Página 1 dos resultados de 412 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

The Portuguese agricultural credit cooperatives governance model

Cabo, Paula; Rebelo, João
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
ENG
Relevância na Pesquisa
56.62%
The Portuguese Agricultural Credit Cooperatives (ACC) play a significant role in the national banking system. At the present, they face the challenge of matching the application of the traditional cooperative rules (which leads to a resulting set of vaguely defined property rights) with being successful in an ever more strong and competitive banking sector. The main objective of this paper is to understand the Portuguese ACC governance model, focusing on the strategies used to ameliorate the decision and investment problems arising from the strict application of traditional cooperative rules. Contrary to most of their pairs, Portuguese ACC choose to focus their efforts on the cooperative activity and performance rather than on the cooperative rules it selves. Although that strategy proved to be financial fruitful, it drives Portuguese ACC to a growing conflict of interests and to an identity crisis

The governance structure of Portuguese and Spanish credit cooperatives: differences and similarities

Cabo, Paula; Mélian, Amparo; Rebelo, João
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
ENG
Relevância na Pesquisa
66.97%
The literature recognizes that credit cooperatives are the “appropriate technology” for relatively backward economies, but should fade away or disappear altogether as economic development proceeds. However, surprisingly, they are among the fastest growing groups of financial institutions in some advanced economies. Though the credit cooperatives in Portugal and Spain present relatively small market shares, they perform a very important role in the rural economy. Over the last decades, the Iberian credit cooperatives have adopted a process of economic and financial restructuring, through an intensive wave of mergers and the creation of banking networks: Caja Rural Group, in Spain, and Crédito Agrícola Group, in Portugal. Despite that common path, the Iberian reality is still very different. In this paper we describe the historical roots of Portuguese and Spanish cooperative credit, focusing our analysis on the governance structure, especially on the issues arising from the strict application of traditional cooperative rules.

Governance control mechanisms in Portuguese agricultural credit cooperatives

Cabo, Paula; Rebelo, João
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
ENG
Relevância na Pesquisa
66.81%
Over the last decade Portuguese Agricultural Credit Cooperatives (ACCs) have increasingly face survival challenges related to their difficulty in gathering equity. The main source of ACCs equity is the net benefit; thus, understanding how ACCs governance can work on correcting bad economic performance is of crucial importance to overcome this constraint. The main objective of this paper is to describe the governance control mechanisms in the ACCs. Five governance mechanisms are identified: board and chairman change (internal mechanisms), central ACC intervention by an agent or by management board replacement and merger. Empirical analysis proved that the internal governance mechanisms activity is not related to the ACC performance. Additionally: (a) ACCs with a central ACC agent and merged ACCs hold a weaker credit management and a heavy administrative costs structure and profitability problems; and (b) ACCs with a management board replacement by the central ACC hold a weaker credit management and present solvency problems.

Why do agricultural credit cooperatives merge? The portuguese experience

Cabo, Paula; Rebelo, João
Fonte: Wiley Publicador: Wiley
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.84%
Over the last decade, increasing financial problems in the Portuguese Agricultural Credit Cooperatives (ACCs), mainly difficulty in gathering equity, have forced them to pursue an intensivemerger activity. This paper describes the economic reasons that have led the ACCs to merge, and analyses the ex post merger impact on their economic performance. The results show that: (a) incorporating ACCs are larger, more profitable and hold a better credit management; (b) incorporated ACCs are smaller, face difficulties in reaching a minimum efficient scale and have weaker credit management as well as leverage problems; and (c) merged ACCs have a heavy administrative cost structure and also face profitability problems. Regarding the mergers’ ex post impact on the ACCs performance, we find no positive influence on cost reduction, credit management and solvency ratio.

The governance structure of Portuguese and Spanish credit cooperatives: differences and similarities

Cabo, Paula; Mélian, Amparo; Rebelo, João
Fonte: Virtus Interpress Publicador: Virtus Interpress
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.97%
The literature recognizes that credit cooperatives are the “appropriate technology” for relatively backward economies, but should fade away or disappear altogether as economic development proceeds. However, surprisingly, they are among the fastest growing groups of financial institutions in some advanced economies. Though the credit cooperatives in Portugal and Spain present relatively small market shares, they perform a very important role in the rural economy. Over the last decades, the Iberian credit cooperatives have adopted a process of economic and financial restructuring, through an intensive wave of mergers and the creation of banking networks: Caja Rural Group, in Spain, and Crédito Agrícola Group, in Portugal. Despite that common path, the Iberian reality is still very different. In this paper we describe the historical roots of Portuguese and Spanish cooperative credit, focusing our analysis on the governance structure, especially on the issues arising from the strict application of traditional cooperative rules.

A sustentabilidade financeira das cooperativas de crédito rural: um estudo de caso no Estado de São Paulo; Rural credit unions financial sustainability: case study in the São Paulo state

Naves, Carolina de Figueiredo Balieiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
47.13%
Por causa da presença de informações assimétricas e de problemas como seleção adversa e moral hazard, o meio rural é pouco atrativo para o sistema financeiro vigente. Os mecanismos de seleção e monitoramento de clientes exibem custos altos, e, podem interferir no desempenho econômico de instituições financeiras. As instituições devem ser eficientes, e, trabalhar com baixas taxas de juros, de inadimplência, e de custos de transação, para serem auto-sustentáveis. As cooperativas de crédito rural, que não visam lucros, exercem taxas de juros e tarifas inferiores às cobradas pelo mercado. Foi objetivo dessa pesquisa analisar a sustentabilidade financeira das cooperativas de crédito rural. Por meio da revisão bibliográfica de teorias econômicas, de trabalhos científicos sobre custos de transação e capital social, verificou-se que alguns custos de transação são menores para as cooperativas, se comparadas com outras instituições financeiras, já que são formadas por produtores rurais de certa região, amenizando os riscos de suas transações. Além disso, certas peculiaridades das cooperativas são minimizadoras de dispêndios operacionais. Foi proposto um modelo, adaptado da análise de desempenho econômico de instituições financeiras...

Distribuição de resultados e desempenho de cooperativas de crédito: estudo comparativo no estado de São Paulo; Distribution of results and performance of credit unions: a comparative study in the state of São Paulo

Barroso, Marcelo Francini Girão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
47.02%
Cooperativas de crédito são criadas como extensão da economia de seus cooperados e com objetivo de prestar serviços financeiros a eles. Atuam similarmente a outros tipos de instituições financeiras, captando depósitos de usuários superavitários de liquidez, oferecendo crédito a usuários deficitários e prestando serviços diversos de pagamentos e compensação de documentos. Uma das diferenças fundamentais, entretanto, é que nas cooperativas os usuários são também os proprietários, destinatários portanto da divisão das sobras operacionais resíduo financeiro geradas pela organização periodicamente. Sobras em cooperativas de crédito, assim como lucro em instituições financeiras de propriedade de investidores, advêm do superávit gerado nas operações com os usuários. Em cooperativas, entretanto, o superávit é gerado em operações com os próprios sócios, devendo lhes ser devolvidas posteriormente e proporcionalmente às operações que as deram origem. Essa devolução pode ser feita como depósito à vista nas respectivas contas correntes, ou como integralização de quota-parte nas contas de capital social; ou ainda, partes maiores ou menores dessas sobras podem ser alocadas em reservas e provisões indivisíveis aos cooperados...

Estratégias genéricas na gestão de pessoas e comprometimento organizacional: um estudo em sociedades cooperativas de crédito; Generic strategies towards human resource management and organizational commitment: a study concerning credit cooperatives

Stecca, Jaime Peixoto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
67.07%
As sociedades cooperativas ocupam um papel importante na geração e distribuição de riquezas e na prestação de serviços às pessoas que, por vezes, não estão assistidas pelo sistema empresarial tradicional ou procuram no associativismo uma forma de empreender coletivamente. Estas organizações caracterizam-se por procurar contrabalançar seus objetivos sociais com a necessidade de manutenção econômica, diferenciando-se por alcançar a eficácia social por intermédio da eficiência econômica. Neste contexto, salienta-se o importante papel que as cooperativas de crédito vêm alcançando na popularização dos serviços bancários e na concessão de crédito, sendo o ramo do cooperativismo brasileiro a apresentar os maiores índices de crescimento e possibilitando ao associado não apenas usufruir dos serviços, mas também dos lucros advindos das transações. Mas as cooperativas, pelas suas peculiaridades em relação às empresas tradicionais, apresentam desafios igualmente peculiares na condução do negócio, inclusive ao se tratar da gestão de pessoas. O objetivo deste trabalho foi investigar a relação entre as estratégias de gestão de pessoas adotadas nas sociedades cooperativas de crédito com o comprometimento organizacional dos seus colaboradores. Para o alcance deste...

Os Bancos de Custeio Rural e o crédito agrícola em São Paulo (1906-1914); The Bancos de Custeio Rural and the agricultural credit in São Paulo (1906-1914)

Corrêa, Fábio Rogério Cassimiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.78%
O sistema de financiamento da cafeicultura evoluiu no processo da transição do trabalho escravo para o livre, ocasionando o aumento da demanda do crédito para o custeio anual da safra sobre os empréstimos de longo prazo exigidos durante o regime escravista. Por outro lado, a crise dos preços do café ocorrida entre 1896 e 1906 evidenciou as limitações do sistema de financiamento existente que estava baseado nos adiantamentos fornecidos por comerciantes. As novas necessidades de crédito e o crescente clima de descontentamento com os mecanismos comerciais de financiamento acabariam por suscitar propostas de intervenção do Estado com políticas de crédito agrícola a serem organizadas ou subsidiadas pelo governo do Estado de São Paulo e que viriam a ser concretizadas na esteira do programa de valorização do café, adotado em 1906. Tais intervenções incluiriam a criação de bancos agrícolas e o incentivo às cooperativas rurais de crédito, das quais os chamados Bancos de Custeio Rural são os primeiros experimentos desse tipo no estado e constituem nosso objeto de estudo. Os Bancos de Custeio Rural formaram uma rede de cooperativas de crédito, que atuou entre 1906 e 1914 no interior do estado de São Paulo. Esses bancos emprestavam apenas aos fazendeiros associados o valor demandado no financiamento anual da lavoura. Tendo surgido no contexto da crise cafeeira de 1896-1906...

Governança corporativa e análise do desempenho de cooperativas de crédito no Brasil; Corporate governance and performance analysis of credit unions in Brasil

Ricardo Terranova Favalli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.98%
A avaliação dos níveis de governança em cooperativas de crédito vem sendo objeto de análise mais criteriosa da regulação de instituições financeiras desde a constituição do "Projeto Governança Cooperativa", projeto estratégico do Banco Central do Brasil - BCB1 - que teve suas atividades iniciadas no ano de 2006. Diversas análises foram conduzidas no âmbito do referido projeto, com o propósito inicial de construir um referencial teórico, que atrelasse os preceitos consagrados de governança corporativa à realidade mais específica do cooperativismo de crédito nacional. A partir da construção de tal referencial teórico, iniciou-se uma segunda fase - de diagnóstico do sistema cooperativista de crédito - quando dentre as atividades realizadas esteve o envio de questionário às cooperativas, demanda que atingiu parcela significativa das instituições, aproximadamente 90% do universo de cooperativas de crédito singulares em atividade no país. A última fase do projeto consistiu na consolidação das "Diretrizes e mecanismos para fortalecimento da governança em cooperativas de crédito" e divulgação aos interessados, o que culminou com a edição do livro "Governança Cooperativa", entre outras ações relacionadas ao objetivo de evolução da governança no cooperativismo de crédito nacional. Apresentada a visão perspectiva do projeto anterior do BCB...

After the Microfinance Crisis : Assessing the Role of Government-Led Microcredit Alternatives

de la Torre, Jordi; Giné, Xavier; Vishwanath, Tara
Fonte: Banco Mundial Publicador: Banco Mundial
Relevância na Pesquisa
47.13%
In light of the recent microfinance crisis in South India, government-run institutions in general, and primary agricultural credit cooperatives in particular, may end up playing a larger role in the provision of financial services for the poor. Using survey data collected in 2007 from three districts in Andhra Pradesh, this paper assesses the performance of 72 primary agricultural credit cooperatives and finds lack of training among the management. In addition, primary agricultural credit cooperatives tend to be used as political instruments and, as a result, borrowers prioritize all debt obligations (microfinance institutions, informal lenders, etc.) before repaying their primary agricultural credit cooperative loans. The authors suggest that if the performance of primary agricultural credit cooperatives does not improve, a larger government role in the supply of credit may undermine the culture of repayment.

Providing Financial Services in Rural Areas : A Fresh Look at Financial Cooperatives

World Bank
Fonte: Washington, DC Publicador: Washington, DC
Relevância na Pesquisa
47.19%
This report demonstrates that financial cooperatives can be sustainable providers of financial services in rural areas and development assistance needs to consider supporting them as a means to enhance access to rural finance. It does not suggest that financial cooperatives are the only providers or the preferred channel in all circumstances. For financial cooperatives to function as sustainable institutions, governments need to provide an enabling environment, not exercise excessive control that restricts growth and consolidation, and not use them as channels to provide subsidized credit. Integration into networks has wide-ranging benefits for financial cooperatives, ranging from improved governance to the ability to provide a wide range of services.

Reform of China's Rural Credit Unions : Policy Note

World Bank
Fonte: Washington, DC Publicador: Washington, DC
Tipo: Economic & Sector Work :: Policy Note; Economic & Sector Work
ENGLISH; EN_US
Relevância na Pesquisa
46.83%
The reform of the Rural Credit Unions (RCUs) currently faces a number of major inter-related challenges. These must be resolved if China is to create a 'modern rural financial system'. The key issues facing policy-makers are: Consolidating independent shareholder ownership in order to realize effective corporate governance and create sustainable commercial financial institutions; reshaping the relationship between provincial governments and the RCU system in order to bring to an end direct government administrative intervention in RCU management; preventing government subsidies and special policies, which are intended to ensure that RCUs meet policy goals to support the rural economy, from generating rent-seeking behavior and moral hazards that undermine commercial sustainability; and enabling the growth of a diverse range of rural financial institutions that would create competition and force greater efficiencies in rural financial markets. Policy reforms since 2003 have sought to address these issues...

India - Crop Insurance Non-Lending Technical Assistance : Summary of Policy Suggestions

World Bank
Fonte: World Bank Publicador: World Bank
Tipo: Economic & Sector Work :: Other Agricultural Study
ENGLISH
Relevância na Pesquisa
46.95%
At the request of Government of India (GOI), the World Bank has provided technical assistance to the public insurance company, Agriculture Insurance Company of India (AICI) to develop an actuarially sound rating methodology and improve the contract design of the area-yield based National Agriculture Insurance Scheme (NAIS) to reduce delays in claim settlement; to design and ratemaking of new weather index insurance products under the weather based crop insurance scheme; and to perform a risk assessment of AICI's insurance portfolio and to suggest cost-effective risk financing solutions (including reinsurance). Crop insurance can contribute to increasing access to rural finance and is required to ensure a more viable agriculture credit business. An improved crop insurance program supports and complements other critical agriculture sector related measures, including the reform of rural credit cooperatives, agriculture marketing reforms and efforts to improve agriculture extension and productivity. A better understanding of risks entailed in particular crops in particular areas which can be ascertained through assessing the actuarially sound insurance premium rates for the crop can also be a significant input to agriculture policy at sub-national and national levels. Similarly...

Finanças, comunidades e inovações : organizações financeiras da agricultura familiar - o Sistema Cresol (1995-2003); Finance, communities and innovations: financial organizations of the family farmer: the Cresol System (1995-2003)

Monica Schroder
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.97%
Governos, agências de cooperação internacional, organizações não-governamentais, associações, cooperativas e instituições financeiras vêm reconhecendo, especialmente a partir dos anos 1990, a importância do microcrédito e das microfinanças para atender as demandas financeiras das populações mais pobres, que não têm acesso ao sistema financeiro ou acessam-no com dificuldades. São novas modalidades de operacionalização dos produtos financeiros, que facilitam o acesso a contas corrente e de poupança, seguros e créditos de pequeno montante e que utilizam a maior proximidade social com a clientela para avaliar o risco e as garantia do crédito concedido. Organizações financeiras adaptadas vêm atendendo também as demandas financeiras dos agricultores familiares, em diversos países. No Brasil, o Sistema de Cooperativas de Crédito Rural com Interação Solidária ? o Sistema Cresol, na região Sul, formado por pequenas cooperativas, atende exclusivamente esse público. Constituído no biênio 1995/1996, o Cresol apresenta importantes resultados: tem ampliado e universalizado o atendimento financeiro, reduzido os custos de transação dos financiamentos, consolidado laços com o espaço local e com os agentes que nele atuam e assegurado sua sustentabilidade institucional e financeira. Para responder por que as organizações financeiras da agricultura familiar...

Investigação do desempenho das cooperativas de crédito de Minas Gerais por meio da Análise Envoltória de Dados (DEA)

Ferreira, Marco Aurélio Marques; Gonçalves, Rosiane Maria Lima; Braga, Marcelo José
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2007 POR
Relevância na Pesquisa
46.9%
This paper objective was to investigate the efficiency of Minas Gerais state credit cooperatives. In the study, the conceptual bases of efficiency are interpreted based on the role played by the cooperatives in supplying financial services to their members. The efficiency was measured by using Data Envelopment Analysis in a sample of 105 credit cooperatives, in the year of 2003. The efficiency factors were identified by using a Tobit model. The results exposed the limitations of efficiency presented by credit cooperatives and verified that they under utilized the productive resources. Finally, the paper argues about the importance of monitoring the cooperative performance to hold the sustainability of their business.; Este trabalho buscou investigar o desempenho das Cooperativas de Economia e Crédito Mútuo de Minas Gerais, fundamentando-se no conceito de eficiência e considerando o seu papel de instituições de desintermediação financeira entre os seus membros associados. A mensuração da eficiência deu-se por meio da Análise Envoltória de Dados (DEA), a partir de indicadores contábeis e financeiros de 105 cooperativas de crédito que compuseram o escopo da pesquisa, no ano de 2003. Os fatores condicionantes da eficiência foram identificados por meio do modelo Tobit. Os resultados expõem as limitações de eficiência das cooperativas de crédito...

Uma análise da separação entre a propriedade e a gestão nas cooperativas de crédito brasileiras; AN ANALYSIS OF THE SEPARATION OF PROPERTY AND MANAGEMENT IN BRAZILIAN CREDIT UNIONS

Trindade, Luana Zanetti; Bialoskorski Neto, Sigismundo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Quantitativa; Pesquisa Qualitativa; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.79%
Esse trabalho tem como objetivo analisar se as principais práticas de governança corporativa em cooperativas de crédito tem correlação com variáveis que caracterizam tamanho e escala financeira das cooperativas e em particular a variável de divisão entre a propriedade e a gestão. Para tanto, se utilizou dos dados do projeto de Boas Práticas de Governança Corporativa do Banco Central, Bacen (2009) e em função do grande número de variáveis, elaborou-se uma análise estatística multivariada fatorial pelos componentes principais. Os resultados, após a extração de 3 fatores, mostram que a separação entre a propriedade e a gestão se correlaciona negativamente com as variáveis de governança características da gestão tradicional em cooperativas– e de forma positiva com as outras variáveis que representam as melhores práticas indicadas de governança. Mas, não apresentam correlação com tamanho econômico e financeiro, o que implica em uma nova questão de pesquisa, se a divisão entre propriedade e gestão é importante para a eficiência dos negócios das cooperativas de crédito brasileiras ou se essas apresentam como organizações sociais uma diferente lógica de governança corporativa também eficiente.; This study aims to analyze how the main corporate governance practices in cooperatives is correlated with variables characterizing size and scale of financial cooperatives and in particular the variable division between ownership and management. For this purpose...

Inadimplência nas cooperativas de crédito de livre admissão; Default in credit cooperatives without common bond type

Lima, Romeu Eugênio; Amaral, Hudson Fernandes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.95%
Nos últimos anos, ocorreram importantes alterações normativas no Brasil relacionadas ao cooperativismo de crédito. Merece destaque a edição da Resolução CMN 3.106/03, que permitiu a criação de cooperativas de crédito de livre admissão, e a transformação das cooperativas de crédito existentes nesta nova modalidade. As cooperativas de crédito estão entre as instituições financeiras menos estudadas no Brasil e, de modo geral, é grande o desconhecimento sobre o tema. Neste contexto, este artigo procurou estudar a importância das cooperativas de crédito e o desempenho do setor com foco na inadimplência de suas carteiras de crédito. Finalmente, o Modelo de Equações de Estimação Generalizadas (GEE) é utilizado, a fim de verificar se houve alguma mudança nesse indicador que pudesse ser atribuída à transformação das cooperativas de crédito para a modalidade de livre admissão, ao sistema cooperativista de crédito a que pertença ou ao seu tamanho.; In the last years, it has took place important rule changes in Brazil related with credit cooperativism. It can be detached the edition of Resolution CMN 3.106/03 that allowed the creation of new credit cooperatives without common bond type and the transformation of existing ones into this new type. Furthermore...

Cooperativas de Crédito do Brasil: Classificação em Níveis de Sustentabilidade Financeira Intrassetorial; Cooperatives of Credit of Brazil: Classification in Levels of Financial Sustainability

Leismann, Edison Luiz; Carmona, Charles Ulises de Montreuil
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; ; Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
57.09%
Esta pesquisa tem por objetivo classificar, a partir das demonstrações financeiras, as Cooperativas de Crédito Singulares do Brasil em níveis de sustentabilidade financeira. Diante disso, foi realizada uma análise Intrassetorial a partir dos dados de 31/12/2007 disponibilizados pelo Banco Central do Brasil. Essa análise se deu a partir de indicadores das estruturas financeiras, dos ativos e das demonstrações de resultados de 1.439 instituições. No desenvolvimento da classificação, também se utilizou de 31 Demonstrações de Resultados e valores do Ativo e Passivo do ano anterior de liquidação de cooperativas de crédito liquidadas pelo Banco Central entre 2003 e 2006. Foi desenvolvido um índice, denominado de Índice de Sustentabilidade Intrassetorial Financeira das Cooperativas de Crédito (ISIF-Créd.), com cinco escalas de classificação: 1 - Sustentabilidade Precária; 2 - Baixa Sustentabilidade; 3 - Média Sustentabilidade; 4 - Alta Sustentabilidade; e 5 - Excelente Sustentabilidade. Foram levados em consideração para classificação cinco indicadores, a saber: a-Tamanho; b - Independência Financeira; c - Imobilização do Patrimônio Líquido; d - Sobras/Patrimônio Líquido; e e - Autossustentabilidade no Período...

Security policies in accounting information systems: a study on credit cooperatives in the state of Minas Gerais; Políticas de segurança em sistemas de informação contábil: um estudo em cooperativas de crédito do estado de Minas Gerais

Andrade, Adélio Carlos; UFMG - Belo Horizonte - MG; Sousa, Flávia Cristina Alves; UFMG - Belo Horizonte - MG; Colauto, Romualdo Douglas; UFMG - Belo Horizonte - MG; Pinheiro, Laura Edith Taboada; UFMG - Belo Horizonte - MG
Fonte: UFSC Publicador: UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.94%
The objective of this work is to provide a study on the mechanisms of security used in the manipulation of integrated accounting financial information systems as a way of prevention and identification of electronic frauds in credit cooperatives in the state of Minas Gerais. The research was characterized as descriptive, having made use of the quantitative approach. The selected universe comprised 43 credit cooperatives of Minas Gerais. Questionnaires were used as a technique to evaluate the security systems and the variables analyzed correspond to the usual procedures established by the norms of the information security. The conclusion was that the evaluation of the security procedures of the accounting information systems of the largest credit cooperatives in Minas Gerais discloses satisfactory results and therefore it will be able to supply the adequate trustworthiness as regards the risks of errors and electronic frauds.; O objetivo do trabalho é prover um estudo sobre os mecanismos de segurança utilizados na manipulação de sistemas integrados de informação contábil-financeira como forma de prevenção e identificação de fraudes eletrônicas em cooperativas de crédito de Minas Gerais. A pesquisa caracterizou-se como descritiva...