Página 1 dos resultados de 214 itens digitais encontrados em 0.053 segundos

Contribuição dos créditos de carbono na viabilidade de projetos de eficiência energética térmica e de troca de combustíveis em cervejarias; Contribution of carbon credits to the viability of energy efficiency and fuel switch projects in breweries

Barbosa, Renato Mariano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.31%
Atualmente é de complexa equalização o problema advindo da elevação da demanda energética e das ações antrópicas que corroboram para o aquecimento global e, neste sentido, apesar de o Brasil ser abundante em hidroeletricidade, há ainda um grande espaço para o uso de outras fontes renováveis de energia, como a biomassa residual. Na indústria, projetos de adoção de novos e eficientes processos para a redução da carga térmica, bem como o uso de biomassa e de biogás das estações de tratamentos de efluentes podem ser um diferencial no conjunto de soluções para o dilema energético-ambiental, uma vez vão ao encontro dos objetivos das políticas energéticas globais em vigência, as quais pregam a segurança e sustentabilidade. Porém, verifica-se que tais medidas ainda têm sido desprezadas por muitas empresas, pois os investimentos são ainda muito elevados, ressaltando-se ainda que, talvez por não se entender como esses projetos podem internalizar as externalidades positivas que os acompanham, essas empresas seguem alheias aos benefícios socioambientais e econômicos advindos dos créditos de carbono, que podem compensar os altos investimentos realizados em racionalização energética. Desta maneira, essa dissertação analisa a viabilidade econômica da implantação de projetos de substituição de combustíveis fósseis por biomassa renovável para geração de vapor de processos; de uso de biogás de ETEs para geração de eletricidade e de implementação de tecnologias para a redução do consumo de vapor industrial...

Perspectivas da geração de créditos de carbono com base na obtenção de um fertilizante - aproveitamento de resíduos de biomassa da agricultura brasileira; Perspectives of the generation of carbon credits on the basis of the attainment of a fertilizer - exploitation of residues of biomass of brazilian agriculture

Bernardi, Caterina Velleca
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
116.19%
Neste trabalho, cujo enfoque é inédito na literatura, apresentam-se as principais diretrizes para a implementação de um Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, bem como as possibilidades de geração de Redução Certificada de Emissão e sua valoração. Por meio de sistemas adequados, indicados em literatura, estimaram-se as quantidades de gás carbônico que poderiam ser obtidos, elegendo-se para este trabalho, o processo de gaseificação de resíduos de biomassa em algumas culturas agrícolas brasileiras. Em relação ao gás carbônico gerado no processo sugere-se, para avaliar a obtenção de créditos de carbono, que sua captura seja feita através da sua fixação na produção de um fertilizante, que teve seu valor estimado no mercado. Para comprovar essa possibilidade fizeram-se experimentos em escala laboratorial, retendo-se o CO2 em hidróxido de amônio. Análises termogravimétricas, espectroscopia no infravermelho, de difração de raios-X e CHN comprovaram a obtenção do bicarbonato de amônio. Para os valores numéricos foram consultadas nas bibliografias referentes, as culturas agrícolas brasileiras com índices de produção de resíduos conhecidos, estabelecendo-se então uma base de dados numéricos para a formação dos valores correspondentes. Os resultados deste trabalho permitem afirmar que existe uma grande potencialidade para o aproveitamento dos gases resultantes da gaseificação dos resíduos de biomassa...

Análise da potencialidade do mercado de projetos de crédito de carbono no Brasil; Analysis of the market potential of carbon credit projects in Brazil

Reis Júnior, José Affonso dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
106.39%
Esta pesquisa faz uma avaliação de indicadores ambientais relacionados à geração de créditos de carbono contidos nos relatórios de sustentabilidade de 59 empresas brasileiras listadas no ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) e no ICO2 (Índice de Carbono Eficiente), entre maio e setembro de 2011. O objetivo central deste trabalho é identificar e avaliar informações contidas nos relatórios de sustentabilidade pertinentes à potencialidade de realização de projetos de créditos de carbono por meio de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) e avaliar a percepção de especialistas sobre o mercado. A metodologia pode ser classificada como pesquisa aplicada; quanto aos objetivos, é exploratória e descritiva; em relação aos procedimentos técnicos, trata-se de uma pesquisa bibliográfica e documental. Abordou-se o problema sob o aspecto qualitativo por meio de análise de conteúdo. Foi realizada, por meio de entrevista, uma pesquisa qualitativa nas empresas certificadoras de projetos de créditos de carbono, a qual demonstrou outros benefícios proporcionados pelos investimentos socioambientais, como economia de custos, marketing empresarial, certificações, dentre outros. Estima-se que os projetos analisados tenham capacidade de obter receitas de 201...

Rentabilidade econômica da cultura do eucalipto beneficiada com créditos de carbono

Spode, Rodrigo de Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.18%
Este trabalho teve como objetivo analisar a viabilidade econômica da geração de Reduções de Emissões Certificadas (RECs) na implantação de um Reflorestamento de Eucaliptos. A quantificação dos (RECs) e a análise econômica foram realizadas em um horizonte de planejamento com prazos para corte das árvores em 8 anos e 20 anos. A estimativa de seqüestro de carbono destas duas hipóteses de reflorestamentos foram medidas a partir de dados de biomassa arbórea. O estoque de carbono estimado em 8 anos foi de 67.200 tC/ha equivalente a 67.200 RECs/ha, no prazo de 20 anos foi de 168.000 tC/ha oo 168.000 RECs/ha. Pelas análises realizadas, concluiu-se que: o estoque de carbono na biomassa arbórea, particularmente das árvores da espécie eucalyptus, credencia o Reforestamento como uma atividade promissora na geração de RECs, tornando o empreendimento uma opção de projeto do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, com potencial de aprovação pela Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.; This work had as I aim at precificar to analyze of and an economical viability of the generation of Reductions Certified (RECs) Emissions in the implantation of one of Reflorestamento Eucaliptos. One of the one of quantification (RECs) and an economical analysis were accomplished in a planning horizon with periods for cut of the trees in 8 years and 20 years. An estimate of kidnapping of carbon of these two hypotheses of reforestations was measured a to leave of data of arboreal biomass. The stock of dear carbon in 8 of it was of years 67.200 equivalent of tC /ha a 67.200 RECs / there is...

Mecanismos de desenvolvimento limpo e a comercialização dos créditos de carbono : o caso da SIL Soluções Ambientais

Falleiro, Alice de Moraes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.23%
O presente trabalho tem como objetivo identificar os benefícios e as conseqüências que a adoção dos mecanismos de desenvolvimento limpo (MDL) traz para a organização que o adota. O aquecimento global, suas origens e conseqüências são temas cada vez mais presentes nos meios de comunicação. Vinculados a ele estão às ações para conter tal fenômeno, dentre elas os MDL, que surgem como uma alternativa para países em desenvolvimento ajudar os países industrializados a reduzir suas emissões de gases do efeito estufa (GEE) e, ao mesmo tempo, alcançar o desenvolvimento sustentável. O trabalho é um estudo de caso único, da SIL Soluções Ambientais, organização que opera a Central de Resíduos do Recreio e responsável pela destinação final de resíduos sólidos urbanos em aterro sanitário. O projeto da SIL Soluções Ambientais (PROGAS) para redução de emissão do gás metano (CH4) foi autorizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) a operar no âmbito dos MDL para comercializar os créditos de carbono obtidos com os certificados de emissões reduzidas (CERs). Neste trabalho, foram identificadas as etapas e procedimentos necessários para aprovação de projetos de MDL frente a ONU, como se deu o processo de implantação dos MDL e...

O impacto dos créditos de carbono na rentabilidade da co-geração sucroalcooleira brasileira

Dantas, Guilherme de Azevedo
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
126.19%
Mestrado em Economia e Política da Energia e do Ambiente; A compatibilização entre a expansão da oferta mundial de energia e a necessidade de mitigar o aquecimento global é complexa. O aumento da eficiência energética e uma maior utilização de fontes renováveis de energia são os dois principais meios de se atenuar o conflito supracitado. Embora a matriz energética brasileira tenha uma participação de fontes renováveis de energia muito superior à média mundial, o potencial de utilização de fontes renováveis no Brasil é muito promissor dada as condições de oferta de insumos energéticos renováveis. Entre estes, a electricidade gerada a partir da biomassa da cana-de-açúcar é um grande exemplo deste potencial promissor ainda não utilizado. A bioelectricidade sucroalcooleira é compatível com os objectivos de segurança energética e mitigação do aquecimento global. Entretanto, o sector sucroalcooleiro tradicionalmente tem optado por preterir investimentos em tecnologias capazes de maximizarem a geração de energia eléctrica. Os principais entraves tradicionais a bioelectricidade sucroalcooleira vem sendo minimizados e a estrutura do sector eléctrico e a conjuntura energética actual são propícias à inserção da bioelectricidade na matriz eléctrica brasileira. Porém...

Influência dos créditos de carbono na viabilidade financeira de três projetos florestais

Nishi,Marcos Hiroshi; Jacovine,Laércio Antônio Gonçalves; Silva,Márcio Lopes da; Valverde,Sebastião Renato; Nogueira,Haroldo de Paiva; Alvarenga,Antônio de Pádua
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
116.3%
O presente trabalho teve como objetivo estudar a influência dos créditos de carbono na viabilidade financeira de três projetos florestais. Os projetos analisados foram: heveicultura, eucalipto e pinus para produção de borracha, celulose e resina, respectivamente. O Valor Presente Líquido (VPL), a Taxa Interna de Retorno (TIR), o Valor Esperado da Terra (VET) e o Valor Anual Equivalente (VAE) foram os indicadores utilizados na avaliação financeira, a uma taxa de desconto de 10% ao ano. Os resultados deste trabalho indicaram que, com esta taxa, os projetos de eucalipto e pinus foram viáveis sem os recursos adicionais dos CERs (Certificados de Emissões Reduzidas), ressaltando-se que a inclusão dos créditos de carbono propiciou aumento da viabilidade financeira destes. Já o projeto da heveicultura mostrou-se viável apenas com os Certificados de Carbono. A receita advinda da venda dos CERs aumentou consideravelmente a viabilidade financeira dos três projetos, mesmo considerando a tonelada de CO2 a US$3,00. Caso o Protocolo de Kyoto seja ratificado, haverá um incremento no preço pago pela tonelada de CO2, que ocasionará o aumento da contribuição dos CERs em projetos florestais.

Contribuição dos créditos de carbono na viabilidade econômica dos contratos de fomento florestal no sul da Bahia

Valdetaro,Erlon Barbosa; Silva,Fabiano Luiz da; Ribeiro,Sabina Cerruto; Jacovine,Laercio Antônio Gonçalves
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
106.38%
A região do extremo sul da Bahia é caracterizada por sua extensa produção de eucalipto. Grandes empresas do setor de celulose e papel desempenham importante função na economia da região através dos programas de fomento florestal. Além disso, tem-se que alguns produtores fomentados por essas empresas possuem interesse em incrementar o retorno financeiro de seus contratos de fomento florestal através do recebimento de crédito de carbono. Nesse contexto, este trabalho teve como objetivo avaliar a contribuição dos créditos de carbono na viabilidade econômica nos contratos de fomento florestal da região. O Valor Presente Líquido (VPL), a Taxa Interna de Retorno (TIR) e o Valor Anual Equivalente (VAE) foram os indicadores utilizados na avaliação financeira, a uma taxa de desconto de 10% ao ano, em 45 contratos de fomento distribuídos em 11 municípios da região, e estimou-se o potencial de estocagem de carbono utilizando dados de estoque de carbono do momento em que os contratos atingiram a idade técnica de corte. Os produtores florestais informaram dados referentes à produção, produtividade e rentabilidade do plantio de eucalipto em seus contratos de fomento. Os resultados da pesquisa mostram que a comercialização dos créditos de carbono pode aumentar consideravelmente a viabilidade financeira do contrato de fomento. Dessa forma...

Mercado regulado de arbono no Brasil: um ensaio sobre divergências contábil e tributária dos créditos de carbono

Souza,André Luis Rocha de; Alvarez,Guineverre; Andrade,José Célio Silveira
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
106.27%
Este trabalho pretende discutir as divergências contábeis e tributárias das Reduções Certificadas de Emissões (RCEs) no mercado regulado de carbono no Brasil, apontar suas lacunas e fragilidades, apresentar pontos de reflexão para a criação de um marco regulatório e de classificação contábil das RCEs, sugerindo um arranjo institucional neste sentido. Para alcance desses objetivos realizou-se uma pesquisa bibliográfica e documental que propiciou o desenvolvimento de um quadro conceitual de análise. As evidências apontaram que o mercado regulado de carbono no Brasil carece de normatizações, gerando uma diversidade de classificação e registro contábil dos créditos de carbono. Tende-se ao reconhecimento destes como estoques, uma vez que os benefícios financeiros gerados com suas vendas podem ser contabilizados como fator de redução dos custos de produção da empresa. Sob a ótica tributária, pairam ainda dúvidas quanto ao enquadramento das receitas dos créditos de carbono transacionados com o exterior, dada a indefinição de sua natureza jurídica. Por fim, sugere-se um arranjo institucional visando estabelecer diretrizes para regulamentação do setor no Brasil.

A incidência tributária na venda de créditos de carbono

Godoy, Arnaldo Sampaio de Moraes
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.11%
Trata da tributação incidente sobre a venda de créditos de carbono no Brasil. Analisa a aplicação de fórmulas concebidas no contexto do Protocolo de Quioto, tratado que ensejou mecanismo para controle e redução de emissão de gases de efeito estufa.

Estimativa do estoque de carbono em áreas de soja visando a análise de cenários de linha de base para projetos de créditos de carbono.

WALTER, M. K. C.; ZULLO JUNIOR, J.; WEILL, M. de A. M.; DENARDIN, J. E.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 16, 2009, Belo Horizonte. Anais... Viçosa, MG: UFV; Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2009. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 16, 2009, Belo Horizonte. Anais... Viçosa, MG: UFV; Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2009.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; Não paginado.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.34%
A deficiência hídrica é um fator restritivo da estabilidade do rendimento da cultura da soja, provocando quebra de produção e prejuízos econômicos. Com os novos instrumentos de política global sobre o clima, dentre eles o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo previsto no Protocolo de Kyoto, o plantio de florestas para remoção de CO2 da atmosfera e geração de créditos de carbono pode se constituir numa alternativa viável aos produtores agrícolas das áreas com maior risco climático. O objetivo desse trabalho foi analisar o sistema agrícola ?soja sob plantio direto? em termos de estocagem de carbono, como um cenário de linha de base para projetos de créditos de carbono, em áreas localizadas em Passo Fundo e Frederico Westphalen, no Rio Grande do Sul. O estoque de carbono na vegetação e no liter foi estimado pelo método direto de quantificação de biomassa e o carbono no solo pelo método ?massa de carbono por unidade de área?. O estoque médio de carbono no sistema soja em Passo Fundo e Frederico Westphalen foram de 75MgC.ha-1 e 50MgC.ha-1, respectivamente, sendo que a maior parte desse carbono foi estocada no solo. Conclui-se que, embora a capacidade de estocagem de carbono no sistema soja, particularmente na vegetação...

Modelo interativo de viabilidade econômica de reflorestamento ciliar com benefício gerado pela venda de créditos de carbono: estudos de caso da Mata Atlântica Alagoana

Jeronimo de Almeida Tenorio Junior, Alcides; de Farias Costa, Écio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.28%
Com o agravamento do aquecimento global nas últimas décadas, os conhecimentos que antes faziam parte do meio científico agora estão mais difundidos e passam a fazer parte do cotidiano de boa parte da sociedade. Em uma tomada de decisão multilateral o Protocolo de Quioto foi criado e ratificado, impondo restrições de emissão aos países desenvolvidos, e criando mais um grande mercado internacional de créditos de carbono, no qual, através do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), os países em desenvolvimento podem hospedar projetos de mitigação de emissões, gerando divisas, ajudando a facilitar o acesso dos países desenvolvidos às suas metas de redução, e fomentando o desenvolvimento sustentável local. Dentre as atividades sujeitas a serem possíveis projetos de MDL, o reflorestamento de matas nativas surge como oportunidade, e apesar de possuir uma razoável complexidade regulatória, se estimulado pode vir a gerar grandes ganhos sócio-ambientais locais. Em especial se analisada a recuperação de matas ciliares com espécies nativas. Dentro deste contexto, e assumindo a hipótese de que o projeto de MDL não pode pagar as atividades de reflorestamento, mas que pode ser viável em si, e portanto...

Viabilidade econômica da utilização do bagaço da cana-de-açúcar para obter créditos de carbono: um estudo de caso

Soares de Araújo, Patrícia; de Sá Barreto Sampaio, Yony (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.23%
Em 1997, os países que aderiram o Protocolo de Kyoto comprometeram-se a implantar medidas com o intuito de reduzir a emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE‟s), sendo que, os países em desenvolvimento participam do Protocolo voluntariamente, através do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). O Brasil vem contribuindo para estabilizar as concentrações de GEE‟s na atmosfera através de projetos no setor energético, especialmente com projetos de energia renovável e eficiência energética, como é o caso da cogeração de eletricidade a partir de fontes renováveis. Neste sentido, esta dissertação tem por objetivo investigar a viabilidade econômica e financeira da utilização do bagaço da cana-de-açúcar como cogeração de energia e comercialização de créditos de carbono. Como metodologia utilizou-se de técnicas bastante difundidas na comunidade financeira, como é o caso da Taxa Interna de Retorno e Valor Presente Líquido. De maneira geral, conclui-se que, do ponto de vista econômico e financeiro, investir em projetos de cogeração de energia visando obter excedentes e subsequente comercialização no mercado de créditos de carbono não é uma alternativa viável para a unidade sucroalcooleira estudada

Estoques e indicadores de carbono em cerradão e cerrado Stricto Sensu; Stocks and indicators of carbon in cerrado and cerrado sensu stricto

SILVEIRA, Jeanete
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Engenharia do Meio Ambiente; Engenharias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Engenharia do Meio Ambiente; Engenharias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.41%
The climate on the Planet has always been natural oscillations throughout its existence, but the anthropogenic contributions of greenhouse gases also change the composition of the atmosphere, affecting climate. Climatologists have found acceleration of global warming, because of the human s actions. Conversely, photosynthetic organisms, the processes of growth absorb atmospheric carbon, storing it in its components. The native Cerrado among the various environmental services offers, assimilates atmospheric carbon and store it in their biomass and soil, contributing to the mitigation of global warming. Forest planting and maintaining vegetation cover, contribute to the mitigation of global warming, then can generate tradable credits in the Carbon Market. Establishing indicators of the carbon stocks is one point key in generation process carbon credits. This work researched of carbon s stocks in plant biomass and soil, as well as their indicators, seeking greater clarity of what happens with the carbon throughout the soil profile and between two types of vegetation in the Cerrado biome: cerradão and cerrado sensu stricto. We studied three areas of each of thouse faces. We obtained biomass carbon stocks by direct determination in the field...

O processo de comercialização de créditos de carbono em empresas instaladas no Brasil

LAMENZA, Ademir
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Tese ou dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.34%
Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Administração - Doutorado da Universidade Municipal de São Caetano do Sul.; O Protocolo de Quioto (1997) é um tratado internacional com compromissos severos para a redução de emissões dos gases que afetam o Efeito Estufa (GEE) ao redor da Terra, objetivando a minimização dos problemas climáticos, de modo especial os advindos das ações antrópicas, aceleradas desde a Revolução Industrial, até os dias atuais. Com essa convenção, os países desenvolvidos constantes do Anexo A do Protocolo concordaram em reduzir seus níveis de emissões de GEE, em média 5,2% em relação aos níveis de 1990. Entretanto, em caso da impossibilidade de efetuar tais reduções em seus próprios países, podem investir em projetos de países em desenvolvimento, carentes em relação ao desenvolvimento social, os quais não dispõem de condição econômica para viabilizar tais projetos. Essa forma de comercialização prevista no Protocolo envolve Créditos de Carbono, considerados “moeda de troca” utilizada nas negociações de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), possibilidade de negociação entre empresas de países desenvolvidos signatários e empresas de países em desenvolvimento...

Da compra e venda internacional de créditos de carbono

SILVA, Nahiana Neri da
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.19%
O objetivo do presente trabalho é apresentar uma importante interação dentro do direito, associando os ramos didaticamente autônomos do direito internacional e do meio ambiente. Com a entra em vigor do Protocolo de Kyoto, acordo internacional que busca promover a redução de emissões de gases de efeito estufa a partir de metas a serem cumpridas por países desenvolvidos, passou a ter relevância nesse cenário o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, que permite a geração e a comercialização dos certificados de emissões reduzidas (CER's). Em razão da potencial produção e a posterior venda dos créditos de carbono, foi avivada a curiosidade em estabelecer a natureza jurídica contratual, por meio de definições de conceitos dos CERs, concernente às operações de compra e venda internacional. Para tanto, o trabalho foi desenvolvido em busca de uma convivência harmoniosa entre a transversalidade do direito internacional e ambiental, sem qualquer pretensão de esgotar o tema.

A natureza contábil dos créditos de carbono; Nature of accounting carbon credits

Tôrres, Vandré
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.3%
Os reflexos da degradação ambiental provocada pela ação humana vêm se intensificando nas últimas décadas. As catástrofes ambientais vêm aumentando em número de ocorrência e em força destrutiva, resultando na morte de milhares de pessoas, desequilíbrio do ambiente, estragos no meio urbano e rural e prejuízos econômicos incalculáveis. Na tentativa de estabilizar a emissão dos Gases de Efeito Estufa (GEE’s), principais vetores dessa alteração climática, o Protocolo de Quioto, acordo internacional assinado no âmbito da Convenção-Quatro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas no ano de 1997, estabeleceu metas de emissão dos GEE’s. Nesse cenário, surge então o Crédito de Carbono, certificados de redução da emissão dos GEE’s possíveis de comercialização objetivando o cumprimento das metas estabelecidas no acordo internacional. Em 2009, foi apurado o valor de US$ 125 milhões em negociações de certificados e, para 2010, a expectativa do mercado mundial era de que a venda de Créditos de Carbono gerasse US$ 170 milhões. Assim, o Crédito de Carbono vem se consolidando como importante elemento da economia mundial, girando volumosos recursos e compondo o patrimônio das entidades. Inserida nesse panorama...

Mensuração de carbono orgânico em substratos de mineração revegetados com lodo de esgoto

Vasconcelos, Adrienne Rank de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.3%
O trabalho em questão tem por objetivo mensurar o teor de carbono orgânico em substratos de mineração revegetados com lodo de esgoto. Para isso foram coletadas 273 amostras em cinco pontos localizados em Brasília. Em cada local foram escolhidos 15 pontos para coleta, e em cada ponto foram coletadas amostras a cada 5cm até atingir 20cm de profundidade. As amostras foram analisadas seguindo a metodologia descrita pela Norma NBR 13600. Após a execução das análises, os resultados foram estudados e comparados com a composição da amostra controle de solo, sem a adição de lodo, e então foi estimada a incorporação de C pelo solo. Foi possível observar uma grande quantidade de C orgânico nos primeiros 15 cm do solo e maior teor de carbono no substrato, comparando-se ao substrato controle e aos teores encontrados em Latossolos e Cambissolos. A afirmação de que o solo em recuperação está incorporando carbono da atmosfera não apenas por meio da vegetação, mas também por processos realizados pelos microorganismos do solo, mostra-se verdadeira. Por fim, comparou-se o valor de investimento para recuperação de uma área e o valor que pode ser obtido no Marcado de Créditos de Carbono, o valor superou o investimento, deixando claro o benefício. A partir dos resultados obtidos é possível concluir que a utilização de biossólidos para recuperação de áreas degradadas possibilita o sequestro de C da atmosfera...

Evidenciação das operações com crédito de carbono nos relatórios da administração e nas notas explicativas; Divulgación de las operaciones con créditos de carbono en los in informes de la administración y las notas explicativas; Disclosure of carbon credit operations in management publications

Santos, Vanderlei dos; Beuren, Ilse Maria; Rausch, Rita Buzzi
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
106.5%
O estudo objetiva identificar o nível de evidenciação, nos relatórios da administração e nas notas explicativas, das operações com créditos de carbono relacionadas aos projetos, meios de financiamento e mercado, contabilização e tributação. Realizou-se pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, por meio de análise documental, nas 14 empresas brasileiras de capital aberto que possuem projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) aprovados pela Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima, conforme listagem do Ministério da Ciência e Tecnologia. Em 28 de novembro de 2008 havia 195 projetos aprovados, 25 dos quais pertenciam a 14 empresas de capital aberto. Para a coleta dos dados, aplicou-se a técnica da análise de conteúdo nos relatórios da administração e nas notas explicativas desde o primeiro período de obtenção dos créditos de carbono até o terceiro trimestre de 2008. Os resultados da pesquisa mostram que as empresas não divulgam em seus relatórios informações sobre o tratamento contábil e tributário das operações com créditos de carbono. As informações mais divulgadas nos projetos referem-se à forma de geração dos créditos e ao custo deste investimento. Conclui-se que as informações evidenciadas nos relatórios da administração e nas notas explicativas das empresas pesquisadas sobre as operações com créditos de carbono não respeitam o princípio do full disclosure; El estudio tiene el objetivo de identificar el nivel de divulgación...

The International Carbon Credit Market: A Comparative Study Between the Regulated and Voluntary Markets the Period 2004 to 2011; The International Carbon Credit Market: A Comparative Study Between the Regulated and Voluntary Markets the Period 2004 to 2011; O Mercado Internacional de Créditos de Carbono: Estudo Comparativo entre as Vertentes Regulada e Voluntária no Brasil no Período de 2004 a 2011

Souza, André Luis; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia - IFBA; Paiva, Daniele Soares; Universidade Federal da Bahia (UFBA)/Universidade Jorge Amado (UNIJORGE); Andrade, José Célio Silveira; Universidade Federal da Bahia (UFB
Fonte: Universidade Federal Fluminense - LATEC Publicador: Universidade Federal Fluminense - LATEC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Revisão de Literatura; Formato: application/pdf
Publicado em 18/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
106.24%
The general objective of this research is to investigate the main differences between the regulated and voluntary carbon markets in Brazil, over the period from 2004 to 2011.  In order to achieve the proposed objective, we conducted exploratory bibliographic research, which contributed to an understanding of the object investigated, as well as documental research, which utilized content analysis techniques to collect secondary data obtained from Project Design Documents (PDDs).  This data was mapped and extracted from the websites and databases we visited, which enabled the collection of quantitative and qualitative data.  Furthermore, we mapped voluntary carbon market projects through a search of the databases and institutional websites of International Standards and their applicants, while projects from the regulated carbon market were extracted from the existing databases of the Ministry of Science and Technology (Ministério da Ciência e Tecnologia: MCT).  We verified differences and similarities between the regulated and voluntary carbon markets in Brazil up to that point in time, according to which the former had 499, while the latter had 111.  We identified that the main differences between the regulated and carbon markets in Brazil are in their sectoral scopes.; The general objective of this research is to investigate the main differences between the regulated and voluntary carbon markets in Brazil...