Página 1 dos resultados de 68 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Biofouling of the golden mussel Limnoperna fortunei (Dunker, 1857) over the Anomura crab Aegla platensis Schmitt, 1942

Lopes, Michelle; Vieira, Jo??o Paes; Burns, Marcelo Dias de Mattos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.57%
This note reports the first occurrence of golden mussel Limnoperna fortunei (Dunker, 1857) colonizing (biofouling) the surface body of the anomuran crab Aegla platensis Schmitt, 1942 on the S??o Gon??alo channel, Mirim Lagoon, Brazil. One live individual of A. platensis (25.5 mm tail to head; 2.8 g) was colleted at S??o Gon??alo channel carrying 62 individuals (30.4 g) of L. fortunei, with total length ranging from 7 to 23 mm. The total weight recorded for the crab was 10 times lower than the total weight of the bivalves incrusted, which suggest that this could be a new factor affecting the preservation of this endemic South America crab that is already in a vulnerable state of conservation in the Rio Grande do Sul, state. Like A. platensis, other benthic invertebrates could be also negatively affected by L. fortunei, and further investigation is currently needed to assess the potential ecological negative effects on the local biodiversity.; Esta nota relata a primeira ocorr??ncia da coloniza????o de mexilh??o dourado Limnoperna fortunei (Dunker, 1857) sobre a superf??cie do corpo(biofouling) do crust??ceo Anomura Aegla platensis Schmitt, 1942 no canal S??o Gon??alo, Lagoa Mirim, RS, Brasil. Um exemplar vivo de A. platensis (25...

O impacto da pesca do camar??o-rosa Farfantepenaeus paulensis (Perez-Farfante) (Decapoda, Penaeidae) nas assembl??ias de peixes e siris do Parque Nacional da Lagoa do Peixe, Rio Grande do Sul, Brasil

Loebmann, Daniel; Vieira, Jo??o Paes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Este trabalho avaliou do impacto da pesca do camar??o-rosa Farfantepenaeus paulensis (Perez-Farfante, 1967) sobre a assembl??ia de peixes e crust??ceos do Parque Nacional da Lagoa do Peixe. Constatou-se que, em m??dia, a composi????o nas capturas da pesca do camar??o-rosa, com a arte de pesca avi??ozinho, ?? semelhantes ??quelas descrita em para outros estu??rios do Rio Grande do Sul, quando considerada apenas a propor????o das grandes categorias analisadas (esp??cie alvo ??? camar??o-rosa 53%: captura acess??ria 24%: rejeito 23%). A composi????o da fauna acompanhante(captura acess??ria + rejeito) apresente diferen??as pronunciadas ao longo do gradiente salino da laguna. No geral, ao n??vel espec??fico, as esp??cies de peixes capturadas com maior intensidade ??? Brevoortia pectinata (Jenyns, 1842), Micropogonias furnieri (Desmarest, 1823) e Jenynsia multidentata (Jenyns, 1842) ??? diferem daquelas capturadas em outros estu??rios do Rio Grande do Sul, onde, al??m de M. furnieri, os bagres Genidens barbus (Lacep??de, 1803) e Genidens genidens(Cuvier, 1829) dominam nas capturas. As estimativas do potencial de impacto das capturas acess??rio e do rejeito apresentaram valores, do ponto de vista pesqueiro, bastantes satisfat??rios, quando comparados com outras artes de pesca do camar??o...

A coluna sedimentar como reservat??rio e fonte de nutrientes em enseadas estuarinas

Baumgarten, Maria da Gra??a Zepka; Niencheski, Luis Felipe Hax
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
O estu??rio da Lagoa dos Patos possui v??rias enseadas marginais semi-fechadas e com alta produtividade, conhecidas como ???Sacos???. As ??guas das margens do Saco da Mangueira s??o receptoras da descarga de efluentes insuficientemente tratados, oficiais e clandestinos, oriundos da cidade do Rio Grande e do Distrito Industrial, que se localizadas nas margens dessa enseada. O Saco do Justino n??o recebe aportes de nutrientes de origem antr??pica. Ambas enseadas s??o criadouros de muitas esp??cies de peixes e crust??ceos de valor comercial. Mensalmente, de 1994 a 1995, foram determinadas as concentra????es de am??nio, fosfato, salinidade e Eh da coluna d?????gua e da ??gua intersticial da coluna sedimentar de at?? cerca de 40 cm de profundidade nessas enseadas. Os resultados evidenciaram que o Saco da Mangueira apresentou eutrofiza????o duas vezes maior do que o do Saco do Justino. Em ambas enseadas os gradientes das concentra????es de nutrientes aumentaram em dire????o ao fundo da coluna sedimentar, com concentra????o de am??nio em torno de 10 vezes maior na ??gua intersticial da interface da coluna sedimentar do que na coluna d?????gua, sendo que para o fosfato esse aumento foi de 2 vezes. Portanto, nas enseadas n??o polu??das a ??gua intersticial ?? uma natural e importante fonte de am??nio e de fosfato para a coluna d?????gua...

Efeito agudo do nitrato sobre alevinos da tainha Mugil platanus (Pisces: Mugilidae)

Poersh, Luis Henrique da Silva; Santos, Marcos Henrique Silva; Miranda Filho, Kleber; Wasielesky Junior, Wilson
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
O nitrato n??o ?? considerado t??xico para os organismos aqu??ticos cultivados com renova????o de ??gua, entretanto, em sistemas de cultivo fechados, este composto pode atingir altas concentra????es,tornando-se potencialmente t??xico para peixes e crust??ceos. O objetivo do trabalho foi determinar o valor mediano da concentra????o letal de nitrato para alevinos da tainha Mugil platanus e estabelecer os n??veis de seguran??a para o cultivo da esp??cie. Para isto foram realizados ensaios de curta dura????o(96 h), em que alevinos de tainha (0,19 g de peso m??dio) foram submetidos ??s concentra????es de 0, 125, 250, 500, 750, 1.000, 1.250, 1.500, 1.750, 2.000, 2.500 e 3.000 mg/L de N-NO3-. A partir dos resultados de mortalidade nos ensaios estabeleceram-se as concentra????es letais medianas (CL50) de 2.287,4 e 1.522,4 mg/L N-NO3-, para 24 e 96 horas, respectivamente. A partir da CL50 (96 h) foi estimado o n??vel de seguran??a de 152,2 mg/L de N-NO3-. Com base nos resultados observados, pode-se dizer que a tainha apresenta alta toler??ncia ao nitrato, fator que conta positivamente no estabelecimento do seu cultivo.; Nitrate used to be considered not toxic for aquatic animals; however, in closed water culture system,this substance can accumulate reaching high concentrations that could become potentially toxic for fish and crustacean. The aim of the present work was to determine the median lethal concentrations (LC50) of nitrate for mullet (Mugil platanus) fingerlings...

Efeito da remo????o de s??lidos suspensos totais e desempenho zoot??cnico do camar??o Litopenaeus vannamei em sistema superintensivo com bioflocos

Gaona, Carlos Augusto Prata
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Aq??icultura, Instituto de Oceanografia, 2011.; A carcinicultura destaca-se pela crescente demanda da atividade, al??m do alto valor de mercado dos crust??ceos. Em fun????o do atrativo comercial, a carcinicultura passou a ser uma alternativa de produ????o frente a explora????o dos recursos naturais. No Brasil, a carcinicultura se intensificou na d??cada de 90 com a esp??cie Litopenaeus vannamei. A????es tomadas em fun????o da redu????o de efluentes ricos em nutrientes e de preocupa????es ambientais, proporcionaram a implanta????o de um sistema com m??nima ou nenhuma renova????o de ??gua, onde a produtividade natural incrementa a dieta dos camar??es, acarretando em maior produ????o do cultivo. Por??m em sistema fechado a r??pida eutrofiza????o por nutrientes e excesso de s??lidos suspensos torna-se um problema para o cultivo. Para isso a clarifica????o passa a ser uma alternativa para o controle de mat??ria org??nica particulada em suspens??o, podendo refletir na melhora dos par??metros de qualidade de ??gua de cultivo superintensivo de Litopenaeus vannamei em sistema de bioflocos.; The shrimp culture is characterized by the ever-increasing demand of activity...

A coluna sedimentar como reservat??rio e fonte de nutrientes em enseadas estuarinas Lagoa dos Patos

Niencheski, Luis Felipe Hax; Baumgarten, Maria da Gra??a Zepka
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
O estu??rio da Lagoa dos Patos possui v??rias enseadas marginais semi-fechadas e com alta produtividade, conhecidas como ???Sacos???. As ??guas das margens do Saco da Mangueira s??o receptoras da descarga de efluentes insuficientemente tratados, oficiais e clandestinos, oriundos da cidade do Rio Grande e do Distrito Industrial, que se localizam nas margens dessa enseada. O Saco do Justino n??o recebe aportes de nutrientes de origem antr??pica. Ambas enseadas s??o criadouros de muitas esp??cies de peixes e crust??ceos de valor comercial. Mensalmente, de 1994 a 1995, foram determinadas as concentra????es de am??nio, fosfato, salinidade e Eh da coluna d?????gua e da ??gua intersticial da coluna sedimentar de at?? cerca de 40 cm de profundidade nessas enseadas. Os resultados evidenciaram que o Saco da Mangueira apresentou eutrofiza????o duas vezes maior do que o do Saco do Justino. Em ambas enseadas os gradientes das concentra????es de nutrientes aumentaram em dire????o ao fundo da coluna sedimentar, com concentra????o de am??nio em torno de 10 vezes maior na ??gua intersticial da interface da coluna sedimentar do que na coluna d?????gua, sendo que para o fosfato esse aumento foi de 2 vezes. Portanto, nas enseadas n??o polu??das a ??gua intersticial ?? uma natural e importante fonte de am??nio e de fosfato para a coluna d?????gua...

Produ????o de quitosana a partir de res??duo de camar??o e aplica????o como adsorvente do corante aliment??cio FD&C vermelho n?? 40

Piccin, Jeferson Steffanello
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Engenharia e Ci??ncia de Alimentos, Escola de Qu??mica e Alimentos, 2009.; Uma preocupa????o das ind??strias de alimentos atualmente, diz respeito ?? gera????o de res??duos provenientes do processamento das mat??rias-primas. Estudos t??m sido realizados no sentido de encontrar um destino adequado para os res??duos gerados pelas ind??strias, de modo que as agress??es ao meio ambiente sejam cada vez mais reduzidas. Neste contexto, a utiliza????o de quitina, subst??ncia encontrada nos exoesqueletos de insetos, carapa??as de crust??ceos e parede celular de fungos, para a produ????o de quitosana vem sendo estudada h?? v??rios anos. O objetivo do presente trabalho consistiu no estudo do processo de obten????o da quitosana a partir de res??duos de camar??o e sua aplica????o como adsorvente do corante aliment??cio FD&C Vermelho n?? 40, atrav??s da constru????o das isotermas de equil??brio, cin??tica de adsor????o, determina????o dos par??metros termodin??micos, verifica????o da natureza e dos mecanismos do processo de adsor????o. As an??lises de erro demonstraram que o modelo de isoterma de Langmuir foi mais apropriado para descrever os dados experimentais...

Avalia????o de um processo de extra????o e recupera????o dos caroten??ides presentes no res??duo da industrializa????o do camar??o-rosa (Farfantepenaeus paulensis)

Bertolo, Adilson Lu??s
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.47%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Engenharia e Ci??ncia de Alimentos, Escola de Qu??mica e Alimentos, 2007.; A astaxantina ?? um caroten??ide da classe das xantofilas, amplamente distribu??da em animais marinhos e aqu??ticos, sendo muito utilizada em formula????es para aq??icultura e por suas propriedades antioxidantes, podendo tamb??m ser utilizada como corante aliment??cio por sua colora????o avermelhada. Este caroten??ide pode ser extra??do de algas, bact??rias e tamb??m de crust??ceos como o camar??o-rosa. Este crust??ceo ?? amplamente capturado na regi??o sul do Rio Grande do Sul, sendo que seu processamento gera mais de 60% de res??duos. O aproveitamento destes res??duos surge como uma alternativa a problemas de impacto ambiental, oriundos do seu despejo na lagoa dos Patos, bem como uma fonte alternativa de recursos para as ind??strias e pescadores locais. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi a obten????o de carotenoprote??na, utilizando res??duos provenientes da industrializa????o do camar??orosa(Farfantepenaeus paulensis) por meio de hidr??lise enzim??tica com adi????o da enzima proteol??tica Flavourzyme, e a partir dela, a purifica????o qu??mica da astaxantina...

Idade e crescimento de Callinectes danae e C. ornatus (Crustacea, Decapoda) na Ba??a de Guanabara, Rio de Janeiro, Brasil.

Keunecke, Karina Annes; D??Incao, Fernando; Moreira, Francisco; Silva Junior, Demarques Ribeiro da; Verani, Jos?? Roberto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Callinectes danae Smith, 1869 e C. ornatus Ordway, 1863 constituem uma parcela importante da produ????o pesqueira na Ba??a de Guanabara. Ambas esp??cies comp??em uma fra????o significativa da fauna-acompanhante sendo exaustivamente descartadas pelas pescarias de arrasto de camar??es na costa brasileira. As curvas de crescimento de C. danae e C. ornatus foram calculadas por meio da an??lise de progress??o modal. Para estimar os par??metros biol??gicos, foi aplicado o modelo de crescimento de Bertalanffy e para estimar a longevidade foi usada a sua f??rmula inversa. As curvas de crescimento foram: ??? LC = 120 (1 - e -0,005t ), ??? LC = 113 (1 - e -0,005t); ??? LC = 94 (1 - e -0,005t ) e ??? LC = 110 (1 - e -0,005t ), respectivamente para C. danae e C. ornatus. A longevidade alcan??ada para as duas esp??cies foi em torno de 2,5 anos, al??m de validar as curvas de crescimento. O estudo do crescimento em crust??ceos ?? de extrema import??ncia, pois al??m de fornecer a informa????o biol??gica b??sica para o grupo, os par??metros estimados subsidiam o ordenamento e manejo pesqueiro das esp??cies exploradas.; Callinectes danae Smith, 1869 and C. ornatus Ordway, 1863 constitute an important portion from the fishing products at Guanabara Bay. Both species compose a significant by-catch fraction being a lot discarded during shrimp trawlings along Brazilian coast. Growth curves were estimated by modal progression analysis. For the biological parameters it was applied the Bertalanffy growth function and for the age it was used its inverse formula. Growth curves of C. danae and C. ornatus were respectively: LC = 120 (1 ??? e -0...

Uso da esp??cie Callinectes sapidus na avalia????o da contamina????o da fra????o biodispon??vel de hidrocarbonetos poliarom??ticos (HPAs)

Barbosa, Luiz Henrique Capotorto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Oceanografia F??sica, Qu??mica e Geol??gica, Instituto de Oceanografia, 2005.; Polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs) are one of the most important contaminants of the coastal and marine environments. Biological monitoring can provide information about the bioavailable fraction and possible deleterious effects of PAHs on the marine biota. Thus, urine samples of blue crabs (Callinectes sapidus (Decapoda, Brachyura)) exposed to pyrene concentrations ranging from 0 to 200 ??g.L-1 were taken and analyzed by UV-fluorescence spectrophotometry. Time- and dose-response experiments demonstrate that urinary levels of pyrene metabolites (expressed as 1-OH pyrene) reached a maximum after 24h. Urinary levels confirmed their metabolic capabilities and proved to be dose-dependent (R?? >0, 9). Even after 10 days, the levels of metabolites in exposed crabs were still significantly higher than in control organisms. These data pointed the potential of urine analyses by UV-fluorescence to measure exposure of crustaceans to PAHs.; Hidrocarbonetos polic??clicos arom??ticos (HPAs) est??o entre os principais contaminantes encontrados nos ambientes costeiros e estuarinos. O uso de amostras biol??gicas na avalia????o de HPAs...

Varia????es temporais e espaciais naa composi????o isot??pica de produtores de e consumidores no estu??rio da Lagoa dos Patos, RS

Claudino, Marlucy Coelho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s???Gradua????o em Oceanografia Biol??gica, Instituto de Oceanografia, 2012.; Esta disserta????o ?? composta de uma parte introdut??ria em portugu??s e de um ap??ndice escrito na l??ngua inglesa intitulado ???Stable isotopes reveal temporal and between-habitats changes on relative importance of food sources and trophic pathways in a SW Atlantic estuary???, submetido a um peri??dico cient??fico internacional. A disserta????o foi realizada no ??mbito do programa Pesquisas Ecol??gicas de Longa Dura????o (s??tio 8) com o objetivo de avaliar a varia????o mensal, sazonal e espacial na composi????o isot??pica (C, N) de fontes alimentares basais, como produtores prim??rios e outras fontes como biofilme, mat??ria org??nica particulada em suspens??o (POM) e no sedimento (SOM), e de consumidores, como invertebrados e peixes. O estudo dessas varia????es isot??picas permitiu inferir sobre a estrutura e din??mica da teia alimentar no estu??rio da Lagoa dos Patos (ELP). Fontes alimentares basais e consumidores foram coletados mensalmente durante um ano em um canal de marisma (E1) e em um plano de lama (E2) do ELP. Em geral, a m??dia dos valores de ???13C das fontes basais e consumidores foram significativamente maiores (p <0...

The history of the introduction of the giant river prawn, Macrobrachium cf. rosenbergii (Decapoda, Palaemonidae), in Brazil: new insights from molecular data

COELHO, Gabriel Iketani; SILVA, Luciana Pimentel da; OLIVEIRA, Gl?ucia Caroline Silva de; MACIEL, Cristiana Ramalho; VALENTI, Wagner Cotroni; SCHNEIDER, Horacio; SAMPAIO, Maria Iracilda da Cunha
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.26%
The giant river prawn, Macrobrachium cf. rosenbergii, is one of the most cultivated freshwater prawns in the world and has been introduced into more than 40 countries. In some countries, this prawn is considered an invasive species that requires close monitoring. Recent changes in the taxonomy of this species (separation of M. rosenbergii and M. dacqueti) require a re-evaluation of introduced taxa. In this work, molecular analyses were used to determine which of these two species was introduced into Brazil and to establish the geographic origin of the introduced populations that have invaded Amazonian coastal waters. The species introduced into Brazil was M. dacqueti through two introduction events involving prawns originating from Vietnam and either Bangladesh or Thailand. These origins differ from historical reports of the introductions and underline the need to confirm the origin of other exotic populations around the world. The invading populations in Amazonia require monitoring not only because the biodiversity of this region may be affected by the introduction, but also because admixture of different native haplotypes can increase the genetic variability and the likelihood of persistence of the invading species in new habitats.

Lecithotrophic behaviour in zoea and megalopa larvae of the ghost shrimp Lepidophthalmus siriboia Felder and Rodrigues, 1993 (Decapoda: Callianassidae)

ABRUNHOSA, Fernando Araujo; SIMITH, Darlan de Jesus de Brito; PALMEIRA, Carlos Andr? Melo; ARRUDA, Danielle Cristina Bulh?es
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.26%
A alimenta??o ? considerada cr?tica em cultivo de larvas de dec?podes. No entanto, algumas esp?cies podem apresentar reservas nutritivas suficientes para completar o desenvolvimento larval sem a necessidade de alimenta??o externa (conhecido como desenvolvimento larval lecitotr?fico). No presente estudo, dois experimentos foram realizados para verificar se o callianass?deo Lepidophthalmus siriboia tem comportamento lecitotr?fico ou se precisa de alimento externo para completar o desenvolvimento larval: Experimento 1, larvas submetidas a um per?odo inicial de alimenta??o e, Experimento 2, larvas submetidas a um per?odo inicial de inani??o. Em ambos os experimentos, observou-se altas taxas de sobreviv?ncia, com apenas 2 megalopas e 1 zoea III mortos. Estes resultados sugerem fortemente que larvas de L. siriboia s?o lecitotr?ficas, tendo reservas suficientes para completar o desenvolvimento larval, enquanto o est?gio de megalopa apresenta lecitotrofia facultativa. Os per?odos larvais de cada est?gio nos tratamentos foram bastante semelhantes. No entanto, foram observadas algumas diferen?as significantes entre alguns per?odos, os quais podem estar relacionados ?s condi??es de cultivo, provavelmente devido a fatores abi?ticos, ? variabilidade individual da condi??o larval...

Estruturas do olho do Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae): estudo utilizando microscopia ?ptica e de varredura.

BOULHOSA, Silvio M?rcio Pereira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.84%
O g?nero Macrobrachium cont?m mais de 120 esp?cies e ocorre nas regi?es tropicais e subtropicais de todo o mundo (VALENTI, 1987). S?o camar?es de ?gua doce da fam?lia Palaemonidae e da ordem Decapoda (RAFINESQUE, 1815; LATREILLER, 1802). No Brasil existem 18 esp?cies, at? agora classificadas, distribu?das ao longo da bacia amaz?nica (MELO 2003). Entre estas, o Macrobrachium amazonicum (HELLER, 1862) conhecido popularmente como camar?o-sossego ou camar?o-canela, amplamente empregados na carcinicultura. Os crust?ceos disp?em de estruturas sensitivas localizadas no cefalot?rax, que permitem receber est?mulos do meio para localizar e capturar o alimento (BARNES, 1998). Os olhos compostos est?o presentes em todas as classes de crust?ceo. Assim, a hip?tese levantada nessa pesquisa foi que no Macrobrachium amazonicum, estes olhos s?o do tipo de superposi??o reflexiva, onde o aparelho di?ptrico e o rabd?mero se estendem em camadas e est? separado por uma zona clara n?o pigmentada. Neste trabalho temos como objetivos: Avaliar os aspectos morfol?gicos do olho do Macrobrachium amazonicum em microscopia eletr?nica de varredura; Caracterizar a morfologia das c?lulas fotorreceptoras; Descrever as estruturas morfol?gicas do olho do M. amazonicum; Caracterizar as rela??es morfom?tricas entre o olho e as demais estruturas do M. amazonicum. Os animais foram adquiridos no distrito de Mosqueiro nos per?odos de chuvas...

Avalia??o das condi??es higi?nico - sanit?rias do pescado beneficiado em ind?strias paraenses e aspectos relativos ? exposi??o para consumo em Bel?m - Par?

FARIAS, Maria do Carmo Andion
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
O estado do Par? ? um importante produtor de pescado, beneficiando peixes, moluscos e crust?ceos em in?meras ind?strias localizadas em seu territ?rio e cuja produ??o ? destinada ao mercado interno e externo. Com o objetivo de analisar os fatores que afetam a qualidade do pescado foram analisadas 433 amostras de pescado,133 ( 51 de peixe eviscerado congelado, 54 de fil? de peixe congelado, nove de peixe em posta congelado, duas de peixe inteiro congelado, quatro de peixe eviscerado fresco, tr?s de cauda de lagosta congelada e dez de camar?o sem cabe?a congelado), de 20 ind?strias paraenses sob Inspe??o federal foram submetidas a m?todos anal?ticos oficiais; 121 amostras de peixe exposto ao consumo em nove lojas de quatro grandes redes de supermercados foram avaliadas sob diferentes aspectos de exposi??o e condi??es de comercializa??o; e 179 amostras de peixe exposto ao consumo em nove locais (seis mercados e tr?s feiras-livres) foram avaliadas sob diferentes aspectos de exposi??o e comercializa??o. Os resultados demonstraram que em elevados percentuais nas an?lises f?sico-qu?micas (determina??o de pH, provas de rea??o de am?nia e g?s sulf?drico e bases vol?teis totais), sensoriais e de verifica??o de temperatura e microbiol?gicas (contagem de Staphylococcus aureus...

Avalia??o do efeito dos principais itens da dieta natural de Astronotus ocellatus (Cuvier, 1829) da Reserva Mamirau? (AM, Brasil) sobre a sua colora??o reprodutiva em ambiente artificial

CHAVES, Rui Alves
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.84%
Com o objetivo de testar a influ?ncia dos itens alimentares na colora??o de acara-a?us foi realizado o presente estudo que teve duas etapas. A primeira visou identificar os principais grupos alimentares da dieta de Astronotus ocellatus atrav?s da an?lise dos conte?dos estomacais e intestinais. A segunda visou comparar o efeito ocasionado pela administra??o de diferentes grupos da dieta, num ambiente artificial, sobre a colora??o vermelha e a aquisi??o de massa corp?rea dos indiv?duos. Na primeira etapa as atividades foram desenvolvidas na Reserva de Desenvolvimento Sustent?vel Mamirau? (RDSM. Foram utilizados 216 indiv?duos. Ap?s fixa??o do trato digestivo de cada exemplar estes foram analisados qualitativamente, sobestereomicroscopia. Os itens alimentares encontrados nos referidos conte?dos foram classificados usando como crit?rio de agrupamento grandes categorias tais como: moluscos, crust?ceos, insetos, peixes e vegetais, al?m de material n?o identificado. O comprimento da primeira matura??o sexual foi calculado. O regime do n?vel de ?gua na RDSM durante o per?odo do estudo foi obtido atrav?s de dados clim?ticos fornecidos pelo Instituto Mamirau?. O ?ndice alimentar para cada item, foi calculado atrav?s do produto da freq??ncia de ocorr?ncia relativa e do peso relativo de cada item e da somat?ria dos produtos para todos os itens identificados...

Comparative morphology of the first zoea of twelve brachyuran species (Crustacea: Decapoda) from the Amazon region

SOUZA, Adelson Silva de; COSTA, Rauqu?rio Andr? Albuquerque Marinho da; ABRUNHOSA, Fernando Araujo
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.47%
The laboratory-hatched first zoeal stage of twelve brachyuran species collected in the estuarine area of the Caet? River in the Amazonian region are described and illustrated in the present study: P. americanus Saussure, 1857, Eurytium limosum (Say, 1818), Sesarma curacaoense De Man, 1892, S. rectum Randall, 1840, Armases rubripes (Rathbun, 1897), Aratus pisonii (H. Milne Edwards, 1837), Ocypode quadrata (Fabricius, 1787), Uca rapax (Smith, 1870), U. maracoani (Latreille, 1802), U. thayeri Rathbun, 1900, Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) and Pachygrapsus gracilis (Saussure, 1858). Through intraspecific comparisons of the respective larval stage, an identification key was generated and provided. Most of the studied species presented morphological differences (e.g. type and presence or absence of setae) when compared to the same species previously described in the literature.

Biologia e ecologia do camar?o dulc?cola Macrobrachium surinamicum Holthuis, 1948 (Decapoda: Palaemonidae) no estu?rio Guajar?, Par?, costa norte do Brasil

CAVALCANTE, Danielle Viveiros
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Macrobrachium surinamicum ? uma esp?cie de camar?o do Atl?ntico cuja biologia ainda ? pouco conhecida. Na Amaz?nia ele ? frequentemente capturado como fauna associada ? M. amazonicum, esp?cie predominantemente dulc?cola amplamente comercializada na regi?o amaz?nica pela pesca artesanal, atendendo as necessidades aliment?cias e econ?micas da comunidade ribeirinha. Com o objetivo de caracterizar a distribui??o espa?o-temporal do camar?o dulc?cola M. surinamicum na Ba?a do Guajar? e Ilha de Mosqueiro, correlacionando a abund?ncia desta esp?cie com fatores abi?ticos (temperatura e salinidade) e, al?m disso, investigar a estrutura populacional, as principais rela??es biom?tricas e elucidar alguns aspectos da reprodu??o desta esp?cie, foram realizadas expedi??es mensais na Ba?a do Guajar? e na Ilha de Mosqueiro de maio/2006 a abril/2007. As amostragens foram realizadas com utiliza??o de armadilhas conhecidas localmente como matapis. Um total de 361 camar?es foram capturados sendo a maior abund?ncia em dezembro e a menor em julho de 2006. A maior captura foi na Ilha de Arapiranga e menor na Ilha de Mosqueiro. A abund?ncia diferiu significativamente em dezembro/06 e nenhuma vari?vel estudada teve influ?ncia significativa na abund?ncia de M. surinamicum. Os machos foram maiores que as f?meas e a propor??o sexual total n?o diferiu significativamente do esperado de 1:1. A frequ?ncia de f?meas e machos entre locais e meses foi maior em dois per?odos do ano...

Diet of the freshwater stingray Potamotrygon motoro (Chondrichthyes: Potamotrygonidae) on Maraj? Island (Par?, Brazil)

ALMEIDA, Mauricio Pinto de; LINS, Paulo Marcelo de Oliveira; CHARVET, Patr?cia; BARTHEM, Ronaldo Borges
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.73%
O conte?do estomacal de 137 exemplares de Potamotrygon motoro provenientes de 3 localidades (Muan?, Afu? e Lago Arari) na ilha de Maraj? foi analisado. Os valores do ?ndice Relativo de Import?ncia (IRI) e respectiva porcentagem (%IRI) foram calculados. O n?vel de reple??o 1 (? cheio) foi o mais representativo para ambos os sexos, assim como para exemplares imaturos e maduros. A maioria dos itens alimentares analisados encontrava-se bastante digerido. A identifica??o dos itens alimentares indicou a presen?a de 15 ordens, incluindo insetos, moluscos, crust?ceos, anel?deos e peixes. Diferen?as na dieta entre os locais amostrados foram observadas ao se comparar as %IRI, sendo crust?ceos o item preferencial em Afu?, peixes no Lago Arari e moluscos em Muan?.; ABSTRACT: The stomach contents of 137 examples of Potamotrygon motoro caught in 3 locations (Muan?, Afu? and Lake Arari) on Maraj? Island were analysed. The values of the Index of Relative Importance (IRI) and its respective percentage (%IRI) were calculated. The level of repletion 1 (? full) was the most representative for both sexes, as well as for immature and mature specimens. Most of the food items found were well-digested. The food items identification indicated the presence of 15 orders...

Adequa??es tecnol?gicas no beneficiamento do caranguejo-u?? Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) desenvolvido na comunidade de Caratateua, munic?pio de Bragan?a, estado do Par?, Brasil

BRABO, Marcos Ferreira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
No Estado do Par?, o beneficiamento do caranguejo-u?? ocorre de forma totalmente artesanal, sendo o seu produto frequentemente associado a eventos de intoxica??o alimentar. Neste trabalho o autor tem por finalidade propor adequa??es tecnol?gicas no processamento deste crust?ceo desenvolvido na comunidade de Caratateua, munic?pio de Bragan?a/Par?. Foram realizadas excurs?es mensais ? comunidade de abril/2008 a maio/2009 com aplica??o de 120 entrevistas direcionadas aos principais atores sociais envolvidos na atividade, constando de aspectos econ?micos, sociais e tecnol?gicos, al?m de an?lises laboratoriais (composi??o qu?mica e microbiologia), observa??es de campo e revis?o de literatura. Constatou-se que a quantidade de caranguejo desembarcada e o tamanho m?dio dos indiv?duos v?m diminuindo nos ?ltimos anos. A captura ? realizada exclusivamente por indiv?duos do sexo masculino, sendo o gancho o principal apetrecho utilizado. O beneficiamento ? praticado principalmente por mulheres e crian?as, por?m homens eventualmente tamb?m o fazem. N?o h? uma padroniza??o do processamento e as condi??es higi?nico-sanit?rias dos locais de beneficiamento s?o na grande maioria das vezes inadequadas, podendo este ser realizado no interior da resid?ncia...