Página 1 dos resultados de 14 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

A volta do Horla: a recepção de Guy de Maupassant no Brasil; The Horla return: the critical reception of Guy de Maupassant in Brazil

Neves, Angela das
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
A dissertação A volta do Horla estuda a recepção crítica e criativa de Guy de Maupassant (1850-1893) no Brasil, o contista francês mais representativo do século XIX. Esse escritor foi lido, traduzido e comentado nos jornais Gazeta de Noticias, Correio Paulistano, Jornal do Commercio, O Estado de São Paulo (A Provincia de São Paulo, até 1889), de 1880 a 1921, bem como nos principais estudos críticos e bibliográficos de historiadores da Literatura Brasileira, os quais compõem o corpus desta pesquisa. Sua presença é também encontrada em obras ficcionais no período que compreende o Realismo-Naturalismo e o Pré-Modernismo brasileiros, de que são exemplos os livros de contos de Monteiro Lobato (1882-1948). Esse corpus, aqui analisado e interpretado, mostra-nos as diversas leituras feitas pelas variadas correntes críticas em voga no Brasil. Tomam por base critérios literários ou não-literários, estimulados pela vasta produção e particular variedade da obra em questão e pelo conhecimento difundido da vida do autor. Permite-se aqui, portanto, mais um momento de releitura crítica desse escritor, revelado por olhares ora esquecidos e não raro desconhecidos dos estudiosos de Guy de Maupassant.; The dissertation The Horla Return studies the critical and creative reception of Guy de Maupassant (1850-1893) in Brazil...

Imprensa Iídiche em São Paulo: Vivência e Dinamismo "San Pauler Idiche Tsaitung" (A Gazeta Israelita de São Paulo) 1937; The yiddish press in São Paulo (Brazil): experience and dynamism in the newspaper San Pauler Idishe Tsaitung - A Gaseta Israelita de São Paulo (1937)

Terdiman, Esther Wajskop
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/1997 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
Durante séculos os judeus habitaram os mesmo locais fixos na Europa, Ásia ou África. Seus deslocamentos eram devidos a expulsões ou perseguições. As modificações sociais, políticas e econômicas dos últimos cento e poucos anos conduziram a alterações na concepção do viver judaico. Fez-se necessário buscar condições de vida mais humanas e confortáveis daquelas que tinham, principalmente no Velho Mundo. Novas idéias e aberturas trouxeram os judeus para o Brasil no século 20. Provenientes de diversas partes, mas em especial do leste europeu, estabeleceram-se em São Paulo no período entre-guerras e participaram da vida local, do desenvolvimento do país, enquanto mantinham seus vínculos com a cultura ancestral e, nela, com a língua mãe, o mame-loshn, o ídiche. Os dados sobre a história da comunidade judaicas de São Paulo são falhos, seus registros carecem de consistência. No afã de recuperar uma parcela da vida judaica paulistana, propusemo-nos a realizar um levantamento que pudesse proporcionar subsídios para a reconstrução do que foi viver numa terra nova, com novas formas de sustento, enquanto os corações estavam voltados para o que ocorria nas terras de origem. Assim, analisamos o material publicado pelo jornal San Pauler Idiche Tsaitung - A Gazeta Israelita de São Paulo...

O nacional e o popular na música de Alexandre Levy: bases de um projeto de modernidade; O nacional e o popular na música de Alexandre Levy: bases de um projeto de modernidade

Tuma, Said
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
Este trabalho procura oferecer uma nova narrativa biográfica para o compositor de São Paulo e crítico musical do Correio Paulistano Alexandre Levy (1864-1892). Procurou-se assim atenuar a imagem construída para o compositor pelas obras tradicionais da historiografia musical brasileira, que são marcadas fortemente por uma perspectiva nacionalista. Assumiuse como pressuposto do trabalho uma clara explicitação metodológica e axiológica. Enquanto método, recorreu-se à interdisciplinaridade como recurso importante para a solução dos impasses e ambigüidades que se apresentaram. Essa tarefa foi alcançada através da aproximação concreta com a história cultural através de seus temas e reflexões. Utilizou-se como fontes primárias um conjunto de 17 artigos de Levy, assinados sob pseudônimo de Figarote. Entre as outras fontes, destacam-se ainda obras da historiografia da cultura e musicológicas. Este trabalho apresenta como resultado uma imagem de certo modo nova para Alexandre Levy. Constatou-se a modernidade do compositor, não reconhecível em trabalhos anteriores. Pode-se verificar a proximidade de Levy com os demais intelectuais da belle époque brasileira, período de engajamento intelectual, de preocupações modernizadoras...

Tradições discursivas e modalidade: reflexões sobre a trajetória do gênero carta do editor em jornais paulistas do século XIX ao início do século XX; Discursive traditions and modality: reflections about the letter to the editor genre trajectory in São Paulos newspapers in the period of nineteenth-century to earlier twentieth-century.

Rodrigues, Rafaela Baracat Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.07%
Nesta pesquisa, realizamos um estudo sobre gênero discursivo em perspectiva diacrônica, atentando para a organização e para as estratégias linguísticas que nele se manifestam. Analisamos uma prática social da esfera jornalística, a carta de editor, com o objetivo de verificar os elementos constitutivos e as possíveis transformações do gênero em foco ao longo de seu percurso histórico. Particularmente, observamos estruturas linguísticas que concretizam regularidades discursivas nesse gênero da imprensa escrita, no período relativo ao século XIX até o início do século XX. Para tanto, fundamentamos o trabalho em estudos sobre mídia impressa, a fim de focalizar o contexto de estabelecimento do jornalismo, bem como em estudos a respeito dos gêneros discursivos e das tradições discursivas, com o intuito de ancorar a análise dos traços textuais que garantem a continuidade e contribuem para a identificação do gênero como típico da instituição jornalística. Dessa prática social, emergem recursos linguísticos orientadores da produção de sentido, por meio dos quais os sujeitos, situados em determinado contexto social e histórico, buscam, de alguma forma, influenciar seus interlocutores para atingir seus propósitos interacionais. Entre esses recursos...

Elementos constitutivos para o estudo do público literário no Rio de Janeiro e em São Paulo no Segundo Reinado; Constitutive elements for the study of the literary public in Rio de Janeiro and São Paulo during the Second Empire

Paixão, Alexandro Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
Este trabalho orientou-se por uma pergunta: qual era o público literário (leitor e consumidor) de Alexandre Dumas, Manuel Antonio de Almeida, José de Alencar e Fagundes Varella e de suas respectivas produções literárias que foram difundidas no Brasil entre 1850 e 1860? Para responder a esta pergunta, o trabalho buscou identificar e caracterizar como grupo social uma fração do público literário brasileiro destes escritores e de seus folhetins, publicados na forma de romances e crônicas. Eles circularam no Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro (Dumas) e em dois jornais do Império - Correio Mercantil-RJ (Almeida e Alencar) e Correio Paulistano-SP (Varella). E nestes espaços sua presença foi considerada bastante expressiva a ponto de existir, em um país marcado pela escravidão e analfabetismo, uma fração de público para eles. Essa fração não representava apenas a elite, advinha também de outros estratos sociais, que carecem de investigação sociológica. Diante da variedade do sistema literário brasileiro, extraímos dele somente alguns momentos que, uma vez compreendidos, apresentam elementos constitutivos de uma fração do público literário no Segundo Reinado no Rio de Janeiro e em São Paulo.; The research question guiding this study was: who was the literary public (both reader and consumer) of the works of Alexandre Dumas...

Jornal Correio Paulistano - constituição e mudança do gênero anúncio de emprego (1854 a 1900) sob a perspectiva crítico-discursiva; Newspaper Correio Paulistano - Constitution and change in Job Advertisements genre (from 1854 to 1900) under a critical-discursive perspective

Oliveira, Kelly Cristina de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
67.45%
A presente tese visa a apresentar uma análise diacrônica do gênero discursivo anúncios de emprego, publicados no jornal Correio Paulistano, de 1854 a 1900. Sob a perspectiva de Mikhail Bakhtin, enfatizaremos os seus elementos constituintes, a sua relativa estabilidade, pois os gêneros resultam da tensão dialógica de duas forças: centrífuga (mutação) e centrípeta (estabilidade), e o seu papel social estabelecido e consolidado na sociedade oitocentista. Justifica essa escolha a possibilidade de observar os costumes e hábitos de uma época, devido ao caráter documental desses anúncios. O gênero discursivo, constituído por três elementos essenciais: conteúdo temático, estilo e construção composicional, materializa-se nas relações sociais, dialógicas por natureza; como é forma de ação social, circula nas esferas sociais, concretizando-se sempre em contextos dessa natureza dos quais sofre coerções e alterações, em razão da sua plasticidade. Nesse sentido, buscamos na Análise Crítica do Discurso, desenvolvida por Fairclough, suporte teórico-metodológico para estudar o contexto da cultura/ contexto da situação em que o gênero está inserido. Essa perspectiva compreende o discurso como qualquer evento discursivo dentro de um modelo tríade: texto...

O vestuário e seus acessórios em São Paulo em meados do século XIX: uma construção de vocabulário para compreender indumentária; The clothing and acessories in São Paulo in the mid-nineteenth century: a building vocabulary to understand clothing

Puelles, Alice Aparecida Labarca
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
O presente trabalho tem como objetivo a elaboração de um vocabulário para compreensão de indumentária do século XIX, inserindo-se no campo da Documentação Museológica. Partindo da análise de anúncios de lojas e comércios de tecidos e vestuário, publicados no jornal Correio Paulistano, em São Paulo, em meados do século XIX, visa identificar vestuário e acessórios utilizados na época, a fim de reconhecer a moda usada pela sociedade paulistana naquele período. Moda, aqui, entendida como uma necessidade social, tanto de individualidade do ser, expressando personalidade através de detalhes, como de aceitação em um grupo de pessoas que compartilham dos mesmos anseios. Trata-se, assim, da construção de um instrumento de curadoria museológica a partir do desenvolvimento de conhecimento novo sobre o contexto histórico cultural de São Paulo no período estudado. Há poucas publicações nacionais sobre têxtil e moda, fazendo com que pesquisadores recorram continuamente a publicações estrangeiras, que não retratam fielmente o nosso país e menos ainda a região paulista.; The present work has as aim the preparation of a vocabulary to garment comprehension of the nineteenth century, adapting into the Museum Documentation field. From the analysis of shops announcements and fabric and clothing trades...

Folhetins do século XIX: uma prática de leitura apaixonada

Garcia, Débora Cristina Ferreira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 218 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
47.51%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; Ce travail a le but d´examiner le profil du lecteur des feuilletons du Correio Paulistano dans la décennie de 1850, époque d´insertion de ce périodique dans la province de São Paulo. D´origine française, le feuilletons apparaît comme une stratégie de deux journalistes, Émile de Gerardin, du journal La Presse, et son ex-associé Dutaqc, propriétaire du Le Siècle, intéressés à l´expansion du public de leurs périodiques. Le succès de cette nouvelle section de la presse est si grande qu´elle commence à faire partie des périodiques de plusieurs pays, y compris du Brésil. L´étude du procès de lecture considère deux types de lecteurs: l´un interne et l´autre externe au texte. Le premier, le lecteur établi dans le texte, correspond à l´énonciateur, image créée par le sujet de la production de son interlocuteur. C´est à partir de ce projet que le texte se constitue. Par contre, le deuxième type de lecteur correspond au sujet que lit le texte tout à fait, qu´interprète à partir de ses expériences de lecture. Étant base sur la théorie sémiotique greimasiane, le lecteur qu´on prétend montrer dans se travail n´est pas un sujet réel...

Cartas da Europa

Salles, Campos, 1841-1913.
Fonte: Rio de Janeiro : Typ. Leuzinger, 1894. Publicador: Rio de Janeiro : Typ. Leuzinger, 1894.
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.34%
Obra de autoria daquele que seria, de 1898 a 1902, o quarto presidente do Brasil, e que registra as impressões da primeira viagem de Campos Sales à Europa, em fins de 1891. As cartas haviam sido publicadas anteriormente no Correio Paulistano. O volume é um documento importante para a história política do Brasil, visto que registra a visão de Campos Sales acerca de governos, costumes, instituições, eventos e fatos políticos que presenciou no decorrer de sua estada na França, Inglaterra, Italia e Suissa.

Elemento servil : projecto elaborado pela sociedade democratica constitucional limeirense : resposta do Sr. Conselheiro Nabuco e outras peças sobre o assumpto

Fonte: São Paulo : Typ. do Correio Paulistano, 1869. Publicador: São Paulo : Typ. do Correio Paulistano, 1869.
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.34%

"Nietzsche, intérprete do Brasil"? A recepção da filosofia nietzschiana na imprensa carioca e paulistana no final do século XIX e início do XX

Dias,Geraldo
Fonte: Grupo de Estudos Nietzsche Publicador: Grupo de Estudos Nietzsche
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.57%
Apresentamos aqui quinze de alguns dos primeiros textos publicados sobre a filosofia de Nietzsche na imprensa carioca e paulistana entre o final do século XIX e início do XX. Os textos transcritos na sequência seguem a ordem cronológica de suas publicações. Alguns deles tematizam o contexto brasileiro, outros procuram entender a construção do pensamento do filósofo, outros ainda tratam de suas inclinações culturais pela França ou de suas desconfianças ideológicas pela Alemanha.

As cores da nação : um estudo discursivo de artigos colocados em circulação pela mídia impressa sobre o novo lugar do "negro" no conjunto da sociedade nacional; Les couleurs de la nation : une étude discursive d'articles publié dans la presse sur la nouvelle place du noir dans l'ensemble de la société brésilienne

Fabiane Teixeira de Jesus Marques
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
"Isso tudo não está tão mal", disse Montaigne, fazendo um relato considerado elogioso aos tupinambás. Lá pelas tantas, o filósofo desabafa: "Mas eles não usam calças!". Quase cinco séculos depois a desigualdade entre os homens ainda reverbera, afetando atuais formas de sociabilidade. Discutimos as "calças", numa conjuntura em que ela desliza para "peles": aquele nós-usamos-calças-e-eles-não toma a forma de eles-têm-pele-escura-e-nós-não. "O canto das três raças" entoado por Clara Nunes toma a forma de vividos cotidianos que atualizam essas tensões. Tema árduo, ardente e ardiloso recorrentemente abordado por intelectuais ¿ e sentido na pele de uma Nação; vez e outra atiça olhares ansiosos por desembaraçar os emaranhados e contraditórios fios condutores de constituições identitárias. Como pensar esses sentidos "colados" à pele? Um dos objetos de estudos frequentemente convocado com vistas à compreensão da formação social brasileira é a escravidão. Também incursionamos por estas trilhas de dizer visitadas (e também constituídas, conforme discutimos) por cientistas sociais. Mas realizamos alguns deslocamentos: (i) nossas análises não se embasam em uma correlação direta entre sujeito e instituições sociais...

Inventar o passado, construir o futuro: São Paulo entre nacionalismos e cosmopolitismos nas primeiras décadas do século 20; Inventing the past, building the future: São Paulo between nationalisms and cosmopolitanisms in the first decades of the 20th century; Inventar el pasado, construir el futuro: São Paulo entre nacionalismos y cosmopolitismos en las primeras décadas del siglo 20

Silva, Joana Mello de Carvalho e; Castro, Ana Claudia Veiga de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.1%
O artigo aponta como a questão do estilo mais adequado para São Paulo estava inserida no debate autorizado de engenheiros e arquitetos, ao mesmo tempo em que animava a discussão entre intelectuais e o público leigo. A partir dos textos do jornalista e escritor modernista Menotti del Picchia (1892-1988) e do arquiteto russo Gregori Warchavchik (1896-1972), publicados sobretudo no jornal Correio Paulistano, bem como os do escritor e editor Monteiro Lobato (1884-1948) e do engenheiro português Ricardo Severo (1869-1940), veiculados n’O Estado de S. Paulo, e ainda das crônicas do crítico e poeta Mário de Andrade (1893-1945), divulgadas no Diário Nacional, percebe-se que o tema da fisionomia daquela cidade em plena marcha de progresso alimenta a construção do discurso acerca da nacionalidade e da modernidade artística, nas primeiras décadas do século 20. Tal debate ocorre em um campo de investigação e experimentação artísticas intensas, que se dá no embate entre a idealização universalista, a defesa radical da modernidade artística, o tradicionalismo conservador e o patriotismo tacanho. ; This study describes how the discussion on the aesthetics more suitable for São Paulo was part of the authorized discussion between engineers and architects as well as among intellectual and laymen. From the texts of the modernist writer and journalist Menotti del Picchia (1892-1988) and the Russian architect living in Brazil...

Entre a cópia, a importação e a originalidade: artes (e arquitetura) na década de 20, por intermédio das crônicas de Menotti del Picchia (1892-1977) e Mario de Andrade (1893-1945)

Castro, Ana Claudia Veiga de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
26.84%
O trabalho enfoca as crônicas de dois escritores modernistas, Menotti del Picchia e Mario de Andrade, publicadas nos jornais Correio Paulistano e Diário Nacional, respectivamente órgãos do Partido Republicano Paulista e do Partido Democrático, durante a década de 20 em São Paulo. Trata-se de lançar luz sobre dois períodos dessa produção - o início e o final da década - abordando, por meio das crônicas, a discussão da busca e/ou construção de um estilo nacional nas artes e na arquitetura, em uma década marcada por intensas transformações urbanas e sociais, pela crise do poder oligárquico que dominou a República Velha e pelo despertar ideológico advindo com o fim da Primeira Guerra Mundial, enfatizando a relação dos cronistas com a oligarquia cafeeira.; The paper focuses on the work of two modernist writers, Menotti del Picchia and Mario de Andrade, whose texts were published in the 1920s in Correio Paulistano and Diário Nacional, newspapers of Sao Paulo's Republican Party and the Democratic Party, respectively. The aim of the project is to shed some light on two particular periods of these authors' works - the beginning and the end of that decade. Matters of interest addressed in such writing include the quest for a national style in the arts and architecture during a decade characterized by intense urban and social changes...