Página 1 dos resultados de 3707 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Criatividade: definição, utensílio e aplicabilidade: adequação e utilização de técnicas no contexto da EAD

Costa, Jacinta Casimiro da
Fonte: Universidade de Aveiro, Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa Publicador: Universidade de Aveiro, Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
O presente estudo centra-se na temática da criatividade e, mais especificamente, na verificação do exercício de técnicas da criatividade como ferramentas de desenvolvimento do processo criativo num ambiente de aprendizagem on-line. Pretendeu-se transpor técnicas da criatividade utilizadas comummente no contexto de sala de aula para o desenvolvimento da criatividade, para um ambiente de aprendizagem on-line, analisando o impacto que estas teriam na realização de um projecto pela sua integração no início da sua execução. Este projecto englobou duas metodologias de estudo para atingir a finalidade e objectivos propostos – o estudo de caso e a investigação-acção –, tratando-se ainda de um estudo transversal. A análise e tratamento de dados foram essencialmente de carácter qualitativo/interpretativo, recorrendo-se também a dados quantitativos (de índole eminentemente descritiva). A investigação foi desenvolvida na Escola Superior de Educação do Porto, do Instituto Politécnico do Porto. Os participantes foram alunos do 4.º ano do curso de Professores do 2.º ciclo do ensino básico, variante de Educação Visual e Tecnológica, da disciplina de Design II, que foram divididos em dois grupos para efeito de realização do estudo. Entre as várias técnicas da criatividade estudadas pela investigadora...

Antecedentes e consequências da criatividade organizacional

Manenti, Diogo Zapparoli
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Os consumidores estão ávidos por novos produtos, as empresas precisam sempre desenvolver processos produtivos adaptativos que agreguem qualidade e reduzam os custos, precisam repensar seus procedimentos e criar soluções para problemas enfrentados. Estas demandas requerem por parte das empresas constante atenção ao processo de geração de novas ideias que possam ser úteis a estas contingências. A criatividade pode ser vista como uma forma de fazer frente aos desafios do mercado e a geração de ideias impulsionadoras do desenvolvimento organizacional. A partir deste pressuposto a tese antecedentes e consequências da criatividade organizacional, no contexto do Rio Grande do Sul, Brasil, pretende testar a relação entre orientação para a aprendizagem, os fatores do clima criativo, a criatividade e a performance. O fio condutor desta investigação sedimenta na promoção e compartilhamento do conhecimento organizacional pela orientação para a aprendizagem. Neste posicionamento supõe-se que o clima criativo encontre um ambiente propício para o desenvolvimento da criatividade e posteriormente espera-se que essas características gerem performance organizacional. A proposição de um modelo que integre a orientação para a aprendizagem (Baker e Sinkula...

A criatividade de crianças asmáticas; The asthmatic childrens creativity

Brentan, Cristiane Cintra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.21%
A presente pesquisa avaliou a expressão da criatividade de crianças asmáticas, buscando relacioná-la a aspectos de sua personalidade. Existe uma suspeita de que alguns destes aspectos inibem a expressão da criatividade dessas crianças. A asma é um bom exemplo de doença psicossomática. Referências bibliográficas apontam para a observação de um funcionamento atípico do aparelho psíquico dos pacientes somáticos, caracterizado por uma carência funcional das atividades fantasmáticas ligadas à imaginação e à expressão simbólica. Neste contexto, o objetivo do estudo é compreender a relação existente entre a dinâmica da personalidade e a expressão da criatividade de crianças asmáticas. Utilizou-se um método de pesquisa qualitativa. A amostra foi composta de um grupo de quatro crianças, com faixa etária de 7 a 10 anos, portadoras de diagnóstico médico de asma brônquica moderada ou grave. A pesquisa foi realizada em crianças que estavam sendo atendidas no ambulatório de pneumologia pediátrica do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Primeiramente, foi apresentado aos pais o termo de consentimento. Foi feita uma entrevista semiestruturada com os pais e realizados dois encontros com a criança...

A criatividade na arte e na educação escolar: uma contribuição à pedagogia histórico-crítica à luz de Georg Lukács e Lev Vigotski

Saccomani, Maria Cláudia da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 186 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação Escolar - FCLAR; Este trabalho apresenta um estudo sobre o desenvolvimento histórico-social da criatividade. Nossa problemática de pesquisa reside na generalizada aceitação da concepção de criatividade como um dom quase mágico com o qual as pessoas teriam sido agraciadas por algum ser divino ou pela natureza. Ou seja, tornou-se senso comum a concepção de criatividade como um potencial individual inato ou que se desenvolve como fruto de interações espontâneas com o ambiente cultural, não necessitando da transmissão sistemática de conhecimento ou até mesmo a ela se opondo. Em linhas gerais, as pedagogias do “aprender a aprender” apresentam uma contraposição entre ensino e criatividade. Em contrapartida, procuramos fundamentar nossa oposição às concepções naturalizantes e espontaneístas do desenvolvimento humano e da criatividade presentes nas pedagogias hegemônicas. Destarte, realizamos uma análise teórico-conceitual que tomou como objetivo compreender a interdependência entre o ensino sistematizado e a criatividade na arte e na educação escolar. Situando-se na perspectiva da pedagogia histórico-crítica...

Criatividade escolar : relação entre tempo de experiência docente e tipo de escola

Castro, Júlia Soares Rosa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; A criatividade é um fenômeno complexo e multifacetado que vem recebendo grande proeminência em pesquisas nos últimos 30 anos. Destaca-se o fato de ser um construto que só pode ser compreendido na interação de aspectos sociais, culturais e individuais. Assim, diversos autores passaram a dar mais importância em suas investigações às condições que favorecem o desenvolvimento da criatividade no ambiente educacional. A escola aparece como local fundamental de estímulo e desenvolvimento das habilidades criativas, uma vez que neste ambiente os indivíduos passam grande parte de suas vidas, seja como alunos ou docentes. O presente estudo investigou a criatividade e as barreiras pessoais à sua expressão entre professores com mais e menos experiência docente da 4ª série do ensino fundamental de escolas públicas e particulares. Também foi examinada a percepção do clima de sala de aula para a criatividade entre os alunos destes professores. Participaram desta pesquisa 52 professores e 967 alunos. Foram utilizados quatro subtestes da Bateria Torrance de Pensamento Criativo, o Inventário para Identificação de Barreiras à Criatividade Pessoal e a Escala Sobre Clima para a Criatividade em Sala de Aula. Para análise dos dados foi empregada a análise de variância univariada (ANOVA). Os resultados indicaram diferenças significativas entre os professores com mais e menos tempo de docência apenas na categoria flexibilidade na atividade Linhas Paralelas. Quando considerado o tipo de escola...

Desenvolvimento da criatividade na educação a distância segundo a percepção de universitários

Sathler, Thaïs Cardoso
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; Desde a década de 1950, o estudo da criatividade no contexto educacional tem influenciado práticas pedagógicas, objetivos e estratégias de ensino. A educação a distância aparece cada vez mais, no contexto atual, como uma forma de educação adequada e desejável para atender às novas demandas educacionais decorrentes das mudanças na nova ordem econômica mundial. Contudo, as pesquisas encontradas a respeito de criatividade em educação referem-se, em sua grande maioria, ao ensino presencial. Assim, o tema criatividade na educação a distância pode ser considerado novo e de extrema relevância para o cenário educacional. O presente estudo investigou o desenvolvimento da criatividade na educação a distância. Para alcançar este objetivo foram analisados: (a) a percepção de universitários a respeito de elementos que favorecem ou inibem a criatividade no contexto de educação a distância, e (b) aspectos do projeto político-pedagógico relativos ao desenvolvimento/expressão da criatividade. Foram utilizados tanto procedimentos quantitativos quanto qualitativos para examinar essas variáveis. Participaram desta pesquisa 122 alunos de um curso de graduação em Administração a distância oferecido por uma universidade situada no Distrito Federal. O instrumento utilizado foi uma escala que media a percepção dos alunos acerca da implementação...

As interações professor-aluno e o clima para criatividade em sala de aula : possíveis relações

Libório, Ana Clara Oliveira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.24%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2009.; Devido à complexidade e diversidade dos processos de desenvolvimento e de aprendizagem humana, não se pode pensar em um trabalho pedagógico nos dias atuais que não seja permeado em algum grau por ações que envolvam criatividade. Fazer educação implica necessariamente em promover desenvolvimento e aprendizagem para todos os atores envolvidos nesse processo. Com o objetivo de contribuir para uma melhor compreensão de como os processos criativos se desenvolvem e se articulam com outros temas, particularmente as interações humanas, o presente trabalho buscou investigar a relação professor-aluno, visando compreender de que forma essas relações podem ser favorecedoras para um clima propício ou não à criatividade em sala de aula e, ainda, conhecer e analisar as concepções que os professores têm sobre relação professo-aluno, criatividade e clima favorável à criatividade. O estudo foi realizado com professores e alunos, da 5ªsérie, pertencentes à rede pública de ensino do Distrito Federal. A pesquisa foi dividida em duas etapas. Na primeira, foi realizado um estudo piloto junto a uma turma da 5ªsérie com vistas a adaptar a Escala Sobre Clima para Criatividade em Sala de Aula (Fleith & Alencar...

Estudo comparativo entre alunos superdotados e nãosuperdotados em relação à criatividade, inteligência e percepção de clima de sala de aula para criatividade

Gonçalves, Fernanda do Carmo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2010.; Nos últimos anos, no Brasil, o interesse pelo fenômeno da superdotação tem aumentado. No entanto, o país ainda necessita de maiores investimentos e pesquisas na área, de forma a possibilitar e orientar a implementação de programas e serviços para o aluno superdotado, bem como a adaptação de currículos escolares que estimulem as potencialidades desse aprendiz, especialmente a inteligência e a criatividade. Nesse sentido, foi realizado um estudo comparativo entre alunos superdotados e nãosuperdotados em relação à criatividade e inteligência. Os objetivos específicos dessa pesquisa foram: investigar se existe relação entre criatividade e inteligência em alunos superdotados e nãosuperdotados; investigar se existem diferenças quanto à criatividade e inteligência entre alunos superdotados e nãosuperdotados; investigar se existem diferenças de percepção quanto ao clima de criatividade em sala de aula entre alunos superdotados e nãosuperdotados e investigar a percepção dos alunos superdotados e nãosuperdotados sobre inteligência e criatividade. Participaram dessa pesquisa 21 alunos superdotados e 27 nãosuperdotados do 6º ano do ensino fundamental de uma escola pública em Minas Gerais. Foram utilizados quatro instrumentos na coleta de dados: Matrizes Progressivas de Raven – Escala Geral...

Uso de tecnologias na prática pedagógica e sua influência na criatividade, clima de sala de aula e motivação para aprender

Borges, Clarissa Nogueira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2014.; Criatividade, motivação para aprender e uso de recursos tecnológicos na prática pedagógica são temas que têm despertado o interesse de pesquisadores, educadores e psicólogos escolares. Embora se observe uma crescente incorporação de tecnologias da informação e comunicação (TIC) na educação, no Brasil, as investigações sobre esses fenômenos, de modo geral, têm sido realizadas em contextos nos quais são utilizados recursos pedagógicos tradicionais, desconsiderando as possíveis influências das novas tecnologias. Nesse sentido, este estudo teve como objetivo comparar alunos e alunas de escolas em que são utilizadas TIC nas práticas pedagógicas e os de instituições de ensino que não fazem uso desses recursos no que se refere à criatividade, à percepção do clima de sala de aula para criatividade e à motivação para aprender, além de analisar possíveis relações entre as três variáveis. Participaram da pesquisa 76 estudantes do 5º ano do ensino fundamental, de instituições particulares de ensino do Distrito Federal, sendo 39 (51,3%) do gênero masculino e 37 (48...

Intervenção em criatividade com professoras e mães : efeitos no rendimento escolar, autoconceito, motivação e criatividade de alunos do 3º ano do ensino fundamental

Santos, Fernanda do Carmo Gonçalves dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2014.; A criatividade tem sido cada vez mais reconhecida como recurso importante para a promoção do bem-estar mental do indivíduo, bem como para o avanço econômico e social de um país. Desde que haja condições favoráveis e uso de estratégias adequadas, essa habilidade pode ser desenvolvida e aprimorada. A escola e a família são contextos críticos de incentivo à criatividade e fontes para a emergência do comportamento criativo. Entretanto, o potencial criador nem sempre é estimulado e compreendido por educadores e pais. Portanto, o objetivo deste estudo foi verificar os efeitos, a curto e médio prazo, de dois programas de criatividade – um para professoras e outro para mães – na habilidade criativa, autoconceito, motivação para aprender, rendimento escolar e percepção do clima para criatividade em sala de aula de alunos do 3º ano do ensino fundamental. Participaram da pesquisa 128 crianças, cinco docentes e nove mães de uma escola pública de Minas Gerais. Cinco instrumentos foram utilizados: Teste Torrance de Pensamento Criativo, Escala de Avaliação da Motivação para Aprender de Alunos do Ensino Fundamental...

Relações entre criatividade, desempenho escolar e clima para criatividade nas aulas de matemática de estudantes do 5º ano do ensino fundamental

Carvalho, Alexandre Tolentino de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2015.; O objetivo dessa dissertação foi analisar as relações entre a percepção do clima para criatividade nas aulas de Matemática de alunos do 5º ano do ensino fundamental, o desempenho desses alunos em Matemática e em teste de criatividade em Matemática. Foram construídos os seguintes instrumentos de pesquisa: (a) Escala de Clima para Criatividade nas aulas de Matemática, (b) Teste de Desempenho Escolar em Matemática e, (c) Teste de Desempenho em Criatividade Matemática. Os dados foram tratados estatisticamente por meio da Correlação de Pearson a fim de analisar as relações entre os mesmos. Observou-se que não houve correlação entre clima para criatividade em Matemática e as duas formas de desempenho: em Matemática e em criatividade em Matemática. Observou-se correlação em sentido oposto entre Clima para Criatividade em Matemática e Originalidade avaliada no teste de criatividade em Matemática. Houve correlação positiva entre Desempenho em Matemática e Desempenho em Criatividade Matemática. Esses resultados reafirmam a importância do desenvolvimento integral das habilidades matemáticas...

As ondas revitalizadoras da criatividade no ensino superior de enfermagem : estudo comparativo e multifatorial do perfil criativo dos atores educacionais; The revitalizing waves of creativity in higher education of nursing : comparative and multifactorial study of the creative profile of educational actors; Las olas revitalizadoras de la creatividad en la educación superior de Enfermería : estudio comparativo y multifactorial del perfil creativo de los actores educacionales

Apolinário, Onã da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2015.; Introdução – Investigações relacionadas à cultura dos cuidados precisam colocar a criatividade no temário científico. Na ciência da enfermagem existem poucos estudos na temática devido à ênfase investigativa clínico-tecnicista. Objetivo geral – Caracterizar a fisionomia expressivo-criativa na formação de enfermeiros em dois Cursos de Graduação do Distrito Federal-Brasil, sendo um público e outro particular, e a relação com a produção do cuidado integral, mediada por Teorias da criatividade e do Ser Humano Unitário. Método – Estudo exploratório, descritivo e analítico, de natureza quali-quantitativa. Definiu-se a questão norteadora: na opinião de professores e alunos, em que extensão o Curso de Graduação em Enfermagem favorece o desenvolvimento e a expressão da criatividade dos atores educacionais, considerando o enfoque multifatorial: atuação docente, nível de criatividade e barreiras? Referente ao enquadramento conceitual, baseou-se na Ciência do Ser Humano Unitário, Teoria Geral para o Desenvolvimento da Produtividade Criativa em Jovens...

Criatividade e mudança: promoção da capacidade, competência e atitude criativa

Oliveira, Inês Maria Henriques Guedes de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
A tese que se apresenta defende que a capacidade criativa, manifestação de criatividade da condição humana, ao ser promovida e desenvolvida facilita a ocorrência da aprendizagem da atitude criativa, que tem como efeito a flexibilidade de pensamento, a originalidade das ideias e a fluidez de expressão, potenciando, simultaneamente, a comunicação e a expressão pessoal, ao despertar a curiosidade e o espírito crítico. Para demonstrar a sua validade e legitimidade começou-se por estabelecer a conexão de dois campos de estudos, criatividade e comunicação-ludicidade. De seguida definiu-se três vias distintas que permitiu chegar à perspectiva teórica da pragmática da criatividade: A primeira via diz respeito ao entendimento de diferentes perspectivas teóricas de autores de referência que se dedicaram ao estudo da compreensão da criatividade e à investigação dos factores que permitem a promoção e o desenvolvimento da criatividade humana e social, tentando estabelecer um paralelo entre elas; a segunda via, foi a apropriação da pragmática da comunicação humana estabelecida pela Escola de Pensamento de Palo Alto (1967), e a sua transposição para o campo teórico da criatividade, o que permite sublinhar a relevância dos factores de interacção e de contextos situacionais na construção da aprendizagem e na mudança; a terceira e última via diz respeito à adopção da noção de consequencialidade estabelecido por Cronen e Sigman (1995)...

Prevenção do mal-estar através da motivação e criatividade dos colaboradores: um estudo realizado com artistas

Moura, Inês da Felicidade Ruivo
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
A criatividade e a motivação dos colaboradores são características fundamentais para a inovação e para o empreendedorismo. No entanto, não têm sido realizados estudos empíricos que esclareçam as relações que se estabelecem entre a criatividade e a saúde mental no domínio organizacional. De uma forma geral, a literatura parece sugerir que os profissionais que trabalham no meio artístico apresentam uma maior criatividade, mas também que revelam uma maior vulnerabilidade em termos de saúde mental. O presente trabalho tem como objetivo principal compreender se a criatividade e a motivação de profissionais do mundo artístico podem ajudar a prever a sua saúde mental, sendo esta avaliada através de três indicadores de mal-estar (stress, ansiedade e depressão). Foram utilizados instrumentos já existentes para avaliar a criatividade (EPC), a motivação intrínseca (IMQ) e os três indicadores de mal-estar – stresse, ansiedade e depressão (DASS-21). A amostra era constituída por 50 profissionais do meio artístico em Portugal. Foi possível verificar a existência de uma relação significativa entre a criatividade e a motivação profissional. Verificou-se ainda que a relação entre os três indicadores de mal-estar e a criatividade...

O impacto dos valores organizacionais na percepção de estímulos e barreiras à criatividade no ambiente de trabalho

Bedani,Marcelo
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
O objetivo deste estudo é investigar o impacto dos valores organizacionais na percepção de estímulos e barreiras à criatividade no ambiente de trabalho. A criatividade organizacional resulta de uma complexa combinação de fatores pessoais, históricos, sociais e culturais. Assim, os modelos mais recentes de criatividade contemplam o inter-relacionamento de aspectos pessoais e contextuais para explicar a expressão do fenômeno criativo. No caso específico da cultura organizacional, sua influência na manifestação da criatividade ocorreria por meio dos valores. Contudo, apesar de essa relação ser recorrentemente citada na literatura, não foram encontrados estudos empíricos que relacionassem os valores organizacionais como antecedentes da criatividade organizacional. Para coleta de dados, utilizaram-se duas escalas: inventário de perfis de valores organizacionais e escala de apoio e resistência a ideias novas. Participaram 2.171 respondentes, empregados de uma instituição financeira. A relação entre valores e criatividade organizacionais foi avaliada por meio de regressões múltiplas stepwise. Os resultados desta pesquisa corroboram a ideia de que os valores organizacionais são fatores contextuais importantes na predição do apoio e da resistência à novidade no ambiente de trabalho. Autonomia...

As crenças docentes sobre a criatividade a as práticas pedagógicas criativa: o caso do programa do ensino médio inovador no RN

Santos, Fábio Alexandre Araújo dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Estamos vivendo no século da criatividade em que os sujeitos precisam ser estimulados a criar e inovar nos processos de aprendizagem escolar. Nesse sentido, a criatividade precisa ser compreendida como um bem cultural, um direito de todos e uma condição histórica e cultural do sujeito, e não como uma capacidade inerente ao sujeito ou pertencente alguns poucos eleitos. Para que a criatividade do aluno seja estimulada, faz-se necessário, dentre outros elementos, que o conhecimento profissional do professor considere as crenças como componente de seu processo de profissionalização com o objetivo de reconhecer o seu papel e influências como formas de nortear as ações profissionais docentes. Para tanto, a presente tese tem o objetivo de estudar as crenças dos professores sobre a criatividade dos estudantes no Ensino Médio Inovador. O ensino, nessa perspectiva, mais especificamente, o ensino médio precisa inovar-se, e nesse processo, o Programa Ensino Médio Inovador PROEMI emerge como uma das iniciativas das políticas públicas educacionais vigentes. Para tanto, no intuito de fundamentar as nossas discussões dialogamos com autores que discutem a criatividade no contexto da educação, às crenças, o conhecimento profissional do professor e o ensino médio. Nessa pesquisa...

Relações entre criatividade, criatividade em matemática e motivação em matemática de alunos do ensino médio

Gontijo, Cleyton Hércules
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; O trabalho pedagógico com a Matemática, na maioria das escolas, tem sido marcado pela fragmentação, descontextualização e ensino mecânico. Essa realidade tem gerado desinteresse e indiferença em relação a este componente curricular, produzindo ao longo da história escolar dos alunos um sentimento de fracasso e incapacidade para compreender e resolver problemas matemáticos. Uma forma de possibilitar mudanças nesta realidade é a implementação de práticas que favoreçam o desenvolvimento da criatividade nesta área do conhecimento. Isto implica realizar estudos que aprofundem a compreensão sobre o fenômeno da criatividade em Matemática. Nesse sentido, esta tese teve como objetivo investigar relações entre criatividade, motivação em Matemática e criatividade em Matemática, em uma amostra composta por 100 alunos, dos gêneros masculino e feminino, da 3ª série do Ensino Médio de uma escola particular do Distrito Federal. Para esta investigação, foram traçadas as seguintes questões orientadoras: (1) Existem diferenças entre alunos do gênero masculino e feminino em relação à criatividade (2) Existem diferenças entre alunos do gênero masculino e feminino em relação à criatividade em Matemática? (3) Existem diferenças entre alunos do gênero masculino e feminino em relação à motivação em Matemática? (4) Existe relação entre criatividade e criatividade matemática? (5) Existe relação entre motivação e criatividade matemática? A fim de responder a essas questões...

Tecnologias digitais de informação e comunicação como recurso para a criatividade no ensino e aprendizagem da língua inglesa

Bueno, Flávio Vieira Bueno
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.21%
As Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs)como recurso para a criatividade no ensino e aprendizagem da língua inglesa anunciam um universo de inovações. Com o objetivo de confirmar se as TDICs contribuem para o desenvolvimento da criatividade, buscou-se identificar nos trabalhos acadêmicos realizados na área os aspectos criativos descritos por Bahia e Nogueira (2005), no projeto, Entre a teoria e a prática da criatividade. Os resultados demonstraram que as TDICs são protagonistas de uma revolução que não é só tecnológica, é também uma revolução de comportamentos que envolvem a escola, os professores e os alunos.; Digital Technologies of Information and Communication (DTICs) as a resource for creativity in teaching and learning of English announce a universe of innovations. In order to confirm whether the DTICs contribute to the development of creativity, scholarly papers have been studied as a means to identify the presence (or not) of the creative aspects described by Bahia and Nogueira (2005) in their work called Among the Theory and Practice of Creativity (Entre Entre Entre a Teoria e Prática da Criatividade a Teoria e Prática da Criatividadea Teoria e a Prática da Criatividadea Teoria e a Prática da Criatividade a Teoria e Prática da Criatividadea Teoria e a Prática da Criatividadea Teoria e a Prática da Criatividade a Teoria e Prática da Criatividade a Teoria e Prática da Criatividade a Teoria e Prática da Criatividade a Teoria e Prática da Criatividadea Teoria e a Prática da Criatividade a Teoria e Prática da Criatividade ). The results showed that the DTICs are protagonists of a revolution which embraces not only technology but behaviors involving the school...

O incentivo ?? criatividade no processo ensino-aprendizagem

Lib??rio, Marcella Dutra Blans
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Este trabalho teve como finalidade compreender e analisar o desenvolvimento da criatividade em alunos das s??ries iniciais. Al??m disso, teve como objetivo levantar subs??dios que pudessem contribuir com a pr??tica pedag??gica. Seu objetivo geral ?? conhecer sobre a criatividade com a finalidade de oferecer contribui????es aos professores, para desenvolv??-la em seus alunos. Foram utilizados pressupostos da Pesquisa Qualitativa, que de acordo com Gewandsznajder e Alves-Mazzotti, essa pesquisa, de um modo geral, utiliza cuidadosamente os m??todos, t??cnicas e outros procedimentos cient??ficos. Contribu??ram para este trabalho professores especialistas na ??rea, que trabalham em uma institui????o de ensino superior, situada na Asa Norte, Plano Piloto, Bras??lia, Distrito Federal, respondendo a uma entrevista sobre criatividade no contexto escolar e o processo criativo. Este instrumento visou auxiliar na identifica????o de fatores que contribuem para a express??o da criatividade em sala de aula, bem como aqueles que inibem a criatividade em turmas do Ensino Fundamental. As categorias encontradas neste trabalho foram: a identifica????o do aluno criativo; os procedimentos metodol??gicos e a criatividade; o desenvolvimento da crian??a; os conte??dos necess??rios; e a????o dos professores (o atual e o ideal). Os principais resultados apresentados foram: os alunos criativos s??o aqueles que t??m d??vidas e consultam o professor; as atividades para o desenvolvimento da criatividade devem conter situa????es-problema; os professores precisam de cursos sobre o tema para poder efetuar a motiva????o e o desenvolvimento da criatividade nos alunos. Foi de suma import??ncia saber como motivar e desenvolver a criatividade em alunos; com essa pesquisa esta acad??mica poder?? aperfei??oar-se enquanto professora.

O incentivo ?? criatividade no processo ensino-aprendizagem

Lib??rio, Marcella Dutra Blans
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Este trabalho teve como finalidade compreender e analisar o desenvolvimento da criatividade em alunos das s??ries iniciais. Al??m disso, teve como objetivo levantar subs??dios que pudessem contribuir com a pr??tica pedag??gica. Seu objetivo geral ?? conhecer sobre a criatividade com a finalidade de oferecer contribui????es aos professores, para desenvolv??-la em seus alunos. Foram utilizados pressupostos da Pesquisa Qualitativa, que de acordo com Gewandsznajder e Alves-Mazzotti, essa pesquisa, de um modo geral, utiliza cuidadosamente os m??todos, t??cnicas e outros procedimentos cient??ficos. Contribu??ram para este trabalho professores especialistas na ??rea, que trabalham em uma institui????o de ensino superior, situada na Asa Norte, Plano Piloto, Bras??lia, Distrito Federal, respondendo a uma entrevista sobre criatividade no contexto escolar e o processo criativo. Este instrumento visou auxiliar na identifica????o de fatores que contribuem para a express??o da criatividade em sala de aula, bem como aqueles que inibem a criatividade em turmas do Ensino Fundamental. As categorias encontradas neste trabalho foram: a identifica????o do aluno criativo; os procedimentos metodol??gicos e a criatividade; o desenvolvimento da crian??a; os conte??dos necess??rios; e a????o dos professores (o atual e o ideal). Os principais resultados apresentados foram: os alunos criativos s??o aqueles que t??m d??vidas e consultam o professor; as atividades para o desenvolvimento da criatividade devem conter situa????es-problema; os professores precisam de cursos sobre o tema para poder efetuar a motiva????o e o desenvolvimento da criatividade nos alunos. Foi de suma import??ncia saber como motivar e desenvolver a criatividade em alunos; com essa pesquisa esta acad??mica poder?? aperfei??oar-se enquanto professora.