Página 1 dos resultados de 603 itens digitais encontrados em 0.023 segundos

Coeficiente de distribuição de metais pesados em solos paraenses; Distribution coefficient of heavy metals in soils of the State of Pará, Brazil

Braz, Anderson Martins de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.23%
A contaminação dos solos por elementos potencialmente tóxicos provoca alterações na estrutura e no funcionamento dos ecossistemas, além de oferecer riscos à saúde pública. Embora os metais pesados ocorram naturalmente, fontes antropogênicas contribuem para o aumento das taxas de redistribuição desses elementos entre os compartimentos do ambiente. O coeficiente de distribuição ou partição sólido-solução (Kd) permite observar a afinidade entre os metais e os colóides do solo. O Kd é peça-chave em muitos modelos para definição de valores orientadores e para previsão de riscos ambientais, e seu valor é dependente das condições edafoclimáticas das regiões onde se assentam os solos. Os valores de Kd de metais pesados ainda não foram determinados para solos da região Amazônica. Nesse estudo objetivou-se determinar os valores de Kd de metais pesados em solos do Estado do Pará. Para tanto foram conduzidos experimentos de adsorção, tipo batch, nos quais foram adicionados 0,5; 1,0; 2,5; 5,0 mg L-1 de Cd, Co, Cr, Cu, Hg, Ni, Pb, e Zn em amostras de 21 solos paraenses. As menores variações nos valores absolutos de Kd foram registradas para o Pb (uma ordem de magnitude - 196,4 a 5.572,5 L kg-1) e para o Cu, Hg e Ni (duas ordens de magnitude 50...

Valores de referência de metais pesados em solos de Mato Grosso e Rondônia; Reference Values for heavy metals in soils from Mato Grosso and Rondônia states, Brazil

Santos, Sabrina Novaes dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.3%
Os órgãos de monitoramento ambiental necessitam de indicadores de referência para a avaliação continuada dos impactos ambientais. Indicadores são obtidos por meio da comparação dos teores totais de elementos tóxicos de um solo com valores determinados em condições naturais (não poluídos) ou com valores de referência. No Brasil, com a crescente demanda social pela melhoria e manutenção da qualidade ambiental, alguns estudos foram realizados com o objetivo de estabelecer valores orientadores para metais pesados em solos. Estes são valores préestabelecidos quanto à presença de substâncias químicas que possibilitam a verificação de possível contaminação. A legislação brasileira estabelece três valores orientadores: Valores de Referência de Qualidade (VRQs), de Prevenção (VP) e de Investigação (VI). O VRQ indica o limite de qualidade para um solo considerado limpo a ser utilizado em ações de prevenção da poluição do solo e no controle de áreas contaminadas. Foram coletadas amostras de solo dos estados de Mato Grosso e Rondônia, nas profundidades de 0-5, 5-10, 10-20 e 20-30 cm, em áreas de vegetação nativa (sem ou mínima intervenção antrópica). Objetivou-se com essa dissertação: (i) determinar os valores de referência de metais pesados em solos de Mato Grosso e Rondônia; (ii) avaliar métodos de extração de teores pseudototais de metais pesados (EPA 3051 e Água Régia); (iii) correlacionar estes valores com atributos físicos e químicos dos solos; (iv) correlacionar os resultados desse estudo com valores já estabelecidos para solos de outros estados brasileiros. Partiu-se das hipóteses: i) não ocorrerão diferenças entre os teores naturais de metais pesados nos solos de Mato Grosso e Rondônia pelos dois métodos de extração de teores pseudototais de metais; ii) os VRQ de metais pesados para os solos de Mato Grosso e Rondônia são diferentes dos VRQ obtidos para solos de outros estados brasileiros; e iii) haverá correlação significativa entre os teores naturais de metais pesados e os atributos físicos e químicos dos solos. Houve diferença entre os métodos da água régia e EPA 3051 para recuperação dos metais Co...

Estudo da permeabilidade dos solos de fundação do aterro de resíduos sólidos urbanos de Bauru

Jesus, Lucas Scarpanti de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 158 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Engenharia Civil e Ambiental - FEB; Para a avaliação da contaminação dos solos em áreas de disposição de resíduos sólidos é fundamental conhecer a permeabilidade desses solos, quantificada pela condutividade hidráulica (k). Pesquisas anteriores avaliaram a contaminação que ocorre no Aterro de Resíduos Sólidos Urbanos de Bauru/SP, e sugerem valores de K para os solos que ocorrem no local. O objetivo desta pesquisa é dar continuidade aos estudos de investigação neste aterro, buscando encontrar valores representativos de K para os diferentes tipos de solos que ocorrem na área, empregando técnicas de ensaios em campo e laboratório. No laboratório foram realizados ensaios de condutividade hidráulica em permeâmetros de parede rígida e flexível a carga variável e constante em amostras indeformadas. Em campo, foram conduzidos ensaios de recuperação em poços de monitoramento (Slug Test), zona saturada, e ensaios de condutividade com o permeâmetro de Guelph na zona não saturada. Quatro tipos de solos são encontrados na região do aterro, coluvião, aluvião e residual de arenito. No laboratório, utilizando permeâmetros de parede rígida...

Avaliação do potencial genotóxico de uma mina de urânio abandonada

Neves, Maria de Fátima de Jesus Vieira das
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.3%
Um dos principais problemas associados a locais contaminados, como áreas de extracção de minérios metálicos, corresponde à possível contaminação de águas superficiais e subterrâneas, por escorrência e/ou lixiviamento de substâncias químicas perigosas (metais, radionuclídeos entre outros) a partir dos solos contaminados e dos resíduos neles depositados. Tal facto acontece quando a capacidade de retenção do solo foi largamente afectada pela actividade de mineração. Deste modo, o presente trabalho, integrado na fase de rastreio ecotoxicológico dos solos da mina de urânio da Cunha Baixa (Mangualde, Centro de Portugal), teve como objectivo avaliar a potencial mobilização de metais e/ou radionuclídeos, com efeitos mutagénicos e genotóxicos para os recursos de água doce subterrâneos e superficiais da zona circundante. Para o efeito procedeu-se à obtenção de extractos de solos com água, numa proporção de 1:10 (m/v), a partir de amostras recolhidas em dez locais de amostragem, previamente definidos em estudos anteriores. Os extractos de solo esterilizados foram submetidos ao ensaio de Ames (método de pré-incubação) com duas estirpes de Salmonella typhimirium his- (TA98 e TA100), com e sem activação externa do metabolismo...

Exposição de crómio em alface : acumulação e efeitos na fisiologia e genotoxicidade

Ferreira, André Luiz Nunes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.08%
O crómio geralmente ocorre no meio ambiente nas suas 2 valências mais estáveis Cr(III) e Cr(VI). A contaminação dos solos com estas valências precisa ser melhor compreendida quanto aos seus efeitos nos vegetais (fisiologia e genoma). Este trabalho utilizou três variedades de plantas de alface cultivadas em meio sólido expostas a 20 50 100 150 200 e 300 mgCrL-1. Após 30 dias de exposição e 4 doses de solução com Cr, as plantas foram analisadas nos comprimentos, conteúdos hídricos, conteúdo em matéria orgânica, elementos inorgânicos, isoformas paramagnéticas de Cr e diferenças de ploidia percentagem G0/G1:G2 e conteúdo em ADN. Os resultados comprovaram que a variedade Povoa foi a mais susceptível e a Teide mais resistente aos efeitos fitotoxicos do Cr. A valência Cr(VI), como era de esperado, mostrou maior potencial tóxico, na generalidade dos parâmetros analisados, teve maior acumulação tanto na porção aérea como na raiz, interferiu com P, K e Zn em suas maiores concentrações; já as plantas expostas a Cr (III) mostraram interferência apenas nas quantidades de P. A análise preliminar por ressonância paramagnética (EPR) evidenciou que o Cr(VI), ao ser absorvido pela raiz, é oxidado para a uma forma paramagnética...

Caracterização dos solos da ilha de Santiago (Cabo Verde) numa perspectiva de sustentabilidade ambiental

Amorós Hernández, Regla Viviana
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.24%
As respostas geoquímicas do ambiente são controladas, em primeiro lugar, pelos processos naturais, geológicos, pedológicos, climáticos e biológicos. Sobrepondo-se a essa herança, a presença do homem adquire papel importante pelas possibilidades de alteração que promove no ambiente geoquímico a partir das concentrações urbanas, actividades industriais e agrícolas. Nos últimos anos a cartografia geoquímica tem assumido uma importância relevante já que tem sido largamente reconhecido que para se identificar e quantificar a poluição antropogénica é fundamental a existência de mapas que apresentem os valores de fundo geoquímico natural. O principal objectivo deste estudo é o estabelecimento de uma base de dados geoquímicos da ilha de Santiago (Cabo Verde) utilizando os solos como meio amostral. Esta base de dados geoquímicos permitiu caracterizar o estado actual dos solos da ilha de Santiago e estabelecer os valores de fundo geoquímico. A ilha de Santiago, com uma área de 991km2, é a maior ilha do arquipélago representando cerca de 25% da área total. Tem forma adelgaçada na direcção Norte-Sul, apresentando um comprimento máximo de 54,9km entre a ponta Moreia, a Norte, e a ponta Mulher Branca, a Sul, e uma largura máxima de 29km entre a ponta Janela...

O destino final dos (resíduos de) metais pesados: o caso dos compostos de crómio

Sarabando, Cândida Manuela Fidalgo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
A utilização em larga escala, a nível industrial, dos chamados metais pesados, acarreta grandes preocupações a nível da saúde das populações humanas. O caso do crómio (e seus compostos) é um exemplo paradigmático disso. O crómio é um elemento tóxico e carcinogénico, na forma de Cr(VI), mas como Cr(III), se em quantidades vestigiais, é tido como essencial, por exemplo, para o metabolismo da glicose e dos lípidos. O Cr(VI) é um agente oxidante forte, “facilmente” reduzido a Cr(III). Os compostos de Cr(III) são considerados cineticamente inertes, podendo, neste estado de oxidação, ser abandonados sem qualquer preocupação acerca do seu real “destino” final. Sabe-se que, sob certas condições, o Cr(III) pode ser (re)-oxidado a Cr(VI), podendo conduzir a problemas ambientais sérios. No entanto, a interacção de ligandos orgânicos, por exemplo libertados por exudados de raízes, pode aumentar a formação de espécies de Cr(III) organicamente móveis e disponíveis. Face à relevância do tema, afigura-se importante que o Ensino Secundário proporcione aos alunos, que por ele transitam, uma formação adequada e perspectivada no desenvolvimento de competências, que lhes permitam compreender melhor os fenómenos que ocorrem no mundo que os rodeia...

Toxicity and bioremediation evaluation of TBT: bioassays with plants; Toxicidade e bioremediação de TBT em solos: avaliação com plantas

Silva, Ana Rita Rego Gouveia
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
66.3%
A poluição ambiental é um problema que afecta todo o ecossistema. Os compostos orgânicos de estanho, e em particular o tributilestanho (TBT), estão amplamente dispersos, por terem uma variedade de aplicações, sendo utilizados como estabilizadores de cloreto de polivinila (PVC), em canalizações de água, como catalisadores, conservantes da madeira e em vários productos de consumo doméstico, como líquidos de limpeza, esponjas e papel. Devido à acção biocida do TBT, este composto era principalmente utilizado em tintas antivegetativas. A sua crescente libertação para o ambiente contribui para a sua presença em quase todos os compartimentos, desde água, sedimentos, solos e até organismos. O coeficiente de partição octanol/água atinge um valor de 3.85, e por isso, o TBT tende a acumular-se na matéria orgânica e nos organismos. Devido à sua persistência e potencial de bioacumulação os compostos orgânicos de estanho tri-substituidos, como o TBT, são considerados extremamente tóxicos para organismos não-alvo, causando disrupção endócrina, incluindo impossexo em fêmeas de gastrópodes. O tempo de meia-vida do TBT nos sedimentos chega a atingir vários anos. Sendo o compartimento sedimentar um reservatório destes compostos. Actividades como a dragagem de sedimentos contaminados com TBT e posterior deposição nos solos...

TBT toxicity and bioremediation in soils: bioassays with invertebrates; Toxicidade e bioremediação do TBT em solos: bioensaios com invertebrados

Silva, Patrícia Maria Veríssimo de Pinho e
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
56.31%
Tributyltin (TBT) compounds were broadly used as ingredient of antifouling paints for ships. Among other effects, TBT is known to be associated with endocrine disruption. In 2008, the International Maritime Organization – IMO banned globally the use of TBT-based coatings, but due to their persistence and widespread use during the last 50 years, TBT became a ubiquitous compound in the environment. TBT reaches soil through various sources and constitutes a risk for soil fauna, namely the invertebrates, and consequently to soil function. However, soil contamination by TBT and its inherent effects have received very little attention. Nowadays, biological degradation is considered to be the major pathway for TBT removal from the environment. As example, Aeromonas molluscorum Av27 is a bacterium that degrades TBT into DBT (dibutyltin) and MBT (monobutyltin) in aqueous solution and therefore has the potential to be used to develop a biosensor to detect TBT in soils and sediments and to bioremediate this pollutant. This work was conducted considering the following goals: a) assess the toxicity of TBT on the invertebrates Porcellionides pruinosus and Folsomia candida; b) use bioassays with P. pruinosus and Micrococcus luteus to evaluate the potencial of TBT degradation in soil by the bacterium Aeromonas molluscorum Av27. For TBT toxicity evaluation...

Impacto da actividade da Mina do Pintor na qualidade dos solos e das poeiras

Santos, Ioana Sofia Moreira dos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.06%
A Mina do Pintor localiza-se no concelho de Oliveira de Azeméis, Distrito de Aveiro. Trata-se de uma das minas que integram o “Filão Metalífero das Beiras”, filão de quartzo e feldspatos com impregnações de arsenopirite. Neste filão foi explorado mineralizações de As e W e em menor extensão de Pb, Ag, Sn, Au e Cu até meados de 1960. A partir desta data a mina cessou a sua actividade de exploração funcionando exclusivamente para a ustulação de minério proveniente de outras concessões mineiras, albergando também actividade industrial de tratamento e polimento de rochas ornamentais. Em 1995 dá-se o abandono da Mina do Pintor, sem quaisquer medidas de remediação e reabilitação ambiental e paisagística. Estudos anteriores classificaram esta zona como um sistema em stress, dado que desde a suspensão dos trabalhos de lavra são libertadas, para a Ribeira do Pintor e para o rio Antuã, águas ácidas de drenagem provenientes das antigas galerias que actualmente se encontram inundadas. Pretendeu-se com este trabalho, estudar o impacto da actividade mineira após abandono em diferentes meios amostrais, de modo a perceber o comportamento dos elementos considerados de grande risco para a saúde humana (As, Cd, Hg, Pb e Zn) em amostras de solos e poeiras (“road dust”) e avaliar o seu impacto. Os resultados obtidos evidenciam bem o impacto da mina do Pintor nos solos e poeiras...

Poluição dos solos por metais pesados na zona urbana de Ponta Delgada : implicações na saúde pública

Amaral, Marco Albino Bento
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 10/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
86.13%
Dissertação de Mestrado em Ciências Biomédicas.; A descarga de metais pesados no ambiente contribui para a contaminação dos solos urbanos, quer a partir de fontes naturais (material parental, alteração das rochas, vulcanismo, etc.), quer de fontes antropogénicas (uso de pesticidas e fertilizantes na agricultura, efluentes domésticos e industriais, tráfego rodoviário, deposição atmosférica, etc.). Este estudo visou a avaliação da poluição por metais pesados dos solos na zona urbana de Ponta Delgada, localizada no extremo sudoeste da ilha de São Miguel, nos Açores. Nesta área em estudo, enquadrada no Sistema Vulcânico dos Picos, predominam os Andossolos Saturados Normais ou Pouco Espessos e um clima mesotérmico húmido, com estações secas no Verão. Foram recolhidas 40 amostras de solos em diferentes locais desta zona urbana, e determinado o pH, o conteúdo em matéria orgânica, a distribuição granulométrica, e as concentrações dos metais pesados (Co, Cr, Cu, Ni, Pb e Zn) por ICP/MS. O pH revelou-se em média neutro (7,03), o que sugere uma boa retenção de metais pesados no solo como o Cu, Pb e Zn, o teor em matéria orgânica foi em média baixo (1,62%), o que impossibilitará uma maior retenção de metais como o Co...

Teores de metais pesados e caracterização mineralógica de solos do Cemitério Municipal de Santa Cândida, Curitiba (PR)

Barros,Yara Jurema; Melo,Vander de Freitas; Zanello,Sônia; Romanó,Elma Neri de Lima; Luciano,Patrícia Rafaela
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.31%
As partes metálicas dos caixões, como alças e adereços, são consideradas as principais fontes de contaminação dos solos de cemitério por metais pesados. Outras fontes de poluentes são os produtos usados no embalsamento de corpos, conservantes da madeira de caixões e líquidos humurosos liberados na decomposição. Os objetivos deste trabalho foram estudar a mineralogia da fração de argila e os teores de metais pesados de solos do Cemitério Municipal de Santa Cândida, Curitiba (PR), e estimar o risco de contaminação ambiental por esses poluentes. Foram selecionados sete locais, de onde se coletaram amostras em três profundidades (0-20, 20-80 e 80-120 cm), representando dois materiais de origem (granito/gnaisse e argilito) e dois tipos de sepultura (de indigentes e por jazigos). A fração de argila foi estudada por difratometria de raios X e análises térmicas. Determinaram-se os teores de Fe e Al nos extratos das amostras com oxalato de amônio ácido (óxidos de Fe e Al de baixa cristalinidade) e com ditionito-citrato-bicarbonato (óxidos de Fe cristalinos) por espectrometria de absorção atômica (EAA). Os teores totais e trocáveis de Cr, Cu, Pb, Ni e Zn foram determinados por EAA, após digestão das amostras com HF concentrado e solução de BaCl2 1 mol L-1...

Valores de referência local e avaliação da contaminação por zinco em solos adjacentes a áreas mineradas no município de Vazante-MG

Borges Júnior,Meubles; Mello,Jaime Wilson Vargas de; Schaefer,Carlos Ernesto G. R.; Dussin,Tânia Mara; Abrahão,Walter Antônio Pereira
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.39%
A contaminação dos solos por metais pesados é um problema atual que requer abordagem adequada, tendo em vista as necessidades da sociedade moderna. Em áreas de mineração, a avaliação da contaminação de solos constitui ferramenta importante para o gerenciamento de áreas degradadas. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de estabelecer valores de referência local (VRL) para Zn em solos adjacentes a áreas mineradas no município de Vazante-MG, tendo em vista avaliar a contaminação ambiental. Foram coletadas amostras de perfis de solos remanescentes em área mineralizada, a jusante e montante dessa, nas profundidades de 0-2, 2-5, 5-10, 10-20, 20-50, 50-100 e 100-150 cm. Foram determinados os teores totais de Zn, bem como as formas disponíveis (Mehlich-3 e DTPA). Optou-se por determinar o VRL a partir da média ponderada dos teores de Zn nas camadas de 0 - 20 cm dos perfis a montante. De posse desse valor, calcularam-se o fator de contaminação (FC) e o índice de geoacumulação (IGeo) para cada perfil. O VRL obtido para Zn foi de 1.262 mg kg-1, que é muito alto em relação aos padrões de qualidade, sugerindo monitoramento e restrição ao uso agrícola e residencial dos solos na área. Não obstante, esse valor é inferior aos valores de intervenção (VI´s) para as áreas industriais adotados no Estado de São Paulo...

Indicadores de qualidade de solos de área de mineração e metalurgia de chumbo: II - Mesofauna e plantas

Barros,Yara Jurema; Melo,Vander de Freitas; Sautter,Klaus Dieter; Buschle,Brenda; Oliveira,Edilson Batista de; Azevedo,Júlio César Rodrigues de; Souza,Luiz Cláudio de Paula; Kummer,Larissa
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.32%
A influência do manejo ou a adição de contaminante ao solo, normalmente, induz uma resposta mais rápida sobre a mesofauna do solo do que em outros atributos pedológicos, o que torna esses organismos bons indicadores de qualidade ambiental. Os objetivos deste trabalho foram identificar e quantificar os grupos de organismos da mesofauna dos solos e determinar os teores de Pb e Zn de plantas da área de mineração e metalurgia de Pb, no município de Adrianópolis (PR), de modo que fossem gerados indicadores biológicos da qualidade desses solos. Os solos selecionados apresentaram as seguintes características em relação às formas de contaminação: solo 1 - referência (mata nativa); solo 2 - resíduos incorporados ao perfil; solos 3 e 6 - próximos às chaminés da fábrica, com potencial de aporte de material particulado; e solo 5 - grande volume de rejeitos sobre o solo. Foram utilizados funis de Berlese, coletando-se amostras na profundidade de 0 a 5 cm (20 funis x 5 solos x 1 profundidade x 4 épocas = 400 amostras). Após separação da mesofauna, procedeu-se à triagem e identificação dos organismos com o auxílio de lupa. Amostras de formiga foram digeridas com HNO3 concentrado em sistema fechado de micro-ondas, e os teores de Pb e Zn foram determinados por espectroscopia de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado (ICP-AES). Plantas da família Poaceae foram coletadas em todos os solos e...

Vulnerabilidade natural dos solos e águas do estado de Goiás à contaminação por vinhaça utilizada na fertirrigação da cultura de cana-de-açúcar; Vulnerability of soils and natural waters of the state of Goiás to the contamination by vinasse used in fertigation of sugar cane culture; Vulnerabilidad de los suelos y aguas naturales del estado de Goiás a la contaminaci ón por vinaza utilizada en el fertirriego de cultura de ca ña de azúcar

Barbalho, Maria Gonçalves da Silva; De-Campos, Alfredo Borges
Fonte: Tadeu Alencar Arrais Publicador: Tadeu Alencar Arrais
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.4%
v. 30, n.1, p.155-170, jan./jun. 2010.; A cultura da cana-de-açúcar tem se expandido no estado de Goiás, implicando em um reordenamento do uso do solo com possíveis consequências ambientais. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a vulnerabilidade natural dos solos e águas superficiais e subterrâneas do estado de Goiás à contaminação por vinhaça, que é o principal subproduto decorrente do processamento da cana-de-açúcar para produção de álcool combustível (etanol). A vinhaça é frequentemente utilizada como fertilizante nos solos e, por isso, pode constituir um poluente quando aplicada indevidamente. A metodologia empregada consistiu na avaliação da vulnerabilidade natural das terras à contaminação por vinhaça mediante análise integrada dos seguintes parâmetros: declividade, tipos e condutividade hidráulica dos solos. A partir da análise desses parâmetros, as classes de vulnerabilidade natural dos solos foram determinadas e correlacionadas com a distribuição espacial das usinas de álcool, objetivando definir cenários potenciais de contaminação dos solos e águas por constituintes químicos da vinhaça. Os resultados revelaram que áreas com “muito alta” e “alta” vulnerabilidade abrangem cerca de 57% das terras do estado que podem ser ocupadas pela cana-de-açúcar...

Vulnerabilidade e risco à contaminação dos solos da área de recarga do aquífero guarani no estado de Goiás; Natural vulnerability and risk of soils in the areas of the guarani aquifer´s recharge in the state of Goiás, Brazil; Vulnérabilitée et risque à la contamination des sols dans la zone de recharge de l’aquifère le guarani à l’etat de Goiàs, Brésil

Alves, Thaís Moreira; Castro, Selma Simões de
Fonte: Tadeu Alencar Arrais Publicador: Tadeu Alencar Arrais
Tipo: Artigo de Revista Científica
OTHER
Relevância na Pesquisa
66.26%
v.29,n.1,p.135-150,jan./jun. 2009.; Este trabalho tem como objetivo apresentar a estimativa da vulnerabilidade natural e risco dos solos à contaminação nas áreas de recarga do Aqüífero Guarani, no sudoeste do Estado de Goiás (SAG/GOIÁS). Para estabelecer as classes de vulnerabilidade desses solos utilizou-se de técnicas de SIG, cruzando-se os mapas de declividade dos terrenos com o de solos, o de condutividade hidráulica e o de uso do solo, todos na mesma escala, obtendo-se as classes de vulnerabilidade e de risco. Avaliou-se que 45% das áreas de recarga do aqüífero possuem vulnerabilidade muito alta e 47% são consideradas da classe alta, juntas somando mais de 90% da área total de recarga do aqüífero no Estado de Goiás. Calculou-se que 32,8% apresentam alto risco e 27,5% apresentam muito alto risco somado 60% do total da área. Concluiu-se que a vulnerabilidade e risco da área de recarga do SAG em Goiás são elevados e por isso inspiram cuidados, sobretudo preventivos, com o uso, manejo e conservação dos solos. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ This paper aims to present the estimate of the natural vulnerability and risk of soils...

CONTRIBUIÇÃO PARA O ESTUDO QUÍMICO - GEOTÉCNICO DOS SOLOS EXISTENTES NO BARREIRO DENOMINADO POR“BARROQUINHA”

Dias, Patrícia
Fonte: Instituto Politecnico da Guarda Publicador: Instituto Politecnico da Guarda
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
A necessidade de existirem barreiras naturais ou artificiais à contaminação de solos e aquíferos, derivada da percolação de lixiviados através de aterros sanitários exige, no caso de barreiras naturais, o uso e estudo de materiais adequados. O presente trabalho visa contribuir para o conhecimento das características dos solos existentes no barreiro denominado “Barroquinha”, localizado na freguesia de Palhaça, Oliveira do Bairro, Aveiro. Este estudo teve como objectivo avaliar as propriedades mais adequadas para a sua caracterização geotécnica. Com esse fim, foi feita uma caracterização das principais propriedades geotécnicas das amostras recolhidas no barreiro em estudo. O estudo experimental realizado no âmbito do trabalho, deu ênfase aos aspectos relacionados com propriedades geomecânicas destes materiais argilosos Finalmente, verificou-se a aplicabilidade dos materiais nos sistemas de impermeabilização de aterros sanitários.

Contribuição para o conhecimento da contaminação de solos resultante da laboração da indústria extractiva mineira: caso de estudo: Complexo Mineiro da Carrasca e de Vale d'Arca (Sabugal)

Pombar, Fábio Sánchez
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
Na região de Quarta-feira (freguesia de Sortelha, concelho do Sabugal), funcionaram várias explorações mineiras durante grande parte do século XX. Devido à falta de legislação, os resíduos foram depositados em escombreiras, havendo a possibilidade do material estar contaminado. Este trabalho consistiu em analisar as escombreiras de duas antigas explorações mineiras de urânio da região (Carrasca e Vale d’Arca). O estudo consistiu em determinar os níveis de radiação gama na zona das escombreiras, analisar a mobilidade dos materiais e identificar os elementos radioactivos presentes. Foram elaboradas cartografias das duas explorações mineiras com os níveis de dose absorvida no solo e a 1 metro de altura. Nalguns locais foram obtidos valores superiores a 3 microSievert por hora. Para verificar a estabilidade de taludes, realizaram-se ensaios correntes de Mecânica dos Solos e concluiu-se que existe instabilidade de materiais. Também foram visíveis casos de ravinamento e “creep” no solo. Para identificar os contaminantes, realizaram-se ensaios de espectrografia por cintilometria e identificaram-se radionuclídeos descendentes do rádio. Neste momento foi iniciada a reabilitação ambiental de ambas as explorações mineiras coordenada pela EDM (Empresa de Desenvolvimento Mineiro).

Mapeamento geoquimico de solos contaminados por metais (pb, zn, as e cu),Santo Amaro da Purificação, Bahia.

Azevedo, Ladyanne Pinheiro
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Relevância na Pesquisa
56.4%
A área urbana de Santo Amaro da Purificação é altamente poluída por metais, sobretudo por chumbo, devido aos resíduos causados pelo funcionamento durante 33 anos de uma usina metalúrgica. O objetivo deste trabalho foi avaliar a amplitude da contaminação dos solos por metais na área rural em torno da cidade de Santo Amaro, bem como estudar as relações com constituintes dos solos. Para avaliar os solos foram estabelecidos 49 pontos de amostragem numa malha regular de 24km x 24km, coletando nas profundidades de 0-5 e 30-60 cm. As amostras foram secas ao ar, peneiradas em malha de 2mm e preparadas para análises químicas através da abertura ácida (HNO3) pelo método SW-846-3051 – USEPA (1998), A quantificação dos metais foi realizada por espectrometria de emissão óptica – ICP-OES. As concentrações de metais encontrados foram comparados com os valores orientadores estabelecidos pela resolução do CONAMA 344-04 e utilizados na geração e mapeamento dos índices de geoacumulação nos softwares gs+ 7 e Surfer 8, Arc Gis 9,3. Os solos derivados dos arenitos grossos a fina (com presença de caulinita) da formação geológica Barreiras, apresentaram as menores médias dos atributos dos solos no perfil de 0 a 5 cm...

Toxidade crônica de solos contaminados por cinzas de fornos termoelétricos em eisenia foetida (savigny, 1826) (minhoca-vermelha-da-califórnia)

Mussak, Juliane
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.24%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de bacharel no curso de Ciências Biológicas da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; A atividade mineradora de carvão ocasionou alterações no ar, na água e no solo, disponibilizando elementos tóxicos, principalmente por meio da solubilização de sais de metais pesados. A introdução de substâncias tóxicas no solo pode provocar alterações do mesmo, uma vez que os organismos ali presentes possuem íntima, obrigatória e recíproca relação com suas partículas. Como forma de verificar como os efeitos das variáveis ambientais são capazes de afetar a toxicidade das substâncias aos componentes vivos de um ecossistema, utiliza-se análises ecotoxicológicas com organismos bioindicadores. Tais ensaios podem indicar uma resposta mais precisa da toxicidade dos contaminantes presentes nas amostras para os organismos vivos. O presente trabalho teve como objetivo estudar o potencial de toxicidade dos solos contaminados por cinzas de carvão mineral oriundas de fornos termoelétricos, utilizando Eisenia foetida (minhoca-vermelha-da-califórnia) como bioindicador. As amostras de cinzas foram coletadas em uma antiga área de deposição de rejeitos de carvão...