Página 1 dos resultados de 90 itens digitais encontrados em 0.058 segundos

O estudo do comportamento do consumidor de bens de luxo : os determinantes da atitude face ao luxo

Souza, Anne Tess Guimarães Araújo de
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.27%
De entre os diversos estudos que influenciam o marketing, uma das ramificações que se encontra em vias de desenvolvimento é o estudo do comportamento dos consumidores de produtos de luxo. Procurar entender este ambiente de luxo, envolve não apenas a compra de produtos caros mas também outros fatores relacionados diretamente com a história e cultura de uma marca. As estratégias empresariais de luxo encontram-se cada vez mais adaptadas ao mercado consumista, isto é, executando novas estratégias para a fidelização de clientes. A presente investigação possui como objetivo o estudo do comportamento do consumidor de bens de luxo, bem como os determinantes da atitude destes face ao mesmo. Pretende-se identificar quais são os impactos da intenção de compra na perceção do luxo e na atitude face ao luxo, assim como os seus antecedentes que possuem significância para este consumidor. Para atingir este objetivo, efetuou-se uma revisão de literatura académica sobre a temática. A presente investigação consistiu num estudo empírico, utilizando metodologia quantitativa e descritiva, não-probabilística. Através da aplicação de 409 inquéritos a consumidores de bens de luxo franceses e brasileiros, o resultado da análise dos questionários revelou a existência de comportamentos diferentes mas...

As territorialidades do comércio de artigos de luxo na cidade de São Paulo: uma atividade milionária; The territoriality of trade in luxury goods city of São Paulo: a millionaire activity

Rezende, Jeferson Hugo Pacheco de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
96.27%
Entre 2007 e 2012 a indústria de bens de luxo, no contexto nacional dobrou e tamanho, movimentando mais de US$ 20 bilhões em 2012, sendo que São Paulo é a cidade brasileira com a maior "concentração destas atividades. Abordada por Pierre George na década de 1950, esta temática, assim como as discussões sobre Geografia do Comércio, se fizeram pouco presente durante a segunda metade do século XX, o que começou a mudar a' partir da década de 1990. Com a chegada do século XXI e a intensificação do processo de globalização acompanhadas de mudanças no modelo. produtivo, é possível observar um maior protagonismo do Consumo em relação à produção; possibilitando o surgimento de novas terrilorialidades adequadas para a realização destas novas funções urbanas. O presente, trabalho se propõe a discutir e analisar os processos que conformam os territórios que serviram de base material para. a comercialização de bens e serviços de luxo na cidade de São Paulo neste período (1913-.2014). O luxo, um tema plural e multifacetário, exigiu desta dissertação de mestrado uma interpretação interdisciplinar,e a combinação de distintas teorias inerentes à ciência geográfica para sua concepção, respaldados pelo método de pesquisa qualitativo...

Identidade e imagem das marcas de moda de luxo : um estudo sobre a Louis Vuitton

Martins, Andrezza Mastiguim de Paula
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
86.26%
O luxo pressupõe uma hierarquia social e a moda serve como ferramenta para aplicação desta distinção. A maneira como a pessoa se veste reflete a sua personalidade, posição econômica e social. A posse de bens de luxo serve para diferenciá-la daqueles que não podem consumi-los e a marca, como referência para o usuário. A transformação das marcas de moda de luxo de pequenos negócios familiares para empresas com presença mundial, aumentou o nível de competitividade entre elas, levando-as a ampliação dos seus mercados. O Brasil, junto a outros países emergentes, figura como mercado chave neste crescimento. O mercado de luxo vem despertando a atenção do meio acadêmico. A presente dissertação tem o objetivo de estudar a identidade e a imagem da Louis Vuitton, marca líder deste mercado no mundo, e assim contribuir para o avanço deste estudo. O estudo valeu-se de pesquisa exploratória qualitativa e utilizou uma amostra de profissionais e consumidores de marcas de moda de luxo, com três fontes de evidência: consulta a publicações relacionadas ao tema, entrevistas em profundidade e observação sistemática. Os resultados apontam para características que definem o comportamento do consumidor de luxo em relação às marcas de moda de luxo internacionais e os fatores que os levam a preferi-las ou rejeitá-las. Também evidencia diferenças entre a identidade e a imagem da Louis Vuitton no Brasil...

Do bom e do melhor: o consumo de bens de luxo por uma nova classe

Souza, Daniele Soutilha de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.47%
A classe média brasileira apresentou um grande crescimento nos últimos anos representando 52% da população do país. Justamente devido a este fenômeno, surgiu o interesse nesta pesquisa que está focada em mulheres residentes no Rio de Janeiro. Podem ser observadas pesquisas recentes na área de marketing acerca dos hábitos de consumo desta classe, principalmente devido ao aumento do seu poder aquisitivo, porém pouco foram exploradas as particularidades dos diversos grupos dentro desta grande massa e de como se comportam em universos antes originários e característico das elites sociais, como o dos bens de luxo. A presente pesquisa tem o objetivo de contribuir para uma exploração mais detalhada acerca desta população. A fim de se observar a produção de conhecimento e o processo de construção de identidade das mulheres pesquisadas, o tema abordado foi o consumo de objetos de luxo. Três categorias se apresentam relevantes: Luxo, Luxo no Dia a Dia e Sonho de Consumo, que trazem informações distintas e complementares para melhor compreensão do grupo analisado. Apesar das teorias tradicionais de luxo apresentarem o status social, a diferenciação e o hedonismo como principais motivos do consumo destes objetos...

Luxo e consumo consciente : eles são realmente paradoxais? Um estudo sobre o comportamento de consumo de consumidoras de luxo brasileiras e portuguesas.

Bruno, Ana Carolina de Pierro
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.52%
Consumir luxo é geralmente uma atividade individualista, baseada em propósitos hedonistas e de diferenciação. O consumo consciente, por outro lado, é estimulado por preocupações sociais e ambientais a respeito tanto do bem estar da sociedade atual como também das gerações futuras. Considerando apenas essas duas declarações, seria possível concluir que luxo e consumo conscientes são, então, paradoxais. No entanto, as motivações dos consumidores de luxo mostram um retrato diferente dessa realidade na qual é possível integrar luxo e consumo consciente. Esta pesquisa exploratória descreve o comportamento de consumo de consumidoras de luxo brasileiras e portuguesas e suas atitudes em relação ao consumo consciente. Foram realizadas 11 entrevistas com jovens brasileiras e 8 com jovens portuguesas para entender a sua preocupação social e ambiental ao consumir produtos de luxo e as semelhanças e diferenças entre consumidoras de ambos os países. Essa análise intercultural mostrou que as consumidoras brasileiras se preocupam mais com o status ao consumir produtos de luxo, enquanto as portuguesas tendem a ser mais discretas. Além disso, embora ambas comprem produtos de luxo em quantidades pequenas e os usem por vários anos...

O comportamento do consumidor de marcas de luxo : hábitos de consumo do adulto jovem de Porto Alegre

Garcia, Juliana de Macedo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.42%
Este trabalho apresenta um estudo sobre o comportamento do consumidor de luxo, dando enfoque aos hábitos de consumo do adulto jovem classe A de Porto Alegre. Para tanto, é necessário um aprofundamento no conceito de Comportamento do Consumidor, através do teórico Solomon (2008), sendo complementado por Strehlau (2008) quando os hábitos do consumidor de luxo são abordados. A origem do luxo e a importância de seu significado é apresentada, tendo como base Lipovetsky e Roux (2005), seguidos por Allèrés (2000) e Aaker (1998), que foram utilizados para auxiliar a contextualização do nascimento da marca e sua importância hoje, bem como sua relação com os produtos de luxo. Como metodologia, utilizou-se a pesquisa qualitativa, de caráter exploratório, com entrevistas de profundidade, no intuito de verificar quais os agentes indicadores de consumo de produtos de luxo do adulto jovem de Porto Alegre, buscando entender quais fatores influenciam diretamente em seu comportamento de compra.; This research presents a study about the luxury consumers behavior, focusing in young adults from A class consumer habits, situated in Porto Alegre. For that, it’s necessary to make a profound study of the concept of the Consumer Behavior...

Do consumo de luxo à demonstração do laço afetivo : a nova face do casamento

Fontoura, Luciane de Deos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.29%
Este trabalho apresenta um estudo sobre o comportamento do consumidor de luxo, dando enfoque aos desejos relacionados ao casamento através de pesquisa exploratória com noivas, classe A. Diversos agentes indicadores serão explorados, como características simbólicas, contexto social e conjunto de representações. Para a compreensão entre amor e expectativas em torno do casamento será explorado a teórica Zordan (2003). A origem do luxo e a importância de seu significado são apresentadas, tendo como base Lipovetsky (2005), seguidos por Castarède (2005). O aprofundamento no conceito de Comportamento do Consumidor, assim como conceitos relacionados a grupos de impulsos serão apresentados analisados. Como metodologia, utilizou-se a pesquisa exploratória, com entrevistas de profundidade, no intuito de verificar quais os agentes indicadores no consumo de produtos e serviço de casamento de luxo, buscando entender quais fatores influenciam diretamente em suas tomadas de decisão.

A experiência do consumo de luxo : um estudo sobre os sentimentos despertados nas consumidoras

Frasson, Marcela Serro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.48%
A presente dissertação aborda o comportamento do consumidor em um segmento de mercado que vem se destacando ao longo das últimas décadas: o dos produtos de luxo. Levando em consideração a importância dos sentimentos para o entendimento do comportamento do consumidor e tendo em vista que até o presente momento poucos estudos em consumo de luxo se dedicaram exclusivamente a este assunto, o objetivo desta dissertação foi o de compreender as consequências do consumo de luxo para as consumidoras, com foco nos sentimentos despertados pelo consumo. Como método de pesquisa, optou-se pela realização de um estudo exploratório, que valeu-se da utilização de entrevistas em profundidade combinadas com a técnica de autodriving, através da suscitação por fotos e objetos. Foram entrevistadas 22 consumidoras de produtos de luxo com idades entre 22 e 60 anos. O foco das entrevistas recaiu sobre as seguintes categorias de artigos de luxo: joalheria, vestuário, acessórios, perfumaria e cosméticos. Nas entrevistas, foram identificados 111 diferentes tipos de sentimentos resultantes do consumo de luxo, que foram posteriormente agrupados em 10 categorias: sentimentos relativos ao prazer, sentimentos relativos ao afeto, sentimentos relativos à distinção...

A marca Chanel como objeto de desejo e de consumo

Giordani, Luiza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.18%
Este estudo visa compreender as razões que fazem com que a marca Chanel seja objeto de desejo e de consumo, buscando esse entendimento no comportamento de consumidoras e não consumidoras da marca. Para realização desta pesquisa, primeiramente apresenta-se um referencial teórico sobre consumo, marcas, como se dá o relacionamento entre o consumidor e a marca, sobre marcas e o consumo de luxo. Posteriormente, aborda-se o histórico da Chanel, desde sua origem, apresentando uma breve biografia de sua fundadora, Gabrielle Chanel, passando pela história da marca, chegando até o contexto da marca. Após a contextualização sobre o universo da marca, foram desenvolvidos dois métodos de análise para verificar a questão de pesquisa a partir de ferramentas quantitativa e qualitativa. As principais conclusões inferem que, na amostra analisada, a Chanel é objeto de desejo por seu status e objeto de consumo em função do estilo pessoal das entrevistadas. A marca é objeto de desejo e de consumo por conhecida qualidade.; This study aims to understand the reasons that make the Chanel brand become an object of desire and consumption, seeking an understanding of this behavior in female consumers and non-consumers of the brand. For this research...

Moda de luxo e sustentabilidade : o caso da OSKLEN; Moda de luxo e sustentabilidade : o caso da OSKLEN

Cortes, Lisane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.15%
O mercado de luxo no Brasil ganha cada vez mais consumidores por consequência do aumento do poder de compra da população, resultado de uma economia aquecida. No entanto, o consumo também traz preocupações relacionadas a sustentabilidade socioambiental. Diversas marcas já estão agindo de uma maneira mais consciente, fomentando projetos focados no tema ou utilizando produção mais limpa. Este estudo tem como objetivo analisar de que maneira os consumidores enxergam essas ações sustentáveis e de que forma essas atitudes por parte da marca podem influenciar no processo de tomada de decisão de compra. Para tanto, o método de estudo de caso foi utilizado e a marca Osklen foi escolhida para representar as marcas do setor da moda de luxo adeptas a ações sustentáveis. Também com a finalidade de responder à pergunta proposta, os consumidores da marca foram entrevistados e as análises das respostas foram realizadas. Foi possível observar que esses clientes da marca tendem a gostar das práticas que beneficiam o meio ambiente e o meio social e que os produtos sustentáveis da Osklen são bem aceitos, desde que nesses artigos outras características também estejam presentes, como qualidade, design e estilo.; The luxury market in Brazil is gaining more consumers as a consequence of the increase in the purchasing power of the population...

A Importância do brand love na explicação do consumo e relacionamentos com as marcas de luxo

Oliveira, Mafalda Filipa Baptista de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.43%
Dissertação de mestrado em Marketing e Estratégia; O estudo dos relacionamentos que os consumidores estabelecem com as marcas de luxo implica o reconhecimento e compreensão dos significados que estes trazem para as suas vidas, aquando do seu envolvimento no consumo simbólico. Surge, assim, como natural estabelecer uma relação entre o conceito de relacionamento com a marca de luxo e o conceito de brand love. Ao analisar os relacionamentos do consumidor com a marca, duas categorias de consumo são considerados: o consumo público e o consumo privado. O presente trabalho tem por objetivo analisar em que medida o brand love permite explicar os relacionamentos que o consumidor e estabelece com as suas marcas de luxo favoritas. O estudo seguiu uma metodologia quantitativa, com recolha de informação através da aplicação de questionário a uma amostra de 216 consumidores. Os resultados indicaram que quando um consumidor adquire uma marca de luxo, tende a fazê-lo devido à ligação sentida com a mesma; e que o consumo privado da marca de luxo é influenciado pela dimensão simbólica que ele lhe atribui.; The study of relationships that consumers develop with luxury brands requires both the recognition and understanding of the meanings that luxury brands bring to their lives...

Internacionalização de marcas de luxo para o mercado chinês

Magalhães, João Carlos de Martins
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 02/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
86.25%
Com o objetivo de continuar o processo de internacionalização das suas marcas e, detendo no seu portfólio uma marca denominada de luxo, foi-nos proposto para a investigação por parte da Menina Design Group, Lda. o seguinte tema: “Internacionalização de marcas de luxo para o mercado chinês”. O principal objetivo é obter respostas relativamente às duas questões de investigação: ‹‹É a Boca do Lobo uma marca de luxo?›› e ‹‹Quais as diretrizes de internacionalização para o mercado chinês?››. O action research é o método utilizado neste trabalho complementado por uma revisão da literatura atual. Os resultados do estudo indicam diferenças significativas entre as características apresentadas pelas marcas de luxo, os seus produtos e a sua gestão quando comparadas com a marca Boca do Lobo. Por outro lado, o mercado de luxo chinês está a crescer de forma acentuada nos últimos anos, revelando ser um mercado de presença obrigatória para marcas de luxo que desejem ter sucesso a nível global. Para uma marca como a Boca do Lobo, integrada numa organização com características de uma pequena e média empresa, o modo de entrada apropriado na China continental será através de exportação indireta...

Determinantes e consequentes da satisfação com as marcas de luxo

Almeida, Sílvia Maria Gomes de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.17%
O mercado das marcas de luxo internacionais, embora tenha assistido a crescimentos constantes nas últimas décadas, debate-se atualmente com um ambiente económico adverso que cada vez mais obriga as marcas a irem constantemente além no que toca a satisfazer e a tornar leais os seus consumidores. Este estudo desenvolveu e testou dois modelos estruturais para examinar os determinantes e os consequentes da satisfação com as marcas de luxo. A análise de confiabilidade, análise fatorial exploratória e regressões lineares foram as técnicas utilizadas para avaliar o modelo. Com base num questionário, e enquanto determinantes da satisfação, este estudo mostrou que o envolvimento contribui favoravelmente para a perceção dos valores funcionais, individuais e sociais no valor percebido da marca de luxo. O envolvimento, a qualidade percebida e os valores funcionais, sociais e individuais são importantes na criação de satisfação. No que concerne aos seus consequentes, a satisfação e o envolvimento influenciam o brand affect. A satisfação e o brand affect demonstraram ter efeitos no brand trust. Verificou-se que o brand trust tem impatos negativos sobre o brand risk. A lealdade é influenciada pelo brand trust e brand affect. As implicações para o marketing são discutidas.; Although the international market of luxury brands have been constantly growing in the last decades...

Marketing de Luxo

Cascais, Romeu
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.31%
A presente dissertação referente ao “marketing de luxo – estudo de caso múltiplo do sector de alfaiataria de luxo portuguesa”, tem como principal objetivo perceber as boas práticas utilizadas nesta área de atividade. A problemática da presente investigação reside na tentativa de obtenção de respostas para justificar os fatores críticos de sucesso inerentes à constituição de produtos/serviços de luxo, para tal, estruturou-se a dissertação em duas partes. Na primeira parte realizou-se a revisão da literatura relevante para o estudo de caso, culminando no modelo conceptual focado na gestão de marcas de moda de luxo e no comportamento de consumo de luxo. Na segunda parte o modelo conceptual é verificado empiricamente, através de um estudo de caso múltiplo realizado a três alfaiates portugueses. Da análise dos resultados obtidos através do cruzamento do modelo conceptual com a realidade empírica conclui-se:  Valorização da variável relacionada com a integridade do produto para a constituição de marcas de moda de luxo.  Existem indícios de uma relação entre o preço do serviço e a componente experiencial. Quanto mais elevado é o preço do serviço, maior é a relevância dada à componente experiencial.  A comunicação de marketing apresenta um carácter espontâneo e com pouca ponderação. Considera-se que o modelo conceptual apresentado poderá servir de ponto de partida para a realização de estudos futuros...

Marcas de luxo e comportamento de compra do consumidor

Madeira, Inês Dionísio
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
76.41%
Adquirir um produto de luxo é um estilo de vida, um mundo que alimenta a fantasia de cada um. Comprar um produto deste tipo é comprar emoção, em detrimento da razão pois, o consumidor está cada vez mais sensibilizado para procurar uma experiência que, baseada nos sentidos, lhe proporcione a total satisfação das suas necessidades, feita de uma forma exclusiva e diferenciada. A propensão para o consumo de luxo surge devido à simbologia inerente a este tipo de produtos, nomeadamente poder, riqueza e uma posição privilegiada de estatuto social. O luxo é isso mesmo: uma procura pelo reconhecimento social e pelo prazer pessoal. O consumidor de produtos de luxo é o principal divulgador da marca. Porém, as marcas de luxo precisam de estar em constante sintonia com o público-alvo, através de acções de fidelização, mesmo que a sua comunicação seja feita de uma forma selectiva. Tendo por base as teorias existentes sobre o luxo, procurou-se com este trabalho um maior entendimento sobre o comportamento de compra do consumidor de marcas de luxo e delimitaram-se dois grandes objectivos: por um lado, perceber quais os principais factores associados com os produtos de marcas de luxo valorizados pelos consumidores e, por outro...

A avaliaçao da extensão de marca de luxo : o caso das fragâncias em Portugal

Santos, Joana Catarina Coelho dos
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.41%
Mestrado em Ciências Empresariais; O mercado global de luxo tem testemunhado um crescimento incrível nos últimos 20 anos, prevendo-se que 2015 seja um ano de luxo, tanto em Portugal como a nível mundial. As marcas de luxo têm aplicado novas estratégias de marketing, como o uso de extensões de marca que se tornaram fundamentais para o modelo de negócio da maioria das marcas de luxo. Contudo, surpreendentemente existe uma escassez de pesquisas que têm investigado as extensões de marca no mercado de moda de luxo. Neste sentido, a presente investigação tem como intuito compreender as influências que determinam o consumo de fragrâncias por parte dos consumidores. Este estudo determina também se as fragrâncias são um sucesso de extensão de marca de luxo. Para tal, foram realizadas entrevistas em profundidade com clientes que consumissem fragrâncias de marcas de luxo, onde foi extraída informação de natureza qualitativa. Os resultados obtidos indicam que a fragrância é um produto fundamental de uso diário, que se tornou um hábito e que faz parte da identidade de uma pessoa. Os consumidores usam fragrâncias como um produto simbólico que expressa características para a identificação da sua pessoa, mas também são conjuntamente consumidas pelo seu valor funcional e...

Marcas de luxo em Portugal: o sucesso em contexto de crise económica

Pereira, Filipa Marques Serra
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.23%
Mestrado em Marketing; “O «Luxury Goods Worldwide Market Study» estima que as vendas globais aumentem 10% este ano, para 191 mil milhões de euros” in Diário Económico 2011/10/23. Portugal não é excepção. Surgem constantemente manchetes de jornais acerca do crescimento de mercado de luxo em contexto de crise. As razões que levam os consumidores a escolherem produtos de luxo são muitas e de diversas dimensões: financeira, funcional, individual e social. Além disso, o luxo hoje em dia pode tomar diversas formas desde o pronto-a-vestir exclusivo, às jóias e relógios, aos perfumes e maquilhagem, aos acessórios de moda, ao vinho e bebidas espirituosas, aos automóveis e até mesmo aos hotéis e turismo. O consumidor de luxo é uma pessoa informada, viajada e sofisticada. A oferta das empresas não basta ir ao encontro das suas necessidades, têm de o surpreender. No entanto, a explicação para o sucesso das marcas de luxo em Portugal não se baseia apenas na afluência constante de clientes com elevado poder de compra, mas principalmente no trabalho contínuo desenvolvido pelas marcas quer a nível de oferta de produtos inovadores e de qualidade, quer ao nível da relação com o cliente, desde o atendimento personalizado em loja...

Marcas de luxo e comportamento de compra do consumidor

Madeira, Inês Dionísio
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
76.41%
Adquirir um produto de luxo é um estilo de vida, um mundo que alimenta a fantasia de cada um. Comprar um produto deste tipo é comprar emoção, em detrimento da razão pois, o consumidor está cada vez mais sensibilizado para procurar uma experiência que, baseada nos sentidos, lhe proporcione a total satisfação das suas necessidades, feita de uma forma exclusiva e diferenciada. A propensão para o consumo de luxo surge devido à simbologia inerente a este tipo de produtos, nomeadamente poder, riqueza e uma posição privilegiada de estatuto social. O luxo é isso mesmo: uma procura pelo reconhecimento social e pelo prazer pessoal. O consumidor de produtos de luxo é o principal divulgador da marca. Porém, as marcas de luxo precisam de estar em constante sintonia com o público-alvo, através de acções de fidelização, mesmo que a sua comunicação seja feita de uma forma selectiva. Tendo por base as teorias existentes sobre o luxo, procurou-se com este trabalho um maior entendimento sobre o comportamento de compra do consumidor de marcas de luxo e delimitaram-se dois grandes objectivos: por um lado, perceber quais os principais factores associados com os produtos de marcas de luxo valorizados pelos consumidores e, por outro...

A contribuição da publicidade para a construção de marcas de luxo : estudo de caso da marca Louis Vuitton

Laybauer, Alexandre Dall' Onder
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.2%
Este trabalho estuda a contribuição da publicidade impressa para a construção da identidade de marcas do segmento de luxo, por meio do estudo de caso da marca Louis Vuitton. Este estudo trabalha com o conceito „luxo‟, que propõe características que são requisitos para a formação do caráter de luxo de algum bem. O modelo de Brand Equity, proposto por David Aaker, dá conta dos diversos ativos aos quais uma marca deve estar atenta para se tornar mais forte. A pesquisa também apresenta informações sobre a gestão da marca Louis Vuitton, bem como sobre o papel do discurso publicitário, e a sua importância na construção de identidade das marcas. Por meio deste estudo, estabeleceram-se categorias a serem aplicados na análise de conteúdo do corpus, que conta com 80 anúncios em revista e jornal da marca. Assim sendo, são colocados em pauta três noções: a das características próprias do luxo, os ativos do Brand Equity e a análise da aplicação destes conceitos no caso da marca Louis Vuitton. Busca-se, desta maneira, o entendimento de como o discurso publicitário contribui na auto-afirmação da marca Louis Vuitton no segmento de artigos de luxo e no fortalecimento de seu posicionamento em determinado segmento...

Consumo de luxo e a valorização da sociedade do espetáculo.

Souza, João Gabriel Diniz Nogueira de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.2%
Em uma sociedade formada por consumidores e principalmente, alimentada por consumidores, é percebida a construção da valorização do incoerente e da instabilidade como estratégias justas no mercado. O abissal não mais existe, a cultura atual é determinada por ofertas, negligenciando normas, deveres e até mesmo as relações interpessoais. Este trabalho visa expor como o social se rende ao espetáculo, evidenciando a obnubilação do pensamento crítico coletivo e demonstrando como o sujeito está consumindo desenfreada e alienadamente tudo que é considerado um símbolo de status. Pretende-se correlacionar a aquisição desenfreada de artigos de luxo com o empobrecimento das relações interpessoais identificadas nas obras de Debord, Fromm e Bauman, gerando uma análise crítica do consumismo na contemporaneidade. Foi perceptível na bibliografia analisada que os sujeitos do consumo terminam por conduzir sua vivência em torno de suas posses, o modo “ter” se configura como lei operante, e quando se aliena criticamente, deixa ser comandado pela sedução irônica do espetáculo. A relevância do tema engloba as mais diferentes áreas de atuação como, comportamento do consumidor, psicologia social, sociologia e filosofia...