Página 1 dos resultados de 75218 itens digitais encontrados em 0.019 segundos

Perceção dos utentes acerca da terapêutica medicamentosa prescrita após consulta médica e após dispensa na farmácia

Pinto, Isabel C.; Coelho, J.C.M.M.; Braga, Ana; Pereira, Paula; Cardoso, Tiffany
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
36.27%
A promoção do uso racional do medicamento é fundamental para assegurar a eficácia terapêutica e minimizar os riscos. É considerável o número de utentes que não compreende o tratamento prescrito, muitas vezes por ausência de informação verbal e/ou escrita aquando da consulta médica e dispensa na Farmácia, o que resulta em grandes dificuldades para uma correta terapia medicamentosa, levando à ineficácia do tratamento. Determinar a perceção do conhecimento sobre a terapêutica medicamentosa a realizar, após consulta médica e após dispensa na Farmácia, e identificar fatores relacionados. Este estudo transversal e descritivo-correlacional, obteve-se uma amostra de 150 utentes de centros de saúde e farmácias do norte de Portugal, 64,0% do sexo feminino e 36,0% do sexo masculino, com idades entre 18 e 90 anos (média de 57,1). foi aplicado um questionário de autopreenchimento, incluindo a escala de classificação da perceção do conhecimento (Frohlich, 2010). Na análise dos dados foi utilizada estatística descritiva e o teste t-Student, com nível de significância de 5%. A perceção do conhecimento sobre a terapêutica medicamentosa dos utentes é insuficiente tanto após dispensa na farmácia (70,7%) como após a consulta médica (70...

Caracterização da consulta aguda dos agrupamentos dos centros de saúde do Baixo Vouga I, II e III

Pinto, Maria da Piedade Dias Fernandes
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
Os cuidados de saúde primários são considerados o primeiro nível de acesso dos cidadãos aos cuidados de saúde. Estes serviços, além de atenderem os doentes em consultas programadas, também têm como missão o atendimento das situações agudas, não urgentes. Para responder a estes episódios agudos, foram criadas nos cuidados de saúde de saúde primários consultas específicas. O objetivo desta investigação foi caracterizar os locais de consulta dos cuidados de saúde primários na sua capacidade de resposta às situações de doença, bem como caracterizar os utilizadores dessa consulta. O suporte metodológico foi uma abordagem quantitativa, num estudo descritivo. Os 10 locais estudados pertencem aos Agrupamentos de Centros de Saúde do Baixo Vouga I, II e III. Foram analisados 70 488 episódios da consulta aguda, ocorridos em 2011 e aplicados dois questionários: um, a 150 médicos e enfermeiros que exercem funções nesses locais de consulta aguda, o outro, aos responsáveis dos ACES de cada consulta aguda. O resultado do teste de hipóteses comprovou existirem diferenças entre os três ACES. Os ACES BV I e BV III servem maior proporção de mulheres e populações tendencialmente mais velhas, os ACES BV I e BV II têm mais doentes que pertencem ao concelho. O ACES BV II foi frequentado em maior proporção por motivos de doença e o destino dos doentes em maior percentagem foi a alta. Comprovou-­‐se não existirem diferenças estatisticamente significativas nos profissionais...

Do corredor ao consultório : diversidade e multifuncionalidade da consulta de enfermagem na Atenção Básica de Porto Alegre - RS

Porto, Graziela Beck
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.25%
Este estudo descreve e analisa o universo da Consulta de Enfermagem (CE) desenvolvida por enfermeiras da Rede de Serviços de Atenção Básica de Saúde de Porto Alegre. Foram analisados 95 serviços de saúde de diferentes origens institucionais como: Unidades de Saúde; Unidades de Saúde da Família; Ambulatórios e Centros de Saúde; Unidades Particulares/Conveniadas e Unidades Mistas, localizadas em diferentes regiões do município de Porto Alegre. O número total de enfermeiras que aceitaram participar foi de 127, correspondendo a 80,9% da população das que atuam na Atenção Básica. Entre os objetivos constam descrever o universo dessa prática assistencial considerando concepções e métodos, o perfil das enfermeiras e sua inserção nos serviços de Atenção Básica de Saúde. O delineamento deste estudo é exploratório e descritivo, transversal, com abordagem analítica quanti-qualitativa. A coleta de dados baseou-se em um formulário e um guia de entrevistas. Revelou um universo heterogêneo, diversificado e multifuncional em relação à prática da CE pelas enfermeiras no cotidiano dos serviços de saúde. Dentre elas, 85,8% das entrevistadas desenvolvem CE, evidenciando essa prática como central na sua atuação profissional. A atuação na CE influencia e é influenciada pelas interações de trabalho; pela composição das equipes de saúde; pelo local de realização da consulta; pelas demandas assistenciais; pelas estratégias de acesso dos usuários ao serviço; pelas exigências e protocolos institucionais através de programas de saúde pública e acolhimento...

Revisão integrativa sobre a consulta de enfermagem : enfoques das abordagens e modelagens de educação em saúde evidenciadas

Oliveira, Aline
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.33%
Este estudo teve como objetivo conhecer que enfoques tem orientado as abordagens sobre a consulta de enfermagem apresentadas em periódicos científicos da área nos últimos cinco anos e que modelagens de educação em saúde podem ser identificadas nas experiências de consulta de enfermagem abordadas nestes periódicos. O estudo foi realizado através do método da revisão integrativa, no qual foram pesquisados artigos com a palavra-chave “consulta de enfermagem” no site da Bireme, procurando-se captar a totalidade de artigos que abordassem a consulta de enfermagem. Resultaram desta busca 33 artigos, os quais constituem a amostra deste trabalho. Para análise e discussão dos resultados, os artigos foram categorizados de acordo com seus objetivos, metodologias, referenciais teóricos, resultados, conclusões e recomendações. A partir da análise desses dados foram determinados os enfoques que embasaram as abordagens da consulta de enfermagem que são: o filosófico, o educacional, o biomédico, o metodológico e o avaliativo. As modelagens de educação em saúde evidenciadas nas experiências de consulta abordadas foram, na grande maioria, tradicionais. A análise dos artigos sugere que as questões sobre a consulta de enfermagem que mais preocupam os profissionais tem a ver com a dimensão preventiva e terapêutica das ações realizadas neste contexto...

Consulta de enfermagem ampliada : possibilidades de formação para a prática da integralidade em saúde

Machado, Maria Luiza Paz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.27%
Estudo qualitativo, do tipo participante, desenvolvido com oito alunos matriculados na disciplina Enfermagem no Cuidado ao Adulo II do currículo do Curso de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. As informações foram coletadas por meio de grupo focal, diários de campo e análise documental. Abordam-se os limites que o ambulatório hospitalar apresenta para o ensino/prática da consulta de enfermagem (CE) na perspectiva da integralidade em saúde. Tais limites são de ordem temporal, ambiental e protocolar e estão relacionados aos modos como a instituição, cenário do estudo, se organiza para ofertar o cuidado em saúde. A metodologia propôs a diversificação do cenário de ensino/cuidado da CE tradicional, aí incluindo os espaços de vida dos usuários, denominando esta intervenção de consulta de enfermagem ampliada. A ampliação teve a finalidade de buscar superar os limites do contexto hospitalar, possibilitando exercícios de praxis com base no cotidiano dos usuários. O estudo objetivou “analisar o potencial da consulta de enfermagem para a formação de enfermeiros para a prática da integralidade em saúde, considerando as experiências discentes em um cenário ampliado de cuidado”. A análise evidenciou que os participantes percebem na formação vigente limites para o aprendizado da integralidade...

Consulta de enfermagem ambulatorial e diagnósticos de enfermagem relacionados a características demográficas e clínicas; Consulta en ambulatorio y diagnostico de enfermería relacionados con las características demográficas y clínicas; Outpatient nursing consultation and nursing diagnoses related to demographic and clinical characteristics

Franzen, Elenara; Scain, Suzana Fiore; Záchia, Suzana de Azevedo; Schmidt, Maria Luiza; Rabin, Eliane Goldberg; Rosa, Ninon Girardon da; Menegon, Dóris Baratz; Santos, Luciana Batista dos; Heldt, Elizeth Paz da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.25%
Trata-se de um estudo que verificou a relação entre as características demográficas e clínicas com os diagnósticos de enfermagem definidos durante a consulta com enfermeira em ambulatório de um hospital geral. É um estudo transversal, que avaliou 237 consultas de enfermagem de pacientes atendidos no Programa de Saúde da Mulher (46 em enfermagem obstétrica e 24 em enfermagem em mastologia) e 167 no Programa de Educação em Diabetes Melito. Foram identificados 49 diagnósticos de enfermagem. Os mais frequentes no programa de saúde da mulher foram: Conhecimento deficiente, Conforto prejudicado, Integridade tissular prejudicada e Ansiedade. No programa de educação em diabetes: Controle ineficaz do regime terapêutico e Nutrição desequilibrada: mais do que as necessidades corporais. Foi encontrada associação significativa entre os diagnósticos mais frequentes com determinadas características demográficas e clínicas. Os resultados confirmaram que a identificação dos diagnósticos de enfermagem durante a consulta pode propiciar acurácia nos focos de cuidado ambulatorial.; El objetivo de este estudio fue verificar la relación entre las características demográficas y clínicas con diagnósticos de enfermería definidos durante la consulta con una enfermera en un ambulatorio de un hospital general. Este es un estudio transversal que evaluó 237 consultas de enfermería de los pacientes atendidos en el Programa de Salud de la Mujer (46 en enfermería obstétrica y 24 en enfermería en mastología) y 167 en Programa de Educación en Diabetes Mellitus. Se identificó un total de 49 diagnósticos de enfermería. Los más frecuentes en el Programa de Salud de la Mujer fueron: Déficit de conocimientos...

Tempo decorrido desde a última consulta : análise de um modelo

Mourão, Paulo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 03/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.27%
Objetivo: Os objetivos deste artigo são dois: I) Desenvolver um modelo que caracterize a distribuição da variável “tempo decorrido desde a última consulta médica” e II) testar empiricamente esse modelo. Métodos: Para desenvolver o modelo teórico, recorrerá a uma demonstração de natureza estatística. Para testar o modelo teórico serão usados os dados da “Encuesta Nacional de Espana” de 2006, referentes ao gênero feminino. Resultados: Os resultados alcançados mostram que a distribuição do tempo decorrido desde a última consulta médica segue uma distribuição de Poisson. Empiricamente, foi validada essa conclusão e adicionalmente verificou-se que algumas condicionantes aumentam a probabilidade de uma mulher espanhola recorrer a consulta médica, nomeadamente, a situação de inatividade, a residência em lugares de menor densidade e idade superior. Conclusão: O trabalho conclui que o tempo decorrido desde a última consulta médica, seguindo uma distribuição de Poisson, revela implicitamente que a ida a uma consulta é ainda encarada como um fenômeno raro para as mulheres na Espanha. Cruzando esta evidência com os resultados, salienta-se que maior razão de clínicos por população, maior disponibilidade temporal de cada mulher (sobretudo em situações de inatividade laboral) e maior conhecimento pessoal poderão levar a maior uso das consultas médicas...

Consulta de enfermagem de saúde mental e psiquiátrica em contexto domiciliário

Gaspar, Elsa Maria Martins
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 30/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.29%
O presente relatório pretende traduzir o percurso formativo que desenvolvi no âmbito do Mestrado em Enfermagem de Natureza Profissional na Área de Especialização em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica. Deste percurso faz parte a componente curricular e a sua aplicação ao estágio que realizei, na Unidade Comunitária de Cuidados Psiquiátricos de Odivelas, local onde exerço funções e onde tive oportunidade de dar início a uma nova abordagem de Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria – sistematizar a consulta de enfermagem de saúde mental psiquiátrica em contexto domiciliário. De modo a tornar exequível a sistematização desta consulta, estabeleci como estratégia organizar duas fases importantes neste processo: A primeira relativa ao planeamento, que decorreu no módulo I do estágio e a segunda que decorreu no módulo III e visou a implementação da consulta de enfermagem de saúde mental psiquiátrica no domicílio. No que diz respeito ao planeamento desta consulta foi importante efectuar o diagnóstico de situação, desenvolver um conjunto de instrumentos de apoio e orientação para a consulta e desenvolver estratégias de articulação efectivas com outras estruturas da comunidade. Quanto à implementação da mesma foi útil mobilizar os instrumentos elaborados no momento do planeamento e dinamizar a rede de articulação como forma de apoiar o utente e família com necessidades em saúde mental. Para avaliar a implementação da consulta de enfermagem de saúde mental psiquiátrica no domicílio auscultei a satisfação dos utilizadores desta consulta operacionalizada em quatro dimensões acessibilidade...

Crenças infantis sobre a consulta médica e a intervenção da criança na consulta : consulta de pediatria : perspectiva da criança

Sousa, Ana Cristina Macedo Correia de
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.37%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013; Esta dissertação apresenta um estudo qualitativo e observacional que tem como objetivo principal explorar as crenças infantis em relação à consulta de pediatria e estudar a intervenção da criança durante a consulta. A amostra é constituída por 21 crianças com idades compreendidas entre os 5 e os 10 anos, que frequentam a consulta de pediatria. Para obter-se dados sobre as crianças da amostra e a consulta da criança, usou-se o questionário demográfico e de informações relativa a questões médicas e da consulta. Como metodologia de exploração das crenças da criança em relação à consulta utilizouse uma entrevista semi-estruturada, cujas questões de orientação foram definidas de acordo com as dimensões em estudo e com a revisão de literatura. Para analisar a intervenção da criança no decorrer da consulta usou-se a gravação em vídeo e áudio. Os dados obtidos foram analisados e interpretados segundo uma análise de conteúdo. Os resultados demonstram que poucas crianças sabem o motivo da consulta e que a consulta...

Caraterização do acesso ao Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE : análise do acesso e da utilização da consulta externa e da urgência do Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE

Sousa, Rafaela Rosa de
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.25%
RESUMO - Introdução: As alterações verificadas no dimensionamento e na redistribuição da rede de prestação de cuidados hospitalares, nomeadamente no que confere à reorganização das áreas de influência, e, cumulativamente, à abertura do Hospital Beatriz Ângelo, tornam evidente a necessidade de se analisar o acesso e a utilização da consulta externa e da urgência, antes e depois destas alterações. Objetivo: Este trabalho de investigação tem como principal objetivo analisar o acesso e a utilização da consulta externa e da urgência do Centro Hospitalar Lisboa Norte e verificar a evolução desse mesmo acesso, no período de 2010 a 2013. Material e Métodos: Estudo descritivo que visa determinar a frequência e a distribuição dos episódios de Consulta Externa e de Urgência do Centro Hospitalar Lisboa Norte. Foram considerados todos os episódios de consulta externa (3785579 episódios) e de urgência (1140052 episódios) ocorridos entre 1 de janeiro de 2010 e 31 de dezembro de 2013. Resultados: Entre 2010 e 2013, verificou-se o aumento de +2,3% no número de primeiras consultas e de +5%, em consultas subsequentes. As especialidades médicas com maior afluência são Oftalmologia, Dermatologia I, Pediatria e Otorrinolaringologia I. Observou-se...

Tempo decorrido desde a última consulta: análise de um modelo estatístico aplicado ao caso das mulheres na Espanha

Mourão,Paulo Reis
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.27%
OBJETIVO: Os objetivos deste artigo são dois: I) Desenvolver um modelo que caracterize a distribuição da variável "tempo decorrido desde a última consulta médica" e II) testar empiricamente esse modelo. MÉTODOS: Para desenvolver o modelo teórico, recorrerá a uma demonstração de natureza estatística. Para testar o modelo teórico serão usados os dados da "Encuesta Nacional de Espana" de 2006, referentes ao gênero feminino. RESULTADOS: Os resultados alcançados mostram que a distribuição do tempo decorrido desde a última consulta médica segue uma distribuição de Poisson. Empiricamente, foi validada essa conclusão e adicionalmente verificou-se que algumas condicionantes aumentam a probabilidade de uma mulher espanhola recorrer a consulta médica, nomeadamente, a situação de inatividade, a residência em lugares de menor densidade e idade superior. CONCLUSÃO: O trabalho conclui que o tempo decorrido desde a última consulta médica, seguindo uma distribuição de Poisson, revela implicitamente que a ida a uma consulta é ainda encarada como um fenômeno raro para as mulheres na Espanha. Cruzando esta evidência com os resultados, salienta-se que maior razão de clínicos por população, maior disponibilidade temporal de cada mulher (sobretudo em situações de inatividade laboral) e maior conhecimento pessoal poderão levar a maior uso das consultas médicas...

O manejo de questões da sexualidade emergentes na relação medico-paciente no 'setting' da consulta ginecologica : um estudo clinico-qualitativo

Silvia Nogueira Cordeiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
Os recortes do objeto deste estudo foram as vivências de ginecologistas relatadas frente a questões da sexualidade no enquadre da consulta médica. Nossa hipótese inicial é que haveria certo distanciamento afetivo modulado pela relação médico-paciente, estabelecido enquanto mecanismo de defesa, com o propósito de poder manejar o mais adequadamente possível as questões da sexualidade que permeiam uma consulta ginecológica habitual. Diante deste pressuposto, nosso objetivo foi interpretar as significações psicológicas atribuídas a tais vivências e a fenômenos diversos relatados por ginecologistas em relação às questões da sexualidade usualmente emergentes no setting da consulta médica. Para tanto, utilizamos o Método Clínico-Qualitativo que busca discutir as relações encontradas entre significados simbólicos e fenômenos vivenciados. A amostra de sujeitos consistiu de médicos ginecologistas, de ambos os sexos, construída pela técnica de saturação de dados coletados, estratégica usual em amostragens da investigação qualitativa. Foi definido, portanto, em campo o número de pessoas entrevistadas. A técnica de coleta de dados empregada para viabilizar o método foi a Entrevista Semidirigida de Questões Abertas...

Análise do processo da consulta psicológica vocacional : estudo das reacções dos clientes ao processo terapêutico

Faria, Liliana; Taveira, Maria do Céu
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.25%
As investigações acerca do processo de consulta psicológica vocacional são um potencial para o estudo da sua eficácia (e.g., Spokane, 2004). Neste sentido, apresenta-se um estudo destinado a avaliar o processo da consulta psicológica vocacional através do sistema complexo de reacções cognitivas e afectivas dos clientes ao mesmo. O estudo realizou-se com 153 adolescentes, alunos do 9º ano de escolaridade, com idades compreendidas entre os 13 e os 17 anos (Midade=14.12, DPidade=.50), clientes do Serviço de Consulta Psicológica e Desenvolvimento Humano da Universidade do Minho. As reacções dos clientes foram medidas através do Client Reactions System (CRS, Hill, Spiegel, & Tichnor, 1988, adap. Taveira et al., 2004). Realizou-se o teste Cochran'Q para analisar a significância da mudança das respostas dos clientes às sessões da intervenção. Discutem-se os resultados à luz da teoria e investigação sobre a eficácia da intervenção vocacional. Retiram-se implicações para o desenho de intervenções vocacionais sensíveis às necessidades dos clientes, e para o treino de psicólogos na consulta psicológica vocacional. Os dados apresentados nesta comunicação são parte integrante de um estudo mais alargado sobre a avaliação da eficácia da consulta psicológica vocacional.; Career counseling process research is an important component of the career counseling efficacy study (Spokane...

Análisis de costos para la empresa de atención de consulta médica domiciliaria Servicio de Emergencias Regionales SER S.A. de la ciudad de Pereira, para los meses de enero a abril del año 2007

Galindo Rodríguez, Daniel Ricardo
Fonte: Universidad Tecnológica de Pereira; Facultad Ciencias de la Salud Publicador: Universidad Tecnológica de Pereira; Facultad Ciencias de la Salud
Tipo: Tese de Doutorado Formato: PDF
ES
Relevância na Pesquisa
36.29%
La tesis "ANÁLISIS DE COSTOS PARA LA EMPRESA DE ATENCIÓN DE CONSULTA MÉDICA DOMICILIARIA SERVICIO DE EMERGENCIAS REGIONALES SER S.A. DE LA CIUDAD DE PEREIRA, PARA LOS MESES DE ENERO A ABRIL DEL AÑO 2007" es una investigación que hace un análisis de costos de la empresa SER S.A. (Servicios de emergencias regionales). Durante este proceso se determinaron los centros de costo de la empresa, se definieron los conductores para asignar el costo de los gastos generales a los centros de costo, se determinaron los insumos por centro de costo y la mano de obra. Discriminados de esta forma los costos de la empresa SER S.A. para los meses enero a abril de 2007, se asignan los costos de los centros de costos al centro de costo productivo, para determinar el costo total que se genera en la empresa mes tras mes. A su vez se determinó la sumatoria del tiempo total de consulta médica de cada uno de los meses, discriminado por códigos y por tiempo total de consultas, también, discriminadas por códigos, para así determinar el tiempo promedio de consulta médica para cada tipo de código. Esta diferenciación del tiempo por códigos permitió asignar porcentajes a cada tipo de consulta, sirviendo estos porcentajes como conductor y determinar la participación de cada tipo de consulta en el costo general. El resultado de estas operaciones da finalmente el costo unitario de la consulta médica domiciliaria por códigos de atención...

El derecho a la consulta previa

Uribe Gómez, Mónica; Santa, Juan Fernando Santa
Fonte: Universidad EAFIT; Derecho; Escuela de Derecho. Departamento de Derecho Publicador: Universidad EAFIT; Derecho; Escuela de Derecho. Departamento de Derecho
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado; acceptedVersion
SPA
Relevância na Pesquisa
36.25%
En el presente documento se buscará identificar el origen del multiculturalismo, así como las implicaciones de este dentro de los diferentes Estados, para posteriormente identificar la existencia de este fenómeno en los países latinoamericanos y reconocer así el paulatino y progresivo reconocimiento de derechos en favor de las minorías culturales.; 84 p.; Contenido parcial: El derecho a la consulta previa -- Desarrollo normativo del derecho a la consulta previa -- El derecho a la consulta previa, en la Constitución del 91 -- El alcance del derecho a la consulta previa y la pertenencia del mismo al bloque de constitucionalidad.

A consulta de enfermagem no contexto da comunicação interpessoal: a percepção do cliente; La consulta de enfermería en el contexto de la comunicación interpersonal: la percepción del cliente; Nursing consultation in the interpersonal communication context: clients perception

Silva, Maria da Graça da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1998 POR
Relevância na Pesquisa
36.27%
Este estudo relata a percepção do cliente quanto a consulta de enfermagem, sob o ponto de vista do contexto da comunicação interpessoal. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada, com uma amostra de 11 (onze) clientes atendidos no Programa de Controle do Diabetes e Hipertensão do Centro de Especialidades Médicas, em Campo Grande-MS. Os resultados mostraram a percepção positiva do cliente em relação a consulta de enfermagem e ao enfermeiro, e evidenciaram as dificuldades dos clientes em expor seus sentimentos claramente.; Este estudo relata la percepción del cliente cuando estealizada la consulta de enfermería, bajo el punto de vista del contexto de la comunicación interpersonal. Los datos fueron colectados por medio de entrevista semi-estructurada, con una muestra de 11 (once) clientes atendidos en el Programa de Control de la Diabetis e Hipertensión del Centro de Especialidades Médicas, en Campo Grande - M.S. Los resultados mostraron la percepción positiva del cliente en relación a la consulta de enfermería y al enfermero, y evidenciaron las dificultades de los clientes en exponer sus sentimientos claramente.; This study describes clients perceptions about the nursing consultation, under the interpersonal communication context point of view. Data were collected through semi-structured interviews...

Variables relacionadas con la calidad de atención de la consulta nutricional y percepción del éxito en el tratamiento para el control del peso corporal

Torresani,ME; Urrutia,SJ; Vainer,MJ; Vallote,MM; Vanco,RC; Videla,L
Fonte: Diaeta Publicador: Diaeta
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 ES
Relevância na Pesquisa
36.29%
Objetivo: Determinar la asociación entre variables relacionadas con la calidad de la consulta nutricional y la percepción del paciente en el éxito del tratamiento para el control del peso corporal en un grupo de mujeres mayores de 20 años, habitantes de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires o del Gran Buenos Aires. Metodología: Diseño observacional, transversal de correlación. Muestreo aleatorio simple de 97 mujeres que concurrieron por lo menos una vez a una consulta nutricional llevada a cabo por un Licenciado en Nutrición. Se realizó encuesta estructurada y voluntaria analizando como variable dependiente la percepción del éxito del tratamiento nutricional y como variables independientes tres variables relacionadas con la calidad de la atención como la escucha del profesional (buena, regular o mala), indicaciones adecuadas a gustos, hábitos y tolerancias digestivas y tipo de material entregado en la consulta. El análisis estadístico se realizó con SPSS 15,0 aplicando diferencia de proporciones y OR con valor p<0,05. Resultados: Del total de la muestra estudiada el 61,9% percibió como exitoso a su último tratamiento para el control del peso corporal. Para la mayoría el ámbito físico donde se desarrolló la consulta fue adecuado (95...

Presencia del padre en la consulta pediátrica

Caroli,Paula L; Navia,Marcelo J
Fonte: Archivos argentinos de pediatría Publicador: Archivos argentinos de pediatría
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 ES
Relevância na Pesquisa
36.31%
Introducción. En la actualidad, los cambios en la dinámica sociofamiliar pueden haber modificado el clásico esquema de la madre acompañando a su hijo a la consulta. Objetivo. Establecer la frecuencia de la presencia del padre en la consulta pediátrica. Población, material y métodos. Es un estudio descriptivo transversal. Se analizaron todas las consultas realizadas los días sábado, desde abril a julio de 2004. Se consignaron los siguientes datos: edad y sexo del niño, acompañantes, tipo de consulta, cobertura social, presencia del padre en la consulta y ausencia de la madre. Se analizó si la presencia del padre estaba relacionada con la edad, el sexo o el tipo de consulta. Resultados. Se realizaron 209 consultas, 109 fueron niñas y la edad mediana fue de 2 años. Del total de las consultas, 185 correspondieron a urgencias (88,5%) y 24 programadas. En 113 consultas (54%) los niños fueron llevados por la madre exclusivamente, en 75 (36%) se encontraban ambos padres y en 16 consultas (8%) estaba solamente el padre. De los 91 padres presentes, 57 (63%) acudían regular-mente con sus hijos a los controles, y 34 (37%) lo hacían sólo ocasionalmente. Los 16 padres que asistieron solos a la consulta, lo hicieron por hallarse la madre al cuidado de otros hijos en 6/16 casos (37...

Consulta preanalgésica del parto: un proyecto hecho realidad

Aceña Fabian,V.; Vasquez Lobo,H.; Ortega García,J.L.; Neira Reina,F.
Fonte: Revista de la Sociedad Española del Dolor Publicador: Revista de la Sociedad Española del Dolor
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/12/2014 SPA
Relevância na Pesquisa
36.33%
Objetivo: el objetivo del presente estudio es dar a conocer la estrategia seguida en el Hospital Universitario Puerto Real para crear una consulta preanalgésica del parto con el fin de dar respuesta a los derechos de la embarazada a recibir una adecuada analgesia durante el trabajo del parto, cumpliendo la Ley 41/2002 Reguladora de la autonomía del paciente y de derechos y obligaciones en materia de información y documentación clínica. Valorar la situación en el resto de los hospitales andaluces. Material y método: analizamos los retos y dificultades que se plantearon en su momento y la estrategia para la creación de esta consulta. Las cuestiones que se plantearon fueron: ¿en qué momento de la gestación deberían acudir las gestantes? ¿Qué necesidades de personal y formación de personal supondría la creación de esta consulta? ¿Dónde se ubicaría la consulta? ¿Qué material didáctico sería necesario para informar adecuadamente a nuestras gestantes? Para determinar cómo se había dado respuesta a la analgesia del parto y la aplicación de la Ley 41/2002 en el resto de los hospitales andaluces realizamos una encuesta telefónica. Resultados: la consulta de preanalgesia para el parto comenzó en nuestro hospital en febrero del año 2007. Se de-sarrollaron cursos de formación para el personal de paritorio. La consulta se realiza en la semana 20 de gestación haciéndola coincidir con la ecografía que realiza el Servicio de Ginecología en la semana 20. El personal asignado es una auxiliar de enfermería y el anestesiólogo de guardia asignado a paritorio. La consulta se ubica en una sala en el Hospital de Día con capacidad suficiente para 12 personas...

Consulta de alta resolución de digestivo en Andalucía: ¿qué es y cómo debe funcionar?

Herrerías Gutiérrez,J. M.; Argüelles Arias,F.; Martín Herrera,L.; Montero Domínguez,J. M.; Dios Vega,J. de; Martín-Vivaldi Martínez,R.; Domínguez Macías,A.; Maldonado Eloy-García,J.; Sánchez Cantos,A. M.; Romero Gómez,M.; Márquez Galán,J. L.
Fonte: Revista Española de Enfermedades Digestivas Publicador: Revista Española de Enfermedades Digestivas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/01/2008 SPA
Relevância na Pesquisa
36.34%
Introducción: la idea actual de nuestro sistema sanitario es que la asistencia sea ambulatoria y que se utilice la hospitalización cuando sea precisa. En este sentido es de destacar el desarrollo de la consulta única o de alta resolución. Por ello, se ha realizado una encuesta entre varios hospitales andaluces con la idea de definir y determinar qué aspectos son necesarios para poder desarrollar esta consulta. Material y métodos: la encuesta ha sido contestada por 10 hospitales andaluces. Se trata de un estudio prospectivo descriptivo de las respuestas contestadas por los distintos hospitales. Las preguntas son 27 en las que se reflexiona sobre la existencia de la consulta y la infraestructura para desarrollarla: cuántos pacientes se ven, dónde se pasa esta consulta, de dónde provienen los pacientes, los criterios para derivar los pacientes a esta consulta, las condiciones en las que acude el enfermo, si se realiza ecografía de abdomen, si se dispone de sistema informático integrado hospitalario, enfermera, en cuántas visitas se emite un diagnóstico del paciente y, por último, se pregunta si se cree que es necesaria esta consulta y por qué. Resultados: de los 10 hospitales 5 tienen consulta de alta resolución, aunque todos consideran que la deberían tener. El número de pacientes atendidos debe ser 10 y en el propio hospital. Existen diferencias en considerar si los pacientes deben provenir desde Urgencias o desde el médico de cabecera. Parece lógico pensar que sólo se deben derivar pacientes cuya patología pueda ser diagnosticada mediante ecografía y/o endoscopia. El paciente debería acudir a la consulta en ayunas y con analítica del médico de cabecera...