Página 1 dos resultados de 192 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Three studies on farmer cooperatives: heterogeneity, member participation and democratic decision making; Três estudos sobre cooperativas agrícolas: heterogeneidade, participação dos membros e tomada de decisões democráticas

Pozzobon, Daniela Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/07/2011 EN
Relevância na Pesquisa
56.69%
The main focus of this thesis is on how cooperatives can minimize both democratic and agency costs. In particular, the thesis examines how differences in the level of heterogeneity and member participation amongst cooperatives affect their management of these costs. The thesis is one of the first studies to empirically examine how cooperatives manage their decision making costs. The relationships amongst the key variables of the study are examined in three studies. First, we develop a measurement of heterogeneity based on a 'grouping' method, with the aim of showing the presence (absence) of a dominant group and the size of the minority group(s). Cooperatives are ranked from homogenous to more heterogeneous based on both cooperative and member characteristics. Five different types of cooperatives are identified. Based on these results, a model is developed that predicts a non-linear relation between heterogeneity and member participation. Second, we distinguish all conflicts of interests (horizontal, vertical and diagonal) which exist at the different levels of cooperative decision making. By doing so, we are able to obtain a more complete picture of the costs of cooperative decision making. We also examine a broader range of decision making costs than most studies...

O modelo de integração econômico e social nas cooperativas agropecuárias do Paraná

Ricken, José Roberto
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.65%
Analisar o modelo de integração das cooperativas de produtores agropecuários no estado do Paraná foi o propósito deste estudo. Foram estudadas as características, os fatores que dificultam e as ações que facilitam a integração entre cooperados e suas cooperativas e destas entre si. As cooperativas têm características distintas dos outros atores do mercado, nos seus objetivos, na forma de gestão, na formação do capital e na sua identificação com a comunidade onde atuam. O desenvolvimento das cooperativas agropecuárias no Paraná é resultante dos Projetos Integrados de Cooperativismo (PICs), implementados a partir de 1972. O modelo previa cooperativas singulares, cada qual com sua área de ação, com o objetivo de proporcionar assistência técnica, creditícia e apoio logístico aos produtores associados, e centrais cooperativas, por região, para industrialização e comercialização da produção. Os resultados proporcionados pelos projetos integrados são evidentes, pois, quase 60% da produção agropecuária atual provém das cooperativas em todo o estado. Porém, ao longo do tempo, em razão do crescimento desigual das cooperativas, surgiram disputas por área de ação entre cooperativas e conflitos de interesses em relação às centrais que comprometeram o modelo de integração idealizado. Pesquisa de campo realizada para este estudo...

Cooperativismo agrícola : esfera pública, participação e sustentabilidade

Binda, Nilson
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
47%
Esta tese é resultado da investigação em dez cooperativas agrícolas do estado do Rio Grande do Sul (RS) realizada entre dezembro de 2011 e fevereiro de 2013. O foco da análise consistiu a participação dos associados na esfera pública relacionada à sustentabilidade social, econômica e ambiental do cooperativismo agrícola no contexto da Agricultura Familiar. Historicamente, o cooperativismo agrícola se desenvolveu no RS mais na dimensão econômica, sendo importante espaço de socialização dos agricultores. Recentemente, ele desenvolve ações também na dimensão ambiental, estimulando o desenvolvimento sustentável. O estudo problematizou a relação entre a participação dos associados na esfera pública e a sustentabilidade do cooperativismo agrícola nas dimensões social, econômica e ambiental. Foram analisados os discursos e as ações práticas de associados, dirigentes, agentes externos e de informantes qualificados. Para a explicação, serviu de referencial teórico a teoria da ação comunicativa orientada pelo entendimento, de Habermas, e as abordagens tramadas pela racionalidade ambiental, de Leff. A esfera pública constitui-se a categoria analítica. O objetivo geral foi analisar a sustentabilidade do cooperativismo agrícola nas dimensões social...

Estrutura e desempenho das cooperativas agropecuarias de cafe do estado de São Paulo

Jader Bianco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2000 PT
Relevância na Pesquisa
46.62%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a gestão e o desempenho econômico-financeiro das cooperativas agropecuárias de café do Estado de São Paulo, face as mudanças nos ambientes econômicos brasileiro e mundial. Especificamente foram analisados os principais indicadores de desempenho, as estratégias e as formas de gestão das cooperativas agropecuárias, para os anos de 1992 e 1997, através dos dados obtidos nos projetos elaborados para enquadramento no Programa de Revitalização de Cooperativas de Produção Agropecuária-Recoop e nos Relatórios das Diretorias e Balanços Anuais das cooperativas em estudo, utilizando-se das técnicas de análise fatorial em cOmponentes principais, complementada pela análise hierárquica. Os dados da análise não permitiram identificar um modelo único e estruturado de gestão cooperativa, evidenciando que a necessidade de participar de um mercado competitivo, em condições de igualdade com outras empresas comerciais, gera conflitos na gestão cooperativa. O leque de atividades, comerciais e de prestação de serviços, das cooperativas agropecuárias, ampliou-se de tal maneira que dificultou a adnúnistração, tornando-as, em muitos casos, dispersivas e pouco efetivas, com carência de sistemas de controle e avaliação de desempenho. Observou-se que algumas das atividades comerciais alternativas fora do foco principal de algumas cooperativas...

Cooperativas agricolas em Nicaragua : organização e educação

Renata Maria Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/12/1994 PT
Relevância na Pesquisa
46.65%
O presente trabalho tem como objetivo fazer um estudo da experiência de organização de cooperativas agrícolas no período da Revolução Nicaraguense. Dentro deste contexto estudamos qual foi a contribuição da educação formal e informal no processo de formação e trabalho das cooperativas, tanto da educação básica como técnica. o primeiro capítulo faz um resgate histórico dos antecedentes do cooperativismo e seus princípios. Faz também um breve resumo da Revolução Nicaraguense e as mudanças ocorridas na estrutura agrária, com o objetivo de contextualizar o leitor dentro da situação conjuntural em que dá o projeto cooperativo da revolução. No segundo capítulo apresentamos os estudos de caso de cinco cooperativas. Como surgiram, como se desenvolveram, quem eram seus integrantes, sua história, sua formação, desenvolvimento da produção agropecuária, problemas enfrentados, relação da cooperativa com os organismos e instituições do governo revolucionário, perspectivas da cooperativa. No terceiro e último capítulo fazemos uma comparação entre os fundamentos teóricos que definiram as bases do cooperativismo e os estudos de caso realizados. Enfatizamos nesta análise comparativa o papel que jogou a formação dos camponeses...

O cooperativismo agricola em transição : dilemas e perspectivas

Eliza Emilia Rezende Bernardo Rocha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/1999 PT
Relevância na Pesquisa
46.97%
Neste trabalho, analisa-se o processo de busca de soluções, bem como suas conseqüências, para o dilema que vive o cooperativismo agrícola, dilema este advindo do fato das cooperativas agrícolas encontrarem-se frente a uma encruzilhada onde, de um lado estão os princípios cooperativos e os produtores associados e, do outro lado, está o mercado, a competitividade. Quais são as perspectivas de harmonização desses extremos, ou seja, como as cooperativas agrícolas têm feito para, simultaneamente, estarem cada vez mais presentes no mercado, competindo, e, terem presentes, na sua atuação neste mercado, os princípios cooperativos como base? Este estudo é desenvolvido a partir do desempenho de três cooperativas agrícolas paranaenses (Cooperativa de Cafeicultores e Agropecuaristas de Maringá Ltda. - COCAMAR; Cooperativa Agropecuária Mouraoense Ltda. - COAMO; Cooperativa Agropecuária Rolândia Ltda. - COROL) e de quatro cooperativas agrícolas francesas (Cooperativa Agrícola Nõelle-Ancenis - CANA; Champagne Céréales; Cooperativa Agrícola Vienne Anjou Loire - CA V AL; Sociedade Cooperativa Agrícola dos Produtores de Coelhos de Mauges e de Loire - "Lapins Mauges Loire"). O trabalho foi desenvolvido em três etapas onde...

Avaliação da qualidade de serviços prestados por cooperativas agrícolas

Souza, Sidney Rodolfo de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, [138] f.| grafs., tabs. +
POR
Relevância na Pesquisa
66.63%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico.; Este trabalho tem como objetivo estabelecer uma avaliação dos serviços prestados por cooperativas agrícolas. Para isso, um questionário foi elaborado e distribuído entre associados de uma cooperativa agrícola selecionada dentro do Estado do Paraná. O critério para a seleção desta cooperativa foi a existência do maior número de associados e serviços prestados. O trabalho possui três etapas principais: um estudo teórico, uma metodologia de avaliação e as conclusões. A primeira etapa discutiu os aspectos teóricos do trabalho, baseado na bibliografia pertinente ao objeto da pesquisa. O segundo momento foi a busca de uma metodologia de avaliação, concluindo que o questionário era a melhor opção. Por fim, a terceira e última parte trata da avaliação dos resultados obtidos através deste questionário distribuído para uma amostra de associados. Como conclusão, o trabalho faz uma avaliação da cooperativa estudada, indicando as principais características do atendimento aos seus clientes na visão dos próprios clientes.

Definição de uma data mart em cooperativas agropecuárias

Toni, José Alexandre de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvi, 79 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.71%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico; Este trabalho tem como objetivo realizar um estudo sobre o desenvolvimento de Data Warehouse/Data Mart e Data Mining. O estudo está baseado no setor agropecuário, mais especificamente nas Cooperativas Agropecuárias. Estão colocados inicialmente os objetivos do trabalho e alguns conceitos de Data Warehouse e Data Mart. Nos aspectos operacionais das cooperativas agropecuárias está apresentada a estrutura organizacional das Cooperativas Agropecuárias como também aspectos ligados as informações operacionais nas Cooperativas Agropecuárias. É apresentado ainda um histórico da evolução da utilização da informática no setor agropecuário. No capítulo dedicado a Data Warehouse e Data Mining está apresentada a fundamentação teórica sobre os dois tópicos relacionados no capítulo, destacando-se as etapas de construção de um Data Warehouse/Data Mart e as técnicas de Data Mining para a exploração das bases de dados. No Modelo Proposto está apresentado um modelo de Data Mart para o setor de produção de uma Cooperativa Agropecuária. Este modelo está baseado em informações obtidas junto a Cooperativa Regional Alfa Ltda. de Chapecó(SC). Com a validação do modelo proposto mostramos alguns resultados específicos dentre as necessidades apontadas como prioritárias pela direção da Cooperativa Regional Alfa...

Gestão da manutenção em cooperativas agrícolas

Vanolli, Kleber
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 145 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.9%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; A Manutenção, considerada como um mal necessário em várias empresas até pouco tempo atrás, hoje é admitida como uma função estratégica. Desta forma, a manutenção industrial reverte seu passado, e atualmente é considerada fator de qualidade e produtividade, sendo uma questão central na gestão de todas as organizações, inclusive das cooperativas agrícolas. Assim, a presente pesquisa objetivou diagnosticar as práticas de gestão da manutenção nas Cooperativas Agrícolas de grande porte do estado do Paraná. Para tanto, procedeu-se uma pesquisa junto a 5 ações. A coleta de dados foi realizada através de dados primários (mediante aplicação de questionário) e secundários (pesquisa bibliográfica. Os resultados da pesquisa apontam lacunas e gargalos na gestão da manutenção das organizações pesquisadas. Assim, com base nestas e na revisão de literatura formulou-se uma proposta para excelência na gestão da manutenção em cooperativas agrícolas de grande porte. Os pilares de sustentação desta são: conhecimento e análise do sistema de manutenção atual; adoção de práticas de qualidade total; definir unidades de manutenção descentralizando atividades; planejamento das ações de manutenção e adoção da TPM.

Modelo de gestão baseada em atividades para cooperativas agroindustriais

Silva, Almir Teles da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 316 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.71%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção; A presente pesquisa tem como objetivo desenvolver um modelo de Gestão Baseada em Atividades para cooperativas agroindustriais, que contribua para o cumprimento da missão para a qual estas organizações foram constituídas. Para fundamentar a importância e a contribuição do modelo proposto para as cooperativas agroindustriais, desenvolveu-se uma profunda investigação na literatura relacionada ao surgimento e a evolução do cooperativismo no mundo e no Brasil, enfocando a doutrina e os princípios do cooperativismo e seu modelo de gestão atual. Investigou-se também a literatura que trata dos fundamentos conceituais acerca do método de Custeio Baseado em Atividades (Activity-Based Costing) e da Gestão Baseada em Atividades (Activity-Based Management), demonstrando os benefícios proporcionados na gestão das cooperativas ao utilizarem-se dessas ferramentas modernas. A metodologia utilizada foi a tipologia de estudo de caso, tendo como objeto de estudo uma cooperativa agroindustrial estabelecida e com área de atuação no Estado do Paraná, cujo nome foi omitido por uma questão de sigilo e resguardo da organização. O desenvolvimento da metodologia utilizada para a coleta e análise dos dados necessários para a validação do modelo proposto foi realizado da seguinte forma: levantamento das atividades...

A desconfiança dos cafeicultores da zona da mata mineira no gerenciamento de cooperativas agrícolas : subsídios para a nova economia institucional

Masson, Thiago Siqueira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.8%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-graduação em Agronegócios, 2010.; Esse estudo abordou a coordenação dos cafeicultores familiares da Zona da Mata mineira, com o objetivo de compreender os fatores pelos quais as cooperativas agrícolas não se firmaram - ao contrário de outras regiões cafeicultoras do estado de Minas Gerais – como a principal ferramenta de negociação e de comercialização dos cafeicultores familiares dessa região. À luz dos pressupostos teóricos da Nova Economia Institucional, o problema abordado fundamentou-se na hipótese de que o baixo nível de confiança desses cafeicultores em relação ao gerenciamento das cooperativas de café apresenta-se, entre outros fatores, como a principal variável inibidora para a consolidação dessas organizações coletivas na região. Com base no método qualitativo Delphi, a formação do conhecimento fundamentou-se nos depoimentos dos presidentes dos principais sindicatos rurais e associações de cafeicultores familiares localizados na Zona da Mata mineira. Os entrevistados, entre outros assuntos relacionados ao tema, discorreram sobre as cooperativas agrícolas que encerraram suas atividades nessa região em decorrência...

Novos arranjos organizacionais no agronegócio : o caso do consórcio de cooperativas agropecuário brasileiro

Farias, Adilson Oliveira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.86%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2011.; A tendência à concentração de capital presente na indústria de suprimentos agrícolas, mais especificamente, no ramo da indústria de defensivos, ocorrida na década de 90, impôs ao setor produtivo de commoditties agrícolas o aprofundamento da dependência dessas tecnologias para o aumento de sua competitividade. A estrutura de mercado da indústria de defensivos, caracterizada como uma espécie de oligopólio diferenciado, estimulou a adoção de uma ação coletiva por parte de um conjunto de cooperativas localizadas no Centro-Oeste que culminou na formação do Consórcio de Cooperativas Agropecuário Brasileiro, o CCAB, em 2006. Esse consórcio, enquanto aliança horizontal, composto por 15 cooperativas de produtores de commoditties agrícolas e 1 federação de cooperativas, tem como objetivo a coordenação de esforços para a aquisição de grandes volumes de defensivos, o registro próprio nos órgãos oficiais dos princípios genéricos necessários à formulação desses produtos e a prestação de serviços nas áreas de gestão administrativa e financeira para os produtores das cooperativas que formam o grupo. A pesquisa envolveu a realização de entrevistas semi-estruturadas com 8 membros da estrutura organizacional do CCAB...

Comprometimento, características da cooperativa e desempenho financeiro: uma análise em painel com as cooperativas agrícolas paulistas

Serigati,Felippe Cauê; Azevedo,Paulo Furquim de
Fonte: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.69%
A importância de um elevado nível de comprometimento entre os cooperados e sua cooperativa é consenso na literatura, o que vem impulsionando a pesquisa empírica sobre o tema. Este artigo insere-se nessa corrente e avalia empiricamente os condicionantes de um maior grau de comprometimento e sua influência sobre o desempenho financeiro de uma cooperativa. Duas são suas principais contribuições: diferentemente de parte relevante da literatura, que tem por foco características dos associados, neste trabalho investiga-se a relação entre as características das cooperativas e o nível de comprometimento, o que resulta em diferentes implicações de política; no artigo faz-se uso de dados em painel não balanceado sobre as cooperativas agrícolas paulistas, o PDICOOP, base de dados ainda pouco explorada e que permite maior representatividade e menor sujeição a problemas econométricos de viés de seleção. Os resultados são consistentes com hipóteses da literatura sobre custos e benefícios da ação coletiva, estando o comprometimento positivamente correlacionado com o tamanho da cooperativa (benefícios da ação coletiva) e negativamente correlacionado com o número de cooperados e seu grau de heterogeneidade - proxies para os custos de coordenação. A relação entre comprometimento e desempenho financeiro é...

Análise da ação administrativa em cooperativas agropecuárias: um estudo de multi casos

Rodrigues, Maria de Lourdes
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.62%
Este estudo teve como objetivo analisar as ações administrativas em cooperativas agropecuárias, considerando a geração de bem-estar aos cooperados. Além disso, partiu-se da hipótese de que os resultados sociais não são divulgados de maneira adequada. O tema foi escolhido dada à relevância do cooperativismo como modelo de associação. O procedimento técnico de pesquisa escolhido para desenvolver o trabalho foi o estudo de multi casos, onde foram pesquisadas quatro cooperativas agropecuárias, todas de laticínios, localizadas no estado de Minas Gerais, especificamente na região do Triângulo Mineiro. A pesquisa realizada consistiu em identificar as ações administrativas das cooperativas considerando quatro categorias de análise: tamanho da organização, ações sociais, oferta de serviços e divulgação de resultados sociais. Inicialmente realizou-se a revisão da bibliografia sobre terceiro setor, cooperativismo e balanço social. Em seguida buscou-se definir quais cooperativas seriam estudadas. Sendo que o critério utilizado para tal escolha foi à classificação fornecida pela OCEMG, na qual as cooperativas são classificadas por regiões e volume de Patrimônio Líquido. Uma vez escolhidas as cooperativas foi realizada uma pesquisa de campo com entrevistas...

Aspectos relacionales en la base social de las cooperativas agrarias de comercialización : efectos sobre la disposición de los socios a invertir y el desempeño de la cooperativa

Marcos Matás, Gustavo
Fonte: Universidade de Múrcia Publicador: Universidade de Múrcia
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.8%
La cooperativa agraria de comercialización se presenta como una de las alternativas organizativas a disposición de los agricultores para operar en los mercados agrarios. Se trata de una organización particular, con un grado de integración intermedio entre la empresa productora-comercializadora (mayor grado de integración) y la venta directa en el mercado a través, por ejemplo, de alhóndigas (ningún tipo de integración). En esta fórmula, los socios son propietarios y controlan, una característica de la jerarquía, pero también son proveedores de producto, lo que otorga a la relación una característica de mercado. Así, la cooperativa agraria se aprovisiona casi en su totalidad de las producciones de sus socios, los cuales además son sus propietarios, usuarios de sus servicios y supervisores de una organización que distribuye al beneficio de forma igualitaria sobre la base del uso o volumen comercializado por el socio. Estas características confieren al análisis de la relación socio-cooperativa un papel muy relevante en el estudio de las cooperativas. Las cooperativas agrarias tienen que competir con otras formas de organización en unos mercados cada vez más competitivos, globales y desregulados, con frecuentes cambios legislativos...

Estrategias de financiamento das cooperativas agricolas do estado de São Paulo : caso da cooperativa dos agricultores de Orlandia

Ralph Panzutti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/11/1996 PT
Relevância na Pesquisa
67.01%
A tese discute as estratégias das cooperativas agrícolas para o crescimento e seus mecanismos de financiamento. Aborda primeiramente, o caráter da agroindústria cooperativa e as transformações da agricultura, procurando evidenciar que o desenvolvimento recente das cooperativas deve ser compreendido no contexto de tais transformações. Indica ainda, como o governo utilizou o sistema cooperativista para financiar a agricultura em geral - e o segmento cooperativista em particular - e a atuação do Estado no desenvolvimento do cooperativismo paulista. Em seguida realiza uma primeira aproximação das diferenças entre as estratégias das empresas cooperativas e não cooperativas, a partir das especificidades daquelas. Aponta que cada empresa, incorpora estratégias que as diferenciam entre si, pois, estas tendem a interpretar, a partir de suas vivências as oportunidades, os próprios limites de crescimento. Apesar das estratégias gerais serem comuns a todas as cooperativas, estas se diferenciam e, por isso são analisadas quatro cooperativas agrícolas: Cooperativa Agrícola de Cotia - CAC (SP), Cooperativa Regional Tritícola Serrana Ltda. - cOTRIJUÍ (RS), Cooperativa dos Cafeicultores e Agropecuária de Maringá Ltda. - COCAMAR (PR) e Cooperativa dos Agricultores da Região de Orlândia - CAROL. Para o estudo de caso da CAROL...

A satisfação dos colaboradores com o sistema de recompensas: um estudo empírico em cooperativas agrícolas da Região Norte de Portugal

Bouça-Nova, Clara Alexandrina Ferreira
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 OTHER
Relevância na Pesquisa
46.69%
Dissertação de Mestrado em Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos; Esta dissertação tem como objetivo central o estudo da satisfação dos colaboradores com o sistema de recompensas de que beneficiam nas organizações onde trabalham. A lógica subjacente ao seu desenvolvimento privilegia, primeiramente, uma abordagem sobre os conceitos de sistema de recompensas e de satisfação e, consequentemente, as teorias que relacionam ambos os conceitos. Foi aplicado um inquérito por questionário a uma amostra de 94 colaboradores de duas cooperativas agrícolas localizadas na região Norte de Portugal. Foram testadas algumas hipóteses de estudo capazes de permitir caracterizar os sistemas de recompensas desenvolvidos nas cooperativas agrícolas objeto de estudo. A análise dos resultados permite concluir que: 1) é menor a satisfação com o sistema de recompensas entre os colaboradores do sexo feminino; 2) é maior a valorização atribuída à componente monetária do que à componente não monetária do sistema de recompensas; 3) a antiguidade na organização não influencia a satisfação dos colaboradores com o sistema de recompensas de que beneficiam; 4) predomina a componente monetária fixa no sistema de recompensas de ambas as cooperativas; 5) a maior satisfação com o sistema de recompensas de que beneficiam é encontrada entre os colaboradores com habilitações de nível superior e; 6) não foram encontradas diferenças na satisfação com o sistema de recompensas entre os colaboradores acima versus abaixo dos 45 anos. Baseado nestes resultados...

Cooperativas agrícolas, ¿alternativas competentes para el TLC?; Agricultural cooperatives, competent alternatives for the TLC?

Muñoz Rodríguez, Miguel Angel; Bernal, César
Fonte: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Ciencias Económicas; Especialización en Gerencia en Comercio Internacional Publicador: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Ciencias Económicas; Especialización en Gerencia en Comercio Internacional
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado Formato: pdf; pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
56.53%
La preocupación y la coyuntura que en los últimos años se ha dado alrededor de las posibilidades de éxito y riesgos de la agricultura colombiana frente a los procesos multilaterales de integración y específicamente al tratado de libre comercio con los Estados Unidos, se ha caracterizado por confrontar posiciones opuestas en pro o en contra de las bondades de ese tipo de acuerdos para el sector. Antes que una estrategia gubernamental de desarrollo, se presume de una solución de organización cooperativa que parte de los protagonistas del sector agrícola colombiano, los pequeños y medianos empresarios del sector, deben ser los principales interesados en su organización y en la constitución de cooperativas de beneficio común, sin olvidar que el país y su gobierno debe concentrar sus esfuerzos y recursos en el agro nacional, obviando intereses privados y dándole al interés común, la importancia que se merece, con una clara posibilidad de crecimiento productivo y comercial y que le reportarán hacia el futuro mejores soluciones tanto en términos de valor agregado como de empleo y exportaciones. Se debe aprovechar nuestra riqueza agrícola, pero empezar a desarrollar el agro colombiano con el valor agregado que exige el sistema globalizado actual.; The concern and the situation that in recent years has been given about the chances of success and risks of the Colombian agriculture multilateral processes of integration and specifically to the free trade agreement with the United States...

Commitment, characteristics of the cooperative, and financial performance: a panel analysis with agricultural cooperatives in São Paulo; Comprometimento, características da cooperativa e desempenho financeiro: uma análise em painel com as cooperativas agrícolas paulistas; Compromiso, características de la cooperativa y desempeño financiero: un análisis en panel de las cooperativas agrícolas del estado de São Paulo

Serigati, Felippe Cauê; Azevedo, Paulo Furquim de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.94%
A importância de um elevado nível de comprometimento entre os cooperados e sua cooperativa é consenso na literatura, o que vem impulsionando a pesquisa empírica sobre o tema. Este artigo insere-se nessa corrente e avalia empiricamente os condicionantes de um maior grau de comprometimento e sua influência sobre o desempenho financeiro de uma cooperativa. Duas são suas principais contribuições: diferentemente de parte relevante da literatura, que tem por foco características dos associados, neste trabalho investiga-se a relação entre as características das cooperativas e o nível de comprometimento, o que resulta em diferentes implicações de política; no artigo faz-se uso de dados em painel não balanceado sobre as cooperativas agrícolas paulistas, o PDICOOP, base de dados ainda pouco explorada e que permite maior representatividade e menor sujeição a problemas econométricos de viés de seleção. Os resultados são consistentes com hipóteses da literatura sobre custos e benefícios da ação coletiva, estando o comprometimento positivamente correlacionado com o tamanho da cooperativa (benefícios da ação coletiva) e negativamente correlacionado com o número de cooperados e seu grau de heterogeneidade - proxies para os custos de coordenação. A relação entre comprometimento e desempenho financeiro é...

Conflicto en el Territorio Nacional del Chaco: Las Cooperativas agrícolas frente al Estatuto del Peón Rural

Moglia,Leandro
Fonte: Mundo agrario Publicador: Mundo agrario
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 ES
Relevância na Pesquisa
56.6%
La llegada a la presidencia de Juan Perón en 1946, significó para el agro argentino la continuidad de algunas políticas desarrolladas antes de la Revolución de 1943 y profundizadas por ésta. A esas decisiones de carácter productivo y de comercialización se sumaron aquellas orientadas a la mejora de la clase trabajadora rural, sector descuidado hasta el momento. La aplicación del Estatuto del Peón Rural (1947) en un territorio de frontera productiva y ocupacional como el Chaco, en un contexto local desfavorable, despertó uno de los más agitados enfrentamientos entre las entidades Cooperativas agrícolas-en representación de sus asociados- y la Administración local encargada de su aplicación. Es objetivo de este trabajo estudiar, desde la documentación que produjeron las cooperativas y los medios gráficos locales, el conflicto que se despertó en el Chaco al momento de implementarse el Estatuto del Peón.