Página 1 dos resultados de 78 itens digitais encontrados em 0.028 segundos

An??lise de redes internas de coopera????o internacional na Fiocruz como ferramenta de gest??o do conhecimento: a coopera????o da Fiocruz com a Fran??a e com a ??frica (PALOP)

Brand??o, Norma Cristina Cardoso
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.56%
A Fiocruz tornou-se ao longo da sua hist??ria importante ponto focal nas pol??ticas de sa??de do governo brasileiro tanto nacional como internacionalmente. Este crescimento levou a Fiocruz a enfrentar desafios na gest??o dos processos de coopera????o internacional, principalmente aqueles relacionados a fragmenta????o da informa????o sobre estas atividades. Escolhemos dois programas historicamente importantes para a Fiocruz, a coopera????o Fiocruz - Fran??a e a Fiocruz - ??frica (PALOP), e buscamos identificar e analisar as redes de coopera????o intra-institucional existentes na Fiocruz no ??mbito destas coopera????es, com base nos processos de afastamento do pa??s, no per??odo de 2005 a 2008 como ferramenta de gest??o do conhecimento. Utilizamos a metodologia para analise de redes sociais, que permitiu identificar n??o somente as redes existentes, sua estrutura e seus fluxos de informa????o, mas tamb??m os atores centrais e aqueles que necessitam de maior integra????o no contexto da coopera????o internacional desenvolvida pela Fiocruz no objeto deste estudo. O mapeamento, a identifica????o e a analise das redes internas encontradas, com base nesses processos administrativos possibilitou evidenciar que a analise das redes de coopera????o se constitui numa forma de gest??o do conhecimento...

Coopera????o nacional e internacional no ??mbito do ICICT: mapeamento visando institucionaliza????o

Gomes, Claudenice Carvalho Gir??o
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.43%
Em meio ?? crescente inser????o das Tecnologias de Informa????o e Comunica????o (TICs) nos diversos ??mbitos da sociedade, a coopera????o em ci??ncia no campo da sa??de tem sido cada vez mais estimulada na busca crescente de compartilhar conhecimento, adquirir habilidades e contribuir para o alcance de um objetivo comum. O Instituto de Comunica????o e Informa????o Cient??fica e Tecnol??gica -ICICT/ Fiocruz assumiu, no ano de 2006, o desafio de responder como uma Unidade T??cnico-Cient??fica da Funda????o, o que coloca em foco a busca pelo fortalecimento das atividades de ensino e pesquisa, especialmente aquelas direcionadas para aprimorar o SUS.Como conseq????ncia, a amplia????o de coopera????es internacionais com a Organiza????o Internacional da Sa??de e Organiza????o Pan-americana da Sa??de ganham destaque, al??m de parcerias com institui????es como o Minist??rio da Sa??de, Governo de ??ngola e institui????es acad??micas no exterior. De fato, ao longo de sua exist??ncia, O ICICT manteve colabora????o com organiza????es nacionais e estrangeiras, por meio de a????o individual de seus pesquisadores, estando algumas destas mapeadas pelo ??rg??o m??ximo de planejamento da institui????o e formalizadas por instrumento oficial. Entretanto...

Coopera????o Horizontal em Terra Linda: mito ou aposta?; Horizontal Cooperation in Terra Linda: myth or bet?

Wojciechowski, Matias John
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Estudo de Caso
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT; IDIOMA::INGL??S:ENGLISH:EN
Relevância na Pesquisa
86.39%
Nas ??ltimas d??cadas o protagonismo do Brasil na arena pol??tica internacional tem se tornado mais evidente. O Pa??s tem atuado no sentido de promover a coopera????o para o desenvolvimento de v??rios pa??ses com problemas bastante complexos, buscando por meio de a????es de longo prazo alterar estruturas sociais e econ??micas. O estudo de caso apresenta o sum??rio de um diagn??stico realizado por um consultor contratado pelo governo fict??cio de Terra Linda, a fim de auxiliar a elabora????o de projeto de coopera????o horizontal a ser desenvolvido com Brasil. Embora se trate de um pa??s imagin??rio, o Estudo de Caso ?? baseado em dados reais e visa estimular o debate sobre qual o melhor modo de gerir uma parceria entre Estados-na????es, quais as ??reas priorit??rias a serem atendidas, qual a melhor forma de utilizar os recursos, bem como qual o papel de cada ator envolvido; In the last decades, the prominent role of Brazil in the international political arena has become more evident. The country has acted to promote cooperation for the development of various countries with quite complex problems, seeking to change social and economic structures through long-term actions. This case study presents the summary of a diagnosis made by a consultant hired by the fictitious government of Terra Linda in order to assist the preparation of a horizontal cooperation project to be developed with Brazil. Although this is an imaginary country...

Como sonhar grande, mas n??o implementar tanto assim: Coordena????o de Desenvolvimento do Minist??rio do Trabalho da Jord??nia

Shimotakahara, Leslie
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Estudo de Caso
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.4%
O caso versa sobre a coopera????o entre o Canad?? e a Jord??nia no desenvolvimento de uma estrat??gia denominada ???Educa????o para o Emprego e Capacita????o T??cnica e Vocacional (E-TVET)???. Dentro do Minist??rio do Trabalho jordaniano, ??rg??o que liderava a a????o, foi criada uma unidade de coordena????o, para qual foi disponibilizada pela coopera????o canadense uma assessora com expertise em educa????o, Brenda Cooke. Sua tarefa era apoiar o estabelecimento e a operacionaliza????o dessa unidade, conforme termo de refer??ncia. Contando com a boa assist??ncia t??cnica da consultora, o projeto deu certo e gerou li????es importantes que s??o descritas no caso, como a administra????o adequada das expectativas dos atores envolvidos, abordagem participativa para estabelecer as regras de funcionamento da unidade etc. O caso presta-se ao ensino de temas como coopera????o internacional, lideran??a, gest??o de projetos e outros; N??mero de p??ginas: 8 p.; Lideran??a; Inova????o; Leslie Shimotakahara era diretora da Divis??o de Programas Internacionais do Instituto de Administra????o P??blica do Canad?? quando redigiu este caso

Rela????es de parceria entre poder p??blico e entes de coopera????o e colabora????o no Brasil

Graef, Aldino; Salgado, Val??ria
Fonte: Editora IABS Publicador: Editora IABS
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
96.42%
O primeiro volume da s??rie Inova????o na Gest??o P??blica trata dos v??nculos de coopera????o entre a administra????o p??blica e entidades civis sem fins lucrativos, apresentando texto elaborado a partir de pesquisa financiada pela AECID sobre a dissemina????o no Brasil dos institutos do Servi??o Social Aut??nomo (SSA), da Organiza????o Social (OS) e da Organiza????o da Sociedade Civil de Interesse P??blico (OSCIP), no ??mbito dos governos federal, estadual e municipal. Esta publica????o est?? organizada como segue: o Cap??tulo I cont??m uma an??lise geral das rela????es entre o Poder P??blico e o chamado Terceiro Setor, desde as origens hist??ricas da atividade assistencial, e seus impactos no modelo assistencial brasileiro. O cap??tulo discute, tamb??m, o conceito de Terceiro Setor e os atuais formatos de financiamento das entidades civis que atuam no campo da assist??ncia social. O Cap??tulo II, por sua vez, contempla os resultados do diagn??stico das formas de relacionamento da Administra????o P??blica com entes de coopera????o e colabora????o, segundo pesquisa realizada entre novembro de 2008 e fevereiro de 2009 no ??mbito da coopera????o entre a extinta Secretaria de Gest??o (SEGES) e a AECID. O Cap??tulo III trata dos principais aspectos do processo de avalia????o e fiscaliza????o dos contratos de gest??o firmados entre o Poder Executivo Federal e as OS...

Sistematiza????o normativa e tipologia preliminar de organiza????es federais

Komatsu, Suely
Fonte: Editora IABS Publicador: Editora IABS
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.26%
O segundo volume da s??rie Inova????o na Gest??o P??blica trata de estudo realizado pela consultora Suely Komatsu sobre estruturas organizacionais do Governo Federal. O trabalho foi realizado em agosto de 2009 e, portanto, traz um retrato das estruturas ?? ??poca da pesquisa. Apesar do lapso temporal de tr??s anos, o estudo permanece relevante e atual. A publica????o ?? composta por tr??s cap??tulos. O Cap??tulo 1 traz a consolida????o e an??lise da evolu????o das reformas administrativas que orientamos arranjos institucionais e organizacionais no pa??s. O Cap??tulo 2, por sua vez, apresenta o levantamento e a sistematiza????o de marcos legais e orienta????es normativas relevantes para defini????o de estruturas organizacionais nas ??reas meio e final??stica. Por fim, o Cap??tulo 3 identifica par??metros comuns e compar??veis nos arranjos organizacionais, com a proposi????o de uma tipologia inicial de estruturas organizacionais da esfera federal tendo como base as seguintes vari??veis: ???concentra????o das atribui????es principais???, ???natureza jur??dico- -institucional???, ???grau de descentraliza????o das principais atividades???, ???n??mero de subunidades em cada n??vel hier??rquico??? e ???amplitude de comando???; N??mero de p??ginas: 236 p.; Volume: v. 2; Administra????o P??blica; A s??rie de publica????es intitulada ???Inova????o na gest??o p??blica??? resulta da exitosa coopera????o t??cnica entre a Secretaria de Gest??o P??blica ??? Segep e a Ag??ncia Espanhola de Coopera????o Internacional para o Desenvolvimento ??? Aecid e nasceu da necessidade de organizar e disseminar o conhecimento produzido na secretaria sobre a tem??tica de gest??o p??blica; ISBN: 978-85-64478-07-7; Sum??rio: APRESENTA????O CAP??TULO I 1. TRANSFORMA????ES NO QUADRO JUR??DICO-POL??TICO DAS INSTITUI????ES FEDERAIS 1.1. Um breve resumo das reformas do estado brasileiro entre 1930 e 1990 1.2. as transforma????es do estado brasileiro p??s-1990 CAP??TULO II 2. ESTRUTURAS ORGANIzACIONAIS DA ESFERA FEDERAL 2.1. institui????es e Modelos de Gest??o para o setor P??blico 2.2. Classifica????o e Tipologia dos ??rg??os Federais: uma primeira aproxima????o 2.2.1. estrutura pol??tica e administrativa do estado e de governo 2.2.2. Classifica????o de entes p??blicos 2.2.3. Classifica????o de servi??o p??blico 2.2.4. Compet??ncias constitucionais da Uni??o e ??rg??os da administra????o p??blica federal 2.2.5. Gest??o de sistemas nacionais de pol??ticas p??blicas 2.2.6. Gest??o de fundos p??blicos e suas estruturas operacionais 2.2.7. espa??os colegiados de decis??o e discuss??o 2.2.8. estruturas sist??micas de apoio administrativo 2.2.9. Descentraliza????o e desconcentra????o 2.3. natureza do ??rg??o P??blico 2.3.1. Padr??o decis??rio na administra????o indireta 2.4. Descri????o de pap??is e fun????es 2.4.1. entendimento do atual modelo de organiza????o do Poder P??blico federal CAP??TULO III 3. DISTRIBUI????O E CLASSIFICA????O POR COMPLEXIDADE DO ARRANJO INSTITUCIONAL 3.1. An??lise da Complexidade do Arranjo Institucional 3.2. Consolida????o Preliminar da Tipologia para ??rg??os da Administra????o P??blica CAP??TULO IV 4. REFER??NCIAS NORMATIVAS...

Arranjos organizacionais para o setor p??blico: experi??ncias da Espanha, Fran??a, Estados Unidos e Reino Unido

Komatsu, Suely; Capuano, Ethel A.
Fonte: Editora IABS Publicador: Editora IABS
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.25%
O terceiro volume da s??rie Inova????o na Gest??o P??blica apresenta uma resenha de quatro estudos realizados, em 2009, pela consultora Suely Komatsu, sobre estruturas organizacionais na Espanha, Fran??a, Reino Unido e Estados Unidos da Am??rica. Leva em considera????o, tamb??m, o texto ???Experi??ncias Internacionais de Estruturas Organizacionais para o Setor P??blico???, produzido pelo servidor Ethel Airtn Capuano com base nesses estudos e apresentado no IV Congresso Consad de Gest??o P??blica, ocorrido entre os dias 25 e 27 de maio de 2011. Apesar do lapso temporal, essas pesquisas permanecem relevantes e atuais, levando-se em considera????o que as estruturas organizacionais do setor p??blico constituem recursos importantes para opera????o dos modelos de gest??o governamental nos pa??ses democr??ticos e refletem tra??os culturais e pol??ticos peculiares a cada povo. Os pa??ses pesquisados quanto ??s estruturas organizacionais de seus governos centrais refletem bastante a denominada ???cultura napole??nica???, representada pela Administra????o P??blica na Espanha e na Fran??a, e a cultura anglo-sax??nica, nos Estados Unidos e no Reino Unido. A publica????o ?? composta por quatro cap??tulos. O Cap??tulo 1 apresenta a estrutura organizacional da Administra????o P??blica espanhola; o Cap??tulo 2 apresenta a experi??ncia da Fran??a; o Cap??tulo 3 traz a pesquisa realizada no Reino Unido; e...

Proposta de taxonomias para ??rg??os e entidades da Administra????o P??blica Federal e outros entes de coopera????o e colabora????o

Cunha Junior, Luiz Arnaldo Pereira da; Salgado, Val??ria Alpino Bigonha; Almeida, Valdomiro Jos?? de
Fonte: Editora IABS Publicador: Editora IABS
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
96.35%
O quarto volume da s??rie Inova????o na Gest??o P??blica apresenta dois estudos que analisam a taxonomia para ??rg??os e entidades da Administra????o P??blica Federal e outros entes de coopera????o e colabora????o de perspectivas diferentes. O primeiro estudo, realizado pelo consultor Luiz Arnaldo Pereira da Cunha Junior, analisa e faz sugest??es de aperfei??oamento nos modelos das organiza????es e dos instrumentos de implementa????o de pol??ticas p??blicas, com foco no Poder Executivo. Ressalte-se, assim, que esse estudo n??o reflete as diretrizes ou orienta????es de governo. Trata-se de importante material de pesquisa que poder??, talvez, inspirar melhorias no modelo de aparelho de Estado no Brasil como resposta aos desafios de uma gest??o p??blica democr??tica voltada para resultados. O segundo estudo foi realizado pela Secretaria de Gest??o P??blica, de autoria de Val??ria Alpino Bigonha Salgado, com a colabora????o de Valdomiro Jos?? de Almeida. Consiste em um modelo taxon??mico de an??lise das formas de exerc??cio das fun????es executivas do Estado na regula????o social e na economia, constru??do a partir das disposi????es legais e normativas atualmente vigentes no ??mbito do Poder Executivo Federal; N??mero de p??ginas: 292 p.; Volume: v. 4; Gest??o P??blica; ISBN: 978-85-64478-10-7; A s??rie de publica????es intitulada Inova????o na Gest??o P??blica resulta da exitosa coopera????o t??cnica entre a Secretaria de Gest??o P??blica (Segep) e a Ag??ncia Espanhola de Coopera????o Internacional para o Desenvolvimento (Aecid) e nasceu da necessidade de organizar e disseminar o conhecimento sobre a tem??tica de gest??o p??blica produzido na secretaria; Sum??rio: APRESENTA????O CAP??TULO I TAXONOMIA DOS ??RG??OS E ENTIDADES DA ADMINISTRA????O P??BLICA FEDERAL E DE OUTRAS ENTIDADES E INSTRUMENTOS DE IMPLEMENTA????O DE POL??TICAS P??BLICAS Luiz Arnaldo Pereira da Cunha Junior 1. Modelos de organiza????o e de instrumentos de implementa????o de pol??ticas p??blicas e delimita????o do estudo 2. Fun????es P??blicas (inclusive as de Estado) da Uni??o 2.1. Atividades de Estado...

Democracia, direito e gest??o p??blica: textos para discuss??o

Antero, Samuel A. (Organizador); Salgado, Val??ria Alpino Bigonha (Organizadora)
Fonte: Editora IABS Publicador: Editora IABS
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.46%
O quinto volume da s??rie Inova????o na Gest??o P??blica apresenta uma colet??nea de oito textos produzidos no contexto do Projeto Ciclos de Debates Direito e Gest??o P??blica, lan??ado em 2009, por meio da ent??o Secretaria de Gest??o e da Consultoria Jur??dica do Minist??rio do Planejamento, Or??amento e Gest??o, em parceria com a Associa????o Nacional dos Procuradores da Rep??blica, apoiada pelo Minist??rio P??blico Federal. O projeto promove o debate entre profissionais das diversas ??reas do conhecimento e experi??ncia, do setor p??blico e da sociedade, dando oportunidade ao confronto de conceitos e entendimento acerca da democracia, do direito e da gest??o p??blica. Os oito textos que constam na publica????o abordam variados temas. O primeiro desenvolve uma tese geral sobre a fun????o das atividades de consultoria jur??dica desempenhadas pela Advocacia de Estado no ??mbito da administra????o p??blica, com destaque para os contextos brasileiro e italiano. O segundo demonstra o processo de apropria????o da Constitui????o operado pela comunidade jur??dica e, sobretudo, pelos ??rg??os da Justi??a. Enquanto o terceiro texto aborda a a????o executiva do Estado na ??rea social, por meio do estabelecimento de v??nculos de coopera????o entre a Administra????o P??blica Direta e Indireta e entidades civis sem fins lucrativos. O quarto texto...

Participa????o social: textos para discuss??o

Evans, Mark; Oliveira, Clarice G.; Ferrarezi, Elisabete; Grau, Nurla Cunill
Fonte: Editora IABS Publicador: Editora IABS
Tipo: Livro
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.35%
O sexto volume da s??rie Inova????o na Gest??o P??blica apresenta uma colet??nea de tr??s textos sobre a quest??o da participa????o social. O primeiro texto, produzido pelo professor Mark Evans, no ??mbito da coopera????o do Minist??rio do Planejamento Or??amento e Gest??o com a Uni??o Europeia, fornece conhecimentos, tanto acad??micos quanto pr??ticos, sobre as pr??ticas europeias de ponta relacionadas ?? participa????o social. Isso envolve a aplica????o de uma gama de ferramentas para identificar e compartilhar melhores pr??ticas, diagnosticas o que funciona em diferentes contextos sociais, compatibilizar deferentes m??todos de envolvimento com diferentes fins e identificar onde o envolvimento do cidad??o pode ser ??til em quatro pontos de decis??o no processo pol??tico (dire????o estrat??gica, formula????o de pol??ticas, execu????o de pol??ticas e aprendizagem pol??tica). Al??m disso, o estudo tamb??m oferece uma sele????o de estudos de caso de toada Europa, a cada ponto de decis??o. O segundo texto, elaborado por Elisabete Ferrarezi e Clarice G. Oliveira e apresentado no V Congresso Consad de Gest??o P??blica, ocorrido em Bras??lia em junho de 2012, problematiza a efetividade dos espa??os e mecanismos de participa????o social do Brasil do ponto de vista do processamento de pol??ticas p??blicas dentro do aparato burocr??tico a partir de conceitos derivados das teorias de complexidade...

Documento do projeto apoio ao desenvolvimento gerencial estrat??gico do governo de Mo??ambique

Brasil. Minist??rio das Rela????es Exteriores (MRE). Ag??ncia Brasileira de Coopera????o (ABC);
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Projeto
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.49%
Documento do projeto de coopera????o t??cnica internacional "Apoio ao Desenvolvimento Gerencial Estrat??gico do Governo de Mo??ambique", assinado entre a Ag??ncia Brasileira de Coopera????o (ABC), a Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP), o Instituto Superior de Administra????o P??blica (ISAP) e o Minist??rio da Fun????o P??blica de Mo??ambique; N??mero de p??ginas: 15 p.; Acordos Internacionais. Tratados Internacionais; Gest??o P??blica

Relat??rio de avalia????o do projeto de desenvolvimento gerencial estrat??gico do governo de Mo??ambique

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relat??rio T??cnico
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.39%
Relat??rio de avalia????o do projeto de coopera????o t??cnica internacional "Apoio ao Desenvolvimento Gerencial Estrat??gico do Governo de Mo??ambique". A avalia????o, realizada por colaborador eventual, se deu por meio de entrevistas presenciais realizadas com a equipe do projeto em Mo??ambique e no Brasil; N??mero de p??ginas: 66 p.; Desenvolvimento Gerencial; Diplomacia e Rela????es Internacionais; Gest??o de Projetos. Gest??o de Programas

Termo de coopera????o para a constru????o do marco anal??tico de avalia????o do projeto Cotton 4

Ag??ncia Brasileira de Coopera????o (ABC); Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Projeto
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
96.43%
O termo de coopera????o assinado entre a Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) e a Ag??ncia Brasileira de Coopera????o (ABC) tem como objetivo elaborar termo de refer??ncia, o qual especificar?? o perfil de um avaliador externo a ser posteriormente contratado para avaliar o projeto ???Apoio ao Desenvolvimento do Setor Algodoeiro dos Pa??ses do Cotton-4???. Esse projeto busca aumentar a produtividade, gerar diversidade gen??tica e aprimorar a qualidade do algod??o cultivado em Benin, Burkina Faso, Chade e Mali, de forma a contribuir para o desenvolvimento e o fortalecimento econ??mico; N??mero de paginas: 4 p.; Gest??o de Projetos. Gest??o de Programas; Diplomacia e Rela????es Internacionais

Programa executivo do acordo geral de coopera????o entre o governo da Rep??blica Federativa do Brasil e do governo da Rep??blica de Mo??ambique para o projeto "apoio ao desenvolvimento gerencial estrat??gico do governo de Mo??ambique"

Minist??rio da Fun????o P??blica (Mo??ambique); Brasil. Minist??rio do Planejamento, Or??amento e Gest??o (MPOG)
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Ato Normativo
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
106.49%
Programa Executivo do acordo geral de coopera????o entre o governo da Rep??blica Federativa do Brasil e o governo da Rep??blica de Mo??ambicano para o projeto "Apoio ao Desenvolvimento Gerencial Estrat??gico do Governo de Mo??ambique". O Programa foi assinado pelo Minist??rio do Planejamento, Or??amento e Gest??o do Brasil e pelo Minist??rio da Fun????o P??blica de Mo??ambique; N??mero de p??ginas: 6 p.; Acordos Internacionais. Tratados Internacionais

Nota informativa ACI/2014/001: constru????o de um marco anal??tico de avalia????o do projeto de coopera????o t??cnica internacional ???apoio ao desenvolvimento do setor algodoeiro do Cotton-4??? - ENAP/ABC

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Relat??rio T??cnico
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
106.46%
O texto possui quatro partes. A parte 1, Antecedentes, traz um hist??rico dos trabalhos conjuntos entre ENAP e ABC que justicam a solicita????o de apoio da ENAP para os desenvolvimentos sobre o projeto Cotton-4; a parte 2, A demanda da ABC a ENAP, contextualiza o projeto Cotton 4 e detalha a solicita????o original da ABC; a parte 3, Oportunidades para a ENAP, exp??e como a proposta foi complementada para potencializar outros trabalhos em curso da Escola. Finalmente, a parte 4, Implementa????o de a????es e seus principais resultados, resume os prop??sitos e a estrat??gia de execu????o do termo de coopera????o firmado entre ENAP e ABC; N??mero de p??ginas: 10; Gest??o de Projetos. Gest??o de Programas; Diplomacia e Rela????es Internacionais

Programa de capacita????o em coopera????o t??cnica internacional (PCCTI projeto)

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil); Ag??ncia Brasileira de Coopera????o (ABC); Deutsche Gesellschaft f??r Internationale Zusammenarbeit (GIZ)
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Projeto
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
96.52%
Este projeto visa ?? elabora????o de um programa piloto de capacita????o para servidores p??blicos ou outros agentes que desempenham atividades de interesse p??blico na ??rea de Coopera????o T??cnica Internacional. Tem por objetivo central criar condi????es para desenvolver um Programa Piloto de Capacita????o em Coopera????o T??cnica Internacional, que poder?? ser ofertado regularmente pela ENAP. Para o desenho deste programa piloto, foram levantadas informa????es a partir de uma pesquisa de levantamento de perfil e mapeamento de compet??ncias (participa????o de 130 profissionais), bem como uma oficina de identifica????o de compet??ncias (participa????o de 60 profissionais). A partir da an??lise de seus resultados, decidiu-se pela formula????o do referido programa de capacita????o, que contemplar?? duas frentes de atua????o: i) a elabora????o de cursos de capacita????o, abordando conte??dos relativos ?? coopera????o t??cnica internacional, gest??o e habilidades relacionais e interpessoais; e ii) a implementa????o de um espa??o de retroalimenta????o e di??logo, tanto por meio de encontros presenciais como de um ambiente virtual de aprendizagem; N??mero de p??ginas: 19 p.; Capacita????o Profissional; Diplomacia e Rela????es Internacionais

Relat??rio da oficina de mapeamento de compet??ncias

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil); Schubert, Klaus; Nogueira, Heloisa
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Relat??rio T??cnico
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
76.52%
Este relat??rio apresenta os principais resultados da Oficina de Mapeamento de Compet??ncias, realizado no Minist??rio das Rela????es Exteriores, Bras??lia no dia 7 de Abril de 2010. Esta atividade est?? inserida no Programa de Capacita????o em Gest??o de Coopera????o T??cnica Internacional, estabelecido entre a Escola Nacional de Administra????o P??blica, ENAP, a Ag??ncia de Coopera????o Internacional do Minist??rio das Rela????es Internacionais, ABC, e a Ag??ncia de Coopera????o T??cnica da Rep??blica Federal de Alemanha, GTZ. Este projeto conjunto visa a elabora????o de um programa de capacita????o para profissionais que trabalham na Coopera????o T??cnica Internacional, ou profissionais envolvidos com projetos espec??ficos neste ??mbito. Este encontro foi precedido por uma pesquisa de levantamento de perfil e mapeamento de compet??ncias de profissionais atualmente envolvidos na coopera????o t??cnica internacional do Brasil. Este pesquisa contou com a participa????o de 130 profissionais e apontou importantes informa????es para o desenho desta atividade; N??mero de p??ginas: 25 p.; Diplomacia e Rela????es Internacionais

Fortalecimento da gest??o de pol??ticas p??blicas da inclus??o social do governo federal brasileiro: projeto de coopera????o t??cnica Brasil-Espanha 2007-2010

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Projeto
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.07%
O Projeto de Fortalecimento da Gest??o de Pol??ticas P??blicas de Inclus??o Social do Governo Federal Brasileiro, apresentado pela ENAP ?? AECI em 2006, visa promover processos de inclus??o social de grupos que vivem em situa????o de extrema vulnerabilidade. Nos 36 meses de dura????o do projeto a qualidade dos servi??os prestados pelas redes de atendimento p??blica e privada aos idosos, pessoas com defici??ncia e benefici??rios do sistema de previd??ncia social, dever?? ser incrementada. Para isso, pretende-se melhorar a regulamenta????o dos servi??os de aten????o a estes grupos sociais, melhorar a forma????o dos gestores e operadores p??blicos e privados destes servi??os, melhorar o acesso ??s informa????es, aumentar o compromisso dos estados e munic??pios e da rede de aten????o a estes grupos sociais, agilizar a resposta da administra????o perante as solicita????es dos cidad??os e melhorar a rede de atendimento; N??mero de p??ginas: 133 p.; Rela????es Intergovernamentais

Escolas de governo e coopera????o

Carvalho, Paulo Sergio de
Fonte: Centro Latinoamericano de Administraci??n para el Desarrollo (CLAD) Publicador: Centro Latinoamericano de Administraci??n para el Desarrollo (CLAD)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
86.51%
O tema ???Escolas de Governo e Coopera????o??? pede ??? antes de tudo ??? alguma precis??o no uso dos conceitos de ???escola de governo??? e ???coopera????o???, por se tratar de aspectos abordados de forma muito ampla na atualidade, possibilitando leques muito diferenciados de entendimento. Ap??s fazermos tal demarca????o conceitual, este artigo ser?? desenvolvido com foco na experi??ncia realizada pela ENAP Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)2, que j?? acumula v??rias pr??ticas e conhecimentos neste ??mbito. O artigo articular?? tr??s campos de atua????o da ENAP em que o tema da coopera????o aparece de modo substantivo: em primeiro lugar, a experi??ncia de coopera????o internacional (em que se destacam a????es com escolas de governo da Fran??a, Canad?? e Espanha, al??m de parcerias com ag??ncias intergovernamentais internacionais); em segundo lugar, as parcerias nacionais (em que se destaca o Programa de Parcerias, para viabiliza????o de atividades nas v??rias regi??es do pa??s e as parcerias com universidades na constru????o dos cursos de p??s-gradua????o lato sensu); e, finalmente, a experi??ncia de constru????o da Rede Nacional de Escolas de Governo. Os temas ??? escola de governo, coopera????o, redes ??? v??o se interligando num rico tecido por meio do qual vislumbramos o fortalecimento da Pol??tica Nacional de Capacita????o dos Servidores P??blicos. Assim...

Rela??es internacionais em cidades amaz?nicas: atua??o e inser??o internacional de Bel?m e Manaus (1997-2012)

ROCHA, William Monteiro
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.47%
No decorrer das ?ltimas d?cadas, o estudo das Rela??es Internacionais diversificou sua an?lise, deixando de ter um enfoque direcionado sobre a atua??o dos Estados nacionais e passando a analisar mais atentamente a din?mica e ascens?o de novos atores no cen?rio internacional, como as entidades subnacionais, incluindo as cidades e os governos locais, gerando um novo foco de an?lise, principalmente no contexto da coopera??o internacional. A presente disserta??o analisa por quais raz?es e de que maneira ocorre a inser??o e atua??o internacional das cidades amaz?nicas de Bel?m e Manaus, tendo como cen?rio um Mundo globalizado e interdependente. No conjunto desse novo cen?rio, favor?vel ?s rela??es internacionais, a Coopera??o Internacional passa a ser um instrumento latente para o desenvolvimento n?o somente dos pa?ses, mas tamb?m das cidades, atrav?s da Coopera??o Descentralizada; fen?meno pol?tico-econ?mico relativamente recente e que vem adentrando cada vez mais as agendas de desenvolvimento local. As cidades cada vez mais passam a adotar as rela??es internacionais, tal como estrat?gias de coopera??o descentralizada como uma agenda propulsora e paralela de desenvolvimento, seja na capta??o de recursos externos,seja no fortalecimento da identidade local...