Página 1 dos resultados de 2348 itens digitais encontrados em 0.070 segundos

Crítica de arte e bienais: as contribuições de Geraldo Ferraz; Crítica de arte e bienais: as contribuições de Geraldo Ferraz

Hoffmann, Ana Maria Pimenta
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
106.08%
Este estudo trata da crítica de arte de Geraldo Ferraz durante o período das primeiras Bienais de São Paulo. Foi dada especial atenção aos artigos sobre as IV, V e VI Bienais, publicados no jornal O Estado de São Paulo. Através da pesquisa nos arquivos da Fundação Bienal (Arquivo Histórico Wanda Svevo), do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM SP), do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP), do Arquivo Edgard Leuenroth da Universidade Estadual de Campinas (AEL UNICAMP), do Centro de Documentação e Memória da Universidade Estadual de São Paulo (CEDEM UNESP) e do Arquivo do Estado de São Paulo, foram selecionados e analisados documentos em critica de arte. O crítico Geraldo Ferraz, proveniente do jornalismo e da literatura, contribuiu para difusão da crítica de arte e para o desenvolvimento do jornalismo na área da cultura. Na análise de sua trajetória como crítico, destacou-se a sua reflexão sobre a organização das Bienais e seus posicionamentos estéticos.; This paper regards the art criticism articles written by Geraldo Ferraz about the early Art Biennials in São Paulo. We focused our analysis in the articles written about the 4th, 5th and 6th Biennials, published by the newspaper O Estado de S. Paulo. We used articles...

Aproximações entre Mario Pedrosa e Gestalt: crítica e estética da forma; Intersections between Mario Pedrosa and Gestalt: criticism and the aesthetics of form

Abraços, Gabriela Borges
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86%
A dissertação visa alçar uma reflexão sobre a produção e contribuição crítica de Mário Pedrosa para a arte brasileira, como também identificar alguns de seus paradigmas artísticos que colaboraram para a consolidação de um arcabouço teórico para História da Arte Moderna, tanto no plano nacional, quanto internacional. Objetiva-se delinear a relação entre o que Pedrosa absorveu sobre as teorias gestálticas e exemplos de como ele as aplicou na tessitura de seu discurso crítico. Ao sedimentar o foco de análise no envolvimento do crítico brasileiro com o tema da psicologia da forma, propõe-se ressaltar as implicações estéticas de seu estudo pioneiro Da natureza Afetiva da Forma na Obra de Arte. Pretende-se, ainda, identificar a intersecção entre a psicologia da forma e a crítica de arte de Mário Pedrosa, propondo a influência destas teorias nos textos sobre a obra do artista americano Alexander Calder, artista considerado pelo crítico, como o emblema da estética abstrata construtiva. Busca-se verificar como as teses da psicologia da forma ofereceram ao crítico, subsídios conceituais para uma nova relação com as premissas constitutivas e cognitivas da estética abstrata.; The thesis aims at reflecting on the critical production and contribution of Mário Pedrosa to Brazilian art...

Traços do expressionismo alemão em Mário de Andrade; Traces of German Expressionism in Mário de Andrade

Lopes, Vivian Caroline Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
95.8%
O trabalho investiga a presença do expressionismo alemão em Mário de Andrade, a partir da análise de alguns momentos de sua atividade intelectual e artística sobretudo, sua crítica de arte, passagens de seus manifestos literários e os livros Losango cáqui e Amar, verbo intransitivo. A escolha desses momentos se deu após uma leitura abrangente da obra, em que foram identificadas três categorias igualmente essenciais ao expressionismo: o primitivismo, a deformação e a preocupação social, que, portanto, nos serviram de guia para o discurso crítico.; The dissertation investigates the presence of German Expressionism in Mário de Andrade, as from the analysis of some periods of his intelectual and artistic activities - especially, his art criticism, his literary manifestos' passages and the books Losango Cáqui and Amar, verbo intransitivo. The choice of this specific moments occurred after an embracing reading of his work, which identified three essential categories to the Expressionism: the primitivism, distortion and social concern, that led us to the critical speech.

A função da independência na crítica de arte e no jornalismo cultural

Silva, Gleber Luis Pieniz da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.92%
O jornalismo cultural e a crítica de arte são atividades sociais que, à medida que constituem a esfera pública discursiva, também são por ela determinadas. Neste trabalho, toma-se a independência como função a partir da qual essas duas atividades se organizam e se manifestam na busca pelo reconhecimento da comunidade. Analisando alguns textos de opinião publicados no suplemento Anexo do jornal A Notícia, esta pesquisa faz uma avaliação do grau de independência e de capacidade conflitiva que tanto a crítica quanto o jornalismo podem esboçar através desses mesmos textos e, ao mesmo tempo, promove uma revisão de conceitos relacionados à filosofia, à ética e à sociologia.

A critica de arte de Angelo Agostini e a cultura figurativa do final do Segundo Reinado

Rosangela de Jesus Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
105.95%
Este trabalho apresenta um levantamento e análise da crítica de arte produzida por Angelo Agostini. Sua crítica foi expressa através de artigos, notas, desenhos e caricaturas publicadas nos periódicos O Mosquito e Revista Ilustrada, sempre pautados por sua visão política daquela sociedade. Seu trabalho permite acompanhar os importantes debates artísticos que permearam a segunda metade do século XIX no Brasil.; This work presents a survey and analysis of critical art produced for Angelo Agostini. Its critical one was express through articles, notes, drawings and caricatures published in the periodic O Mosquito and Revista Ilustrada, always marked for its politic vision of that society. Its work allows following the important artistic debates that permeated the second half of century XIX in Brazil.

Fotografia : a arte submetida à crítica

Almeida, Laura Fialho
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
86.05%
O presente trabalho consiste num estudo sobre as revistas Objectiva (1937-1947) e Foto Revista (1937-1939), estabelecendo-se como uma reflexão em torno da crítica de arte fotográfica. Na década de 1930, assistiu-se, em Portugal, a um interesse renovado pela fotografia (tida como) artística. O Estado Novo suportou regulares eventos neste domínio - são exemplos os Salões Nacionais de Arte Fotográfica, com início em 1932, que posteriormente tomaram contornos mais alargados, com o advento dos Salões Internacionais de Arte Fotográfica em 1937. Entretanto, a crítica de arte dedicada à fotografia ficara sem um suporte jornalístico. Contudo, em finais dos anos 30, o entusiasmo em torno da fotografia artística tomou contornos mais expressivos com a aproximação dos salões de foro internacional, o que levou ao ressurgimento de publicações periódicas dedicadas à fotografia. Depois de seis anos sem qualquer revista especializada neste domínio, assistese ao advento da Objectiva e Foto Revista, publicações mensais, as quais proporcionaram espaço e visibilidade para a crítica dedicada à fotografia artística. As duas publicações dedicaram-se, entre outras vertentes, à apreciação dos eventos mais significativos no território nacional...

A crítica da arte e a exposição das diferenças: Os efeitos da crítica jornalística no processo social da legitimação da produção artística de João Câmara Filho.

Nunes de Souza e Silva, Tathianna; Freire Prysthon, Ângela (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.02%
Que critérios inspiram os julgamentos de uma obra de arte? A que código se referem estes valores? Quem julga e consagra em meio ao caos da produção cultural? Estes são alguns dos questionamentos que norteiam este estudo. A intenção, aqui, é tentar compreender até que ponto ou de que forma a crítica de arte, veiculada em jornais e revistas especializadas de âmbito nacional, contribuiu e participou dos processos da construção da imagem do pintor paraibano João Câmara Filho no campo brasileiro de produção artística. Considerando que o reconhecimento e a consagração são frutos de um processo social, a presente dissertação procura observar a relação entre alguns agentes sociais, que, mesmo atuando neste estudo de forma secundária, possuem força e legalidade no interior do campo de produção artística e exerceram, assim, um papel significativo (seja de cooperação ou de conflito) na inserção do nome João Câmara Filho entre os maiores nomes da pintura nacional. Para tanto, a teoria da produção artística de Pierre Bourdieu aparece aqui como o grande eixo teórico deste estudo. Finalmente, à medida que o corpus era analisado vozes dissonantes da crítica nacional reabriam um debate no interior do campo brasileiro de produção artística: cosmopolitismo da vanguarda versus regionalismo da arte brasileira. A produção cultural da periferia e o debate da crítica sobre ela inserem...

A construção dos saberes docentes : saberes dos professores de arte das séries finais do ensino fundamental das escolas públicas em PE

de Lisieux Dantas da Silva, Lisa; Martins de Araújo, Clarissa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.04%
Este trabalho tem como objetivo compreender o processo de construção de saberes docentes dos professores de Arte, em sua prática pedagógica, voltada para as séries finais do Ensino Fundamental do sistema de educação do Estado de Pernambuco. A investigação foi realizada com cinco professoras de Arte, com formação em diferentes áreas do conhecimento (Educação Artística; Letras; Teologia e Pedagogia), cuja atuação acontece em escolas da jurisdição da Regional de Educação Sul (GRE Sul) localizadas nos bairros da Iputinga, Torre e Ipsep. Os dados para análise foram colhidos em entrevistas com as docentes e aplicação de questionários por escrito. Partimos do pressuposto de que os professores de Arte constroem, na práxis pedagógica, saberes capazes de ressignificar a própria prática do ensino, no espaço da sala da aula. Em sendo assim, procuramos identificar que saberes são mobilizados pelos professores de Arte na ação pedagógica; e em seguida analisamos as concepções sobre ensino de Arte e as relações entre os saberes específicos do professor de Arte no cotidiano da sala de aula. A análise dos dados indicou que as professoras de Arte que não possuem formação (inicial e continuada) específica para o ensino de Arte na escola...

Elementos de economia política na crítica de arte

Lins, Bernardo Felipe Estellita
Fonte: Associação dos Consultores Legislativos e de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados Publicador: Associação dos Consultores Legislativos e de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 26 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.97%
Aborda algumas propriedades da obra de arte como mercadoria e da crítica de arte como elemento do seu processo de mercantilização. São discutidas as intervenções do crítico na atribuição do valor da obra, na preservação e evolução do seu marco interpretativo e na delimitação do risco financeiro inerente ao mercado de arte.; Some properties of the work of art as a good are discussed and the role of the critic as an agent of its market environment is highlighted.

Kant e a crítica de arte; Kant and art criticism

Lino, Alice de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
105.97%
Afirmamos na presente tese a coerência e relevância de se utilizar a estética kantiana na crítica da dita arte moderna e contemporânea. Nos capítulos seguintes, mediante as críticas de Greenberg, De Duve, Lyotard e Mario Costa, evidenciamos a utilidade dos juízos de gosto e do sublime de Kant para se pensar a fruição de certas obras. Alteram-se alguns aspectos dos conceitos kantianos para uma melhor adaptação dos mesmos às obras e à cultura do século XX. De todo modo, nos exemplos observados na tese fica evidente a contribuição de Kant para se pensar a fruição da arte moderna e contemporânea, na medida em que o juízo de reflexão mobiliza as nossas faculdades cognitivas na determinação do comprazimento e do conhecimento geral a partir das obras de arte observadas.; We affirm in this thesis the coherence and relevance of using Kantian aesthetics in the critique of said modern and contemporary art. In the following chapters, we have evidenced the utility of the Kant´s judgments of taste and the sublime through the criticisms of Greenberg, De Duve, Lyotard and Mario Costa, to consider the fruition of certain works. It has been verified during the research, that changes in some aspects of Kantian concepts have been made in order to better adapt them to the works and twentieth century culture. In any case...

Pela construção de um estado de crítica: a reflexão crítica como campo dialógico

TAVARES, Ana Maria
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.02%
O texto aqui apresentado foi originalmente elaborado para o debate sobre a crítica de arte no I Congresso de Jornalismo realizado em São Paulo, pela Revista Cult, em Maio de 2009. Tendo como campo de trabalho a prática artística e a docência e envolvida no processo de formação de artistas desde 1982, meu objetivo foi argumentar a favor de um entendimento da crítica como dispositivo da arte e, portanto, atributo não só de críticos, mas também de artistas. Defendo a idéia da manutenção de um ‘estado de crítica' para o contexto brasileiro a partir de uma relação dialógica e internacionalizada, envolvendo também a fala crítica de artistas. Para isso reporto às práticas adotadas no século XX pelos artistas que colaboraram para inserir a obra de arte no campo programático da auto-crítica e da crítica ao sistema, evidenciando assim a posição destes como agente ativos no sistema; The essay presented here was first presented as a lecture for the debate on the critique of art for the I Congresso de Jornalismo organized in São Paulo by Revista Cult, in May 2009. It intends to present my understanding of art critique as an element of the art practice and therefore a field not only for art critics but also for artists. It stands for the creation of a ‘critical state' for the Brazilian context taking as a point of departure a dialogical and a more internationalized relation involving specially artists' practices. For this it reports to the art production developed in the twentieth century which collaborated to include art in the programmatic field of self-critique making evident the position of the artist as an active and self-empowered agent of the art system

Musealização, crítica de arte e o exercício experimental da liberdade em Mario Pedrosa

Sant'Anna,Sabrina Parracho
Fonte: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas Publicador: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
105.93%
Pelo menos desde as duas últimas décadas do século XX, muito tem se falado sobre a acumulação e o colecionamento de cultura material nas sociedades contemporâneas. A partir de levantamento e análise da obra de Mario Pedrosa da década de 1950 e de levantamento da produção contemporânea na crítica de arte, tenho procurado comparar o modo como a profissão é exercida no momento de sua institucionalização no Brasil e hoje, quando, na narrativa institucional, começaria a perder sua força. Neste sentido, tenho procurado entender como a crítica vem sofrendo modificações e, assim, ordenando a recepção da obra de Pedrosa.

La crítica de artes visuales en Chile : una aproximación desde su falta

Silva Pedraza, Carla Antonieta
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
95.97%
Licenciada en artes con mención en teoría e historia del arte; La presente investigación aborda la crítica de artes visuales en Chile, generando una propuesta de lectura de su desarrollo desde las múltiples faltas o carencias en torno a su escritura, plataformas y constitución de campo de análisis de obras del arte chileno. Mediante un recorrido cronológico de aquellos hitos de la crítica que han concretado parte de su expansión y que también son muestra de las necesidades y faltas, se pretende explorar las diversas determinantes y dimensiones que caracterizan esta carencia que ha constituido hasta el día hoy un lugar común para referirse a la crítica de artes visuales en nuestro medio. De esta manera, se propone rescatar la dimensión mediadora de la crítica y cómo esto sólo es posible a través de un intercambio de ideas, un cierto espacio de reflexión en conjunto, entre el crítico, el artista y el público, situado en una plataforma especializada y utilizando un lenguaje disciplinar y directo, pero no excluyente.

Crítica al arte crítico : — sobre las posibilidades del arte contemporáneo de ejercer una función crítica al interior de la modernidad líquida

Vallejos Fabres, Cristóbal
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
95.95%
A través del desarrollo que fue esta investigación, emergió un objetivo subrepticio; éste tiene ver, no tanto con las problemáticas alojadas en el particular mecanismo de producciones culturales y simbólicas, o visto de un modo ligeramente diferente, del “poder” de las manifestaciones de Arte, a nivel local, en un contexto como el actual. Una de las preocupaciones principales que animo esta investigación, guarda relación con la indagación respecto de las posibilidades que el discurso crítico tiene en pos de contribuir al desarrollo de la asociatividad comunitaria, a favor de una recomposición solidaria y comunitaria del tejido humano transformado, o mejor dicho, devastado, por el devenir productivo del capital. Así mismo, este desarrollo evidenció de modo particular, la antes mencionada condición de reabsorción de los discursos críticos-artísticos visuales, por parte del flujo informacional y económico del capital

Pensando a crítica por meio da visão do artista contemporâneo

Netto, Simone dos Santos
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.13%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel no Curso de Artes Visuais da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Esta pesquisa busca pensar a crítica de arte por meio da visão do artista contemporâneo. Traz como base o questionamento: qual a voz que a crítica de arte tem entre os artistas contemporâneos? São apresentadas opiniões e pensamentos a respeito da crítica na arte contemporanêa, direcionando para a produção em artes visuais. A atuação da crítica no seu surgimento é citada brevemente, a fim de elucidar o início desta pesquisa. É investigado, neste estudo, como o sistema crítica de arte está se comportando nos dias atuais. Está desaparecendo ou não? Como o artista vê a crítica de arte? Qual o seu comportamento perante ela? Foram consultados alguns teóricos renomados no meio artístico, e seus pensamentos sobre arte, arte contemporânea e a crítica de arte. Informações sobre o sistema crítica de arte, como era e o que se pensa nos dias atuais, foram apresentadas a fim de se analisar e refletir sobre sua atuação no meio contemporâneo. Para destaque principal desta pesquisa, seis artistas foram entrevistados: Alan Cichela, Angélica Neumaier, Breno Stern...

O nascimento da critica de arte no Brasil e sua suposta inocuidade

Faria, Caleb
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Originais" Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2002 POR
Relevância na Pesquisa
106.03%
É comum associar o nascimento da critica de arte no Brasil ao período compreendido entre a Proclamação da República e a Semana de Arte Moderna de 1922, mais particularmente à produção de Luís Gonzaga Duque-Estrada. No entanto , poucos autores relacionam essa critica à produção artística do período. Isso decorre da dificuldade em caracterizar, de modo geral, os movimentos culturais da Primeiro República, que chegam a ser apontados como inexistentes. Isto é, uma prolongação das tendências presentes no fim do período imperial. Contrariamente a essa visão, o presente artigo mostra que não há como entender a arte de um pintor como Pedro América, as disputas envolvendo artistas c os movimentos políticos ocorridos nesta época sem levar em conta a critica de arte produzida.

Contra o juízo: Benjamin e a tarefa da crítica de arte como tradução

Cachopo, João Pedro; CESEM/FCSH-UNL
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
106.04%
A tensão entre uma concepção ora positiva ora negativa da crítica – tipicamente associadas à “crítica de arte” e à “crítica da ideologia” – atravessa a obra de Benjamin de lés a lés, sendo que esclarecê-la é decisivo para compreender o modo como o filósofo e crítico alemão entende a relação entre arte e política no contexto do debate sobre a vanguarda. Solidário com este esclarecimento, o presente artigo ensaia uma aproximação entre as ideias de “crítica de arte” e de “tradução” – com base no ensaio de Benjamin sobre “A tarefa do tradutor” – com o objectivo de esclarecer a irredutibilidade da tarefa do crítico de arte às suas dimensões judicativa e hermenêutica. O sentido e a pertinência desta proposta torna-se mais claro à luz do paradoxo da traduzibilidade. Segundo Benjamin, uma obra é tanto mais traduzível quanto mais a sua tradução é difícil (i.e., quanto mais ela obriga o tradutor a alargar a língua de chegada para restituir o “modo de querer dizer” do original). A esta luz, afirmar que a tarefa do tradutor permite iluminar a do crítico equivale a insistir em dois pontos: por um lado, em que cabe ao crítico desdobrar de modo positivo o objecto criticado, sem recorrer a um saber que lhe permitisse corrigir o artista ou orientar o espectador/leitor/ouvinte; por outro lado...

Crítica de arte e a curadoria de exposições: disputas por uma autoridade legitimadora

Marcondes dos Santos, Guilherme; Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da UFRJ
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
95.95%
http://dx.doi.org/10.5007/1806-5023.2015v12n1p34O advento da Arte Contemporânea trouxe a tentativa de destruir os cânones vigentes na Arte Moderna, com isso novos atores sociais e modos de percepção e recepção artísticos nasceram. Há o surgimento de uma nova morfologia para o mundo da arte. Neste contexto, há quem defenda que os críticos de arte perderam um espaço na esfera de legitimação da arte. Até então os críticos eram percebidos como os principais agentes legitimadores da arte, porém com a ascensão da morfologia que dá suporte a Arte Contemporânea, os curadores de exposições são hoje encarados como detentores deste poder legitimador. O objetivo aqui é compreender o que são a crítica e a curadoria debatidos hoje, assim como explicitar o que está em jogo quando se apregoa a morte de uma carreira em prol do exercício de outra. 

A crítica de arte de Charles Baudelaire

Nascimento, Roberta Andrade do; UFRJ
Fonte: Editora da UFSC Publicador: Editora da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
96.05%
Neste artigo, a crítica de arte baudelairiana será investigada como atividade reflexionante, tal como concebida por Walter Benjamin n’O conceito de crítica de arte no romantismo alemão, objetivando demonstrar como crítica e modernidade se relacionam a partir desse procedimento e como Baudelaire repensa a arte e a crítica a partir do presente, reivindicando a esta última o estatuto de obra. Nesse contexto, seu fazer constitui-se de forma reflexiva, como uma teoria cuja tarefa maior é interpretar a modernidade sobre a qual ele mesmo exercitava sua crítica.; In this article, Baudelaire’s art criticism will be investigated as a reflexing activity, as it was conceived by Walter Benjamin, in his O conceito de crítica de arte no romantismo alemão, aiming at demonstrating how criticism and modernity relate from this procedure, and how Baudelaire rethinks art and criticism, starting from the present time, reinforcing that criticism does have the status of art. Within this surrounding, his making is built up in a reflexive way, as a theory whose greatest task is to interprete modernity about which he himself used to work out his criticism.

El concepto de crítica de arte en la obra temprana de Walter Benjamín

Abadi,F.
Fonte: Revista latinoamericana de filosofía Publicador: Revista latinoamericana de filosofía
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2009 ES
Relevância na Pesquisa
106.02%
En este trabajo rastreamos la concepción de la crítica de arte en la obra temprana de Walter Benjamin, y presentamos, a partir de una discusión de las lecturas que enfatizan las continuidades entre los más importantes escritos del período, una interpretación que indica, por el contrario, las discontinuidades. En este sentido, abordamos los vaivenes benjaminianos referentes a diversas cuestiones: la justificación de la pertinencia de la crítica de arte respecto de su objeto, el tipo de relación que se establece entre las obras de arte y el pensamiento conceptual, y la elucidación de los fundamentos de la historicidad de las obras. Desarrollamos la hipótesis de que la concepción del conocimiento, en tanto redentor, guía las reelaboraciones del concepto de crítica.