Página 1 dos resultados de 198 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Continuidade pedagógica entre o 1.º e o 2.º ciclos: metodologias e recursos

Moreira, Vânia; Guerreiro, Carla Alexandra do Espírito Santo
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.3%
Continuidade Pedagógica entre o 1.º e o 2.º Ciclos do Ensino Básico: metodologias e recursos O estudo feito “Continuidade Pedagógica entre o 1.º e 2.º Ciclo: Metodologias e Recursos” foi realizado como parte integrante da unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Ensino do 1.º e 2.º Ciclo do Ensino Básico, da Escola Superior de Educação de Bragança. Esta prática decorreu ao longo de dois anos letivos, nomeadamente 2011/2012 e 2012/2013, em duas instituições distintas, sediadas no concelho de Penafiel. Pretende-se enfatizar uma continuidade educativa sustentada numa metodológica socioconstrutivista, apresentando as experiências de ensino/aprendizagem em articulaçãovertical progressiva ao longo dos ciclos (1.º e 2.º), com vista a promover aprendizagens significativas. Quanto às experiências de ensino/aprendizagem propriamente ditas: relativamente à de Português, daremos ênfase a técnicas de leitura, bem como às atividades que decorrem antes, durante e após a leitura como motivação para a mesma; no que concerne a História e Geografia de Portugal, enfatizaremos a importância dos recursos como auxiliares de construção do ensino/aprendizagem da área disciplinar de Estudo do Meio e na disciplina de Ciências da Natureza...

O conselho municipal de educação na configuração da política educativa local

Cardo, Maria Teodora Freire Gonçalves
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Num contexto caracterizado por mudanças que têm vindo a dar maior protagonismo à ação dos municípios na condução da política educativa local, desenvolvemos o presente estudo, de natureza qualitativa, com o objetivo de conhecer as perceções dos membros do Conselho Municipal de Educação de Leiria (CMEL) sobre o papel e o desempenho do CME na configuração da política educativa local (PEL). O estudo de caso foi a metodologia adotada e a entrevista semiestruturada a técnica de recolha de dados utilizada, tendo ainda sido efetuada análise documental. Este estudo de caso conta a história do CMEL desde a sua criação até à atualidade, privilegiando-se as dinâmicas de participação dos seus representantes institucionais, as parcerias desenvolvidas, e a articulação entre a política local e central. Os resultados obtidos revelam que o CMEL foi criado e moldado de acordo com o contexto político local. O CMEL é um potenciador de reflexão entre os diferentes parceiros, constatando-se uma articulação entre o poder local e as diversas estruturas educativas, que justificam a necessidade da continuidade do CMEL, na expetativa de este conduzir a uma política educativa local.; In a context characterized by changes that have been giving greater protagonism to the municipalities action in directing the local educational policy...

Formação continuada de professores em programa de informática educativa: o diálogo possível revelado na pós-formação; Teacher continuous training in an educational information technology program: the possible dialogue revealed in post-graduation.

Allan, Luciana Maria Vaz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.17%
A Formação Continuada de Professores pode ser analisada por diferentes perspectivas. Esta investigação discutiu questões relacionadas ao impacto na pós-formação de um programa de informática educativa. Seu objetivo consistiu em identificar as transformações na prática docente e nas relações que se estabeleceram entre professores-pares em um curso de formação continuada para uso das tecnologias digitais de informação e comunicação, sob a ótica dos participantes. Investigou as variáveis responsáveis pelos índices de permanência e sustentabilidade do curso de formação após a saída de seus coordenadores. A pesquisa foi realizada com professores da Educação Básica da rede estadual de ensino do estado da Paraíba, participantes do Programa Aprender em Parceria. A pesquisa se deu por meio da análise de questionários e entrevistas, sobre a continuidade de uso de tecnologias digitais nas estratégias de ensino aprendizagem, por meio do trabalho entre pares de professores e aprendizagem dialógica. Foram analisadas também as características desta rede de ensino e de seus professores, como um conjunto de dados coletados na pré e pós-formação. Foi planejada a aplicação de um novo questionário três anos após o término dos trabalhos...

O processo de construção curricular da informática educativa na rede municipal de São Paulo de 1989-2010; The process of educational informatics curriculum construction in São Paulo municipal schools (1989-2010)

Corrêa, Renata Pellaes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
O objetivo desta pesquisa foi elaborar uma análise do processo de construção do currículo de Informática Educativa na rede municipal de ensino da cidade de São Paulo, procurando encontrar relações de ruptura e continuidade que o marcaram. Devido à ausência de trabalhos nessa linha buscou-se elaborar um panorama no qual tais relações fossem perceptíveis. Esse estudo justifica-se pela necessidade de compreender o modo pelo qual a Informática Educativa, tem se afirmado na Escola como um componente curricular fixo, uma forma específica de produção de saber, especialmente por sua metodologia. Os fundamentos teóricos que nortearam esta pesquisa foram basicamente as contribuições de André Chervel no campo das Disciplinas escolares e de Ivor Goodson no campo da teoria e história do currículo. Foram utilizados como fontes documentais a legislação municipal referente à Informática Educativa, relatórios e apostilas produzidos pela Secretaria Municipal de Ensino de São Paulo. A análise da documentação permitiu perceber que a história da Informática Educativa, como componente curricular no ensino municipal, pode dividir-se em três momentos distintos: o período do Projeto Gênese, de 1989 à 1992, caracterizado pela utilização da Linguagem LOGO como eixo das atividades e pelo viés popular da gestão de Luiza Erundina. O período seguinte...

Práxis educativa para a formação do agricultor familiar : um estudo da prática da minhocultura em escolas rurais do município de Santo Ângelo/RS

Weyh, Medianeira da Graça Gelati
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.22%
A pesquisa que tem como título Práxis educativa para a formação do agricultor famíliar: um estudo da prática da Minhocultura em escolas rurais do município de Santo Ângelo/RS, buscou identificar as contribuições do projeto de minhocultura no processo de formação do agricultor familiar na perspectiva de uma agricultura e de um projeto de desenvolvimento que seja socialmente eqüitativo, economicamente viável e ambientalmente sustentável. O Projeto de Minhocultura, que tem como objetivo oferecer ao agricultor familiar uma alternativa econômica e ecológica de adubação, através da produção de húmus, foi um trabalho coordenado pela EMATER/RS-ASCAR – Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, junto às escolas rurais do município de Santo Ângelo/RS. Como um número significativo de escolas se envolveu no projeto, optou-se em realizar a pesquisa de campo na Escola Estadual de Ensino Fundamental Incompleto 22 de Março e na Escola Estadual de Ensino Fundamental Santo Tomás de Aquino, por considerar que nessas escolas o trabalho teve continuidade desde a sua implantação. Partindo do pressuposto de que a atividade de extensão possui um caráter educativo buscou-se, através das observações in loco, da pesquisa documental e entrevistas com os sujeitos envolvidos...

As perspetivas dos professores sobre continuidade educativa na "atividade física e desportiva" : um estudo de caso num agrupamento de Braga

Fernandes, Carla Susana Ferreira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.66%
Dissertação de mestrado em Estudos da Criança (área de especialização em Integração Curricular e Inovação Educativa); O presente estudo pretende analisar e refletir sobre a existência ou não de continuidade educativa entre as práticas desenvolvidas no âmbito das Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC) do 1.º Ciclo do Ensino Básico (1.º CEB), mais propriamente na Atividade Física Desportiva (AFD) e aquelas que são desenvolvidas no âmbito da disciplina de Educação Física, no 2.º Ciclo do Ensino Básico (2.º CEB). Deste modo, pretende-se verificar se as mudanças realizadas nas escolas do 1.º Ciclo com a introdução das AEC influenciam as práticas do 2.ºCiclo, provocando alterações ao nível das propostas curriculares. Assim, podemos dizer que este estudo centra-se na AEC de AFD ao nível da passagem/transição do 1.º Ciclo para o 2.º Ciclo. O estudo enquadra-se num paradigma de investigação de caráter qualitativo, com o recurso a instrumentos de recolha de dados adequados os seus pressupostos. Segue as orientações e procedimentos de um estudo de caso, onde os sujeitos de investigação são um grupo de professores da AEC de AFD das escolas do 1.º CEB e de professores de 2.º CEB de Educação Física pertencentes a um agrupamento de Escolas do concelho de Braga. Os métodos utilizados na recolha dos dados foram a análise documental...

Declaração sobre a educação das crianças dos três aos oito anos; Statement on Education of the three to eight year-olds; Déclaration sur l’éducation des enfants de trois à huit ans

Conselho da Europa; Coelho, Carlos Meireles (trad.); Ferreira, Ana Bela (trad.)
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Relatório
POR
Relevância na Pesquisa
36.36%
A Conferência permanente dos Ministros europeus da Educação do Conselho da Europa, na sua 12.ª sessão (1981 em Lisboa), no seguimento dos estudos requeridos na 6.ª sessão (1969 em Versalhes) e seus resultados: Priorities in pre-school education / Les grandes priorités de l’éducation préscolaire, Strasbourg, CoE, CCC/EC, 1979), recomenda a continuação de estudos para generalizar a educação pré-escolar e a sua articulação com a educação primária. Valoriza particularmente o período dos 3 aos 8 anos de idade como decisivo para o futuro escolar de todas as crianças, onde é necessário garantir a igualdade de oportunidades na continuação das condições educativas e de guarda, e, para isso, os horários dos estabelecimentos têm de ser compatíveis com os horários dos pais que trabalham. Nalguns países a idade de escolaridade obrigatória está a baixar para melhor permitir a continuidade educativa de práticas, objectivos e métodos, devendo as boas práticas da educação pré-escolar ser continuadas pela educação primária. Educadores e professores da educação primária devem ser formados para que essa continuidade se torne uma realidade. Às crianças com particulares especificidades (incluindo as portadoras de deficiências) devem ser garantidas mais oportunidades e serem educadas todas umas com as outras em conjunto...

Continuidade educativa nas aprendizagens básicas entre os 3 e os 8 anos

Sousa, Sofia Cristina Amado Cabeço de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.36%
O nível 1 do Quadro Europeu de Qualificações - QEQ tem correspondência em Portugal ao 6.º ano de escolaridade. Na Europa tem havido diferentes soluções para a organização deste nível de educação (e formação inicial) até aos 12 anos. Pretende-se analisar a temática da articulação curricular entre a educação pré-primária e primária, com o objectivo de favorecer a continuidade educativa destes subníveis de educação, nomeadamente as aprendizagens básicas que se valorizam no desenvolvimento das crianças entre os três e os oito anos e estudar até que ponto a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) pode constituir um instrumento de facilitação e continuidade da programação e avaliação curricular destes dois subníveis.; Level 1 of the European Qualifications Framework (EQF) corresponds, in Portugal, to the 6th school year. In Europe there are been different solutions to the organizacion of this level of initial education under 12 years old pupils. The main target is to analyze the theme of the articulation of the curriculum between pre-primary and primary education, with the aim to understand the educational continuity of those levels of education, namely the basic learning that are enhanced in the development of children between 3 and 8 year olds and to study in what way the International Classification of Functioning...

AUXILIARES DE ACÇÃO EDUCATIVA E SOCORRISMO: UMA COMBINAÇÃO FORMATIVA

Bonito, Jorge
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
36.22%
O ano lectivo de 1998-1999 ficou marcado, no âmbito da organização escolar, pela implementação de um novo regime de autonomia, administração e gestão das escolas de educação e ensino não-superior. Este novo modelo organizativo convoca toda a comunidade escolar para a construção, execução e avaliação do projecto educativo, e reclama uma particular atenção da organização e desenvolvimento de processos formativos dos diversos intervenientes e, de um modo especial, do pessoal não docente. De entre os 5 temas de formação inicial para o ingresso na carreira de assistente de acção educativa, e para a reconversão profissional de auxiliares de acção educativa, a «Escola promotora de saúde» surge num enquadramento de equilíbrio que preenche 15% do total da formação. Este tema D encontra-se dividido em 3 sub-temas: D1 - Higiene, prevenção e segurança; D2 - Socorrismo; e D3 - Educação alimentar. Relativamente às metodologias a empregar, é referido que «a formação inicial, qualquer que seja a sua modalidade, deve contemplar metodologias diferenciadas que promovam a aprendizagem de saberes adequados às exigências das diferentes funções, valorizando as experiências sentidas e vividas, e que favoreçam práticas de análise e de envolvimento construtivo com o meio». No que se refere ao referencial de competências básicas após a formação inicial...

Transversalidade e continuidade em educação: um olhar sobre os instrumentos de registo e observação na educação pré-escolar e no 1º ciclo do ensino básico

Cunha, Diana; Neves, Ivone; Pinheiro, Ana
Fonte: CIED – Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais/Escola Superior de Educação de Lisboa Publicador: CIED – Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais/Escola Superior de Educação de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.45%
Tomar consciência do papel do educador de infância e do professor do 1º CEB manifesta-se uma tarefa essencial à prática, permitindo uma orientação da intervenção educativa, no sentido de ir ao encontro do que é esperado por parte destes profissionais. O trabalho espelha as experiências nos contextos de 1º Ciclo do Ensino Básico e de Educação Pré-Escolar, sendo que se encontram evidenciadas as especificidades, transversalidade e continuidade existentes em ambos os contextos. A abordagem do estudo apresenta um caráter misto. Isto é, por um lado um caráter qualitativo, na medida em que procuramos perceber mecanismos, comportamentos e atitudes, por outro lado um caráter quantitativo, na medida em que a informação, recolhida através dos questionários e entrevistas, pode espelhar uma perspetiva quantitativa. O trabalho, comum a ambas as valências, com vista a um incremento na melhoria da intervenção educativa, visa compreender as necessidades, motivações e comportamentos dos sujeitos de estudo. Este estudo tem caraterísticas próximas de uma investigação-ação que permitiram uma avaliação constante da intervenção com o objetivo de a tornar mais eficaz. Os instrumentos e técnicas de investigação utilizados foram a análise documental...

Relatório de estágio do ensino da prática supervisionada.A Arte do Português e o Português como Arte: A heterogeneidade e a transversalidade

Silva, Paula Alexandra da Silva Carvalho Leão da
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.35%
Muito se debate sobre a existência de grupos heterogéneos em contexto de sala de aula. Estes grupos, heterogéneos respetivamente às faixas etárias, e consequentemente não só, são um desafio tanto para os Educadores do Pré-Escolar como para os Professores do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Cabe aos docentes gerir e aproveitar os saberes e características das diferentes idades no contexto e levar as crianças a uma maior motivação, a um maior envolvimento em sala de aula, tornando o grupo homogéneo ao nível das motivações para a própria aprendizagem. A linguagem oral e a escrita, como meios supremos de comunicação e de expressão que transversalizam idades, consideram-se promotoras dessa motivação que promove aprendizagens e um vínculo aos saberes e competências deles decorrentes. Neste sentido, o presente relatório relata e reflete as experiências nos contextos de Educação Pré-Escolar e de 1.º Ciclo do Ensino Básico, evidenciando-se aspetos considerados fulcrais em cada nível de ensino e outros considerados transversais aos dois contextos. Assim, são focadas especificidades como transversalidade, continuidade educativa, intencionalidade, interdisciplinaridade, ambientação das salas e motivação. Para a construção deste Relatório Final foi imperativa a consulta de teoria que sustentou as opções tomadas durante todo o percurso de estágio nos dois contextos...

A construção da profissionalidade para a habilitação generalista: a importância do tato pedagógico

Raposo, Ana Luísa Matos Raposo
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.22%
O trabalho que se apresenta insere-se no âmbito do relatório de estágio na prática de Estágio II em Ensino Básico – 1º Ciclo, do mestrado em especialização de formação de professores em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico, para a aquisição do grau de mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico. Este procurou descrever e analisar a intervenção educativa, salientando o modo como contribuímos para o crescimento e sucesso escolar das crianças. A fundamentação teórica deste relatório é baseada em autores de referência para dos dois contextos de intervenção, tendo em conta toda a intervenção educativa. A sustentação nos referentes teóricos e os processos metodológicos utilizados, ao longo dos estágios constituíram a base para o desenvolvimento pessoal e profissional que conduziu ao processo de profissionalização. A experiência de estágio proporcionou a continuidade educativa entre as duas valências. Esta tornou evidente a comparação entre estes dois níveis de ensino, espelhando as semelhanças e as diferenças entre a Educação Pré-Escolar e o Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico.; This following work presents itself as the internship report of the “internship II” practice subject in 1 st Cycle of Basic Education...

As intencionalidades da intervenção educativa : princípios pedagógicos gerais

Lopes, Inês Pinto
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Dissertação de Mestrado
OTHER
Relevância na Pesquisa
36.17%
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti para obtenção de grau Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino 1º ciclo do Ensino Básico.; A Educação Pré-Escolar e o 1ºCiclo do Ensino Básico são dois contextos que apesar de diferentes, representam a génesis do processo de ensino e de aprendizagem. Através dos estágios realizados, foi possibilitada a aquisição de competências básicas de um futuro profissional com habilitação para a docência generalista. Neste sentido, defende-se a necessidade de uma continuidade educativa na medida em que a aprendizagem deve ser produzida de uma forma articulada e globalizante, onde o desenvolvimento da criança é contínuo. Uma vez que o principal objetivo da Educação/Ensino consiste no desenvolvimento global e harmonioso da criança, defende-se uma intencionalidade educativa, baseada na sequência Observar - Planear - Agir – Avaliar, a qual se deve interligar e suceder, coerentemente. Adotou-se uma postura reflexiva, em todo o percurso profissionalizante, uma vez que, tal como defende Perrenoud (2002), se reexaminaram objetivos, procedimentos e evidências, ingressando-se num ciclo de permanente aperfeiçoamento. Metodologicamente...

A profissionalização generalista: a importância da continuidade educativa

Machado, Isabel Alexandra
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.17%
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti para obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico; O presente relatório foi elaborado no âmbito do Mestrado em Educação Pré- Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico, realizado na Escola Superior de Educação Paula Frassinetti, referindo-se à experiência da intervenção educativa nos estágios em Educação Pré-escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico. Ao longo deste relatório pode-se encontrar uma análise pormenorizada da experiência de estágio, clarificando as estratégias utilizadas pela estagiária após as leituras efetuadas e as diversas pesquisas com o intuito de aumentar os conhecimentos em relação às perspetivas de diversos autores, e desta forma, sustentar a prática pedagógica e desenvolver o papel de futura educadora/professora. Ao longo do estágio realizou-se uma intervenção educativa que foi planificada, organizada, concretizada e avaliada, tendo em vista o professor reflexivo e crítico, de forma a evoluir enquanto futura profissional.ABSTRACT This report was prepared as part of the Masters in Preschool Education and Teaching 1st Basic Education...

A pedagogia de participação como intencionalidade educativa em foco

Leite, Joana Pinto
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.17%
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti para obtenção de grau de Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1ºCiclo do Ensino Básico; O relatório incide nas práticas realizadas ao longo de dois semestres nas valências de Educação Pré-Escolar e 1ºCiclo de Ensino Básico. A articulação destas etapas é fundamental no processo de educação e, para isso, a recente habilitação do professor generalista irá ser uma mais-valia na promoção da continuidade educativa. Neste sentido, o presente documento reflete um combinar de experiências que se foram desenvolvendo nos diferentes contextos, quer organizacional quer pedagógico. Assim, na intervenção educativa está espelhada uma intencionalidade pedagógica que promove uma pedagogia de participação, sendo que a “voz” das crianças era ouvida em maior foco, ajudando a progredir nas aprendizagens. Verificase uma intencionalidade quer na observação como na planificação e ainda na avaliação, por forma a levar a bom termo as ações desenvolvidas. Achamos ainda de capital importância o ato de refletir as práticas realizadas. Esta reflexão é feita quer individualmente quer no coletivo, enquanto elemento de uma equipa que nos ajudou a crescer.ABSTRACT The report focuses on the practices conducted over two semesters in Pre-School Education and First Cycle of Basic Education valences. The articulation between these two steps is critical in the education process and...

A continuidade educativa da Educação Pré-Escolar ao 1º ciclo do Ensino Básico

Pimenta, Marta Sofia Ribeiro
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.4%
Dissertação de Mestrado em Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico; No âmbito do 2.º Ciclo de Estudos em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico, é atribuída a classificação de grau de mestre consoante a elaboração e defesa de um relatório de estágio. Este documento reflecte a jornada ao longo de dois semestres concernentes aos Estágios I e II, respectivamente no 1.º Ciclo do Ensino Básico na Educação Pré-Escolar. O Estagio I foi desenvolvido na Escola n.º 5 de Vila Real ou Escola dos Quinchosos. Por sua vez, o Estagio II realizou-se no Jardim de Infância da Timpeira, que se encontrava provisoriamente no Bairro de São Vicente de Paulo. A prática educativa foi apoiada pela Professora Cooperante Margarida Assunção relativamente ao 1.º Ciclo do Ensino Básico e no atinente ao Estágio II pela Educadora Cooperante Isabel Rego Barros que orientou e apoiou o registo e a preparação da defesa do relatório, juntamente com a Drª Cristiana Soveral. Ambos os estágios se iniciaram com duas semanas de observação, essenciais para conhecer as carências e as ofertas do meio onde se inseriam as instituições educativas. Esta fase foi fulcral para o diagnóstico de necessidades...

Prática de ensino supervisionada em ensino do 1.º e do 2.º Ciclo do Ensino Básico

Moreira, Vânia Andreia da Silva
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
O Relatório Final de Prática de Ensino Supervisionada foi elaborado como parte integrante da unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Ensino do 1.º e 2.º Ciclo do Ensino Básico, da Escola Superior de Educação de Bragança. Esta prática decorreu ao longo de dois anos letivos, nomeadamente 2011/2012 e 2012/2013, em duas instituições distintas, sediadas no concelho de Penafiel, com cinco turmas. Pretende-se com o presente documento enfatizar uma continuidade educativa sustentada numa metodologia socioconstrutivista, apresentando as experiências de ensino/aprendizagem em articulação vertical progressiva ao longo dos ciclos, com vista a promover aprendizagens significativas. Para uma melhor compreensão das nossas escolhas metodológicas, numa fase inicial deste documento faremos uma breve caraterização das instituições e turmas em que estagiámos. Depois, apontaremos algumas considerações sobre cada área disciplinar/disciplina no contexto, assim como sobre as conceções teóricas que sustentaram a nossa prática pedagógica. Seguem-se as descrições reflexionadas das experiências de ensino/aprendizagem. Por fim, apresentaremos as considerações finais acerca do percurso desenvolvido ao longo da Prática de Ensino Supervisionada...

Articulação curricular e continuidade educativa : um estudo exploratório sobre a realidade cabo-verdiana

Évora, Lídia Margarida dos Santos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.27%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Desenvolvimento Curricular); O estudo, que a seguir se apresenta tem como eixo estruturante a Articulação Curricular. A sua realização permitiu-nos reflectir sobre a importância desta temática quer no momento de transição entre o ensino Básico (3ª Fase) e o ensino Secundário (1º ciclo), quer ao longo do ano lectivo, entre os professores do mesmo ano de escolaridade. O presente estudo, intitulado “ Articulação curricular e continuidade educativa – um estudo exploratório sobre a realidade cabo-verdiana”, teve como participante uma amostra da população de professores de nove escolas secundárias da via geral e de professores da 3ª fase de seis escolas do ensino básico, localizadas nas proximidades das escolas secundárias, todas sediadas no concelho da Praia, em Cabo Verde. Neste trabalho de investigação de cariz exploratório, utilizámos o inquérito por questionário que aplicámos à generalidade dos professores referidos, e o inquérito por entrevista, que aplicamos a uma amostra de professores que desempenham cargos de direcção pedagógica nas escolas básicas e secundárias. Com a realização do estudo procurámos conhecer as representações dos professores sobre a articulação curricular vertical e/ou horizontal...

Da educação pré escolar ao1º ano do 1º ciclo do ensino básico : um estudo sobre uma sequencialidade educativa necessária

David, Maria Margarida Lagarto Horta
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
O presente estudo evidencia a intenção e interesse em pesquisar no contexto educativo actual, tendo por base um determinado conjunto de diplomas de orientação das práticas educativas que gizam a educação dos nossos dias. O trabalho de investigação desenvolvido teve como pressuposto nuclear a convicção de que a educação é um fenómeno complexo que, para além de outras, mobiliza características sociológicas, psicológicas e epistemológicas. É, além disso, um fenómeno social porque se destina à população humana e faz parte do processo de socialização de qualquer indivíduo. O estudo visou, em concreto, proporcionar uma análise sustentada sobre a continuidade educativa e metodológica entre a Educação Pré-Escolar e o 1º Ciclo do Ensino Básico. Pretendeu-se, nomeadamente, questionar teórica e empiricamente, a interacção e a articulação entre as duas primeiras etapas da Educação Básica, com o objectivo de analisar as expectativas e as opiniões dos docentes sobre os dois documentos pedagógicos que as suportam e orientam, nomeadamente as Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar e as Competências Essenciais para o Ensino Básico. Em síntese, pareceu importante averiguar se existe convergência nas condições existentes entre os docentes e os suportes actuais para a promoção da sequencialidade educativa...

O sentido da educação democrática: revisitando o conceito de experiência educativa em John Dewey; The meaning of democratic education: revisiting the concept of educative experience in John Dewey

Branco, Maria Luísa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
A compreensão da atualidade da proposta pedagógica de John Dewey requer uma análise cuidadosa do conceito de experiência educativa desenvolvido por esse autor. Efetivamente, a sua filosofia educativa está alicerçada numa teoria da experiência na medida em que se assenta numa conexão entre a experiência pessoal e a aprendizagem, tendo em vista o alargamento progressivo da primeira. Neste artigo, e com recurso a algumas das principais obras pedagógicas do autor, procedemos à caracterização do conceito de experiência educativa, começando por distingui-lo do conceito de experiência pura e simples. As dimensões fundamentais de qualquer experiência são a continuidade e a interação, distinguindo-se a experiência educativa pela qualidade dessas dimensões no sentido de proporcionar o desenvolvimento do sujeito, isto é, o crescimento e ampliação da sua experiência anterior. A partir da elucidação desse conceito, procuraremos de seguida compreender o impacto que essa concepção possui na organização de um ensino indireto, baseado numa busca cooperativa, e nas concepções de currículo e do papel do professor e do aluno. É ainda tendo em conta a centralidade do conceito de experiência educativa que elucidaremos o nexo profundo existente entre educação progressiva e educação democrática...