Página 1 dos resultados de 194 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Modelagem e controle de unidades de craqueamento catalitico - FCC; Modeling and control of catalytic cracking units - FCCU

Pleycienne Trajano Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
Por representar um importante processo de conversão da indústria petroquímica, o craqueamento catalítico é um dos processos de conversão mais estudados. Nele, moléculas de alto peso molecular são quebradas em moléculas com menor peso molecular, obtendo-se assim produtos economicamente mais desejáveis. Os estudos do processo, de sua modelagem matemática e dos seus sistemas de controle, podem garantir o conhecimento necessário para alcançar condições operacionais ótimas que levem à máxima conversão da carga. Neste contexto, este trabalho teve como objetivos: a pesquisa e utilização de uma modelagem matemática para o conversor FCC (Fluid Catalytic Cracking); o estudo do processo sob influência de um controlador PID clássico, muito utilizado em refinarias; a estruturação de uma rede neural artificial (RNA) e o seu posterior uso como modelo interno de um controlador avançado tipo preditivo desenvolvido a partir dos estudos feitos no processo de craqueamento catalítico. Em paralelo, foi cirada uma ferramenta de simulação que possibilitou o meio mais amigável e prático para realização de todas as simulações necessárias para o desenvolvimento do presente trabalho. O FCCGUI (Fluid Catalytic Cracking Graphical User Interface)...

Desenvolvimento de modelo computacional para craqueamento termico; Development of a computaciona model for thermal cracking processes

Fabian Andrey Diaz Mateus
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.69%
Neste trabalho é desenvolvida a modelagem matemática e a simulação computacional de um forno para processos de conversão térmica de frações pesadas de petróleo. O modelo cinético das reações de conversão é tomada de Sugaya (1993) a qual consta de uma reação irreversível de primeira ordem com 9 lumps reacionais e 24 pseudocomponentes. Os 24 pseudocomponentes são caracterizados e suas propriedades são calculadas mediante diferentes correlações e métodos encontrados na literatura. À medida que a carga avança pela tubulação do forno, a reação ocorre gerando quantidades maiores de componentes leves alterando as condições de fluxo como decorrência de alterações físico-químicas. Estes efeitos são levados em consideração na modelagem desenvolvida. O estado da mistura é verificado para cada passo de integração mediante a equação Soave Redlich Kwong. No caso de escoamento bifásico, as propriedades do líquido e do vapor são calculadas para determinar o regime de escoamento e calcular o Holdup. Este parâmetro permite estimar as propriedades de transporte, os coeficientes de transferência e a perda de carga. Inicialmente é simulada uma unidade piloto de craqueamento térmico. Esta unidade consta de uma serpentina aquecida isotermicamente...

Avaliação da tecnica de craqueamento termico de residuos pesados e ultra-pesados de petroleo utlizando radiação laser; Evaluation of thermal cracking process of heavy and ultra heavy oil using laser of CO2

Oscar Javier Celis Ariza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.78%
Esta dissertação tem como foco estudar e propor um procedimento alternativo de craqueamento térmico de resíduos de petróleos pesados e ultra pesados por radiação laser. As principais vantagens dessa técnica estão relacionadas com a economia e a praticidade obtidas nas atividades de refino de petróleo, ao se tornar desnecessário, por exemplo, o uso de catalisadores e de grandes fornalhas nas etapas de craqueamento, reduzindo os altos custos operacionais típicos desses processos. A técnica proposta consistiu na utilização de um sistema laser de CO2 e scanner óptico de varredura. Assim, gerou-se um laser o qual foi incidido diretamente no resíduo de petróleo, fornecendo à amostra uma energia térmica suficiente para ocorrer o rompimento das cadeias dos hidrocarbonetos. Inicialmente, para se definir as condições de processo, os resíduos pesados e ultra pesados obtidos da destilação molecular tiveram suas propriedades físico-químicas (condutividade térmica (k), profundidade de absorção (d), densidade (?), peso molecular (PM) ) e térmicas (capacidade calorífica (Cp), entalpia (H) e temperatura de craqueamento (Tcrack)caracterizadas, sendo estas últimas determinadas através da técnica de calorimetria diferencial de varredura (DSC). A caracterização química dos hidrocarbonetos presentes antes e depois da irradiação foi feita num sistema de cromatografia gasosa acoplada à espectroscopia de massas (CG/EM)...

Estudo cinetico do craqueamento catalitico de moleculas modelo de hidrocarbonetos em catalisadores de FCC; Kinetic study of the ctalytic cracking of hydrocarbons model molecules on Fcc catalysts

Adriana Siviero Pagani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.69%
O 1-octeno, 2,2,4-trimetil-pentano e n-octano foram utilizados como moléculas modelo para o estudo experimental e de modelagem do craqueamento catalítico na superfície de dois catalisadores comerciais (PETROBRAS), compostos por zeólita USY e matriz (SiO2-Al2O3) com impregnação de terras raras (CTR) e sem a impregnação de terras raras (STR), ambos desativados pelo método vapor. Os testes de craqueamento catalítico foram realizados em fase gasosa em reator tubular de leito fixo, construído em quartzo, na faixa de temperatura de 325 a 685 K para o 1-octeno, 725 a 950 K para o 2,2,4-trimetil-pentano e 815 a 975 K para o n-octano à pressão atmosférica. O catalisador STR apresentou valores de taxa de giro (s-1) maiores que os encontrados para o CTR. As energias de ativação aparente apresentaram a seguinte ordem decrescente: n-octano (STR: 180 kJ mol-1 e CTR: 192 kJ mol-1) > 2,2,4-trimetil-pentano (STR: 121 kJ mol-1 / CTR: 127 kJ mol-1) > 1-octeno (STR: 18 kJ mol-1 / CTR: 23 kJ mol-1). Os mecanismos de reações foram determinados para as três moléculas modelo através dos produtos de reação determinados experimentalmente e considerando as famílias de reações de iniciação, isomerização, transferência de hidrogênio...

Estudo do processo de craqueamento termico de frações residuais do petroleo; Study of thermal cracking process of petroleum residual fractions

Monica Rocio Ramirez Hernandez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
A necessidade que a indústria do petróleo tem de suprir a demanda de produtos leves do mercado embora esteja ocorrendo uma diminuição nas reservas de óleos leves e o fato de que a rentabilidade do processo de refino esteja representada na capacidade de obtenção destes derivados leves, faz com que sejam aplicadas tecnologias de "upgrading" dos óleos crus. Diante deste contexto torna-se necessário desenvolver metodologias que permitam simular os fenômenos que ocorrem nestes processos, para deste modo poder avaliar o comportamento das cargas na unidade e desenvolver, a partir destas predições, políticas operacionais com o objetivo de evitar impactos desfavoráveis nos produtos finais, nas unidades de processo e na rentabilidade. Entre as tecnologias de "upgrading" encontram-se desasfaltação com solventes, hidrotratamento, hidroconversão, viscorredução, coqueamento retardado entre outras. No entanto, existe grande preferência na utilização destas duas últimas tecnologias, sendo as mais econômicas e que requerem menor investimento. Com a finalidade de prever situações operacionais foi desenvolvido um simulador, dos processos de coqueamento retardado e viscorredução, que permite predizer os rendimentos de leves gerados no forno tanto em escala piloto como em escala industrial...

Desenvolvimento do processo de craqueamento térmico de frações pesadas e ultra pesadas de petróleo utilizando radiação laser de CO2; Development of thermal cracking process of heavy and ultra heavy petroleum fractions by laser of CO2

Oscar Javier Celis Ariza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.9%
O potencial aproveitamento dos resíduos de petróleo obtido por destilação atmosférica ou a vácuo tem estimulado a procura de novos processos com a finalidade de transformar estas frações de baixo valor comercial, em derivados nobres de alto valor, tais como a gasolina e o GLP. O craqueamento térmico (viscorredução, coqueamento retardado) ou craqueamento catalítico (FCC, hidrocraqueamento) fazem parte deste grupo de processos amplamente utilizados em todo o mundo. Contudo, um dos desafios é procurar novas técnicas que facilitam a produção destas frações de alto valor, a partir de resíduos que atualmente não têm sido aproveitados para esta finalidade. Uma das desvantagens nos processos convencionais refere-se ao elevado consumo de energia para chegar à temperatura inicial das reações de quebra dos hidrocarbonetos. Porém, uma nova técnica rápida de craqueamento térmico destas frações foi desenvolvida e avaliada. A técnica proposta consistiu na utilização de sistema laser de CO2 e scanner óptico de varredura para focalização do feixe de laser diretamente no resíduo de petróleo com a finalidade de quebrar quimicamente os hidrocarbonetos por meio da energia térmica (aquecimento) gerada pela interação laser/petróleo. Sendo assim...

Caracterização química dos produtos obtidos por craqueamento térmico de óleo de peixe residual

Wisniewski Junior, Alberto
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xiii, 161 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.69%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-graduação em Química, Florianópolis, 2009; Este trabalho mostra o estudo para a produção e caracterização de biocombustíveis obtidos através do craqueamento térmico de Óleo de Peixe Residual. O material residual foi submetido ao processo de craqueamento térmico em uma unidade piloto, com capacidade de operação de 3,2 kg h-1 a uma temperatura de 525 oC. O Óleo de Peixe Residual empregado neste estudo apresentava em sua composição química majoritária os ácidos graxos C16:0 (15,87%), C18:2 (20,96%), C18:1 (17,29%), C20:5 (5,11%), C20:1 (7,59%), C22:6 (4,53%), C22:1 (10,42%) , dentre outros. O craqueamento térmico deu origem a uma fração gasosa e uma líquida, esta última denominada Bio-óleo Bruto. A fração gasosa foi analisada e caracterizada pela técnica de CG-DCT/DIC, mostrando em sua composição média a presença de H2 (4,73%), N2 (5,57%), O2 (1,94%), CO (12,94%), CH4 (15,30%), CO2 (10,42%), C2H4 (22,94%) e C2H6 (8,64%). A fração líquida, o Bio-óleo Bruto, foi obtido com um rendimento de 73% (m/m). O Bio-óleo Bruto foi submetido a um processo de destilação simples que originou duas novas frações de produtos denominados Bio-óleo Leve (temperatura ambiente a 220 oC) e o Bio-óleo Pesado (de 150 a 326 oC). Estas duas frações foram obtidas com rendimentos de 31% e 54% em relação ao Bio-óleo Bruto...

Avaliação da produção de combustíveis em processo de craqueamento térmico de óleo de soja em regime contínuo

Rodrigues, Juliana Petrocchi
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.85%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2007.; A pirólise de óleos e gorduras consiste na quebra das moléculas em altas temperaturas, na presença ou não de catalisadores. Os produtos formados nesta reação são hidrocarbonetos muito semelhantes aos do petróleo, além de compostos oxigenados tais como ésteres, ácidos carboxílicos, aldeídos, etc. A reação de craqueamento pode ser interessante por não necessitar de outras matérias-primas, a não ser óleo ou gordura e um forno para que se realize o aquecimento. Considerando a busca pela auto-suficiência energética de comunidades isoladas, principalmente na Amazônia, semi-árido nordestino e regiões isoladas do Cerrado e, além disso, a capacidade de produção de oleaginosas destas regiões, foi desenvolvida uma planta piloto de craqueamento de óleos e gorduras vegetais ou animais que possa vir a servir para a produção de biocombustíveis. Este estudo visou otimizar a planta de craqueamento a fim de se obter a temperatura ótima de operação, na qual os produtos obtidos atendam às especificações para diesel de petróleo segundo a ANP. Para tanto, foram estudadas três diferentes temperaturas de craqueamento e os produtos obtidos a cada temperatura foram submetidos a análises físico-químicas de Destilação Automática...

Estudo da desoxigenação do produto de craqueamento catalítico de óleo de mamona (Ricinus communis) na presença de diversos catalisadores

Ribeiro, Eric Borges
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.57%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2006.; O craqueamento puramente térmico do óleo de mamona produz uma mistura de compostos com propriedades combustíveis insatisfatórias, como alto índice de acidez, alta viscosidade e baixo índice de cetano. Esta baixa qualidade do produto está relacionada com o alto teor de produtos oxigenados na composição do produto obtido. Este trabalho teve como objetivo melhorar as propriedades físicoquímicas do produto de craqueamento (pirólise) do óleo de mamona pela presença de diversos catalisadores. São apresentadas as propriedades físico-químicas do craqueado do óleo de mamona na presença de sílica pura e dopada com óxido de titânio(IV), alumina pura e dopada com óxidos de zinco(II), estanho(II), titânio(IV) e zircônio(IV). Todos os catalisadores testados apresentaram atividade na desoxigenação, sendo os melhores resultados alcançados com alumina pura e dopada. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT; The purely thermal cracking of castor oil produces a mixture of compounds with unsatisfactory fuel properties, as high viscosity, high acid value and low cetane index. This low quality is associated with high value of oxygenated products in obtained product composition. The aim of this work was to improve the physical-chemical properties of cracking product (pyrolysis) of castor oil using different catalysts...

CRAQUEAMENTO DO ÓLEO DE PINHÃO-MANSO E DE SEUS PRINCIPAIS ÁCIDOS GRAXOS PARA PRODUÇÃO DE BIO-ÓLEO

Almeida, Camila Maria Teixeira de; Pacheco Filho, José Geraldo de A. (Orientador); Fréty, Roger Thomas François (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
37.9%
Pesquisas estão sendo desenvolvidas com o intuito de minimizar as emissões de gases provenientes da queima de combustíveis de origem fóssil. Os óleos vegetais representam uma importante fonte de biomassa para produção de biocombustíveis que podem ser utilizados em substituição e/ou adição aos combustíveis derivados do petróleo. Esses óleos geralmente são submetidos a reações transesterificação ou esterificação para obtenção de biodiesel que é adicionado ao diesel do petróleo. No entanto, devido a sua baixa estabilidade o biodiesel não deve ser utilizado puro em motores a diesel. Óleos não comestíveis geralmente apresentam elevada acidez, afetando a produção de biodiesel via rota convencional alcalina devido a formação de sabão. Nesse sentido, o craqueamento de óleos vegetais de alta acidez surge como uma alternativa para a produção de combustíveis renováveis ricos em hidrocarbonetos. Este trabalho tem como objetivo realizar o estudo do craqueamento térmico e termocatalítico do óleo de pinhão-manso de elevada acidez e de seus principais ácidos graxos para obtenção de bio-óleo rico em hidrocarbonetos como fonte de biocombustível. A zeólita comercial HZSM-5 foi impregnada com diferentes percentuais de molibdênio através do método de umidade incipiente. Os catalisadores obtidos foram caracterizados por difração de raios-X...

Utilização das microondas no craqueamento catalítico de óleos pesados

Silva, Alexandro Stonoga Vieira da
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.85%
Resumo: O craqueamento catalitico e um processo de suma importancia em uma refinaria, devido a obtencao de produtos nobres a partir de oleos com um menor valor agregado. Por este motivo, e um processo de alta lucratividade para uma refinaria e, portanto, demanda constantes inovacoes tecnologicas integradas as questoes ambientais. As ondas eletromagneticas proporcionam o aquecimento dieletrico das particulas do catalisador das reacoes de craqueamento, porem, nao aquecem o fluido a sua volta, assim, apenas o catalisador e mantido aquecido, minimizando a pirolise da fase fluida e, portanto, a menor formacao de coque sobre o catalisador. Um estudo utilizando ondas de radio frequencia (27,12 MHz), demonstrou que quando a carga continha enxofre, este era convertido, quase que na sua totalidade, a gas sulfidrico que se concentrava na fase gasosa, sendo facilmente separado das fracoes liquidas obtidas. Alem disso, as cadeias grandes eram convertidas apenas a olefinas pequenas (ate C4) e parafinas lineares na faixa do querosene (C10 - C16) e do oleo diesel (C15 - C20). Outros estudos para a industria do petroleo utilizaram ondas na faixa das microondas, 2,45 GHz, verificam o efeito na quebra de emulsoes e na reducao do seu teor de enxofre. Os efeitos das microondas no craqueamento catalitico de oleos pesados sao desconhecidos na literatura. Testes de craqueamento catalitico com microondas foram realizadas no produto de fundo da destilacao atmosferica (gasoleo leve)...

Craqueamento termocatalítico de óleo de girassol na presença da peneira molecular SAPO-5

Oliveira, Ricardo Miguel de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.9%
The catalytic cracking of triglycerides presents itself as a possible alternative to the production of biofuels with low emission of pollutants. In this work were synthesized the SAPO-5, the catalysts for the cracking reaction of soybean oil is presented. The solids were powder X-ray diffraction (XRD), thermogravimetric analysis (TG/DTG) and infrared spectroscopy (FTIR). The analyses indicated that the synthesis method has employed to obtain materials with high surface area and high acid. The soybean oil thermal and thermal catalytic cracking, realized from the room temperature to 450 ºC in a simple distillation system, has allowed obtaining two liquid fractions, each consisting of two phases, one aqueous and another organic, organic liquid (OL). The OL obtained from first fractions has shown high acid index, even in the thermal catalytic process. The products obtained in the cracking of soybean oil were analyzed by distillation, acid number, infra-red spectroscopy, density, viscosity, carbon residue, cetane number determination and characterization. The analysis of the products obtained in the presence and in the absence of the SAPO-5 permitted to conclude that all the solids tested presented catalytic activity in the deoxygenation of final products only at the second step of the cracking process; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; O craqueamento catalítico de triacilglicerídeos se apresenta como uma alternativa viável para a produção de biocombustíveis com baixa emissão de poluentes. Neste trabalho foi sintetizado o SAPO-5...

Obtenção de diesel verde por craqueamento termocatalítico de óleo de buriti (Mauritia flexuosa L.) sobre materiais nanoestruturados do tipo LaSBA-15; Obtenção de diesel verde por craqueamento termocatalítico de óleo de buriti (Mauritia flexuosa L.) sobre materiais nanoestruturados do tipo LaSBA-15

Luz Junior, Geraldo Eduardo da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.69%
In order to obtain a biofuel similar to mineral diesel, lanthanum-incorporated SBA- 15 nanostructured materials, LaSBA-15(pH), with different Si/La molar ratios (75, 50, 25), were synthesized in a two-steps hydrothermal procedure, with pH-adjusting of the synthesis gel at 6, and were used like catalytic solids in the buriti oil thermal catalytic cracking. These solids were characterized by X-ray fluorescence (XRF), powder X-ray diffraction (XRD), thermogravimetric analysis (TG/DTG), infrared spectroscopy (FTIR), nitrogen porosimetry and ethanol dehydration, aiming to active sites identify. Taken together, the analyses indicated that the synthesis method has employed to obtain materials highly ordered mesostructures with large average pore sizes and high surface area, besides suggested that the lanthanum was incorporated in the SBA-15 both into the framework as well as within the mesopores. Catalytic dehydration of ethanol over the LaSBA-15(pH) products has shown that they have weak Lewis acid and basic functionalities, indicative of the presence of lanthanum oxide in these samples, especially on the La75SBA-15(pH) sample, which has presented the highest selectivity to ethylene. The buriti oil thermal and thermal catalytic cracking...

Craqueamento térmico e termocatalítico do óleo de girassol (Hellianthus annus L.) sobre materiais micro e mesoporosos; Craqueamento térmico e termocatalítico do óleo de girassol (Hellianthus annus L.) sobre materiais micro e mesoporosos

Melo, Ana Cláudia Rodrigues de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.85%
Microporous materials zeolite type Beta and mesoporous type MCM-41 and AlMCM-41 were synthesized hydrothermally and characterized by methods of X-ray diffraction, Fourier transform infrared, scanning electron microscopy, surface acidity, nitrogen adsorption, thermal analysis TG / DTG. Also we performed a kinetic study of sunflower oil on micro and mesoporous catalysts. The microporous material zeolite beta showed a lower crystallinity due to the existence of smaller crystals and a larger number of structural defects. As for the mesoporous materials MCM-41 and AlMCM-41 samples showed formation of hexagonal one-dimensional structure. The study of kinetic behavior of sunflower oil with zeolite beta catalysts, AlMCM-41 and MCM-41 showed a lower activation energy in front of the energy of pure sunflower oil, mainly zeolite beta. In the thermal cracking and thermocatalytic of sunflower oil were obtained two liquid fractions containing an aqueous phase and another organic - organic liquid fraction (FLO). The FLO first collected in both the thermal cracking as the thermocatalytic, showed very high level of acidity, performed characterizations of physicochemical properties of the second fraction in accordance with the specifications of the ANP. The second FLO thermocatalytic collected in cracking of sunflower oil presented results in the range of diesel oil...

Produção e Caracterização de Biocombustíveis por Craqueamento de Óleo Vegetais via Catálise com Bauxita; Production and characterization of the biofuels by cracking of vegetable oils through bauxite catalysis

PRADO, Cinara Machado Rodrigues do
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Química; Educação em Química Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Química; Educação em Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
38.01%
In this work, raw bauxite, thermally activated calcined bauxite, calcined bauxite underwent acid treatment were the catalysts tested by its potential in the thermal catalytic cracking reaction looking forward to the production of biofuels from commercial soybean oil as an alternative to fossil fuels. The materials were characterized by the techniques ICP-OES, infrared spectroscopy, thermal analysis, X-ray diffraction and textural analysis. The chromatographic analysis of the biofuels obtained by cracking of commercial soybean oil showed hydrocarbon compounds such as alkanes, alkenes and aromatics, as well as some oxygenated compounds such as carboxylic acids, ketones and alcohols. The products generated by the thermal catalytic cracking process with thermally activated calcined bauxite showed better results than the thermal cracking products because of the low quantity of acids present, which provided biofuels with a lower acidity index, and absence of acrolein. Therefore, the catalyst which was used demonstrated activity in the secondary cracking process, in which fatty acids decompose and give rise to hydrocarbons. The cracking tests with raw bauxite generated a lower biofuels yield and significant amount of solid product and residual oil making unfeasible the process. In order to evaluated the potential of used industrial waste sources for production of alternative fuels...

Craqueamento termocatal?tico da borra de neutraliza??o do ?leo de palma (Elaeis guineensis) em escala piloto

ABREU, Deise Hellen Soares de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.78%
Os subprodutos das ind?strias de refino de ?leo e de biodiesel, como a borra de neutraliza??o, s?o bastante extensivos e devido a sua baixa pureza e valor econ?mico constituem uma problem?tica para essas ind?strias no descarte e destina??o, sendo de fundamental interesse pesquisas para a utiliza??o desse rejeito. Portanto, este trabalho visa investigar uma alternativa vi?vel, econ?mica e ambiental para o destino deste subproduto usando o Processo de Craqueamento Termocatal?tico da Borra de Neutraliza??o do ?leo de Palma (Elaeis guineensis, Jaqc) em escala piloto utilizando-se 5, 10 e 15% de Carbonato de S?dio (Na2CO3) como catalisador e temperaturas finais de 440?C e 420?C. A borra foi obtida pelo processo de neutraliza??o e submetida a uma desidrata??o e caracterizada assim como o catalisador foi desidratado em estufa e caracterizado em rela??o ? Difra??o de Raio-X, An?lise T?rmica Gravim?trica (ATG) e ? An?lise T?rmica Diferencial (TDA). Foram realizados cinco testes de craqueamento termocatal?tico na Usina Piloto de Craqueamento (THERMTEK/FEQ/UFPA) o qual ? constitu?do em um reator com agita??o mec?nica e capacidade de 125 litros, al?m da din?mica do processo e destila??o dos produtos do craqueamento. O produto l?quido org?nico (PLO)...

Craqueamento termocatal?tico do ?leo de buriti (Mauritia flexuosa L.), ?leo de palma (Elaeis guineensis) e sab?es do ?leo de buriti (Mauritia flexuosa L)

SILVA, Marcilene Silva da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.69%
O presente trabalho visa investigar o Processo de Craqueamento Termocatal?tico do ?leo de Buriti (Mauritia flexuosa L.), ?leo de palma (Elaeis guineensis) e sab?o de ?leo de buriti, considerando a transforma??o dos ?leos vegetais e sab?es via craqueamento termocatal?tico em biocombust?veis, utilizando-se Na2CO3 (Carbonato de S?dio), CaCO3 (Carbonato de C?lcio),CaO (?xido de c?lcio) e Ze?litas ?cidas (HZSM-5) como catalisadores,as temperaturas de 420, 450 e 480 ?C.O fruto de Buriti (Mauritia flexuosa L.) foi coletado e extra?do ?leo da polpa, em seguida este ?leo foi caracterizado em rela??o ?ndice de Acidez, ?ndice de saponifica??o, Viscosidade Cinem?tica, Densidade , ?ndice de Refra??o e an?lise de CHN.Para testes preliminares foi utilizado o ?leo de palma refinado e neutralizado portanto eles n?o foram caracterizados.O sab?o de buriti foi preparado em laborat?rio com hidr?xido de pot?ssio e hidr?xido de s?dio e armazenados para pir?lise t?rmica.Os catalisadores tamb?m foram caracterizados com rela??o ao infravermelho,Resson?ncia Magn?tica Nuclear de 29Si e 27Al, difra??o de raio X ,an?lise t?rmica, an?lise qu?mica e TPD de Am?nia .No processo de craqueamento termocatal?tico os produtos l?quidos produzidos foram analisados quanto aos par?metros: rendimento...

Craqueamento termocatal?tico do ?leo de fritura residual

SANTOS, Wenderson Gomes dos
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.9%
Neste trabalho foi estudado o processo de craqueamento termocatal?tico do ?leo de fritura nas escalas de bancada e piloto, variando-se o percentual do catalisador carbonato de s?dio de 5 e 10% m/m em rela??o a mat?ria prima utilizada e temperatura de 440 ?C. O objetivo foi obter misturas de hidrocarbonetos ricas na fra??o diesel. O ?leo de fritura neutralizado e seco foi caracterizado em rela??o ao ?ndice de Acidez, ?ndice de saponifica??o, Viscosidade Cinem?tica, Densidade e ?ndice de Refra??o. Ap?s o craqueamento, o produto l?quido obtido foi purificado por decanta??o da fase aquosa e filtra??o simples em escala de bancada. Esse produto foi fracionado por destila??o fracionada e os condensados foram coletados em um funil de decanta??o de acordo a faixa de destila??o da gasolina (40?C-175?C), querosene (175?C-235?C), diesel leve (235?C-305?C) e diesel pesado (305?C-400 ?C). Foi realizada a caracteriza??o tanto f?sico qu?mica quanto da composi??o dos produtos l?quidos e suas respectivas fra??es. Tamb?m foi realizada a evolu??o do processo de craqueamento em escala piloto, acompanhando o comportamento das caracter?sticas f?sico qu?micas e de composi??o do produto formado no decorrer do processo de craqueamento. Os resultados mostraram que o catalisador carbonato de s?dio forneceu produtos de baixa acidez e com boas caracter?sticas para uso como combust?vel. A varia??o do percentual de catalisador influencia significamente as propriedades f?sico qu?micas e composi??o tanto do produto quanto de suas fra??es. Verificou-se...

Estudo do efeito da presença de alumina dopada com TiO2 e ZrO2 no craqueamento do óleo de soja

Quirino, Rafael Lopes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.69%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Química, 2006.; O craqueamento catalítico de triacilglicerídeos se apresenta como uma alternativa viável para a produção de biocombustíveis com baixa emissão de poluentes. Apresenta-se aqui um estudo sobre a utilização de sólidos, formados a base de óxidos mistos de Ti, Zr e Al, como catalisadores na reação de pirólise do óleo de soja. O estudo contempla, após uma ampla revisão bibliográfica sobre o processo de obtenção de hidrocarbonetos a partir de triacilglicerídeos por pirólise de óleos vegetais e gorduras animais, a síntese por coprecipitação e a caracterização dos diversos sólidos por análise termogravimétrica, difração de raios-X, área superficial determinada pelo método BET, composição química (ICP-AES), espectroscopia Raman e determinação da acidez superficial por titulação e FTIR. Os produtos obtidos no craqueamento de óleo de soja foram analisados por destilação, índice de acidez, espectroscopia no infravermelho, densidade, viscosidade, resíduo de carbono, determinação do índice de cetano e caracterização da mistura resultante por CG-MS e CG-FID. A análise dos produtos obtidos na presença e na ausência dos óxidos sintetizados permitiu concluir que todos os sólidos testados apresentaram atividade catalítica para a desoxigenação dos produtos finais apenas na segunda etapa do processo de craqueamento. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The catalytic cracking of triglycerides presents itself as a possible alternative to the production of biofuels with low emission of pollutants. In this work a study of the use of solids...

Metodos matematicos em modelagem e simulação do craqueamento termico do 1,2-Dicloroetano

Helianildes Silva Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/07/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.69%
A simulação de processos químicos é de fundamental importância para a melhoria e otimização das unidades industriais existentes. A modelagem do processo envolve a descrição fenomenológica do mesmo e a resolução das equações obtidas através de métodos matemáticos adequados. Esta é a simulação dita convencional. Outra forma de abordagem do problema pode ser através da utilização de ferramentas computacionais que sejam capazes de "aprender' o comportamento do processo através dos seus dados históricos ou simulados, e desta forma, conseguir prever o comportamento do processo em condições futuras. Uma vez modelado, o processo pode ser simulado e os resultados obtidos nesta simulação são validados através de comparação com os resultados reais obtidos nas unidades industriais ou através de modelos de simulação, sendo que neste trabalho foram utilizados modelos de simulação. Tem sido crescente a necessidade de otimizar e controlar os processos industriais com os objetivos de redução de custos, melhoria na qualidade do produto e segurança operacional. Para isto faz-se necessário simular o comportamento dinâmico do processo e avaliar a resposta do mesmo quanto a mudanças em suas variáveis de entrada. No presente trabalho foi simulado o comportamento dinâmico do processo que ocorre na serpentina de uma fornalha para o craqueamento térmico do 1 ...