Página 1 dos resultados de 219 itens digitais encontrados em 0.045 segundos

Avaliação do impacto à saúde causado pela queima prévia de palha de cana-de-açúcar no Estado de São Paulo; Evaluation of the health impact caused by the pre-harvest burning of sugarcane straw in the State of São Paulo

Paraiso, Maria Leticia de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
65.93%
O etanol de cana-de-açúcar se consolida como combustível renovável, o que promove nova expansão da cultura da cana-de-açúcar no Brasil e, principalmente, no Estado de São Paulo. Como a queima prévia controlada da palha de cana-de-açúcar ainda é considerada uma prática agrícola necessária para a viabilização econômica da colheita, em mais de 70% dos municípios do Estado de São Paulo a população é obrigada a conviver com essa poluição. Para estudar a distribuição desse fator de risco e sua relação com a saúde, realizei um estudo epidemiológico ecológico nos 645 municípios de São Paulo. Usei um modelo Bayesiano de regressão multivariada relacionando os efeitos na saúde com a exposição à queima prévia da palha de cana-de-açúcar, sendo controlados os efeitos das variações socioeconômicas (saneamento, educação e renda) e climáticas (temperatura máxima, umidade mínima e precipitação), através da inserção das mesmas no modelo. O efeito sobre a saúde foi medido por meio da Razão de Mortalidade e Morbidade Padronizada (RMP) dos desfechos: óbitos por doenças respiratórias nas faixas etárias acima de 65 anos e internações por doença respiratória, nas faixas etárias menores de 5 anos e acima de 65 anos de cada um dos municípios. Usei como medida de exposição à queima prévia dados obtidos no INPE: percentual da área de cana colhida com queima (PMQ)...

Recuperação de córregos urbanos através do controle de cargas pontuais e difusas - estudo de caso: Córrego Ibiraporã e do Sapé.; Recovery of urban streams by point and nonpoint pollution control - case study: Stream Ibiraporã and Thatch.

Silva, Juliana Caroline de Alencar da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
65.95%
Com a consolidação do saneamento em algumas bacias urbanas, um novo desafio surge: o da recuperação dos corpos dágua. O que a principio parece ser uma consequência do processo, na realidade se mostra uma tarefa muito mais complexa e que envolve diversos fatores, tornando o processo de recuperação lento e dispendioso. Muito se diz a respeito da despoluição dos corpos dágua através da eliminação da carga pontual, mas o que se observa na prática é que, mesmo diante do controle das cargas pontuais, os corpos dágua continuam poluídos devido às cargas difusas. A preocupação com a poluição por carga difusa já é um assunto muito estudado em locais onde a poluição por cargas pontuais já possui um controle efetivo, mas este assunto ainda é um grande desafio em países como o Brasil, onde o controle da carga pontual ainda não constitui uma realidade palpável. Atualmente, na região metropolitana de São Paulo, há diversos programas atuando na despoluição de corpos dágua através do controle de cargas pontuais, dentre eles o programa Córrego Limpo se destaca por agir na otimização de sistemas de esgotamento sanitário, e apesar dos bons resultados obtidos, como o programa se baseia no controle de cargas pontuais...

Poluição do ar em Salvador, Bahia: uma abordagem para a tomada de decisão baseada em análise de riscos; Air pollution in Salvador, Bahia: Air pollution in Salvador, Bahia: an approach based on risk analysis for decision making

Vianna, Nelzair Araujo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
Bases científicas para o entendimento dos efeitos da poluição atmosférica sobre a saúde humana são ainda necessárias em todo o mundo, considerando que os dados locais devem ser utilizados como parâmetro para tomada de decisão e controle da poluição do ar. Países em desenvolvimento carecem de tecnologia para detecção e mensuração dos níveis de poluição do ar, o que dificulta a atualização de legislação sobre padrões da qualidade do ar para o controle das fontes emissoras. Diversas abordagens metodológicas tem sido sugeridas por agências internacionais, no entanto para o contexto local faz-se necessário adaptações que resulte em métodos replicáveis pelas agências brasileiras. No Brasil, o Ministério da Saúde, através da Vigilância em Saúde Ambiental, estimula o desenvolvimento de metodologias que possam viabilizar a implementação do programa de vigilância em saúde relacionada à qualidade do ar. O objetivo deste estudo foi aplicar a metodologia de análise de riscos para avaliar a qualidade do ar na cidade de Salvador e o impacto sobre a saúde, na perspectiva de implantação de ações da Vigilância em Saúde Ambiental. Este estudo se caracteriza como ciência no contexto da ação. Foram realizados dois estudos para aplicação da metodologia proposta. No primeiro estudo...

Modelo para pré-dimensionamento de bacias de detenção para controle da poluição difusa das águas pluviais no município de Porto Alegre

Silva, Marcelo Kipper da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.03%
A poluição de origem difusa das águas pluviais é um entre os vários impactos causados pela urbanização. No Brasil ainda não é dada a devida importância para esta forma de poluição, que pode e deveria ser combatida em conjunto com os impactos causados pelo aumento das vazões geradas pela urbanização. As bacias de detenção são usadas para controlar as vazões de pico, mas também podem ser usadas para o controle da qualidade da água através da sedimentação natural dos poluentes. Neste trabalho é desenvolvido um modelo de pré-dimensionamento de bacias de detenção para o controle da poluição difusa no Município de Porto Alegre, baseado em uma metodologia de maximização de captura de volume e em uma metodologia de cálculo da eficiência da remoção de poluentes. No desenvolvimento do modelo foram utilizadas séries históricas de precipitações ocorridas em Porto Alegre. Para aplicação do modelo são necessários dados físicos de fácil obtenção, relativos à bacia de contribuição ao reservatório de detenção, tais como coeficiente de escoamento, taxa de impermeabilização do solo ou densidade habitacional. Os resultados das simulações mostraram que o volume de detenção necessário para o controle da poluição difusa é de 157 m3/ha para um coeficiente de escoamento de 0...

As regulamentações ambientais redefinindo a geografia da produção : estudo de caso da produção de celulose no Cone Sul

Sperotto, Fernanda Queiroz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.84%
O setor de produção de celulose mundial vem passando por mudanças significativas nas últimas décadas, principalmente no que tange à sua localização, haja vista o deslocamento de seu centro produtivo dos países desenvolvidos para os países emergentes. Dentre estes, destacam-se os da região do Cone Sul, especialmente o Brasil, o Chile e o Uruguai. O objetivo desta tese é investigar a formação de um paraíso de poluição, ou seja, a possibilidade de indústrias com elevado potencial poluidor estarem migrando para países com regulamentação ambiental supostamente mais branda. Para tanto, analisou-se a existência de diferenciais de conduta e de desempenho ambiental em dois grupos de empresas: um formado pelas empresas estrangeiras situadas na região e suas coirmãs no exterior, e outro pelas primeiras e as nacionais. Na conduta ambiental, analisaram-se as certificações ambientais, a divulgação de relatórios de sustentabilidade e, nestes, a publicação de níveis de emissão de poluentes e de investimentos direcionados ao controle da poluição e/ou de melhoria ambiental. O desempenho ambiental foi avaliado a partir dos parâmetros de emissão de poluentes no ar e na água propostos pela abordagem Best Available Techniques (BAT). Foi possível identificarem-se diferenças tênues de conduta ambiental entre as empresas estrangeiras e as nacionais...

Analise de ciclo de vida : estudo de caso para materiais e componentes automotivos no Brasil

Cassia Maria Lie Ugaya
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2001 PT
Relevância na Pesquisa
75.93%
A crescente conscientização social a respeito- da limitação dos recursos naturais, bem como dos limites da capacidade de suporte do planeta, são os marcos mais importantes para a gradativa, embora lenta, mudança de comportamento- que temos assistido. O uso de tecnologias de controle da poluição, ou de :fim de tubo, apenas transfere os problemas de poluição atmosférica e de contaminação via efluentes líquidos para um problema de disposição de- resíduos sólidos. O conceito. de ecologia industrial, oudesmaterialização_ surgiu com a objetiva de que as organizações possam praticar o chamado principio do desenvolvimento sustentável , não somente com o controle da poluição, mas também,e sobretudo, com sua prevenção. Considerando estes aspectos, o objetivo deste estudo é analisar instrumentos para se alcançar o desenvolvimento sustentáve1, através da: i) comparação. quantitativa do uso de alguns. materiais. primários e secundários utilizados em autumóveis; ii) análise da possibilidade de uso de banco de dados internacionais para o Brasil e, iii) verificação,. de forma qualitativa, das ações de reuso, reciclagem e recuperação energética como alternativas para disposição final de alguns componentes automotivos.Para alcançar este fim...

Meio ambiente e politicas publicas atuação da FEEMA no controle da poluição industrial

Paulo Gonzaga Mibielli de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1987 PT
Relevância na Pesquisa
85.88%
Não informado; Not informed

Análises físico-químicas e microbiológicas de água de poços de diferentes cidades da região sul de Santa catarina e efluentes líquidos industriais de algumas empresas da grande Florianópolis

VEIGA, Graziella da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 55 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.88%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Curso de Química.; A vida surgiu no planeta há mais ou menos 3,5 bilhões de anos. Desde então, a biosfera modifica o ambiente para uma melhor adaptação. Em função das condições de temperatura e pressão que passaram a ocorrer na Terra, houve um acúmulo de água em sua superfície, nos estados líquido e sólido, formando-se assim o ciclo hidrológico. Sua importância para a vida terrestre é inegável. Não há ser vivo sobre a face da Terra que possa prescindir de sua existência e sobreviver. Mesmo assim, outros aspectos desta preciosidade também podem representar sérios riscos à vida. As águas utilizadas para consumo humano e para atividades sócio-econômicas são retiradas de rios, lagos, represas e aqüíferos. A água utilizada para abastecimento público é um recurso esgotável, pois apesar da existência de grande volume de água na Terra, menos de 1% pode ser utilizada para consumo humano. (IBGE) Embora o Brasil possua em seu subsolo as maiores reservas subterrâneas de água doce do planeta, muitos estados sofrem com a escassez de água. Nossos rios, lagos e mares, ao longo do tempo, vêm sendo severamente degradados pela ação do homem sobre o ambiente...

Efeitos da poluição por petróleo na estrutura da folha de Podocarpus lambertii Klotzsch ex Endl., Podocarpaceae

Maranho,Leila Teresinha; Galvão,Franklin; Preussler,Karla Heloise; Bolzon de Muñiz,Graciela Inez; Kuniyoshi,Yoshiko Saito
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
65.98%
Podocarpus lambertii, popularmente conhecida como pinheiro-bravo é uma Podocarpaceae típica da região Sul do Brasil, família que se distingue de outras coníferas por possuir uma estrutura de suporte para o óvulo denominada "epimatium". O presente estudo teve como objetivo investigar, por meio de parâmetros morfológicos e anatômicos, os efeitos da poluição por petróleo na estrutura das folhas de Podocarpus lambertii Klotzsch ex Endl. (Podocarpaceae), popularmente conhecida por pinheiro-bravo. As folhas foram coletadas no município de Araucária, Paraná, Brasil, na Refinaria de petróleo Presidente Getúlio Vargas (REPAR) um ano após exposição à poluição provocada pelo derramamento de petróleo. Esta espécie foi selecionada, porque além de ser nativa, apresentou um comportamento diferenciado dentre as demais diante da poluição. Folhas de nove indivíduos (seis expostos ao petróleo e três controle) foram coletadas. Foram avaliadas em microscopia fotônica as dimensões foliares (comprimento, largura e área foliar), a espessura dos tecidos e a densidade estomática. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente. Nos indivíduos expostos à poluição, a superfície foliar foi menor, a densidade estomática e espessura dos tecidos foliares foram maiores quando comparados aos indivíduos controle. Os resultados obtidos permitem concluir que P. lambertti reagiu quando de sua exposição à poluição por petróleo.

Despoluição das águas

Martins Júnior, Wallace Paiva
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.79%
Expõe o problema da poluição das águas dos mares, dos rios e mananciais por dejetos industriais e domésticos. Traça uma análise sobre a competência executiva e legislativa dos municípios e estados. Examina os atos administrativos vinculado ou discricionário e a omissão administrativa. Por fim, verifica a Lei n. 8.078/90 e a tutela jurisdicional.

Agressões à natureza e proteção dos interesses difusos

Pierangelli, José Henrique
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.94%
Resumo de conferência pronunciada no 1º Simpósio Nacional contra a Violência, realizado em Curitiba, de 28 a 31 de agosto de 1988.; Classifica as causas da poluição da biosfera em três tipos principais, ou seja, poluição pelos detritos industriais, poluição pelos pesticidas e poluição radiativa. Desenvolve um trabalho de análise de cada um desses tipos de poluição. Examina a atuação dos organismos encarregados de proteger a natureza no Brasil, analisa a eficácia da legislação ambiental e da tutela penal brasileira.

Mecanismo de desenvolvimento limpo : uma análise econômico-jurídica da questão ambiental

El Khalili, Amyra
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.87%
Palestra proferida no 1° CONGRESSO DE DIREITO E ENGENHARIA AMBIENTAL MEIO AMBIENTE, UM DIREITO FUNDAMENTAL, Clube Ítalo-Brasileiro em Vitória, Espírito Santo, de 07 a 10 de novembro de 2007, sob a coordenação científica da Promotora de Justiça, Dra. Marlusse Pestana Daher. .; Esclarece as confusões conceituais que dificultam a implantação de um mercado de carbono transparente e seguro na América Latina e Caribe.; Palestra proferida no 1º Congresso de Direito e Engenharia Ambiental Meio Ambiente, um direito fundamental, realizado em Vitória, Espírito Santo, de 7 a 10 de novembro de 2007.

Regulação ambiental : análise econômica dos instrumentos de proteção do meio ambiente

Barichello, Stefania Eugenia; Sola, Juan Vicente; Araujo, Luiz Ernani Bonesso de
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.88%
Identifica os instrumentos de regulação ambiental e investiga as diferenças entre os instrumentos econômicos de regulação ambiental e os instrumentos de controle e ordem, além de averiguar quando o direito privado pode cumprir uma função suplementar à regulação pública.; Inclui resumo.

Competência municipal e poluição paisagístico-ambiental

Custódio, Helita Barreira
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.85%
Trata-se de parecer.; Trata-se de parecer acerca do Projeto de lei nº 379, de 8 de junho de 2006, que trata da ordenação dos elementos que compõem a paisagem urbana do município, expondo seus aspectos positivos e negativos e discutindo questões como sua constitucionalidade e legalidade.

Introdução ao direito ambiental brasileiro

Benjamin, Antonio Herman de Vasconcellos e
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
85.88%
Texto de autoria de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.; Traça um panorama do direito ambiental brasileiro, descrevendo os elementos jurídicos de proteção ambiental, caracterização da flora brasileira, licenciamento ambiental, controle da poluição e a intervenção do direito penal na proteção do meio ambiente.

Proteção jurídica do ar : uma análise da poluição veicular sob a ótica do princípio do desenvolvimento sustentável

Maria Bezerra Guimarães, Verônica; Joachim Krell, Andreas (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.84%
A poluição veicular representa um grande problema para a qualidade de vida no meio ambiente urbano. As suas fontes de emissão acentuam-se com o crescimento da população e da frota de automóveis, em contraste com o descrédito do sistema de transportes coletivos e o tímido investimento em outros meios alternativos. Na presente pesquisa, estudam-se os mecanismos normativos da proteção do ar, bem como as suas implicações sociais, econômicas e ecológicas. Todos os entes político-administrativos possuem competências legislativas e administrativas sobre meio ambiente, através das quais é feita uma análise crítica das suas atuações, como também o exercício das atribuições dos órgãos responsáveis pela fiscalização e monitoramento dos níveis de poluentes. A fixação de padrões de qualidade do ar para o controle das emissões é um instrumento fundamental para a redução da poluição. Constituem limites normativos para a concentração de determinados componentes atmosféricos. Porém, as informações coletadas pelo monitoramento são representativas de uma parcela da realidade. Por isso, além do respeito aos padrões fixados, a proteção do ar deve pautar-se por critérios de sustentabilidade. A adoção de meios preventivos em matéria ambiental é imprescindível...

Legislação sobre o controle de poluição causada por motocicletas

Juras, Ilidia da Ascenção Garrido Martins
Fonte: Câmara dos Deputados, Consultoria Legislativa Publicador: Câmara dos Deputados, Consultoria Legislativa
Tipo: estudo técnico
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.88%
Consultoria Legislativa - Área XI - Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento Urbano e Regional.

Automobile pollution control in Brazil; Discussion Paper 86 : Automobile pollution control in Brazil; Controle da poluição de automóveis no Brasil

Ferraz, Claudio; Motta, Ronaldo Seroa da
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Discussion Paper
EN-US
Relevância na Pesquisa
75.98%
A concentração da poluição do ar tem crescido rapidamente nas grandes regiões metropolitanas do Brasil devido, principalmente, ao crescente uso de veículos automotivos. Na presença desta externalidade negativa, a regulação ambiental faz-se necessária. A política de controle de emissões de poluentes automotivos no Brasil, implementada basicamente com uso de mecanismos de comando e controle e incentivo fiscal, resultou em redução significativa na emissão média de poluentes nos carros novos. Não obstante, o imposto (IPI) sobre a venda de automóveis, diferenciado por combustíveis e potência, também influenciou na evolução das emissões de poluentes. Este trabalho analisa a evolução do atendimento às metas de emissão de poluentes veiculares da legislação ambiental entre 1992 e 1997. Os resultados indicam que os carros grandes, que obtiveram incentivo fiscal, tiveram ajuste mais rápido enquanto os carros populares realizaram ajuste mais lento. Além disso, carros a gasolina ajustaram sua tecnologia mais rápido do que os carros a álcool. Adicionalmente, analisamos a relação entre emissões e características dos automóveis novos vendidos em 1997. Os resultados indicam a existência de uma relação positiva entre taxas de emissão e potência. Concluímos que...

Current status of water pollution control in Brazil; Texto para Discussão (TD) 289: Current status of water pollution control in Brazil; O status atual do controle da poluição da água no Brasil

Motta, Ronaldo Serôa da; Oliveira Filho, Guilhermino; Mendes, Francisco Eduardo; Nascimento, Cynthia Araujo
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
EN-US
Relevância na Pesquisa
85.9%
O texto analisa a eficiência da política sanitária e a situação atual da qualidade da água no Brasil. Apresenta os resultados de um estudo sobre indicadores de qualidade da água para 13 estados onde se realiza monitoramento sistemático. Apresenta também uma análise regional, setorial e sustentável da política e qualidade da água.; 27 p. : il.

Automobile pollution control in Brazil; Texto para Discussão (TD) 670: Automobile pollution control in Brazil; Controle da poluição automobilística no Brasil

Ferraz, Claudio; Motta, Ronaldo Seroa da
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
EN-US
Relevância na Pesquisa
75.98%
A concentração da poluição do ar tem crescido rapidamente nas grandes regiões metropolitanas do Brasil devido, principalmente, ao crescente uso de veículos automotivos. Na presença desta externalidade negativa, a regulação ambiental faz-se necessária. A política de controle de emissões de poluentes automotivos no Brasil, implementada basicamente com uso de mecanismos de comando e controle e incentivo fiscal, resultou em redução significativa na emissão média de poluentes nos carros novos. Não obstante, o imposto (IPI) sobre a venda de automóveis, diferenciado por combustíveis e potência, também influenciou na evolução das emissões de poluentes. Este trabalho analisa a evolução do atendimento às metas de emissão de poluentes veiculares da legislação ambiental entre 1992 e 1997. Os resultados indicam que os carros grandes, que obtiveram incentivo fiscal, tiveram ajuste mais rápido enquanto os carros populares realizaram ajuste mais lento. Além disso, carros a gasolina ajustaram sua tecnologia mais rápido do que os carros a álcool. Adicionalmente, analisamos a relação entre emissões e características dos automóveis novos vendidos em 1997. Os resultados indicam a existência de uma relação positiva entre taxas de emissão e potência. Concluímos que...