Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

O tempo de trabalho em sua dimensão subjetiva

Lourenço, Mariane Lemos
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Instituto de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 199-215
POR
Relevância na Pesquisa
26.75%
Cet article expose les résultats d une recherche scientifique ayant d abord conçu la manière dont les coopératives de travail, géerées par une Économie Solidaire, pourraient se présenter comme un espace d expression de subjectivité du travailleur associé. À partir de la précision des objetifs, on y a poursuivi à la recherche d une coopéerative étant réglée d après les principes de l Économie Solidaire. Après avoir examiné de diverses coopératives, il a été conçu que CooperSol s est au fur et à mesure constituée un partenaire avantageux et s est également montrée grâce aux observations et témoignages étant un espace d expression de la subjectivité du travailleur coopéré concernant l autogestion, le temps de travail et la création d une culture solidaire. L aspect présenté dans cet article se rapporte au temps de travail qui, chez CooperSol, gagne dans sa dimension subjective, qualitative, en tenant compte de certains éléments oubliés, comme l aspect cyclique et hétérogène du temps, ou bien, le temps vécu, guidé par le rythme habituel de la vie, en comptant sur plusieurs dimensions du quotidien.; Este artigo expõe os resultados de uma pesquisa que procurou compreender o modo como as cooperativas de trabalho...

Um espaço dos Trópicos: a busca da sobrevivência

Vidal, J.W. Bautista
Fonte: Ciência & Trópico Publicador: Ciência & Trópico
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
16.26%
RESUMO Procura mostrar a pujança dos trópicos, especialmente nos campos da produção de alimentos e da energia renovável por meio da biomassa. Com o acirramento da crise energética mundial, prevista para os próximos dois anos, e a falta de alternativas para as regiões temperadas e frias do planeta, os trópicos passarão a ter valor estratégico acrescido, o que envolve revisão da conceituação política de território nestas regiões. Também enfatiza a natureza perversa do “modelo” do crescimento econômico adotado no Brasil desde a segunda metade da década dos 50, que desconsidera esses potenciais, ficando dependentes das soluções dos países centrais. Este “modelo” operacionaliza o neocolonialismo, mais esterilizante e dominador do que o mercantilismo colonial do século XIX. Com o predomínio dos países do bloco anglo-saxão desde o começo do século XVIII, perdeu a América Ibérica o controle da sua autonomia econômica; ao não conduzir o seu próprio destino dentro da base humanística que caracteriza a sua cultura, herdada dos países ibéricos, este continente passou a ser objeto dos interessas hegemônicos da Inglaterra primeiro e dos EUA, depois. A perda da sua identidade cultural, com forte componente espiritual...

Intermitências na cultura visual contemporânea : o postal ilustrado e a imagem recreativa; Intermittences dans la culture visuelle contemporaine : la carte postale illustrée et l’image récréative; Intermittences in the contemporary visual culture : the picture postcard and the recreative

Correia, Maria da Luz
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 22/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.45%
Tese doutoramento Ciências da Comunicação (área de especialização em Teoria da Cultura) Departamento de Ciências da Comunicação do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho 2013; Compreendendo a cultura visual contemporânea como resultante do jogo vivido entre as condições socioeconómicas, os avanços tecnológicos e as operações artísticas ao longo dos últimos dois séculos, perguntamo-nos: Quais as relações entre a imagem, a palavra e o real daí decorrentes? Quais as ligações entre os diferentes dispositivos do atual contexto mediático? Como caraterizar a interação entre as operações artísticas, o comércio social de imagens e os valores fundadores da instituição estética (arte/não arte, high/low, autor/espetador, original/cópia...)? Esta problemática encontra uma direção mais precisa na análise das imagens e dos usos do postal ilustrado ao longo das três primeiras décadas do séc. XX e dos anos 80, 90 e 2000 e ainda na recoleção das apropriações artísticas deste média, inseparável do advento da fotografia e da instalação de uma rede postal de comunicação mundial. Consideramos que, embora o arquivo científico em torno da iconografia coletiva se torne progressivamente extenso...

Educar (para) o pensar : desenvolvimento de competências reflexíveis em professores e alunos do 1º CEB : contributos da "Filosofia para Crianças"

Machado, Celeste Maria Marçal Vieira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
16.15%
O presente estudo inscreve-se na área científica da Formação de Professores, incidindo, particularmente, na compreensão do processo de desenvolvimento das competências reflexivas percebidas como factor de promoção do seu próprio desenvolvimento profissional e pessoal, do desenvolvimento da capacidade de pensar dos seus alunos, da revalorização dos processos curriculares de ensino-aprendizagem e de inovação dos contextos educacionais. Num contexto de complexidade, incerteza e mudança, importa repensar estratégias de formação de professores e de alunos para que possam constituir-se como fatores potenciadores do desenvolvimento da competência reflexiva. Estratégias que convocam, quer o professor, quer o aluno, para um tipo de questionamento de maior exigência reflexiva e consideradas potenciadoras do pensamento crítico, criativo e de cuidado com o outro, numa perspetiva educativa centrada no cuidar, que valoriza a dimensão humana, a atuação responsável, ética e solidária, em todos os planos da vida. Neste estudo propomo-nos retomar algumas das estratégias de formação já configuradas no movimento Filosofia para Crianças e que se constituíram como um programa de formação em contexto, no qual se procurou aprofundar e compreender as múltiplas dimensões e modos como interatuam os diferentes participantes da relação educativa em práticas curriculares reconfiguradas à luz dos pressupostos que sustentam este estudo. Do ponto de vista metodológico...

The process of socialization and solidarity; El proceso de socialización y la solidaridad; Le processus de socialisation et la solidarité; O processo de socialização e de solidariedade

Oliveira, Paulo de Salles
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.68%
We live in a distinctly individualistic and consumerist society, the repercussions of which interfere in the various forms in which sociability develops. Understanding them requires effort, but even more complex is the challenge to find ways of overcoming the impasses involved in these issues. Would it be possible to identify the deep-rooted relations of social coexistence based on solidarity and with the possibility of them spreading widely within society? The discussion starts with socialization based on the verticality of interactions, passing through interpretations where there is room for reciprocal influences between subjects, and ends with a rapprochement between socialization and solidary culture, seeking an alternate path. While still modest, it is real, as experienced by people who are at the same time so close to us and often so remote from our perception.; Vivimos en una sociedad acentuadamente individualista y consumista, lo cual repercute en las diversas formas a través de las cuales se desarrolla la sociabilidad. Entenderlas demanda esfuerzo, si bien es aún más complejo el desafío para encontrar formas de superar las situaciones sin salida relacionadas con tales cuestiones. ¿Sería posible identificar relaciones enraizadas y profundas de convivencia social...

El tiempo de trabajo en su dimensión subjetiva; Work time in its subjective dimension; Le temps du travail dans sa dimension subjective; O tempo de trabalho em sua dimensão subjetiva

Lourenço, Mariane Lemos
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.75%
This article presents the results of a research project aimed at understanding how a working cooperative, based on the tenets of Solidary Economy, could provide a space for expression of the subjectivity of the cooperative worker. Based on the definition of the objectives, it was sought a cooperative based on the principles of Solidary Economy. After scanning through various cooperatives, CooperSol constituted a valuable partner and observations and interviews revealed it like a space for the expression of cooperative worker subjectivity as regards self-management, work time and construction of a solidary culture. The aspect presented in this article relates to work time, which at CooperSol gained in its subjective and qualitative dimension, restoring forgotten elements, such as the cyclical and heterogeneous nature of time, i.e., the time spent guided by the rhythms of life, taking into consideration the various dimensions of everyday life; Este artículo busca exponer los resultados de una investigación que trató de comprender de qué modo las cooperativas de trabajo, pautadas por la economía solidaria, podrían presentarse como un espacio de expresión de la subjetividad del trabajador cooperado. A partir de la definición de los objetivos de la investigación...