Página 1 dos resultados de 49243 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

Dinâmica de crescimento e nutrição do capim-marandu submetido a doses de nitrogênio.; Growth dynamic and nutrition of marandu grass grown in nitrogen rates.

Santos Júnior, João de Deus Gomes dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
O objetivo do trabalho foi avaliar os atributos nutricionais e de crescimento do capim-Marandu (Brachiaria brizantha cv. Marandu) submetido a doses de nitrogênio e idades de crescimento. Entre os nutrientes, o nitrogênio destaca-se pelo incremento que é capaz de proporcionar na produção de forragem. O estudo da dinâmica do crescimento e nutrição do capim-Marandu constitui ferramenta importante para o aumento da produção e qualidade dessa planta forrageira. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação, em solução nutritiva, utilizando sílica como substrato. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos completos ao acaso, com os tratamentos combinados em fatorial 5x6, com quatro repetições. O capim-Marandu foi submetido a doses de nitrogênio de 28, 112, 210, 294 e 378 mg L-1 e avaliado nas idades de crescimento de 21, 28, 35, 42, 49 e 56 dias após a emergência. As soluções apresentaram proporção constante NO3-:NH4+ de 70%:30% e foram trocadas semanalmente a partir da primeira idade de crescimento. As doses de nitrogênio e as idades de crescimento interagiram significativamente (P<0,05) em todos os atributos nutricionais e de crescimento do capim-Marandu, com exceção do comprimento radicular específico e da taxa de assimilação líquida. As doses de nitrogênio em cada idade de crescimento apresentaram efeito significativo (P<0...

Avaliação do crescimento craniofacial e das extremidades de pacientes com deficiência de hormônio de crescimento ou síndrome de Turner em tratamento prolongado com hormônio de crescimento; Craniofacial and extremities growth evaluation of patients with GH deficiency or Turner syndrome during long-term growth hormone treatment

Faria, Maria Estela Justamante de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
INTRODUÇÃO: Pacientes com deficiência de GH e síndrome de Turner, associados a baixa estatura, são beneficiados com o tratamento com GH. Há controvérsias sobre a atuação deletéria do GH no crescimento craniofacial, porém a maioria dos trabalhos é retrospectiva. Nosso objetivo foi realizar estudo prospectivo para avaliar o crescimento craniofacial de pacientes em tratamento com GH e o possível desenvolvimento de traços acromegálicos. CASUÍSTICA: 30 pacientes com idade cronológica de 4,6 a 23 anos e idade óssea de 1,5 a 13 anos divididos em 3 grupos baseados no diagnóstico e uso de GH: grupo 1- pacientes virgem de tratamento com GH portadores de hipopituitarismo e deficiência isolada (n=6); grupo 2: pacientes já em tratamento com GH: portadores de hipopituitarismo e deficiência isolada (n=16); grupo 3: pacientes com síndrome de Turner em tratamento com GH (n=8). A dose do GH utilizada foi de 0.1 a 0.15 U/kg/dia, via subcutânea, à noite, por 2 a 11 anos. MÉTODOS: medidas antropométricas (altura, pés e mãos), radiografia panorâmica, telerradiografia seguida pela análise cefalométrica de Ricketts e medidas lineares da base do crânio, altura facial, terço inferior da face, mandíbula e maxila, e fotografia facial de frente e perfil anualmente...

Avaliação do crescimento físico de crianças nascidas com peso insuficiente, do nascimento até o início da idade escolar; Evaluation of the physical growth of insufficient birth weight children, from birth until the beginning of the scholar age

Yamamoto, Renato Minoru
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
O peso de nascimento insuficiente é decorrente, principalmente em países em desenvolvimento, da restrição de crescimento intrauterino. Embora as crianças nascidas com peso insuficiente correspondam a 30% dos nascimentos, o seu crescimento até a idade escolar tem sido pouco estudado. Não há informações sobre as diferenças existentes entre o crescimento das crianças nascidas com peso insuficiente e as nascidas com peso adequado. Neste estudo, foi avaliado o crescimento alcançado na idade pré-escolar por 323 crianças nascidas com peso insuficiente, comparado-o com o crescimento de 886 crianças nascidas com peso adequado, tendo como referencial os valores do NCHS 2000. Foi analisada a influência do sexo, idade, idade materna ao nascimento da criança, tempo de aleitamento materno, morbidade, escolaridade materna, número de pessoas na casa e há quanto tempo freqüentava a creche no crescimento alcançado pelas crianças nascidas com peso insuficiente na idade pré-escolar. No conjunto, o crescimento alcançado pelas crianças com peso de nascimento insuficiente foi menor que o observado para as crianças com peso de nascimento adequado, tanto em peso quanto em estatura. O tempo que a criança freqüenta a creche e o número de pessoas na casa foram fatores de risco associados ao menor crescimento entre as crianças com peso de nascimento insuficiente. A idade da criança foi associada também...

Anéis de crescimento do lenho de árvores como monitores ambientais: avaliação temporal e espacial da poluição atmosférica na cidade de Paulínia, São Paulo; Tree rings as environmental monitors: temporal and spatial assessment of air pollution in Paulínia city, São Paulo

Chagas, Matheus Peres
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
O presente estudo tem por objetivo aplicar a análise dos anéis de crescimento de espécies arbóreas no monitoramento ambiental de uma área urbana com histórico de poluição atmosférica. Foram selecionadas árvores das espécies Caesalpinia pluviosa var. peltophoroides (Fabaceae-Caesalpinaceae) e Tabebuia pentaphylla (Bignoniaceae) e, do seu tronco, foram extraídas amostras do lenho através do método não destrutivo. A área de estudo selecionada foi o Distrito Industrial de Betel, município de Paulínia/SP, Brasil, cujo histórico de poluição ambiental de origem antropogênica é fornecido pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB) e através de estudos recentes encontrados na literatura especializada. Ainda, foram selecionas três outras áreas, nos municípios de Paulínia e Piracicaba, distantes em 10, 15 e 60 km, estabelecendo-se um gradiente ambiental de pressão antrópica. Foram aplicadas as análises: (i) caracterização anatômica macro e microscópica e densitometria de raios X, na identificação dos anéis de crescimento do lenho, (ii) dendrocronológica, na datação e avaliação do crescimento radial das árvores, (iii) climática, no estudo da influência dos fatores climáticos no crescimento anual das árvores e (iv) química...

Regulação do balanço vegetativo-reprodutivo pelo crescimento semi-determinado em tomateiro (Solanum lycopersicum L. cv Micro-Tom) e seu impacto na produtividade e eficiência no uso da água; Regulation of the vegetative-to-reproductive balance through the semideterminate growth habit in tomato (Solanum lycopersicum L. cv Micro-Tom) and its impact in the productivity and water use efficiency

Vicente, Mateus Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.5%
O hábito de crescimento influencia o balanço entre o desenvolvimento vegetativo e o reprodutivo das plantas. Este, por sua vez, está diretamente vinculado a diversas variáveis de interesse agronômico, como produtividade e consumo de água. Em tomateiro, existem três hábitos de crescimento conhecidos: determinado, indeterminado e semi-determinado, sendo esse último na verdade determinado, porém com uma extensão do ciclo vegetativo. Cultivares de crescimento determinado são largamente utilizadas para produção de tomates destinados à indústria (molhos e ketchups), e as indeterminadas destinadas ao consumo in natura. Por outro lado, genótipos de crescimento semi-determinado, embora ainda sejam pouco explorados, apresentam-se como ótimas opções tanto para indústria quanto para o consumo in natura. Diante disto, o presente trabalho teve por objetivo avaliar a implicação do hábito de crescimento semi-determinado no desempenho produtivo e na eficiência no uso da água de plantas de tomateiro. Para tal, genótipos com diferentes hábitos de crescimento foram produzidos, por meio de introgressões de variações alélicas que afetam o hábito de crescimento das plantas, no background genético da cultivar miniatura de tomateiro Micro-Tom (MT). A caracterização desses genótipos demonstrou que os materiais de crescimento semideterminado apresentam um atraso no florescimento...

Variação temporal e crescimento do zooplâncton no litoral norte de São Paulo, com ênfase em estágios imaturos de copépodes; Zooplankton temporal variation and growth of in the north coast of São Paulo, with emphasis on copepod immature stages

Martinelli Filho, José Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
O objetivo desta tese foi o estudo da variabilidade temporal, crescimento e produção do zooplâncton metazoário, com ênfase sobre estágios imaturos de copépodes, na região costeira de Ubatuba (SP, Brasil). Para tal, a comunidade zooplanctônica foi estudada durante as estações de verão e inverno em regime de dias alternados, para os anos de 2009 a 2011, através de coletas realizadas com redes de malha de 20 e 100 m. Índices ecológicos como densidade, diversidade e equitabilidade foram calculados. Os estágios imaturos de copépodes foram submetidos a experimentos de coortes artificiais em quatro classes de tamanho (50-80, 80-100, 100-150 e 150-200 m) para a determinação das taxas de crescimento de 14 táxons em diferentes estágios de desenvolvimento. A biomassa foi estimada através de equações de regressão comprimento-peso para o posterior cálculo da produção secundária. A incidência e possíveis efeitos de um protista alveolado parasita (Ellobiopsis sp.) sobre o crescimento de copépodes hospedeiros, com ênfase sobre a família Paracalanidae, também foi avaliada. A comunidade de copépodes esteve representada por 66 espécies e caracterizada por valores relativamente altos de diversidade e equitabilidade em relação aos demais trabalhos na plataforma interna da região sudeste do país. Os copépodes foram o grupo dominante...

Estudo do gene do hormônio de crescimento hipofisário (GH1) em indivíduos com baixa estatura idiopática; Study of Growth Hormone 1 gene (GH1) in children with idiophatic short stature

Lido, Ândria Carla Vito
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
O sistema hormônio de crescimento (GH) / fator de crescimento insulina- símile tipo 1 (IGF-1) é o principal determinante e regulador do crescimento linear pósnatal. O GH é codificado pelo gene Growth Hormone 1 (GH1). Mutações no GH1 com efeito dominante negativo e herança autossômica dominante são as principais causas monogênicas de deficiência isolada de hormônio de crescimento (DIGH), enquanto deleções ou mutações de ponto no GH1 causam formas raras autossômicas recessivas de DIGH. No grupo de pacientes com DIGH do ambulatório de Endocrinologia do Desenvolvimento do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, foram identificadas apenas deleções em homozigose no GH1 mesmo após estudo criterioso deste gene. Esta diferença em relação aos dados descritos na literatura poderia ser justificada pelo critério diagnóstico para a DIGH adotado pelo nosso grupo, sendo utilizado pico de GH em teste de estímulo inferior a 3,3 ug/L, em contraste com os valores de corte descritos na literatura que variam de 7 a 10 ug/L. Devido a esse fator, pacientes com mutações no GH1 com herança autossômica dominante poderiam estar sendo erroneamente diagnosticados como portadores de baixa estatura familiar ou idiopática (BEI) em nosso serviço. Adicionalmente...

Avaliação do crescimento e da qualidade do lenho de árvores de Cariniana legalis (Martius) O. Kuntze submetidas a diferentes espaçamentos; Evaluation of growth and wood quality of Cariniana legalis (Martius) O. Kuntze trees under different spacings

Oliveira, Ivanka Rosada de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
O presente estudo tem por objetivo avaliar o crescimento e a qualidade do lenho das árvores de Cariniana legalis submetidas a diferentes espaçamentos (3x1,5; 3x2; 3x2,5 m). O experimento localiza-se na Estação Experimental de Luiz Antônio-SP, do Instituto Florestal do Estado de São Paulo. Foram selecionadas 30 árvores de jequitibá rosa (10 árvores/tratamento) e seccionados discos na base, DAP e a cada 5m do tronco até a altura comercial das árvores. Foram realizadas as análises (i) anatômicas, com a descrição macro e microscópica do lenho com ênfase aos anéis de crescimento e (ii) dendrocronológicas, para a comprovação da anuidade da formação dos anéis de crescimento; (iii) densitometria de raios X, para obtenção do perfil longitudinal - radial de densidade aparente do lenho e imagem digital do lenho; (iv) dendroclimatologia, para verificar a influência dos fatores climáticos, como a precipitação e temperatura na formação dos anéis de crescimento e da (v) influência do espaçamento no crescimento radial acumulado/médio anual do tronco e no volume das árvores/ha. Os resultados indicaram que as árvores de C. legalis apresentam anéis de crescimento distintos, com a dendrocronologia confirmando a idade das árvores (38 anos) e a anuidade da formação dos anéis de crescimento. A densidade aparente do lenho decresce da base até a região intermediária...

Os componentes da variância da taxa de crescimento da firma

Brito, Luiz Artur Ledur
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Relevância na Pesquisa
36.46%
Uma das principais características da estratégia como campo de conhecimento é o seu foco no estudo da individualidade das empresas em contraste com a economia que foca prioritariamente os ramos de negócios. As empresas diferem entre si em várias dimensões e estas diferenças constituem a essência do interesse de pesquisa em estratégia. Uma destas dimensões é a velocidade com que as empresas crescem ou diminuem de tamanho. Esta tese analisou a estrutura de variabilidade das taxas de crescimento das empresas tendo como objetivo identificar grupos de fatores que influem nesta variabilidade e a magnitude relativa desta influência. O estudo foi feito sobre uma amostra internacional com 13.221 empresas de 47 países e 216 ramos de negócios diferentes no período 1994 a 2002. Os dados originais foram obtidos da base de dados Compustat Global, mantida pela Standard and Poor’s, e combinados com índices do World Bank Development Indicators para considerar o efeito de inflação e mudanças de moedas nos vários países. A técnica de componentes de variância, normalmente utilizada para analisar a variabilidade natural em áreas como genética e biologia, foi usada para entender a composição da variância das taxas de crescimento. O principal achado foi que os aspectos individuais...

Recém-nascidos prematuros de muito baixo peso : acompanhamento do crescimento nos primeiros doze meses de idade corrigida

Oliveira, Mariana Gonzales de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
Objetivo: descrever o crescimento de recém-nascidos prematuros de muito baixo peso (MBP) até os 12 meses de idade corrigida. Pacientes e métodos: um estudo de coorte incluindo todos os recém-nascidos com peso de nascimento abaixo de 1500 gramas que receberam alta hospitalar e foram acompanhados até os 12 meses de idade corrigida. O crescimento foi registrado nas consultas de seguimento com 40 semanas, 6 meses e 12 meses de idade corrigida. Foi considerado como recuperação do crescimento (catch-up) em peso e comprimento quando as medidas atingiram valores ≥ a -2 desvios padrões (DP) das curvas de crescimento da Organização Mundial de Saúde (OMS). Para o perímetro cefálico foi empregada a curva do National Center for Health Statistics (NCHS). Após serem classificados como tendo crescimento normal (≥ -2 DP) ou subnormal (< -2 DP) em relação ao peso, comprimento e perímetro cefálico, os grupos foram comparados em relação a fatores neonatais e pós-natais para o crescimento.Resultados: durante o período de estudo, 193 recém-nascidos de muito baixo peso (RNMBP) foram admitidos no Hospital de Clínicas de Porto Alegre; 51 morreram antes de receberem alta, 13 não concordaram em participar do estudo, 8 compareceram a menos de 3 visitas ...

Anéis de crescimento de Araucaria angustifolia (Bertol.) O. Kuntze : bases de dendroecologia em ecossistemas subtropicais montanos no Brasil; Growth rings of Araucaria angustifolia (Bertol.) O. Kuntze : fundamentals of dendroecology in subtropical moutain ecosystems in Brazil

Oliveira, Juliano Morales de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Determinadas espécies arbóreas apresentam ciclos anuais de crescimento e dormência, registrados no lenho por conspícuas estruturas anatômicas – os anéis de crescimento. Nessas árvores pode-se determinar a idade e taxas de crescimento, com resolução calendária anual, através da análise temporal dos anéis de crescimento (dendrocronologia), bem como estudar a variação dessas estruturas segundo as condições ambientais (dendroecologia). Pesquisas recentes têm descrito anéis de crescimento anuais num grande número de espécies tropicais e subtropicais. A exemplo do que ocorre em zonas temperadas e áridas, o desenvolvimento da dendroecologia pode contribuir substancialmente ao conhecimento da dinâmica do clima e da vegetação em ecossistemas tropicais e subtropicais. Nesta tese eu reviso e desenvolvo estudos dendroecológicos em biomas brasileiros, principalmente, em ecossistemas subtropicais montanos, visando solidificar a dendroecologia no país. Segundo ampla revisão bibliográfica, estudos relacionados à dendroecologia nos biomas brasileiros, em sua maioria, versam sobre a anatomia e periodicidade de formação de anéis de crescimento na flora; poucos efetivamente relacionam séries anuais de anéis de crescimento com variações do ambiente. As pesquisas estão concentradas em biomas florestais...

Localização comercial intra-urbana : análise de crescimento através do modelo logístico

Maraschin, Clarice
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.48%
Este trabalho investiga os processos de crescimento e evolução das localizações comerciais no espaço urbano. A formação e o desenvolvimento de múltiplos núcleos comerciais é parte do cenário urbano contemporâneo, criando padrões espaciais e temporais heterogêneos, que desafiam a compreensão de teóricos e planejadores. O estudo desses processos requer abordagens dinâmicas, compatíveis com a escala e a velocidade das mudanças. Nesse contexto, recorta-se como problema de pesquisa a modelagem do crescimento das localizações comerciais em setores urbanos, ao longo do tempo. O trabalho propõe a representação da dinâmica de crescimento quantitativo do comércio no espaço urbano através da distribuição logística, um modelo dinâmico e não-linear, capaz de descrever tipos de crescimento com capacidade limitada. O modelo adotado pressupõe um processo descentralizado de tomada de decisões individuais de localização por parte dos agentes - os lojistas - condicionados pelas decisões dos demais. Tais decisões dependem da interação com um ambiente que está em transformação, portanto as respostas também variam. Nesta concepção, forças de aceleração e desaceleração do crescimento das localizações comerciais...

Modelos matemáticos utilizados para descrever curvas de crescimento em aves aplicados ao melhoramento genético animal

Tholon, Patricia; Queiroz, Sandra Aidar de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2261-2269
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
A utilização de funções matemáticas para descrever o crescimento animal é antiga. Elas permitem resumir informações em alguns pontos estratégicos do desenvolvimento ponderal e descrever a evolução do peso em função da idade do animal. Também é possível comparar taxas de crescimento de diferentes indivíduos em estados fisiológicos equivalentes. Os modelos de curvas de crescimento mais utilizados na avicultura são os derivados da função Richards, pois apresentam parâmetros que possibilitam interpretação biológica e portanto podem fornecer subsídios para seleção de uma determinada forma da curva de crescimento em aves. Também pode-se utilizar polinômios segmentados para descrever as mudanças de tendência da curva de crescimento animal. Entretanto, existem importantes fatores de variação para os parâmetros das curvas, como a espécie, o sistema de criação, o sexo e suas interações. A adequação dos modelos pode ser verificada pelos valores do coeficiente de determinação (R2), do quadrado médio do resíduo (QM res), do erro de predição médio (EPm), da facilidade de convergência dos dados e pela possibilidade de interpretação biológica dos parâmetros. Estudos envolvendo modelagem e descrição da curva de crescimento e seus componentes são amplamente discutidos na literatura. Porém...

Aspectos do mecanismo de ação fisiologica associada a promoção do crescimento radicular de trigo (Triticum aestivum L.) por bacterias do genero Azospirillum

Agostinho Dirceu Didonet
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/1993 PT
Relevância na Pesquisa
36.5%
A utilização de bactérias promotoras do crescimento radicular (PGPR) do gênero Azospirillum, em associação com raízes de trigo, mostrou-se capaz de promover o crescimento da planta, aumentando a produtividade. O modo de ação pelo qual estas bactérias atuam no desenvolvimento radicular ainda não está perfeitamente esclarecido. Várias propostas têm sido encaminhadas na tentativa de explicar os fenômenos relacionados à promoção do crescimento por bactérias da rizosfera, dentre as quais a maior eficiência de absorção de nutrientes e de água, a Intensificação da fixação biológica do N2 e os efeitos de substâncias com atividade hormonal, são mais freqüentemente citadas. Isoladamente, nenhuma das opções descritas são suficientes para o esclarecimento dos mecanismos de ação destas bactérias na promoção do crescimento. No presente trabalho foram utilizadas três diferentes estirpes de Azospirillum: JA 03 - Azospirillum lipoferum e JA 04 - Azospirillum brasilense, Isoladas da região tritícola do Rio Grande do Sul; e a 245 - Azospirillum brasilense, utilizada como referência, em função dos seus já conhecidos efeitos. Experimentos iniciais, demonstraram que colônias da estirpe JA 03 apresentaram maior capacidade de multiplicação em temperaturas mais baixas (28 - 30°C)...

Modelagem preditiva de crescimento de Neosartorya fischeri e Byssochlamys nívea em suco de frutas

Leal, Patrícia Alves
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 232 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.5%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos.; Byssochlamys nivea e Neosartorya fischeri são fungos termorresistentes usualmente relatados como deterioradores de suco de abacaxi e suco de mamão. Os ascósporos destes fungos podem sobreviver à pasteurização comercial usualmente aplicada a frutas e produtos de frutas e podem deteriorar tais produtos pela germinação e conseqüente crescimento sob condições de oxigênio reduzido, gerando grandes perdas econômicas. O primeiro objetivo deste trabalho foi estabelecer um método de medida que pudesse expressar o crescimento dos fungos. Foram testados três métodos: medida de absorbância, medida de peso seco e medida de diâmetro da colônia. O método que melhor representou o crescimento de B. nivea e N. fischeri foi o método da medida do diâmetro da colônia. Para a realização do mesmo, garrafas PET transparentes com 230 mL de suco pasteurizado foram inoculadas com 1 mL de ascósporos de cada fungo separadamente e o diâmetro da colônia foi medido a cada doze horas. O próximo passo foi modelar o crescimento destes fungos em suco de abacaxi, em temperaturas próximas à ambiente...

Influência de abrigos individuais no crescimento de sobreiros jovens sob condições de clima mediterrânico

Dias, Maria Alexandra Soveral Rodrigues
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.48%
"Sem resumo feito pelo autor"; Influência de abrigos individuais no crescimento de sobreiros jovens sob condições de clima mediterrânico O sobreiro (Quercus suber L.) é uma espécie de grande importância económica e ecológica em Portugal. Ocorre sobretudo nos montados, sistemas de uso múltiplo (agro-)silvo--pastoril onde a sua regeneração é posta em causa por outros componentes do sistema. O uso de abrigos individuais surge, neste contexto, como promissor, permitindo conciliar o uso múltiplo do montado e a sua renovação. Adicionalmente, os abrigos, pelas alterações microclimáticas que produzem, podem beneficiar o crescimento das plantas. No presente trabalho, estudou-se a variação da intensidade da PAR, temperatura e humidade relativa do ar no exterior e interior de abrigos e os seus efeitos no crescimento, produção de biomassa, sobrevivência e trocas gasosas de jovens sobreiros. Os abrigos estudados reduzem a luz disponível, aumentam a temperatura média, amplitudes térmicas diárias e humidade relativa nocturna do ar, estando a variação diurna relacionada com o desenvolvimento da planta no interior do abrigo. O conjunto dos estudos efectuados mostra que os seus efeitos no crescimento e produção de biomassa resultam de um balanço entre os benefícios proporcionados pelas condições de temperatura...

Identificação de aneis anuais de crescimento e estimativa de idade e incremento anual em diametro de especies nativas do pantanal da Nhecolandia, MS

Mattos, Patrícia Póvoa de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.5%
Informações sobre a influência de fatores ambientais na taxa de crescimento das espécies arbóreas são importantes para a elaboração de planos de manejo de florestas naturais ou plantadas e o estudo de anéis de crescimento é uma ferramenta para a obtenção dessas informações. Regiões tropicais com sazonalidade marcada por estação seca ou períodos de inundação podem levar à formação de anéis anuais de crescimento. Fatores climáticos e edáficos, característicos do Pantanal, sub-região da Nhecolândia, possivelmente induzem a um período de dormência das árvores levando à formação de anéis anuais de crescimento. Objetivou-se com este trabalho: 1) identificar espécies arbóreas nativas do Pantanal da Nhecolândia que apresentem anéis anuais de crescimento, utilizando para isso os módulos de crescimento anuais dos ramos; 2) determinar a idade das árvores; e 3) determinar os incrementos radiais dessas árvores. As coletas de ramos e discos do caule das árvores foram realizadas, em julho de 1996, na fazenda Nhumirim, de propriedade da EMBRAPA Pantanal, localizada na sub-região da Nhecolândia, município de Corumbá, Mato Grosso do Sul. As amostras de ramos e discos do caule foram coletadas de 27 espécies em áreas com vegetação de cerrado...

Reação do crescimento radial da Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze em flo restas naturais que sofreram corte seletivo

Nogueira, Antonio Carlos
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.47%
Os dados para este trabalho foram coletados em florestas secundárias com Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze, tendo como objetivos: verificar qual a reação ocorrida no crescimento das árvores remanescentes após o corte das árvores mais grossas, apôs distintas fases de recuperação; determinar o momento em que houve a reação no crescimento; verificar- a influencia do tipo de copa sofre a reação no crescimento; avaliar os diferentes tipos de copa dos pinheiros visando fornecer subsídios para o futuro manejo silvicultural da espécie e identificar os fatores que melhor descrevem cada tipo de copa. A partir de um estudo .histórico, foram selecionadas quatro áreas com as distintas idades de corte: 10 anos, 17-20, 30-35 anos e uma área que não sofreu corte seletivo. A coleta de dados foi efetuada segundo três tipos de copa. Em cada área, alem das medições dendromètr1 cas, nas árvores foram retiradas espécies transversais dos troncos de árvores de amostra, a intervalos irregulares.Na seção transversal da base do tronco foram feitas a datação e sincronização dos anéis de crescimento no sentido casca-medula em quatro ralos. Nas três áreas que sofreram corte para extração de madeira, foram examinados os discos da base do tronco...

Crescimento de tr?s gen?tipos comerciais de frangos de corte; Growth of three commercial genotypes of broilers

Winkelstroter, Larissa Kretli
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.47%
Objetivou-se, com este trabalho, comparar o padr?o de crescimento de diferentes gen?tipos comerciais de frangos de corte. Foram utilizados 2.970 pintos de um dia, machos e f?meas sexados, provenientes de tr?s gen?tipos comerciais de frangos corte: Cobb, Hubbard e Ross, alimentados com tr?s n?veis nutricionais de amino?cidos. Para a determina??o das curvas de crescimento do peso corporal das aves, os dados foram coletados ao nascimento, aos 7, 14, 21, 28, 35, 42 e 49 dias de idade e foram avaliados a partir dos modelos n?o lineares: Brody, Gompertz, Log?stico, Richards e von Bertalanffy. Os crit?rios utilizados para escolha do modelo de melhor ajuste da curva de crescimento foram o coeficiente de determina??o, o desvio padr?o assint?tico, o desvio m?dio absoluto dos res?duos e o ?ndice assint?tico. Para estudar o crescimento alom?trico dos cortes, foram abatidas 36 aves, duas de cada tratamento, ao nascimento, aos 14, 28, 35, 42, 49 dias de idade, totalizando 216 aves, sendo avaliados os pesos da carca?a (PCA), peito (PP), coxas (PC), sobrecoxas (PSC), pernas (PPER) e asas (PA). Para o estudo do crescimento alom?trico da composi??o de carca?a, as mesmas foram trituradas, homogeneizadas e analisadas em duplicatas. Foram realizadas as an?lises de mat?ria seca (MS)...

Dendroecologia de Hymenaea spp. e Podocarpus lambertii, o papel do clima e do ambiente no crescimento destas espécies tropicais; Dendroecology of Hymenaea spp. and Podocarpus lambertii, the role of climate and environment on the growth of these tropical species

Locosselli, Giuliano Maselli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
As árvores, por serem organismos sésseis, lidam com as variações ambientais, ao longo da vida, por meio de plasticidade tanto estrutural quanto funcional. As respostas a estas variações resultam em regimes de crescimento diferentes que podem ser reconstruídos por meio do estudo dos anéis de crescimento. As alterações ambientais, principalmente as alterações climáticas, têm o potencial de modular o crescimento e assim ficarem registradas nos anéis de crescimento. O estudo da interação entre a árvore e o ambiente é muito importante principalmente em um momento de transformações rápidas tanto no clima como na paisagem. O objetivo do presente estudo foi compreender como o clima e o ambiente modulam o crescimento de algumas espécies arbóreas tropicais. Neste estudo o crescimento é sinônimo de formação do lenho, o qual foi avaliado sob dois pontos de vista, o dos anéis de crescimento e o da formação do lenho com enfoque na deposição do cerne. Para isso, foram coletadas espécies de ampla distribuição, Hymenaea spp. (Leguminosaea) e Podocarpus lambertii (Podocarpaceae) que possuem anéis de crescimento visíveis. As populações de Hymenaea spp. foram coletadas em 10 localidades dentro de um gradiente latitudinal desde a linha do Equador até o Trópico de Capricórnio. A população de Podocarpus lambertii foi coletada num micro-refúgio no limite norte da distribuição desta espécie. Os resultados demonstram que tanto a precipitação quanto a temperatura influenciam o crescimento destas espécies. Estas relações entre o clima e o crescimento são dependentes do ambiente em que as árvores estão inseridas. As altas temperaturas se destacaram como um fator limitante do crescimento para as espécies estudadas. A temperatura também se destaca como um forte controlador da deposição do cerne em Hymenaea spp. Vale ressaltar que a deposição do cerne representa um alto custo para estas árvores e há um balanço entre a alocação de carbono para a formação da madeira produzida pelo câmbio e a deposição do cerne. A precipitação também é um fator importante para o crescimento destas espécies. Porém...