Página 1 dos resultados de 75 itens digitais encontrados em 0.119 segundos

Avaliação da relação entre o estado nutricional e a alimentação em utentes internados em ULDM

Cunha, Daisy; Nunes, Ana; Pais, Diana; Fernandes, António; Ferro-Lebres, Vera
Fonte: Associação Portuguesas de Nutrição Entérica e Parentérica Publicador: Associação Portuguesas de Nutrição Entérica e Parentérica
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
85.86%
Os idosos constituem um grupo de risco de desnutrição, devido às mudanças consequentes do processo de envelhecimento. Instituições para internamento de longa duração (ULDM) são unidades que prestam apoio social e cuidados de saúde a indivíduos com doenças crónicas, com diferentes níveis de dependência. A alta incidência de desnutrição nos pacientes internados nas ULDM tem-se verificado devido à dificuldade que existe na determinação do estado nutricional. Objetivos: Verificar a relação entre o score do Mini Nutritional Assessment e a textura da dieta e o uso de suplementação nutricional. Material e Métodos: Foi realizado um estudo observacional analítico e transversal. A amostra deste estudo é constituída por 265 indivíduos internados em ULDM. No período de fevereiro a abril foram recolhidos os dados através de dois questionários, o Mini Nutritional Assessement da Nestlé Nutrition Institute e um segundo questionário, elaborado pelos autores. O segundo era destinado a avaliar parâmetros relativos à alimentação fornecida ao utente, bem como o tempo de internamento. Procedeu-se à análise estatística para verificar se existe relação entre as variáveis, recorrendo-se aos testes de Spearman...

Estudo da adequação da rede nacional de cuidados continuados integrados às necessidades da população – o conhecimento da realidade como instrumento de apoio à gestão

Gonçalves, Ana Isabel Rodrigues
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.99%
Constituindo o envelhecimento populacional uma realidade cada vez mais presente a nível mundial é essencial conhecer o tipo de cuidados de saúde adequados à população com 65 ou mais anos. É fundamental dar respostas apropriadas à população idosa que, naturalmente, adquire necessidades inerentes ao processo de envelhecimento e que exige, cada vez mais, respostas ajustadas e diversificadas. Em Portugal a tentativa de obter um modelo de cuidados de longa duração surgiu com a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI). Contudo, importa aferir se este tipo de cuidados realmente cumpre os objetivos para que foram criados e desenvolvidos e se estão adequados à estrutura da população portuguesa. Só com o total conhecimento desta realidade é possível melhorar e desenvolver cuidados de saúde adequados à população com 65 ou mais anos e/ou em situação de dependência. Face ao exposto, esta dissertação, tem como objetivo a análise da adequação da RNCCI às necessidades da população portuguesa, no período de 2007 a 2011 com o intuito de perceber se existe um adequado ajustamento e racionalização dos cuidados continuados. Para atingir o objetivo proposto, foram recolhidos, descritos e analisados dados estatísticos dispersos por diferentes fontes e relatórios técnicos e que caracterizam a oferta de cuidados de saúde. Em simultâneo...

O nível de stresse nos Enfermeiros dos Cuidados Continuados dos distritos de Bragança e Vila Real

Morais, Cristina Alexandra Sacras
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.06%
A enfermagem é uma profissão desgastante, já que implica interagir com a pessoa em situação de crise e de sofrimento. Devido à sobrecarga e ao stresse enfrentado, a qualidade deste relacionamento pode estar comprometida, interferindo na qualidade dos cuidados prestados. Esta investigação teve como objetivos conhecer as caraterísticas sóciodemográficas dos enfermeiros que exercem funções nas Unidades de Cuidados Continuados dos distritos de Bragança e Vila Real; verificar se os enfermeiros consideram as suas situações de vida como stressantes; analisar as relações existentes entre as variáveis sóciodemográficas dos enfermeiros e a sua perceção em relação a situações de vida stressantes; delinear estratégias/intervenções por forma a prevenir e/ou reduzir os níveis de stresse dos Enfermeiros que trabalham nas Unidades de Continuados dos distritos de Bragança e Vila Real. Trata-se de um estudo quantitativo, transversal e observacional. De um total de 166 enfermeiros a exercer funções nas Unidades de Cuidados Continuados dos distritos de Bragança e Vila Real, 131 responderam ao questionário. Para a recolha dos dados, que decorreu no período de março de 2011 a novembro 2012, aplicou-se a “Escala de Percepção de Stresse” de Pais-Ribeiro e Marques (2009). Do total dos inquiridos...

Risco de úlceras por pressão e dependência funcional numa unidade de cuidados continuados de longa duração e manutenção

Preto, Leonel; Barata, Marco Paulo Correia; Barata, Ana Cristina Neves Duarte Nunes; Martins, Paula
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Saúde Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Saúde
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
Os cuidados de longa duração e manutenção visam prevenir e retardar o agravamento de situações de dependência contribuindo para a manutenção da saúde e da qualidade de vida. Foi realizado um estudo descritivo, retrospetivo e de natureza quantitativa estudando a população de utentes internados numa Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração e Manutenção desde a sua abertura até a atualidade (N=135), com base em três objetivos principais: (1) determinar o perfil sociodemográfico e clínico dos utentes (2) avaliar os níveis de dependência no momento de admissão e alta (3) estratificar o risco de desenvolvimento de úlcera por pressão aquando do ingresso na unidade. Os dados foram recolhidos através de uma ficha previamente estruturada com base nas variáveis a incluir no estudo. Com base nos resultados, concluímos: os participantes na sua maioria têm idade superior a 79 anos, 54,1% são do sexo feminino, possuindo maioritariamente como patologia de base o Acidente Vascular Cerebral. A incidência de mortalidade foi de 28,2%. O valor de Braden na admissão foi, em média, 13,30 pontos, valor associado a risco de desenvolver UP. Encontraram-se 43,7% de utentes com risco elevado. Para o risco moderado obtivemos uma percentagem de 41...

Necessidades de cuidados do utente

Martins, Paula; Baptista, Gorete; Pimentel, Maria Helena
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Chaves Dr. José Timóteo Montalvão Machado, UTAD, Escola Superior de Enfermagem de Vila Real Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Chaves Dr. José Timóteo Montalvão Machado, UTAD, Escola Superior de Enfermagem de Vila Real
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
75.92%
As instituições de saúde devem ser vistas como respostas completas, multidisciplinares e multifacetadas. A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados integra o conceito de atenção integral ao doente/cuidador biopsicossocial, pelo que surge a expectativa da existência de objetivos atingíveis e mensuráveis, se na realidade o profissional integra a globalidade do ser hwnano mesmo quando os objetivos não atingidos são de áreas que não lhe dizem respeito, sem ignorá-lo e tomá-lo importante aos olhos de toda a equipa. Neste estudo, pretendemos identificar as necessidades de cuidados no utente, percecionadas pelo próprio, pelo profissional de enfermagem que o cuida e pelo seu cuidador informal, bem como encaixar o papel da comWlÍcação doente/profissional de saúde/cuidador na avaliação biopsicossocial do doente. Num estudo descritivo, simples de plano transversal, com uma vertente exploratória, foram aplicados 102 questionários, cada qual com 3 secções de preenchimento autónomo pelo utente, pelo profissional de saúde e pelo cuidador, nas Unidades de Cuidados Continuados de Longa Duração e Manutenção selecionadas. Verificou-se que as necessidades biológicas são as mais referidas pelos utentes e pelos enfermeiros...

A prevalência da violência contra idosos no contexto do envelhecimento populacional e dos cuidados continuados de saúde no Brasil com uma contribuição da experiência portuguesa

Sartor, Douglas Gava de Bona
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.93%
O envelhecimento populacional, do qual já sofre Portugal e tem projeção para ocorrer em três décadas no Brasil, necessita de um planejamento antecipado para se adequar às mudanças no atendimento à saúde. O presente trabalho teve por objetivo conhecer a prevalência da violência contra idosos da rede de cuidados continuados brasileira. Para isso, consistiu de investigação de campo em uma unidade de saúde brasileira, além de busca em bases de dados e documentos de acesso ao público brasileiro e português. A investigação no território brasileiro foi realizada através das fichas clínicas de utentes internados entre 2012 e 2013 no PAD do GHC. O estudo de campo encontrou o predomínio de suspeita de negligência ou abandono (25%) seguido por suspeita de violência física (15%). Houve ainda quatro casos (2,4%) definidos de negligência ou abandono. As mulheres foram as principais cuidadoras, responsáveis por 68% dos idosos. O principal motivo de internação foi o AVC e suas sequelas (23%), seguido pelas doenças respiratórias (20%) e pelas neoplasias (12%). Os dados governamentais ainda são insuficientes para conhecer a prevalência da violência contra os idosos e a literatura existente ainda não chegou a um consenso metodológico de investigação...

Qualidade de vida do doente após acidente vascular cerebral

Rua, Maria Augusta Gonçalves Alves
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
75.72%
Contextualização: Em Portugal, o AVC constitui a principal causa de incapacidade de longa duração e de diminuição da qualidade de vida. A reabilitação funcional do doente é um dos requisitos básicos no tratamento pós-AVC. Neste contexto, o objetivo do presente estudo pretendeu analisar o modo como determinadas variáveis de contexto sociodemográfico, familiar e clínico estão associadas à qualidade de vida destes doentes. Métodos: Realizou-se um estudo transversal, descritivo correlacional, de natureza quantitativa, no qual participaram 75 doentes, maioritariamente do sexo masculino (53,33%), com uma média de idades de 68 anos. Para a mensuração das variáveis utilizaram-se instrumentos de medida, de reconhecida fiabilidade, aferidos e validados para a população portuguesa: Escala de Apgar Familiar, Escala de Barthel e Questionário de avaliação da qualidade de vida (PSN). Foi também utilizada uma ficha sociodemográfica e clínica. Resultados: Analisando as dimensões da qualidade de vida constatamos que os doentes do sexo feminino apresentam scores superiores em todas as dimensões, existindo diferenças estatísticas significativas apenas para o Isolamento Social. Os participantes solteiros revelaram valores médios mais elevados...

Qualidade de vida e expectativas futuras : perspectiva de vida de tetraplégicos com suporte ventilatório de longa duração

Piedade, Ana Filipa dos Santos, 1980-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
126.04%
Tese de mestrado, Cuidados Paliativos, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2012; O presente estudo pretende mostrar a perspectiva individual de qualidade de vida e expectativas futuras de pessoas com grandes limitações físicas (tetraplegia) e necessidade de suporte ventilatório de longa duração. Foi utilizado o SEIQOL-DW como instrumento de colheita de dados sobre qualidade de vida sob a perspectiva individual do sujeito e a análise de conteúdo de entrevistas semi-estruturadas para melhor complementar os dados obtidos. Para tal, foram entrevistados os indivíduos residentes na Unidade de Cuidados Continuados a Doentes Ventilados Crónicos do Hospital de Curry Cabral. A necessidade de apoios constantes, quer mecânicos (ventilação mecânica de longa duração) quer humanos (cuidadores a tempo inteiro), leva os indivíduos a experienciarem uma diminuição da autonomia e sensação de perda de controlo da sua vida no geral. O choque, a revolta, a negação são fases relatadas no processo de adaptação à doença. A sensação de “fardo”, o sentimento de inutilidade, a perda da dignidade, de ser visto como ser de valor e importante, são entraves a essa adaptação e levam, por vezes, a referências ao desejo de antecipar a morte. A vida altera-se e os valores essenciais para a sua qualidade de vida passam a focar-se no conforto...

Avaliação do impacto da polimedicação nas verbas diárias de internamento nas unidades de longa duração e manutenção

Ferreira, Nelson Manuel de Lima
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.23%
Dissertação de Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde; A falência dos estados de providência obriga a que seja efectuada uma reflexão e análise cuidada de todo o campo da saúde para que a sua sustentabilidade seja possível. Em Portugal verifica-se, como em toda a Europa, um progressivo envelhecimento da população, consequência do aumento da esperança média de vida e da baixa natalidade. Considera-se haver polimedicação quando há uso desnecessário de pelo menos um medicamento ou presença de cinco ou mais fármacos em associação. O quadro conceptual que construímos para este estudo procurou articular o facto dos utentes cada vez mais imputarem custos crescentes ao SNS e esses custos poderem estar a colocar em causa a sustentabilidade da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados. Neste pressuposto, e tendo em conta que a Polimedicação tem vindo a constituir-se como um problema nas doenças crónicas devido ao aumento dos custos dos cuidados de saúde e que a sustentabilidade de uma Unidade de Longa Duração e Manutenção (RNCCI) tem vindo a ser posta em causa, definimos para este estudo de caso o seguinte problema: «Avaliação do Impacto da Polimedicação nas verbas diárias de internamento imputadas a uma Unidade de Longa Duração e Manutenção». Com este estudo de caso...

Saúde dos enfermeiros: contributos para a sua compreensão

Fronteira, Inês
Fonte: IHMT Publicador: IHMT
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
186.04%
INTRODUÇÃO Os profissionais dos cuidados de saúde são essenciais ao desempenho de excelência dos sistemas de saúde pelo que devem ser capazes de funcionar em plenitude. A saúde é um activo para esse pleno funcionamento. Os enfermeiros representam o grupo profissional mais numeroso dos profissionais dos cuidados de saúde. Como tal, têm um importante papel a desempenhar no sistema de saúde e na determinação da saúde da população. O desempenho dos enfermeiros, mas também as condições em que trabalham e o impacto destas na sua saúde, devem, assim, ser estudados. Tem sido sugerido que os enfermeiros têm um perfil de saúde diferente do da restante população, com problemas de saúde específicos. São vários os factores que influenciam a saúde: características e comportamentos dos indivíduos, ambiente económico e social e ambiente físico. A saúde é entedida como um activo para a vida social e laboral plena e eficiente. Compreende-se que mais do que o somatório das diferentes dimensões, a saúde é a interacção e simbiose entre saúde física e mental, auto-percepção do estado de saúde e qualidade de vida e bem estar. A saúde dos enfermeiros é determinada pelo sistema de saúde onde trabalham e...

Aconselhamento psicológico em contextos de saúde e doença – Intervenção privilegiada em psicologia da saúde

Trindade, Isabel; Consulta de Psicologia doCentro de Saúde da Parede; Carvalho Teixeira, José A.; ISPA-IU
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
75.82%
Tem havido reconhecimento crescente da importância dos processos psicológicos na experiência da saúde e da doença. Actualmente, o aconselhamento psicológico nos contextos da saúde e da doença relaciona-se com a mudança verificada na morbilidade: ênfase crescente na promoção da saúde e na prevenção da doença, aumento dos tratamentos de longa duração com maior ênfase no controlo do que na cura, e participação activado sujeito doente. Este artigo revê aspectos do aconselhamento psicológico em saúde: objectivos, algumas perspectivas teóricas, necessidade e utilidade do aconselhamento, aplicações nos cuidados de saúde primários e secundários, eficiência e formação.

Fatores de risco e medidas preventivas das infecções associadas a cateteres venosos centrais

Rosado,Viviane; Romanelli,Roberta M. de C.; Camargos,Paulo A. M.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
75.82%
OBJETIVO: Rever os fatores de risco para infecção associada a cateteres venosos centrais e as recomendações para a sua prevenção. FONTES DOS DADOS: Foram revisados artigos publicados sobre o tema no PubMed, Cochrane Collaboration e Bireme. Os seguintes critérios de inclusão foram levados em consideração: trabalhos publicados entre 2000 e 2010, delineamento do estudo, população pediátrica hospitalizada com utilização de cateteres venosos centrais e artigos sobre infecção associada a cateteres venosos centrais. Além disso, foram utilizados documentos de referência dos Centers for Disease Control and Prevention e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. SÍNTESE DOS DADOS: Os fatores de risco associados foram: tempo de utilização de acesso central, duração da internação e uso de cateter central de longa permanência, colocação de cateter venoso central em Unidade de Terapia Intensiva, doença cardiovascular não cirúrgica, recebimento de nutrição parenteral e de transfusão de hemoderivados. Entre as medidas preventivas, a literatura recomenda a implementação de protocolos e diretrizes multidisciplinares de cuidados na inserção e manutenção dos cateteres centrais, cuidados com a técnica de inserção dos cateteres venosos centrais...

Estratégias metodológicas de educação e assistência na atenção básica de saúde

Lopes,Marta Julia Marques; Silva,João Luis Almeida da
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
75.8%
Trata-se de discussão sobre estratégias ou ferramentas metodológico-assistenciais utilizadas na prática em atenção básica de saúde. Baseia-se no diálogo estabelecido entre o que se pensa e o que se desenvolve nos Ambulatórios de Promoção da Qualidade de Vida-APQVs. Esses ambulatórios estão sediados em dois serviços de atenção básica do município de Porto Alegre-RS e seus usuários são, em sua maioria, pacientes adultos e idosos, portadores de doenças de longa duração. A proposta desta discussão é oriunda de um projeto de pesquisa financiado pelo CNPq e integrante da rede temática intitulada: Metodologias de Educação e Assistência na Promoção da Qualidade de Vida. A partir dessa base empírica e conceitual, construíram-se ferramentas metodológicas para o desenvolvimento de consultoria em enfermagem na atenção ambulatorial a indivíduos e grupos. Este artigo propõe-se a apresentar os pressupostos relacionais e operacionais utilizados na assistência nesses serviços.

Inquérito Nacional de Saúde 2005-2006

Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP; Instituto Nacional de Estatística, IP
Fonte: INSA,IP, INE,IP Publicador: INSA,IP, INE,IP
Tipo: Relatório
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
75.91%
Objectivo: Estimar indicadores sobre o estado de saúde da população portuguesa através da realização do quarto Inquérito Nacional de Saúde. Metodologia: Inquérito geral de saúde com recolha de dados por entrevista directa, no domicilio, a uma amostra probabilística, representativa da população residente em unidades de alojamento em Portugal. As áreas estudadas foram: •Estado de saúde, doenças crónicas e incapacidades (estado de saúde auto-percebido, peso e obesidade, incapacidade temporária, incapacidade física de longa duração, doenças crónicas, sofrimento psicológico), com vista à caracterização do estado de saúde e doença da população residente; •Cuidados de saúde e prevenção (consultas médicas, saúde oral, utilização de medicamentos, saúde reprodutiva, vacinação contra a gripe, monitorização do colesterol e tensão arterial elevada, doação de sangue, utilização dos subsistemas de saúde e seguros de saúde), com vista à caracterização dos residentes sobre comportamentos preventivos e curativos; •Determinantes da saúde relacionados com estilos de vida (consumo de tabaco, consumo de alimentos, consumo de bebidas alcoólicas, actividade física), com vista à caracterização dos hábitos dos residentes que podem constituir elementos preventivos da doença; •Qualidade de vida (qualidade de vida auto-percebida). Resultados: Publicação com os principais apuramentos do Quarto Inquérito Nacional de Saúde...

Percepção de profissionais de saúde relativamente ao trabalho em equipa, em Unidades de Internamento da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados

António, Paula Alexandra dos Santos
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.19%
Introdução: O trabalho em equipa é em si mesmo um estilo de organização de trabalho, fundamental para a efectividade dos cuidados continuados integrados. Apesar de a evidência apontar para uma associação entre esta forma de organização entre profissionais e a melhoria de qualidade dos cuidados de saúde, não é fácil criar e manter uma cultura de trabalho em equipa em unidades de cuidados de saúde, principalmente devido a hábitos tradicionais de trabalho individualizado. A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados pretende dar maior e melhor resposta aos utentes ao nível da saúde, criando unidades de convalescença, de média e longa duração, e de cuidados paliativos, que permitem aos utentes não permanecerem internados em hospital de agudos quando os cuidados que necessitam não são de natureza intensiva, e evitam que vão para a comunidade ainda em fase de potencial recuperação. Objectivos: Este estudo teve como objectivo principal caracterizar as percepções, por parte dos profissionais de saúde das unidades de internamento, no que se refere à forma de organização do trabalho das equipas de saúde. Métodos: O estudo seguiu um desenho observacional transversal, sendo a recolha de dados realizada através da auto-administração de um questionário online a profissionais de saúde que trabalham em unidades de cuidados continuados integrados. A escolha das unidades de saúde foi feita por conveniência e mediante autorização das respectivas direcções. Resultados: A amostra é constituída por 27 profissionais de saúde que se encontram distribuídos por unidades de internamento da RNCCI da seguinte forma: 15 (55...

Sistemas de controlo estatístico da qualidade

Oliveira, Guilherme Louro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.04%
Enquadramento: Com o envelhecimento da população sem sinais claros de redução na incapacidade da população idosa, com a diminuição da coesão familiar e aumento da participação da mulher no mercado de trabalho, a possibilidade de cuidados de longa duração através de cuidadores informais diminui. Isto não se verifica apenas na população idosa mas também na população mais jovem com incapacidades. Torna-se evidente a necessidade de preparar os serviços de cuidados de longa duração. Na realidade europeia, isso implica uma preparação dos lares e estruturas residenciais que são os que mais se aproximam das chamadas nursing homes. Esta preparação passa pela promoção de serviços eficientes e com qualidade. Avulta-se então a necessidade de criar medidas adequadas de previsão da utilização de recursos nas instituições, assim como de meios para analisar a qualidade da prestação de serviços. Objetivos: O estudo teve como objetivo principal a aquisição de competências de implementação de sistemas de controlo da qualidade nos cuidados de longa duração. Como objetivos específicos, propôs-se a: identificar e comparar as características da população das estruturas residenciais e dos lares residenciais; analisar a distribuição dos clientes de acordo com uma previsão da utilização de recursos através da implementação do sistema RUG; comparar o custo da prestação de serviços das instituições através do cálculo do índice de case-mix; desenvolver dados estatísticos para fundamentar a gestão da qualidade através da seleção...

Cuidados de longa duração / violência e maus tratos

Universidade Aberta do SUS da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UNA-SUS/UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Backup Moodle e pacote HTML contendo os arquivos do Módulo 11 do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.09%
'Cuidados de longa duração / Violência e maus tratos' é o Módulo 11 do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa da UNA-SUS/UERJ. Dividido em 03 unidades, o Módulo aborda a questão da Atenção Domiciliar como um cuidado de longa duração, contextualiza sobre as Instituições de Longa Permanência para Idosos em nível global e nacional e analisa o fenômeno da violência contra a pessoa idosa, compreendendo a violência como uma construção social.; 1.0; Ministério da Saúde do Brasil

Qualidade de vida na velhice e as relações interpessoais

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde - UNA-SUS; Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Livro em HTML da unidade 02 do Módulo 11 do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.08%
'Qualidade de vida na velhice e as relações interpessoais' é a segunda unidade do Módulo 11 do Curso de Especialização em Saúde da Pessoa Idosa da UNA-SUS/UERJ "Cuidados de longa duração / violência e maus tratos". Nesta unidade veremos o histórico no Brasil e no mundo das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs). Também, veremos o que trata a legislação vigente e as ILPIs no cenário atual das políticas públicas brasileiras. Por fim, refletiremos sobre as características das ILPIs e dos idosos institucionalizados em nosso país.; 1.0; Ministério da Saúde do Brasil

Estratégias metodológicas de educação e assistência na atenção básica de saúde; Estratégias metodológicas de educación y asistencia en la atención básica de la salud; Methodological education and care strategies in basic health care

Lopes, Marta Julia Marques; Silva, João Luis Almeida da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2004 POR
Relevância na Pesquisa
75.8%
Trata-se de discussão sobre estratégias ou ferramentas metodológico-assistenciais utilizadas na prática em atenção básica de saúde. Baseia-se no diálogo estabelecido entre o que se pensa e o que se desenvolve nos Ambulatórios de Promoção da Qualidade de Vida-APQVs. Esses ambulatórios estão sediados em dois serviços de atenção básica do município de Porto Alegre-RS e seus usuários são, em sua maioria, pacientes adultos e idosos, portadores de doenças de longa duração. A proposta desta discussão é oriunda de um projeto de pesquisa financiado pelo CNPq e integrante da rede temática intitulada: Metodologias de Educação e Assistência na Promoção da Qualidade de Vida. A partir dessa base empírica e conceitual, construíram-se ferramentas metodológicas para o desenvolvimento de consultoria em enfermagem na atenção ambulatorial a indivíduos e grupos. Este artigo propõe-se a apresentar os pressupostos relacionais e operacionais utilizados na assistência nesses serviços.; Se trata de una discusión sobre las estrategias o herramientas metodológicas-asistenciales utilizadas en la práctica de atención básica de salud, basada en el diálogo establecido entre lo que pensamos y lo que desarrollamos en los Ambulatorios de Promoción de Calidad de Vida - APQVs. Esos ambulatorios están localizados en dos servicios de atención básica en Porto Alegre/RS...

Unidades Cuidados Continuados Longa Duração e Manutenção do Algarve: perspetivas dos profissionais

Duarte,António; Lapa,Fátima; Nunes,Cristina
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.18%
As unidades de longa duração e manutenção são unidades de internamento, com espaço físico próprio, por um período superior a 90 dias consecutivos, prestando apoio social e cuidados de saúde de manutenção a pessoas com doenças ou processos crónicos. Pretende-se descrever as motivações, dificuldades e expetativas dos profissionais de saúde das Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração do Algarve. Foi realizado um estudo qualitativo e exploratório, com análise de conteúdo de entrevistas semi-estruturadas, com as seguintes dimensões: motivação e satisfação profissional, acesso ao emprego, relações significativas no trabalho, aspectos relevantes do desempenho, formação contínua e futuro das unidades. Participaram 37 profissionais, com idades compreendidas entre 23 e 35 anos, sendo 9 homens e 28 mulheres. Os participantes referem estar motivados, embora com dificuldades de adaptação, desgaste físico e psicológico e falta de formação específica para a área. Muitos enveredaram por esta ocupação por falta de outras opções. Referem ter boa relação pessoal com a equipa multidisciplinar e autonomia no trabalho. Considerem que estas unidades são importantes para o apoio ao idoso dependente e suas famílias. No entanto...