes para avaliar a incidência da infecção por dengue em crianças. Assim, o objetivo deste estudo é investigar a prevalência de anticorpos anti-dengue IgM e IgG em crianças atendidas no Centro de Saúde Escola Dr. Edgard Aché, localizado na região oeste de Ribeirão Preto-SP. Crianças (n = 271) de 1-15 anos de idade foram recrutadas de março de 2010 até maio de 2011. Depois de um termo de consentimento ter sido assinado pelo responsável, uma amostra de sangue das crianças, participantes deste estudo, foi coletada. As crianças foram classificadas em assintomáticas (n= 174) ou sintomáticas (n = 97), quando estas apresentavam um ou mais de um sintoma sugestivo de dengue...

Fatores de risco associados a óbito em crianças brasileiras com dengue grave: um estudo caso-controle; Risk factors associated with death in Brazilian children with severe dengue: a case-control study

Branco, Maria dos Remédios Freitas Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
A dengue é um importante problema de saúde pública, responsável por cerca de 25.000 mortes anuais em áreas subtropicais do mundo. Desde 2001, há uma tendência de aumento da incidência de formas fatais de febre hemorrágica da dengue (FHD) no Brasil, com aumento dramático de casos graves em menores de 15 anos de idade a partir de 2007, especialmente na região nordeste do país. O objetivo deste estudo caso-controle foi avaliar fatores de risco associados a óbito em crianças com dengue grave. Avaliamos a condição clínica de pacientes internados que morreram de dengue (n=18) e comparamos com pacientes internados com dengue grave que sobreviveram (controles, n=77). Os pacientes incluídos no estudo foram menores de 13 anos de idade internados em hospitais de São Luís, nordeste do Brasil, com diagnóstico laboratorial confirmado de dengue. O diagnóstico de infecção aguda de dengue foi confirmado pela detecção de anticorpos IgM específicos de dengue através do MAC-ELISA (IgM Antibody Capture Enzyme-Linked Immunosorbent Assay) ou pela detecção do DENV em soro, sangue ou víscera pela técnica de Transcrição Reversa - Reação em Cadeia de Polimerase (RT-PCR). Sinais de choque descompensado (extremidades frias, cianose e letargia) e hemoptise foram fortemente associados a óbito...

Óbito por dengue grave no Brasil, 2000 a 2005 : concordância da notificação em dois sistemas de informação e estudo caso-controle de fatores associados

Moraes, Giselle Hentzy
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009.; Introdução: O aumento das formas graves e óbitos por dengue observado no Brasil nos últimos anos demandam maior entendimento sobre a real magnitude da mortalidade por dengue e seus determinantes. Métodos: A partir dos dados de dengue do SINAN e SIM no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2005 foi realizado um estudo epidemiológico observacional, seccional e descritivo para analisar a concordância entre os óbitos por dengue notificados nestes dois sistemas de informação. Estudo caso-controle foi também conduzido para investigar fatores associados ao óbito por dengue grave utilizando três diferentes definições de caso (óbitos notificados ao SINAN, óbitos com confirmação laboratorial no SINAN e óbitos notificados no SINAN e SIM). O estudo utilizou abordagem hierárquica entre grupos de variáveis (demográficas, sócio-econômicas, de contexto epidemiológico, acesso a ações e serviços de saúde e clínico-laboratoriais) com regressão logística multivariada para investigar o efeito independente das variáveis de análise. Resultados: A concordância bruta e ajustada por chance (Índice Kappa), no período de análise...

Fatores de prognóstico associados à gravidade do dengue em crianças atendidas em Manaus-AM, Brasil

Rocha, Lúcia Alves da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Núcleo de Medicina Tropical, 2009.; Introdução: Depois da segunda grande Guerra Mundial, o dengue tem surgido como grave problema de Saúde Pública nos países tropicais e subtropicais. No Brasil a partir da década de 80, têm ocorrido várias epidemias da doença e tem-se verificado um aumento das formas graves e uma proporção de casos progressivamente ascendente entre os menores de 15 anos. Ainda não se conhecem todos os fatores que estão associados à evolução grave do dengue. Objetivos: Caracterizar as manifestações clínicas, epidemiológicas e laboratoriais de pacientes com dengue, menores de 15 anos de idade, atendidos em Manaus-AM, Brasil, em 2006 e 2007 e identificar os fatores de prognóstico associados à gravidade da doença. Pacientes e métodos: Foi realizado inicialmente um estudo clínico-epidemiológico, descritivo, de uma coorte de pacientes, menores de 15 anos, com dengue confirmado laboratorialmente, atendidos nos Prontos Socorros da Criança e na Fundação de Medicina Tropical do Amazonas, em Manaus, AM, seguido de um estudo analítico do tipo casocontrole aninhado nessa coorte. Foram considerados casos, os pacientes que evoluíram para dengue hemorrágico...

O uso de inseticidas na saúde pública : uma crítica ao modelo de combate à dengue no Brasil e no DF

Lasneaux, Marcello Vieira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Bioética, 2013.; O presente trabalho tem como objetivo principal o de questionar o modelo químico que vem sendo utilizado para o controle de vetores da dengue no Brasil, considerando referenciais da bioética. A dengue é uma doença reemergente que apresenta casos em regiões tropicais e subtropicais. É causada por um vírus e transmitida pelo mosquito do gênero Aedes. Há registros de dengue no Brasil desde de 1846. Com os casos aumentando nas décadas de 1980 e 1990, a dinâmica de planos emergenciais precipitaram o surgimento de um primeiro programa para erradicação do mosquito transmissor: o Plano Diretor de Erradicação do Aedes aegypti (PEAa). Com o insucesso do seu objetivo principal, novos planos ou programas se sucederam: o Plano de Intensificação das Ações de Controle do Dengue (PIACD), o Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD) até o último e atualmente implementado, o Diretrizes Nacionais para a Prevenção e Controle de Endemias da Dengue (DNPCED). Todos esses planos apresentaram o controle químico do vetor como sustentáculo principal. Utilizando de métodos qualitativo e quantitativo foram feitas análises de dados epidemiológicos da dengue...

Epidemiologia molecular dos vírus dengue em Goiânia-GO, 1994 - 2006: vigilância laboratorial e caracterização dos sorotipos circulares; Molecular epidemiology of dengue virus in Goiânia, 1994-2006: laboratorial surveillance and characterization of circulate serotypes

FÉRES, Valéria Christina de Rezende
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Medicina Tropical; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Medicina Tropical; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
Nowadays, dengue constitute the major public health problem, because is relevant cause of illness and death between thousands people that resident in the tropical and subtropical regions in world. The dengue virus is classified as four serotypes (DENV-1, 2, 3 and 4) according to antigenic differences and characterized intra-typical groups called genotypes. The laboratorial surveillance enables the diagnostic confirmation of dengue infection and monitoring serotypes circulating through the routine diagnostic techniques. Recently, the use molecular techniques has contributed to characterize and monitoring of the genotypes potentially virulent during epidemic and knowledge of biology of dengue virus. This thesis was organized in an introduction section, that include a literature review on dengue, and two manuscripts that describing the research conducted with focus on laboratory diagnostic and molecular epidemiology. The first manuscript entitled Laboratorial Surveillance of Dengue Virus in Central-Brazil, 1994-2003, was published at Journal of Clinical Virology, 2006 37 (3): 179-83. In this study we present the results of the virological surveillance for dengue cases conducted in the city of Goiânia (~1,200,000 population) from 1994 to 2003. Suspected cases were from the main public infectious disease reference hospital and outpatient clinics covering the metropolitan area. Serological and virus isolation tests were conduced at the regional reference laboratory. Our objective was to report dengue circulating serotypes from 1994 to 2003 and the role of distinct serotypes on dengue clinical outcomes in Central Brazil and to characterize serotypes and genotypes by reverse transcriptase PCR (RT-PCR) and by restricted site-specific PCR (RSS-PCR) patterns in selected samples. Laboratory surveillance identified mainly DEN-1 serotype from 1994 to 2002 shifting to a high circulation of DEN-3 in 2003. The adults (87...

Perfil clínico-epidemiológico da dengue em menores de 15 anos de idade, no município de Goiânia Goiás.; Clinical and epidemiological profile of dengue fever in children under 15 years old, in Goiânia Goiás

ROCHA, Benigno Alberto Moraes
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Medicina Tropical; Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Medicina Tropical; Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
In Brazil, dengue is present in almost all states and territories, with a circulation of three different serotypes (DEN 1, DEN 2 and DEN 3), resulting in about 500 000 cases reported in 2007 (PAHO 2008; MS / SVS 2008a). This dissertation consists of a literature review, with emphasis on the epidemiology of dengue in Brazil and two articles that are designed to analyze the clinical and epidemiological characteristics of this condition, focusing on children under 15 years old, in Goiânia. The first article provides a profile analysis 59. 157 reported cases of dengue (SINAN), in Goiania, from 2001 to 2006. It also presents a reliability evaluation of the clinical classification of dengue, as recorded in the SINAN, compared with a revised classification proposed by the authors. There was an increase of dengue fever with complications or Dengue hemorrhagic fever in all age groups (p <0.05), children showed more hemorrhagic manifestations, however, no difference in the proportion of severe cases among adults and children. The results showed a low capacity of the surveillance system for classifying cases potentially serious in children under 15 years old (Kappa = 0.22; 95% CI 0.20 to 0.24). The second article examines 162 children under 15 years with acute febrile illness suggestive of dengue fever...

Prevalência de infecção pelos vírus dengue em parturientes e neonatos, Goiânia-Goiás, 2009-2010; Prevalence and incidence of dengue vírus infection in pregnant and neonates, Goiânia-Goiás, 2009-2010

Argolo, Angela Ferreira Lopes de Teive e
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Publica (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Publica (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
The research about the epidemiology and the pathogeneses of dengue virus during the gestational period is essential to the understanding of clinical dengue severity among women and their offspring. It has been postulated that children born from women with antidengue antibodies may develop severe dengue during the first viral dengue exposure. The objectives were (a) to determine the prevalence and incidence of dengue infection in pregnant women and their neonates in two public hospitals in the city of Goiania, Goias State, Central Brazil, (b) to assess the percent of newborns with maternal IgG and DENV vertical transmission, (c) to evaluate the association of maternal recent dengue infection (IgM) with the characteristics of the delivery and neonates. A cross sectional study was conducted to assess recent (IgM) and previous (IgG) markers of dengue infection among pregnant women and newborns. The survey was conducted in two public hospitals in the city of Goiania (~1.2 million inhabitants), Central Brazil, from December 2009 to May 2010. We recruited women after giving birth. Women were interviewed to collect data about previous dengue infection, symptoms of dengue during gestational period, pregnancy period, delivery mode and outcomes pregnancy. Blood samples were collected from women and neonates (umbilical cord). Previous infection was defined by the positivity to IgG serology (PAN BIO) and recent infection by IgM (PAN BIO). The detection of NS1Ag and viral nucleic acid (RT-PCR) were performed in the subsample of participants who reported specific symptoms of dengue fever ten days previous to the delivery time. Prevalence and incidence estimates were calculated with 95% Confidence Intervals (95% CI). The agreement between the positive and negative serological results of the pair of women and their concepts was calculated (Kappa Index). Positive and Negative Predictive values between the history of previous dengue and the results of serological markers were calculated. A case-control analysis was performed to assess risk factors among IgM positive women (cases) and the outcomes of pregnancy compared to the seronegative women (controls). Analysis was performed using SPSS 17.0 e o Epi Info 6.04. The investigation was approved by the regional Ethical Committee and all participants signed informed consent according to the Brazilian regulation. A total of 505 women and 505 neonates were investigated. The mean age of women was 25.8 (SD = 6.4)...

Geografia e epidemiologia da dengue na cidade de Uberlândia, MG (2003-2010): uma abordagem holística

Santos, Almerinda dos
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
A dengue é a doença viral, transmitida por mosquitos, mais comum entre os seres humanos. Nos últimos anos, tornou-se um importante problema de saúde pública mundial. A distribuição geográfica dos vetores e dos vírus levou ao ressurgimento global da epidemia e ao surgimento da dengue hemorrágica, que vem afetando, principalmente, a população adulta. Desde 1993, anualmente ocorrem surtos epidêmicos de dengue em Uberlândia, MG. As intervenções no espaço urbano, causadas pelo acelerado crescimento do município nos últimos anos, intensificaram as pressões ao meio natural, potencializando os efeitos negativos dos determinantes e condicionantes da cadeia epidemiológica da dengue. O presente estudo objetivou: analisar a distribuição da dengue no tempo e no espaço, na área urbana de Uberlândia, MG, estabelecendo comparações, identificando os possíveis fatores físico/químicos, biológicos e socioambientais que envolvem a doença e sua dinâmica; analisar a possível associação dos índices de infecção e de infestação com variáveis ambientais selecionadas, incluindo: temperatura, umidade relativa do ar, precipitação pluviométrica, densidade populacional, densidade domiciliar, assim como o nível de conhecimento e participação da comunidade do Bairro Martins nas ações de controle do dengue. O quadro epidemiológico da dengue foi estabelecido por meio da incidência da doença e da infestação por Aedes aegypti...

A dengue :um (novo) problema de saúde pública em Portugal e na Europa

Domingues, Ana Luísa Costa
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
A dengue é uma infeção viral transmitida por mosquitos, causada por quatro diferentes serotipos do vírus da dengue (DENV), que nas últimas décadas se transformou num grande problema de saúde pública a nível global, sendo que nem vacina nem tratamento específico estão disponíveis. Pensa-se que o número de infeções anuais possa chegar aos 390 milhões por ano, causando 500 mil casos de dengue severa e mais de 20 mil mortes. Pensa-se que o número de infeções anuais possa chegar aos 390 milhões por ano, causando 500 mil casos de dengue severa e mais de 20 mil mortes. O vetor primário do DENV é o mosquito Aedes aegypti, enquanto o Aedes albopictus é o vetor secundário. Segundo a nova classificação da OMS, a dengue divide-se em dengue, com ou sem sinais de alarme, e dengue severa. A ocorrência de dengue severa foi fortemente associada a infeções secundárias com serotipo diferente da primeira infeção, podendo isto ser explicada pela teoria de potenciação dependente de anticorpos e, mais recentemente, pelo papel das células T. Será a produção de citocinas as principais causadoras do vazamento plasmático observado, mas os eventos ao nível do sistema imune decorrentes de uma infeção pelo DENV são complexos e de conhecimento limitado. O ECDC é a entidade central que ajuda a orientar os países europeus ao nível da vigilância de vetores...

Rich dynamics in multi-strain models:non-linear dynamics and deterministic chaos in dengue fever epidemiology

Santos, Maíra Aguiar Freire dos, 1980-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
37.2%
Tese de doutoramento (co-tutela), Biology (Population Biology), Vrije Uiversity Amesterdam, Universidade de Lisboa, 2012; Throughout human history, infectious diseases have caused debilitation and pre- mature death to large portions of the human population, leading to serious social- economic concerns. Many factors have contributed to the persistence and increa- se in the occurrence of infectious disease (such as demographic factors, political, social and economic changes, environmental change, public health care and infra- structure, microbial adaptation, etc.). According to the World Health Organiza- tion (WHO), are the second leading cause of death globally after cardiovascular diseases (WHO, 2010). In recent years, mathematical modeling became an im- portant tool for the understanding of infectious disease epidemiology and has led to great advances in conceiving disease control strategies, including vaccination programs. One of the most important infectious diseases is dengue, a major international public health concern with more than 55% of world population at risk of acquiring the infection. Dengue is a viral mosquito-borne infection, a leading cause of illness and death in the tropics and subtropics. Dengue fever is caused by four antigenically distinct viruses...

As representações sociais dos agentes de controle de zoonoses sobre a dengue em Uberlândia, MG; Representations of agents of zoonosis control on dengue fever in Uberlândia, MG

Corrêa, Lourdes Maria Campos
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
A dengue é uma doença infecciosa viral cujo principal vetor é o Aedes aegypti. Um ambiente favorável ao vetor, junto a estratégias ineficientes para reduzir a sua proliferação, permitiram ao vírus da dengue o estabelecimento e expansão de sua circulação, aumentando os índices da doença principalmente nos centros urbanos. O objetivo da presente pesquisa foi identificar as Representações Sociais sobre a dengue dos Agentes de Controle de Zoonoses de Uberlândia – MG. Esta pesquisa se inseriu em uma abordagem qualitativa dentro da modalidade das Representações Sociais. Essas são entendidas como teorias e modos de pensamento, sobre um dado fenômeno, que são estruturadas coletivamente, porém, partem de múltiplas interpretações a partir das individualidades dos sujeitos. Entre os dias 5 e 22 de outubro de 2010, foram feitas entrevistas semiestruturas com 20 agentes de zoonoses do Centro de Controle de Zoonoses de Uberlândia atuantes no controle da dengue. As entrevistas foram gravadas e, posteriormente, transcritas para análise. O Termo de Consentimento Livre e Esclarecido foi aplicado aos agentes antes da realização das entrevistas e a pesquisa foi submetida ao Comitê de ética em Pesquisa da Universidade Federal de Uberlândia. Os agentes exibiram representações próximas aos conhecimentos científicos...

Avaliação do Conhecimento de segmentos sociais quanto a dengue e pediculose capitis e de uma intervenção educativa na prevenção da dengue

Rejane Cristina Brassolatti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
Atualmente o crescente número de epidemias de dengue em vários países do mundo tem obrigado muitos especialistas a reavaliar as formas básicas de controle do principal vetor dessa doença, o Aedes aegypti. A educação que visa a participação da comunidade na eliminação de criadouros dos vetores da dengue tem sido defendida como a melhor, senão única proposta que possa resultar num efetivo controle dessa doença nos países em desenvolvimento. Embora tenham se tomado muito comum esforços dispendiosos com as informações educativas através dos veículos de comunicação, a experiência têm mostrado que isso não resulta em ações efetivas e conseqüente redução da prevalência da dengue. E ainda, pouco ou quase nada se tem feito no sentido de avaliar o resultado entomológico dessas intervenções, o que poderia contribuir muito para a sua adequação. O presente trabalho visou avaliar em um primeiro momento o conhecimento da dengue para vários segmentos sociais bem como quanto a dengue e a pediculose capitis, para professores e alunos do ensino fundamental de Campinas. Avaliou-se a adequação desses conhecimentos e a disposição em reformulá-los, bem como a existência e adequação de claros objetivos entomológicos que levariam à redução do risco de dengue. Usou-se um método de abordagem qualitativa baseado em questionários...

Caracterización espacial, sociodemográfica y de la mortalidad de los casos de dengue reportados en Ibagué - Colombia, 2013

Montiel Zambrano, Jetzika y Sánchez; Sánchez, Oscar Fernando
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2015; Facultad de Ciencias de la Salud, Programa Especialización en Epidemiología. Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2015; Facultad de Ciencias de la Salud, Programa Especialización en Epidemiología.
Tipo: Trabajo de grado - Especialización; Text; info:eu-repo/semantics/workingPaper; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.14%
117 Páginas; Recurso Electrónico; Durante el año 2013, se presentó en el área urbana del Municipio de Ibagué, una epidemia de Dengue con 5.495 casos del dengue (probables y confirmados); con una tasa de incidencia de 1.106 x 100.000 habitantes, con mayor reporte de casos con signos de alarma 3.510 que representó el 63.9% del total, seguido de los casos sin signos de alarma en total 1.751 casos (31.9%), por último los casos de dengue grave fueron 234 (4.2%), la letalidad por dengue grave alcanzó el 5.13%. Se hace preciso analizar las condiciones sociodemográficas y caracterizar el comportamiento del dengue, en la ciudad de Ibagué y sus comunas, durante el año 2013, para identificar los patrones de transmisión. El presente estudio se realizó con el objeto de caracterizar la distribución espacial, sociodemográfica y mortalidad de los casos de dengue reportados según comuna, para el municipio de Ibagué en el año 2013, con el fin de proponer, orientar y facilitar la toma de decisiones en la Secretaría de Salud Municipal. Estudio descriptivo retrospectivo, basado en fuentes secundarias, provenientes de los casos de dengue reportados por el SIVIGILA, para el municipio de Ibagué, área urbana, en el año 2013, la información fue aportada por la Secretaria de Salud Municipal...

Análise espacial da dengue e o contexto socioeconômico no município do Rio de Janeiro, RJ; Análisis espacial del dengue y el contexto socioeconómico en el municipio de Rio de Janeiro, Sureste de Brasil; Spatial analysis of dengue and the socioeconomic context of the city of Rio de Janeiro (Southeastern Brazil)

Almeida, Andréa Sobral de; Medronho, Roberto de Andrade; Valencia, Luís Iván Ortiz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/08/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.14%
OBJETIVO: Analisar a epidemia de dengue em relação ao contexto socioeconômico segundo áreas geográficas. MÉTODOS: Foi realizado estudo ecológico no município do Rio de Janeiro (RJ), em áreas delimitadas como bairros, a partir de informações de casos de dengue notificados em residentes no município. Foi calculada a taxa de incidência média de dengue entre as semanas epidemiológicas: 48ª de 2001 a 20ª de 2002. A ocorrência de dengue foi correlacionada com variáveis socioeconômicas utilizando-se o coeficiente de correlação de Pearson. Utilizou-se o Índice de Moran global e local para avaliar a autocorrelação espacial da dengue e das variáveis correlacionadas significativamente com a doença. O modelo de regressão linear múltipla e o modelo espacial condicional auto-regressivo foram usados para analisar a relação entre dengue e contexto socioeconômico. RESULTADOS: Os bairros da zona oeste do município apresentaram elevadas taxas de incidência média de dengue. Apresentaram correlação significativa as variáveis: percentual de domicílios ligados à rede sanitária geral, domicílios com lavadora de roupas e densidade populacional por área urbana. O índice de autocorrelação espacial Moran revelou dependência espacial entre a dengue e variáveis selecionadas. Os modelos utilizados apontaram o percentual de domicílios ligados à rede sanitária geral como única variável associada significativamente à doença. Os resíduos de ambos os modelos revelaram autocorrelação espacial significativa...

Vírus dengue em larvas de Aedes aegypti e sua dinâmica de infestação, Roraima, Brasil; Virus dengue en larvas de Aedes aegypti y su dinámica de infestación, Roraima, Brasil; Dengue virus in Aedes aegypti larvae and infestation dynamics in Roraima, Brazil

Zeidler, Julianna Dias; Acosta, Pablo Oscar Amézaga; Barrêto, Priscila Pereira; Cordeiro, Joel da Silva
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.14%
OBJETIVO: Identificar a presença do vírus dengue em formas larvais de Aedes aegypti e relacionar a presença do vetor com índice pluviométrico e número de casos de dengue. MÉTODOS: Dezoito domicílios foram selecionados aleatoriamente para coleta de ovos em um bairro da cidade de Boa Vista (RR). Foram instaladas duas ovitrampas por domicílio e removidas após uma semana, mensalmente, de novembro de 2006 a maio de 2007. Foram calculados o índice de positividade de ovitrampa e o índice de densidade dos ovos. Após eclosão de 1.422 ovos coletados, foram formados 44 pools de no máximo 30 larvas para teste de presença do vírus dengue por meio de RT-PCR e hemi-nested PCR. O índice de incidência de dengue no período foi correlacionado com a precipitação pluvial. A associação entre essas variáveis e número de ovos coletados foi analisada pelo coeficiente de Pearson. RESULTADOS: Nenhum dos pools apresentou positividade para o vírus dengue, apesar do bairro ter apresentado elevados índices de incidência de dengue no período estudado. A densidade da população de Ae. aegypti aumentou conforme a pluviosidade, mas não apresentou correlação com índices de incidência de casos de dengue. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que a transmissão transovariana do vírus em mosquitos ocorre a uma freqüência muito baixa e por isso sua persistência em meio urbano pode não depender desse fenômeno. A população do mosquito aumentou no período de chuvas devido à formação de criadouros; a não-correlação com o índice de incidência de dengue deve-se à possibilidade desse dado ser subestimado em períodos de epidemia.; OBJETIVO: Identificar la presencia del virus dengue en forma larvales de Aedes aegypti y relacionar la presencia del vector con índice pluviométrico y número de casos de dengue en el período estudiado. MÉTODOS: Dieciocho domicilios fueron seleccionados al azar para colectar huevos en una urbanización de la ciudad de Boa Vista (Norte de Brasil). Se instalaron dos ovitrampas por domicilio...

Evaluation of dengue fever reports during an epidemic, Colombia; Evaluation of dengue fever reports during an epidemic, Colombia; Evaluación de la notificación del dengue durante una epidemia, Colombia

Romero-Vega, Liliana; Pacheco, Oscar; la Hoz-Restrepo, Fernando de; Díaz-Quijano, Fredi Alexander
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2014 ENG; SPA
Relevância na Pesquisa
37.15%
OBJECTIVE To assess the validity of dengue fever reports and how they relate to the definition of case and severity. METHODS Diagnostic test assessment was conducted using cross-sectional sampling from a universe of 13,873 patients treated during the fifth epidemiological period in health institutions from 11 Colombian departments in 2013. The test under analyses was the reporting to the National Public Health Surveillance System, and the reference standard was the review of histories identified by active institutional search. We reviewed all histories of patients diagnosed with dengue fever, as well as a random sample of patients with febrile syndromes. The specificity and sensitivity of reports were estimated for this purpose, considering the inverse of the probability of being selected for weighting. The concordance between reporting and the findings of the active institutional search was calculated using Kappa statistics. RESULTS We included 4,359 febrile patients, and 31.7% were classified as compatible with dengue fever (17 with severe dengue fever; 461 with dengue fever and warning signs; 904 with dengue fever and no warning signs). The global sensitivity of reports was 13.2% (95%CI 10.9;15.4) and specificity was 98.4% (95%CI 97.9;98.9). Sensitivity varied according to severity: 12.1% (95%CI 9.3;14.8) for patients presenting dengue fever with no warning signs; 14.5% (95%CI 10.6;18.4) for those presenting dengue fever with warning signs...