Página 1 dos resultados de 97 itens digitais encontrados em 0.038 segundos

Preparo dos pais de recém-nascido prematuro para alta hospitalar: uma revisão bibliográfica; The preparedness of the parents to take care of a premature child after the hospital discharge: a literature review; Preparación de los padres para el alta hospitalar del recién nacido prematuro: una revisión bibliográfica

COUTO, Fabiane Ferreira; PRAÇA, Neide de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Este estudo foi motivado pela constatação de que os profissionais de Unidades de Cuidado Intensivo Neonatal nem sempre se dedicam ao preparo do familiar para cuidar do recém-nascido prematuro no domicílio. Teve como objetivo identificar os procedimentos empregados, pelo enfermeiro, para o preparo do familiar para a alta hospitalar do prematuro. Realizou-se levantamento bibliográfico em bases de dados internacionais, entre 1998 e 2008, cujos 10 textos úteis foram lidos na íntegra e dos quais foram extraídos os focos principais de abordagem. Verificou-se que, no País, as iniciativas de envolvimento do familiar no cuidado intra-hospitalar ainda são incipientes e carecem de implementação de estratégias que assegurem a independência do familiar no cuidado do bebê no domicílio, enquanto, no exterior, a preocupação com este procedimento é mais presente. Proporcionar momentos de reflexão sobre o papel do enfermeiro na assistência ao familiar do prematuro é a finalidade deste texto.; This study was motivated by the facts that professionals of the Neonatal Intensive Care Unit, not always, dedicate time to prepare the family to take care of the premature newborn at home. The aim of this study was to identify the procedures used by the nurse while preparing the family for the hospital discharge of the premature child. A bibliographical investigation was done using national and international data bases in the period of 1998 to 2008. The 10 useful texts were found and totally read. And from them...

Manifestações psicomotoras do recém-nascido prematuro hospitalizado no laço mãe-bebê

Trevisan, Cláudia Regina Rosso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.86%
Trata-se de um estudo de natureza qualitativa que investiga as manifestações psicomotoras de bebês prematuros (33 a 36 semanas de idade gestacional) hospitalizados, na relação mãe-bebê. A coleta as informações é a partir da observação participante e entrevista semiestruturada. O estudo desenvolve-se em uma Unidade de Internação Neonatal (UIN) de um hospital escola de Porto Alegre e tem como sujeitos de pesquisa seis bebês internados nesta unidade e suas mães. Do processo de análise de conteúdo origina-se quatro temas: “O imaginário e o vivido na gestação”; “A leitura das manifestações psicomotoras do bebê”; “A fragilidade do bebê com relação ao meio” e; “As expectativas futuras com relação ao bebê”. Do olhar do pesquisador sobre os bebês e suas mães, desvela-se o universo vivido por estes personagens em situação de internação. A importância do trabalho reside em instrumentalizar os profissionais com relação ao conhecimento e reconhecimento das produções dos bebês e favorecer o entendimento das mães sobre estas produções, enquanto mais um recurso de prevenção e atenção à saúde.

Saberes e práticas das mães no cuidado à criança de zero a seis meses de vida

Zanatta, Elisangela Argenta
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Este estudo tem por objetivo conhecer os saberes e as práticas de cuidado à saúde da criança de zero a seis meses de vida desenvolvidos por mães em um município do interior do Estado do Rio Grande do Sul. Trata-se de uma investigação qualitativa com abordagem participativa, com dez mães como informantes. Para a coleta das informações, foram realizados quatro encontros intitulados “processo reflexivo-educativo”, fundamentado na estratégia teórico-metodológica dos Círculos de Cultura, proposta por Paulo Freire. Para a análise das informações, adotou-se a análise de conteúdo proposta por Bardin (1977), na qual emergiram duas categorias, denominadas: Cuidado à criança na perspectiva das mães; O olhar das mães sobre a equipe de saúde. Destas categorias originaram-se cinco subcategorias. O estudo revelou a existência de uma dissonância entre o saber e o fazer das mães frente aos cuidados com o filho e apontou para a necessidade de uma maior aproximação entre os profissionais de saúde e a família com vistas à troca de informações e à aliança de saberes no cuidado da saúde da criança. Os resultados mostraram que o Círculo de Cultura é um instrumento potencializador para desenvolver ações de Educação em Saúde junto à população...

Peso ao nascer e cuidado parental percebido pela mãe : interações pré e pós-natais sobre o comportamento infantil aos 18 meses de vida

Neuwald, Marla Finkler
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Introdução: Evidências sugerem uma associação entre nascer pequeno para idade gestacional (PIG) e o risco aumentado de desenvolver problemas de comportamento. Além disso, indivíduos que relatam ter recebido menor cuidado materno apresentam mais sintomas de depressão e de ansiedade, e, de modo geral, cuidam com menos eficiência de seus filhos. Portanto, uma interação entre nascer PIG e a percepção da mãe de baixo cuidado materno recebido nos seus primeiros dezesseis anos de vida poderia estar associada a prejuízos na função cognitiva e risco aumentado para psicopatologias ao longo da vida. O objetivo deste trabalho foi avaliar a interação entre nascer PIG e o cuidado parental percebido pela mãe sobre o comportamento infantil aos 18 meses de vida. Métodos: Estudo transversal aninhado a uma coorte prospectiva canadense de nascimentos – MAVAN (Maternal Adversity, Vulnerability and Neurodevelopment) – realizada entre os anos de 2003 e 2010. Os dados analisados são provenientes de 3 questionários (Parental Bonding Instrument, PBI, Early Chidhood Behavior Questionnaire, ECBQ e Infant-Toddler Social and Emotional Assessment, ITSEA) respondidos pelas mães de 305 crianças. Para análise utilizamos Multivariate Analysis of Variance (MANOVA) com análise de interação para detecção das diferenças entre os grupos. Resultados: Observou-se uma interação entre o cuidado materno percebido pela mãe e o peso ao nascimento na habilidade atencional de crianças aos 18 meses de vida em ambos os instrumentos ECBQ e ITSEA. Crianças nascidas PIG e de mães que relataram ter recebido baixo cuidado materno alcançaram menores escores de atenção relatados nos dois questionários analisados - ECBQ (p=0...

Fatores associados ao envolvimento do pai nos cuidados do lactente; Factors associated with father involvement in infant care

Falceto, Olga Garcia; Fernandes, Carmen Luiza Correa; Baratojo, Claudia; Giugliani, Elsa Regina Justo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.13%
OBJETIVO: Identificar fatores associados à falta de envolvimento ativo do pai nos cuidados de crianças aos quatro meses. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo famílias de 153 crianças aos quatro meses de vida, entrevistadas em suas casas por dois terapeutas de famílias em Porto Alegre (RS), 1998-2000. Estudo transversal envolvendo famílias de 153 crianças aos quatro meses de vida, entrevistadas em suas casas por dois terapeutas de famílias. Além do envolvimento do pai nos cuidados do lactente foram examinadas características sociodemográficas, saúde mental dos pais (utilizando a escala Self Report Questionnaire-20 e avaliação com os critérios do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders-IV) e qualidade do relacionamento conjugal (usando a escala Global Assessment of Relational Functioning do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders-IV). Utilizou-se regressão de Poisson para avaliar a associação entre falta de envolvimento do pai nos cuidados do filho e variáveis selecionadas. A magnitude das associações foi estimada pela razão de prevalências. RESULTADOS: Os pais de 13% dos lactentes não tinham qualquer contato com seus filhos. Entre as famílias em que os pais coabitavam (78% do total)...

Perspectiva de prevenção e educação para saúde no cuidado do lactente com sífilis congênita recente

Mascolo, Nicole de Paula
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.2%
A sífilis congênita é a DST mais grave depois da AIDS, pelo acometimento de um núcleo familiar inteiro. A doença é passível de ser erradicada e pode ser evitada com um pré-natal adequado, através de um diagnóstico precoce na gestação. Buscou-se nesta pesquisa conhecer os cuidados do lactente com sífilis congênita recente. A metodologia utilizada partiu da realização de uma pesquisa bibliográfica com base nas publicações existentes sobre o assunto nos últimos dez anos visando verificar o que há publicado. Realizou-se uma pesquisa online através do site BIREME nas bases de dados LILACS, MEDLINE, SciELO e BDENF. Dos resultados obtidos na busca foram selecionados nove estudos que mais corresponderam com o objetivo da pesquisa. Pode-se perceber que entre as produções científicas recentes, os principais focos de preocupação foram falhas de pré-natal, diagnóstico tardio e acometimento dos lactentes pela doença. Após a leitura e análise do material obtido, estes focos foram distribuídos de acordo com as áreas temáticas: pré-natal como prevenção e recém nascido com sífilis congênita. O estudo possibilitou demonstrar o quanto a realização de ações preventivas é importante, evidenciando o papel da enfermagem no contexto da educação em saúde.

Vivência da puérpera-adolescente no cuidado do recém-nascido, no domicílio

Bergamaschi,Suzete de Fatima Ferraz; Praça,Neide de Souza
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
76.03%
Este estudo qualitativo teve o objetivo de compreender como as puérperas-adolescentes vivenciam o cuidado do filho no âmbito domiciliar. Como referencial de análise, empregou-se o conceito de Maternidade e, no tratamento dos dados, utilizou-se o método do Discurso do Sujeito Coletivo. Participaram do estudo 15 puérperas-adolescentes que ficaram internadas com o recém-nascido na unidade de Alojamento-Conjunto do Hospital Universitário da USP, e que foram entrevistadas após a alta hospitalar. Os resultados evidenciaram a construção diária do ser-mãe-adolescente que direciona o sentimento de segurança diante da superação das dificuldades ao cuidar do recém-nascido. A rede de apoio familiar mostrou-se importante para ajudar a jovem mãe nesta nova fase de sua vida. Ao final do puerpério foi possível constatar que a puérpera-adolescente atende, com competência, as necessidades de higiene, alimentação e afeto do recém-nascido.

Influência intergeracional no cuidado do coto umbilical do recém-nascido

Linhares,Eliane Fonseca; Silva,Luzia Wilma Santana da; Rodrigues,Vanda Palmarella; Araújo,Rosália Teixeira de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.05%
O estudo teve como objetivo conhecer as inter-relações geracionais que interferem no cuidado do coto umbilical do recém-nascido. Pesquisa descritiva, de abordagem qualitativa, fundamentada na Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural, realizada no município de Jequié-Bahia com 29 sujeitos, sendo 10 puérperas e 19 familiares cuidadores. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, observação participante subsidiada pelo diário de campo. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo. Os resultados demonstraram a influência dos valores culturais no sistema familiar intergeracional, no processo de cuidar, de modo a promover riscos de adoecimento referente às práticas populares de cuidados do coto umbilical. Assim, as ações educativas necessitam considerar o contexto cultural dos sujeitos envolvidos, de maneira a promover a congruência entre os saberes popular e o científico.

Preparo dos pais de recém-nascido prematuro para alta hospitalar: uma revisão bibliográfica

Couto,Fabiane Ferreira; Praça,Neide de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.06%
Este estudo foi motivado pela constatação de que os profissionais de Unidades de Cuidado Intensivo Neonatal nem sempre se dedicam ao preparo do familiar para cuidar do recém-nascido prematuro no domicílio. Teve como objetivo identificar os procedimentos empregados, pelo enfermeiro, para o preparo do familiar para a alta hospitalar do prematuro. Realizou-se levantamento bibliográfico em bases de dados internacionais, entre 1998 e 2008, cujos 10 textos úteis foram lidos na íntegra e dos quais foram extraídos os focos principais de abordagem. Verificou-se que, no País, as iniciativas de envolvimento do familiar no cuidado intra-hospitalar ainda são incipientes e carecem de implementação de estratégias que assegurem a independência do familiar no cuidado do bebê no domicílio, enquanto, no exterior, a preocupação com este procedimento é mais presente. Proporcionar momentos de reflexão sobre o papel do enfermeiro na assistência ao familiar do prematuro é a finalidade deste texto.

Saberes e práticas no cuidado ao recém-nascido em terapia intensiva em Florianópolis (década de 1980)

Costa,Roberta; Padilha,Maria Itayra
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.05%
Pesquisa qualitativa, com abordagem sócio-histórica, cujo objetivo foi compreender a história das transformações das práticas de cuidado ao recém-nascido e sua família, a partir da implantação da primeira UTI neonatal em Florianópolis. Os sujeitos da pesquisa foram 13 profissionais de saúde que trabalhavam na UTI na década de 1980. Para coleta de dados utilizamos a História Oral, realizando entrevistas semiestruturadas. A análise dos dados foi baseada no referencial foucaultiano e resultou nos agrupamentos discursivos: A UTI neonatal possibilitando novas práticas no cuidado ao recém-nascido; Percepção da equipe de saúde sobre a família na UTI neonatal; O Hospital Infantil como marco no atendimento ao recém-nascido de risco em Santa Catarina. Os resultados desta pesquisa permitem afirmar que a implantação da UTI neonatal influenciou qualitativamente no cuidado ao recém-nascido e sua família, com o enfoque orientado para a sobrevivência do recém-nascido, e os reflexos desta experiência continuam presentes na atualidade.

Alta hospitalar e o cuidado do recém-nascido prematuro no domicílio: vivência materna

Frota,Mirna Albuquerque; Silva,Priscilla Furtado Ribeiro da; Moraes,Stephani Ribeiro de; Martins,Elis Mayre da Costa Silveira; Chaves,Edna Maria Camelo; Silva,Carlos Antônio Bruno da
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
86.1%
Objetivou-se conhecer a percepção da mãe sobre a alta hospitalar e o cuidado do recém-nascido prematuro no domicílio após a primeira semana de alta. Pesquisa descritiva, de abordagem qualitativa, com uso da entrevista semiestruturada para coleta de dados, desenvolvida no ambulatório de seguimento do prematuro (follow-up) do Hospital da Rede Pública Estadual de Fortaleza, em outubro e novembro de 2011. As participantes foram nove mães de recém-nascido prematuro após primeira semana de alta. Aplicou-se análise do conteúdo. Os resultados apontaram para as categorias: Orientações sobre o cuidado com o prematuro durante a alta hospitalar; Sentimentos e dificuldades com a chegada do bebê no domicílio; e Apoio familiar no cuidado do prematuro. O estudo evidenciou que algumas mães não receberam orientações da equipe multiprofissional da neonatologia acerca do cuidado bebê após alta hospitalar, reforçando que elas levam o bebê para o domicílio sem estar preparadas para a nova realidade.

Avalia????o do preenchimento dos registros de puericultura em unidades b??sicas de sa??de em Pelotas, RS

Ceia, Milton Luiz Merony; Cesar, Juraci Almeida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.86%
A Puericultura tem por finalidade evitar qua a crian??a adoe??a, atrav??s do monitoramento cont??nuo de seu crescimento e desenvolvimento, al??m de outras a????es. Com o objetivo de avaliar a cobertura do programa de puericultura e a adequa????o do preenchimento da ficha-espelho de puericultura (FEP) para menores de 1 ano de idade atendidos nas Unidades B??sicas de Sa??de (UBS), foi desenvolvido este estudo em Pelotas, RS. M??todos: Realizou-se estudo transversal com dados prim??rios e secund??rios em metade das UBS do munic??pio. Estas UBS foram selecionadas aleatoriamente, seu chefe foi entrevistado e um ter??o de suas FEP sistematicamente escolhidas para preenchimento de question??rio padr??o. A partir destas informa????es, criou-se escore para avaliar adequa????o de preenchimento da FEP. A an??lise bivariada utilizou teste do quiquadrado com corre????o de Yates. Resulta- dos: O programa de puericultura era oferecido por 88% das UBS do munic??pio. Em todas as FEP avaliadas constava o nome da crian??a, 99% a data de nascimento, mas somente 59% possu??am informa????es sobre aleitamento materno e 6% sobre desenvolvimento infantil. De acordo com o escore criado, 43% das fichas apresentavam preenchimento bom/??timo, enquanto 7% foram classificados como ruim/p??ssimo. Esta taxa de adequa????o foi substancialmente melhor em UBS onde a FEP era preenchida por enfermeiro e que ofereciam puericultura todos os dias. Conclus??o: O estudo mostrou que a FEP ?? amplamente utilizada nas UBS de Pelotas...

Vantagens do aleitamento materno

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.01%
Este material compõe o Curso Autoinstrucional de Capacitação em Atenção Integral à Saúde Sexual e Reprodutiva I, produzido pela UNA-SUS/UFMA e voltado para médicos que atuam na Atenção Básica. Trata-se de um recurso educacional interativo que apresenta as vantagens do aleitamento materno, tanto para a mãe, quanto para a criança.

Fatores associados ao conhecimento das mães sobre a Síndrome da Morte Súbita do Lactente

Bezerra,Marina Alves de Lima; Carvalho,Kaline Meneses; Bezerra,Joana Lidyanne de Oliveira; Novaes,Lívia Fernanda Guimarães; Moura,Talita Helena Monteiro de; Leal,Luciana Pedrosa
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.09%
Identificar os fatores associados ao conhecimento das mães de crianças atendidas em um Hospital Escola a respeito da Síndrome da Morte Súbita do Lactente. Estudo descritivo realizado por entrevistas a 202 mães no período de maio de 2011 a outubro de 2012 na cidade do Recife - PE. A associação do conhecimento materno sobre a SMSL e as variáveis independentes foi avaliada utilizando os Testes Qui-quadrado e Exato de Fisher. Apenas 15,8% das mães conheciam a SMSL. Destas, 29,4% citaram a posição dorsal para dormir como medida preventiva. Aproximadamente 27% das mães receberam informação sobre a posição de dormir e 50,9% indicaram os enfermeiros como responsáveis. A escolaridade materna, renda familiar e receber orientação apresentaram-se associadas ao conhecimento sobre a SMSL. A maioria das mães desconhece a posição adequada para o sono infantil, reforçando a necessidade de incluir essa orientação à família nas estratégias de educação em saúde.

Vivência da puérpera-adolescente no cuidado do recém-nascido, no domicílio; The adolescent puerpera's experience of taking care of the newborn at home; La vivencia de la adolescente durante el puerperio con relación al cuidado del recién nacido en casa

BERGAMASCHI, Suzete de Fatima Ferraz; PRAÇA, Neide de Souza
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.08%
Este estudo qualitativo teve o objetivo de compreender como as puérperas-adolescentes vivenciam o cuidado do filho no âmbito domiciliar. Como referencial de análise, empregou-se o conceito de Maternidade e, no tratamento dos dados, utilizou-se o método do Discurso do Sujeito Coletivo. Participaram do estudo 15 puérperas-adolescentes que ficaram internadas com o recém-nascido na unidade de Alojamento-Conjunto do Hospital Universitário da USP, e que foram entrevistadas após a alta hospitalar. Os resultados evidenciaram a construção diária do ser-mãe-adolescente que direciona o sentimento de segurança diante da superação das dificuldades ao cuidar do recém-nascido. A rede de apoio familiar mostrou-se importante para ajudar a jovem mãe nesta nova fase de sua vida. Ao final do puerpério foi possível constatar que a puérpera-adolescente atende, com competência, as necessidades de higiene, alimentação e afeto do recém-nascido.; This qualitative study aimed to understand how the adolescent puerperae experience caring for their child at home. The Maternity concept was used as the reference for the analysis and the method based on the Collective Subject Speech was used to analyse the data. Fifteen adolescent puerperae participated in the study. They were all in the rooming-in of the USP University Hospital with their child. The interviews were performed after the adolescent mothers were discharged from the hospital. The results showed an everyday building process concerning the role of being an adolescent mother...

Saberes e práticas de mães no cuidado à criança de zero a seis meses; Saberes y prácticas de las madres en el cuidado al niño de cero a seis meses; Mothers' knowledge and practices in 0 to 6-month-ol infant care

Zanatta, Elisangela Argenta; Motta, Maria da Graça Corso da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Os saberes e práticas de cuidados das mães precisam ser entendidos para serem reconhecidos pelos profissionais de saúde. Realizou-se uma investigação qualitativa com abordagem participativa, com dez mães atendidas em uma Equipe de Saúde da Família do Estado do Rio Grande do Sul, objetivando conhecer seus saberes e práticas de cuidado à criança de zero a seis meses de vida. Para coletar as informações, realizaram-se quatro encontros intitulados “processo reflexivo-educativo”, fundamentado na estratégia teórico-metodológica dos Círculos de Cultura, proposta por Paulo Freire. As informações foram submetidas à análise de conteúdo. O estudo revelou a existência de uma dissonância entre o saber e o fazer das mães frente aos cuidados com o filho e apontou para a necessidade de uma maior aproximação entre os profissionais de saúde e a família, visando à troca de informações e à aliança de saberes no cuidado da saúde da criança.; Los saberes y prácticas de cuidados de las madres necesitan ser entendidos para seren reconocidos por los professionales de la salud. Se realizó una investigación cualitativa con abordaje participativa, con diez madres atendidas en un Equipo de Salud de la Familia del estado de Rio Grande do Sul...

Vantagens do aleitamento materno

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Material interativo em formato HTML contendo imagens coloridas e botões de ação.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.01%
Este material compõe o Curso Autoinstrucional de Capacitação em Atenção Integral à Saúde Sexual e Reprodutiva I, produzido pela UNA-SUS/UFMA e voltado para médicos que atuam na Atenção Básica. Trata-se de um recurso educacional interativo que apresenta as vantagens do aleitamento materno, tanto para a mãe, quanto para a criança.; Ministério da Saúde

O cuidado leigo e profissional na prematuridade tardia : fatores culturais relacionados ao período pós alta hospitalar; The lay and professional care in late preterm : cultural factors related to the period after hospital discharge; La disposición y la atención profesional en prematuros tardíos : factores culturales relacionados con el período después del alta hospitalaria

Pedron, Cecília Drebes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
O nascimento prematuro, antes de completar as 37 semanas de idade gestacional, é um evento de magnitude mundial. Os prematuros tardios, nascidos entre 34 semanas e 36 semanas e seis dias de gestação, representam um número significativo na prematuridade. Entretanto, os prematuros tardios não podem ser considerados apenas como recém-nascidos próximos ao termo, pois apresentam uma imaturidade fisiológica, gerando maiores índices de internações e morbidades. Essas morbidades geram impacto na saúde pública, necessitando uma maior compreensão da forma como esses prematuros tardios estão sendo cuidados. Sendo assim, objetivou-se, neste estudo, analisar o cuidado leigo e profissional prestado ao recém-nascido prematuro tardio nos primeiros seis meses após a alta hospitalar no contexto da Estratégia de Saúde da Família. Trata-se de uma minietnografia, a qual possibilita focalizar uma área restrita e específica de investigação. O estudo ocorreu por meio de um processo sistemático de observação, documentação e análise dos estilos de vida em uma cultura, buscando-se compreender as pessoas em seu contexto. Os informantes do estudo foram 13 mães de prematuros tardios e oito profissionais da saúde que trabalhavam nas unidades de Estratégia de Saúde da Família do Distrito Glória/Cruzeiro/Cristal – Porto Alegre...

Tecnologia e humanização na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal: reflexões no contexto do processo saúde-doença; Tecnología y humanización en la Unidad de Terapia Intensiva Neonatal: reflexiones sobre el contexto del proceso salud enfermedad; Technology and humanization of the Neonatal Intensive Care Unit: reflections in the context of the health-illness process

Silva, Laura Johanson da; Silva, Leila Rangel da; Christoffel, Marialda Moreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/09/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
56.24%
Trata-se de reflexão acerca da tecnologia e da humanização do cuidado ao recém-nascido, tendo como preceito teórico o processo saúde-doença. São estabelecidos alguns paralelos entre as concepções de saúde e de doença, e suas influências em nosso modelo de agir e pensar nos espaços da assistência, como sujeitos do cuidado neonatal. O método mãe-canguru é apresentado como tecnologia relacional, que propõe o acolhimento da unidade família-bebê na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, valorizando as vivências e necessidades primordiais de afetividade e compreensão.; This article reflects on technology and humanization in care of newborns, having as theoretical premise the health-illness process. Some parallels are established among the several conceptions of health and illness, and their influences in the way we behave and think about the care spaces as subjects of the neonatal care. The Kangaroo Mother Care is presented as a relational technology that proposes to shelter the family-baby unity in the Neonatal Intensive Care Unit, valuing experiences and major needs of affection and comprehension.; Se trata de reflexión acerca de la tecnología y de la humanización del cuidado al recién nacido, teniendo como marco teórico el proceso salud enfermedad. Son establecidos algunos paralelos entre las concepciones de salud y de enfermedad y sus influencias en nuestro modelo de actuar y pensar en los espacios de la asistencia...

Vivência da puérpera-adolescente no cuidado do recém-nascido, no domicílio; La vivencia de la adolescente durante el puerperio con relación al cuidado del recién nacido en casa; The adolescent puerpera's experience of taking care of the newborn at home

Bergamaschi, Suzete de Fatima Ferraz; Praça, Neide de Souza
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/09/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.08%
This qualitative study aimed to understand how the adolescent puerperae experience caring for their child at home. The Maternity concept was used as the reference for the analysis and the method based on the Collective Subject Speech was used to analyse the data. Fifteen adolescent puerperae participated in the study. They were all in the rooming-in of the USP University Hospital with their child. The interviews were performed after the adolescent mothers were discharged from the hospital. The results showed an everyday building process concerning the role of being an adolescent mother, which leads to a feeling of security in view of the difficulties related to caring for the newborn. Family support was considered important to help the young mother during this new phase of her life. In the end of the puerperium, it was possible to realize that the adolescent puerperae was able to meet the newborn's needs concerning hygiene, feeding, and affection.; Este estudo qualitativo teve o objetivo de compreender como as puérperas-adolescentes vivenciam o cuidado do filho no âmbito domiciliar. Como referencial de análise, empregou-se o conceito de Maternidade e, no tratamento dos dados, utilizou-se o método do Discurso do Sujeito Coletivo. Participaram do estudo 15 puérperas-adolescentes que ficaram internadas com o recém-nascido na unidade de Alojamento-Conjunto do Hospital Universitário da USP...