Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Estudo e validação de um método de quantificação de elementos em vinho

Alves, André de Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.73%
O vinho é uma das bebidas mais consumidas em todo o Mundo. Como tal há uma grande preocupação em conhecer e melhorar as suas características, mas para atingir esse objectivo é necessário perceber quais os factores que afectam as propriedades do vinho. Esta dissertação apresenta a validação de um método de análise multi-elementar, para vinhos de mesa (conteúdo em etanol entre 9 e 15% v/v), usando um ICP-MS (Espectrometria de Massa Acoplada a Plasma Indutivo). Validaram-se os seguintes elementos: lítio, berílio, boro, sódio, magnésio, alumínio, fósforo, potássio, cálcio, manganês, ferro, cobalto, níquel, cobre, zinco, arsénio, selénio, rubídio, estrôncio, molibdénio, cádmio, bário, chumbo e urânio. Validou-se também por ICP-AES (Espectrometria de Emissão Atómica por Plasma Acoplado Indutivamente), para efeitos de comparação com o ICP-MS, um método de análise para lítio, boro, sódio, magnésio, alumínio, fósforo, potássio, cálcio, manganês, ferro, níquel, cobre, zinco, rubídio, estrôncio e molibdénio em vinhos de mesa. Analisaram-se vinte elementos, após validação, em vinhos brancos e tintos, num total de 85 amostras, provenientes de quatro regiões de Denominação de Origem Controlada de Portugal: Alentejo...

Estudo comparativo das castas tintas nobres do Dão: Touriga Nacional, Jaen, Tinta Roriz e Alfrocheiro

Borges, Pedro Manuel Marques; Lima, Maria João, orient.; Lemos, Edite Teixeira de, orient.; Silva, Carlos Costa e, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior Agrária Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior Agrária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.85%
Dissertação de Mestrado em Qualidade e Tecnologia Alimentar; Os vinhos DOC (Denominação de Origem Controlada)Dão, são reconhecidos pelos consumidores e pela crítica, como vinhos de excelência, fruto da sua tipicidade e qualidade invulgares. Sendo as castas nobres do Dão a Touriga Nacional, o Jaen, a Tinta Roriz e o Alfrocheiro considerámos pertinente o estudo das características sensoriais e físico-químicas de vinhos monocasta produzidos a partir das referidas castas da Região Demarcada do Dão (RDD). Para prossecução desse objectivo dividiu-se o presente trabalho em duas partes distintas. Numa primeira parte foi realizado um levantamento dos dados documentados existentes referentes à região, nomeadamente sobre os vestígios históricos da produção de vinho na RDD; referindo-se ainda em detalhe a criação da Região Demarcada do Dão (origens, regulamentação, demarcação), é feita de igual modo uma caracterização do seu património vitícola, a evolução, regulamentação e caracterização das castas aptas à produção de 'Dão Nobre', bem como os principais estudos encontrados sobre a caracterização dos vinhos produzidos na Região Demarcada do Dão entre 1953 a 2012. A segunda parte da dissertação é constituída pelo trabalho experimental...

Consumers behavior of Portuguese wine

Martinho, Vitor Joao Pereira Domingues
Fonte: Universidade Cornell Publicador: Universidade Cornell
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 28/12/2012
Relevância na Pesquisa
26.73%
There are few papers about the consumption pattern of the Portuguese wine, using econometrics techniques. This work, pretend to analyze the consumers behavior of the wine produced in Portugal, determining the demand equation with panel data methods. There were used statistical data available in the Alentejo Regional Winegrowing Commission (CVRA) website. These data were obtained from a study about the market analysis, made, in 2009, by the A.C. Nielsen. The data are disaggregated by region and type of wine (Doc Verde+Regional Minho, Doc Regiao do Douro+Regional Terras Durienses, Doc Regiao da Bairrada+Regional Beiras, Doc Regiao do Dao+Regional Beiras, Doc da Regiao de Lisboa+Regional de Lisboa, Doc da Regiao do Tejo+Regional do Tejo, Doc da Regiao de Setubal+Regional Terras do Sado, Doc Alentejo+Regional Alentejano e Doc da Regiao do Algarve+Regional do Algarve), year (2008 and 2009) and by form of consumption (take home, direct consumption and discount). This work found some linear regularity in the consumers behavior of the Portuguese wine.