Página 1 dos resultados de 1069 itens digitais encontrados em 0.062 segundos

Associação entre polimorfismos genéticos e parâmetros da curva de crescimento em bovinos de corte.; Association between genetic polymorphisms and growth curve parameters in beef cattle.

Paz, Claudia Cristina Paro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
96.16%
Foram analisadas informações provenientes de um experimento de avaliação de sistemas cruzamento entre raças bovinas de corte, executado na Embrapa Pecuária Sudeste, com o objetivo de avaliar o efeito dos polimorfismos genéticos da kappa-caseína-HinfI (CSN3): AA e AB, do hormônio do crescimento-AluI (GH): LL e LV e da b-lactoglobulina-HaeIII (LGB): AA, AB e BB sobre a curva de crescimento de bovinos de três grupos genéticos, ½Nelore+½Canchim (NC), ½Nelore+½Aberdeen-Angus (NA) e ½Nelore+½Simental (NS), nascidos nos anos de 1998 e 1999. Os pesos foram medidos ao nascimento, ao desmame e mensalmente dos 8 aos 19 meses de idade. As análises foram realizadas por meio de duas abordagens. Na primeira, as estimativas dos parâmetros A (valor assintótico), k (taxa de maturação) e m (ponto de inflexão) obtidas do modelo Logístico, ajustado para descrever o crescimento de cada animal, foram analisados usando um modelo linear, que incluiu além do efeito do genótipo, o qual foi formado pela concatenação dos polimorfismos genéticos de CSN3, GH e LGB (G1=AALLAA, G2=AALLAB, G3=AALLBB, G4=AALVAB, G5=AALVBB, G6=ABLLAA, G7=ABLLAB, G8=ABLLBB, G9=ABLVAA, G10=ABLVAB e G11=ABLVBB), o ano de nascimento, o sexo e o manejo alimentar. Para os animais do grupo genético NC...

Mycoplasma genitalium: curva de crescimento e interação com células humanas de cérvix (HeLa) e endometriais (EM42).; Mycoplasma genitalium: growth curve and interaction with HeLa cervical epithelioid cells and EM42 endometrial cells.

Ueno, Priscilla Megumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
106.05%
Mycoplasma (M.) genitalium é um importante agente de doença sexualmente transmissível sendo, responsável por uma série de desordens do trato urogenital humano. A aderência do micoplasma é um dos principais fatores de virulência na sua patogenicidade e conseqüente colonização nas células hospedeiras. Neste estudo, obte-se a curva de crescimento de duas cepas de M. genitalium (G37 e 1019V) utilizando-se da dosagem proteíca (BCA), densidade óptica (OD600) e PCR em tempo real. A cepa referencial G37 é de alta passagem e foi isolada de homens e a 1019V é de baixa passagem, sendo recentemente isolada de amostra clínica de cérvix humana. Utilizando-se da fase logarítimica obtida pela curva, comparou-se a dinâmica de interação destas cepas na célula epitelial de carcinoma de cérvix humana (HeLa) e na célula endometrial humana (EM42), em diferentes intervalos de tempo com auxílio de microscopia confocal. Apesar destas cepas divergirem na seqüência dos genes relacionados a aderência houve poucas variações entre as curvas de crescimento. A aderência e a invasão de M. genitalium nas células não fagocíticas confirmou os dados de literatura. Entretanto, após 30 minutos de contato com as células, detectou-se o antígeno de aderência de ambas as cepas na região intranuclear Este achado...

Recessão e desempenho das firmas : uma abordagem multinível de curva de crescimento

Goldszmidt, Rafael Guilherme Burstein
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.05%
Este trabalho teve como objetivo estudar o comportamento do desempenho das firmas durante um período de contração da atividade econômica. Mais especificamente, abordou-se a recessão norte-americana de 2001. A amostra de empresas analisada, proveniente da Compustat, incluía observações anuais entre 1998 e 2004 de 510 firmas atuantes em 55 diferentes indústrias de manufatura. O desempenho foi operacionalizado por três indicadores de natureza contábil. Um modelo multinível de curva de crescimento permitiu a análise do impacto da crise sobre o desempenho das empresas. A decomposição da variabilidade do impacto da recessão sobre o desempenho indicou que o efeito firma é predominante, ou seja, a variação da performance na crise é determinada principalmente por características idiossincráticas das firmas e não por atributos dos setores em que estas atuam. No entanto, o efeito setor mostrou-se mais relevante durante a recessão do que em momentos de estabilidade econômica. Os achados relativos à correlação entre o impacto da crise e o desempenho anterior das empresas indicaram que a recessão não amplificou as diferenças de desempenho existentes entre as firmas antes da crise, mas alterou a posição relativa de suas performances. Esses resultados sugerem que características das firmas que oferecem vantagem competitiva em momentos de crescimento econômico não as tornam necessariamente menos sensíveis ao efeito de uma recessão. A folga organizacional disponível...

Growth curve of Balloniscus glaber Araujo & Zardo (Crustacea, Isopoda, Oniscidea) from Parque Estadual de Itapuã, Rio Grande do Sul, Brazil; Curva de crescimento de Balloniscus glaber Araujo & Zardo (Crustacea, Isopoda, Oniscidea) no Parque Estadual de Itapuã, Rio Grande do Sul, Brasil

Meinhardt, Helena; Quadros, Aline Ferreira de; Araujo, Paula Beatriz de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
106.13%
Esse estudo, baseado em dados de campo, esse estudo apresenta a curva de crescimento de Balloniscus glaber Araujo & Zardo, 1995, um isópodo terrestre encontrado no Parque Estadual de Itapuã (PEI), Rio Grande do Sul. Os espécimes foram coletados mensalmente, de maio de 2004 a abril de 2005, no PEI. Os indivíduos capturados foram sexados e tiveram o cefalotórax mensurado e a curva de crescimento descrita a partir do modelo de von Bertalanffy. As curvas de crescimento para machos e para fêmeas são descritas pelas equações: Lt = 2,256[1–e–0,00394(t+91,128)] e Lt = 2,588[1–e–0,00301(t+101)], respectivamente. As curvas apresentam crescimento diferencial entre machos e fêmeas, com fêmeas atingindo maior L mas com uma taxa de crescimento menor do que os machos. Com base na curva foi estimada a longevidade dos animais.; Based on field data, this study presents the growth curve of Balloniscus glaber Araujo & Zardo, 1995, a terrestrial isopod species found in Parque Estadual de Itapuã (PEI), Rio Grande do Sul, Brazil. Specimens were monthly sampled, from May 2004 to April 2005, at PEI. Captured individuals were sexed, their cephalothorax width was measured, and the growth curve was described according to von Bertalanffy’s model. Male and female growth curves are described by the equations: Wt = 2.256[1–e–0.00394(t+91.128)] and Wt = 2.588[1–e–0.00301(t+101)]...

Modelos matemáticos utilizados para descrever curvas de crescimento em aves aplicados ao melhoramento genético animal

Tholon, Patricia; Queiroz, Sandra Aidar de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2261-2269
POR
Relevância na Pesquisa
96.15%
A utilização de funções matemáticas para descrever o crescimento animal é antiga. Elas permitem resumir informações em alguns pontos estratégicos do desenvolvimento ponderal e descrever a evolução do peso em função da idade do animal. Também é possível comparar taxas de crescimento de diferentes indivíduos em estados fisiológicos equivalentes. Os modelos de curvas de crescimento mais utilizados na avicultura são os derivados da função Richards, pois apresentam parâmetros que possibilitam interpretação biológica e portanto podem fornecer subsídios para seleção de uma determinada forma da curva de crescimento em aves. Também pode-se utilizar polinômios segmentados para descrever as mudanças de tendência da curva de crescimento animal. Entretanto, existem importantes fatores de variação para os parâmetros das curvas, como a espécie, o sistema de criação, o sexo e suas interações. A adequação dos modelos pode ser verificada pelos valores do coeficiente de determinação (R2), do quadrado médio do resíduo (QM res), do erro de predição médio (EPm), da facilidade de convergência dos dados e pela possibilidade de interpretação biológica dos parâmetros. Estudos envolvendo modelagem e descrição da curva de crescimento e seus componentes são amplamente discutidos na literatura. Porém...

Inferência bayesiana aplicada à estimação de herdabilidades dos parâmetros da curva de crescimento de fêmeas da raça Nelore

Garnero, Analía del Valle; Marcondes, Cintia Righetti; Araújo, Ronyere Olegário de; Oliveira, Henrique Nunes de; Lôbo, Raysildo Barbosa
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 702-708
POR
Relevância na Pesquisa
106.12%
Objetivou-se estimar parâmetros genéticos, utilizando inferência Bayesiana, para as estimativas dos parâmetros individuais de peso à maturidade (Â) e taxa de crescimento, obtidos pela função de crescimento Brody. O arquivo estava constituído de 14.563 registros de pesos e idades referentes a 1.158 fêmeas da raça Nelore, participantes do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore. Para a análise das estimativas dos parâmetros da curva, via inferência bayesiana, foi proposto um modelo animal unicaráter, que incluiu como fixo o efeito de grupo contemporâneo (animais nascidos no mesmo estado, no mesmo trimestre do ano, mesmo ano e mesmo regime alimentar) e como aleatórios os efeitos genético direto e residual. Nessa análise, foram utilizados dois diferentes tamanhos para as cadeias geradas pelo algoritmo de amostragem de Gibbs, de 550 e 1.100 mil ciclos, com períodos de descarte amostral de 50 e 100 mil ciclos, respectivamente, e amostragens a cada 500 e 1.000 ciclos, respectivamente. As médias posteriores da variância genética aditiva e residual foram próximas, tanto para  quanto para a, mesmo quando implementados diferentes tamanhos para as cadeias geradas pelo algoritmo de amostragem de Gibbs. Os coeficientes de herdabilidade estimados para Â...

Curva de crescimento de novilhos Hereford: heterocedasticidade e resíduos autorregressivos

Mazzini,Ana Rita de Assumpção; Muniz,Joel Augusto; Silva,Fabyano Fonseca e; Aquino,Luiz Henrique de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
105.94%
O objetivo do presente trabalho foi ajustar os modelos de crescimento Brody, Gompertz, Logístico e Von Bertalanffy a dados de peso e idade de 152 novilhos Hereford através dos métodos dos quadrados mínimos ordinários (QMO), quadrados mínimos ponderados (QMP), quadrados mínimos ponderados generalizados com erros autorregressivos de primeira (QMPG-AR1) e segunda (QMPG-AR2) ordens. Utilizou-se o procedimento MODEL do software Statistical Analysis System (SAS) através das opções WEIGTH e %AR. Os modelos foram comparados pelos seguintes avaliadores de qualidade do ajuste: percentual de convergência, quadrado médio do resíduo, coeficiente de determinação ajustado e erro de predição médio. Os modelos Gompertz e von Bertalanffy ajustados pelos métodos QMP, QMP-AR(1) e QMP-AR(2) foram os indicados para descrever o crescimento de novilhos Hereford até os dois anos de idade.

Modelos matemáticos utilizados para descrever curvas de crescimento em aves aplicados ao melhoramento genético animal

Tholon,Patricia; Queiroz,Sandra Aidar de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.15%
A utilização de funções matemáticas para descrever o crescimento animal é antiga. Elas permitem resumir informações em alguns pontos estratégicos do desenvolvimento ponderal e descrever a evolução do peso em função da idade do animal. Também é possível comparar taxas de crescimento de diferentes indivíduos em estados fisiológicos equivalentes. Os modelos de curvas de crescimento mais utilizados na avicultura são os derivados da função Richards, pois apresentam parâmetros que possibilitam interpretação biológica e portanto podem fornecer subsídios para seleção de uma determinada forma da curva de crescimento em aves. Também pode-se utilizar polinômios segmentados para descrever as mudanças de tendência da curva de crescimento animal. Entretanto, existem importantes fatores de variação para os parâmetros das curvas, como a espécie, o sistema de criação, o sexo e suas interações. A adequação dos modelos pode ser verificada pelos valores do coeficiente de determinação (R2), do quadrado médio do resíduo (QM res), do erro de predição médio (EPm), da facilidade de convergência dos dados e pela possibilidade de interpretação biológica dos parâmetros. Estudos envolvendo modelagem e descrição da curva de crescimento e seus componentes são amplamente discutidos na literatura. Porém...

Inferência bayesiana aplicada à estimação de herdabilidades dos parâmetros da curva de crescimento de fêmeas da raça Nelore

Garnero,Analía del Valle; Marcondes,Cintia Righetti; Araújo,Ronyere Olegário de; Oliveira,Henrique Nunes de; Lôbo,Raysildo Barbosa
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
106.12%
Objetivou-se estimar parâmetros genéticos, utilizando inferência Bayesiana, para as estimativas dos parâmetros individuais de peso à maturidade (Â) e taxa de crescimento (), obtidos pela função de crescimento Brody. O arquivo estava constituído de 14.563 registros de pesos e idades referentes a 1.158 fêmeas da raça Nelore, participantes do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore. Para a análise das estimativas dos parâmetros da curva, via inferência bayesiana, foi proposto um modelo animal unicaráter, que incluiu como fixo o efeito de grupo contemporâneo (animais nascidos no mesmo estado, no mesmo trimestre do ano, mesmo ano e mesmo regime alimentar) e como aleatórios os efeitos genético direto e residual. Nessa análise, foram utilizados dois diferentes tamanhos para as cadeias geradas pelo algoritmo de amostragem de Gibbs, de 550 e 1.100 mil ciclos, com períodos de descarte amostral de 50 e 100 mil ciclos, respectivamente, e amostragens a cada 500 e 1.000 ciclos, respectivamente. As médias posteriores da variância genética aditiva e residual foram próximas, tanto para  quanto para a ...

Curvas de crescimento para codornas de corte

Drumond,Eduardo Silva Cordeiro; Gonçalves,Flaviana Miranda; Veloso,Rogério de Carvalho; Amaral,Jéssica Miranda; Balotin,Lucília Valadares; Pires,Aldrin Vieira; Moreira,Joerley
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
105.94%
Objetivou-se com este trabalho comparar modelos não lineares para descrever o crescimento de codornas de corte machos e fêmeas do nascimento ao 42° dia de idade. Foram utilizados 24.679 registros de peso corporal de codornas de corte da linha fêmea LF1, pertencente ao Programa de Melhoramento de Codornas da UFVJM, em Diamantina, MG. As codornas de três gerações sucessivas foram pesadas a cada sete dias (nascimento, 7, 14, 21, 35 e 42 dias de idade). Os modelos de Brody, von Bertalanffy, Richards, Logístico e Gompertz foram ajustados ao conjunto de dados observados. Os parâmetros dos modelos foram estimados, para machos e fêmeas separadamente, pelo algoritmo de Gauss Newton, utilizando-se o procedimento NLIN do SAS. Os critérios utilizados para escolha do modelo de melhor ajuste da curva de crescimento foram o coeficiente de determinação (R²), o desvio padrão assintótico (DPA), o desvio médio absoluto dos resíduos (DMA) e o índice assintótico (IA). Dos cinco modelos utilizados, apenas o modelo de Richards não apresentou convergência, tanto para machos como para fêmeas. O menor valor para o índice assintótico (IA) foi observado para o modelo de Gompertz em machos (26,57) e o Logístico para fêmeas (25,02), indicando serem estes os modelos que mais se ajustaram aos dados.

Estudo da curva de crescimento de ovinos Santa Inês

Sarmento,José Lindenberg Rocha; Regazzi,Adair José; Sousa,Wandrick Hauss de; Torres,Robledo de Almeida; Breda,Fernanda Cristina; Menezes,Gilberto Romeiro de Oliveira
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96.08%
Utilizaram-se 7.271 registros de pesos do nascimento aos 196 dias de idade de 952 crias de ovinos Santa Inês, controlados de 1983 a 2000, com os objetivos de verificar, entre os modelos Brody, Von Bertalanffy, Logístico, Gompertz e Richards, aquele que melhor descreve a curva média de crescimento e avaliar a influência de efeitos de ambiente sobre os parâmetros estimados. Os parâmetros foram estimados usando-se o procedimento NLIN do SAS. Para verificar se uma única curva seria adequada para descrever o crescimento de machos e fêmeas, nascidos de partos simples ou duplo, aplicou-se um teste de igualdade de parâmetros de modelos não-lineares. Os cinco modelos ajustaram bem os dados de crescimento, entretanto, maior variação dos resíduos foi verificada para os modelos Brody e Logístico. Com base nos desvios médios absolutos dos resíduos, constatou-se que o modelo Gompertz apresentou ajuste médio ligeiramente superior aos modelos Von Bertalanffy e Richards. Machos e fêmeas, nascidos de partos simples e duplo, apresentaram padrões de crescimento divergentes. Os efeitos de grupos contemporâneos, tipo de nascimento e sexo foram importantes fontes de variação para os parâmetros A e K. A correlação estimada entre os parâmetros A e K foi negativa. Melhorias no manejo alimentar devem ser incrementadas...

Determinação da curva de crescimento da Corynebacterium pseudotuberculosis.

SANTIAGO, L. B.; CHAPAVAL, L.; ALVES, F. S. F.; BRITO, I. F. de; SOUSA, F. G. C. de; PINHEIRO, R. R.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 46., 2009, Maringá. Inovação científica e tecnológica em zootecnia: anais dos resumos. Maringa: SBZ: UEM, 2009. 3 f.1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 46., 2009, Maringá. Inovação científica e tecnológica em zootecnia: anais dos resumos. Maringa: SBZ: UEM, 2009. 3 f.1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.07%
O campo voltado para a pesquisa relacionada à Linfadenite Caseosa ainda é bastante amplo objetivando alcançar o completo entendimento da enfermidade. Porém, a execução de alguns protocolos de pesquisa ligados à Corynebacterium pseudotuberculosis exige o conhecimento de informações relacionadas ao microrganismo em questão, que não encontram-se disponíveis na literatura, como a descrição de sua curva de crescimento. Objetivou-se, portanto, determinar a curva de crescimento da C. pseudotuberculosis inoculada em Caldo de Infusão de Cérebro e Coração adicionado de 0,1% de Tween 80 (BHI+T), ao longo de 48 horas de incubação a 37ºC. Cinco colônias isoladas do microrganismo foram inoculadas em um frasco contendo BHI+T. A cada quatro horas, 2 mL eram retirados para medição da massa celular em espectrofotômetro e 1 mL para realização das diluições seriadas, plaqueamento em Ágar Sangue e contagem de células viáveis. A partir daí, observou-se que, para a obtenção de uma concentração máxima de C. pseudotuberculosis, próxima a 1200 x 105 células viáveis por mL, deve-se manter o inóculo sob incubação adequada por um período de 28 a 40 horas. Além disso, observou-se que a densidade óptica do meio de cultura pode ser um método empregado para estimar a concentração de células viáveis de C. pseudotuberculosis em BHI+T...

Ajuste de modelos não lineares no estudo de associação entre polimorfismos genéticos e o crescimento em bovinos de corte.

PAZ, C. C. P. de; FREITAS, A. R.; PACKER, I. U.; TAMBASCO TALHARI, D.; REGITANO, L. C. de A.; ALENCAR, M. M. de
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 40., 2003, Santa Maria, RS. Anais... Santa Maria: SBZ, 2003. 4f.1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 40., 2003, Santa Maria, RS. Anais... Santa Maria: SBZ, 2003. 4f.1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.98%
Foram utilizados dados de peso ao nascimento, ao desmame e mensais dos 8 aos 19 meses de idade de 11 classes de genótipos formadas pela concatenação dos polimorfismos genéticos da kappa-caseína-HinfI (CSN3): AA e AB, do hormônio do crescimento-AluI (GH): LL e LV e da b-lactoglobulina-HaeIII (LGB): AA, AB e BB. As informações foram obtidas de animais de três grupos genéticos: ½Canchim-Nelore (CN), ½Angus-Nelore (AN) e ½Simental-Nelore (SN), nascidos em 1998 e 1999 e pertencentes à Embrapa Pecuária Sudeste, São Carlos, SP. Dos cinco modelos estudados: Brody, Von Bertalanffy, Richards, Gompertz e Logístico, o último apresentou melhor qualidade do ajuste. As estimativas dos parâmetros A (valor assintótico), k (taxa de maturação) e m (ponto de inflexão) obtidas do modelo Logístico, ajustado para descrever o crescimento de cada animal, foram analisadas pelo método dos quadrados mínimos, por meio de um modelo linear, que incluiu além da média geral, os efeitos de genótipo, ano de nascimento, sexo e manejo alimentar. Para os animais do grupo genético CN, os genótipos influenciaram significativamente as estimativas dos parâmetros A e k da curva de crescimento. O genótipo AALLBB apresentou valor inferior de A e superior de k em relação aos genótipos ABLLAB e ABLLBB. A aplicação da técnica de modelos não lineares em estudos de associação entre polimorfismos genéticos e o crescimento proporcionou uma análise detalhada do desenvolvimento dos animais de diferentes genótipos estudados.; 2003

Parâmetros genéticos de características estimadas da curva de crescimento de ovinos da raça Santa Inês.

LOBO, R. N. B.; VILLELA, L. C. V.; LOBO, A. M. B. O.; PASSOS, J. R. de S.; OLIVEIRA, A. A. de
Fonte: Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, MG, v. 35, n. 3, p. 1012-1019, supl., 2006. Publicador: Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, MG, v. 35, n. 3, p. 1012-1019, supl., 2006.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.11%
Resumo: Este trabalho foi realizado com os objetivos de estudar o ajuste das funções de Richards, Brody, Gompertz, Von Bertalanffy e Logística sobre a curva de crescimento de ovinos Santa Inês e estimar parâmetros genéticos para características calculadas a partir da função de melhor ajuste. Foram utilizadas apenas informações de fêmeas controladas entre os anos de 1993 e 2004, na Embrapa Tabuleiros Costeiros, e entre 1981 e 2004, na Embrapa Caprinos. Para o ajuste das curvas, as análises foram realizadas separadamente para cada rebanho, utilizando-se o procedimento NLIN do software Statistical Analysis System (SAS), por meio do método de GAUSS. Para determinar a função que melhor ajustava os dados, foram utilizados os critérios de coeficiente de determinação (R2), de quadrado médio residual (QMR) e o erro de predição médio (EM). No rebanho da Embrapa Tabuleiros Costeiros, todas as funções subestimaram os pesos, à exceção da curva de Richards. Diferentemente, todas as funções superestimaram o peso predito para o rebanho da Embrapa Caprinos. A curva de Richards foi a que promoveu melhor ajuste nos dois rebanhos. Os valores do peso adulto e da taxa de maturação estimados pela função de Richards foram de 54...

Modelos de regressão aleatória na avaliação genética do crescimento de ovinos da raça Santa Inês.

SARMENTO, J. L. R.; TORRES, R. de A.; LOBO, R. N. B.; ALBUQUERQUE, L. G. de; SOUSA, W. H. de; SOUSA, J. E. R. de
Fonte: Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, MG, v. 39, n. 8, p. 1723-1732, 2010. Publicador: Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, MG, v. 39, n. 8, p. 1723-1732, 2010.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.92%
Utilizaram-se 17.767 registros de peso de 4.210 cordeiros da raça Santa Inês com o objetivo de comparar modelos de regressão aleatória com diferentes estruturas para modelar a variância residual em estudos genéticos da curva de crescimento. Os efeitos fixos incluídos na análise foram: grupo contemporâneo e idade da ovelha no parto. As regressões fixas e aleatórias foram ajustadas por meio de polinômios de Legendre de ordens 4 e 3, respectivamente. A variância residual foi ajustada por meio de classes heterogêneas e por funções de variância empregando polinômios ordinários e de Legendre de ordens 2 a 8. O modelo considerando homogeneidade de variâncias residuais mostrou-se inadequado. De acordo com os critérios utilizados, a variância residual contendo sete classes heterogêneas proporcionou melhor ajuste, embora um mais parcimonioso, com cinco classes, pudesse ser utilizado sem perdas na qualidade de ajuste da variância nos dados. O ajuste de funções de variância com qualquer ordem foi melhor que o obtido por meio de classes. O polinômio ordinário de ordem 6 proporcionou melhor ajuste entre as estruturas testadas. A modelagem do resíduo interferiu nas estimativas de variâncias e parâmetros genéticos. Além da alteração da classificação dos reprodutores...

Avaliação da curva de crescimento de ovinos da raça Santa Inês.

LOBO, R. N. B.; VILLELA, L. C. V.; LOBO, A. M. B. O.; PASSOS, J. R. de S.; OLIVEIRA, A. A. de; ALMEIDA, S. A. de.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 42., 2005, Goiânia. A produção animal e o foco no agronegócio: anais. Goiânia: Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2005. 4 f. CD ROM. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 42., 2005, Goiânia. A produção animal e o foco no agronegócio: anais. Goiânia: Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2005. 4 f. CD ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.04%
Este trabalho objetivou estudar o ajuste das funçoes Richards, Gompertz, Van Bertalanffy, Brody e Logistica sabre a curva de crescimento de ovinos da raça Santa Ines. Foram utilizados 20.403 pares de peso-idade de 498 femeas provenientes do rebanho da Embrapa Tabuleiros Costeiros e 2.699 pares de peso-idade de 294 femeas provenientes do rebanho da Embrapa Caprinos. Foram realizadas pesagens entre os anos de 1993 e 2004, com o minimo de dez pesagens por animal, para o rebanho da Embrapa Tabuleiros Costeiros e entre 1981 e 2004, com o minimo de cinco pesagens par animal, para o rebanho da Embrapa Caprinos. As analises foram realizadas separadamente para cada rebanho, utilizando-se o procedimento NLIN do pacote estatistico Statistical Analysis System (SAS), por meio do metodo de GAUSS. Para determinar a funçao de melhor ajuste para os dados, foram utilizados os criterios de coeficiente de determinaçao (R2), quadrado medio residual (QMR) e o erro de prediçao medio (EM). No rebanho da Embrapa Tabuleiros Costeiros, todas as funçoes subestimaram os pesos, com exceçao da curva de Richards. Diferentemente, todas as equaçoes superestimaram o peso predito para o rebanho da Embrapa Caprinos. Richards foi a curva que promoveu melhor ajuste nos dois rebanhos. Os valores do peso adulto e da taxa de maturaçao...

Efeito materno sobre a curva de crescimento de ovinos Santa Inês por meio de modelos de regressão aleatória.

SAMENTO, J. L. R.; TORRES, R. de A.; SOUSA, W. H. de; LOBO, R. N. B.; SOUSA, J. E. R. de; CAVALCANTE NETO, A.; DO Ó, A. O.
Fonte: Comunicata Scientiae, v. 2, n. 2, p. 113-121, 2011. Publicador: Comunicata Scientiae, v. 2, n. 2, p. 113-121, 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.09%
Utilizaram-se 17.767 registros de pesos de 4.210 cordeiros da raça Santa Inês com o objetivo de avaliar a importância da inclusão do efeito materno nos modelos de estimação de componentes de (Co) variância e parâmetros genéticos resultantes para a curva de crescimento, por meio de modelos de regressão aleatória. As regressões fixas e aleatórias foram ajustadas por meio de polinômios de Legendre de ordem três, testando-se quatro modelos que diferiram quanto à inclusão dos efeitos genético aditivo materno e ambiente permanente materno. Observou-se considerável aumento no Log L e diminuição nos critérios AIC e BIC quando se adicionou o efeito materno (genético ou ambiente permanente), evidenciando sua importância. O efeito genético materno explicou maior proporção da variância fenotípica que o ambiente permanente materno ao longo da curva de crescimento. A variância genética aditiva direta estimada foi inflacionada pelo efeito materno, quando este não foi incluído no modelo de análise, refletindo o mesmo comportamento nas herdabilidades. O efeito de ambiente permanente materno contribuiu para a variância materna, como também, inflacionou variância genética materna, quando não foi considerado no modelo. Comportamento semelhantemente foi verificado com a herdabilidade materna. As correlações entre pesos nas diferentes idades estimadas pelos quatro modelos praticamente não diferiram em função da modelagem do efeito materno. O efeito materno deve ser considerado nos estudos genéticos da curva de crescimento da população em estudo. Maternal effect or growth curve of Santa Inês sheep by random regression models. Abstract - Data set of 17.767 weight records of 4.210 Santa Inês lambs were used aiming to evaluate the importance of the inclusion of the maternal effect in the model to estimate components of (Co) variance and resulting genetic parameters for the growth curve through random regression models. The fixed and random regressions were fitted using Legendre Polynomials of order three...

Curvas de crescimento para caprinos da raça Anglo-Nubiana criados na caatinga: rebanho de elite e comercial.

MALHADO, C. H. M.; CARNEIRO, P. L. S.; CRUZ, J. F. da; OLIVEIRA, D. F. de; AZEVEDO, D. M. M. R.; SARMENTO, J. L. R.
Fonte: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, Salvador, v. 9, n. 4, p. 662-671, out/dez. 2008. Publicador: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, Salvador, v. 9, n. 4, p. 662-671, out/dez. 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.99%
Os objetivos neste estudo foram analisar modelos não-lineares para descrever o crescimento em caprinos da raça Anglo-Nubiana na caatinga, oriundos de rebanho elite e comercial, e, após a definição do modelo de melhor ajuste, calcular a taxa de crescimento absoluto e avaliar a influência de fatores ambientais (rebanho, tipo de parto e sexo) sobre os parâmetros da curva de crescimento. O rebanho elite foi constituído por animas puros de origem (PO) criados em sistema semi-intensivo de manejo. O rebanho comercial foi formado por animais criados no sistema tradicional da caatinga. Os modelos não-lineares utilizados foram: Brody, Von Bertalanffy, Richards, Logístico e Gompertz. O modelo Von Bertalanffy apresentou o melhor ajuste. Os animais do rebanho comercial são mais precoces e de menor peso adulto em comparação aos PO submetidos à criação semi-extensiva. O tipo de rebanho e o sexo influenciaram significativamente (P<0,01) o peso assintótico (A). A taxa de crescimento (k) não foi influenciada (P>0,05) pelos efeitos analisados. As correlações estimadas entre os parâmetros A e k foram negativas e iguais a -0,76 e -0,61 para o rebanho elite e comercial, respectivamente, indicando que os animais mais precoces possuem menor probabilidade de atingirem pesos elevados à idade adulta.; 2008

Padr?o de crescimento, par?metros de desempenho e diverg?ncia gen?tica de gen?tipos de frangos tipo caipira; Growth pattern, performance parameters and genetic divergence of genotypes in Alternative strain of Broiler Chickens

Veloso, Rog?rio de Carvalho
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.01%
Objetivou-se com este trabalho comparar o padr?o de crescimento, avaliar o desempenho, as caracter?sticas de carca?a e, verificar a diverg?ncia gen?tica por meio de t?cnicas de an?lise multivariada de diferentes gen?tipos de aves tipo caipira. Foram utilizados 840 pintos de um dia, machos, distribu?dos em delineamento inteiramente casualizado, dos seguintes gen?tipos: Caboclo, Carij?, Colorpak, Gigante Negro, Pesad?o Vermelho, Pesco?o Pelado e Tricolor. Para a determina??o das curvas de crescimento do peso corporal das aves, os dados coletados foram avaliados a partir dos modelos n?o-lineares: Brody, Gompertz, Log?stico, Richards e von Bertalanffy. Foi empregado o ?proc nlin? do SAS, utilizando o m?todo interativo de Gauss-Newton. Os crit?rios utilizados para escolha do modelo de melhor ajuste da curva de crescimento foram o coeficiente de determina??o, o desvio padr?o assint?tico, o desvio m?dio absoluto dos res?duos e o ?ndice assint?tico. O estudo do crescimento relativo dos cortes foi realizado mediante o modelo da equa??o alom?trica de Huxley. As caracter?sticas de desempenho (convers?o alimentar, ganho em peso m?dio di?rio, consumo de ra??o m?dio di?rio) foram avaliadas em quatro per?odos: 1 a 28, 1 a 56, 1 a 70 e 1 a 84 dias de idade. As caracter?sticas de carca?a (peso e rendimento de carca?a...

CURVE OF GROWTH AND UPTAKE FOR THE GARLIC CROP UNDER FIELD CONDITIONS; CURVA DE CRESCIMENTO E MARCHA DE ABSORÇÃO DE NUTRIENTES PELA CULTURA DO ALHO SOB CONDIÇÕES DE CAMPO

ANDRIOLI, Fabrícia Flávia; UNESP; PRADO, Renato de Mello; UNESP; ANDRIOLI, Itamar; UNESP; SAES, Ligia Pecoriello
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
105.98%
The knowledge of the nutrients uptake for the garlic crop in field conditions is important for the adequate handling of the fertilization of the culture. Thus, the work was objectified to evaluate the curve of growth and the nutrients uptake for the of the garlic, cv. Roxo Pérola de Caçador, gotten way culture of meristema it exempts of virus. The experiment was arranged in a completely randomized design with three replications. Six collections of plants of garlic, cultivated in field conditions had been used, in the city of Pitangueiras-SP. In the collections, it was evaluated production of dry mass of root, leaf and bulbs of the plants and the accumulation of nutrients, to each 15 days, initiating to the 30 days up to 105 days after the plantation (DAP). The plantation after had a predominance in the accumulation of dry leaf mass during 75 days and after that in the end of the cycle the accumulation of dry mass of bulbs even predominated. The garlic crop after presented the maximum absorption of the nutrients in the period of 75 the 90 DAP, except the P, Ca and Zn that greater had after absorption this period. The nutricional requirement of the garlic crop, obeyed the following decreasing order: N, K, Ca, P, S, Mg, Fe...