Página 1 dos resultados de 1 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Imagem mediática dos consumos: Mediação do jornalismo de mercado na construção social dos estilos de vida

Henriques, Susana
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
A presente investigação centra-se na forma como os meios de comunicação social expressam e constituem os consumos e os estilos de vida nas sociedades contemporâneas. Com a fusão entre publicidade e programação, os limites entre aquilo que é material publicitário e não publicitário tornam-se bastante fluídos. Assim, no jornalismo de mercado a tradicional fórmula que separava o conteúdo dos média (entretenimento, informação e educação) da publicidade (mensagem de venda) é substituída por outra em que a própria publicidade pode ser vista como entretenimento e informação, tal como a normal programação dos média. Esta natureza híbrida está presente nos artigos em análise. A perspectiva de análise adoptada foi enformada e informada pelo conceito de mediação que traduz a relação dinâmica, entre os média e os seus públicos, na reprodução e produção de sentido em torno das temáticas dos consumos e estilos de vida Tomamos como referente empírico 1105 notícias da imprensa portuguesa, recolhidas entre 2004 e 2005, nos jornais e revistas de informação generalista de maior circulação. Sendo o consumo uma actividade central e estruturante das sociedades actuais, revela traços constitutivos da sua organização. O presente estudo permitiu identificar alguns desses traços a partir das dimensões de análise definidas – “cuidados corporais”; “dietas e alimentos”; “substâncias”; “lazer”; “ícones”; “metareflexividade”. Concluímos que as sociedades contemporâneas têm vindo a estimular novas exigências nos consumidores...