Página 1 dos resultados de 16 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

A infecção cruzada radiológica na consulta de medicina dentária

Caetano, Filipa Maria de Lima
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
16.35%
Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Medicina Dentária; Em toda a actividade Médico Dentária é fundamental, tanto os conhecimentos técnicos e científicos, como a consciencialização dos riscos de contaminação durante o atendimento odontológico. Como tal, são necessárias medidas de controle de infecção práticas e económicas, de modo a prevenir infecções cruzadas entre profissionais e utentes. No que se refere aos exames radiológicos realizados por rotina no consultório, embora sejam considerados pouco invasivos, há a possibilidade de veicular a contaminação cruzada durante estes procedimentos pelo contacto salivar das áreas e do equipamento envolvido. In all dentistry activity it is fundamental, the technique and scientific knowledge, as well as the self awareness of the contamination risks during the odontologic treatment. As result, there are necessary, pratical and economical infection control measures in order to prevent crossed infections between professionals and patients. In regard to the radiological exams done by routine in the doctor´s office, though they are considered minor invasives, there is the possibility of carrying the crossed contamination during this procedures by the saliva contact of areas and the equipment envolved.

"Resistência de união, ao ensaio de microtração, de selante e sistemas adesivos aplicados em superfícies oclusais de molares decíduos" ; Micro-tensile bond strength of sealant and adhesive systems applied on occlusal surfaces of primary molars.

Ramires-Romito, Ana Cláudia Durante
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
26.7%
O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência de união, ao ensaio de microtração, de selante (Clinpro, 3M) e sistemas adesivos (OptiBond FL, Kerr; OptiBond Solo, Kerr; OptiBond Solo Self-Etch Adhesive System (SE), Kerr) aplicados em superfícies oclusais de molares decíduos (n=32). Os produtos avaliados foram testados após serem aplicados de acordo com as recomendações dos fabricantes e após contaminação da superfície oclusal com saliva. Após armazenagem em água por 24h a 37ºC, cada dente foi secionado no plano mésio-distal e perpendicularmente à interface de união para obtenção de corpos-de-prova em forma de palito com seção transversal retangular e área aproximada de 0,6 mm 2 . Cada corpo-de-prova foi submetido ao teste de tração em máquina de ensaio universal a uma velocidade de 0,5 mm/min e os fragmentos armazenados para análise posterior do padrão de fratura em microscopia eletrônica de varredura. As fraturas foram classificadas em: adesiva mista, tipo 1 (fratura tanto de material restaurador, isto é associação de adesivo/resina composta, como do esmalte e o substrato predominante foi esmalte); adesiva mista, tipo 2 (fratura tanto de material restaurador como do esmalte e o substrato predominante foi o material restaurador); adesiva mista...

Microbiota no megaesôfago chagásico. ; Microbiota in chagasic megaesophagus

Pajecki, Denis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2001 PT
Relevância na Pesquisa
16.35%
A estase de secreção salivar e alimentos deglutidos na luz esofágica de pacientes com megaesôfago chagásico traz como consequências: (1) supercrescimento bacteriano na luz do órgão, (2) episódios de aspiração pulmonar e infecções respiratórias de repetição, (3) aumento do risco dos procedimentos terapêuticos cirúrgicos ou endoscópicos em caso de perfuração pela maior possibilidade de contaminação, (4) desenvolvimento de processos inflamatórios crônicos na mucosa esofágica, que podem predispor ao aparecimento de displasia e câncer. Apesar disto, a microbita esofágica no megaesôfago nunca foi estudado. Esse estudo teve o objetivo de analisar qualitativa e quantitativamente a microbiota presente no líquido de estase esofágico de pacientes portadores de megaesôfago chagásico, comparando-a com a existente em indivíduos sadios. Foram estudados prospectivamente 25 pacientes (10 homens e 15 mulheres) com idades variando de 24 a 74 anos (  = 49,1a). Quinze pacientes eram portadores de esofagopatia chagásica, sendo 5 portadores de mega grau I (MG1), 5 portadores de mega grau II (MG2) e 5 portadores de mega grau III (MG3), segundo a classificação de Rezende; e 10 indivíduos sadios, agrupados no Grupo Controle (GC). Utilizou-se método de coleta que permitia aspiração de líquido através de sonda de Levine diretamente da luz esofágica...

Pesquisa do vírus da raiva em quirópteros naturalmente infectados no Estado de São Paulo, Sudeste do Brasil ; Searching of rabies virus in naturally infected bats in the State of São Paulo, Southeastern Brazil

Ferreira, Karin Correa Scheffer
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
16.16%
Pouco se conhece a respeito da incidência ou prevalência da infecção pelo vírus da raiva em morcegos, ou ainda sobre a distribuição do vírus em tecidos e órgãos não nervosos. Os objetivos deste trabalho foram: i) verificar as espécies de morcegos mais freqüentemente envolvidas com a raiva no Estado de São Paulo, Sudeste do Brasil; ii) estudar a distribuição do vírus da raiva em tecidos e órgãos não nervosos de morcegos; iii) estudar os períodos de mortalidade das amostras de vírus da raiva encontradas nos cérebros e glândulas salivares de morcegos, após inoculação intracerebral em camundongos, e iv) comparação do isolamento do vírus da raiva no sistema camundongo e cultura de células de neuroblastoma (N2A). Entre abril de 2002 a novembro de 2003, 4.393 morcegos capturados de diferentes municípios do Estado de São Paulo foram enviados à Seção de Diagnóstico da Raiva do Instituto Pasteur de São Paulo. Destes, 82 (1,87%) foram positivos para raiva pela técnica de imunofluorescência aplicada aos materiais do cérebro e 33 morcegos pertenciam ao gênero Artibeus sp; 15 Myotis sp; 10 Epitesicus sp; 5 Lasiurus sp; 4 Nyctinomops sp; 4 Tadarida sp; 3 Histiotus sp; 1 Molossus sp; 1 Eumops sp e 6 vampiros Desmodus rotundus. A distribuição do vírus em diferentes órgãos foi examinada pela inoculação de camundongos e células N2A com suspensões a 20% preparadas a partir de fragmentos do cérebro...

Resistência ao cisalhamento de selante associado a dois sistemas adesivos, após contaminação salivar: influência da fotopolimerização individual e simultânea; Shear bond strength of a pit-and-fissure sealant associated with two adhesive systems after salivary contamination: influence of individual and simultaneous light curing

Silva, Jaciara Miranda Gomes da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
67.07%
Este trabalho teve por objetivo avaliar "in vitro" a resistência ao cisalhamento de um selante resinoso (Fluroshield - F) em associação com um sistema adesivo total-etch (Adper Single Bond 2-SB) e um self-etching (Clearfil S3 Bond-S3) em condições de contaminação salivar, comparando dois protocolos de fotopolimerização: individual do sistema adesivo e, em seguida, do selante ou simultânea de ambos materiais conjuntamente. Superfícies mesiais e distais de 45 terceiros molares humanos hígidos foram incluídas e planificadas, o sítio de adesão delimitado (Ø 3mm) e os corpos-de-prova alocados aleatoriamente em 6 grupos experimentais (n=15), de acordo com o tratamento empregado: I- F aplicado sobre o esmalte condicionado com ácido fosfórico a 37% (controle). Os demais grupos foram contaminados com saliva (0,01ml por 10 s) e a seguir foram aplicados: II- SB e F fotopolimerizados separadamente; III- SB e F fotopolimerizados conjuntamente; IVS3 e F fotopolimerizados separadamente; V- S3 e F fotopolimerizados simultaneamente; VI- F aplicado sem associação com adesivos sobre o esmalte condicionado e contaminado. A seguir, um cilindro de selante foi confeccionado com o auxílio de uma mesa metálica e de matriz de teflon bipartida sobre o sítio de adesão. Após armazenamento durante 24 horas a 37°C em água destilada...

Ação triboquímica do ciclo mastigatório na resistência ao cisalhamento de resinas compostas; Tribocorrosion effects of masticatory cycle on the composite resins shear bond strength

Contente, Marta Maria Martins Giamatei
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.02%
Este trabalho avaliou in vitro a ação de estímulos triboquímicos que simulam o ciclo mastigatório na resistência ao cisalhamento de duas resinas compostas Filtek P90®- 3M ESPE (P) e Z250®-3M ESPE (Z) com e sem presença de contaminação salivar, assim como a liberação de íons e a qualidade e a quantidade do desgaste produzido. A amostra foi composta por 12 grupos experimentais (n=5): P1 e Z1, sem contaminação/contra dente decíduo; P2 e Z2, com contaminação/contra dente decíduo; P3 e Z3, sem contaminação/contra dente permanente; P4 e Z4, com contaminação/contra dente permanente; P5 e Z5 sem contaminação (controle); P6 e Z6 com contaminação (controle). Ensaios de tribocorrosão foram efetuados na configuração pino-placa de deslizamento linear alternativo, na presença da solução de saliva artificial, carga de 3N e frequência de 1Hz, totalizando 900 ciclos de desgaste durante 15 minutos. As pistas de desgaste foram caracterizadas por MEV, EDX e XRD e o volume de desgaste por análise da variação de massa. A MEV demonstrou que os grupos Z apresentaram maior quantidade de desgaste quando comparados aos grupos P e que os antagonistas de dente permanente apresentaram maior quantidade de resíduos do material desgastado que os antagonistas em dentes decíduos. A análise por XRD não apresentou variação na caracterização de nenhuma das amostras quando se comparou os espécimes antes e após a realização dos experimentos. Na análise por EDX observou-se picos correspondentes aos elementos Ítrio e Silício para os antagonistas dos grupos P e de Zircônia para os dos grupos Z. Os dados obtidos pelo ensaio de nanoendentação não apresentaram diferença estatisticamente significante para nenhum dos grupos estudados (ANOVA e Teste de Duncan p≤0...

Prevenção da contaminação cruzada em odontologia por meio de terapia fotodinâmica (TFD) utilizando LED azul e curcumina

Santezi Neto, Carolina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 122 f. : il. color. + anexo
POR
Relevância na Pesquisa
26.35%
Pós-graduação em Odontologia - FOAR; O presente estudo avaliou a suscetibilidade geral de patógenos da flora salivar à terapia fotodinâmica (TFD) após a sensibilização com curcumina e exposição ao LED (Light Emitting Diode) de 450 nm (± 10) para evitar contaminação direta e cruzada nos consultórios odontológicos. Para isso, uma amostra de 10 ml de saliva não estimulada foi coletada a partir de um voluntário para a contagem de bactérias após a fase experimental, e os resultados foram analisados. Quatorze diferentes grupos foram avaliados: G1) L-FS (1,5g/l) + por 1min; G2) L-FS (1,5g/l) + por 5 min; G3) L-FS (3,0g/l) + por 1 min; G4) L-FS (3,0g/l) + por 5min; G5) L+ FS-por 1 min; G6) L+ FS-por 5 min; G7) L+ FS (1,5g/l) + por 1 min; G8) L+ FS (1,5g/l) + por 5 min; G9) L+ FS (3,0g/l)+por 1 min ; G10 ) L+ FS(3,0g/l)+ por 5 min; G11) Clorexidina 0,12% por 1 min; G12) Clorexidina 0,12% por 5 min; G13) Salina por 1 min; G14) Salina por 5 min. Salina foi o grupo controle negativo e clorexidina, o controle positivo. Após cada teste efetuadoforam realizadas diluições seriadas e as amostras resultantes foram semeadas em placas de ágar sangue para depois serem levadas a estufa em condições de microaerofilia onde houve o crescimento microbiológico. Um pesquisador treinado e calibrado determinouo número de unidades formadoras de colônia (UFC) por cálculo matemático. A análise estatística (ANOVA e TUKEY HSD) foi realizada para analisar se houve ou não diferença estatística significante entre os grupos...

Efeito de agentes contaminantes durante os procedimentos adesivos na resistência de união à dentina

Sousa, Cleo Nunes de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 64 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.51%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Florianópolis, 2009; O objetivo desta tese foi avaliar a resistência de união de um sistema adesivo de frasco único ao substrato dentinário contaminado com saliva e óleo lubrificante após o condicionamento ácido. Para isso, 10 molares humanos foram cortados transversalmente expondo dentina superficial oclusal, polidos até lixa 600 e divididos em 5 grupos. No grupo 1 (G1), o sistema adesivo frasco único (Prime&Bond NT, Dentsply) foi aplicado conforme instruções do fabricante. No grupo 2 (G2), a superfície dentinária foi contaminada com saliva fresca após o condicionamento com ácido fosfórico e antes da aplicação do sistema adesivo. No grupo 3 (G3), procedeu-se de forma similar ao G2, entretanto a superfície contaminada foi seca com jatos de ar durante 5s para remoção da contaminação salivar. No grupo 4 (G4), a superfície dentinária foi contaminada com óleo lubrificante para peça-reta após o condicionamento com ácido fosfórico e antes da aplicação do sistema adesivo. No grupo 5 (G5), procedeu-se de forma similar ao G3, entretanto a superfície contaminada foi seca com jatos de ar durante 5s para remoção do óleo lubrificante. Em todos os grupos...

Identificação e caracterização funcional de atividade apirásica nas salivas de triatomíneos vetores da Doença de Chagas

Pires, Danielle Lacerda
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.41%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2006.; Os artrópodes hematófagos são capazes de neutralizar defesas do hospedeiro durante repasto, devido à presença de ampla variedade de fatores anti-hemostáticos presentes em suas salivas como vasodilatadores, fatores antiplaquetários e anticoagulantes. O principal mecanismo de transmissão da Doença de Chagas é a contaminação do hospedeiro por excretas de triatomíneos infectados. O Triatoma infestans Klug, 1834, o principal vetor do mal de Chagas no Brasil, possui várias apirases em sua saliva que inibem a agregação plaquetária do hospedeiro. Neste estudo, nós mostramos que as apirases de 88, 82 e 79 kDa desse inseto são antigenicamente distintas e localizam-se na unidade D2 de sua glândula salivar. O conteúdo de uma unidade D2, e não os das outras, foi capaz de inibir a agregação de plaquetas, induzida por ADP, presentes em 1 mL de sangue. Em adição, identificamos pela primeira vez atividades apirásicas nos conteúdos de glândulas salivares de Rhodnius brethesi Matta, 1919; Rhodnius milesi Carcavallo, Rocha, Galvão, Jurberg & Valente 2001; Rhodnius pictipes Stal, 1872 e Rhodnius robustus Larrousse, 1927 por meio de testes enzimáticos utilizando ATP e ADP como substratos. Os ensaios enzimáticos...

Selantes de fissura com sistemas adesivos de auto-condicionamento : estudo clínico e laboratorial

Coelho, Ana, 1975-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Tese de doutoramento, Medicina Dentária (Odontopediatria), Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Dentária, 2011; O presente trabalho de investigação teve por objectivos analisar a influência de dois sistemas adesivos de auto-condicionamento all-in-one, o AdperTMPromptTM L PopTM e o ClearfilS3Bond, no desempenho de um selante de fissuras, ClinproTMsealant, aplicado em diferentes condições de superfície do esmalte - condições ideais e em condições de contaminação do esmalte, com saliva e com água. Para tal, o desempenho do selante foi, numa primeira fase, avaliado em dois estudos laboratoriais, um primeiro estudo que avaliou a resistência adesiva ao cisalhamento, seguido por outro estudo, que avaliou o grau de microinfiltração e a capacidade de penetração do selante. Decorrida a fase laboratorial, foi realizado um estudo clínico split-mouth a seis meses, em primeiros e segundos molares permanentes recém-erupcionados, que comparou a aplicação de selantes de fissura segundo a técnica clássica, em condições ideais de isolamento, com a aplicação de selantes combinados com uma camada adesiva, em condições clínicas desfavoráveis e propícias à contaminação do esmalte. Os resultados laboratoriais indicaram que...

Toxoplasmose em primatas neotropicais: estudo retrospectivo de sete casos

Casagrande,Renata A.; Silva,Tiffany C.E. da; Pescador,Caroline A.; Borelli,Vanessa; Souza Jr,Júlio C.; Souza,Edson R; Traverso,Sandra D.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.16%
A toxoplasmose é considerada uma doença parasitária fatal em primatas neotropicais. O objetivo deste trabalho foi descrever, através de um estudo retrospectivo, os casos de toxoplasmose em primatas neotropicais. No período de 1999-2009 foram realizados 86 exames anatomopatológicos em primatas e a toxoplasmose foi a enfermidade mais comum (7/86), relatando-se um caso em sagui-do-tufo-preto (Callithrix penicillata) e seis em bugio-ruivo (Alouatta guariba). Dois animais foram encontrados mortos e cinco morreram em poucos dias. Os sinais clínicos mais frequentes foram apatia e anorexia (5/7), distensão abdominal (4/7) e febre (3/7). Na necropsia observou-se esplenomegalia (4/7), hemorragia do trato digestório, linfonodos e bexiga (4/7), pulmões avermelhados (3/7) e hepatomegalia (2/7). No exame histopatológico evidenciou-se hepatite (7/7), esplenite (3/7), miocardite (2/7), enterite (2/7), linfadenite (1/7) e sialite (1/7) necróticas e, pneumonia intersticial (4/7). Em fígado, pulmões, baço, coração, linfonodos e glândula salivar havia taquizoítos de Toxoplasma gondii que foram também detectados pelo exame de imuno-histoquímica anti-T. gondii em fígado, baço e pulmões (5/7). A toxoplasmose pode causar alta mortalidade em colônias de primatas neotropicais e representar mais uma ameaça à conversação dessas espécies em cativeiro. Sendo assim...

Contaminação salivar da extrusa em novilhos alimentados com diferentes volumosos, com e sem suplementação

Gomes,S.P.; Leão,M.I.; Valadares Filho,S.C.; Paulino,M.F.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.51%
Determinaram-se as alterações nos teores de proteína bruta (PB), compostos nitrogenados não protéicos (NNP), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), lignina (LIG), cinzas, cálcio (Ca), fósforo (P), magnésio (Mg), potássio (K) e sódio (Na) de alimentos usados para novilhos, provocadas pela contaminação da extrusa pela saliva. Foram utilizados cinco novilhos fistulados no rúmen e esôfago, cinco dietas e cinco períodos experimentais. Os tratamentos foram: capim-elefante picado (CE), capim-elefante obtido em pastejo simulado (CES), capim-braquiária obtido em pastejo simulado (CBS), pré-secado de capim-tifton 85 (PS), feno de capim-braquiária (FB1), feno de capim-tifton 85 (FT), feno de capim-braquiária e concentrado a 0,5% PV (FB2) e feno de capim-braquiária e concentrado 1,0% PV (FB3). A presença de saliva na extrusa não alterou (P>0,05) o teor de proteína bruta dos alimentos. Os teores de NNP foram superestimados (P<0,05) na extrusa em 135,0%. Os níveis de FDN foram subestimados (P<0,05) em 3,4%. Os níveis de FDA e LIG foram superestimados (P<0,05) em amostras de extrusa, em média 11,0 e 44,0%, respectivamente. A contaminação por minerais foi significativa (P<0,05) para cinzas, P e Na...

Avaliação in vitro da microinfiltração na interface selante/esmalte sob a influência de contaminação, emprego de "primer" e tipo de selante

CIAMPONI,Ana Lídia; FEIGAL,Robert Jon; SANTOS,José Fortunato Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1998 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
Este estudo avaliou, in vitro, a microinfiltração na interface selante/esmalte sob a influência de contaminação do meio (saliva), emprego de "primer" (Tenure - Den-Mat) e tipo de selante (Concise Light Cured White Sealant - 3M; Fluroshield - Caulk/Dentsply). Os resultados foram obtidos a partir de medidas lineares, utilizando um sistema computadorizado de imagens digitalizadas (IMAGE PLUS). Pôde-se concluir que a contaminação salivar e a utilização de "primer" atuaram de maneira diversa nas diferentes etapas do procedimento clínico; os selantes comportaram-se de maneira semelhante quando submetidos às mesmas condições; o emprego do "primer" favoreceu o escoamento do selante Fluroshield (Caulk/Dentsply) nos sulcos e pôde ser observado maior número de bolhas com esse material.

Colagem ortodôntica em esmalte com presença ou ausência de contaminação salivar: é necessário o uso de adesivo auto-condicionante ou de adesivo hidrofílico?

Rosa,Cristiane Becher; Pinto,Roberto Amarante Costa; Habib,Fernando Antonio Lima
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
47.28%
OBJETIVO: o objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência ao cisalhamento da colagem ortodôntica de um adesivo hidrofílico (Transbond Moisture-Insensitive Primer, 3M Unitek, Monrovia, Califórnia), de um adesivo auto-condicionante (Transbond Self-Etching Primer, 3M Unitek, Monrovia, Califórnia), e sem uso de adesivo, em superfícies de esmalte secas ou contaminadas por saliva. METODOLOGIA: incisivos bovinos (60) foram divididos em 6 grupos: (1) controle sem contaminação salivar (sem adesivo), (2) controle com contaminação salivar (sem adesivo), (3) adesivo auto-condicionante sem contaminação salivar, (4) adesivo auto-condicionante com contaminação salivar antes do adesivo, (5) adesivo hidrofílico sem contaminação salivar e (6) adesivo hidrofílico com contaminação salivar antes do adesivo. Braquetes metálicos foram colados com compósito (Transbond XT, 3M Unitek, Monrovia, Califórnia). Após a colagem, os corpos-de prova foram armazenados a 37±1ºC em ambiente úmido até a realização do teste de cisalhamento. Diferença estatística foi determinada com valor de probabilidade de 0,05 ou menos (p < 0,05). RESULTADOS: em esmalte sem contaminação foram encontrados resultados semelhantes entre o controle (1) e o adesivo auto-condicionante (3)...

Bond strength of a pit-and-fissure sealant associated to etch-and-rinse and self-etching adhesive systems to saliva-contaminated enamel: individual vs. simultaneous light curing

GOMES-SILVA, Jaciara Miranda; TORRES, Carolina Paes; CONTENTE, Marta Maria Martins Giamatei; OLIVEIRA, Maria Angélica Hueb de Menezes; PALMA-DIBB, Regina Guenka; BORSATTO, Maria Cristina
Fonte: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Publicador: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.6%
This study evaluated in vitro the shear bond strength (SBS) of a resin-based pit-and-fissure sealant [Fluroshield (F), Dentsply/Caulk] associated with either an etch-and-rinse [Adper Single Bond 2 (SB), 3M/ESPE] or a self-etching adhesive system [Clearfil S3 Bond (S3), Kuraray Co., Ltd.] to saliva-contaminated enamel, comparing two curing protocols: individual light curing of the adhesive system and the sealant or simultaneous curing of both materials. Mesial and distal enamel surfaces from 45 sound third molars were randomly assigned to 6 groups (n=15), according to the bonding technique: I - F was applied to 37% phosphoric acid etched enamel. The other groups were contaminated with fresh human saliva (0.01 mL; 10 s) after acid etching: II - SB and F were light cured separately; III - SB and F were light cured together; IV - S3 and F were light cured separately; V - S3 and F were light cured simultaneously; VI - F was applied to saliva-contaminated, acid-etched enamel without an intermediate bonding agent layer. SBS was tested to failure in a universal testing machine at 0.5 mm/min. Data were analyzed by one-way ANOVA and Fisher's test (α=0.05).The debonded specimens were examined with a stereomicroscope to assess the failure modes. Three representative specimens from each group were observed under scanning electron microscopy for a qualitative analysis. Mean SBS in MPa were: I-12.28 (±4.29); II-8.57 (±3.19); III-7.97 (±2.16); IV-12.56 (±3.11); V-11.45 (±3.77); and VI-7.47 (±1.99). In conclusion...

Efeito da contaminação salivar e do tempo de recondicionamento ácido na resistência da união ao cisalhamento de um selante de fóssulas e fissuras; Effect of saliva contamination and re-etching time on the shear bond strength of a pit and fissure sealant

Correr, Gisele Maria; Caldo-Teixeira, Angela S.; Alonso, Roberta Caroline Bruschi; Puppin-Rontani, Regina Maria; Sinhoreti, Mário Alexandre Coelho; Correr-Sobrinho, Lourenço
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia de Bauru
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2004 ENG
Relevância na Pesquisa
66.83%
O propósito deste estudo foi avaliar o efeito do tempo de contaminação salivar (TCS) e de recondicionamento ácido (TRA) na resistência da união ao cisalhamento (RC) do selante Fluroshield. Foram selecionados 45 terceiros molares. Os dentes foram seccionados no sentido mésio-distal e suas superfícies foram lixadas até a obtenção de uma área plana em esmalte. Em seguida, as amostras foram distribuídas aleatoriamente em 9 grupos (n=10), em função do TCS e TRA (segundos), respectivamente: G1 - controle; G2 - 30 e 0; G3 - 60 e 0; G4 - 30 e 2; G5 - 30 e 5; G6 - 30 e 15; G7 - 60 e 2; G8 - 60 e 5; G9 - 60 e 15. Em seguida, foi realizada a aplicação do selante de acordo com as instruções do fabricante. Os corpos-de-prova obtidos foram armazenados em água destilada a 37ºC por 72 horas, e então submetidos ao ensaio de cisalhamento à velocidade de 0,5mm/min. Os resultados foram submetidos à análise de variância (ANOVA), e indicaram que não houve diferença estatística significativa (p>;0,05) entre todos os grupos. Observou-se que: 1 - quanto maior o TCS, menores os valores de RC (MPa); 2- quanto maior o TRA, maior o valor de RC (MPa). Pôde-se concluir que houve uma tendência para o menor TCS (30s) e os maiores TRA (5 e 15s) em retornar aos valores de RC do grupo controle.; The aim of this study was to evaluate the effect of saliva contamination (SCT) and re-etching time (RET) on the shear bond strength (SBS) of the Fluroshield sealant. Forty-five extracted third molars were sectioned and flattened until reach an enamel surface area. Then...