Página 1 dos resultados de 1887 itens digitais encontrados em 0.064 segundos

Ácaros predadores do Estado de São Paulo, com ênfase em Laelapidae (Acari: Mesostigmata), com potencial de uso no controle de pragas de solo; Predatory mites of the State of São Paulo, with emphasis on Laelapidae (Acari: Mesostigmata) potentially useful for the control of soil pests

Freire, Renata Angélica Prado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
116.19%
A fauna edáfica em ecossistemas naturais é grande e variada, envolvendo em escala considerável os ácaros. Dentre os vários grupos de ácaros presentes no solo, destaca-se a Ordem Mesostigmata, por compreender um grande número de espécies, muitas das quais predadoras de outros artrópodes edáficos. Diversas pragas agrícolas, como espécies de ácaros, tripes e dípteros da família Sciaridae vivem no solo ou nele passam parte do seu ciclo. Tem-se verificado em outros países que algumas dessas pragas são atacadas e podem em certos casos ser controladas por predadores Mesostigmata. Entre os predadores mais estudados deste grupo estão os pertencentes à família Laelapidae. O Brasil tem sido citado como um país de "mega-diversidade" biológica. Compete aos pesquisadores despenderem esforços no sentido de detectar a possibilidade de uso prático desta diversidade. Os objetivos deste trabalho foram a elaboração de um catálogo com informações taxonômicas para espécies de Laelapidae pertencentes às subfamílias Hypoaspidinae e Melittiphinae que ocorrem no mundo, a identificação dos gêneros de ácaros Mesostigmata edáficos e das espécies de ácaros da família Laelapidae coletados em trabalhos anteriores e que permaneciam não identificados na coleção acarológica do Laboratório de Acarologia da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"-Universidade de São Paulo...

Uso de geoestatística para aprimorar o controle de pragas na citricultura.; Use of geoestatistical to improve the pests control in citrus plants.

Okumura, Miriam Harumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
116.15%
A preocupação com o desenvolvimento de novas tecnologias que priorizem o menor impacto ambiental, é cada vez maior. Esta tendência também ocorre na agroindústria, onde a preocupação com a redução de uso de defensivos agrícolas já é grande. Os problemas fitossanitários sempre foram barreiras que impediram o desenvolvimento da produtividade da citricultura, apenas ácaro da leprose (Brevipalpus phoenicis) representa cerca de 80 % dos custos destinados ao controle de pragas. O desenvolvimento de novas tecnologias, que colaborem com o controle de pragas e doenças já existentes, e outras que podem surgir, são uma necessidade deste setor. Nesta pesquisa foram utilizadas ferramentas informatizadas, utilizadas com sucesso no setor mineiro, no estudo dos ácaro da falsa ferrugem (Phyllocoptruta oleiva), ácaro branco (Plyphagotarsonemus latus) e ácaro da leprose (Brevipalpus phoenicis) com o objetivo de aprimorar o planejamento e gerenciamento da aplicação localizada de defensivos agrícolas, permitindo a verificação das variações espaciais e temporais dos fatores relacionados ao controle dessas pragas que prejudicam a produção citrícola. Estas ferramentas possuem análises geoestatísticas, que são primordiais para a modelagem espacial de fenômenos naturais...

Ácaros Rhodacaroidea (Acari: Mesostigmata) do Estado de São Paulo e seu potencial como agentes de controle biológico de pragas edáficas, com ênfase em Ologamasidae; Rhodacaroidea mites (Acari: Mesostigmata) of the State of São Paulo and their potential as biological control agents of edaphic pests, with emphasis on the Ologamasidae

Silva, Edmilson Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.14%
Os ácaros são Arthropoda muito numerosos em diversos ambientes e substratos. No Brasil os ácaros de plantas cultivadas são relativamente bem conhecidos, porém pouco se conhece sobre os ácaros edáficos. Esse fato deve-se em parte ao restrito número de especialistas e de trabalhos que sintetizam as informações taxonômicas sobre estes. Há atualmente grande interesse na redução da utilização de agroquímicos para o controle de pragas agrícola, que é a maneira mais utilizada de controlá-las. Isto é função da preocupação com os efeitos ambientais e a resistência de pragas aos produtos utilizados, além do elevado custo dessa forma de controle. Todos estes fatores levaram à busca de novas táticas de controle de pragas, incluindo o uso de ácaros predadores. Ologamasidae e Rhodacaridae, já relatados em solos brasileiros como grupos freqüentes e abundantes, se alimentam de uma série de organismos edáficos, alguns dos quais são pragas potenciais em culturas; dentre estes estão os colêmbola, moscas da família Sciaridae, tripes, ácaros da família Acaridae e nematóides. Em todo mundo pouco se sabe sobre a biologia dos Rhodacaroidea. Os objetivos do presente trabalho foram: elaborar uma lista de informações taxonômicas de Ologamasidae do mundo; identificar espécies de Rhodacaroidea coletadas em solo e folhedo da Mata Atlântica e Cerrado do Estado de São Paulo; elaborar uma chave taxonomica para auxiliar na separação de gêneros e/ou espécies correspondentes àqueles ácaros; descrever algumas das espécies novas de Ologamasidae determinadas no presente estudo; estudar o potencial de 3 espécies de Rhodacaroidea comuns nos ambientes estudados como agentes de controle biológico de diferentes organismos edáficos. Foram realizadas buscas em bancos de dados para a detecção de referências taxonômicas sobre Ologamasidae...

Controle biológico de Tetranychus urticae ( Acari: Tetranychidae) em morangueiro no sul de Minas Gerais; Biological control of Tetranychus urticae (Acari: Tetranychidae) on strawberry in Southern Minas Gerais

Freitas, Juliano Antonio de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.98%
O morangueiro, Fragaria x ananassa Duchesne, tem sido extensivamente cultivado no sul de Minas Gerais. O ataque de pragas e a incidência de doenças tem causado prejuízos aos produtores dessa região. O ácaro rajado, Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae), tem sido considerado a principal praga do morangueiro nessa região, onde é controlado principalmente com o uso de acaricidas sintéticos, que nem sempre apresentam resultados satisfatórios, aparentemente devido à seleção de populações resistentes. Ácaros da família Phytoseiidae são os predadores predominantes de outros ácaros em plantas cultivadas e da vegetação natural. São hoje conhecidas em todo mundo cerca de 2.700 espécies, quase 200 das quais tem sido encontradas no Brasil. Também são encontrados no cultivo do morangueiro no sul de Minas Gerais, porém nada se sabe sobre sua ocorrência em plantas da vegetação natural que circundam estes cultivos. Alguns estudos tem sido realizados nessa região para a implementação das práticas de controle biológico de ácaros em cultivos de morango. Os objetivos do presente estudo foram: a) comparar os níveis populacionais do ácaro rajado em cultivos representativos dos sistemas de produção orgânico e convencional do sul de Minas Gerais; b) determinar a semelhança da fauna de fitoseídeos de morangueiro cultivados organicamente e da vegetação natural circundante c) demonstrar a possibilidade de produzir morangos sem a utilização de agrotóxicos nesta região. Para a primeira parte do estudo...

Estudo de mercado e plano de comunicação para a Fitolog Controle de Pragas Ltda

Camozzato, Felipe Zortéa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.08%
Este trabalho trata de um estudo do mercado de controle de pragas, com foco em Porto Alegre e Região Metropolitana, para, a partir disso, elaborar um plano de comunicação para a Fitolog, empresa entrante no setor. Com sugestões de ações, conteúdos de mensagens, veículos de comunicação e outras melhorias nas atuais comunicações da Fitolog, o presente trabalho objetiva dobrar o número de clientes contratantes da empresa. Para tal, foram realizadas análises de dados do setor de controle de pragas, bem como identificadas percepções dos funcionários, dono do negócio, clientes e potenciais clientes deste segmento. A partir destas informações, fundamentais para conhecimento do mercado, são apontados os pontos vistos como fundamentais a serem adotados nas ações de comunicação da empresa alvo do estudo. Por fim, são demonstradas diferentes alternativas de veículos e intensidades a serem utilizados nas comunicações da empresa, de acordo com os recursos financeiros disponíveis e de acordo com os objetivos estipulados pelo autor em conjunto com a empresa tema deste trabalho.

Dispersão de Orthezia praelonga Douglas, 1891 (Hemiptera: Ortheziidae) causada por equipamentos de pulverização em pomar de citros

Fernandes, Odair Aparecido; Carneiro, Tatiana Rodrigues; Campos, Aniele Pianoscki de; Oliveira, Thais Tanan de; Ferreira, Marcelo da Costa
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 249-253
POR
Relevância na Pesquisa
86.04%
A cochonilha O. praelonga é considerada uma importante praga dos citros no Brasil, e informações sobre a sua dispersão estão baseadas apenas em observações empíricas. Objetivou-se avaliar o efeito de equipamentos de pulverização comumente utilizados pelos citricultores na dispersão da praga. Armadilhas adesivas foram instaladas no solo e em vergalhões dispostos verticalmente às plantas de três linhas adjacentes em um talhão de citros contendo plantas infestadas pela praga. Foram adotados equipamentos utilizados para controle de pragas dos citros. A avaliação da dispersão foi realizada por meio da contagem de fêmeas, ninfas ou partes dos insetos aderidas às armadilhas adesivas. Os equipamentos Martignani e Bié foram capazes de lançar a praga a até 15 m, enquanto, para o equipamento Turbo Valência, detectaram-se fragmentos cerosos a até 22 m da máquina. Os equipamentos dotados de pistola não causaram qualquer dispersão da praga. Portanto, evidenciou-se que mesmo a utilização de equipamentos para controle de outras pragas pode favorecer a dispersão da cochonilha O. praelonga em pomares de citros, e isso deve ser considerado no aprimoramento do programa de manejo integrado de pragas dos citros.; The scale O. praelonga is an important citrus pest in Brazil and information on its dispersal is based solely on empiric observation. This aim of this work was to evaluate the effect of citrus spraying equipments on the dispersal of the pest. Stick traps were placed on the ground as well as on metal posts at three adjacent rows of citrus plants. The citrus area presented some highly infested plants. Sprayers usually adopted to control pest in citrus orchards were evaluated. The evaluation consisted on counting females...

Uso de ferramentas biotecnológicas para o controle de pragas agrícolas

Coelho, Roberta Ramos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
96.2%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2013.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: capítulo 1, 2 e 3.; O Brasil é o quinto maior produtor de algodão do mundo, e também um dos maiores produtores mundiais de fibra, contribuindo positivamente para a balança comercial. O algodão é atacado por uma série de pragas, sendo o bicudo-doalgodoeiro, Anthonomus grandis, um dos insetos-pragas mais destrutivos. Além do bicudo-do-algodoeiro, o nematoide das galhas Meloidogyne incognita é uma praga importante desta e de outras culturas. O presente trabalho foi realizado visando o desenvolvimento de ferramentas biotecnológicas para o controle destas duas pragas agrícolas. No caso de A. grandis, a técnica do silenciamento gênico por RNAi foi utilizada para estudar a importância da Vitelogenina (proteína envolvida na reprodução dos insetos) para este inseto-praga. A técnica de RNAi é utilizada como ferramenta de validação funcional de genes e para o controle de pragas, e vem sendo utilizada na nova geração de plantas transgênicas. Isto em vista, no presente trabalho foram avaliados os efeitos do silenciamento gênico da vitelogenina de A. grandis (Agvtg) na biologia e no desenvolvimento do inseto adulto e da progênie. Inicialmente...

Testes em condições para o controle de Dysmicoccus texensis (Tinsley) (Hemiptera, Pseudococcidae) em cafeeiro com nematóides entomopatogênicos do gênero Heterorhabditis(Rhabditida, Heterorhabditidae)

Alves,Viviane S.; Moino Junior,Alcides; Santa-Cecilia,Lenira V. C.; Rohde,Cristiane; Da Silva,Marco Aurélio Tramontin
Fonte: Sociedade Brasileira De Entomologia Publicador: Sociedade Brasileira De Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.09%
Os nematóides entomopatogênicos (NEPs) apresentam potencial para o controle biológico de pragas e têm sido usados com sucesso, em vários países, no controle de pragas de solo e de ambientes crípticos, como a cochonilha-da-raiz-do-cafeeiro Dysmicoccus texensis (Tinsley). Testes de laboratório demonstram que estes agentes apresentam alta virulência sobre este inseto, no entanto, são necessários testes que avaliem a eficiência dos NEPs em condições de casa-de-vegetação e campo, sendo este o objetivo do presente trabalho. O experimento em condição de casa-de-vegetação para o controle da cochonilha foi realizado em vasos infestados, usando dois isolados do nematóide e dois métodos de aplicação (cadáver infectado e suspensão aquosa), conduzido em delineamento inteiramente casualisado com cinco repetições. O experimento em condições de campo foi conduzido em blocos casualisados (6 blocos), para avaliar a eficiência de dois isolados heterorhabditídeos no controle da cochonilha-da-raiz-do-cafeeiro. Os resultados mostraram que, em casa-de-vegetação, o método de suspensão aquosa apresentou melhores resultados para os dois isolados, sendo que JPM3 aplicado em suspensão aquosa foi o melhor tratamento, apresentando eficiência de controle de 70%. No experimento de campo...

EFEITO DA COBERTURA VEGETAL DO SOLO SOBRE A ABUNDÂNCIA E DIVERSIDADE DE INIMIGOS NATURAIS DE PRAGAS EM VINHEDOS

FADINI,MARCOS ANTÔNIO MATIELLO; REGINA,MURILLO DE ALBUQUERQUE; FRÁGUAS,JOSÉ CARLOS; LOUZADA,JULIO NEIL CASSA
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
86.08%
O controle de pragas da videira no Brasil restringe-se basicamente ao uso de inseticidas, devido à inexistência de trabalhos que visem a complementar o manejo de pragas através de controle biológico. Neste trabalho, objetivou-se verificar o efeito de diferentes coberturas vegetais nas entrelinhas de plantio de videira sobre a abundância e diversidade de potenciais inimigos naturais de pragas da videira no município de Caldas, região Sul do Estado de Minas Gerais. Foram testadas sete diferentes coberturas de solo (aveia-preta, aveia-preta e ervilhaca, ervilhaca, cobertura morta, uso de herbicida, capina mecânica e mato roçado). A cobertura vegetal do solo influenciou tanto a diversidade quanto a abundância de inimigos naturais, sendo o consórcio de aveia-preta e ervilhaca, cultivadas simultaneamente, o tratamento que proporcionou maior diversidade e abundância de inimigos naturais. Assim, a cobertura vegetal do solo pode, potencialmente, ser um componente importante em programas de manejo integrado de pragas na cultura da videira.

Dispersão de Orthezia praelonga Douglas, 1891 (Hemiptera: Ortheziidae) causada por equipamentos de pulverização em pomar de citros

Fernandes,Odair Aparecido; Carneiro,Tatiana Rodrigues; Campos,Aniele Pianoscki de; Oliveira,Thais Tanan de; Ferreira,Marcelo da Costa
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.04%
A cochonilha O. praelonga é considerada uma importante praga dos citros no Brasil, e informações sobre a sua dispersão estão baseadas apenas em observações empíricas. Objetivou-se avaliar o efeito de equipamentos de pulverização comumente utilizados pelos citricultores na dispersão da praga. Armadilhas adesivas foram instaladas no solo e em vergalhões dispostos verticalmente às plantas de três linhas adjacentes em um talhão de citros contendo plantas infestadas pela praga. Foram adotados equipamentos utilizados para controle de pragas dos citros. A avaliação da dispersão foi realizada por meio da contagem de fêmeas, ninfas ou partes dos insetos aderidas às armadilhas adesivas. Os equipamentos Martignani e Bié foram capazes de lançar a praga a até 15 m, enquanto, para o equipamento Turbo Valência, detectaram-se fragmentos cerosos a até 22 m da máquina. Os equipamentos dotados de pistola não causaram qualquer dispersão da praga. Portanto, evidenciou-se que mesmo a utilização de equipamentos para controle de outras pragas pode favorecer a dispersão da cochonilha O. praelonga em pomares de citros, e isso deve ser considerado no aprimoramento do programa de manejo integrado de pragas dos citros.

Estudo comparativo entre o nível populacional de pragas do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), na bordadura e no interior da parcela, em manejo integrado de pragas.

BARBOSA, F. R.; GONZAGA, A. C. de O.; QUINTELA, E. D.; LIMA, I. M. de; GASPARETTO, C. A.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 23., 2010, Natal. Anais... Natal: Sociedade Brasileira de Entomologia, 2010. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 23., 2010, Natal. Anais... Natal: Sociedade Brasileira de Entomologia, 2010.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.95%
Com o objetivo de aperfeiçoar a metodologia do monitoramento de pragas e inimigos naturais no MIP-Feijoeiro, compararam-se os níveis populacionais de pragas e inimigos naturais, na bordadura e no interior das parcelas.; 2010

Alternativas para o manejo integrado de pragas e doenças na cultura da banana no Submédio do Vale do São Francisco.

MOREIRA, A. N.; CONCEIÇÃO, J. L. A.; MOURA, M. D. da C. S. de; PEREZ, J. O.; SILVA, M. M. da; NASCIMENTO, E. F. do; GAVA, C. A. T.
Fonte: In: ZAMBOLIM, L.; NASSER, L. C. B.; ANDRIGUETO, J. R.; TEIXEIRA, J. M.; FACHINELLO, J. C. (Org.). Produção integrada no Brasil. Brasília, DF: CNPq; Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2008. Publicador: In: ZAMBOLIM, L.; NASSER, L. C. B.; ANDRIGUETO, J. R.; TEIXEIRA, J. M.; FACHINELLO, J. C. (Org.). Produção integrada no Brasil. Brasília, DF: CNPq; Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.08%
Visando a implantação do Manejo Integrado de Pragas e Doenças na cultura da banana, no contexto da Produção Integrada de Frutas, na região do Submédio do Vale do São Francisco, diversas ações de pesquisa foram desenvolvidas em seis campos de cultivo de banana, durante o período de novembro de 2004 a maio de 2008, em Petrolina, PE. Foram realizados o monitoramento de insetos-pragas e inimigos naturais na folhagem da bananeira; do Cosmopolitus sordidus utilizando iscas atrativas tipo telha e feromônio sintético Cosmolure; de doenças em folhas, pseudocaule e frutos; e teste de patogenicidade de isolados de Beauveria bassiana no controle de adultos do moleque-da-bananeira. Os dados da ocorrência de pragas e inimigos naturais foram correlacionados com os parâmetros climáticos coletados na estação metereológica próxima ao local de amostragem. Os resultados demonstraram uma correlação entre a população do moleque-da-bananeira e temperatura, precipitação e umidade relativa do ar; a ocorrência de ácaros fitófagos da Família Tetranychidae, pulgões, mosca-branca, cochonilhas e dos inimigos naturais, joaninha, bicho lixeiro e ácaros predadores da família Phytoseiidae; a eficiência do feromônio no monitoramento e controle do C. sordidus; e a ação patogência do fungo B. bassiana no controle desta praga. Para as doenças...

Aspectos biológicos de Coleomegilla maculata (DeGeer) (Coleoptera: Coccinellidae) alimentada com três diferentes presas.

SILVA, I. F. da; CRUZ, I.; CASTRO, A. L. G.; FERREIRA, T. E.; PAULA, C. de S.; MENEZES, A. P. de J.; LEAO, M. L.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROECOLOGIA, 6.; CONGRESSO LATINO AMERICANO DE AGROECOLOGIA, 2., 2009, Curitiba. Agricultura familiar e camponesa experiências passadas e presentes construindo um futuro sustentável: anais. Curitiba: ABA: SOCLA, 2009. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROECOLOGIA, 6.; CONGRESSO LATINO AMERICANO DE AGROECOLOGIA, 2., 2009, Curitiba. Agricultura familiar e camponesa experiências passadas e presentes construindo um futuro sustentável: anais. Curitiba: ABA: SOCLA, 2009.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.03%
Medidas alternativas de controle de pragas agrícolas têm sido demandadas pelo segmento do agronegócio, especialmente devido aos problemas advindos do uso indiscriminado de inseticidas químicos. Estas medidas ainda são mais demandadas na agroecologia e agricultura orgânica. O controle biológico pode ser uma alternativa viável na supressão das pragas nestes sistemas de produção. São vários os agentes de controle biológico natural das pragas. No entanto, para o uso efetivo destes agentes são necessárias pesquisas sobre as potencialidades de cada organismo. O trabalho foi realizado na Embrapa Milho e Sorgo em Sete Lagoas MG, com o predador Coleomegilla maculata oferecendo como fonte de alimento, ovos de Spodoptera frugiperda, ninfas e adultos Schizaphis graminum e ovos de Anagasta kuehniella. Os resultados indicaram que todas as presas propiciaram desenvolvimento adequado do predador, com viabilidade total variando entre 77 e 90%.; 2009

Tratamento inseticida a base de terra de diatomáceas no controle de pragas de soja armazenada.

ROSSATO, C.; LORINI, I.; MOSCARDI, F.; FERRI, G. C.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA, 6., 2012, Cuiabá. Soja: integração nacional e desenvolvimento sustentável: anais. Brasília, DF: Embrapa, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA, 6., 2012, Cuiabá. Soja: integração nacional e desenvolvimento sustentável: anais. Brasília, DF: Embrapa, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; 4 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.15%
As pragas são os principais contaminantes dos grãos durante a armazenagem, causando danos quantitativos e qualitativos, o que pode comprometer a comercialização. Dentre as pragas de grãos armazenados, Rhyzopertha dominica, Sitophilus oryzae, Tribolium castaneum e Lasioderma serricorne são as de maior relevância, por causarem significativas perdas nos grãos. Esta última perfura sementes e grãos de soja, provocando prejuízos aos armazenadores. A terra de diatomáceas tem sido cada vez mais utilizada em produtos armazenados, como inseticida alternativo aos químicos tradicionais. É um pó inerte constituído basicamente de sílica amorfa resultante do acúmulo de carapaças de algas diatomáceas fossilizadas. O objetivo desse trabalho foi determinar a eficácia do tratamento em grãos de soja armazenada, com inseticida a base de terra de diatomáceas sobre adultos das pragas. As espécies foram submetidas a diferentes formulações de terra de diatomáceas aplicadas em grãos de soja em laboratório e avaliada a mortalidade de insetos adultos durante 120 dias de armazenamento. Os resultados demonstraram que a terra de diatomáceas foi eficaz no controle das pragas avaliadas, e representa uma opção de inseticida no controle de pragas que ocorrem na soja armazenada...

Controle informatizado do monitoramento de pragas de Eucalyptus spp. por cartão amarelo em hortos florestais.

LAZARIN, D. F.; VIDAL, S. B.; SA, L. A. N. de; PESSOA, M. C. P. Y.
Fonte: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 6., 2012, Jaguariúna. Anais... Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2012. 1 CD ROM. Nº 12404. Publicador: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 6., 2012, Jaguariúna. Anais... Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2012. 1 CD ROM. Nº 12404.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.05%
RESUMO: Este trabalho teve por objetivo apresentar resultados obtidos no âmbito do desenvolvimento do sistema informatizado de monitoramento em campo de pragas de eucalipto por cartões-armadilha adesivos amarelos, mais especificamente do módulo de controle informatizado dos registros de monitoramento de adultos das pragas exóticas de eucalipto, a saber, psilídeo-de-concha Glycaspis brimblecombei, bem como de seu bioagente exótico de controle Psyllaephagus bliteus, e percevejo bronzeado Thaumastocoris peregrinus. Desenvolvido em linguagens HTML, PHP e MySQL, o módulo de controle considerou as informações obtidas em monitoramentos por cartões-armadilha adesivas amarelos utilizados em monitoramentos de hortos florestais de Eucalyptus spp de Minas Gerais e análises laboratoriais decorrentes das contagens de adultos dos insetos coletados em cada cartão amostrado em campo. A recuperação das informações pode ser feita por ponto de monitoramento, por amostragem, por data de instalação do cartão e por data de retirada do cartão. Os registros inseridos no sistema recuperam informações de 23 pontos de monitoramento e de monitoramentos realizados em 2011. O resultado por ponto de monitoramento possibilitou identificar falta de periodicidade na instalação de cartões...

Controle biológico de pragas em fruteiras tropicais.

PARANHOS, B. A. J.; ARAÚJO, E. L.; FANCELLI, M.; NORONHA, A. C. da S.; SILVA, L. D.; BARBOSA, F. R.; COSTA, M. de L. Z.; SANCHES, N. F.; WALDER, J. M. M.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE CONTROLE BIOLÓGICO, 11., 2009, Bento Gonçalves. Tecnologia e conservação ambiental: resumos. [Bento Gonçalves]: Sociedade Entomológica do Brasil: IRGA: Unisinos: Fiocruz, 2009. Publicador: In: SIMPÓSIO DE CONTROLE BIOLÓGICO, 11., 2009, Bento Gonçalves. Tecnologia e conservação ambiental: resumos. [Bento Gonçalves]: Sociedade Entomológica do Brasil: IRGA: Unisinos: Fiocruz, 2009.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.09%
A colheita anual brasileira de frutas tropicais é de aproximadamente 38 milhões de toneladas, o que coloca o país em terceiro lugar entre os maiores produtores mundiais. Entretanto, o volume de frutas frescas exportado ainda é muito pequeno, menos de 2%. A fruticultura brasileira emprega mais de 5 milhões de pessoas e ocupa uma área aproximada de 42 milhões de hectares. As principais frutas tropicais produzidas no Brasil são abacaxi, banana, mamão, manga e melão. Todas estas culturas são atacadas por pragas chave: o abacaxizeiro é atacado pela broca do fruto (Strymon megarus); a bananeira pelo moleque da bananeira (Cosmopolites sordidus); o mamoeiro pelo ácaro rajado (Tetranychus urticae); a mangueira pelas moscas-das-frutas (Anastrepha spp. e Ceratitis capitata); e o meloeiro pela mosca-minadora (Liriomyza spp.). Com foco em segurança alimentar e preservação do meio ambiente, os fruticultores estão buscando novos métodos para o controle de pragas e dentre esses está o biológico. Dessa forma, o parasitóide Diachasmimorpha longicaudata tem sido utilizado com sucesso, em vários países, no controle de moscas-das-frutas. Além disso, recentemente foi implementado na região do Vale do São Francisco um programa de controle de C. capitata baseado na técnica do inseto estéril. O moleque da bananeira tem sido controlado com o fungo Beauveria bassiana. Na região da Chapada do Apodi (RN e CE)...

Cálculo da eficiência na prestação de serviço usando o método de fronteira estocástica para a atividade de imunização e controle de pragas 2005-2008.

Costa, Paulo Henrique Ventura Neves da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.03%
A falta de eficiência das organizações compromete no longo prazo o desenvolvimento de toda a economia. No caso do mercado de saúde ambiental, uma maior coordenação entre os programas públicos e privados aumentaria a universalização do serviço de controle de endemias para a sociedade. A falta do domínio da tecnologia (como produzir; como atender à preferência do consumidor; como obter ganho de escala; como coordenar e motivar os públicos envolvidos e como fortalecer as instituições de longo prazo) gera perdas de até 49% segundo esta estimativa. Para contribuir com a hipótese acima e para incentivar e promover a eficiência das empresas deste setor, este trabalho calcula a eficiência na prestação de serviço com o método de fronteira estocástica de produção com dados em painel (2005-2008) para a atividade de imunização e controle de pragas. A fronteira de produção retraiu-se neste período. As variáveis: idade da empresa, foco da formação do líder e meta de lucratividade mostram-se significativas para a eficiência da amostra.; The organizations lack of efficiency affects the long-term development of the whole economics. Regarding environmental health issues, greater coordination between public and private programs would increase the endemic control services globalization towards society. The lack of technology mastering (such as production; how to reach a consumer's preference; how to obtain scale profit; how to coordinate and motivate the involved public and how to strengthen the long-term institutions) generates losses up to 49% according to this rough calculation. In order to contribute with the above hypothesis and to encourage and promote the companies efficiency in this sector...

The Influence of Services' Quality Dimensions on Customer Satisfaction: A Study on a Pest Control Firm; A Influência das Dimensões da Qualidade de Serviços na Satisfação do Cliente: Um Estudo em uma Empresa do Setor de Controle de Pragas

Spina, Daniele Thomazelli; Giraldi, Janaina de Moura Engracia; de Oliveira, Marcio Mattos Borges
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2013 POR
Relevância na Pesquisa
116.05%
The evaluation of factors affecting customer satisfaction of services is no easy task, but it is of great relevance for marketing because of its collaboration for a better understanding of services consumer behavior. In this study, were evaluated the existing relations between quality and customer satisfaction, through the review of existing literature on quality, service and satisfaction and of quantitative-descriptive study in pest control sector, using the collecting method of survey. Service quality was measured by SERVPERF scale, and the analyzed variables were condensed into five factors by factor analysis. Subsequently, these factors had their influence on consumer satisfaction analyzed by multiple regression. It was found that the dimensions of service quality that most influenced customer satisfaction were: knowledge, documentation, assistance, presentation and tangibles. With the results obtained in this research, the aim was to contribute to the academic literature, for the development of the sector and the strategic marketing management of pest control firms.; A avaliação dos fatores que impactam na satisfação dos clientes de serviços não é tarefa simples, mas é de grande relevância para o marketing por colaborar para uma melhor compreensão do comportamento do consumidor de serviços. Neste estudo...

Controle de pragas tardias em cultivares de tomateiro de crescimento determinado; Late pest control in determinate tomato cultivars

Boiça Júnior, Arlindo Leal; Macedo, Marcos Aurélio Anequini; Torres, Adalci Leite; Angelini, Marina Robles
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 ENG
Relevância na Pesquisa
96.18%
The usage of insecticidal plants and others insect resistant varieties can be strong allies to the Integrated Pest Management (IPM), being able to reduce the number of insecticides applications and to minimize its effect to the man and the environment.The following control techniques were compared in field conditions, investigating the late pest control of two determinate tomato cultivars: a) Conventional - sprayings of metamidophos, buprofezin, acephate, cipermetrin, abamectin, permetrin, teflubenzuron and lufenuron, applied every three to six days; b) IPM - action threshold of each pest to the spraying of imidacloprid, triflumuron, lufenuron and abamectin; c) IPM - Azadirachta indica (neem) - Action threshold of each pest to the spraying of the nim oil (1.2% of azadirachtin) at a concentration of 0.5%. The IPM and IPM - Neem control techniques were efficient controlling the late pest of the tomato cultivar, not differing from the conventional treatment that presented the lowest levels of infestation. The conventional control technique, IPM and IPM-neem promoted bigger tomato production with increasements of up to 74%. The number of sprayings was reduced up to 77% with the IPM and IPM - neem techniques, when compared to the conventional method. The neem product may be a promising alternative to the late pest control in the tomato field that adjusts to the IPM.; O uso de plantas inseticidas e de variedades pode ser forte aliado ao Manejo Integrado de Pragas (MIP)...

Feromônios: Uma Alternativa Verde para o Manejo Integrado de Pragas; Pheromones: A Green Alternative for the Integrated Pest Management

Henrique F. Goulart; Universidade Federal de Alagoas; Maria Raquel F. Lima; Universidade Federal de Alagoas; Renara K. S. de Morais; Universidade Federal de Alagoas; Vanderson B. Bernardo; Universidade Federal de Alagoas
Fonte: Revista Virtual de Química Publicador: Revista Virtual de Química
Tipo: ; Formato: binary/octet-stream
Publicado em 08/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
86.06%
O agronegócio tem importância econômica mundial e é fundamentalpara o Brasil devido à sua grande participação na pauta de exportações brasileiras. A demanda social pela conservação do meio ambiente e por alimentos livres de agrotóxicos tem imposto restrições ao uso de defensivos agrícolas sintéticos e criado desafios à ciência para a exploração dos recursos naturais no controle de pragas que causam prejuízo expressivoà agricultura. O uso não restrito de inseticidas altamente tóxicos, por muitas décadas, tem provocado efeitos negativos para o ambiente e o envenenamento de espécies não alvo. Devido a isto, o Manejo Integrado de Pragas foi criado, com um grande suporte dos semioquímicos, compostos ou misturas de compostos com ações específicas em pragas, dos quais os feromônios são os principais componentes.A presente revisão visa descrever as principais estratégias no controle de pragas, com a utilização de semioquímicos,com a listagem dos feromônios comercialmente disponíveis, seus alvos de ação e formulações, com análise de desafios e perspectivas na área. DOI: 10.5935/1984-6835.20150068; Agrobusiness has a pivotal role worldwide and mainly in the Brazilian economy. Several agricultural pests cause expressive economical damage. The non-restricted use of highly toxic insecticides for several decades has provoked negative effects in the environment and the poisoning of non-targeted species. For these reasons...